of 24 /24

Click here to load reader

Folha de Itapetninga 12/12/2015

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O mais moderno jornal da região.

Text of Folha de Itapetninga 12/12/2015

  • Pg 4

    Polcia Militar deItapetininga prende

    mulher que chefiava o trfico

    R$ 2,25www.folhadeitapetininga.com.br / [email protected]

    FOLHA DE ITAPETININGAItapetininga,sabado, 12 de dezembro de 2015ANO XLIV / N 6.759 / 46 ANOS - COM ITAPETININGA E REGIO

    Jornalista responsvel: Jos Octavio Salem Cerqueira

    Confira:Classificados no Caderno C / Resumo das Novelas pgina 11 cad. B Visite nosso Site

    www.folhadeitapetininga.com.br

    Hoje a entrega de Diplomas aosparticipantes do 2 Passeio

    Fotogrfico- Histrico do IHGGI

    A dvida fundada da Pre-feitura Municipal de Itapeti-ninga, segundo informaoextra-oficial, de R$105.814.970,42 , basica-mente por compromissosoriginados em gestes ante-riores, inclusive parcelamen-tos que precisam continuarsendo pagos mensalmente .O comprometimento da fo-lha de pagamento outraquesto preocupante. O li-mite legal da folha 54% daReceita Corrente Lquida eo chamado Limite Prudenci-al 51,35%. Tomando, por

    Dvida da Prefeitura Municipal deItapetininga de R$ 105.814.970,42

    exemplo, o 1 quadrimestrede 2015 no Site de Trans-parncia da Prefeitura (o atu-al ainda no consta porqueno terminou o exerccio dedezembro de 2015) , verifi-ca-se que a folha de paga-mento chegou a 45,64 %. Amargem que ficou de 5,71%em relao ao Limite Pru-dencial muito pequena. Umdos fatores do crescimentoda folha de pagamento nagesto anterior teria sido orompimento do convnio daPrefeitura com o InstitutoVida , para a gesto compar-

    tilhada de aes de sade,transferindo para a folha depagamento a contrataode forma direta pela Pre-feitura. O atual prefeito Hi-ram Ayres Monteiro Jr. temafirmado que com peque-na porcentagem para in-vestimentos, est desen-volvendo intenso trabalhopor convnios e parceriasque permitam a execuodas obras aguardadas pelomunicpio, alm do empe-nho diuturno em todas asreas da administrao(pag. 2)

    O Conselho de Desenvolvimento da Regio de Sorocaba aprovou por unanimidade aproposta do Deputado Estadual Edson Giriboini, de incluso de Itapetininga na RegioMetropolitana de Sorocaba. O passo seguinte ser o encaminhamento ao Governador Al-ckmin, para envio de Projeto do Executivo Assemblia Legislativa, incluindo o municpionessa regio.Uma vitria histrica para Itapetininga (pgina 5)

    Aprovada por unanimidadeproposta de Giriboni de incluso

    de Itapetininga na RMS

    Logo aps a aprovao,pelo Conselho de Desenvol-vimento da Regio Metro-politana de Sorocaba, porunanimidade, da proposta deincluso de Itapetininga na

    Prefeito Hiram Jr. fala sobrea importncia da inclusode Itapetininga na RMS

    mesma, o Prefeito Municipalde Itapetininga- Hiram AyresMonteiro Jr. concedeu entre-vista , destacando a impor-tncia da deciso para omunicpio, detalhando os be-

    nefcios que adviro aps aconcluso do processo, como envio pelo Governador deprojeto Assemblia e suaaguardada aprovao(pag. 7)

    No ltimo dia 8 de de-zembro, foi comemorado oDia da Justia e a homena-gem a todos os advogadosvai na pessoa do Presidenteda Comisso de DireitosHumanos da OAB- Dr. Gui-lherme Jubram (pag. 10)

    No Dia da Justia,a homenagem ao

    Dr. GuilhermeJubram

    Hoje, dia 12 de dezembro,o Bispo Diocesano Dom Gor-gnio Alves da EncarnaoNeto abrir o Ano Santo da

    Bispo Dom Gorgnioabre hoje o Ano Santo daMisericrdia na Catedral

    Misericrdia na Catedral da Di-ocese de Itapetininga. A Folhade Itapetininga traz a programa-o completa na pgina 10

    Em entrevista coletiva naltima segunda-feira, o Prefei-to de Itapetininga- HiramAyres Monteiro Jnior, apre-sentou dois novos SecretriosMunicipais : Renato AguiarCoelho (ex-Vice -Presidenteda Diviso de Negcios deMadeira da DURATEX),como Secretrio Municipal doAgronegcio, Trabalho e De-

    O empresrio DomingosFortunato Neto, Diretor daempresa Osvaldo Cruz Qu-mica, anunciou o investimen-

    Nesta prxima segun-da-feira, 14 de dezem-bro, mais uma importan-te conquista se materia-lizar para Itapetininga :a instalao do CentroJudicirio de Soluo deConflitos e Cidadania,que ter a direo do Juizde Direito- Dr. RobertoBrando Galvo Filho. Oevento acontecer s 15,no Frum Cvel, Praadois Tres Poderes, sob apresidncia do Juiz deDireito Diretor do F-rum- Dr. Diego Miglio-rini Jnior (pag. 4)

    Dia 15, Culto de Ao de Graaspelo aniversrio da PM

    Hoje, no SESI,o "QuartetoBrasileiro de

    Violes"

    Muita emoonas homenagens

    ao mdico Dr.Dagoberto Maiae ao Presidente

    do Venncio-GiuseppeAntonucci

    Anunciados novosSecretrios Municipais

    CEJUSC serinstalado emItapetininga

    nesta 2

    Empresa de Resinas investir 10milhes de dlares em Itapetininga

    to inicial de 10 milhes dedlares em Itapetininga. AFolha de Itapetininga traz osdetalhes na pgina 4.

    senvolvimento; e Lus AntonioGrinis Nalini ( Administradorde Empresas e Especialista emGesto Pblica Municipal pelaUniversidade Federal Tecno-lgica do Paran) como Se-cretrio Municipal de Planeja-mento. Os detalhes e as pri-meiras manifestaes dos no-vos Secretrios esto nas p-ginas 4 e 7.

    Capa Caderno B Pg 3Pg 4

    Pg 4

    Capa Caderno C

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 || pgina 2 | | Edio n 6.759 |

    ColaboradoresAlberto Isaac, Carlos Jos de Oliveira, Dirceu de Campos, Dr. Bastos, Dr. Jorge

    Paunovic, Manoel Silvrio, Marcos Cintra, Waldomiro B. Carvalho, MonicaChirosa, Prof. Newton Albquerque, Theothonio Afonso Pereira Jr., Pr. AndrRogrio Ribeiro Pacheco.

    Tiragem 8 mil exemplares

    A redao nao se reponsabiliza pelos conceitos e artigos assinados.Fica esclarecido que os colaboradores com colunas assinadas no tem vnculoempregatcio com a Editora Folha de Itapetininga Ltda, exceto os que tiverem contratoassinado com a mesma.

    Representante Exclusivo: So Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre,Belo Horizonte e Braslia.

    Consrcio Brasileiro de Imprensa - CBI - Av. Jos Maria Whitaker, 890CEP: 04057-000 - SO PAULO - SP FONE: (11) 5589-4643 - FAX (11) 5589-4662

    homepage: http://www.folhadeitapetininga.com.bre-mail: [email protected]

    Redao Administrao, Publicidade:Rua Saldanha Marinho, 532 - Centro

    Fone/Fax: (15) 3271-1576

    Itapetininga So PauloRegistrado no Cartrio Oficial de Registro

    de Pessoa Jurdica de Itapetininga sob o n 004437

    Diretor e Jornalista Responsvel: Jos Octvio Salem CerqueiraRegistro n 52.755/SPRedator Chefe: Silas Gehring Cardoso - MTB 0079464/SPReprter: Jorge Luiz de Almeida - MTB 0071025/SPDiretor Comercial - Carlos Renato M. Gomes, Jos Raimundo CorreiaDiagramador e WebMaster: Henrique J.O. Almeida

    A judicializao da sa-de pode ser encarada sobdiversas ticas. Comopressuposto, penso queno necessrio insistir naconstatao desse fen-meno. Ao converter a sa-de em direito universal, aConstituio da Repblicaabriu espao para quetodo e qualquer pleito che-gue ao Judicirio e comescassa chance de mere-cer indeferimento. O resul-tado a inviabilidade dequalquer projeto srio, nombito municipal, diantedo vulto dos interesses

    FALTA DE SOLIDARIEDADEatendidos.

    H quem sustente a hi-gidez do sistema. Afinal, oacesso Justia foi asse-gurado e todos aquelesque tiverem necessidadetero um juiz disposiopara ordenar que o muni-cpio propicie internao,dentro ou fora do Brasil,medicamento ainda em tes-te ou no aprovado pelasautoridades competentes,prteses, tratamentos etudo o mais o que se ofe-recer nesse mercado flo-rescente que o da sadeintegral.

    Mas a conta no estfechando e o municpio o maior prejudicado. muito difcil cobrar as obri-gaes da Unio e umpouco menos exigi-las doEstado-Membro. Mas muito fcil citar o Prefeitopara que atenda a toda equalquer pretenso.

    O Estado brasileiro en-contra-se em situao fa-limentar. So pedaladas eartifcios que j no enco-brem o quadro trgico: osdireitos prodigalizadospela Constituio e a mul-tiplicidade de agentes for-

    mados sob a nica visode todos os problemas entrar no Judicirio tor-nam inadministrvel a Pre-feitura.

    Embora o juiz tenhasido exortado pelo CNJ aser consequencialista, exa-minar com prudncia quaissero as consequncias desua deciso no mundo reale no na fico jurdica,isso em regra ainda no sefaz. Toda poltica pblicade sade se v inviabiliza-da porque aqueles quetm acesso ao Judicirioraparam o cofre e no dei-

    xaram recursos financeirospara a legio dos desassis-tidos.

    Em recente reunio, qual estiveram presentesespecialistas de vrias re-as, ouvi uma observaointeressante: a judicializa-o da sade outroexemplo da falta de solida-riedade que acometeu apopulao brasileira. Cadaum s pensa em si e notem o menor interesse emsaber se o atendimento desua demanda prejudicar oprximo. s vezes, muitomais necessitado do que o

    demandante, que teve oprivilgio de acessar o Ju-dicirio, sempre pronto aexaminar o caso concreto,o direito daquele que in-gressou com a ao e des-provido de condies decontextualiz-lo numa Na-o em que a exubernciade direitos s encontra pa-ralelo na fragmentao dosvalores mais essenciais aum convvio verdadeira-mente fraterno.

    Jos Renato Nalini presidente do Tribunalde Justia de So Paulo

    As aventuras de DidiCaptulo XI Imprudncia

    Andava feliz por a. Orgu-lhoso de ser o pai dos filhi-nhos da Bianca. Era uma ale-gria nova. Um contentamentode passarinho na natureza. Eassim, deslembrado das vicis-situdes, parecia que eu eracapaz de fazer qualquer coi-sa.

    Certa vez, caminhandopela avenida da Skol, duran-te um bruto meio dia, ouvi aolonge o ronco de uma motoci-cleta. Me preparei para o ata-que como sempre fazia. Impri-mi toda energia nos meus lati-dos e iniciei a perseguio.Tentava morder o calcanhar epercebi que, na verdade, erauma moa a motorista.

    J quase no fim da aveni-da, antes do semforo no cru-zamento com a rua Dr. Couti-nho, a condutora se atrapa-lhou e perdeu o controle damoto. O veculo fez um rodo-pio e me atingiu com a partetraseira. Senti um baque vio-lento e uma dor indescritvel.

    Alguma coisa se quebra-ra no meu corpo que foi joga-do junto sarjeta. Ainda pudever a moto atravessada nomeio da avenida e a moa es-tatelada no cho. Depois des-maiei. No sei quanto tempopassou, mas ningum me so-correu. Devem ter pensadoque eu tinha morrido no aci-dente.

    Contudo, recobrei a cons-cincia, agora com uma dorlancinante nas costelas. Co-mecei a me arrastar para ir paraa minha casinha duas ruasacima. Foi um longo e penosocaminho, sob um sol escal-dante. Cada passo, um gemi-do. As pessoas passavamnos seus carros e uma ou ou-tra murmurava: coitado do ca-chorrinho!

    Quando finalmente conse-gui entrar na casinha de pa-pelo, grossas lgrimas es-corriam pelo meu focinho mi-do. Dizem que a noite feitapra gente se esquecer, mas

    aquela foi inesquecvel. Tinhavertigens por causa da dor in-suportvel nas costelas.

