Folha Extra 1242

  • View
    229

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Nesta edição: -Disputa por presidência das câmaras de vereadores agita política regional -Associações comerciais prevêem prejuízo com feriado no sábado -Acessos de Wenceslau Braz ganham novo asfalto

Text of Folha Extra 1242

  • A 1S E X T A - F E I R A , 1 4 D E N O V E M B R O D E 2 0 1 4 - E D. 1 2 4 2

    11 anos acesse folhaextra.net

    DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA

    FOLHA EXTRAO SENHOR O MEU PASTOR E NADA ME FALTAR!FOLHA EXTRA14 DE NOVEMBRO DE 2014 SEXTA-FEIRA N 1242 ANO 11 Novo preo R$ 1,00

    O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS

    Os bastidores polticos das cmaras de vereadores de toda a regio esto pegando fogo. E tudo por conta das eleies que escolhero as novas (ou a manuteno das atuais, em municpios onde a reeleio permitida e se assim for a vontade da maioria) mesas diretoras. No entanto, no na

    mesa diretora em si que boa parte dos vereadores est de olho, e sim no cargo de presidente do Poder Legislativo. Embora esta seja uma situao que no afete a populao como um todo, cando restrita aos vereadores e seus eleitores mais eis, nos meios polticos locais este pleito

    dono de grande importncia. Primeiro porque uma troca sempre traz mudanas, e um novo comando da cmara pode resultar em mudanas tambm na forma como ela age (claro, dentro daquilo que no obrigatrio e d margem para mudanas).

    Disputa por presidncia das cmaras de vereadores agita poltica regional

    Pgina A3 - Por Lucas Aleixo

    JABOTI 59 ANOS

    Associaes comerciais prevem prejuzo com feriado no sbadoH 125 anos acontecia a Proclamao da Repblica. Neste ano, porm, pelo menos para o comrcio, o sentimento de patriotismo ser deixado um pouco de lado por uma questo bem mais palpvel: o possvel prejuzo que o feriado do 15 de novembro ir dar por

    cair no sbado, dia tradicionalmente de maior movi-mento para os comerciantes. A Folha Extra entrou em contato com associaes comerciais da regio, e o dis-curso de lamentao com relao s portas fechadas do prximo sbado.

    INFRAESTRUTURA

    Hugo e Tiago abrem Expo Morango com grande estilo

    Pgina A4

    A prefeitura de Jaboti pre-parou uma grande festa para a comemorao do 59 aniversrio do muni-cpio. Entre as principais atraes esto shows de duplas sertanejas, com destaque para Hugo e Tiago, um Dia de Campo voltado aos agricultores de morango de toda a re-gio, o tradicional Rodeio e tudo isso na Festa da Expo Morango.

    Tiveram incio nesta semana as obras nos principais acessos de Wenceslau Braz pela PR-092. As ruas Pedro Boiczuk, no chama-do trevo da Skol, e Papa Joo XXlll, vila Santa Maria, esto ga-nhando novo asfalto, j que, de-vido ao trfego excessivo, a pavi-mentao destas vias estava em ms condies.

    Acessos deWenceslau Braz ganham novo asfalto

    Comrcio tem sido bastante prejudicado em 2014 por seguidos feriados nos sbados alm das paralisaes durante a Copa do Mundo

    PATRIK A. DE MORAES- FOLHA EXTRA

    Pgina A5

    LUCAS ALEIXO- FOLHA EXTRA

    Pgina A6

    DIV

    ULG

    A

    O

  • A 2S E X T A - F E I R A , 1 4 D E N O V E M B R O D E 2 0 1 4 - E D. 1 2 4 2 EDITAIS

    Charge

    N o costumo me manifestar sobre a opinio alheia com adjetivos da mesma

    famlia que idiota e burro, porquanto no me parece so-cialmente proveitoso criticar ideias dessa maneira. Pre ro deix-los para as partidas de futebol, em que no fazem real diferena. No entanto, as asseveraes que se espa-lham pela volta da ditadura militar me levam a reconside-rar a utilidade desses termos.Todo somos ignorantes em algo. Ren Descartes dizia que daria tudo o que sabe pela metade do que ignorava. Eu no ousaria tal escambo, uma vez que amo o pouco que sei, mas existe uma sa-bedoria valiosa em reconhe-cer que o mundo maior do

    que aquilo que temos dentro de nossa prpria massa cin-zenta. Idiota, portanto, o sujeito, ou grupo, que acre-dita veementemente que a sua maneira de ver a nica plausvel.Existe, porm, outro tipo de idiota: aquele que, no deses-pero de mostrar a superiori-dade de suas ideias, destri a si mesmo. O suicdio in-telectual pior do que o f-sico. Este ainda pode tentar se justi car, por uma causa psicolgica ou cultural, mas aquele nem ao menos pe-sou o absurdo que intentar contra a prpria existncia. Alguns a rmam que a bomba atmica sobre Hiroshima e Nagasaki nos livrou dela du-rante a Guerra Fria. Outros, que a interveno militar em

    De nindo um idiotaPor LUIS FELIPE SALDANHA

    64 salvou o Brasil de uma horrvel ditadura comunista. Entretanto, embora seja l-gico que o horror da explo-so gerou receio em us-la de novo, nunca saberemos o que aconteceria se a II Guerra tivesse terminado de maneira diferente. A histria no pode ser analisada por suposies.Ao gritar pela volta da dita-dura militar, os idiotas no esto sustentando uma expli-cao histrica, mas claman-do por uma mordaa sobre o prprio pensamento. A ditadura no defende o que uma parcela do povo pensa. Ela defende a si mesma. Tal-vez a bomba atmica tenha livrado o mundo da bomba atmica, contudo no consi-go imaginar dois japoneses

    Estudante

    DIVULGAO

    COMENTE O ASSUNTO. ACESSE WWW.FOLHAEXTRA.NET E D SUA OPINIO.

