ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL UNI JOVEM .Estatuto do Grêmio Livre Estudantil (Instância Colegiada

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL UNI JOVEM .Estatuto do Grêmio Livre Estudantil (Instância Colegiada

  • COLGIO ESTADUAL DR. IVAN FERREIRA DO AMARAL E SILVA FILHO ENSINO FUNDAMENTAL E MDIO

    ESTATUTO DO

    GRMIO ESTUDANTIL UNI JOVEM

    DOCUMENTO MXIMO DE DELIBERAO DA INSTNCIA COLEGIADA REPRESENTANTE

    DOS ESTUDANTES DO ESTABELECIMENTO DE ENSINO

    NOSSA SENHORA DAS GRAAS PR

    MAIO DE 2014

  • COLGIO ESTADUAL DR. IVAN FERREIRA DO AMARAL E SILVA FILHO ENSINO FUNDAMENTAL E MDIO

    ESTATUTO DO

    GRMIO ESTUDANTIL UNI JOVEM

    DOCUMENTO MXIMO DE DELIBERAO DA INSTNCIA COLEGIADA REPRESENTANTE

    DOS ESTUDANTES DO ESTABELECIMENTO DE ENSINO

    NOTA DE REFERNCIA

    PARAN. Secretaria de Estado da Educao; UNI JOVEM, Grmio Estudantil. Estatuto do Grmio Estudantil Uni Jovem. Nossa Senhora das Graas: [s.n.], 2014. (4 ed.)

  • Paran. Secretaria de Estado da Educao

    Estatuto do Grmio Estudantil Uni Jovem / Secretaria de Estado da Educao do Paran; Grmio Estudantil Uni Jovem Nossa Senhora das Graas, 2014. 4 edio. 24f.: il. Estatuto do Grmio Livre Estudantil (Instncia Colegiada e Entidade Au-tnoma Representante dos Estudantes) Colgio Estadual Doutor Ivan Fer-reira do Amaral e Silva Filho, Ensino Fundamental e Mdio. Estatuto. Grmio. Entidade Representante dos Estudantes. I. Uni Jovem, Grmio Estudantil. II. Ttulo

    FICHA CATALOGRFICA

  • Presidente

    BRBARA MELO

    Diretor de Grmios

    RAFAEL FONSECA

    Dir. de Polt. Educacionais

    WALISON PATRYK

    Presidente

    FELIPE BARRETO

    Diretor de Grmios

    RAFAEL LOBECA

    Diretora de Ens. Pblico

    KELLY ALINE

    Secretrio da Educao

    PAULO SCHMIDT

    Superint. da Educao

    ELIANE TEREZINHA ROCHA

    Dir. de Polticas e Pro-

    gramas Educacionais

    EZIQUIEL MENTA

    Coordenadora Regional

    de Gesto Escolar

    ELAINE SINHORINI PICOLI

    Responsvel Regional

    pelos Grmios

    PAULA ADRIANA DE

    OLIVEIRA

    Diretora do Est. de Ensino

    VALRIA AP CUBA

  • 4 EDIO, ATUALIZADA DISTRIBUIO GRATUITA

  • ESTATUTO DO GRMIO ESTUDANTIL

    UNI JOVEM

    Elaborao e aprovao da 1 edio

    Comisso Pr-Grmio escolar

    Conselho de Representantes de Turmas CRT

    Assembleia Geral dos Estudantes do Colgio

    Reviso das verses subsequentes

    Presidncia do Grmio Estudantil Uni Jovem

    Material de Apoio

    Ncleo Regional de Educao NRE/Maring

    Secretaria de Estado da Educao SEED/PR

    Unio Brasileira dos Estudantes Secundaristas UBES

    Agradecimentos

    Corpo Docente da instituio de ensino

    Lourdes Laurindo de Oliveira, agente educacional

    Luzia Aparecida Maratta Ulian, diretora escolar (2009-2011)

    Valria Aparecida Cuba, diretora escolar (2012-2014)

  • SUMRIO

    CAPTULO I .............................................................................................................. 07

    CAPTULO II ............................................................................................................. 08

    CAPTULO III ............................................................................................................ 08

    SEO I ................................................................................................................ 09

    SEO II................................................................................................................ 10

    SEO III .............................................................................................................. 11

    CAPTULO IV ............................................................................................................ 14

    CAPTULO V ............................................................................................................. 15

    CAPTULO VI ........................................................................................................... 15

    CAPTULO VII .......................................................................................................... 16

    TTULO I ................................................................................................................ 16

    TTULO II ............................................................................................................... 16

    TTULO III .............................................................................................................. 17

    TTULO IV .............................................................................................................. 17

    CAPTULO VIII ......................................................................................................... 18

    GLOSSRIO ............................................................................................................ 20

  • Estatuto do Grmio Estudantil 7 Uni Jovem

    Entidade Aut- noma representante dos alunos do Colgio Estadual Dr. Ivan Ferreira do Amaral e Silva Filho

    Estatuto do

    Grmio Estudantil Uni Jovem

    CAPTULO I

    Da Denominao, Sede e Objetivos

    Art. 1 O Grmio Estudantil Uni Jovem o rgo mximo de repre-

    sentao dos estudantes do Colgio Estadual Doutor Ivan Ferreira do Amaral

    e Silva Filho Ensino Fundamental e Mdio, localizado na cidade de Nossa

    Senhora das Graas, com sede neste Estabelecimento de Ensino. Foi funda-

    do em 28 de abril de 2011, sendo que a posse da primeira diretoria foi em 14

    de setembro de 2012, reestruturando a entidade.