    Tudo se mis turava: osmeus latidos imprudentes, amoto e a moa. A desmaiei denovo.

    DidiApoio: Mauri de Jesus

    Morais

    A dvida fundada daPrefeitura Municipal deI tapet in inga de R$105.814.970,42 (valorobtido na ltima quarta-feira, portanto sujeito a al-terao). Essa dvida re-presenta a soma dos com-promissos originados an-teriormente. Inclui, porexemplo ,o dbito paracom o SEPREM- Serviode Previdncia Municipal,que foi parcelado na ges-to anterior, medianteacordo.

    Uma das preocupaesda situao herdada afolha de pagamento. Comoo exerccio de 2015 aindano terminou,pode se to-mar como base, no Site de

    Em prolongada sesso or-dinria, que contou com mani-festaes do Prefeito Munici-pal Hiram Ayres Monteiro J-nior e do Promotor de JustiaDr. Barreira, a Cmara Muni-cipal de Itapetininga aprovou,entre vrios outros projetos, oProjeto de Lei 61/2015, dispon-do sobre as diretrizes oramen-trias para a elaborao da Lei

    Afirmando que o ParqueEcolgico Municipal SoFrancisco de Assis, locali-zado no Bairro do MatoSeco, uma rea de aproxi-madamente 35 hectares, dealta biodiversidade e imen-so potencial turstico, cultu-ral e ecolgico, est total-mente abandonado h vri-os anos, o vereador Fer-nandinho Rosa est solici-tando ao prefeito a reformae reabertura do mesmo,para que volte a ser um dosprincipais pontos tursticos

    Dvida fundada da Prefeitura Municipalde Itapetininga de R$ 105.814.970,42

    (Uma das preocupaes a folha de pagamento herdada, prxima ao limite prudencial )Transparncia da Prefeitu-ra ,o Primeiro Quadri-mestre de 2015. O limitelegal da folha de paga-mento 54% da ReceitaCorrente Lquida e o cha-mado Limite Prudencial 51,35%. Nesse quadri-mestre a folha de paga-mento chegou a 45,64 %.A margem que ficou de5,71% muito pequena.Como a variao do pri-meiro ao ltimo quadri-mestre no significativa,essa margem deve atual-mente estar prxima aisso, e com a provvelqueda da arrecadao dasreas federal e estadual,essa margem poder sereduzir ainda mais.

    Segundo comentrios,um dos fatores que contri-buiu para o crescimento dafolha de pagamento nagesto anterior foi o rom-pimento do convnio daPrefeitura com o InstitutoVida , para a gesto com-partilhada de aes desade pblica no Munic-pio, transferindo, comoconsequencia, para a folhade pagamento a contrata-o de forma direta pelaPrefeitura, do pessoalpara o setor.

    Com recursos extrema-mente limitados para in-vestimento, a atual admi-nistraao municipal tem seempenhado na busca dosconvnios e parcerias.

    Fernandinho Rosa pede reforma ereabertura do Parque de Mato Seco

    Oramento para 2016 ecriao de cargos de mdicos

    aprovados anteontem

    de nossa cidade. Fernandi-nho, em sua manifestao,lembrou da ateno que esseParque mereceu quando seupai Fernando Rosa foi Pre-feito de Itapetininga.

    A Comisso de Defesa doPatrimnio Histrico e Urba-nstico da 43 Subseco daOAB igualmente encami-nhou, atravs de seu Presi-dente, o advogado Dr. The-otnio Afonso Pereira Jni-or, documentao ao prefei-to, com essa solicitao, tra-zendo ,em anexo pesquisa

    do Grupo de EspeleologiaLaje Seca Itapetininga, almde vrias sugestes(detalhes-prxima edio).

    Oramentria do exerccio de2016, ; o Projeto de Lei 73/2015,que estima a receita e fixa a des-pesa no Municpio de Itapetinin-ga para o exerccio de 2016(com valores j detalhados pelaFolha de Itapetininga) e o Proje-to de Lei Complementar 25/2015, que cria e acresce cargosno quadro de pessoal da Admi-nistrao Pblica Municipal, no-

    tadamente quanto aos cargos demdicos, visando adequar osvencimentos e imprimir mai-or atratividade para provi-mento dos cargos efetivos emcarter definitivo aps regu-lar concurso pblico., um pro-jeto considerado de grandeinteresse para o atendimentomdico- hospitalar de Itape-tininga.

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 | | pgina 3 || Edio n 6.759 |

    Rua Santa Clara, 184Fone/Fax (015) 3388-7604 - 3232-2939

    Sorocaba/SP - CEP 18080-420

    Polcia

    Deseja todosnossos clientes e

    amigos umFeliz Natal e um

    Prspero Ano Novo

    Na tarde desta ltima 3feira,8, os policiais milita-res Cb.Franceschini e Sd.Danilo, da 3 Cia, realiza-vam patrulhamento pela Vila Palmeira quando suspei-taram de dois indivduos ocupando uma motocicleta.Ao avistarem a viatura policial,os suspeitos empreen-deram fuga e um cerco foi montado,com apoio deoutras viaturas,sendo que a dupla foi interceptada naRua Campos Sales. Com os dois,os policiais encon-traram 30 pores de maconha e uma quantia emdinheiro. Ambos foram presos em flagrante,ficando naDelPol disposio da Justia.

    Nesta ltima 5 feira,10, a equipe Alpha,da Guar-da Civil Municipal de Itapetininga recebeu dennciaannima sobre movimentao de trfico de entorpe-centes no interior de uma construo abandonada,localizada na Rua Moacyr Nicoletti, no Jardim NovaAliana. Os Gms se deslocaram at o local e averi-guando a construo encontraram,em meio a tijolos eburacos, 9 pores de maconha. A droga foi encami-nhada DISE , mas os indivduos denunciados noforam encontrados no local.

    Na noite desta ltima3feira,8, a equipe daROCAM, da Polcia Mili-tar de Itapetininga,com oCb.Duarte e Sds. Ansel-mo e Tnia, prendeu umhomem que comercializa-va drogas numa esquinada Vila Prado e as escon-dia num matagal das pro-

    Policiais da ROCAM prendemhomem com drogas,em Vila Prado

    ximidades. Na abordagem,os policiais encontraram comele uma quantia em dinheiroe,em seguida, localizaram 62pedras de crack embaladase prontas para venda. Elefoi encaminhado ao Plantoda Delpol,sendo autuado emflagrante por trfico de en-torpecentes.

    PM detm dois indivduos,com drogas e moto na

    Rua Campos Sales

    GCMs localizamentorpecentes no

    Jardim Nova Aliana

    A Polcia Militar deItapetininga vem obten-do resultados positivosno combate ao trficode entorpecentes, tiran-do de circulao trafi-

    Polcia Militar de Itapetiningaprende mulher que chefiava trfico

    ( Cocana tambm foi localizada enterrada)cantes e apreendendodrogas.

    Na noite desta ltima5feira, 10, aps um bomtrabalho de observaes,a equipe do Ttico-

    Comando,com o Ten.Fel ipe Leme eCbs.Cruz, Phols e An-dr, e do Rocam, como Cb.Duarte e Sds.Anselmo e Tnia, loca-

    lizaram em uma casa daVila Belo Horizonte, en-terrado, um tijolo de co-cana pura , pesando1,009 kg, mais duas por-es a granel, pesando0,013 kg e 0,029, 6 pa-pelotes de cocana pe-sando 0,003 kg, uma pe-dra bruta de crack pe-sando 0,049 kg ,outraporo de maconha pe-sando 0,004 kg. e R$2.037,00 em diversasnotas. No local forampresos trs acusados detrfico e encaminhadosao Planto Permanenteda DelPol,sendo autua-dos em flagrante por tr-fico de drogas e asso-ciao para o trfico.Entre os presos ,umamulher considerada achefona do trfico nobairro e que teria pagomais de 20 mil reais peladroga. Os trabalhos deobservaes policiais fo-ram realizados durante30 dias, comeando pelapraa do Jardim CasaGrande,at chegarem aolocal onde era distribu-da e vendida adroga.No Planto daDelPol, trabalhos dodelegado dr.Luiz Henri-que Soubhia Nunes.

    3272-4473 / 3373-2614

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 || pgina 4 | | Edio n 6.759 |

    No ltimo domingo, dia6, grande pblico prestigiouo Festival de Viola e Vozdefronte o Bar do Joo,na Av.Francisco Vlio. Noevento a participao detrios e duplas, entre os

    No prximo dia 15, s20 hs., na Igreja Presbi-teriana , Rua MonsenhorSoares, 680, o 22 BPM-

    Durante a entrevista co-letiva do prefeito HiramAyres Monteiro Jr., confor-me j noticiado pela Folhade Itapetininga On Line daltima quinta-feira, alm daabordagem de questes ad-ministrativas de forma gerale apresentao de dois no-vos Secretrios Municipais,conforme detalhamento napgina 4 desta edio, oSecretrio Municipal doAgronegcio, Trabalho eDesenvolvimento- Renato

    Uma excelente notcia paraItapetininga a confirmao davinda da conceituada empre-sa Osvaldo Cruz Qumica, deResinas. Essa confirmao foidada pelo prprio diretor damesma Domingos FortunatoNeto no Pao Municipal, du-rante a entrevista coletiva doprefeito Hiram Ayres Montei-ro Jnior. O Sr. Domingos de-talhou o processo de escolhado municpio e falou que o in-vestimento inicial de 10 mi-lhes de dlares. Colocou-se disposio da imprensa parafornecer todos os detalhes doinvestimento.

    Cine Clube ANTONIOBALINT, de Itapetininga,em parceria com a Secreta-ria Municipal de Cultura eTurismo apresenta gratuita-mente o filme A FESTA DEBABETTE, no dia 19 DEDEZEMBRO de 2015, S-BADO, exatamente s 19:30h. Aps a exibio vamosconversar sobre a transpo-sio para o cinema do con-to da escritora Karen Blixen,escolhido pelo CLUBE DELEITURA LEIA MULHE-RES de ITAPETININGA.

    A Festa de Babette um fil-me dinamarqus de 1987, dognero drama, dirigido porGabriel Axel, e com roteirobaseado em conto de KarenBlixen, cujo pseudnimo eraIsak Dinesen, o anonimato sejustifica, uma vez que mulheresescritoras no seriam vistas deforma positiva em uma soci-edade machista e hipcrita.

    Em 1871, em noite detempestade, Babette chega aum vilarejo na Dinamarca,fugindo da Frana durante arepresso Comuna de Pa-ris. Ela se emprega comofaxineira e cozinheira na casade duas irms solteironas epuritanas, filhas de um rigo-roso pastor. Ali ela vive pordoze anos, at que um dia ficasabendo que ganhara umafortuna na loteria. Ento, comessa fortuna ela oferece umbanquete francs para as ir-ms e os convidados. Estasirms no desejam porque ...

    Hoje, s 20 hs.,no tea-tro do Sesi, a atrao o premiado Quarteto Bra-sileiro de Violes,com re-pertrio de compositoresbrasileiros e espanhis,deseu recm-lanado CDSpanish Dances. Vence-

    Secretrio do Agronegcio, Trabalho e Desenvolvimento defendeestmulo s pequenas empresas ao lado da atrao das grandes

    Aguiar Coelho destacou aimportncia de, paralela-mente ao esforo pela atra-o de grandes empresas,existir o estmulo aberturae funcionamento das peque-nas empresas, das empresasfamiliares. Enfatizou a ne-cessidade de simplificaode todos os procedimen-tos para que possam pro-duzir e gerar renda e em-prego.

    Formado em Engenha-ria Mecnica e de Produ-

    o, com especializao noExterior, Renato de Agui-ar Coelho falou sobre ascaractersticas de Itapeti-ninga, sua vocao, seupotencial e suas amplaspossibilidades, chamandoateno para a necessida-de de um projeto a longoprazo, especialmente paraagregar valor, com o pro-cessamento da matria prima.A Folha de Itapetininga de-ver agendar uma entrevistacom o novo Secretrio.

    Empresa de Resinas trarinvestimento inicial de 10

    milhes de dlares a Itapetininga

    Dia 15, Culto de Ao deGraas pelo aniversrio da PM

    I,de Itapetininga, promo-ver a celebrao doCulto de Ao de Gra-as pelo 184 aniversrio

    da Polcia Militar.O con-vite do Cmte.Ten.Cel.Marcelo AlvesMarques.

    Na prxima 2feira, dia14, s 15 hs, na sede doFrum Cvel, no JardimMarab, ser realizada asolenidade de instalaodo Centro Judicirio deSoluo de Conflitos eCidadania ,da Comarca deItapetininga.

