Estatuto dos Beneficios Fiscais

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Estatuto dos Beneficios Fiscais

Text of Estatuto dos Beneficios Fiscais

  • ISBN: 978-972-788-721-7

    Ablio Sousa

    Estatuto dos

    BENEFCIOSFISCAIS

    Ablio Sousa

    Estatuto dos BENEFCIO

    S FISCAIS

    Atualizado at Lei n. 66-B/2012, de 31 de Dezembro

    COMENTADO

    Estatuto dos

    BENEFCIOS FISCAIS

    Edio 2013

    INCLUI: RFAI Regime Fiscal de Apoio ao Investimento SIFIDE II Sistema de Incentivos Fiscais investigao de Desenvolvimento Empresarial II

    Remunerao Convencional do Capital Social Anlise do artigo 92. do Cdigo do IRC Resultado da Liquidao (limitao utilizao de benefcios fiscais)

    Instrues administrativas da AT Comentrios, exemplos e casos prticos Obrigaes declarativas: o novo Anexo D da declarao peridica de rendimentos modelo 22

    A utilizao de benefcios fiscais desempenha um papel fundamental na gesto fiscal das empresas.

    No entanto, a legislao dispersa e complexa, o que dificulta este trabalho.

    Esta obra rene, pela primeira vez num nico documento, todos os be-nefcios fiscais, incluindo aqueles que constam de diplomas avulsos, procedendo sua anlise e apresentando comentrios que permitem o seu estudo de uma forma mais profunda.

    Ao longo do livro, o leitor encontrar diversos exemplos e casos prti-cos de aplicao dos benefcios, tornando-o assim num documento de apoio essencial ao estudo dos mesmos.

    A obra inclui tambm vrias instrues administrativas emanadas pela Autoridade Tributria, as quais completam a interpretao e funciona-mento dos benefcios.

    Pela sua natureza, este livro tem como principais destinatrios tcnicos oficiais de contas, revisores oficiais de contas, diretores financeiros, estu-dantes de economia e gesto e todos os responsveis pelo departamen-to fiscal e de recursos humanos das empresas.

    ABLIO JOS DA COSTA SOUSA

    Nasceu em Lisboa, a 12 de Maio de 1962. licenciado em Economia, pelo Instituto Superior de Economia e Gesto da Universidade Tcnica de Lisboa. Aps 30 anos de carreira na Autoridade Tributria, onde desem-penhou funes de Chefe da Diviso de Liquidao do IRC, atualmente diretor do departamento fiscal da consultora Auren e consultor do gru-po Moneris. Paralelamente, desen-volve e coordena um projeto ligado formao na rea da fiscalidade, na Ivojoma. formador em diversas instituies, designadamente, Ordem dos Tcnicos Oficiais de Contas, Or-dem dos Revisores Oficiais de Contas, APOTEC e APECA, sendo ainda autor de diversos manuais de formao na rea fiscal. professor convidado do ISCTE-INDEG no mestrado de gesto fiscal.

    9 789727 887217

    ISBN 978-972-788-721-7

    www.vidaeconomica.pt

    Visite-nos emlivraria.vidaeconomica.pt

    Esta obra d-nos uma viso agregadora dos benefcios que se encon-tram dispersos em diplomas avulsos e constitui, deste modo, um inesti-mvel contributo para aqueles que pretendam prosseguir uma adequa-da gesto fiscal, factor determinante para assegurar a competitividade nas empresas e garantir a melhoria do seu desempenho.

    Rui Pedro Almeida, Administrador e CEO do grupo Moneris

  • PREFCIO

    Nos dias de hoje, a expresso Benefcio Fiscal apresenta-se com bastante intensidade na vida dos cidados, dando-se grande nfase denominao benefcio, em detrimento do seu contedo ou natureza e da sua aplicao prtica. Para os profissionais da contabilidade e para a empresas, esta uma temtica cuja importncia tem sido crescente, em particular devido vasta legislao existente, de forma avulsa, para alm do prprio diploma do Estatuto dos Benefcios Fiscais (EBF).

    E sobre este aspecto que a oportunidade e conhecimento do autor se revelam de extrema importncia na publicao deste livro, que condensa no s o prprio diploma-base dos benefcios fiscais como o restante conjunto de diplomas dispersos, alguns deles com um peso significativo em termos fiscais.

    De uma forma objectivamente prtica e por natureza de finalidade, este livro apresenta-se estruturado em trs partes: a primeira com os princpios gerais do EBF; a segunda parte apresenta cada um dos benefcios (estruturais) divididos por finalidade, e uma terceira parte referente aos benefcios fiscais com carcter temporrio.

    Ao longo deste livro vamos encontrando comentrios e casos prticos, que ilustram o conhecimento do autor no s em matrias fiscais como organizativas e de gesto das empresas, nomeadamente ao nvel do planeamento fiscal que actualmente no s desejvel como necessrio ao desenvolvimento econmico das organizaes.

    Nesta poca em que as empresas vivem intensamente toda a pro-blemtica da crise econmica e financeira, de louvar a iniciativa do Dr. Ablio Sousa em publicar este livro, onde d a conhecer o estatuto dos benefcios fiscais e a sua correcta utilizao.

    Os profissionais da contabilidade encontram-se permanentemente numa luta contra o tempo, a fim de darem satisfao a todas as obri-gaes declarativas que lhes so impostas, quer pelas empresas quer por outros destinatrios.

