of 30 /30
Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Fisiologia da contração muscular

Profª Andrea K

Disciplina de Fisiologia

Page 2: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Células excitáveis e não excitáveis

Todas as células têm potencial de membranaCélulas excitáveis: capazes de alterar seu PM em resposta à um estímulo. Excitabilidade depende da passagem de íons por canais da membrana.

Page 3: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

JUNÇÃO NEUROMUSCULAR

Transmissão de impulso dos nervos para as fibras muscularesJunção dos “pês’ do axônio a goteira sináptica – músculo estriado ACT- EST

Fibrilas terminais com Cel. Shwann nus a fibra muscular – músculo liso ACT- EST Miocárdio – SNA NOR- EST

Page 4: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

JUNÇÃO NEUROMUSCULARMusculatura esqueléticaSecreção da acetilcolina pelos pês terminaisDifusão da acetilcolina liberada p/ fibra muscular e sua destruição pela colinesteraseDrogas estimulantes – metacolina, nicotina; drogas bloqueadoras – curare Miastenia grave

Page 5: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

JUNÇÃO NEUROMUSCULARMusculatura lisaDespolarização é mais lentaHá contração na ausência de um potencial de ação – mediador Miocárdio Ação parecida com a musculatura lisa- potencial de ação = PLATOExcitação da membrana e proporcional a frequência

Page 6: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Tecido muscularHá 3 tipos de tecido muscular• Músculo liso• Músculo cardíaco• Músculo esquelético

Controle involuntário

Cardíaco

Esquelético

Liso

Estriado (sarcômero)

Page 7: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Músculo esquelético• Função: posicionamento e movimentação do

esqueleto• Contração (exclusivamente por estímulo

nervoso) rápida, forte e voluntária

Fibras musculares +

neurônio motor = unidade motora

Page 8: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Músculo esquelético• Estrutura:

– Grupo de fibras musculares (cilíndrica, longa, multinucleada)

– Sem conexões entre as fibras musculares

Page 9: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Músculo cardíaco• Células: anastomoses irregulares. Núcleo 1ou 2• Contração rápida, forte e involuntária• Despolarização espontânea• Propagação: junções comunicantes: sincício

Page 10: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Músculo liso• Forma de fuso. Núcleo único.• Proteínas contrateis: diagonal • Vasos, órgãos ocos

Page 11: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Músculo liso• Contração lenta e involuntária• Despolarização espontânea• Propagação: junções comunicantes: sincício

Page 12: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Junção neuromuscular esquelética:Placa motora

Junção neuroefetora

Terminações Nervosas

Page 13: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Músculo esquelético• Estrutura

Epimísio: recobre todo músculo

Feixe muscular

Miofibrila

Sarcolema

Endomísio: recobre a fibra

Perimísio: recobre fibras agrupadas

Fibra muscular

Page 14: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Músculo esquelético• Fibra muscular: formada por miofibrilas • Miofibrila: formada por proteínas contráteis

(3.000 filamentos de actina e 1500 de miosina)

Page 15: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Proteínas contráteis• Miosina: formada por 2 cadeias protéicas

pesadas que se entrelaçam. Cabeças nas extremidades. Cerca de 250 moléculas de miosina = filamento grosso

• Actina: proteína globular que se une para formar filamentos: 2 filamentos = filamento fino

Page 16: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

• Sarcômero: entre linhas Z• Faixa A: actina + miosina• Faixa I: só actina• Zona H: só miosina• Linha Z: proteínas que fixam

filamentos de actina

Page 17: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Sarcômero: Unidade contrátil

Contração: deslizamento dos filamentos: encurta

faixa I e zona H

Page 18: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Proteínas reguladoras• Tropomiosina: no repouso bloqueia sítio de

ligação da actina com miosina• Troponina: regula posição da tropomiosina

Page 19: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Miofibrila

Túbulo transverso (T)

Cisterna terminal (armazena Ca2+)

Mitocôndria

Retículo sarcoplasmático

Túbulo transverso (T) (propaga impulso até porção profunda da fibra)

Page 20: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Neurônio motor ACh PA na fibra muscular condução ao longo da superfície da fibra

Contração muscular

Page 21: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Contração muscularCondução ao longo da superfície até túbulo T libera Ca2+ do retículo sarcoplasmático (citosol)

Page 22: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Contração muscularCa+2 liga-se à troponina provocando uma alteração conformacional que puxa a tropomiosina desbloqueando sítio de ligação da actina formam pontes cruzadas

Page 23: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Contração muscular• Após pontes cruzadas alterações conformação

cabeça (45º) (uso da energia armazenada) deslizamento (contração).

• Após inclinação da cabeça desligamento ADP + Pi .

Energia potencial

Page 24: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Contração muscularATP se liga à sítio na miosina promove desligamento miosina-actina miosina (ATPase) hidrolisa ATP em ADP + Pi (permanecem ligados à miosina) energia resultante altera posição da cabeça da miosina em 90º (energia armazenada) miosina se liga a outro sítio de ligação ...

Page 25: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia
Page 26: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Relaxamento muscular

• Recaptação do cálcio para retículo sarcoplasmático (ATPses)

• Tropomiosina volta a bloquear sítio• Actina e miosina desligadas

Page 27: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Unidade motora• Fibras musculares + neurônio motor • Tamanho da unidade motora: uma fibra

nervosa pode inervar 5 a 500 fibras musculares• Movimentos precisos ou grosseiros

– Ex: 1 motoneurônio:10 fibras ou 1: 700 fibras

Page 28: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Graduação da força

• Somação de múltiplas unidades motoras• Somação por ondas: antes de relaxar

Page 29: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Capacidade funcional das fibras• Características estruturais e bioquímicas

(característica aeróbia e anaeróbia)

Fibras tipo II apresentam um retículo mais desenvolvido (> liberação Ca2+), e > unidade motora (atingem tensão máxima + rápido e geram mais força)

Page 30: Fisiologia da contração muscular Profª Andrea K Disciplina de Fisiologia

Capacidade funcional das fibras

• A composição do tipo de fibras varia dentro de regiões diferentes do mesmo músculo, entre músculos diferentes da mesma pessoa e entre os mesmos músculos de pessoas diferentes

• Ex: maratonista, velocista