    O convite do presi-dente do Tribunal de Justi-a do Estado de SoPaulo, DesembargadorJos Renato Nalini.

    Hoje, s 19h30, em suasede, o Sindicato Rural deItapetininga realizar a so-lenidade de posse da di-retoria eleita para o pr-ximo trinio,tendo frenteo presidente Amauri EliasXavier.

    Hoje no Sesi o QuartetoBrasileiro de Violes

    dor do Grammy Latinode 2011, consolidou-secomo um dos principaisconjuntos violonsticos nocenrio mundial,realizandomais de 300 espetculosnas Amricas, na Europa,sia e na Oceania,com

    teatros lotados. Espetcu-lo imperdvel, de 60 min.,livre para todos os pbli-cos. No quarteto: Tadeudo Amaral e Gustavo Cos-ta( violes); Everton Glo-eden e Luiz Mantovani(violes de oito cordas).Ingressos gratuitos quedevem ser retirados comantecedncia.

    2 Feira,Instalao do

    Centro Judiciriode Soluo de

    Conflitos eCidadania emItapetininga

    Hoje, posse dadiretoria do

    Sindicato Ruralde Itapetininga

    Festival de Viola eVoz foi sucesso

    quais Marcilio e sua vio-la e Trinco e Trindade.A realizao foi de BettoPromoes,que convidapara a tarde de Viola eVoz de Natal, dia 20, s16 hs, no Horto Religioso.

    O filme A Festa de Babetteser exibido dia 19 de dezembro

    os hbitos por trs do alimen-to so questionados desde aGrcia Antiga. Para a doutri-na Catlica, alimentar-se um ato normativo humano emque a nica funo mantero corpo saudvel, o excessoatravs da comida, bemcomo o prazer, so um est-mulo do pecado da Gulaconforme A FESTA DEBABETTE: DA GULA REDENO DO ESPRI-TO, por Fernando Moreira.

    Oscar 1988 (EUA) nacategoria de melhor filme es-trangeiro, BAFTA 1989 (Rei-no Unido) na categoria demelhor filme em lngua no in-glesa, Indicado nas categoriasde melhor atriz (Stphane Au-dran), melhor fotografia, me-lhor direo, melhor filme emelhor roteiro adaptado, Fes-tival de Cannes 1987 (Fran-a) recebeu o Prmio ecum-nico, Globo de Ouro 1989(EUA) indicado na categoriade melhor filme estrangeiro,Festival du Cinma Nordiquede Rouen 1988 (Frana) re-cebeu os prmios da audin-cia e do Grande Jri.

    O CINE JANELAS ficaanexo ao Posto de Sade Dr.Genefredo Monteiro, Audi-trio Abilio Victor, PRAA09 DE JULHO, 518 CEN-TRO. Liberado para todas asidades. Reserva com Ange-lo Lourival Ricchetti pelofone 15 3272 7525, pelocelular 15 9 9171 7672 e e-mail [email protected]

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 | | pgina 5 || Edio n 6.759 |

    LOTERIAS

    Av. Padre Antonio Brunetti, 230Vila Rio Branco

    Estamos recebendotodos os Boletos

    Bancrios

    Fone: 3537-9992(Frente a Igreja S. Roque)

    NOVNOVNOVNOVNOVA SORTE LA SORTE LA SORTE LA SORTE LA SORTE LOTRICAOTRICAOTRICAOTRICAOTRICAFaa seujogo ou

    pague suaconta

    Aprovado por unanimida-de na reunio do Conselhode Desenvolvimento da Re-gio Metropolitana de Soro-caba, realizada na quinta-fei-ra, a incluso de Itapetinin-ga. A votao foi includa napauta do encontro a pedidodo deputado Edson Giribo-ni, autor do projeto que esttramitando na AssembleiaLegislativa. A deciso agoraser encaminhada ao gover-nador Geraldo Alckmin, quedever encaminhar paraaprovao dos deputadosum projeto com a mesmaproposta. Um ganho paraa cidade sem dvida, mastambm para a Regio Me-tropolitana de Sorocaba,disse Giriboni.

    Para o presidente doConselho e prefeito de So-rocaba, Antonio Carlos Pan-nunzi, essa deciso traz umsignificado muito grande,no de dimenso territorial,mas econmica, cultural esocial para a Regio. O sub-

    Emendas do deputadoEdson Giriboni, beneficiandomunicpios da regio, foramassinadas em evento realizadona quarta-feira no Palcio dosBandeirantes. As Apaes deSo Miguel Arcanjo e de San-ta Cruz do Rio Pardo, assina-ram convnios com a secreta-ria estadual de Desenvolvimen-to Social para a liberao de

    Aprovado por unanimidade propostade Giriboni que inclui Itapetininga na

    Regio Metropolitana de Sorocabasecretrio estadual de Assun-tos Metropolitanos, EdmurMesquita, representante dogoverno do Estado, destacouo trabalho do deputado Ed-son Giriboni para a efetiva-o da proposta, podemoscelebrar essa deciso, frutodo esforo do deputado. Ovice-presidente da Emplasa,rgo que faz o planejamen-to das polticas pblicas noEstado, Luiz Jos Pedretti ircomunicar a deciso de hoje Casa Civil, para que sejaelaborado um projeto do po-der executivo formalizando aincluso de Itapetininga naregio metropolitana. ParaGiriboni essa formalizaodeve ocorrer em breve, nogosto de colocar prazos, masacredito que at maro de2016 esse processo est con-cluido.

    Com a insero na regiometropolitana, o municpiopoder participar de polticaspblicas em conjunto, comopor exemplo, na questo do

    lixo, segurana e desenvol-vimento, haver gratuidadepara os estudantes nas linhasintermunicipais de nibus, eat abril ser oficializado ofim do DDD nas ligaes te-lefnicas entre os municpi-os. Outro benefcio o au-mento do teto no financia-mento do programa MinhaCasa, Minha Vida.

    Alm da aprovao daentrada de Itapetininga naRegio Metropolitana deSorocaba, a reunio do Con-selho debateu a elaboraode um plano metropolitanode gesto de resduos sli-dos e a possibilidade de ins-talao de um SAMU regi-onal.

    O Conselho deDesenvolvimento,foi instala-do em junho do ano passa-do e composto pelos pre-feitos dos municpios inte-grantes da RM Sorocaba,representantes do Estado eda Assembleia Legislativa, edelibera sobre as priorida-

    des, visando o desenvolvi-mento da regio. So atribui-es do Conselho, os se-guintes campos funcionais:planejamento e uso do solo,transporte e sistema virioregional, habitao, sanea-mento ambiental, meio am-

    biente, desenvolvimentoeconmico, atendimentosocial, esporte, lazer e cul-tura e o planejamento inte-grado da segurana pbli-ca. No encontro destaquinta-feira, alm da apro-vao da incluso de Ita-

    petininga na Regio Me-tropolitana de Sorocaba, oConselho debateu a elabo-rao de um plano metro-politano de gesto de re-sduos slidos e a possibi-lidade de instalao de umSAMU regional.

    Deputado Giriboni encaminha recursospara municpios da regiorecursos para a aquisio de equi-pamentos. O municpio de Ita-poranga ir receber verba paraobras de infraestrutura, por in-termdio de convnio com aCasa Civil, tambm graas emenda do deputado Giriboni.

    No evento, o governo firmouconvnios no valor total de R$121.298.469,24 milhes, com

    414 municpios. Os recursosso provenientes de programasdas Secretarias de Estado daCasa Civil, DesenvolvimentoSocial, Esporte Lazer e Juven-tude, Sade, Casa Militar, Cul-tura, Habitao e Turismo.

    A Casa Civil assinou 121convnios com 105 prefeiturasmunicpios para obras de infra-estrutura urbana, construo de

    prdios, reforma de espaos es-portivos, terminal rodovirio, re-vitalizao de espaos pblicos,iluminao pblica e aquisiesde equipamentos. O valor totalinvestido de mais de R$ 36 mi-lhes. J a Casa Militar assinoucinco convnios da Defesa Ci-vil, com cinco prefeituras, sendoquatro para construo de pon-tes e um para construo de tra-vessia, totalizando mais de R$1,6 milhes.A Cultura firmou trsconvnios com trs municpiospara doao de kits de cinema,totalizando mais de R$ 36 mil.Para a Habitao foram noveconvnios com nove municpi-os, com recursos do FEH - Fun-do Estadual da Habitao e daCasa Paulista, totalizando maisde R$ 4 milhes.A Secretaria doDesenvolvimento Social assinou341 convnios com 74 prefeitu-ras e 267 entidades, totalizandoR$ mais de 16 milhes. E pastade Esporte, Lazer e Juventudefirmou 87 convnios para obras

    e convnios do Projeto Espor-te Social, com prefeituras e en-tidades. Ao todo foram libera-dos mais de R$ 7 milhes.

    A Sade autorizou 228convnios com 97 entidadesassistenciais e 131 convni-os com prefeituras, totalizan-

    do R$ mais de 21 milhes.Para o Turismo foram maisde 35 convnios com 19municpios, por meio do De-partamento de Apoio ao De-senvolvimento das estncias,totalizando mais de R$ 33milhes.

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 || pgina 6 | | Edio n 6.759 |

    Rua: Julio Prestes , 821

    Av. Domingo Jos Vieira, 1235

    Esporte

    Vende-seTerreno na

    Avenida EmilioNastri medindo

    600 m2 Tel:3411-3834

    98123-223798133-0224

    Silas Gehring Cardoso redator-chefe do jornalFolha de Itapetininga eAssistente Legislativo

    SILAS GEHRING CARDOSOAJORI-033

    ROUPAS E CALADOSINFANTIS,

    MODA GESTANTE, JO-VEM E ADULTO

    SETOR DO BRANCO PARA QUEM USA BRANCOSETOR DO BRANCO PARA QUEM USA BRANCOSETOR DO BRANCO PARA QUEM USA BRANCOSETOR DO BRANCO PARA QUEM USA BRANCOSETOR DO BRANCO PARA QUEM USA BRANCONO DIA A DIANO DIA A DIANO DIA A DIANO DIA A DIANO DIA A DIA

    A busca desenfreada pordinheiro, fortuna e statusacaba levando uma parceladas pessoas ao "vale-tudo",a todas artimanhas e mano-bras possveis para atingir oobjetivo pretendido. Por issomesmo,erroneamente, quan-do se fala em falncia da ori-entao familiar, o foco dasanlises se volta s famliaspobres, s pessoas de con-dies modestas, quando, naverdade, grande parte do pro-blema reside em famlias depadro scio-econmicomais elevado. Isso tem umaexplicao, poucas vezes ana-lisadas de forma objetiva. Odesespero pela conquista dasaparncias, do status, das su-perficialidades, das etiquetas

    Brasil Kirin,do craqueFalco,sagrou-se campeo

    Itapetininga,aps ser pri-vilegiada dia 6 de novem-bro com os jogos da Su-per-Copa de Vlei, promo-vida pela ConfederaoBrasileira de Voleibol,emparceria com a Secretariade Esporte e Lazer da Pre-feitura Municipal, com apresena de famosos cam-pees mundiais e olmpicosde equipes masculinas efemininas( como detalhamosem edies anteriores), vol-tou a ser palco de outrograndioso evento esportivo.Desta feita, mais uma vezno Ginsio Ayrton Sennada Silva superlotado, nosltimos dias 4 e 5, a cida-de foi palco da deciso doCampeonato Sul-Americanode Clubes de Futsal, tam-bm chamado de Liberta-dores, promovido pelaCONMEBOL( Confedera-o Sul-Americana de Fu-tebol) em parceria com a

    Em Itapetininga,amanh, apartir das 17 hs, no GinsioAyrton Senna da Silva, emVila Barth, ser realizado oFestival de Ginstica Rtmi-ca, organizado pela Secreta-ria Municipal de Esporte e

    Amanh, na sede da As-sociao dos FuncionriosMunicipais de Itapetininga,no Jardim Athenas do Sul,s 9h30, haver a solenida-de de entrega de Faixas daAssociao Itapetininga de

    A itapetiningana Let-cia Konno, no ltimo dia8, estreou com vitria noCampeonato Sul-America-no Adulto e Jovem deBadminton,disputado noGinsio CostaCavalcante,em Foz doIguau,PR. Ela venceu a