  • 10 Estatuto dos Benefcios Fiscais

    A obra agora editada alcanar certamente a satisfao de uma misso importante no sentido do ensinamento e do esclarecimento.

    Sendo a carga fiscal um dos elementos que contribuem para a falta de competitividade da economia portuguesa, so obras como esta que, fazendo parte da biblioteca dos contabilistas e fiscalistas, podero, em qualquer momento, ajudar a executar uma perfeita e eficiente gesto fiscal.

    O conhecimento, o desempenho, a tica e a liberdade de aprender e ensinar constituem factores importantes que tm sido permanentemen-te defendidos pela APOTEC ao longo dos seus 35 anos de existncia, na qual temos a honra de contar com a presena do Dr. Ablio Sousa, um amigo e cmplice de muitas das aces de formao desenvolvidas por esta Associao, em prol de uma classe profissional atenta, exigente e solidria.

    Felicitamos, pois, o autor, agradecendo o valioso contributo que este livro trar aos profissionais da contabilidade e da fiscalidade, ao permitir a obteno de informaes valiosas para um bom desempenho profissional.

    Manuel PatuleiaPresidente da APOTEC

  • INTRODUO

    Conhecer os benefcios fiscais e a sua correta utilizao mostra-se uma tarefa fundamental no quadro de uma gesto fiscal eficiente de uma empresa.

    A maioria dos benefcios encontram-se centralizados no Estatuto dos Benefcios Fiscais, mas no deixa de ser curioso salientar que alguns dos benefcios com maior peso na despesa fiscal estejam dispersos por diplomas avulsos. Assim, esta obra no ficaria completa sem a incluso destes benefcios.

    Os compromissos assumidos por Portugal no memorando de enten-dimento englobam medidas de natureza fiscal importantes no mbito dos benefcios.

    A conjugao destas medidas com a clusula de caducidade constan-te do Estatuto dos Benefcios Fiscais conduziu revogao de diversos benefcios em 2012.

    A diminuio do nmero de benefcios obriga a uma melhor e mais eficaz utilizao dos mesmos, sendo, por isso, importante conhecer as suas regras de utilizao e usufruio.

    Neste contexto, esta obra no poderia tambm deixar de analisar tambm a aplicao do artigo 92. do Cdigo do IRC. Esta disposio legal, alterada em 2011, tem consequncias importantes quanto limitao dos benefcios passveis de utilizao por parte dos sujeitos passivos.

    meu firme desejo que este livro possa ajudar todos aqueles que trabalham com estas matrias.

  • ESTRUTURA DO ESTATUTODOS BENEFCIOS FISCAIS

    Aps uma primeira parte com os princpios gerais, o Estatuto dos Benefcios Fiscais apresenta uma diviso entre os benefcios com carcter estrutural (artigos 16. a 66.-B) e os benefcios com carcter temporrio (artigos 69. a 74.).

    Os benefcios com carcter estrutural aparecem divididos por fina-lidade, a saber:

    Benefciosdenaturezasocial(artigos16.a19.) Benefciospoupana(artigos20.e21.) Benefciosaosistemafinanceiroemercadodecapitais(artigos

    22. a 32.-A) Benefciosszonasfrancas(artigos33.e36.) Benefciosfiscaisrelativosarelaesinternacionais(artigos37.

    a 40.) Benefciosfiscaisaoinvestimentoprodutivo(artigos41.a43.) Benefciosrelativosaimveis(artigos44.a50.) Outrosbenefciosfiscais(artigos51.a59.) Benefciosfiscaisreestruturaoempresarial(artigo60.) Benefciosrelativosaomecenato(artigo61.a66.) BenefciossCooperativas(artigo66.-A) Benefciospelaexignciadefactura(artigo66.-B)

  • ESTATUTO DOS BENEFCIOS FISCAIS

    PARTE I Princpios gerais

    ARTIGO 1.mbito de aplicao

    As disposies da parte I do presente Estatuto aplicam-se aos bene-fcios fiscais nele previstos, sendo extensivas aos restantes benefcios fiscais, com as necessrias adaptaes, sendo caso disso.

    ARTIGO 2. Conceito de benefcio fiscal

    e de despesa fiscal e respectivo controlo

    1 - Consideram-se benefcios fiscais as medidas de carcter excepcio-nal institudas para tutela de interesses pblicos extrafiscais relevantes que sejam superiores aos da prpria tributao que impedem.

    2 - So benefcios fiscais as isenes, as redues de taxas, as dedu-es matria colectvel e colecta, as amortizaes e reintegraes aceleradas e outras medidas fiscais que obedeam s caractersticas enunciadas no nmero anterior.

    3 - Os benefcios fiscais so considerados despesas fiscais, as quais podem ser previstas no Oramento do Estado ou em documento ane-xo e, sendo caso disso, nos oramentos das Regies Autnomas e das autarquias locais.

    4 - Para efeitos de controlo da despesa fiscal inerente aos benefcios fiscais concedidos, pode ser exigida aos interessados a declarao dos rendimentos isentos auferidos, salvo tratando-se de benefcios fiscais genricos e automticos, casos em que podem os servios fiscais obter os elementos necessrios ao clculo global do imposto que seria devido.

  • 16 Estatuto dos Benefcios Fiscais

    COMENTRIOS:O conceito de despesa fiscal no pacfico, pois o termo parece evidenciar uma contradio semelhante de um imposto negativo. por isso possvel encontrar vrias definies da mesma. De a