    Pargrafo nico. As atividades do Grmio reger-se-o pelo presen-

    te Estatuto aprovado em Assembleia Geral convocada para este fim.

    Art. 2 O Grmio tem por objetivos:

    I. Representar condignamente o corpo discente;

    II. Defender os interesses individuais e coletivos dos alunos do

    Colgio;

    III. Incentivar a cultura literria, artstica e desportiva de seus

    membros;

    IV. Promover a cooperao entre administradores, funcionrios,

    professores e alunos no trabalho Escolar buscando seus apri-

    moramentos;

    V. Realizar intercmbio e colaborao de carter cultural e

    educacional com outros Grmios Estudantis e/ou outras insti-

    tuies de carter educacional, assim como a filiao s en-

    tidades gerais:

    a) UMES (Unio Municipal dos Estudantes Secundaristas),

    b) UPES (Unio Paranaense dos Estudantes Secundaristas),

    c) UBES (Unio Brasileira dos Estudantes Secundaristas);

    VI. Lutar pela democracia permanente na Escola, atravs do di-

    reito de participao nos fruns internos de deliberao da

    Escola.

    VII. Pugnar pela adequao do ensino s reais necessidades dos

    estudantes do CEP, bem como, pelo ensino pblico e gratuito;

    VIII. Defender a democracia e o respeito s liberdades fundamen-

    tais do homem, sem distino de raa, cor, sexo, nacionali-

    dade, convico poltica ou religiosa;

  • Estatuto do Grmio Estudantil 8 Uni Jovem

    Entidade Aut- noma representante dos alunos do Colgio Estadual Dr. Ivan Ferreira do Amaral e Silva Filho

    IX. Lutar pela democracia permanente na Escola, atravs do di-

    reito de participao nos fruns internos de deliberao do

    Colgio.

    CAPTULO II

    Do Patrimnio, sua Constituio e Utilizao

    Art. 3 O patrimnio do Grmio se constituir por:

    I. Contribuio voluntria de seus membros;

    II. Contribuio de Terceiros;

    III. Subvenes, juros, correes ou dividendos resultantes das

    contribuies;

    IV. Rendimentos de bens mveis e imveis que o Grmio venha

    a possuir;

    V. Rendimentos auferidos em promoes da entidade.

    Art. 4 A Diretoria ser responsvel pelos bens patrimoniais do Gr-

    mio e responsvel por eles perante as instncias deliberativas.

    1 Ao assumir a diretoria do Grmio, o Presidente e o Tesoureiro

    devero assinar um recibo para o Conselho Fiscal, discriminando todos os

    bens da entidade.

    2 Ao final de cada mandato, o Conselho Fiscal (CF) conferir os

    bens e providenciar outro recibo que dever ser assinado pela nova Diretoria.

    3 Em caso de ser constatada alguma irregularidade na gesto

    dos bens, o Conselho Fiscal (CF) far um relatrio e o entregar ao Conselho

    de Representantes de Turmas (CRT) e Assembleia Geral para serem toma-

    das as providncias cabveis.

    4 O Grmio no se responsabilizar por obrigaes contradas

    por estudantes ou grupos sem ter havido prvia autorizao da Diretoria.

    CAPTULO III

    Da Organizao do Grmio Estudantil

    Art. 5 So instncias deliberativas do Grmio Estudantil Uni Jovem:

    a) Assembleia Geral dos Estudantes;

    b) Conselho de Representantes de Turmas (CRT);

    c) Diretoria do Grmio.

  • Estatuto do Grmio Estudantil 9 Uni Jovem

    Entidade Aut- noma representante dos alunos do Colgio Estadual Dr. Ivan Ferreira do Amaral e Silva Filho

    SEO I

    Da Assembleia Geral

    Art. 6 A Assembleia Geral o rgo mximo de deliberao da

    entidade, nos termos deste Estatuto, e compe-se de todos os scios do

    Grmio e, excepcionalmente, por convidados do Grmio, que se abstero

    do direito de voto.

    Art. 7 A Assembleia Geral se reunir ordinariamente:

    I. Nas datas estipuladas pelos estudantes na prpria Assem-

    bleia;

    II. Ao trmino de cada mandato para deliberar sobre a presta-

    o de contas da Diretoria, parecer do Conselho Fiscal (CF)

    e formao da Comisso Eleitoral (CE) que deliberar sobre

    as eleies para a nova Diretoria do Grmio.

    Pargrafo nico. A convocao para a Assembleia ser feita em

    Edital com antecedncia mnima de quarenta e oito horas (48), sendo esta

    de competncia da Diretoria do