    Otimismo faz bem sade

    tivas suprimem a imunidade e nos tornam mais suscetveis ao adoeci-mento. Mas ca a pergunta: como focar em pensamentos positivos quando nos sentimos atropelados pelo relgio, preocupados com a violncia, exibindo emoes que, com frequncia, no so as que sentimos? Isso faz com que a maio-ria das pessoas que sujeita a um alto nvel de estresse.Para todos os efeitos, melhor olhar o mundo pelo lado positivo: em vez de ruminar sobre eventos negativos, avalie a situao, ra-cionalize os fatos e reestruture o pensamento irracional de forma positiva ou neutra. O objetivo no se dissociar dos fatos, mas usar lentes mais coloridas para ltrar a realidade. O pessimismo um gatilho irrefutvel para aumentar os nveis de estresse e induzir a doenas, como a depresso. As es-tatsticas preocupam. Pesquisa da International Stress Management Association no Brasil (Isma-BR), em 2014, indica que 72% dos bra-sileiros sofrem sequelas por man-terem um nvel de tenso elevado.

    er otimista alivia o es-tresse, aumenta a au-toestima e bene cia a sade. Percepes nega-S

    Preocupada com a qualidade de vida da comunidade, a Isma-BR celebra anualmente no terceiro domingo de novembro o Dia Na-cional de Conscientizao do Es-tresse em Porto Alegre. O evento pblico, que ocorrer na Reden-o, visa conscientizar as pesso-as sobre o seu nvel de estresse e divulgar aes de preveno e tratamento, evitando danos sa-de. A grande expectativa, agora, de que seja o cializado o Dia de Conscientizao do Estresse em nvel estadual, projeto de auto-ria do deputado Ado Villaverde, que aguarda parecer da Comisso de Educao. E, sendo aprovado, integrar o calendrio de eventos o ciais do Estado.Este um momento importante para corrigir distores na manei-ra de pensar e nos comportamen-tos para nalizar o ano e iniciar 2015 de bem com a vida. A postura mental da pessoa afeta diretamen-te sua sade. Estudos feitos pela Stanford University (EUA) indicam que o otimismo fortalece o funcio-namento do sistema de imunidade e possibilita que as pessoas se sin-tam mais no controle da sua vida. En m, com esforo e persistncia, h esperana para os pessimistas.

    Calabresa? Que tal cuidar s da sua?

    RICARDO COIRO, ESCRITOR- COMENTE O ASSUNTO. ACESSE WWW.FOLHAEXTRA.NET E D SUA OPINIO

    cional, como se nao tives-sem mais importncia do que a provvel descoberta da vacina contra a malria, e aps ter fa-rejado a hipocrisia que tentava se esconder em meio aos julga-mentos que o vazamento de tal pulada de cerca gerou, eu che-guei seguinte concluso: mui-ta gente vive em busca de uma oportunidade a foto de um agra j serve! para apontar o dedo s imperfeies e falhas alheias, principalmente mas no somente! quelas que so demonstradas por guras p-blicas e/ou portadoras de uma imagem supostamente imacula-da, irretocvel. E sabe por qual razo agem assim? Porque veem na crtica conduta do outro uma oportunidade imperdvel de tecer um elogio indireto e

    epois de ter notado que os chifres da Dani Calabresa ganharam espao, em rede na-D

    disfarado prpria.Muitas pessoas meteram o pau e tambm o bedelho no com-portamento do Adnet, e zeram isso porque queriam, indireta-mente, mostrar que so os mais irretocveis exemplos de deli-dade e boa conduta; quando, na verdade, no passam de humanos como todos os outros, ou seja, seres sujeitos falha, tentao irresistvel e realiza-o de atos que, no dia seguinte, certamente causaro mais dor de cabea do que a ressaca.Se voc ainda no sabe a que tipo eu me re ro, saiba que es-tou falando de gente que, das formas mais baixas, covardes e imundas, vive a maldizer os outros, com um nico objetivo: elogiar a si mesmo. Gente escro-ta, melhor dizendo.E se voc pensa que esse tipo de gentalha, que usa o tombo alheio como tentativa de exi-bio do prprio equilbrio,

    limita-se a aparecer somente na hora de apedrejar atitudes semelhantes a do Adnet, sabe de nada, inocente. Eles, assim como os pernilongos, parecem

    estar em todas as partes, cabe-leireiros, condomnios e empre-sas, fazendo barulhos perto de qualquer orelha disponvel para escutar uns podres da vizinha, sogra, gerente ou de qualquer outra que sirva como exemplo do que eles no so, ou me-

    lhor, ngem no ser. Para que voc possa identi ca-los e, se possvel, assumir uma postura diferente da deles, darei alguns exemplos de como eles agem.

    Se voc ainda no sabe a que tipo eu me re ro, saiba que estou falando de gente que, das formas mais baixas, covardes e imundas, vive a maldizer os outros, com um nico objetivo: elogiar a si mesmo. Gente escrota, melhor dizendo.

    ao mundo o quo inteligentes so, chamam de burros os que escorregam no portugus e que no tm cultura erudita.Eles, quando desejam ser enca-rados como os mais gostosos do bairro, falam das banhas da mulher que, por causa da ansie-dade, no consegue controlar a vontade de comer doces.Eles, em minha opinio, no passam de idiotas que, devido ao tempo que passam cui-dando d