Formula Ultrasonografia 02

Embed Size (px)

DESCRIPTION

ultrassom

Text of Formula Ultrasonografia 02

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHO

SECRETARIA DE ESTADO DA SADE SES

CENTRO DE ESPECIALIDADES MDICAS DA CIDADE OPERARIA CEM CO

ULTRASSONOGRAFIA PLVICA

01 - tero em anteversoflexo medindo ___ x ___ x ___ cm (volume _____cm), de morfologia conservada e contornos regulares.

02 - A textura do miomtrio slida homognea.

03 - Endomtrio compatvel com a fase do ciclo.

04 - Ovrio direito de forma e volume normal, medindo ___ x ___ x ___ cm (volume _____cm).

04.1 Ovrio direito no visibilizado. Ausncia de processo expansivo em sua topografia.

05 - Ovrio esquerdo de forma e volume normal, medindo ___ x ___ x ___ cm (volume _____cm).

05.1 Ovrio esquerdo no visibilizado. Ausncia de processo expansivo em sua topografia.

06 - Ovrios no visibilizados. Ausncia de processo expansivo em suas topografias.

07 - Bexiga de paredes regulares sem evidncia de imagem ecognica em seu interior.

08 - Fundo de saco livre

CONCLUSO:C1 tero e ovrios de volumes normais;

C2 Ausncia de outras alteraes ecogrficas;

C3 Para uma avaliao detalhada da textura do tero, da espessura do endomtrio e da textura dos ovrios, convm a critrio clinico realizar ultra-sonografia da pelve pela tcnica endovaginal.

00ULTRASSONOGRAFIA DO ABDMEN TOTAL HOMEM

01 - Fgado de dimenses normais, de contornos regulares, com parnquima padro textural normal. Os vasos intra-hepticos foram bem visibilizados e apresentam calibre anatmico.1.1 Fgado aumentado de dimenses, apresentando aumento difuso da ecogenicidade do parnquima, com atenuao sonora distal.

1.2 Fgado apresentando aumento difuso da ecogenicidade do parnquima, com atenuao sonora distal.02 - O contorno inferior do lobo direito do fgado est na altura do polo inferior do rim direito.03 - Vescula biliar de topografia usual, sem septos e de paredes finas, sem evidencia de imagens ecognicas em seu interior.

04 - Hepatocoldoco mede ____ cm de calibre interno ao nvel de portas hepatis.

05 - Pncreas de espessuras e texturas habituais para faixa etria.

06 - Rim direito mede ___ x ___ cm, apresentando topografia, textura do seio renal e textura crtico-medular normais.

07 - Rim esquerdo mede ___ x ___ cm, apresentando topografia, textura do seio renal e textura crtico-medular normais.

08 - Bao de dimenses normais, com textura slida homognea.

09 - Veia cava inferior de calibre e contornos normais.

10 - Aorta abdominal de calibre e contornos normais.

11 - Seios costofrnicos livres.

12 - Bexiga de paredes regulares sem evidncia de imagem ecognica em seu interior.

13 - Prstata mede ___ x ___ x ___ cm (volume _____gramas).14 - Vesculas seminais de dimenses normais.

15 - ngulo vesico seminais livres.

CONCLUSO:

C1 - rgos e estruturas abdominais estudadas ecograficamente normais.

C2 Ausncia de outras alteraes ecogrficas.

ULTRASSONOGRAFIA DO ABDMEN SUPERIOR01 - Fgado de dimenses normais, de contornos regulares, com parnquima padro textural normal. Os vasos intra-hepticos foram bem visibilizados e apresentam calibre anatmico.01.1 Fgado aumentado de dimenses, apresentando aumento difuso da ecogenicidade do parnquima, com atenuao sonora distal.

01.2 Fgado apresentando aumento difuso da ecogenicidade do parnquima, com atenuao sonora distal. 02- O contorno inferior do lobo direito do fgado est na altura do polo inferior do rim direito.03 - Vescula biliar de topografia usual, sem septos e de paredes finas, sem evidencia de imagens ecognicas em seu interior.

04- Hepatocoldoco mede ____ cm de calibre interno ao nvel de portas hepatis.

05- Pncreas de espessuras e texturas habituais para faixa etria.

06 - Rim direito mede ___ x ___ cm, apresentando topografia, textura do seio renal e textura crtico-medular normais.

07 - Rim esquerdo mede ___ x ___ cm, apresentando topografia, textura do seio renal e textura crtico-medular normais.

08 - Bao de dimenses normais, com textura slida homognea.

09 - Veia cava inferior de calibre e contornos normais.

10 - Aorta abdominal de calibre e contornos normais.

11 - Seios costofrnicos livres.

CONCLUSO:

C1 - rgos e estruturas abdominais estudadas ecograficamente normais.

C2 Ausncia de outras alteraes ecogrficas. ULTRASSONOGRAFIA DO ABDMEN TOTAL MULHER 01.Fgado de dimenses normais, de contornos regulares, com parnquima padro textural normal. Os vasos intra-hepticos foram bem visibilizados e apresentam calibre anatmico.

