Fonetica e Fonologia em Libras

  • View
    270

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Estudos da Fonetica e Fonologia em Língua bras

Text of Fonetica e Fonologia em Libras

  • Planejamento EstratgicoIDENTIDADE INSTITUCIONAL

    META

    Corresponde aos passos ou etapas perfeitamente quantificadas e com prazos para alcanar os desafios e os objetivos.

    A construo de metas envolve: a construo de cenrios; o reconhecimento de oportunidades e ameaas atuais e futuras.

  • O Plano de Ao deve ser concreto e palpvel deixando explcito o que vai ser feito, quando, por quem e etc.

    Nesta fase a palavra chave detalhar4- Plano de Ao

  • * COMPONENTES DO AMBIENTE AMBIENTE GERAL ou macroambiente ou ambiente externoAMBIENTE OPERACIONAL ou microambiente, ou ambiente-tarefa ou ambiente prximo FornecedoresMo-de-ObraClientesConcorrnciaAMBIENTE INTERNO: recursos, aspectos estruturais, produtivos, humanos

  • - Plano de Ao Pergunta Central: O que vamos fazer?Quais as metas de curto prazo?Quem pode assumir o que?Por onde comear?Quais os novos projetos, programas?Qual so as aes em cada projeto, programa?Qual a nova estrutura?Qual o novo cronograma?Quanto vai custar?Quem vamos envolver?Como vamos avaliar?Situao AtualDecises FuturasO que foi decidido?Onde haver mudanas?De que tipo sero as mudanas?Que dificuldades so previstas?O que possvel a curto prazo?O que precisa mais tempo?O que foi esquecido ou ignorado?Quem tem conhecimento para cuidar de que?

  • Plano de Ao O que d qualidade a um plano? 1- Ouvir quem est na prtica. 2- Ouvir quem no est contaminado pela rotina. 3- Quantificar prazos, quantidades e valores. 4- Ser preciso nos detalhes. 5- Nomear os responsveis. 6- Pesquisar preos. 7- Estimar custos. 8- Comparar/conhecer outros planos. 9- Procurar apoio com especialistas.10- Colocar no papel.

  • Plano de Ao O que d m qualidade a um plano?1- Basear-se em hipteses e chutes.2- Formular por meio de barganhas.3- Incluir pessoas que no assumem responsabilidades.4- Deixar a elaborao a cargo de quem no entende.5- Ter resistncias em fazer oramentos.6- No colocar prazos.7- Elaborar planos muito genricos.

  • 5- Avaliao O Plano de Ao s fica bom quando colocamos em prtica.

    A avaliao a fase do refinamento e do aprimoramento.

    Nesta fase as palavras chaves so correo, gerao de conhecimento e consolidao do aprendizadoFASES DO PROCESSO DE PLANEJAMENTO

  • 5- Avaliao Pergunta Central: O que precisa corrigir?

    Como o plano pode ser corrigido?O que necessrio daqui para frente?Quais podem ser os ajustes?Quais as alternativas?O que pode ser diferente agora?Como deve ser o envolvimento das pessoas?Quais aprendizados esto sendo colocados em prtica?Como fica o novo plano?Situao AtualSituao DesejadaO que temos conseguido fazer?O que no?Quem est participando?Quais so os resultados?Quais so os indicadores?O que estava previsto?Em que erramos e acertamos?Por que?O que aprendemos destas experincias?

  • 5- Avaliao O que gera conscincia e aprendizado?1- Levantar informaes precisas e atuais.2- Promover encontro entre as pessoas.3- Fazer perguntas que focam aprendizagem.4- Ter postura profissional aberta.5- Ter em mente: primeiro os outros depois eu.6- Falar somente o que ajuda.7- Pensar novas formas de fazer as coisas.8- Questionar-se.9- Examinar causas e conseqncias.

  • 5- Avaliao ERROS TPICOS1- Dedicar tempo demais ou pouco tempo.2- Olhar e ressaltar somente o que est bom.3- Olhar e ressaltar somente o que est ruim.4- Confundir avaliao com crtica.5- Mexer s no trabalho dos outros.6- Desviar de assuntos delicados.7- Criar um ambiente em que o erro punido.8- Misturar questes de poder e questes de aprendizagem.

  • PLANEJAMENTO

    uma oportunidade para construir, rever ou desenvolver uma nova forma de ver a organizao.

  • PLANEJAMENTO

    Conceitos Importantes1- Viso A primeira condio para uma organizao capacitada, o pr-requisito sobre o qual todas as outras capacidades so construdas, o desenvolvimento de uma estrutura conceitual que reflita o entendimento do mundo por aquela organizao.Allan Kaplan

  • PLANEJAMENTO

    Conceitos Importantes1- Viso A organizao precisa construir sua confiana para agir no e sobre o mundo de uma forma que acredite que possa ser efetiva e ter impacto. Posto de outra forma, tem que saltar do papel de vtima ao exercer algum controle, para acreditar na sua prpria capacidade de afetar as circunstncias.Allan Kaplan

  • PLANEJAMENTO

    Viso Questes de apoio1- Quais so os problemas vividos pelos clientes da organizao?2- Como podemos explic-los?3- Quais as principais causas?4- Quais so os principais responsveis por esses problemas?5- Quais so os principais mecanismos ou idias para resolv-los? 6- Quem deve participar dessa resoluo?7- Que papel cada parte deve ter?8- Quais so os principais obstculos para superar?