    A falncia familiar o ponto de partida degrande parte dos desmandos na sociedade

    e dos rtulos, faz com que abusca das vantagens a qual-quer custo tome o lugar dosprincpios. Muitas famlias, aoinvs de procurarem incutirnoes de responsabilidade,simplicidade, disciplina eamor ao trabalho em seus fi-lhos, procuram, ao contrrio,estimular a vaidade, oconsumismo,os preconceitose a falsa noo de superiori-dade sobre as pessoas maissimples. No de se admirarque uma parcela deles venhaa se transformar em proble-ma para a sociedade. Paisque assim agem podero seras primeiras vitimas dos pr-prios filhos. Hoje, por exem-plo, proliferam casos de filhosque, sem a menor cerimnia,

    ignoram os pais, isolam-nosdo convvio social, isso quan-do no os atiram em asilos oucasas de repouso, quandopoderiam, perfeitamente,mant-los no convvio famili-ar., valorizando sua auto-es-tima e compartilhando do seudia a dia

    bvio que todos preci-sam trabalhar , buscar o pro-gresso, e, na medida do pos-svel, melhorar, honestamen-te o padro scio- econ-mico da famlia. Isso, con-duzido de forma respons-vel e equilibrada, em nada sechoca com o esprito de con-vivncia familiar. perfeita-mente possvel conciliar tra-balho com amor pela fam-lia. Cada um de ns tem uma

    parcela de responsabilidadena luta pela construo deuma sociedade melhor, de ummundo melhor. Esse esforocomea dentro de casa, den-tro do prprio lar. H pesso-as que, com uma hipocrisiarevoltante, conseguem serextremamente gentis em so-ciedade, mas so verdadei-ros tiranos dentro de casa,maltratando uns, humilhandooutros, ou ainda segregandofamiliares pobres ou idosos.Se quisermos analisar quem uma determinada pessoa,precisamos antes de maisnada, saber como ela tratasua prpria famlia. Se foruma pessoa prepotente, fo-mentadora de intrigas, nomerecer credibilidade.

    triste verificar como muitaspessoas procuram desligar-se, desvincular-se de seus fa-miliares, especialmente deseus antepassados, sob a ale-gao de que "precisa pen-sar no futuro e no no passa-do". Na verdade, o futuro sser construdo de maneiraslida, se houver uma estru-tura. E essa estrutura a fa-mlia, to desprezada em fa-vor de interesses mesquinhos.Grande parcela da corrupoe dos desmandos nasce daformao equivocada quemuitos pais do aos filhos,priorizando as conquistasmateriais e esquecendo com-pletamente da formao es-piritual e dos princpios.

    No importa que a famlia

    seja pobre, remediada ourica. O cultivo dos valoresespirituais e solidariedadeentre seus integrantes sero-sempre de fundamental im-portncia para sua solidez.

    Jogos da Libertadores de Futsalempolgaram Itapetininga e regio

    Confederao Brasileira deFutsal e Secretaria Munici-pal de Esporte e Lazer. Nadeciso internacional asequipes do Brasil Kirin,deSorocaba, vencedora daZona Sul do torneio ,e doReal Bucaramanga, da Co-lmbia, campe da ZonaNorte. Se na Super-Copade Vlei, o tcnico Bernar-dinho e voleibolistas famo-sos foram carinhosamenteenvolvidos pelos fs e tor-cedores, no futsal o cra-que Falco,do Brasil Kirin ,foi a grande atrao,emmeio s fotos e autgrafos.

    Antes do jogo, presen-ciado por mais de 3 milpessoas,com torcidas locaise da regio,em especial deSorocaba, na solenidade deabertura,a execuo doshinos nacionais da Colm-bia e do Brasil. No jogo,bastante disputado, preva-leceu a superioridade daequipe brasileira, comvrios lances sensacionais

    de Falco, mesmo poupa-do para recuperaofsica.Ao final, vitria doBrasil Kirin por 4 a 2. PeloBrasil Kirin atuaram: Tiago,Luan, Pimpolho, Tatu, Foglia,Rodrigo, Falco, Xuxa, Fer-nando, Felipe, Henrique, Ri-cardinho, Bruno e o tcnicoSergio Luiz Schiochet. Aequipe colombiana,do tc-nico Engelbert Vergel, con-tou com: Vargas, Falcon,Caro, Luis Felipe,Ramirez,Toro e Bravo.

    Aps os jogos, pala-vras do prefeito HiramAyres Jr., que fez entregade trofu e medalhas aosvencedores,ao lado dosdirigentes da Conmebol.Oscolombianos,vice-campeesreceberam medalhas doSecretrio Municipal deEsporte e Lazer, Osmar Thi-bes Jr. Nas fotos de JooFrancisco de Almeida, as-pectos da grande e festivanoitada do salonismo inter-nacional em Itapetininga.

    Amanh,Festival de GinsticaRtmica em Itapetininga

    Lazer,com a participaodas alunas das Escolinhas eequipe de competio denossa cidade. Segundo aprof da modalidade, VivianMonti, haver, tambm, otorneio interno que visa

    mostrar o trabalho realizadodurante todo o ano e pro-porcionar a todas as partici-pantes a oportunidade devivenciar experincias emcompeties. O pblico emgeral convidado.

    Entrega de Faixas de Jud amanhKodokan e da Escola Mu-nicipal de Jud e Sum.

    Da programao consta-ro: demonstrao de tcni-ca de Jud pelos alunos;entrega de faixas e certifica-dos; troca de faixas; jura-

    mento dos atletas promovi-dos para Faixa Marrom;premiao dos alunos maisdestacados de 2015; pala-vras do professor respons-vel Yoshihiro Sakashita efesta de confraternizao.

    Itapetiningana estria com vitria noCampeonato Sul-Americano de Badminton

    primeira partida,por 2 a 0,contra a dupla mista doEquador. No dia 9 elavoltaria a defender a sele-o brasileira diante deoutra equatoriana na mo-dalidade individual, catego-ria Sub-19.

    O evento internacional

    ser encerrado amanh,dia13, reunindo mais de 280participantes dos pases Ar-gentina, Chile,Equador,Paraguai,Peru e o anfitrioBrasil, sendo disputado nasmodalidades Simples Mascu-lina e Feminina e DuplasMasculina,Feminina e Mista.

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 | | pgina 7 || Edio n 6.759 |

    FalecimentosJOS RIBEIRO DE OLIVEIRADia 6,em Itapetininga, aos 72 anos de idade,solteiro,filho de Gino Ribeiroe Maria Joana de Oliveira. Sepultamento dia 7,s 15 hs. no CemitrioMunicipal So Joo Batista.THEREZA SAVI E VASCONCELLOSAos 84 anos, dia 6,em Itapetininga, viva do sr. Carlos Almeida eVasconcellos.Deixou os filhos Araci,Alceu, Vania e Laudiceia.Sepultamentodia 7, s 16h30, no Cemitrio So Joo Batista.MARCO ANTONIO MORAES LEITEDia 7,em Sorocaba,aos 59 anos,casado com a sr Benedita Antunes dosSantos.Deixou os filhos Carlos,Fernando,Ricardo,Rafael e Dbora. Sepul-tamento dia 8, s 13h30, no Cemitrio So Joo Batista,em Itapetininga.NOEL BATISTA PRESTESAos 75 anos de idade, dia 7,em Itapetininga, casado com a sr EuniceAparecida Prado. Deixou os filhos Jos Rubens, Amarildo, Rodrigo eRosenilda.Sepultamento dia 8, s 14 hs.,no Cemitrio Municipal do Distritode Rech,em Itapetininga.LUIZA NUNESDia 8,em Itapetininga, aos 77 anos,aposentada,solteira,filha de Jos Nunese Avelina Maria de Jesus. Sepultamento dia 8, s 16 hs, no CemitrioMunicipal do Distrito de Gramadinho.NAPOLEO CORREA AYRESAos 83 anos, dia 9,em Itapetininga.Era divorciado e deixou os filhos Elizabeth,Valdir, Alessandra e Luciano.Sepultamento dia 9, s 17h30, no Cemitrio SoJoo Batista.MARIA JOS IFANGERDia 8, em Ja, aos 84 anos de idade.Era solteira, comerciante,aposentada,filhade Jos Ifanger e Julieta Rosignatti. Deixou os filhos Lidia,Douglas e Jos

    Carlos. Sepultamento dia 9, s 16 hs, no Cemitrio So Joo Batista,emItapetininga.ALEXANDRE JOS LEITE MOMBERGAos 39 anos, dia 8,em Itapetininga,motorista, casado com a sr MaraMota Momberg. Deixou os filhos Joo Vitor e Jordano. Sepultamento dia9, s 14 hs., no Cemitrio Jardim Colina da Paz,em Itapetininga. IRMA DE GOES MEDEIROSDia 9,em Itapetininga, aos 78 anos de idade,viva do sr. BeneditoBernardo de Medeiros.Deixou os filhos Maria das Dores, Noel,Mauro,Orlando, Renato, Rosana e Eliane.Sepultamento dia 10, s 15 hs.,no Cemitrio Municipal So Joo Batista. FERNANDO ROGRIO CORRAAos 35 anos, dia 9,em Itapetininga, solteiro,filho de Vicente Corra eMaria Iracema Corra. Deixou a filha Fernanda.Sepultamento dia 10, s14 hs., no Cemitrio So Joo Batista.SETSUKO SUMIKAWA KAWAKAMIDia 9, em Itapetininga, aos 78 anos, casada com o sr. TakeshiKawakami.Deixou os filhos Yoko,Ken-Iti, Satoru e Satoshi.Sepultamentodia 10, s 16h30, no Cemitrio So Joo Batista.LIDIA FERREIRA LEITEDia 10, em Itapetininga,aos 83 anos de idade, viva do sr. Antonio doNascimento Leite. Deixou a filha Maria Lcia. Sepultamento dia 11, s 12hs, no Cemitrio So Joo Batista. HUGO NAZARENO UGOLINI Dia 10,em Itapetininga,aos 84 anos de idade,casado com a sr LeonorRivas Ugolini. Deixou os filhos Hugo, Marcos e Paulo.Sepultamento dia11, s 9 hs, no Cemitrio Jardim Colina da Paz,em Itapetininga.

    O Conselho de Desen-volvimento da Regio Me-tropolitana de Sorocabaaprovou 5 feira (10) porunanimidade, a incluso deItapetininga no grupo.

    O Prefeito Hiram AyresMonteiro Jnior nos conce-deu entrevista logo aps aassinatura do acordo no Par-que Tecnolgico de Soroca-ba.

    FI: Prefeito, qual a im-portncia para Itapetininga,desta incluso?

    Prefeito: Olha, essa in-cluso faz com que a cidadede Itapetininga possa parti-cipar das discusses no Con-selho de Desenvolvimentoda Regio Metropolitana deSorocaba sobre, por exem-plo, propostas na rea da sa-de, diviso de custos, melho-ria de atendimento mdico-hospitalar, novas vagas emoutros hospitais. Alm dis-so, no podemos esquecer aquesto da construo dascasas do programa MinhaCasa, Minha Vida, ondecom esta incluso iremos terelevado o teto do valor do fi-

    Na manh da ltima 2feira aconteceu no PaoMunicipal uma entrevistacoletiva, quando o Prefeitode Itapetininga- HiramAyres Monteiro Jniorapresentou imprensa, doisnovos Secretrios Munici-pais e anunciou a vinda da em-presa Osvaldo Cruz Qumica,de Resinas, cujo diretor Do-mingos Fortunato Neto es-tava presente, trazendo um in-vestimento inicial de 10 mi-lhes de dlares.

    Os novos SecretriosMunicipais so : Renato

    Hiram Jr. anuncia novos Secretrios evinda de nova empresa a Itapetininga

    PREFEITO HIRAM AYRES MONTEIRO JNIOR FALASOBRE A INCLUSO DE ITAPETININGA NA RMS

    nanciamento. Isto primor-dial: uma casa com preobom e justo para o usurio,para o cidado de baixa ren-da, que precisa de uma casa,que sonha com sua casa po-pular e que no est tendoacesso hoje por conta de acidade estar excluda. Houtras importantes questesa destacar como, por exem-plo, diviso de custos doSAMU, que atende vrias ci-dades da regio e Itapetinin-ga paga praticamente tudo.Ento acho necessria umadiviso proporcional dosmunicpios vizinhos,

    FI: Tambm h o benef-cio do transporte dos estu-dantes, dos idosos e dos por-tadores de deficincia.