01.1. Fgado aumentado de dimenses, apresentando aumento difuso da ecogenicidade do parnquima, com atenuao sonora distal.

01.2. Fgado apresentando aumento difuso da ecogenicidade do parnquima, com atenuao sonora distal.

02.O contorno inferior do lobo direito do fgado est na altura do polo inferior do rim direito.03.Vescula biliar de topografia usual, sem septos e de paredes finas, sem evidencia de imagens ecognicas em seu interior.04.Hepatocoldoco mede ____ cm de calibre interno ao nvel de portas hepatis.

05.Pncreas de espessuras e texturas habituais para faixa etria.

06.Rim direito mede ___ x ___ cm, apresentando topografia, textura do seio renal e textura crtico-medular normais.07.Rim esquerdo mede ___ x ___ cm, apresentando topografia, textura do seio renal e textura crtico-medular normais.08.Bao de dimenses normais, com textura slida homognea.09.Veia cava inferior de calibre e contornos normais.10.Aorta abdominal de calibre e contornos normais.11.Seios costofrnicos livres.12.Bexiga de paredes regulares sem evidncia de imagem ecognica em seu interior.13.tero em _________, medindo ___ x ___ x ___ cm (volume _____cm), de morfologia conservada e contornos regulares.

14.A textura do miomtrio slida homognea.15.Endomtrio compatvel com a fase do ciclo.16.Ovrio direito mede ___ x ___ x ___ cm (volume _____cm), de forma e volume normal.17.Ovrio direito. Ausncia de processo expansivo em sua topografia.

18.Ovrio esquerdo mede ___ x ___ x ___ cm (volume _____cm), de forma e volume normal.

19. Ovrio esquerdo no visibilizado. Ausncia de processo expansivo em sua topografia.

20.Ovrios no visibilizados. Ausncia de processo expansivo em suas topografias.

CONCLUSO:

C1 - rgos e estruturas abdominais estudadas ecograficamente normais.

ULTRASSONOGRAFIA DA PRSTATA01. Bexiga de paredes regulares sem evidncia de imagem ecognica em seu interior.02. Prstata mede ___ x ___ x ___ cm (volume _____ gramas), de textura slida homognea.03. Prstata mede ___ x ___ x ___ cm (volume _____gramas), de textura slida heterognea.04. Vesculas seminais de dimenses normais.05. ngulo vesico seminais livres.

CONCLUSO:C1 Resduo ps-miccional de ____ ml.

C2 Prstata de volume normal peso aproximado de ____ gramas.C3 Prstata de volume aumentado peso aproximado de ____ gramas.C4 Vesculas seminais sem alteraes volumtricas.C5 Para uma avaliao detalhada da textura da prstata e das vesculas seminais, convm a critrio clinico realizar ultra-sonografia transretal.

ULTRASSONOGRAFIA DAS VIAS URINRIAS

01 Rim direito mede ___ x ___ cm, apresentando topografia, textura do seio renal e textura crtico-medular normais.02 Rim esquerdo mede ___ x ___ cm, apresentando topografia, textura do seio renal e textura crtico-medular normais.03 Bexiga de paredes regulares apresentado textura anecica homognea.CONCLUSO

C1 Rins ecograficamente normais.C2 - Ausncia de dilataes ureterais.

ULTRASSONOGRAFIA OBSTTRICA I01- tero em ______, aumentado de volume, grvido.

02- A textura do miomtrio slida e homognea.03- Saco gestacional de implantao fndica, medindo ____ cm de dimetro mdio, de paredes ecognicas e regulares, contendo _____ com batimentos cardacos presentes.

04- Movimentos fetais visibilizados.05- Vescula vitelina de textura anecica homognea, de paredes ecognicas, medindo ____ de dimetro.

06- Comprimento cabea-ndega mede ____ cm.

07- Translucncia nucal mede ____ mm.

08- Osso nasal presente, medindo ___ mm.

09- Anexos livres.

CONCLUSO:

* Gestao tpica em torno de _____ semanas;

* Regio nucal normal.

* Dopplervelocimetria das artrias uterinas revela resistncia adequada.ULTRASSONOGRAFIA OBSTTRICA II

01- Feto nico, apresentao _________ dorso __________.

02- Os batimentos cardacos so ritmados.

03- Movimentos fetais presentes.

04- A anatomia intracerebral e da coluna vertebral normal.

05- O estomago e a bexiga fetais foram bem visibilizados.

06- Os rins fetais tm aspecto normal.

07- A biometria fetal a seguinte:

Dimetro biparietal (DBP) de _____ mm.

Circunferncia da cabea (CC) de ____ mm.Circunferncia do abdmen (CA) de ____ mm.

Comprimento do fmur (CF) de ____ mm.

Comprimento do mero (CU) de ____ mm.Peso fetal de ____ gramas.08 Placenta de insero _______.

09 A textura da placenta slida homognea (Grau 0).

10 A textura da placenta slida heterognea, compatvel com a fase da gestao e de acordo com a classificao de Grannum, Berkwitz e Hobbins (Grau ____).

11- A placenta situa-se distante do orifcio interno do colo uterino.

12- O cordo umbilical apresenta duas artrias e uma veia.

13 Qualidade de liquido amnitico normal.

CONCLUSO:

C1 Gestao tpica de ____ semanas;

C2 Morfologia fetal normal.

ULTRASSONOGRAFIA OBSTTRICA III

01 Feto nico, apresentao ________ dorso _________.

02 Movimentos fetais presentes.

03 Os batimentos cardacos so ritmados.

04 Freqncia cardaca ____ bat/min.

05 A biometria