  • PLANEJAMENTO

    Viso Questes de apoio9- Quais oportunidades existem para explorar?10- Como podemos explic-los?11- O que falam seus clientes? E seus parentes?12- Que tipo de relaes esto envolvidas no problema?13- O que pode atuar como alavanca na soluo dos problemas? 14- Qual o resultado a ser alcanado?15- Que reas podem gerar resultados mais significativos?16- Que tipo de imagem espelha bem a viso?

  • PLANEJAMENTO

    Conceitos Importantes2- Misso"Uma organizao no se define pelo seu nome, estatuto ou produto que faz; ela se define pela sua misso. Com uma definio clara de misso possvel saber a razo de existir e tornar possveis, claros e realistas os objetivos a serem cumpridos ou alcanados pela organizao". Peter Drucker

  • PLANEJAMENTO

    Conceitos Importantes2- Misso"Definir a misso de uma organizao difcil, doloroso e arriscado, mas s assim que se consegue estabelecer polticas, desenvolver estratgias, concentrar recursos e comear a trabalhar. s assim que uma organizao pode ser administrada, visando um timo desempenho".Peter Drucker

  • PLANEJAMENTO

    Conceitos Importantes2- Misso"Uma misso bem difundida desenvolve nos colaboradores um senso comum de direo oportunidade, significncia e realizao. Uma misso bem explcita atua como uma mo invisvel que guia os colaboradores para um trabalho independente, mas coletivo, na direo da realizao dos potenciais da organizao.Philip Kotler

  • PLANEJAMENTOMisso Questes de apoio 1- O que a organizao deve fazer? 2- Para quem deve fazer? 3- Para qu deve fazer? 4- Como deve fazer? 5- Onde deve fazer? 6- Que responsabilidade social deve ter? 7- Reflete o que acreditamos, nossa filosofia? 8- onde podemos ser mais competentes? 9- D para guardar na cabea? 10- aplicvel todo dia? 11- valida para os prximos 50 anos? 12- Se a organizao deixasse de existir, o que ficaria faltando no mundo?

  • COMPROMISSOque organizao est assumindo com a sociedadeCOMPETNCIAque tem para issoViso dasNECESSIDADES

    OPORTUNIDADESPrincipaisPLANEJAMENTOIngredientes de uma boa Misso

  • QUAL A DIFERENA ENTRE: VISO E MISSOMISSO - Representa aquilo que a organizao vai ser ou fazer no futuro.VISO - um quadro concreto, especfico, descritvel que se busca alcanar.

  • PLANEJAMENTOConceitos Importantes3- PRINCPIOS

    "Seja flexvel e, quando no puder aceitar os termos, aceite os meios termos. Porm, no confunda meios-termos com meios princpios. Meios princpios no existem".Ilie Gilbert

  • PLANEJAMENTOConceitos Importantes3- PRINCPIOSSo balizamentos para o processo decisrio e para o comportamento da ORGANIZAO no cumprimento de sua Misso. Apesar de ser esse o termo mais utilizado, algumas INSTITUIES usam outros como: Credo, Valores, Poltica, Filosofia, etc.

  • PLANEJAMENTOConceitos Importantes3- PRINCPIOS"Acredito firmemente que qualquer organizao, para sobreviver e alcanar sucesso, deve ter um slido conjunto de Princpios sobre o qual fundamente todos os seus planos e aes. Acredito que o mais importante fator de sucesso a observncia fiel desses Princpios." Thomas J. Watson Jr. - IBM

  • PLANEJAMENTOTemas a serem observados para definio dos Princpios 1- Clientes; 2- Recursos Humanos; 3- tica; 4- Imagem; 5- Qualidade; 6- Participao Comunitria; 7- Parceria; 8- Tecnologia; 9- Ecologia;10- Sigilo; 11- Transparncia e outros.

  • Caractersticas que Apoiam a Assimilao dos PrincpiosAlguns temas so mais aplicveis a certos tipos de organizaes em funo do setor no qual atuam.Para orientar a explicitao dos Princpios, sugerimos que eles tenham as seguintes caractersticas para facilitar a assimilao e, consequentemente, sua utilizao: redao de forma concisa e clara; abrangncia; e nmero reduzido.

  • 4- ESTRATGIA

    Caminho, meio para alcanar objetivos

    Arte de explorar condies favorveis como fim de alcanar objetivos

    So prioridades ou diretrizes amplas, escolhas sobre a melhor forma de realizar a misso a que se prope a organizaoPLANEJAMENTOConceitos Importantes

  • 4- ESTRATGIAA estratgia deve ser consistente com a viso de longo prazo escolhida pela organizao. Deve ser flexvel, podendo ser melhorada e corrigida a todo o momento, num movimento contnuo de ao e reflexoPLANEJAMENTOConceitos Importantes

  • 4- ESTRATGIA

    A estratgia diz respeito o COMO a organizao vai realizar a viso que est se propondo.

    Ao se definir uma estratgia preciso levar em conta os recursos disponveis, as condies externas, as capacidades reais e os imprevistos.PLANEJAMENTOConceitos Importantes

  • 4- ESTRATGIA

    Importncia da estratgia para a organizao (adaptado de NADLER & TUSHMAN, 1994)PLANEJAMENTOConceitos Importantes

  • Diversificao Quando a organizao opta por atuar em diversas frentes ou desenvolver diversas fontes de recursos.Concentrao - Quando se concentra em apenas um pblico principal ou uma regio geogrfica ou um estilo de atuao.Diferenciao - Quando se procura diferenciar claramente o que a organizao faz do que os outros fazem (in