    Prefeito: Exatamente.Os estudantes idosos e por-tadores de deficincia nopagaro pelo transporte in-termunicipal dentro daRMS. Tudo que tem refern-cia, a questo do lixo, porexemplo. Ns temos umproblema srio com lixo.Onde levar o lixo? Onde dis-tribuir, descartar o lixo ade-

    quadamente? Hoje foi colo-cada essa questo tambm eser discutida a possibilida-de de formar um consrciopara realmente tratar comresponsabilidade, com devi-do zelo, o despejo e o des-carte e at o reaproveitamen-to. Ento so coisas que somuito importantes. O Con-selho vai discutir todos es-ses temas que so problemasdirios dos municpios, nsvamos nos reunir, vamos dis-cutir e encontrar soluesque conjuntas so mais ba-ratas do que uma Prefeiturainvestir sozinha ou no terrecursos e permanecer oproblema.

    FI: A imprensa vem di-vulgando que o desenvolvi-mento da RMS est cami-nhando a passos lentos. Qualsua expectativa do tempo quea populao venha a sentir,na prtica, os benefcios des-ta incluso?

    Prefeito: Na quinta-fei-ra pela manh o Conselho dedesenvolvimento da RegioMetropolitana de Sorocabaaprovou a incluso do mu-

    nicpio, a partir de agora po-demos participar e discutircomo membros, pormpara efetivamente sermosparte da RMS necessitamosaguardar a aprovao da As-sembleia Legislativa de SoPaulo. Mas isso deve acon-tecer em breve, tive notci-as pela assessoria do Depu-tado Edson Giriboni, queagora uma questo de res-peitarmos o tempo de tra-mitao legal.

    Aps a incluso defini-tiva acredito que a popula-o comear a sentir oefeito em uns 90 dias. Porexemplo, a questo do Mi-nha Casa, Minha Vida, es-taremos ajustando isso, en-caminharemos ofcios aoMinistro e a Caixa Econ-mica Federal para que sejamodificado o valor do fi-nanciamento para atrairmosmais construtores, a fim deoferecermos mais casasque sejam acessveis s pes-soas de baixa renda. No casodo transporte e sade algu-mas questes ainda estosendo discutidas, mas logi-

    camente temos que ser cri-teriosos, pois as coisas noso como fritar pastel, de-mora um pouco mais paraorganizar at termos ser-vios de excelncia,como merece a popula-o.

    FI: H muito tempo apopulao vem claman-do, sem resultados, poresta incluso. A que oSenhor atribui esta res-posta to rpida em suagesto?

    Prefeito: Ao dilogo.

    A primeira questo odilogo. Venho mantendoum bom relacionamentoe muita conversa com oDeputado Edson Giribo-ni, que est muito empe-nhado. Conversei com v-rios prefeitos da regio,procurei conversar comcada um dos prefeitos queme atenderam muito beme me coloquei prontamen-te favorvel e disposto ano poupar esforos paraa incluso desde o inciode minha gesto.

    Aguiar Coelho- SecretrioMunicipal de Agronegcio,Trabalho e Desenvolvimen-to, formado em EngenhariaMecnica e de Produo,

    com Ps Graduao emGesto Estratgica de Pes-soas pela FGV e que foiVice- Presidente da divisode negcio-madeira da

    DURATEX; e Lus AntonioGrinis Nalini, SecretrioMunicipal de Planejamen-to, Administrador de Em-presas, especialista emGesto Pblica Municipalpela Universidade Tecnol-gica Federal do Paran.

    O novo Secretrio Mu-nicipal de Agronegcio,Trabalho e Desenvolvimen-to apresentou as linhas ge-rais de sua proposta de tra-

    balho, tanto para a atraode empresas para Itapeti-ninga, como para o estmu-lo criao de pequenasempresas. Lembrou quetrabalhar em parceria coma Investe So Paulo e coma Desenvolve So Paulo.Abordou ainda a questo doensino Profissionalizante eda desburocratizao doprocesso de abertura de no-vas empresas. J o Secre-

    trio de Planejamento res-pondeu a perguntas sobrecorrees no Plano Dire-tor. O Prefeito HiramAyres Monteiro respondeutambm a questes relaci-onadas com a dvida herda-da e o comprometimentoda folha de pagamento. Osdetalhes da entrevista co-letiva estaro na edio desbado da Folha de Itapeti-ninga.

  • Itapetininga, sabado, 12 de dezembro de 2015Edio n 6.759

    Aniversariantes doClube dos Veteranos

    Recebem os abraos e os parabns de todos os ami-gos,02/12, Edinei Rodrigues Ramos, o Nei Barbeiro, corremuito, gosta de ser centroavante, bom profissional na artede barbearia, bom amigo, 03/12, Leopoldo Teodoro doAmaral, o Leopoldo da Organizao Bandeirantes, scioremido, grande lateral, atualmente afastado dos gramados,mais apita muito bem uma partida de futebol, bom com-panheiro, timo contador, 03/12, Fernando Camilo LelesMaricato, o Maricatinho, grande lateral e zagueiro, essecorre muito, grande amigo e um bom profissional na reade segurana pblica, 04/12, Joo Carlos Machado da Sil-

    va, o Gacho, esse um senhor centroavante, corre muito, mas atualmentevive baleado, timo profissional noramo de construo civil, timo amigo,06/12, Andr Marques, o Andr Verea-dor, excelente atleta no futebol, grandeEdil na cidade de Tatu, excelente pes-soa.

    No ltimo domingo, dia 6, reuniram-se na bela ch-cara do professor Marcelo mais de setenta pessoas dafamlia Spada,em seu segundo Encontro. Durante todo odia,entre o sorriso do sol,vez por outra as lgrimas deuma chuva branda, a famlia se reuniu num lautoalmoo,onde a felicidade se fazia sentir at em quempelas imediaes passasse. Foi um dia feliz para afamlia Spada,que a foto reproduz parcialmente.

    ALTERNATIVA SILAS GEHRINGCARDOSO -AJORI 033

    Na sesso ordinria da ltima segunda-feira, a Prof Iracema de Caritas Muza Soares, foi alvo de homenagem naCmara Municipal de Itapetininga, por sua brilhante coordenao do voluntariado em Itapetininga do GPACI- Grupo deApoio ao Cncer Infantil . Recebeu o diploma das mos do Vice-Presidente da Cmara- Vereador Fernandinho Rosa.Alm do emocionado pronunciamento da Prof Iracema, falou tambm o Presidente do Hospital Sarina Rolim Caracante-Carlos Camargo Costa. Estavam presentes tambm a Vice- Presidente do hospital - Maria Lcia e os filhos da homenage-ada- Dr. Eliel Jnior e Erick. Parabns!

    Conquistou merecida aposentadoria, no ltimo dia 8 de de-zembro, aps 36 anos de abnegada e ininterrupta dedicao Cmara Municipal de Itapetininga, o conceituado Hamilton JosMonteiro, pessoa benquista em todos os crculos sociais. Con-tinuar participando ativamente de vrias entidades represen-tativas do municpio.

    Vo aqui nossos cumprimentos ex-Primeira Dama doMunicpio- Dalva Di Fiori, pela passagem de seu anivers-rio no ltimo dia 10 de dezembro, com as bnos de Deus.

    Vo aqui nossos parabns ao atuante Sargento PM apo-sentado- Jos Donizetti Bianchi, pela passagem de seu ani-versrio no ltimo dia 11 de dezembro. Durante anos a fio,trabalhou com dedicao no policiamento rodovirio. Hoje,dedica-se comunidade e defesa da cidadania.

    Prof Iracema homenageada peladedicao voluntria ao GPACI

    Hamilton Monteiro conquistamerecida aposentadoria aps36 anos de servio na Cmara

    O agora Sub- Tenente Garcia est deixando o TG deItapetininga. Com sua merecida promoo, assumir funoem Mato Grosso do Sul, seu Estado Natal. Ficam aqui nos-sos cumprimentos. Na edio do prximo sbado estare-mos apresentando os detalhes da homenagem que le rece-beu na Cmara Municipal, bem como homenagem ao praamais distinto.

    Aniversariou ontem a dinmica Mariana Riedel, de desta-cada atuao na rea cultural de Itapetininga, quando rece-beu os cumprimentos de familiares e amigos. Felicidades!

    Animado Encontroda Famlia Spada

    Aniversariou ontem adinmica Mariana Riedel

    Nossos cumprimentos ex-Primeira Dama Dalva pelo nat

    Nossas felicitaes aoaniversariante JosDonizetti Bianchi

    Sub-tenente Garcia-merecida promoo

    Na sede social do CRI,aps a noitada deontem,com Vado e Jere-mias, hoje,dia 12, Baile dosAnos 80,a partir das 23hs. E amanh, s 23h30,baile com Gil Godoy eJoo Alcindo,com a parti-cipao de Guilherme.

    Bailes noClube

    Recreativo

  • Edio n 6.759

    cultura /variedades

    NovelaCinemaColunase muito mais...

    Itapetininga, sabado, 12 de dezembro de 2015

    ESTAMOS RECRUTANDOCorretores de Imveis

    com CRECIOs interessados favormanda curriculo para:

    [email protected]

    O IHGGI - Instituto Histrico,Geogrfico e Genealgico de Itape-tininga far a entrega a todos os queparticiparam e se inscreveram no 2Passeio Fotogrfico-Histrico aoCentro Histrico de Itapetininga re-alizado dia 14 de novembro ltimo,com inicio no Largo do Rosrio.

    Segundo os organizadores, osconfrades Afrnio Franco de OliveiraMello, Jos Luis Noronha e Her-mlio de Arruda Moraes, o passeiofoi mais um grande sucesso culturalpromovido pelo IHGGI, com gran-de comparecimento de pblico.

    Todos os locais previstos foramvisitados e amplamente fotografa-dos e filmados pelos participantes.

    Os prprios dirigentes dos im-veis visitados - Igreja do Rosrio,Maonaria, Centro Cultural, ClubeVenncio Ayres e Catedral - recep-cionaram o pblico e responderama todos as questes levantadas.

    Segundo os organizadores, oevento atingiu plenamente o objeti-vo: o de promover a Histria e in-centivar as pessoas a zelarem maispelo patrimnio arquitetnico dacidade de Itapetininga.

    A entrega dos Certificados deParticipao ser realizada no Lar-go dos Amores (Praa Marechal De-odoro) a partir das 10 horas da ma-nh de hoje.

    Os dirigentes do IHGGI estoconvidando toda a populao paraacompanhar a entrega dos certifica-dos.

    Evento: Entrega dos Certifica-dos de Participao do 2 PasseioFotogrfico-Cultural ao Centro His-trico de Itapetininga

    Dia: 12 de dezembroHora: 10 horasLocal: Largo dos Amores (Pra-

    a Marechal Deodoro)Iniciativa: IHGGI

    Hoje entrega deDiplomas aos

    participantes dopasseio IHGGI

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 || pgina 10 | | Edio n 6.759 |

    TemporadaAluga-se 1 apartamento, no Guaruj praiaPitangueiras com vista para o mar a 50 mda praia. 98128-0366

    Na ltima 3 feira, 8 dedezembro, foi comemoradoo Dia da Justia,com baseem Decreto-Lei n 1408, de1951, do ento presidente daRepblica, Getlio Vargas. Adata homenageia o PoderJudicirio e todos os pro-fissionais responsveis emfazer com que a Justia sejacumprida e respeitada.

    Nesta oportunidade, oadvogado,dr.Guilherme Ju-bram, presidente da Comis-so de Direitos Humanosda OAB de Itapetininga,que vem representando aclasse de maneira brilhantee com muito profissionalis-

    No ltimo dia 7 aniversariou a sr Marta R.A.Muller,esposa do Sargento Muller,do Corpo de Bom-beiros Militares.Ela recebeu o carinho dos familiares edas pessoas amigas.Parabns e que Deus a abenoe !

    O casal Fabrcio(dia 11) e Carol( dia 14) destems, comemora, respectivamente, seus aniversrios na-talcios, completando mais um ano de vida,em meio sfelicitaes dos familiares e amigos.Parabns !

    DR.GUILHERME JUBRAME O DIA DA JUSTIA

    mo, alvo da nossa especialhomenagem, que se estendea todos os que fazem parteda honrosa classe.

    Vale destacar,como reco-nhecer, que umadvogado,quando abraa asua profisso com dignidadee competncia, torna-se umaliado quase direto de Deus,fazendo cumprir na Terraparte de suas leis, mas noa Justia Divina,porque sDeus justo e s Ele enxer-ga a verdade dos fatos quelevam, por exemplo, um cri-minoso aos Tribunais. E averdade, nua e crua, bemcomo a atuao dos advo-

    gados, que faro o Tribu-nal do Juri absolver ou con-denar o criminoso em ques-to.

    Neste registro, que res-salta o Dia da Justia, aolado da especial homena-gem ao dr.Guilherme Ju-bram, cumprimentamos to-dos aqueles que integrame representam a famlia ju-diciria, onde sesituam,com seu respeitveltrabalho, os srs. Desembar-gadores, Juizes, Promoto-res, Advogados e todosservidores que fazem par-te da numerosa e respeita-da classe.

