of 20 /20
PÁGINA 02 PONTO PONTO PONTO PONTO PONTO DE DE DE DE DE VIST VIST VIST VIST VISTA Gênesis 44 Máx: 33° / Mín: 21° Estratagema de José para deter seus irmãos Obra do Centro de Convenções vai custar R$ 1,5 mi e deve durar 4 anos O Centro de Con- venções do Município de Varginha deverá fi- car pronto num prazo máximo de quatro anos. Isso é o que pre- vê o projeto de lei en- caminhado à Câmara Municipal de Vargi- nha. A área onde será erguido o empreendi- mento é de 50 mil me- tros quadrados, nas proximidades do ae- roporto Major Trom- powsky. Agentes da Polícia Federal de Varginha realizam paralisação por 2 dias LOCAL/PÁGINA 05 EDIÇÃO 8.937 R$ 1, 00 VARGINHA, 26 DE FEVEREIRO DE 2014 DEUS É FIEL Ex-aluno da Fadiva será presidente do Tribunal Superior do Trabalho Shopping Centers impulsionam varejo LOCAL/PÁGINA 06 LOCAL/PÁGINA 03 Projeto de lei deu entrada na Câmara Municipal de Varginha na reunião desta segunda-feira Segundo o ofício que encaminha o pro- jeto, o Centro de Con- venções será uma par- ceria entre a empresa Agropecuária Joker Ltda, proprietária do terreno, o Governo do Estado de Minas Ge- rais e a Prefeitura Mu- nicipal de Varginha. O valor aproximado da obra será de R$ 1,5 milhões. LOCAL/PÁGINA 03 O Ministro Antônio José de Barros Levenha- gen, egresso da Fadiva, tomará posse como o novo Presidente do Tri- bunal Superior do Tra- balho – TST. Eleito pelo Pleno do TST, em 13 de dezembro de 2013, Levenhagen teve sua posse antecipa- da em virtude da apo- sentadoria compulsória do atual Presidente, Mi- nistro Carlos Aberto Reis de Paula. PÁGINA 09 BRAÇOS CRUZADOS Varginha receberá o primeiro empreendimento desse porte no próximo ano, o Via Garden Café. [email protected] www .jor nalgazet a dev ar ginha.com facebook .com/gazet av ga twit t er .com/gazet av ar ginha

Gazeta de Varginha - 26/02/2014

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 8.937

Text of Gazeta de Varginha - 26/02/2014

  • PGINA 02

    PONTOPONTOPONTOPONTOPONTO DEDEDEDEDE VISTVISTVISTVISTVISTAAAAA

    Gnesis 44

    Mx: 33 / Mn: 21

    Estratagema de Jos para deter seus irmos

    Obra do Centro de Convenes vaicustar R$ 1,5 mi e deve durar 4 anos

    O Centro de Con-venes do Municpiode Varginha dever fi-car pronto num prazomximo de quatroanos. Isso o que pre-v o projeto de lei en-caminhado CmaraMunicipal de Vargi-nha. A rea onde sererguido o empreendi-mento de 50 mil me-tros quadrados, nasproximidades do ae-roporto Major Trom-powsky.

    Agentesda PolciaFederal

    de Varginharealizam

    paralisaopor 2 dias

    LOCAL/PGINA 05

    EDIO 8.937R$ 1, 00 VARGINHA, 26 DE FEVEREIRO DE 2014

    DEUS FIEL

    Ex-aluno da Fadiva ser presidentedo Tribunal Superior do Trabalho

    Shopping Centersimpulsionam varejo

    LOCAL/PGINA 06

    LOCAL/PGINA 03

    Projeto de lei deu entrada na Cmara Municipal de Varginha na reunio desta segunda-feiraSegundo o ofcio

    que encaminha o pro-jeto, o Centro de Con-venes ser uma par-ceria entre a empresaAgropecuria JokerLtda, proprietria doterreno, o Governo doEstado de Minas Ge-rais e a Prefeitura Mu-nicipal de Varginha. Ovalor aproximado daobra ser de R$ 1,5milhes.

    LOCAL/PGINA 03

    O Ministro AntnioJos de Barros Levenha-gen, egresso da Fadiva,tomar posse como onovo Presidente do Tri-bunal Superior do Tra-balho TST.

