Evaporação e Evapotranspiração - xa.yimg.comxa.yimg.com/kq/groups/21945308/1812373508/name/AulaEvapotrans... ·…

Embed Size (px)

Text of Evaporação e Evapotranspiração -...

  • Captulo 06b

    Evaporao eEvapotranspirao

    Conceito Geral

    Fatores que afetam a evapotranspirao

    Medio da evaporao

    Estimativa da evapotranspiraoMedio

    Clculo

    Evapotranspirao

  • Captulo 06b

    Evaporao ou vaporizao:

    o processo pelo qual as molculas de gua na superfcie lquida ou na umidade do solo, adquirem energia suficiente (atravs da radiao solar e outros fatores climticos) e passam do estado lquido para o de vapor.

    Compreende:

    Evaporao da gua contida no solo (umidade)

    Evaporao direta da gua de rios, lagos e oceanos, gua interceptada

    umidade

    Edireta

    Esolo

    A evaporao um processo fsico de mudana de fase, passando do estado lquido para o estado gasoso. A evaporao de gua na atmosfera ocorre de oceanos, lagos, rios, do solo e da vegetao mida (evaporao do orvalho ou da gua interceptada das chuvas)

  • Captulo 06b

    Perda por evaporao (E) o volume de gua evaporada por unidade de rea horizontal (expressa em mm) durante um certo perodo de tempo.

    Intensidade de evaporao(mm/h) a velocidade com que se processa as perdas por evaporao.

    Grandezas caracterGrandezas caractersticas da sticas da evaporaevaporao:o:

    Fatores que influenciam a Fatores que influenciam a evaporaevaporao:o:

    Temperatura Presso Atmosfrica Presso de Vapor Umidade Relativa Vento

    Radiao Solar Natureza da Superfcie

    Controle da evaporao:

    Reduo de reas lquidas expostas (plantas aquticas que reduzem a evaporao);

    Cortina de vento em pequenas reas (cobertura vegetal);

    Pequenas reas expostas de lagos e audes favorecidas por fatores geogrficos naturais (gargantas, cnion).

  • Captulo 06b

    Tanque classe A

    Evapormetro de Pich

    Medio de evaporao

    Medio da Evaporao

    A medio da taxa evaporao de uma superfcie lquida pode ser realizada atravs de aparelhos de medio direta, os evapormetros.

    Os evapormetros so instrumentos que possibilitam uma medida direta do poder evaporativo da atmosfera, estando sujeitos aos efeitos da radiao, temperatura, vento e umidade.

    Os evapormetros mais conhecidos so:

    Atmmetros e,

    Tanques de evaporao.

    Tanques de EvaporaTanques de Evaporaoo

    So tanques que expem atmosfera uma superfcie lquida de gua permitindo a determinao direta da evaporao potencial diariamente. O tanque de 20m2 utilizado para medir a evaporao (E20).

    Suas medidas se assemelham s obtidas em lagos.

    Portanto, sofre pouca influncia de fatores externos, dado o

    grande volume de gua que ele contm.

    permite ajustes de preciso milimtrica na regulagem de aparelho

  • Captulo 06b

    Tanques de EvaporaTanques de Evaporaoo

    Como os tanques Classe A e o GGI-3000 so menores e contm um volume de gua muito menor do que o tanque de 20m2, o volume de gua evaporado nesses evapormetros costuma ser superior. A relao entre as evaporaes que ocorrem nesses trs tipos de tanque evaporimtricos so apresentados a seguir.

  • Captulo 06b

    Existe uma proporcionalidade entre esses trs tanques de medida da evaporao. Essa relao entre eles foi determinada para Piracicaba por Oliveira (1971):

    J Volpe e Oliveira (2003) em Jaboticabal obtiveram as seguintes relaes:

    Como as relaes apresentadas por Volpe e Oliveira (2003) para Jaboticabal foram baseadas numa srie de dados mais longa, essas parecem ser mais confiveis.

    Exemplo: E20 = 5 mm/d ir corresponder a ECA = 6,7 mm/d e EGGI = 5,9 mm/d

    Tanque classe A

    Tanque "Classe A" US Weather Bureau

    Fonte : Sabesp

    Tanque Classe A

  • Captulo 06b

    Medindo a evaporao

    Tanque classe ATanque classe A

    ATMMETROS

    Atmmetros qualquer instrumento de qualquer forma usado para medio ou estimativa de diferentes intensidade de evaporao. (Livingston)

    O mais usado o Evapormetro de Pich mede a evapotranspiraopotencial, sua superfcie porosa (cermica ou papel de filtro) e embebida em gua.

    O evapormetro de Pich constitudo por um tubo cilndrico, de vidro, de aproximadamente 30 cm de comprimento e um centmetro de dimetro, fechado na parte superior e aberto na inferior.

    A extremidade inferior tapada, depois do tubo estar cheio com gua destilada, com um disco de papel de feltro, de 3 cm de dimetro, que deve ser previamente molhado com gua.

    Este disco fixo depois com uma mola. A seguir, o tubo preso por intermdio de uma argola a um gancho situado no interior do abrigo.

    Evapormetro de Pich

  • Captulo 06b

    Evapormetro de Pich

    Pich pouco confivel

    Comentrios

    EvapotranspiraEvapotranspirao:o:

    o processo conjunto da evaporao do solo mais a transpirao das plantas.

