Folha Regional de Cianorte - Edição 1269

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Versão Impressa da Edição 1269 da Folha Regional de Cianorte com circulação na quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Text of Folha Regional de Cianorte - Edição 1269

  • CIANORTE-PR - QUINTA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2015 - ED. N 1.269 - Web: www.folhadecianorte.com - Email: folhadecianorte@gmail.com

    1 O JOrnal da famlia!

    Ano 14 - Edio n 1.269 - R$ 2,00 - Site: www.folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com - Fone (44) 3018-2876

    Quinta-feira, 13 de Agosto de 2015

    AFLOTUR organiza1 Encontro deProdutores de Flores

    EVENTO

    Produtores e in-teressados na produo de flores e plantas orna-mentais esto convidados a participar neste sbado (15), do 1 Encontro de Produtores de Flores. O evento, organizado pela Associao de Produtores de Flores e Turismo Rural

    de Cianorte (AFLOTUR), ter incio s 9h, na Cma-ra Municipal de Cianorte.

    A ocasio contar com a presena do engenhei-ro agrnomo do EMATER (Instituto Paranaense de Assistncia Tcnica e Ex-tenso Rural), Edison Eiti-Mikami. PG. 4

    COMBATE SONEGAO

    Mais de 250 mil pessoas j aderiram ao Nota ParanNos primeiros dez dias de vigncia, mais de 250 mil contribuintes j se cadastraram para participar do programa

    ARTE

    BR-376

    Concurso de Fotografia ter participaes internacionais

    PG. 8

    Richa autoriza duplicao entre

    Paranava e Nova Esperana

    PG. 2

    TRIBUTOS

    Declarao do Imposto Territorial Rural tem incio dia 17

    As pessoas fsicas ou jur-dicas proprietrias, titulares de domnio til ou detento-ras a qualquer ttulo, inclu-sive a usufruturia, de im-vel situado no campo devem estar atentas declarao

    do Imposto Territorial Ru-ral (ITR) referente a 2015. Isto porque, na prxima se-gunda-feira (17), a Receita Federal disponibilizar, em seu site, o programa multi-plataforma para o preenchi-

    mento do documento, que obrigatrio pela Lei Fede-ral N 9.393/1996 e deve ser transmitido at o dia 30 de setembro, conforme a Instruo Normativa N 1.578/2015. PG. 8

    Lanamento do programa Nota Paran, que incentiva o consumidor a pedir nota fiscal

    Rogrio Machado/ANPr

    Lanado pelo governo estadual para diminuir a carga tributria individu-al, combater a sonegao fiscal e aumentar a arre-cadao no Estado, o pro-grama Nota Paran est sendo um sucesso entre os paranaenses. Nos primei-ros dez dias de vigncia, mais de 250 mil contri-buintes j se cadastraram para participar do progra-ma que devolver ao con-sumidor 30% do ICMS pago pelos estabelecimen-tos comerciais. Para isso, basta informar o nme-ro do CPF na nota fiscal da compra. Em entrevista a rdios do interior nesta quarta-feira (12), o secre-trio de Estado da Fazen-da, Mauro Ricardo Costa, explicou o funcionamento da iniciativa e esclareceu algumas dvidas sobre o Nota Paran. Segundo ele, o objetivo principal com-bater a sonegao fiscal.

    PG. 2

    Assessoria/PMC

  • CIANORTE-PR - QUINTA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2015 - ED. N 1.269 - Web: www.folhadecianorte.com - Email: folhadecianorte@gmail.com

    2 O JORNAL DA FAMLIA!

    INFRAESTRUTURA

    TRNSITO

    A empresa Forboys de Cianorte est com vagas para:

    ANALISTA DE RH COM EXPERIENCIA. (voltado para Treinamento e desenvolvimento)

    ZELADORA. (com experiencia)

    AUXILIAR DE COZINHA. (Com experiencia)

    Os interessados devem enviar curriculum para rh@forboys.com.br

    ou ligar (44) 3641-1307

    OPORTUNIDADE DE EMPREGO

    AEN

    O governador Beto Richa autorizou, nesta quarta-feira (12), durante encontro com prefeitos e lideranas do No-roeste do Estado, a duplica-o da BR-376, no trecho entre Nova Esperana e Pa-ranava. Antiga demanda da regio, a duplicao do tre-cho de 30 quilmetros vai beneficiar diretamente mais de 125 mil moradores de Paranava, Nova Esperana e Alto Paran, alm de mais 480 mil pessoas de 15 muni-cpios da regio.

    O projeto da duplicao ser elaborado at o final do ano e, de acordo com o governador, as obras de-vem comear j no incio do ano que vem. O inves-timento estimado em R$

    214 milhes e ser feito pela pela concessionria Viapar, com a previso de entrega em 2018.

    H um grande fluxo de veculos, movimentao de cargas pesadas nessa rodo-via, muitos acidentes com vtimas fatais. Dentro dessa avaliao, anunciamos que est autorizada a duplica-o da BR-376, anunciou o governador, sob aplau-sos dos prefeitos presentes na reunio. Richa destacou que a autorizao desta obra faz parte das negocia-es do Governo do Para-n com a concessionria. Aps acordo, a Viapar est investindo R$ 275 milhes nas duplicaes entre Man-daguau Nova Esperana (BR-376) e entre Floresta Campo Mouro (PR-317).

    Em todo o Estado, mais de 400 quilmetros de ro-dovias passam por obras de duplicao. Essas obras se-ro muito importantes para um crescimento econmico e social mais vigoroso do Estado, atendendo um cla-mor dos paranaenses que h muito tempo pedem por rodovias mais seguras e de melhor qualidade, afir-mou o governador.