    Aniversrio deMarta Muller

    Casal Fabricio e Carolcomemora aniversrio

    Por Ariana AyresAssessoria de Comunicao

    Hoje, dia 12, Dom Gor-gnio abrir o Ano Santo daMisericrdia na Diocese deItapetininga. Em Roma, PapaFrancisco abriu a Porta San-ta da Baslica de So Pedrona Solenidade da ImaculadaConceio, dia 8 de dezem-bro, ltima quarta-feira. Pos-teriormente, Dioceses e Ar-quidioceses do mundo todoesto abrindo as portas desuas Catedrais e Santurios,fazendo os fieis passarem porelas, como sinal profundo deverdadeira converso.

    No dia 12 de dezembro,os Padres de nossa Dioceserealizaro atendimento deConfisses (Sacramento daReconciliao) nas dez Par-quias de Itapetininga, das 14hs 17h. O Jubileu da Miseri-crdia est totalmente ligadoao Sacramento da Reconci-liao e Eucaristia. Por isso,

    DOM GORGNIO ABRIR PORTASANTA DA CATEDRAL HOJE

    foto: William Furtado

    para adquirir a IndulgnciaJubilar necessrio fazer umaboa confisso, comungar naSanta Missa e passar pelaPorta Santa.

    s 18h30, os fieis devemse concentrar em frente Pa-rquia Nossa Senhora dasEstrelas. s 19h todos sairoem procisso penitencialrumo Catedral Nossa Se-nhora dos Prazeres. A procis-so ou peregrinao tam-bm elemento importantepara receber a IndulgnciaJubilar. A peregrinao sersinal de que a prpria miseri-crdia uma meta a alcanare que exige empenho e sacri-fcio. Deve ser acompanhadade uma peregrinao interior;no julgueis, no condeneis,

    mas, perdoai (cf. Lc 6, 37-38). A peregrinao sinalizatambm a proposta de umaconverso pastoral na pers-pectiva da misericrdia, ex-plica um trecho do subsdiodisponvel no site das EdiesCNBB.

    Ao chegar na Catedral,Dom Gorgnio abrir a PortaSanta por onde os fieis aden-traro a Igreja para participarda Santa Missa s 19h30.

    A prxima Porta Santa aser aberta ser a do Santu-rio Nossa Senhora Apareci-da do Sul, em Itapetininga, nodia 23 de dezembro. Das 14hs 17h do dia 23 haver aten-dimento de confisses e, s19h30, abertura da PortaSanta.

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 | | pgina 11 || Edio n 6.759 |

    Casa de Carnes B r a s i lB r a s i lB r a s i lB r a s i lB r a s i lAos domingos temos assados

    Tambm variedades emcarnes nobres

    Fazemos entregas eaceitamos encomendas.

    Aceitamos cartes Visa eMasterCard !

    (15) 3272-6041 (15) 3272-6041 (15) 3272-6041 (15) 3272-6041 (15) 3272-6041R. Lopes de Oliveira, 146 Itapetininga SP

    Grupo CineItapetininga

    Shopping

    No captulo 091, segunda-feira, 14 dedezembro Z Maria percebe a apreenso deKiki. Merl discute com Adisabeba por causado namorado da me. Gibson discute com R-gis. Kiki mantm Romero preso. Feliciano e afamlia disputam por seu apartamento no lei-lo. Z Maria exige que Orlando desvie dinhei-ro da empresa de Gibson para a faco. Guerraavisa a Paulo que Dante ir procur-lo. Kikise irrita com os comentrios de Romero. Danteconsegue encontra Paulo. Romero tenta con-vencer Aninha a solt-lo.

    No captulo 092, tera-feira, 15 de dezem-bro Kiki volta para casa. Dante prende Pau-lo e Juliano implica com o falso mdico em suacela. Adisabeba pede Z Maria em casamento.Lara recebe ameaas de Orlando. Dalila, Vave rsula se desentendem com a diviso dosobjetos na casa. Juca aparece e causa confusona festa de aniversrio de Domingas. Lara vaiembora e deixa uma carta para Dante. Merlno aceita que Adisabeba se case com Z Ma-ria. Dante vai atrs de Lara. Z Maria avisa aOrlando que ele ir conhecer o Pai.

    No captulo 093, quarta-feira, 16 de de-zembro Lara decide voltar com Dante. Tiano aguenta mais ficar sem notcias de Romeroe deixa o hotel. Cesrio e Nora se unem paracuidar de Nelita e tentam evitar que ela se casecom Orlando. Dante avisa que Juliano podersair da cadeia, pois Belisa contratou um bomadvogado. Orlando descobre que Lara noterminou seu namoro. Tia procura Adisabebano Morro da Macaca. Tia pede para encontrarDante na Caverna da Macaca. Juliano implorapara que Dante proteja Tia.

    No captulo 094, quinta-feira, 17 de de-zembro Atena vai cobertura de Romero. Tiapede para Dante avis-la quando Juliano sairda cadeia. Oziel e Rui conversam sobre suasesposas. Domingas teme que Csar esteja men-tindo para ela. Feliciano anuncia famlia queeles precisaro trabalhar para pagar o aluguelda cobertura. Lara se apavora com a visita deOrlando. Andressa arma uma manifestao con-tra Merl. Guerra avisa a Z Maria que Dante eJuliano iro encontrar Tia na casa de Adisa-beba. Aninha se prepara para abrir a porta doporo onde Romero est. Tia seguida porNo.

    No captulo 095, sexta-feira, 18 de dezem-bro No sequestra Tia e Juliano se desespe-ra. Aninha liberta Romero, mas Kiki surpreen-de o ex-marido. Z Maria foge da casa de Adi-sabeba ao saber que Tia foi sequestrada. Juli-ano acusa a polcia de deixar os capangas dafaco fugirem. Tia revela que estava comAtena e Romero em um hotel. Dante procuraLara. Rgis tenta convencer Nora a se encon-trar com ele. Indira e Tina se desentendem comRui e Oziel. Z Maria captura Atena. Belisa vaiatrs de Juliano. Z Maria volta para casa e Kikidecide libertar Romero.

    No captulo 096, sbado, 19 de dezem-bro Aninha se despede de Romero. Z Mariav restos de comida no quartinho e Kiki seapavora. No leva Atena ao local onde Tiaest. Romero se desespera ao saber de Tia.Feliciano leva Vav para seu primeiro dia detrabalho como salva-vidas. Alisson, Ninfa eAdisabeba se preocupam com o estado deMerl. Ascnio conta para Romero que a fac-o prendeu Atena. Dante flagra Orlando nacasa de Lara. Juliano pede para Adisabeba nose casar com Z Maria. Dante descobre queRuivo no o ex-marido de Lara. Orlando desmascarado por Dante.

    No captulo 097, segunda-feira, 21 dedezembro Dante acredita que Orlando seja omarido de Lara. Juliano implora para que Adi-sabeba sonde Z Maria sobre Tia. Kiki des-pista Z Maria sobre os vestgios da estada deRomero em sua casa. Minervino confessa paraDante que perseguiu Lara a mando de Orlan-do. Adisabeba descobre que Z Maria traficadiamantes. Z Maria ameaa a vida de Atena eTia para Romero. Dante no acredita na ino-cncia de Lara e termina seu relacionamento.Rgis pede que Nora deixe Gibson para vivercom ele. Kiki admira a foto de Nelita. Danteconfronta Orlando.

    No captulo 031, segunda-feira, 14de dezembro Rafael comenta com Char-les que no entendeu por que o bandidoque esteve no estdio roubou a foto deSofia. Lili sonda Fabinho sobre os amigosde Sofia. Jacar vai at o bar onde estevecom Nina e questiona o proprietrio dolocal sobre o paradeiro da menina. Rafaele Lu tm recada. Carolina se surpreendeao encontrar Eliza na casa de Arthur.

    No captulo 032, tera-feira, 15 dedezembro Carolina no gosta de saberque Eliza mora na casa de Arthur, e Apa-recida percebe que a jornalista est comcimes do empresrio. Jacar diz a Braoque Rafael a pessoa que pode lhe dizeronde Nina est. Jacar manda Riscado vi-giar Rafael. Leila consegue um estgio narevistaTotalmente Demais. Jonatas criti-ca Rosngela por aceitar as investidas deFlorisval e lembra me que o ex-padras-to est com outra mulher. Leila consegueencontrar o endereo do Bar Boca daMata. Lili descobre informaes sobre opassado de Sofia.

    No captulo 033, quarta-feira, 16 dedezembro Bene revela a Lili e Germanoque sua filha andava na companhia de umrapaz. Fabinho comenta com Leila que sesente preterido por Germano. Jonatas eFlorisval saem procura de Bola. Jojpromete fazer com que Arthur se envolvacom Eliza. Carolina pede a Lu que registreo passeio de barco de Eliza e Jonatas.Jacar diz a Brao que foi Nina quem olevou para a bandidagem. Eliza fica deso-lada ao saber que Jonatas no poder acom-panh-la na viagem de barco. Arthur insi-nua que Eliza pode fazer o passeio comoutra pessoa.

    No captulo 034, quinta-feira, 17 dedezembro Leila avisa a Lu que no po-der registrar o passeio de Eliza, pois faruma reportagem sobre o acidente do mor-ro Tamandu. Z Pedro avisa aos mora-dores da comunidade que a Bastille osindenizar por suas perdas. Leila elogiaJonatas para Socorro. Sob presso deHugo e Dorinha, Carolina assume que na-morou o dono do bar em sua juventude.Eliza desconfia quando Joj sugere queArthur fique no passeio de barco. Jojempurra Eliza para o mar e Arthur resgataa ex-florista. Carol se entristece ao ver adivulgao de um vdeo de Eliza, Arthur eJoj juntos.

    No captulo 035, sexta-feira, 18 dedezembro Carol comenta com Dorinhaque precisa afastar Eliza. Fabinho nogosta de saber que Leila est com Jonatas.Arthur se surpreende com Joj, quando afilha lhe incentiva a namorar Eliza. Jeni-ffer mostra a Jonatas o vdeo de Eliza eArthur que Joj divulgou na internet. Jo-natas vai casa de Arthur e discute comEliza. Aparecida afirma a Jonatas que Eli-za no est envolvida com Arthur. Caroli-na confessa a Arthur que acredita que es-teja grvida.

    No captulo 036, sbado, 19 de de-zembro Arthur afirma a Carolina que impossvel que a jornalista esteja grvidade um filho dele. Arthur revela a Max queno pode mais ter filhos. Jonatas pede aMirthes para trabalhar como garom nafesta da Totalmente Demais. Carolina avi-sa a Cassandra que, se ela no provocar aexpulso de Eliza do concurso, a moaser afastada em seu lugar. Fabinho orien-ta Jonatas a inventar uma desculpa quan-do Leila lhe chamar para ir ao Tamandu.Leila se irrita com Fabinho. Eliza faz aspazes com Jonatas. Natasha aconselhaArthur a contar a verdade sobre sua con-dio para Carolina.

    No captulo 037, segunda-feira, 21de dezembro ao ver Arthur com Na-tasha, Carolina acusa o empresrio de sa-botar o concurso Garota Totalmente De-mais. Cascudo usa a mochila de Jenifferpara guardar seus pertences. Cassandraarma para Eliza, mas acaba prejudicandoHugo. Rosngela no gosta da interven-o de Montanha sobre seus filhos. Coma conscincia alterada, Hugo confunde Lur-dinha com Carolina. Orientado por Jaca-r, Riscado se disfara para investigar arevista Totalmente Demais. Hugo cai nocho e Cassandra se desespera.

    No captulo 038, tera-feira, 22 dedezembro Jacar descobre que Eliza estconcorrendo ao concurso Garota Total-mente Demais. Pietro questiona Carolinasobre o teste de gravidez. Cassandra ga-rante a Carolina que ir tirar Eliza na se-gunda etapa do concurso. Germano pedeque Rafael se afaste. Eliza surpreende Ca-rolina com seu visual. O chefe dos garonsalerta Jonatas sobre seus servios na fes-ta. Arthur se prepara para contar a Caro-lina sobre seu impedimento de ter filhos.

    No captulo 133, segunda-feira, 14 dedezembro Alberto pede que Lvia apres-se seu casamento com Pedro. Melissa ma-nipula Alex para atingir Felipe. Emlia sesurpreende com a chegada de Alberto. Ber-nardo se desculpa com Vitria. O Mestreencontra Bento e tranquiliza Alice e Rosa.Melissa se irrita por no conseguir con-vencer Felipe a voltar para casa. Emliarevela a Alberto que Lvia no se casarcom Pedro. Gema conta para Mateus queela e Raul esto se aproximando. Felipe levaAlex, Felcia e Chico ao encontro de Bere-nice e Melissa no gosta. Vitria mostra aZilda a foto de Alberto. Lvia ouve Emliadizer que Vitria sua av.