    Eleito pelo Pleno doTST, em 13 de dezembro

    de 2013, Levenhagenteve sua posse antecipa-da em virtude da apo-sentadoria compulsriado atual Presidente, Mi-nistro Carlos Aberto Reisde Paula.

    PGINA 09

    BRAOS CRUZADOS

    Varginha receber o primeiro empreendimentodesse porte no prximo ano, o Via Garden Caf.

    [email protected]

    www.jornalgazetadevarginha.com

    facebook.com/gazetavga

    twitter.com/gazetavarginha

  • CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no se responsabiliza

    por conceitos emitidos em artigos

    assinados, mesmo sob

    pseudnimos, que so de inteira

    responsabilidade de seus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:Rodrigo S. Fernandes

    Sindjori - MG 312/99 -Administrao/Reviso:Lanamara Silva - Paulo

    Ribeiro da Silva Fernan-des

    (Jornalista e superinten-dente de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das

    08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop. de

    Jornais e Revistas doInterior

    ADJORI - Associao dosJornais do Interior

    ADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departa-mento de Publicidade

    Av. dos Imigrantes, 445

    Telefones

    (35)3221-4668

    (35)3221-4845

    - Santa Maria - CEP37022-560 -

    VARGINHA/MGE-mail: gazetade

    [email protected]@yahoo.

    com.brEndereo eletrnico:

    www.gazetavarginha.com.br

    Palavras de Vida

    26 DE FEVEREIRO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHA

    PONTO DE VISTA

    Estratagema de Jos para deter seus irmos

    1 - E DEU ordem aoque estava sobre a suacasa, dizendo: Enchede mantimento os sa-cos destes homens,quanto puderem levar,e pe o dinheiro decada um na boca doseu saco.

    2 - E o meu copo, ocopo de prata, pors naboca do saco do maisnovo, com o dinheiro doseu trigo. E fez confor-me a palavra que Jostinha dito.

    3 - Vinda a luz damanh, despediram-seestes homens, eles comos seus jumentos.

    4 - Saindo eles dacidade, e no se haven-do ainda distanciado,disse Jos ao que esta-va sobre a sua casa:Levanta-te, e persegueaqueles homens; e, al-canando-os, lhes di-rs: Por que pagastesmal por bem?

    5 - No este o copoem que bebe meu se-nhor e pelo qual bemadivinha? Procedestesmal no que fizestes.

    6 - E alcanou-os, efalou-lhes as mesmaspalavras.

    7 - E eles disseram-lhe: Por que diz meu se-nhor tais palavras? Lon-ge estejam teus servosde fazerem semelhantecoisa.

    8 - Eis que o dinhei-ro, que temos achadonas bocas dos nossos sa-cos, te tornamos a tra-zer desde a terra de Ca-na; como, pois, furta-ramos da casa do teusenhor prata ou ouro?

    9 - Aquele, comquem de teus servos forachado, morra; e aindans seremos escravos domeu senhor.

    10 - E ele disse: Oraseja tambm assim con-forme as vossas pala-vras; aquele com quemse achar ser meu es-cravo, porm vs sereisdesculpados.

    11 - E eles apressa-ram-se e cada um psem terra o seu saco, ecada um abriu o seusaco.

    12 - E buscou, come-

    ando do maior, e aca-bando no mais novo; eachou-se o copo no sacode Benjamim.

    13 - Ento rasga-ram as suas vestes, ecarregou cada um o seujumento, e tornaram cidade.

    14 - E veio Judcom os seus irmos casa de Jos, porque eleainda estava ali; e pros-traram-se diante deleem terra.

    15 - E disse-lhesJos: Que isto que fi-zestes? No sabeis vsque um homem como eupode, muito bem, adivi-nhar?

    16 - Ento disseJud: Que diremos ameu senhor? Que fala-remos? E como nos jus-tificaremos? AchouDeus a iniqidade deteus servos; eis que so-mos escravos de meusenhor, tanto ns comoaquele em cuja mo foiachado o copo.

    17 - Mas ele disse:Longe de mim que eutal faa; o homem em

    Gnesis 44

    O presidente doPSDB, senador AcioNeves (MG), afirmou,neste sbado (22/02),em Macei, que a que-da na avaliao posi-tiva do governo fede-ral revelada por pes-quisa Ibope divulgadaontem, mostra que ogoverno fracassou eque a populao quermudanas. A avalia-o positiva do gover-no caiu de 43% para39%.

