Exercicio Barroco

Embed Size (px)

Text of Exercicio Barroco

Exercicio barroco1) O barroco surge como uma resposta no campo artstico ao protestantismo, buscando reafirmar os valores catlicos, recorrendo principalmente ao uso de imagens e de santos. Entretanto, o barroco se coloca como oposio a outro movimento artstico do sculo XVI, baseado na racionalidade e na busca da simetria em suas produes artsticas. Qual este movimento?a) Classicismo.b) Modernismo.c) Renascimento.d) Romantismo.e) Humanismo

2. (Fuvest-SP) O Estado moderno absolutista atingiu seu maior poder de atuao no sculo XVII. Na arte e na economia suas expresses foram respectivamente:a)rococ e liberalismo.b) renascentismo e capitalismo.c) barroco e mercantilismo.d) maneirismo e colonialismo.e) classicismo e economicismo.

3) O Barroco como afirmao artstica religiosa buscava se opor aos conceitos do Renascimento, principalmente a utilizao do antropocentrismo e da racionalidade na produo esttica. Sobre o barroco, qual das afirmativas abaixo incorreta:a) H no barroco o surgimento de pinturas e esculturas marcadas por formas retorcidas e tensas.b) A preocupao do barroco era reforar o racionalismo e equilibr-lo com as emoes, e no em criar uma arte mais emotiva e cotidiana.c) A histria e atributos de santos e mrtires catlicos se viam representados com bastante frequncia na pintura, nas esculturas e construes do perodo, sendo que os elementos eram dispostos de maneira pouco simtrica, assumindo na maioria das vezes uma organizao diagonal.d) A valorizao das cores e a contraposio de luzes e sombras tinham grande importncia na demonstrao dos gestos e estados de esprito do homem.

8) (UNICAMP 2011) A arte colonial mineira seguia as proposies do Conclio de Trento (1545-1553), dando visibilidade ao catolicismo reformado. O artfice deveria representar passagens sacras. No era, portanto, plenamente livre na definio dos traos e temas das obras. Sua funo era criar, segundo os padres da Igreja, as peas encomendadas pelas confrarias, grandes mecenas das artes em Minas Gerais.

(Adaptado de Camila F. G. Santiago, Traos europeus, cores mineiras: trs pinturas coloniais inspiradas em uma gravura de Joaquim Carneiro da Silva, em Junia Furtado (org.), Sons, formas, cores e movimentos na modernidade atlntica). Europa, Amrica e frica. So Paulo: Annablume, 2008, p. 385. Considerando as informaes do enunciado, a arte colonial mineira pode ser definida como: a) renascentista, pois criava na colnia uma arte sacra prpria do catolicismo reformado, resgatando os ideais clssicos, segundo os padres do Conclio de Trento.b) barroca, j que seguia os preceitos da Contrarreforma. Era financiada e encomendada pelas confrarias e criada pelos artfices locais. c) escolstica, porque seguia as proposies do Conclio de Trento. Os artfices locais, financiados pela Igreja, apenas reproduziam as obras de arte sacras europeias. d) popular, por ser criada por artfices locais, que incluam escravos, libertos, mulatos e brancos pobres que se colocavam sob a proteo das confrarias.

7) (UFPR) Sobre o Barroco, pode-se afirmar quea) foi uma forma de manifestao artstica inspirada nos conceitos pagos de Idade Mdia e a Antiguidade.b) fez uso da grandeza excessiva, do extravagante, do artificial, para expressar as concepes de mundo moderno.c) surgiu nos pases anglo-saxes, no final do sculo XVII, e se espalhou por toda a Europa no sculo XVIII.d) imps uma ntida diferenciao entre as formas artsticas, como a pintura, a escultura e a arquitetura.

8) Sobre o Barroco, Marque a alternativa correta:a) O estilo barroco retomou os prprios princpios da arte da antiguidade greco-romana; e de acordo com essa nova tendncia, uma obra s seria perfeitamente bela na medida em que imitasse os artistas clssicos gregos. b) Diante da Reforma Protestante a Igreja Catlica logo se organizou contra. E assim a Arte Barroca serviu para revigorar seus princpios doutrinrios. c) Com o vigor barroco, os palcios barrocos se tornaram ambientes de encantamento, projetados para impressionar os visitantes com o poder e a glria do rei. d) O ideal humanista, a preocupao com o rigor cientfico e a composio equilibrada, so as principais caractersticas da Arte Barroca.

9) Marque (V) VERDADEIRO ou (F) FALSO:1. ( ) Os tons suaves e pastis, o equilbrio simtrico, a luz diagonal e a composio bidimensional fazem parte do estilo barroco. 2. ( ) Na representao barroca a figura humana, diversas vezes, aparece levemente geometrizada, revelando uma preocupao naturalista. 3. ( ) Do ponto de vista pictrico, as obras barrocas apresentam uma iluminao basicamente simtrica em relao a perspectiva linear utilizada. 4. ( ) Nas obras barrocas as cenas representadas envolvem-se num acentuado contraste de claro-escuro, o que intensifica a expresso de sentimento.

