FICHA INDIVIDUAL DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHOADMINISTRAÇÃO

Embed Size (px)

Text of FICHA INDIVIDUAL DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHOADMINISTRAÇÃO

FICHA INDIVIDUAL DE AVALIAO DE DESEMPENHO FUNCIONRIO CARGO

ADMINISTRAO ADMISSO DEPTO

PONTUALIDADE/ASSIDUIDADE Disposio do empregado em cumprir integralmente sua jornada de trabalho. Algumas faltas. Nenhum atraso. No falta nem chega atrasado. Faltas e atrasos frequentes. Alguns atrasos. Nenhuma falta. QUALIDADE Grau de perfeio com que o empregado executa suas funes. Trabalho mal feito e cheio de imperfeies. Qualidade de trabalho irregular: ora boa, ora deixa a desejar. Trabalho bem feito, com mnima margem de erros. Trabalho de excelente qualidade, sem erros e omisses. INTERESSE PELO TRABALHO Dedicao e esforo pessoal em aperfeioar-se cada vez mais para assumir novos encargos e responsabilidades. Interessa-se pelo trabalho. Tem vontade de progredir e se esfora. Indiferente. Parece no ter ambio. Mostra algum interesse, porm no se esfora. Possui notvel interesse pelo trabalho. Tem muita vontade de progredir e faz o possvel para isso, inclusive incentivando os colegas. CAPACIDADE DE APRENDIZAGEM Facilidade de compreender e reter instrues e informaes. Apresenta alguma dificuldade para assimilar novas orientaes. Aprendizagem lenta. Aprende com rapidez surpreendentemente. tima capacidade de assimilao. Facilidade para aprender. Poucas instrues so suficientes. Muita dificuldade par aprender. Necessita instrues constantes e pormenorizadas. SENSO DE RESPONSABILIDADE Condio de trabalhar sem necessidade de superviso, adquirida pelo desenvolvimento profissional do empregado. pessoa de inteira confiana. Tem plenas condies para assumir maiores responsabilidades. Tem conscincia de sua funes, porm ainda requer um mnimo de superviso. Pode assumir maiores responsabilidades, desde que devidamente treinado. No responsvel. Requer superviso constante. responsvel, porm necessita superviso regularmente. Ainda no tem condies para assumir maiores responsabilidades. COMPORTAMENTO NO TRABALHO

Conduta pessoal do empregado. Maneira de ser que o caracteriza em suas atitudes. muito simptico e solcito. D-se bem com todos. Pouco educado e as vezes grosseiro. Educado, mantm bom relacionamento. Geralmente educado, porm suas atitudes as vezes so desagradveis. PRODUTIVIDADE Volume de trabalho executado em relao ao tempo gasto. Produz sempre mais que a maioria. Aproveita muito bom o tempo. Produtividade insuficiente. Perde tempo. esforado, porm produz menos que a maioria do pessoal. Produtividade igual a da maioria. Procura aproveitar bem o tempo. COLABORAO COM GRUPO Capacidade de trabalhar em conjunto com outros colegas de forma harmoniosa e eficiente. Colabora sempre espontaneamente, transmitindo entusiasmo aos colegas. Evita prestar auxilio. S coopera quando solicitado, mas com pouco nimo. Trabalha normalmente em equipe. As vezes colabora espontaneamente. CONHECIMENTO DO TRABALHO Considerar a facilidade com a qual trabalha, utilizando-se dos conhecimentos tericos e prticos que possui. Conhecimento apenas superficiais das funes de seu cargo. Conhece perfeitamente todas as funes de seu cargo. Tem condies, inclusive, para assumir outras. Tem boas noes de grande parte das funes. Conhece perfeitamente todas as funes de seu cargo, porm no tem condies para assumir outras funes. INICIATIVA Condies em resolver os problemas por si em situaes imprevistas, ou o encaminhamento correto para a soluo dos problemas. Considerar tambm a apresentao de sugestes. Em situaes rotineiras encontra solues razoveis. As vezes apresenta sugestes. Aguarda sem ao at que o orientem. Resolve problemas por si, som segurana, e acerto. Apresenta sugestes excelentes visando a melhoria no ambiente e condies de trabalho. Pouco resolve sem perguntar. No apresenta sugestes. DISCIPLINA Facilidade em aceitar instrues de ordem superior, normas e procedimentos da empresa. Sempre cumpre ordens e recomendaes. Sua conduta impecvel e serve como modelo. As vezes mostra-se reticente em cumprir as ordens recebidas, porm sem perturbar o ambiente de trabalho. Geralmente observa ordens e regulamentos. disciplinado. Nem sempre acata as instrues recebidas, ocasionando problemas disciplinares. APRESENTAO PESSOAL Cuidado com asseio pessoal e vesturio. Apresentao de modo geral.

Veste-se adequadamente para o cargo que ocupa. asseado. Sua apresentao pessoal no das melhores. No se distingue pelo asseio. asseado, porm descuidado no vestir-se. Apresenta-se de forma irrepreensvel.

