Click here to load reader

ESTATUTO E REGIMENTO INTERNO DA ORDEM DOS · PDF fileEstauto e Regimento Interno 10. REGIMENTO INTERNO DA ORDEM DOS MINISTROS BATISTAS NACIONAIS PREÂMBULO DA ORMIBAN Art. 1º. A ORDEM

  • View
    219

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of ESTATUTO E REGIMENTO INTERNO DA ORDEM DOS · PDF fileEstauto e Regimento Interno 10. REGIMENTO...

ESTATUTO E REGIMENTO INTERNO DA ORDEM DOS MINISTROS BATISTAS

NACIONAIS

2.Estauto e Regimento Interno

3. Estatuto e Regimento Interno

ESTATUTO DA ORDEM DOS MINISTROS BATISTAS NACIONAIS

CAPTULO I

DO NOME, CONSTITUIO, DURAO, FINS, SEDE E FORO.

Art. 1. A ORDEM DOS MINISTROS BATISTAS NACIONAIS, designada, neste estatuto como Ormiban, organizada em 15 de janeiro de 1970, com funcionamento por tempo indeterminado, uma entidade religiosa, sem fi ns lucrativos, com sede e foro na cidade de Braslia - Distrito Federal.

Art. 2. A Ormiban uma instituio da Conveno Batista Nacional (CBN) e reger-se- por seu Estatuto, seu Regimento Interno e seu Cdigo de tica e Disciplina.

Art. 3. A Ormiban constituda de pastores e ministros pertencentes s igrejas fi liadas CBN, arrolados atravs das sees regionais, credenciados e cooperantes na forma regimental.

CAPTULO II

DAS FINALIDADES E DOS MEIOS

Art. 4. A Ormiban tem como fi nalidades principais:

I. promover a edifi cao e o aperfeioamento de seus membros atravs do pastoreio mtuo e do desenvolvimento de espiritualidade crist e bblica;

II. regulamentar os casos de ordenao, integrao e reintegrao ao ministrio no mbito da CBN;

III. tratar dos assuntos peculiares ao ministrio e doutrina;

IV. promover o bem-estar e o aprimoramento cultural de seus membros;

4.Estauto e Regimento Interno

V. fi scalizar e exercer a disciplina do comportamento tico, social e doutrinrio de seus membros;

VI. mediar confl itos entre pastores e entre estes e igrejas.

Art. 5. Para atingir seus fi ns a Ormiban dispor dos seguintes meios:

I. sees e subsees regionais;

II. comisso de tica e disciplina;

III. comisses eventuais;

IV. congressos e retiros espirituais;

V. revistas, boletins e expedientes;

VI. outros necessrios.

CAPTULO III

DA ADMINISTRAO E REPRESENTAO

Art. 6. A Ormiban administrada pela:

I. Assemblia Geral;

II. Diretoria Nacional;

III. Secretaria-Administrativa;

IV. Conselho Fiscal.

Art. 7. A Assemblia Geral o rgo soberano da Ormiban e ser realizada ordinariamente em anos alternados e, extraordinariamente, sempre que necessrio, em qualquer parte do territrio nacional.

Pargrafo nico. A forma de convocao, organizao, realizao e os requisitos para participao nas assemblias gerais sero defi nidos no Regimento Interno.

Art. 8. A Ormiban administrada pela Diretoria Nacional, constituda

5. Estatuto e Regimento Interno

de um presidente, dois vice-presidentes e trs secretrios de ata, eleitos em Assemblia Geral Ordinria, com mandato at o AGO seguinte, podendo haver reeleio para at mais dois mandatos consecutivos.

1. Os presidentes das sees regionais integram a Diretoria Nacional na qualidade de conselheiros.

2. A Diretoria Nacional no receber remunerao a qualquer ttulo.

Art. 9. A Diretoria Nacional se reunir ordinariamente uma vez por ano e extraordinariamente sempre que necessrio, para a consecuo dos fi ns previstos no estatuto e neste Regimento Interno.

1. As reunies da Diretoria Nacional sero realizadas em datas e locais defi nidos pelo presidente.

2. O quorum mnimo para a realizao das reunies da Diretoria Nacional de dois teros de seus membros.

Art. 10. Compete Diretoria Nacional:

I. Cumprir e fazer cumprir o Estatuto e o Regimento Interno;

II. Elaborar os planos de trabalho, programas e calendrios dos eventos submetendo-os AGO;

III. Supervisionar as aes da Secretaria Administrativa;

IV. Deliberar nos recursos e nos casos de apelao;

V. Defi nir os formulrios de credenciamento e de transferncia;

VI. Elaborar a programao geral de congressos e retiros espirituais;

VII. Deliberar sobre matria estatutria ou regimental;

VIII. Outras que lhe forem confi adas pela Assemblia Geral.

Art. 11. A Diretoria Nacional poder manifestar-se ou tomar iniciativa para a resoluo de caso regional que seja de relevante interesse geral.

6.Estauto e Regimento Interno

Art. 12. Compete ao presidente:

I. Representar a Ormiban judicial e extrajudicialmente;

II. Convocar e presidir as reunies da Diretoria Nacional, as assemblias gerais, congressos e retiros;

III. Assinar, com o Secretrio-administrativo, documentos de aquisio, alienao e gravame de bens patrimoniais, ouvida a Diretoria;

IV. Nomear a Comisso de Indicao da AGO;

V. Representar a Ormiban no Conplex da CBN;

VI. Votar em necessidade de desempate;

VII. Executar as demais tarefas inerentes ao cargo;

VIII. Efetuar pagamentos e movimentar, individualmente,quando necessrio, ou em conjunto com o Secretrio Administrativo as contas bancrias da Ormiban.