    Participaram do encon-tro com o governador os prefeitos de Alto Paran, Cludio Golemba, de Nova Esperana, Gerson Jann-cio; de Planaltina do Pa-ran, Mariza Madeiras; de Terra Rica, Devalmir Mo-lina; de Cruzeiro do Sul, Ademir Mulon; de So Joo do Caiu, Carlos Maia; e de Diamante do Norte, Daniel

    Pereira; o presidente da Viapar, Camilo Carvalho; o presidente da Federao da Agricultura do Estado do Paran (Faep), gide Me-neguette;

    A BR-376 j passa por uma obra de duplicao de 22,6 quilmetros no trecho entre Mandaguau e Nova Esperana, tambm executa-da pela Viapar. Iniciada em setembro do ano passado, os investimentos neste trecho chegam a R$ 145 milhes.

    Fazem parte da obra a construo de um viadu-to no trevo de acesso ao municpio de Atalaia, no entroncamento com a PR-218, alm de nove passa-gens em desnvel nos mu-nicpios de Mandaguau, Nova Esperana e em Pre-sidente Castelo Branco.

    DETRAN-PR

    Proprietrios de vecu-los do Estado podem en-contrar todas as informa-es sobre estes bens em uma nica consulta na in-ternet. A nova Consulta Consolidada do Veculo, criada pelo Departamen-to de Trnsito do Paran (Detran), permite acessar dados e histrico do IPVA (Imposto Sobre a Proprie-dade de Veculos Automo-tores), seguro obrigat-rio Dpvat e licenciamento, alm do extrato resumido ou completo de multas e

    links para outros rgos e bancos credenciados.

    Antes, as informaes ficavam distribudas no site e alguns usurios tinham dificuldades de encontrar o que precisavam. Agora, basta acessar o site www.detran.pr.gov.br, clicar em Situao do Veculo, no menu lateral, e informar o nmero do Renavam. A ideia unificar os conte-dos e apresent-los de for-ma didtica, fcil e gil, explica o diretor-geral da autarquia, Marcos Traad.

    A nova pgina foi criada em parceria com a Compa-

    nhia de Tecnologia da In-formao e Comunicao do Paran (Celepar) e um dos destaques a interface com os demais rgos rela-cionados, como a Secretaria de Estado da Fazenda, res-ponsvel pelo IPVA; a Se-guradora Lder, responsvel pelo Seguro Dpvat; a Pol-cia Rodoviria Federal e o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte.

    Quem j usou a nova consulta, como o empre-srio Gustavo Spitale, se surpreendeu. As informa-es ficaram mais com-pletas, com letras maiores

    na apresentao. Tambm gostei da diviso em abas, com as informaes dos d-bitos, e da possibilidade de marcar o Renavam como favorito para consultas fu-turas, conta.

    Veja como acessar:1 passo: acesse www.

    detran.pr.gov.br2 passo: no menu de

    acesso rpido, na lateral esquerda, clique em Situa-o do Veculo (Extrato e Multas)

    3 passo: Digite o nme-ro do Renavam do veculo e o cdigo de segurana na imagem.

    AEN

    Lanado pelo governo estadual para diminuir a carga tributria, combater a sonegao fiscal e aumentar a arrecadao no Estado, o programa Nota Paran est sendo um sucesso entre os paranaenses. Nos primeiros dez dias de vigncia, mais de 250 mil contribuintes j se cadastraram para parti-cipar do programa que de-volver ao consumidor 30% do ICMS pago pelos estabe-lecimentos comerciais. Para isso, basta informar o n-mero do CPF na nota fiscal da compra.

    Em entrevista a rdios do Interior nesta quarta--feira (12), o secretrio es-tadual da Fazenda, Mauro Ricardo, explicou o funcio-namento da iniciativa e es-clareceu algumas dvidas sobre o Nota Paran. Se-gundo ele, o objetivo prin-cipal combater a sonega-o fiscal. um programa ganha-ganha. Ganha o consumidor por ter a opor-tunidade de uma reduo na sua carga tributria, ga-nha o comerciante hones-to, com uma concorrncia mais leal, e ganha o Esta-do por ter uma arrecada-o maior com o combate da sonegao, disse.

    Segundo o secretrio, tem muita gente solicitando a nota e a perspectiva de su-cesso da iniciativa muito grande. Em pouco mais de uma semana, o Nota Paran j se tornou um programa de sucesso aqui no Paran e vai propiciar uma reduo na carga tributria indivi-dual do consumidor, disse.

    Para Mauro Ricardo, com o combate sonegao e aumento de arrecadao, o governo garante mais in-vestimentos em sade, edu-cao, assistncia social e infraestrutura viria. Alm de evitar uma concorrncia desleal, melhora os servios prestados aos cidados. O nico que perde o sonega-dor, afirmou.

    O secretrio explicou que qualquer tipo de nota fiscal aceita no programa, mas orienta os comercian-

    tes a adotarem a Nota Fiscal de Consumidor Eletrnica (NFC-e), disponvel no site da Secretaria da Fazenda do Paran. Aos comercian-tes a orientao fazer ade-so o mais rpido do siste-ma, que agiliza e torna mais fcil as emisses das notas.

    RETORNO Os crditos recebidos

    pelo Nota Paran podem ser depositados em conta--corrente ou poupana do contribuinte, podem ser usados para o pagamen-to do Imposto sobre a Pro-priedade de Veculos Auto-motores (IPVA) ou, ainda, para adquirir crditos para celulares pr-pagos. Alm da devoluo dos recursos, o contribuinte tambm po-der participar de sorteios mensais de 250 mil pr-mios, que podem chegar a R$ 50 mil.

    Mauro Ricardo diz ai