    Acio Neves afir-mou que a insatisfa-o com os rumos dopas leva a populaoa querer mudanasprofundas, o que podeser constatado em to-dos estados brasilei-ros.

    Tenho andadomuito pelo Brasil.Nos ltimos seis me-ses, fui a 23 estados da

    cuja mo o copo foiachado, esse ser meuservo; porm vs, subiem paz para vosso pai.

    18 - Ento Jud sechegou a ele, e disse: Ai!senhor meu, deixa,peo-te, o teu servo di-zer uma palavra aosouvidos de meu senhor,e no se acenda a tuaira contra o teu servo;porque tu s como Fa-ra.

    19 - Meu senhorperguntou a seus ser-vos, dizendo: Tendes vspai, ou irmo?

    20 - E dissemos ameu senhor: Temos umvelho pai, e um filho dasua velhice, o maisnovo, cujo irmo mor-to; e s ele ficou de suame, e seu pai o ama.

    21 - Ento tu disses-te a teus servos: Trazei-mo a mim, e porei osmeus olhos sobre ele.

    22 - E ns dissemosa meu senhor: Aquelemoo no poder deixara seu pai; se deixar aseu pai, este morrer.

    23 - Ento tu disses-

    te a teus servos: Se vos-so irmo mais novo nodescer convosco, nuncamais vereis a minhaface.

    24 - E aconteceuque, subindo ns a teuservo meu pai, e con-tando-lhe as palavrasde meu senhor,

    25 - Disse nosso pai:Voltai, comprai-nos umpouco de mantimento.

    26 - E ns dissemos:No poderemos descer;mas, se nosso irmo me-nor for conosco, descere-mos; pois no poderemosver a face do homem seeste nosso irmo menorno estiver conosco.

    27 - Ento disse-nosteu servo, meu pai: Vssabeis que minha mu-lher me deu dois filhos;

    28 - E um ausentou-se de mim, e eu disse:Certamente foi despe-daado, e no o tenhovisto at agora.

    29 - Se agora tam-bm tirardes a este daminha face, e lhe acon-tecer algum desastre,fareis descer as minhas

    Federao e h umsentimento comumem todos eles, de queo governo do PT fra-cassou. E esse senti-mento dessa pesqui-sa, na verdade, exter-na isso, expressa umsentimento majorit-rio da populao bra-

    sileira hoje que quermudanas, e mudan-as profundas, disseAcio em entrevistacoletiva ao lado go-vernador Teotnio Vi-lela, com quem o se-nador acompanhou os15 anos do tradicio-nal bloco Pinto da Ma-

    cs com aflio sepul-tura.

    30 - Agora, pois,indo eu a teu servo,meu pai, e o moo noindo conosco, como asua alma est ligadacom a alma dele,

    31 - Acontecerque, vendo ele que omoo ali no est, mor-rer; e teus servos fa-ro descer as cs de teuservo, nosso pai, comtristeza sepultura.

    32 - Porque teu ser-vo se deu por fiador poreste moo para commeu pai, dizendo: Seeu o no tornar para ti,serei culpado para commeu pai por todos osdias.

    33 - Agora, pois, fi-que teu servo em lugardeste moo por escravode meu senhor, e quesuba o moo com osseus irmos.

    34 - Porque, comosubirei eu a meu pai,se o moo no for comi-go? para que no vejaeu o mal que sobrevir

    Acio Neves: brasileiros querem mudanasdrugada.

    Acio Neves criti-cou a gesto do gover-no em reas essenci-ais na vida do cidado,como em sade e se-gurana pblica, e la-mentou as falhas naconduo da polticaeconmica.

    Falhou na condu-o da economia aodar como legado aoprximo governo umcrescimento pfio einflao alta, uma per-da crescente da cre-dibilidade para o Bra-sil. Falhou nos inves-timentos em infraes-trutura que poderiamlevar a um crescimen-to maior da economiabrasileira, a uma mai-or competitividadedas empresas brasi-leiras. Mas falhoutambm naquilo que essencial. Falhou na

    melhoria dos indica-dores de sade, namelhoria dos indica-

    Ao lado do governador Teotnio Vilela, em Macei, osenador afirmou que queda de avaliao positiva do

    governo mostra que governo federal fracassou

    dores de seguranapblica, afirmou A-cio Neves.

