EXAME FISICO INTERNATO

  • View
    166

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of EXAME FISICO INTERNATO

EXAME FISICO SINAIS VITAIS : A primeira coisa que devemos fazer ver o: 1) PULSO RADIAL = veja a FREQUENCIA E O RITMO DO PULSO. Conte a freqncia em 1 MINUTO. Na primeira infncia = 120 a 130 bat/min.; Na segunda infncia de 80 a 100 Adulto= 60 a 100 batimentos por minuto, sendo que acima do valor normal, temos a taquisfigmia e abaixo bradisfigmia 2)PRESSO ARTERIAL = colocar o esteto 2 cm acima da prega do cotovelo e coloc-lo no sulco do bceps. 3)FREQUNCIA RESPIRATRIA = Contar quantos movimentos respiratrios o trax faz em 1 minuto. melhor o Paciente no perceber q vc ta observando isso. Vc finge q vai pegar o pulso radial de novo ,mas na verdade vc fica observando o trax dele. crianas - 30 a 40 movimentos respiratrios/minuto adulto - 14 a 20 movimentos respiratrios/minuto Dispnnia: a respirao difcil, trabalhosa ou curta. sintoma comum de vrias doenas pulmonares e cardacas; pode ser sbita ou lenta e gradativa. Ortopnia: a incapacidade de respirar facilmente, exceto na posio ereta. Taquipnia : respirao rpida Bradipnia : respirao lenta, abaixo da normalidade. Apnia: ausncia da respirao 4) TEMPERATURA = esperar 3 a 5 minutos. Axilar - 35,5 a 37,0 0C , Bucal - 36,0 a 37,4 0C , Retal - 36,0 a 37,5 0C febre leve ou febrcula - at 37,5 graus febre moderada - de 37,5 at 38,5 graus febre alta ou elevada - acima de 38,5 graus

Febre contnua - aquela que sempre permanece acima do normal, com variaes de at 1 grau; exemplo freqente a febre da pneumonia Febre remitente - h hipertermia diria, sendo que as variaes so acima de 1 grau; so exemplos a febre dos abcesso, septicemias Febre intermitente - neste caso, a hipertermia interrompida por perodos de temperatura normal, que pode ser de alguma medida no mesmo dia, ou um ou mais dias com temperatura normal; caracterstica da malria. Febre recorrente ou ondulante - caracteriza-se por perodos de temperatura normal que dura dias, seguido de elevaes variveis da temperatura; so encontradas por exemplo nos portadores de neoplasias malignas. Trmino - dito em crise, quando a febre desaparece subitamente, com freqncia nesses casos acompanhado de sudorese profusa e prostao. Em lise quando a hipertermia desaparece lentamente. _______________________________________________________________ EXAME FSICO DA CABEA E DO PESCOO INSPEO = Simetria(dos olhos , do nariz,da boca) , se h tumoraes , abaulamentos, retraes,cicatrizes , ver a implatao das orelhas, se tem turgncia das veias jugulares PALPAO = Veja a textura do cabelo, veja se h tumoraoes , se h dor na palpao PALPAO DO GANGLIOS: Pr auriculares = na frente da orelha Retro auriculares = atrs da orelha Occipitais Cervical posterior Cervical anterior Submandibular Sublingual Cervical superficial = fica na frente do musc esternocleido Gnglios supraclaviculares EXAME DO OLHO Basicamente, ns veremos os : REFLEXOS PUPILARES , MOVIMENTAO OCULAR E CAMPIMETRIA POR CONFRONTAO REFLEXOS PUPILARES: A) REFLEXO FOTOMOTOR DIRETO = vc coloca o feixe de luz e v se tem MIDRASE(DILATAO) OU MIOSE(CONSTRIO) B) REFLEXO FOTOMOTOR INDIRETO OU CONSENSUAL = Vc coloca a luz num olho diretamente, mas observa o outro olho para ver se tem constrio.

MOVIMENTAO OCULAR: Vai indo com uma caneta para os lados,para cima, para baixo, para as diagonais e v se o olho acompanha. O 3 PAR = reto superior, reto inferior, reto medial e oblquo inferior), o VI, = (reto lateral) e o IV, troclear (oblquo superior). CAMPIMETRIA POR CONFRONTAO : Vc fica de frente ao pacient ; na mesma altura com a sua cabea tambm na mesma altura e olhando para ele. A com a sua mo , vc vai movimentando e v se ele enxerga. Ou seja, vc confronta o seu campo visual com o campo visual do paciente. EXAME DO NARIZ Paciente olhando para cima e ai com uma lanterna vc v se tem hiperemia , d para ver as coanas , ver se tem desvio de septo, se tem secreo EXAME DA BOCA Observar a SIMETRIA da boca, Com a esptula e com a lngua para DENTRO da boca, vc coloca a esptula na frente do V lingual. No colocar atrs do V lingual seno d nuseas e vmitos. Faa isso com uma esptula e lanterna e pea para ele falar AAAAA. Vc pede para ele falar AAAA para ver a movimentao da vula. EXAME DO OUVIDO Palpar o TRAGUS da orelha e ver se ele tem dor. A com otoscpio , vc visualiza a membrana timpnica q deve ser rsea ou plida e com um brilho caracterstico. EXAME DA TIREIDE A tireide ta abaixo da cartilagem cricide. A vc identifica a carlilagem tireide(pomo de ado) , a cartilagem cricide e logo abaixo vem o ISTMO DA GLD TIREIDE.