10) Marque a alternativa correta:a) O racionalismo to buscado e desejado pelo Renascimento, tornou-se altamente secundrio, dando lugar as emoes dentro do estilo Barroco. b) As obras barrocas romperam o equilbrio entre o sentimento e a razo ou entre a arte e a cincia. c) A iluminao diagonal to marcante na pintura barroca remete ao observador uma sensao esttica. d) Considerada por diversos crticos uma arte requintada, aristocrtica e convencional, o Barroco acabou tornando-se, com o passar do tempo, superficial.

11) Quanto a Pintura Barroca analise itens abaixo e em seguida marque a NICA alternativa CORRETA. a) Na pintura, frequentemente uma luz incide diretamente sobre aquilo que o pintor quer valorizar na tela. b) As cores de tons azul e rosa so banidos da pintura. c) O artista Barroco esta fortemente ligado ao misterioso e ao sobrenatural. d) H uma tendncia para a utilizao da cor preta.

(UEL- 2009) Leia o texto I e responda questo 12.Texto I

O estilo barroco chega ao Brasil pelas mos dos colonizadores, sobretudo portugueses. Desenvolve-se no sculo XVIII, 100 anos aps o surgimento do Barroco na Europa, recebe inuncias tanto portuguesas quanto francesas, italianas e espanholas. Em Minas Gerais, a expresso esttica tanto dever corresponder s solicitaes dos elementos transpostos, como dos elementos locais espontneos. Isso vai se vericar tanto em relao aos fatores estruturais, como no que diz respeito s ideias, aos conhecimentos e valores.(Adaptado: MACHADO, L. R. Barroco Mineiro. So Paulo: Perspectiva, 1983. p. 167-169.).

12) Com base no texto e nos conhecimentos sobre o barroco mineiro, considere as armativas a seguir.I. Nascido da herana europeia, o barroco mineiro uma arte que traz em si o dilogo entre sua origem e um novo contexto, caracterizando-se como um meio de expresso ao mesmo tempo barroco e mineiro.II. O aspecto social contemporneo chegada do barroco a Minas contribuiu para que sua organizao fosse catica e para que as caractersticas desse movimento acabassem contrastando com a vida mineira.III. Posto em contato com o clima de efervescncia cultural e com as descobertas no campo esttico de Minas, o barroco mineiro rompeu com a ideia do barroco universal e se destacou pela ambivalncia.IV. Os elementos transpostos pelos colonizadores apresentavam em suas razes algumas semelhanas com o universo mineiro, mas o poder institudo pela Academia Nacional de Belas Artes encaminhou o movimento para rumos distintos.Assinale a alternativa correta.a) Somente as armativas I e II so corretas.b) Somente as armativas I e III so corretas.c) Somente as armativas II e IV so corretas.d) Somente as armativas I, III e IV so corretas.e) Somente as armativas II, III e IV so corretas.

Leia o texto II, analise a gura e responda questo.Texto IIH a propenso para uma forma que se abre em indeterminao de limites e impreciso de contornos, apelando para os recursos da impresso sensorial, que no quer apenas conter a informao esttica, mas sobretudo, comunic-la sob um alto grau de tenso que transporte o receptor, o espectador, da simples esfera da plenitude intelectual e contemplativa para uma estesia mais franca e envolvente mais do que isso, para o xtase dos sentidos sugestionadamente acesos e livres.(VILA, A. O ldico e as projees do Barroco. So Paulo: Perspectiva, 1980. p. 20.).

13) (UEL- 2009) Sobre o texto e a gura, correto armar.a) O texto apresenta as principais caractersticas do rococ e a gura refere-se pintura do Barroco, principal movimento artstico do perodo colonial brasileiro.b) Enquanto a gura representa a arte colonial brasileira, o texto discorre sobre a projeo do barroco na arte concreta e sua busca por um envolvimento mais efetivo e completo do espectador com a obra.c) No possvel armar que o texto e a imagem estejam relacionados ao mesmo assunto, pois a gura do Barroco Mineiro, mas o texto trata do Barroco Baiano.d) Tanto o texto como a imagem tratam da arte neoclssica no momento mximo de sua penetrao na cultura brasileira como um todo e no sobre algo especco.e) O texto explicita as principais caractersticas da pintura barroca tal qual foi praticada em Minas Gerais no sculo XVIII, muitas delas presentes na obra de Manoel da Costa Atade.

14) (UEL- 2009) Pode-se dizer que a colonizao no Brasil s se interioriza a partir da descoberta do ouro em Minas Gerais. Com isso, a produo cultural tambm se desloca do Nordeste para o interior do pas. justamente em Minas Gerais que se encontram os monumentos mais signicativos da arte colonial. Com base nos conhecimentos sobre a arte no Brasil colonial, analise as imagens e identique aquelas que pertencem ao Barroco Mineiro do perodo colonial.

So imagens representativas do Barroco Mineiro do perodo colonial:a) Somente I e II.b) Somente I e III.c) Somente II e IV.d) Somente I, III e IV.e) Somente II, III e IV.

15) (UEL 2004) Leia, a seguir, o texto de Nicolau Sevcenko, que faz aluso ao esprito do Barroco no catlogo da exposio O Universo Mgico do Barroco Brasileiro, de 1998.Concebida para articular as contradies, a arte barroca encarna sacrifcio e salvao, dor e xtase, ignomnia e glria. Na sociedade colonial subm