Art. 13. Compete aos vice-presidentes, observada ordem de sucesso, substituir o presidente em seus impedimentos ou ausncias ocasionais.

Art. 14. Compete aos secretrios de atas:

I - Verifi car o quorum;

II - Redigir atas de reunies da Diretoria e da Assemblia Geral;

III - Auxiliar o presidente na mesa diretora;

IV - Expedir a correspondncia da Diretoria e da Assemblia Geral.

Art. 15. Compete aos Conselheiros comparecer s reunies da Diretoria Nacional, coadjuvando na elaborao, execuo e avaliao das atividades.

Art. 16. Para o desempenho das funes administrativas e executivas, a Ormiban ter um Secretrio Administrativo.

Art. 17. O Secretrio Administrativo o responsvel pela execuo do planejamento e pelo escritrio da Ormiban, competindo-lhe:

7. Estatuto e Regimento Interno

I. executar o planejamento da Diretoria e das assemblias gerais;

II. expedir a correspondncia e os informativos;

III. cuidar da documentao fi nanceira e contbil;

IV. Receber valores e expedir os recibos respectivos;

V. Nomear assistentes e contratar funcionrios, ouvida a Diretoria;

VI. Administrar o escritrio sede;

VII. Manter em ordem os arquivos cadastrais dos membros;

VIII. Movimentar, individualmente,quando necessrio, ou em conjunto com o Presidente as contas bancrias da Ormiban.

IX. Outras atribuies confi adas pela Diretoria Nacional ou pela AGE.

Pargrafo nico. O Secretrio Administrativo ser indicado pelo presidente, eleito e empossado pela Diretoria Nacional para mandato concomitante ao dela.

Art. 18. O Conselho Fiscal, composto de trs membros, um deles ao menos com habilitao profi ssional na rea, eleitos e empossados pela AGO para um mandato de dois anos, o rgo responsvel pela fi scalizao das fi nanas, da contabilidade e atos gerenciais da Ormiban.

Pargrafo nico. O Conselho Fiscal se reunir semestralmente e dar seu parecer AGO seguinte ou Diretoria Nacional quando solicitado.

Art. 19. A Ormiban representada ativa e passivamente, em juzo e fora dele, pelo seu Presidente e em sua falta ou impedimento, por seu substituto, observada a ordem de sucesso.

Pargrafo nico. Os membros no respondem nem mesmo subsidiariamente pelos compromissos dela, nem ela pelos compromissos de seus membros.

8.Estauto e Regimento Interno

CAPTULO IV

DO PATRIMNIO

Art. 20. O patrimnio da Ormiban ser formado de contribuies, ofertas e bens mveis, imveis e semoventes adquiridos por compra, doao, legado e outras formas em direito permitidas.

1. O patrimnio da Ormiban somente poder ser alienado ou gravado, no todo ou em parte, com voto favorvel de dois teros dos membros presentes Assemblia Geral.

2. Em caso de dissoluo da Ormiban, seu patrimnio lquido ser destinado CBN.

3. A forma de contribuio e custeio ser defi nida no Regimento Interno.

Art. 21. Nenhuma igreja ou doador receber ressarcimento de contribuies ou doaes feitas a Ormiban para consecuo de seus fi ns e programas.

CAPTULO V

DISPOSIES GERAIS E TRANSITRIAS

Art. 22. Quando da ocorrncia de um assunto de grande complexidade ou de interesse nacional, a Diretoria poder decidir pela realizao de um plebiscito nacional, na forma estabelecida no Regimento Interno.

Art. 23. A reforma deste estatuto, de seu respectivo Regimento Interno e do Cdigo de tica e Disciplina ser matria da competncia da Assemblia Geral, convocada nos termos regimentais.

Art. 24. Os casos omissos sero resolvidos pela Diretoria Nacional ad referendum da Assemblia Geral.

Art. 25. A dissoluo da Ormiban se dar por deciso unnime de seus membros presentes Assemblia Geral convocada para tal fi m, mediante homologao do Conplex da CBN.

9. Estatuto e Regimento Interno

Art. 26. Este estatuto votado e aprovado pela Assemblia Geral, entra em vigor aps homologado pelo Conplex da CBN, revogadas disposies em contrrio.

Maring, 13 de julho de 2005.

Pr. Jos Linaldo de Oliveira 1 Secretrio

Pr. Edmilson Vila Nova - Presidente

ESTE ESTATUTO FOI APROVADO EM 13 DE JULHO DE 2005, EM MARING - PR.

Pr. Jos Linaldo de Oliveira 1 Secretrio

Pr. Edmilson Vila Nova - Presidente

10.Estauto e Regimento Interno

REGIMENTO INTERNO DA ORDEM DOS MINISTROS BATISTAS NACIONAIS

PREMBULO DA ORMIBAN

Art. 1. A ORDEM DOS MINISTROS BATISTAS NACIONAIS, Ormiban, uma instituio da Conveno Batista Nacional, constituda pelos pastores e ministros pertencentes s igrejas fi liadas a CBN, arrolados, credenciados e cooperantes nos moldes regimentais.

CAPTULO I

DAS ASSEMBLIAS GERAIS

Art. 2. A Assemblia Geral da Ormiban constituda dos membros que estiverem em dia com a anuidade da nacional e devidamente regularizados com suas secionais, mediante declarao das secionais.

1. O