PALPAO = Vc com o polegar de uma mo empurra a tireide para o outro lado. Com o outro polegar a vc palpa A gld mvel ; a pede para o paciente engolir. Ver se a gld tem : consistncia normal , se doloros a palpao AUSCULTA DA REGIO DE TIREOIDE = vc colca o esteto na regio da tireide e ausculta. VC pode perceber um SOPRO(turbilhonamento) q pode ser devido a um cncer q tem neo vascularizao ou uma DOENA DE GRAVIS(HIPERTIROIDISMO)

EXAME DO AP. RESPIRATRIO

INPEO = TEM a inspeo ESTTICA e a inspeo DINMICA. A) INSPEO ESTTICA= Observar o trax desnudo se tem alguma alterao na pele,abaulamento ,retrao , B) INPEO DINMICA = vc pede para o paciente respirar fundo e ai vc observa se tem retrao intercostal(tiragem)

PALPAO= vc comea com a MANOBRA DE RUAULT = vc palpa a 7 vertebra cervical e coloca as 2 duas mos no ombro do paciente , mas deixa os 2 polegares na vertebra, ai pede para ele respirar Conforme ele respira , a sua mo sobe junto e assim vc observa a mobilidade dos pices pulmonares

manobra de ruault Depois vc coloca as suas mos por trs do paciente e faz um prega com a pele dele. Ai vc pede para ele respirar. Assim vc avalia a expansibilidade das bases pulmonares. Se ele no tem nada , essa preguinha precisa ir sumir assim q ele respira . se no sumir ,tem condensao A MANOBRA DE LASEGUE

FRMITO TRACO-VOCAL = ressonncia do som. Pea para ele fala 33.

Frmito T.V. na pnemonia = ta aumentado. Frmito T.V. no derrame pleural = ta diminudo No enfisema , o F T.V. fica diminudo bilateralmente.

2) PERCUSSO DO TRAX = vc faz a percusso e vai comparando um lado com o outro. 3) AUSCULTA PULMONAR= Pede-se para o pac inspirar pelo nariz e expirar pela boca. Se vc suspeitar de condenso, vc pede para ele falar 33 e vc continua auscultando. Se no tiver nada , vc no ir identificar as slabas ,mas se tiver uma condenso ou tumorao , vc consiguir identificar as slabas.

EXAME DO APARELHO CARDIO VASCULAR INSPEO = antes de ver isso , vc j viu o pulso da art radial e viu se tem turgncia das jugulares. INSPEO DO PRECRDIO = pac deitado e vc at pode ver o ICTUS CORDI PALPAO= Coloca do dedo abaixo do mamilo na linha hemi clavicular e tenta sentir o ictus cordi Coloca a Mo no peito direito(2 espao intercostal direito) e tenta sentir o foco artico. A vc coloca no mesmo sentido , s q no peito esquerdo e tenta sentir o foco pulmonar. Tentar ver o foco pulmonar acessrio q fica no 3 espao intercostal esquerdo. Tricspide = a regio entre o apndice xifide(esterno) o rebordo costal.

AUSCULTA=

EXAME DAS ARTRIAS O pulso carotdeo palpado na borda anterior do esternocleido e na altura da cartilagem tireide. Observe a amplitude e vc pode at observar frmitos ou turbilhamento!!! Pulso da art temporal superficial = ta na frente do pavilho auricular. Pulso da art radial, ulnar e braquial Pulso da art femural = palpada abaixo do ligamento inguinal , na linha mdia do ligamento Pulso da art popltea = vc dobra o joelho e palpa no fossa poplteo. Pulso tibial posterior = fica entre o malolo medial e o tendo calcneo(tendo de Aquiles) Pulso dorsal do p = palpa na regio mdia do p e lateralmente ao tendo do hlux.

EXAME DO ABDOMEN

1) INPEO ESTTICA = olhe para o abdmen e verifique se h abaulamentos ,retraes,cicatriz(CICATRIZ DE JALAGUIER a cicatriz bem pequena na regio do apndice// CICATRIZ DE PFANNESTIEL = a cicatriz junto aos plos pubianos q indicam cesariana ou cirurgia da prstata.) 2) Ainda na inspeo estatatica = ver se tem hrnias , circulao venosa colateral, forma e volume do abdmen(em avental(obeso),batrquio(na ascite). Globoso( na grvida) , Escavado , plano( normal) 3) Cicatriz umbilical = protruso / plano ou levemnte retrado , presena de secreo. INSPEO DINMICA = VC verifica os movimentos respiratrios( se a respirao abdominal) Pulsaes = normal/ pulsaes epigstricas/ aneurisma de aorta Movimentos peristlticos visveis = normal/ obstruo de delgado,colon , estomago)

AUSCULTA = O umbigo o parmetro . a vc divide em 4 quadrantes. Para dizer que opaciente no tem peristalse, vc deve auscultar ,pelo menos, 3 minutos em cada quadrante.

A cada inspirao , vc deve escutar uma onda de peristalse. Os rudos hidro areos podem estar : normal , diminudo ,aumentado ou ausente. PALPAO : Lembrar dos rgos q ficam em cada quadrante. Mulher com dor em regio de fossa ilaca, vc pensa em OVARIO. Na fossa ilaca esquerda = sigmide ; FLANCOS= COLON DESCENDENTE E ASCENDENTE; HIPOCONDRIO DIREITO = VESICULA E FIGADO EPIGSTRICA = ESTOMAGO E LOBO ESQ DO FIGADO HIPOCONDRIO DIREITO = BAO REGIO UMBILICAL = MAIS A ESQUERDA O JEJUNO ; MAIS A DIREITA O LEO.