    No captulo 134, tera-feira, 15 de de-zembro Emlia revela a verdade sobre Vi-tria para Lvia. Pedro acredita que reatarcom Lvia. Anita decide que Roberto sero pai de seu filho. Melissa se irrita com ascrianas. Rosa percebe que Alice sente ci-mes de Mateus. Vitria no acredita nasintenes de Luiz ao falar da herana deBernardo. Bento consegue se lembrar de seupassado com a ajuda do Mestre. Emliaimplora que Lvia se afaste de Vitria. Ben-to procura Bernardo.

    No captulo 135, quarta-feira, 16 dedezembro Bento aceita fazer o exame deDNA. Alberto avisa a Emlia que s deixa-r a cidade depois que se encontrar com Vi-tria. Lvia recrimina Anita por querer terum filho com Roberto. Roberto incentivaBerenice a se declarar para Afonso. Bentodeixa a casa de Rosa. Anita termina comAfonso. Dorotia pensa em fazer o examede DNA usando os fios de cabelo de Me-lissa. Bernardo encontra Alberto. Bereni-ce beija Afonso. Emlia se sente culpadaao falar com Bernardo. Lvia se encontracom Felipe. Alberto sofre ao lembrar o quefez com Vitria. Bernardo e Bento chegamao laboratrio. Lvia procura Vitria.

    No captulo 136, quinta-feira, 17 dedezembro Vitria fala de sua filha para L-via. Luiz avisa a Emlia que no pagou Fe-lipe como ela pediu. Lvia conta para a mesobre a conversa que teve com Vitria. Pe-dro comenta com Carola que pretende des-cobrir por que ningum pode saber da pre-sena de Alberto em Belarrosa. Bento con-ta para Vitria que lembrou de seu passa-do. Felipe e Afonso pensam em como paga-ro a hipoteca de suas casas. Solange en-trega fios de cabelo de Lvia para Doro-tia. Mateus tem uma viso perto de Vitriae sente-se mal. Felipe descobre que Melis-sa perdeu o beb.

    No captulo 137, sexta-feira, 18 de de-zembro O mdico explica a Felipe comoMelissa perdeu o beb. Dorotia comentacom Melissa sobre a presena de Albertona casa de Emlia. Mateus tem uma viso aoabraar Rosa. Queiroz se irrita quandoBento o culpa pelo mau andamento dos ne-gcios. Salom fala de sua paixo por Mas-simo para Rita, Bianca e Felcia. Gema ex-pulsa Queiroz de sua casa. Anita sente ci-mes de Afonso e Berenice. Severa demons-tra apoiar o romance de Lvia com Felipe.Raul convida Gema para viajar. Felipe con-ta para Alex que Melissa perdeu o beb.Emlia comunica que ir com Alberto parao Rio de Janeiro. Melissa tenta colocar Alexcontra Lvia. Alberto pede que Lvia o levepara ver Vitria.

    No captulo 138, sbado, 19 de dezem-bro Lvia aceita levar Alberto at Vit-ria. Melissa afirma que se vingar de Feli-pe. Carola confessa a Anita que Pedro sa-botou seu trabalho na empresa. Alex contapara Berenice que Melissa o pediu paraodiar Lvia. Emlia marca um encontro comBernardo. Lvia descobre que Pedro ten-tou prejudicar Anita. Rosa visita Bento emsua nova casa. Rita critica Michele por terbeijado Mateus. Melissa fica furiosa comVitria por no dar ateno s suas recla-maes contra Lvia. Roberto conversa comAfonso sobre Anita. Ariel leva Albertopara ver Vitria.

    LeiaContigo !

    * Mnica Chirosa ra-dialista, cerimonialista, as-sessora de imprensa, jor-nalista, MTB 40.903 e res-ponsvel pelo sitewww.itapesportes.com.br

    No corao do MarInverno de 1820. O navio baleeiro Essex parte em busca de leo de baleia. O navio

    liderado pelo nada experiente capito George Pollard (Benjamin Walker), que tem Owen Chase(Chris Hemsworth) como seu primeiro oficial. Owen sonha em ser capito e tem o objetivo desuperar a meta traada por seu empregador. Eles navegam por meses em busca de baleias, masquando encontram se deparam com uma grande ameaa, uma gigantesca baleia branca que irlutar por sua sobrevivncia e acabar atacando o navio e sua tripulao.

    Quinta, Segunda a Quarta18h40 / 21h15Sbado, Domingo e Feriado18h40 / 21h15

    Jogos VorazesAps ser resgatada do Massacre Quaternrio pela resistncia ao governo tirnico do

    presidente Snow (Donald Sutherland), Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) est abalada.Temerosa e sem confiana, ela agora vive no Distrito 13 ao lado da me (Paula Malcomson) eda irm, Prim (Willow Shields). A presidente Alma Coin (Julianne Moore) e Plutarch Heavens-bee (Philip Seymour Hoffman) querem que Katniss assuma o papel do tordo, o smbolo que aresistncia precisa para mobilizar a populao. Aps uma certa relutncia, Katniss aceita aproposta desde que a resistncia se comprometa a resgatar Peeta Mellark (Josh Hutcherson)e os demais Vitoriosos, mantidos prisioneiros pela Capital.

    Quinta, Segunda a Quarta15h20/18h10/21h00Sbado, Domingo e Feriado15h20/18h10/21h00

    Reino Gelado -2Aps a queda da Rainha da Neve, o troll Orm precisa refazer sua vida em meio aos seres de

    sua espcie. Para tanto, ele passa a trabalhar como mineiro e morar com a av. Apesar da vidaregrada que leva, sempre dentro da lei, ainda assim Orm enfrenta dificuldades em pagar asprestaes da casa. Desta forma, resolve se candidatar a um torneio onde o vencedor ter amo da princesa e o direito de morar no palcio real. Entretanto, Orm esconde o fato de j tertrabalhado para a Rainha da Neve e, aos poucos, fica tentado a dar vazo ao lado malvado quepossua quando era lacaio dela.

    Quinta, Segunda a Quarta15h05 / 16h50Sbado, Domingo e Feriado15h05 / 16h50

    Voc j deve ter ouvido falarque o Aedes aegypti um mos-quito com hbitos oportunistas.Por qual razo? um mosquitodomstico, que vive dentro ouao redor de domiclios ou deoutros locais frequentados porpessoas, como estabelecimen-tos comerciais, escolas ou igre-jas, por exemplo. Tem hbitospreferencialmente diurnos e ali-menta-se de sangue humano,sobretudo ao amanhecer e aoentardecer. Mas ele tambmpode picar noite? Sim. Ele nodeixa a oportunidade passar.

    Por ser um mosquito quevive perto do homem, sua pre-sena mais comum em reasurbanas e a infestao maisintensa em regies com alta den-sidade populacional, principal-mente, em espaos urbanos comocupao desordenada, onde asfmeas tm mais oportunidadespara alimentao e dispem demais criadouros para desovar. Ainfestao do mosquito sem-pre mais intensa no vero, emfuno da elevao da tempera-tura e da intensificao de chu-vas, fatores que propiciam a eclo-so de ovos do mosquito. Paraevitar esta situao, precisoadotar medidas permanentespara o controle do vetor, duran-te todo o ano, a partir de aespreventivas de eliminao defocos do vetor. Como o mosqui-to tem hbitos domsticos, essaao depende sobretudo do em-penho da populao.

    Uma fmea pode dar origema 1.500 mosquitos durante a suavida. Os ovos so distribudospor diversos criadouros estra-tgia que garante a disperso epreservao da espcie. Se a f-mea estiver infectada pelo vrusda dengue quando realizar apostura de ovos, h a possibili-dade de as larvas filhas j nas-cerem com o vrus, no processochamado de transmisso verti-cal.

    Inicialmente, os ovos possu-em cor branca e, com o passardo tempo, escurecem devido aocontato com o oxignio. O ovodo A. aegyptimede aproximada-mente 0,4 mm de comprimento e difcil de ser observado.

    Dengue: agora so 3 vrus e 3vezes mais perigoso

    Os ovos adquirem resistnciaao ressecamento muito rapida-mente, em apenas 15h aps a pos-tura. A partir de ento, podem re-sistir a longos perodos de des-secao at 450 dias, segundoestudos. Esta resistncia umagrande vantagem para o mosqui-to, pois permite que os ovos so-brevivam por muitos meses emambientes secos, at que o prxi-mo perodo chuvoso e quentepropicie a ecloso.

    Em condies favorveis deumidade e temperatura, o desen-volvimento do embrio do mos-quito concludo em 48 horas. Aresistncia dessecao permitetambm que os ovos sejam trans-portados a grandes distncias, emrecipientes secos. Esse aspectoimportante do ciclo de vida domosquito demonstra a necessida-de do combate continuado aoscriadouros, em todas as estaesdo ano.

    Com a epidemia de dengue eo crescente nmero de casos demicrocefalia associada a ocorrn-cia do zika vrus, muitas pessoas,incluindo gestantes, tm recorri-do ao uso de repelentes para ten-tar se proteger das picadas doAedes aegypt, mosquito trans-missor dessas doenas, acatan-do recomendao feita pelo Mi-nistrio da Sade.

    Contudo, nem todo repelentepode ser usado por crianas e gr-vidas. Alm disso, os vrios tiposdo produto possuem tempo deao diferentes, o que pode com-prometer a eficcia da proteo seesse detalhe no for observadoou ocasionar outros problemas desade.

    Em trs ocasies, o mosquitochegou a ser erradicado no mun-do: primeiro, entre 1946 e 1970, emuma campanha continental nasAmricas, coordenada pelo De-partamento Sanitrio Pan-Ameri-cano, na qual 18 naes, entre elaso Brasil, foram beneficiadas.

    Em 1981, Cuba conseguiuconter o mosquito por meio de umesforo militar vertical e com ex-tenso uso de pesticidas.

    O terceiro caso de sucesso foio de Cingapura. No centro da es-tratgia asitica, esto trs pila-res: pesado investimento em con-

    trole; coleta e anlise de infor-mao estratgica; e punio aodesleixo.

    A cada ano, Cingapura in-veste pelo menos US$ 12 dla-res (R$ 45) por cidado no com-bate dengue. Segundo espe-cialistas ouvidos pela BBC Bra-sil, improvvel que outros pa-ses consigam replicar o mode-lo devido ao alto investimentonecessrio.

    A ttulo de comparao, arenda per capita em Cingapuraem 2014 foi de US$ 83,1 mil,quase cinco vezes mais doque a brasileira, de US$ 16,2mil, segundo o site CIAWorld Factbook.

    A Secretaria Estadual deSade lanou nesta tera-feira (8) a campanha 10 Mi-nutos Salvam Vidas paracombater o mosquito Aedesaegypti, que transmite doen-as como a dengue, a febrechikungunya e zika vrus.

    A nova campanha subs-tituir a anterior 10 Minu-tos Contra a Dengue, mar-cando uma nova fase naluta contra o mosquito queagora representa um perigoainda maior, j que agora eletransmite novas doenas.Preveno dever de to-dos.

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 || pgina 12 | | Edio n 6.759 |

    Dr. Bastos AJORI 372

    COLUNA DO ENSINONewton Albuquerque

    Newton Albuquerque

    CROSP-5.209

    Dr. Carlos Alberto do NascimentoTelefone para Contato (3271 0889)

    Rua Monsenhor Soares, 1.032 - Centro - Itapetininga/

    Clnica GerClnica GerClnica GerClnica GerClnica Geral - Oral - Oral - Oral - Oral - Ortodontia -todontia -todontia -todontia -todontia -

    ImplantesImplantesImplantesImplantesImplantes

    Cirurgias

    TAYLOR CALDWEll LUCANOO EVANGELISTAVAZAMENTO FORA DE HORA

    O costume de ler como um lubrificantepara o organismo: til enecessrio : mantm amente alerta , acompanhaos acontecimentos e fonte constante de apren-dizado.

    engano pensar queo computador, s internet,acabaram com a leitura.Ler exerccio mental como o cidado que ca-minha para manter a res-pirao, a circulao , arigidez do sistema loco-motor. A leitura faz suapar te no c rebro eSNC.Mesmo porqutudo que foi programadoantes foi escrito por al-gum.

    Tudo isto para dizerque sou leitor assduo e,como tal, amante de bonslivros: Meus filhos e de-mais familiares sabemdisso.