    EVAPOTRANSPIRAOEVAPOTRANSPIRAO

    EVAPORAOEVAPORAO TRANSPIRAOTRANSPIRAO

    TranspiraTranspirao:o:

    o resultado da extrao de gua contida no solo pelas razes das plantas e liberao para a atmosfera pelos poros. A taxa de transpirao funo dos estmatos, da profundidade radicular e do tipo de vegetao.

  • Captulo 06b

    A transpirao ocorre

    desde as razes at as folhas,

    pelo sistema condutor, pelo

    estabelecimento de um

    gradiente de potencial desde o

    solo at o ar. Quanto mais

    seco estiver o ar (menor

    Umidade Relativa), maior ser

    esse gradiente.

    Transpirao

    Transpirao

    A transpirao um processo biofsico pelo qual a gua que passou pela planta,fazendo parte de seu metabolismo, transferida para a atmosfera preferencialmente pelos estmatos, obedecendo uma srie de resistncias desde o solo, passando pelos vasos condutores (xilema), mesfilo, estmatos e finalmente indo para a atmosfera

    Como praticamente impossvel se distinguir o vapor de gua proveniente da evaporao da gua no solo e da transpirao das plantas, a EVAPOTRANSPIRAO definida como sendo o processo simultneo de transferncia de gua para a atmosfera por evaporao da gua do solo e da vegetao mida e por transpirao das plantas.

  • Captulo 06b

    Evapotranspirao (ET)

    Processo simultneo de transferncia de

    gua para a atmosfera atravs da

    evaporao (E) e da transpirao (T).

    TEET ++++====

    Evapotranspirao Compreende:1. Evaporao dos corpos de gua;2. Evaporao da gua do solo;3. Evaporao da gua interceptada das plantas;4. Transpirao das plantas.

    Depende da:1.1. Disponibilidade de Disponibilidade de guagua se no existir

    gua para o processo se desenvolver , no haver uma evaporao e nem transpirao;

    2.2. PresenPresena da vegetaa da vegetaoo se no existir vegetao no ocorrer a transpirao;

    3.3. RadiaRadiao solar e ao solar e ao dos ventoso dos ventos definem o poder de evaporao da atmosfera que condicionada a absorver vapor dependendo da presso reinante

  • Captulo 06b

    ETP ou ETo

    a evapotranspirao de uma extensa + superfcie vegetada com vegetao rasteira (normalmente gramado), em crescimento ativo, cobrindo totalmente o solo, com altura entre 8 e 15cm (IAF 3), sem restrio hdrica e com ampla rea de bordadura para evitar a adveco de calor sensvel de reas adjacentes. Nesse caso a ET depende apenas das variveis meteorolgicas, sendo portanto ETP uma varivel meteorolgica, que expressa o potencial de evapotranspirao para as condies meteorolgicas vigentes

    ETR

    a evapotranspirao nas mesmas condies de contorno de ETP, porm, com ou sem restrio hdrica. Nesse caso:

    ETR

  • Captulo 06b

    EVAPOTRANSPIRAOEVAPOTRANSPIRAO POTENCIALPerda de gua observada por evaporao e transpirao de uma superfcie natural tal que esteja totalmente coberta e o teor de umidade supere a capacidade de campo .

    A ETP um conceito bastante utilizado na irrigao, pois define a mxima quantidade de gua para uma planta, sendo funo tambm do seu consumo.

    Ex: a evaporao da gua da superfcie de rios, lagos e oceanos.

    Capacidade de CampoCapacidade de Campo

    Capacidade de Campo

    Voltar

    Umidade prxima a umidade de saturao do solo; geralmente ocorre aps cessada a chuva e o excesso de gua ter sido drenado por gravidade.

    Esse conceito bastante utilizadono meio agrcola

    para fins de irrigao.

    EVAPOTRANSPIRAO

    EVAPOTRANSPIRAO REALPerda de gua observada por evaporao e transpirao nas condies reinantes (atmosfricas e de umidade do solo).

    Ocorre a uma taxa inferior taxa potencial devido a deficincia de gua para o processo.

    Ex: a evaporao gua do solo em uma bacia hidrogrfica.

  • Captulo 06b

    A figura mostra os diferentes tipos de ET descritos. Na rea seca tem-se ETR, limitada pelas condies de umidade do solo. Na rea irrigada (bordadura ou rea tampo) tem-se ETO. No centro da rea mida tem-se ETP, a qual depende nica e exclusivamente do balano de energia.

    ETc

    a evapotranspirao de uma cultura em dada fase de seu desenvolvimento, sem restrio hdrica, em condies timas de crescimento e com ampla rea de bordadura para evitar a adveco de calor sensvel de reas adjacentes. Assim ETc depende das condies meteorolgicas, expressas por meio da ETP (ou ETo), do tipo de cultura (maior ou menor resistncia seca) e da rea foliar. Como a rea foliar da cultura padro constante e a da cultura real varia, o valor de Kc tambm ir variar.

    ETc = Kc * ETP

    EvapotranspiraEvapotranspiraoo

    de Cultura (ETc)de Cultura (ETc)

    Variao de Kc com o desenvolvimento de culturas

    Observa-se que os valores de Kc acompanham basicamente a rea foliar da cultura. No caso das culturas anuais o Kcini varia de 0,3 a 0,5, Kcinter de 0,8 a 1,2, e o Kcfinal de 0,4 a 0,7, dependendo do tipo de cultura. No caso de culturas perenes ou rvores, os valores de Kc tambm iro variar de acordo com o IAF e o tipo de cultura. Veja a seguir as diferenas nos estgios de esenvolvimento entre os diversos tipos de cultura, inclusive a