FICHA INDIVIDUAL DE AVALIAO DE DESEMPENHO FUNCIONRIO CARGO DEPTO

CHEFIAS ADMISSO

Instrues: Preencha a ficha tinta e em letra de forma; Ao avaliar, considerar o desempenho do funcionrio dentro dos requisitos do cargo; Em relao a cada fator, avaliar estabelecendo comparaes entre os funcionrios que exeram o mesmo cargo, assinalando com "x" a alternativa mais adequada ao desempenho do avaliado. Avaliar cada fator com suas alternativas de maneira cuidadosa, no permitindo que o conceito emitido em um fator, influencie nos demais. Confira e assine a Ficha de Avaliao. Feito isto, leve a apreciao do seu superior, encaminhando posteriormente, em envelope lacrado ao Departamento Recursos Humanos. LIDERANA Capacidade caracterizada pela forma como mantm sua autoridade e como se interessa pelos seus subordinados. No chega a apresentar problemas como superior, mas demasiadamente liberal com os seus subordinados. Faz valer plenamente a sua autoridade e a mantm com facilidade e, sua rea funciona muito bem. Sua superviso gera problema de insatisfao entre o seu pessoal, influindo decididamente na qualidade e quantidade de trabalho. Algumas vezes no consegue controlar seus subordinados, revelando que precisa ser treinado para melhorar a sua superviso. CAPACIDADE DE ORGANIZAO Avaliar a habilidade no controle do trabalho de sua rea. No tem idia aproximada da capacidade de produo de seus subordinados, provocando grande variao na carga de trabalho. Precisa se organizar mais. Conhece muito bem as possibilidades de seu pessoal e consegue manter a produo sem acmulos de trabalho. Tudo corre normalmente. Conhece as reais possibilidades de trabalho de seu pessoal e consegue manter a produtividade acima do normal, programando e distribuindo adequadamente o trabalho. No tem nenhuma idia sobre quando e como contar com o seu pessoal. Apresenta um trabalho desorganizado e em ritmo irracional.

INICIATIVA Avaliar a segurana que demonstra nas suas decises, aliada a convico com que as coloca em prtica. Apresenta boas solues para os problemas de sua rea, mas demonstra certa insegurana ao coloc-las em prtica. Resolve sempre de maneira correta os problemas de sua rea e tem facilidade para colocar adequadamente, suas idias em prtica. Desenvolve apenas o trabalho de rotina e tem srias dificuldades em orientar os seus subordinados na resoluo dos problemas funcionais. Tem capacidade para chegar s concluses tericas, mas tem real impossibilidade em tomar iniciativas prticas. CONHECIMENTO DO TRABALHO Avaliar o conhecimento e a compreenso dos princpios bsicos, tericos e prticos do trabalho. O conhecimento prtico que possui de sua rea insatisfatrio. Parece trabalhar por tentativas e de maneira confusa. Possui bom conhecimento prtico de sua rea e conhece satisfatoriamente, suas ligaes com as demais reas. Rene profundos conhecimentos prticos e tericos do seu trabalho. Possui perfeita noo de importncia dos trabalhos de sua rea e de sua ligao com as demais reas. Conhece bem a sua rea, mas no conhece a sua ligao com as demais. Seu conhecimento apenas prtico. JULGAMENTO DE SUBORDINADOS Avaliar o interesse e a objetividade ao julgar seus subordinados, levando em conta a imparcialidade. Avalia seus subordinados com honestidade e esprito de justia, pois conhece-os muito bem. Sua imparcialidade reconhecida. D a devida importncia a avaliao de desempenho de seus subordinados. Seu julgamento satisfatrio. O interesse demonstrado pela avaliao de desempenho de seus subordinados apenas relativa e apresenta algumas falhas. totalmente indiferente quanto importncia de avaliao de seus subordinados. PLANEJAMENTO Capacidade de elaborao do trabalho de preparao para qualquer empreendimento, para se atingir os objetivos traados pela empresa. No tem capacidade de elaborao e preparao de planos que objetivem metas futuras, despendendo muito tempo. Elabora e prepara com relativa perfeio os planos, adequando-os aos objetivos da empresa. Possui noo de elaborao e preparao de planos, mas devido o seu nvel de conhecimento requer acompanhamento. Elabora e prepara com perfeio os planos dentro dos objetivos traados pela empresa. DEDICAO EMPRESA Avaliar o grau de dedicao. Relacionado com a confiana que inspira no desempenho de suas funes. Est constantemente preocupado com a importncia da empresa e em preservar a sua boa imagem, podendo lhe delegar qualquer misso que exija confiana. No se interessa pelos resultados de seu trabalho para a empresa. Seu real interesse pode ser colocado em dvida.

No se pode confiar inteiramente. Atribui importncia ao trabalho at certo ponto, desde que no exija dele dedicao especial. dedicado ao trabalho e procura atender aos interesses da empresa, portanto, merece confiana. PRODUTIVIDADE Examinar o rendimento alcanado pelo funcionrio em sua rea, relacionado com a produtividade esperada. Esfora-se para atingir nveis de produtividade previstos, mas precisa melhorar a distribuio de seu pessoal para aumentar sua quantidade de trabalho. A perfeita distribuio das tarefas proporciona sempre uma produtividade acima da esperada. Atende aos nveis de produtividade esperada e esfora-se pela distribuio adequada de seu pessoal. H execesso de horas extras em sua rea e, constantemente, reclama por reforo de pessoal. Nunca est em dia com a produo. DESENVOLVIMENTO PESSOAL Avaliar a preocupao no desenvolvimento tcnico e cultural de seus funcionrios. Tem noo da importncia do desenvolvimento tcnico e cultural do seu pessoal mas acha que,