    O resultado quesabem que prefiro livrosa quaisquer outros brin-des de aniversrio.

    No momento poltico brasileiro, s estfaltando o bobo da corte pois ele deixou deser bobo o dono da corte mesmo com acorda no pescoo no parou de mover ascadeiras com acusaes gravssimas continuaagindo como majestade e parou por enquan-to o processo da comisso de tica contra asua cabea e de gorjeta abriu o pedido deimpeachment da Dilma transferindo o holo-fote para as pedaladas fiscais. A oposio ques pensava em impeachment aproveitou omomento do tapeto estendido e quer arras-tar junto tambm o vice de enfeite pois peda-lou tambm. E se lascou porque vive pregan-do a sada do PMDB da base do governo.Os programas sociais que geraram as peda-ladas fiscais como bolsa famlia, minha casaminha vida ainda continuam dentro dos pla-nos do PT que a insero social das classesmais pobres e nessas pedaladas a oposioque o Temer est namorando quer derrub-lo junto com a Dilma. Agora o vice tenta sairde fininho mas sentiu a presso dos Tucanose vai ter que se ligar ou se agarrar mesmo emanter a base governista pois o que a oposi-o quer derrubar a copa e a cozinha dopalcio e marcar nova eleio para a presi-dncia da Repblica, o que seria mesmo um

    Como as andorinhas que migrampara lugares mais quentes quando oinverno assola o corpo da gente ecom um frio impertinente s voltamquando o calor fica iminente.Assim a trama da vida de quem procuraseu legado andando longe dos fami-liares, sozinha, achando seu espaoneste mundo louco, mas que no tra-ado vem o reconhecimento para oprogresso . E nesse mundo escolhidose faam as esperanas e quando oque se procura encontrado, d-seo tempo de reconhecimento para quedesse mundo de novidades se tire osucesso. Com certeza vem junto aotempo de trabalho.

    Essa trama dos desgnios da vidapode ser aferida filha do honradocomerciante Celso e de sua esposa,a intrprete professora Cndida, mo-radores na cidade de Iper em quea menina Luana Eid partiu h quatroanos atrs,formando-se em jornalis-mo e j h um ano morando e tra-balhando em Itapetininga,como repr-ter da gloriosa TV TEM.

    Luana Eid uma promessa quese cumpre a duras penas, a res-posta da vitria conquistada no des-tino de ter que abandonar a famlialonge de seu carinho, trazendo juntoas saudades amortecidas, apenas ocu-pando todo o tempo com muito tra-balho. Luana Eid uma predestina-da a galgar a escada da fama.Ela jtem o incio dessa jornada encontra-da, s falta seguir em frente que,com

    Existem leis que, mui-tas vezes, no so cumpri-das, para surpresa e repul-sa dos seus leitores ou in-teressados; entretanto, so-mente parece que no socumpridas, quando, na re-alidade, no so cogentes,obrigatrias, pois apenassugerem ou permitem asaes nelas citadas.

    Ademais, para aplicaode sanes ou penalidades, necessrio que a prprialei estabelea os entes res-ponsveis e discriminequais so essas penalida-des, especifique-as e asquantifique, detalhe-as.Sem isso, no possvel aaplicao de castigos.

    Assim, por exemplo, oEstatuto de Magistrioprev deveres para os Pro-fessores e demais partici-pantes da respectiva car-reira, entretanto no prevsanes. Esta, porm,existem e, so buscadas noEstatuto dos FuncionriosPblicos.

    O Plano de EducaoNacional anterior, de2001, comenta-se, tevepouca repercusso atmuitas Prefeituras os fize-ram anos depois e , acre-dito, algumas nem cogita-ram de faz-lo. Esse Pla-no teve vigncia at 2010.Em 2011 j deveria estarem vigor o novo PlanoNacional, de responsabili-dade do Governo Federal,entretanto s foi feito emjunho de 2014.

    De que se fala, quetm, esse Planos, natural-

    golpe da direita revanchistaem cima tambm do vicecom o p em duas canoas.Na verdade mesmo oPSDB saiu do PMDB, soperitos em fazer nova com-posio pois quanto piormelhor cutucar o Cunhapara abrir o impeachment e agora o vende-dor de carne enlatada alm da corda nopescoo ficou sozinho com o seu destino.O meio poltico virou uma Black Fridayou seja liquidao de um pas conhecido porBrasil, tudo em nome da lei, tudo em nomeda economia de mercado, falida por propi-nas eleitorais. Agora o tucano mineiro detanto dio que sente pela Dilma parece quefala chorando pois at agora sente a derro-ta eleitoral, est mais para Zica vrus ou picavrus pois se confundem com o imbrgliopoltico. A oposio est tambm culpandoa Dilma pelo abandono da Sade Pblica eo aumento dos casos de microcefalia. Ago-ra o computador da Ptria est cheio devrus: vrus Cunha, vrus que causa o diotucano, vrus do petrleo e assim vai o povose virando.

    Orlando Camargo

    No faltaro aquelesque acham que meias ,camisas, shorts , so ne-cessrios e sabem querenovo pouco o guarda-roupa mas a maioria masa maioria acerta o alvoquando d um livro bom.Discos, CDs so tambmapreciados, mas a esco-lha to difcil como ados livros. Orquestras ,um pouco clssicas , amaioria temtica, e umtanto de musica popularevoc0tiva podem cairbem.

    Na literatura gosto deassuntos histricos , filo-sficos descartando osdoutrinrios de religiesno cr is ts . Aprecio

    muito as combinaes dehistria e romance. Ficoencantado o livro len-do o livro (um pouco lon-go verdade) A Casadas Sete Mulheres daescritora que est se im-pondo :Letcia Wircho-wski, referente, referen-te Revoluo dos Far-rapos , no Rio Grande doSul ( uma viso sangren-ta , guerra separatistavista pelos farroupilhas )escutando a seleo RayConniff is forever ca-paz de levar a gente aser preguioso mas....mas tudo tem seu tempoe sua hora, exageros es-tragam tudo.

    Bem, a crnica ao cor-rer do teclado, saiu umpouco desarticulada masse transmitiu a mensagemde que a leitura ainda temsua vez e til.

    Termino dizendo queao completar 94 anosganhei dos filhos e ne-tos tentadores livros .No terei pretexto paraa solido.

    JORNALISTA FORMADA

    certeza, conseguir escalar aquelemuro das dificuldades e chegar aser uma outra apresentadora de pro-grama no palco da riqueza e dasmaravilhas, como as mais famosas,a Xuxa ou at a clssica HebeCamargo.Essas duas so apenasexemplos de sucesso, porque LuanaEid no imita ningum,ela tem per-sonalidade prpria,ela esperta,sabe o que quer e j est fazendosucesso.

    O nome Luana Eid dever ficarna histria das apresentadoras. umaestrela despontando no universoartstico.Seu carisma bastante esua inteligncia saber como explo-rar esse dom. Aguardem e vero !

    MANOEL SILVRIOAJORI 380

    PLANO NACIONAL DEEDUCAO E DERIVADOS

    mente, o grande mrito deorganizao do desenvolvi-mento do ensino nacional,principalmente a nvel b-sico Educao Infantil,Ensino Fundamental e En-sino Mdio, estabelecendoobjetivos e metas a serematingidas no prazo de dezanos, com prazos interme-dirios de algumas aes.

    Entretanto as metas sodesejos, propsitos, obje-tivos a serem atingido eque, naturalmente, depen-dem de verbas, gastos, di-nheiro. Se tudo correrbem, atingir-se-o os obje-tivos, as metas.

    Esforos devem ser des-pendidos; o sucesso depen-der de empenho, inclusi-ve de verbas.

    UM POUCODE HUMOR

    Em Itapetininga, contamos mais antigos, houve umcidado que um dia, em sua

    casa, foi procurado por umvendedor que desejavaconversar sigilosamente.

    Num recndito do lar,solicitando o maior segre-do, ofereceu-lhe, sabem oque? uma mquina de fa-zer notas de cem mil ris,Era um tipo de mimeogra-fo antigo.

    Pensou, pensou nossoconterrneo e acabou com-prando a mquina. Foi umlogro. Sentindo-se engana-do, resolveu dar queixa naDelegacia de Policia. Es-queceu-se que fazer di-nheiro em casa crime, eele que foi para no xadrez.

  • | FOLHA DE ITAPETININGA | sabado, 12 de dezembro de 2015 | | pgina 13 || Edio n 6.759 |

    Coluna Esprita

    A Palavra:Alimento da Vida

    Nossa Senhora de Guadalupe - Sbado 12/12/2015

    1 Leitura Salmo Evangelho

    Conhea a histria de Nossa Senhora de Guadalupe

    Primeira Leitura (Gl 4,4-7)

    Leitura da Carta de So Paulo aos Glatas.

    Irmos, 4quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Fi-lho, nascido de uma mulher, nascido sujeito Lei, 5a fim de resgatar osque eram sujeitos Lei e para que todos recebssemos a filiao adoti-va. 6E porque sois filhos, Deus enviou aos nossos coraes o Esprito doseu Filho, que clama: Ab Pai! 7Assim, j no s mais escravo, masfilho; e se s filho, s tambm herdeiro: tudo isso, por graa de Deus.

    - Palavra do Senhor.

    - Graas a Deus.

    Reflexes Bblicas Theotnio A. Pereira JniorLer, meditar e refletirSabedoria 15 - 1 a 13

    1.Mas vs, Deus nosso, sois benfazejo e verdadeiro, vs sois paciente e tudo gover-nais com misericrdia;

    2.com efeito, mesmo se pecamos, somos vossos, porque conhecemos vosso poder;mas no pecaremos, cientes de que somos considerados como vossos.

    3.Porque conhecer-vos a perfeita justia, e conhecer vosso poder a raiz daimortalidade.

    4.No fomos seduzidos pelas invenes da arte corruptora dos homens nem pelovo trabalho dos pintores: borrada figura de cores misturadas,

    5.cuja vista excita os desejos dos insensatos, fantasma inanimado de uma imagemsem vida que provoca a paixo!

    6.Cativados pelo mal, no merecem esperar seno o mal, os que o fazem, os que oamam e os que o veneram.

    7.Eis, portanto, um oleiro que amassa laboriosamente a terra mole, e forma diversosobjetos para nosso uso, mas da mesma argila faz vasos destinados a fins nobres eoutros, indiferentemente, para usos opostos. Para qual destes usos cada vaso seraplicado? O oleiro ser o juiz.

    8.Do mesmo barro, forma tambm, como obreiro perverso, uma v divindade, eleque, ainda h pouco, nasceu da terra, e em breve voltar a ela, de onde foi tirado,quando lhe sero pedidas as contas de sua vida.

    9.Ele mesmo no tem preocupao alguma com o prprio desfalecimento, nem coma brevidade da vida; ele rivaliza, pelo contrrio, com aqueles que trabalham o ouro ea prata, imita os que trabalham o cobre.

    10.P o seu corao, mais vil que a terra sua esperana, e pe sua glria emfabricar objetos enganadores. E mais desprezvel que o barro sua vida,

    11.porque no reconheceu aquele que o formou, aquele que lhe inspirou uma almaativa e lhe insuflou o esprito vital.

    12.Para ele a vida um divertimento, e nossa existncia um mercado lucrativo,porque, diz ele, preciso aproveitar-se de tudo, mesmo do mal.

    13.Mais que qualquer outro, esse homem sabe que peca, fazendo do mesmo barrovasos frgeis e dolos.

    Masaharu Taniguchi Hoje estou com a sensibi-

    lidade especialmente aguadapara captar a suprema Sabe-doria de Deus.

    Portanto, sou capaz de es-colher o que melhor paramim e para os outros.

    Eu escolho isto ( mentalizeo "teor" do seu propsito).

    Avano com determinaopara atingir este objetivo.

    No me intimido diante depessoas e circunstncias, poissei que eu prprio crio a mi-nha situao.

    Sou dono do meu destino.Sou livre para pensar e agir

    Palavras para fazer a melhor escolha

    como quiser.Sinto a fora de Deus agin-

    do dentro de mim.Uma fora misteriosa flui

    em meu interior.A minha firme vontade

    uma espcie de im que atraitudo que me necessrio.

    Este im atrai as coisas ne-cessrias para mim e jamaisme priva delas.

    Tenho alma destemida.Recebo a revelao da

    Verdade suprema.Nas minhas obras, de-

    monstro sempre sabedoriavinda do alto.

    Hoje tenho conscincia daminha fora infinita. E, comessa fora que caracteriza aspessoas repletas de Amor eSabedoria de Deus,