  • GAZETA DE VARGINHA | 0326 DE FEVEREIRO DE 2014LOCAL

    Obra do Centro de Convenes vaicustar R$ 1,5 mi e deve durar 4 anosProjeto de lei deu entrada na Cmara Municipal de Varginha na reunio desta segunda-feira

    O Centro de Con-venes do Municpiode Varginha dever fi-car pronto num prazomximo de quatroanos. Isso o que pre-v o projeto de lei en-caminhado CmaraMunicipal de Vargi-nha. A rea onde sererguido o empreendi-mento de 50 mil me-tros quadrados, nasproximidades do ae-roporto Major Trom-powsky.

    Segundo o ofcioque encaminha o pro-jeto, o Centro de Con-venes ser uma par- rea onde ser erguido o empreendimento nas proximidades do aeroporto

    ceria entre a empresaAgropecuria JokerLtda, proprietria doterreno, o Governo doEstado de Minas Ge-rais e a Prefeitura Mu-nicipal de Varginha. Ovalor aproximado daobra ser de R$ 1,5milhes.

    Nesta fase, o muni-cpio recebe a rea emdoao para ento re-pass-la a Companhiade DesenvolvimentoEconmico de MinasGerais Codemig.Esta empresa quecuidar dos projetos eda construo do Cen-

    tro de Convenes.No ofcio, assinado

    pelo prefeito AntnioSilva, se aponta quedificilmente a Prefei-tura encontraria umlugar mais propcio(perto do aeroporto)para a construo doCentro. A rea parteda Fazenda Bom Reti-ro.

    O projeto prev aconstruo do empre-endimento num prazode quatro anos. Mascaso nada seja feito emcinco anos, o imvelretorna ao antigo pro-prietrio.

    Ex-aluno da Fadiva ser presidente do Tribunal Superior do TrabalhoO Ministro Antnio

    Jos de Barros Levenha-gen, egresso da Fadiva,tomar posse como onovo Presidente do Tribu-nal Superior do Trabalho TST.

    Eleito pelo Pleno doTST, em 13 de dezembrode 2013, Levenhagenteve sua posse antecipa-da em virtude da aposen-tadoria compulsria doatual Presidente, Minis-tro Carlos Aberto Reis dePaula, que fez questo deenfatizar que o Tribu-nal estar em mos h-beis e competentes.

    Ministro Levenhagengraduou-se na Faculda-de de Direito de Varginha FADIVA, instituioque com muito orgulho

    recorda-se do ilustre Pre-sidente do TST, bemcomo de seu pai, AntnioJos de Souza Levenha-gen, que comps o qua-dro de docentes da Fadi-va por muitos anos, bemcomo de seu irmo, De-sembargador Carlos Au-gusto de Barros Leve-nhagen, que tambm

    graduou-se na Fadiva edesempenha suas fun-es com grande desta-que.

    A Fadiva muito se or-gulha destes profissionaisque por mrito da integri-dade profissional e pesso-al so reconhecidos emtodo cenrio jurdico bra-sileiro.

    To grandiosa foi aimportncia do festejadoprocessualista e civilistapara o conhecimento daFadiva, que o ento Di-retor dessa Casa de En-sino, o Professor Francis-co Vani Bemfica, com orespaldo de todo CorpoDocente e da FundaoEducacional de Vargi-nha, representada peloseu Presidente, o Profes-sor Morvan AloysioAcayaba de Rezende,criou, em 2004, a Co-menda Professor AntnioJos de Souza Levenha-gen, quando foramagraciados diversas per-sonalidades ligadas his-tria da Fadiva, comen-tou o professor da casa eJuiz de Direito, Dr. Mr-

    cio Vani Bemfica, amigoe grande admirador dafamlia Levenhagen.

    Com certeza o respei-to, carinho e admiraoque surgiram atravs deseu genitor estende-se seus filhos, que herda-ram do pai, no apenas ogosto pela carreira no Ju-dicirio, mas todas asqualidades que um ho-

    mem de bem necessitapara auxiliar a socieda-de.

    A solenidade ocorre-r s 17h, desta quarta-feira (26), ocasio em queo Ministro Joo OresteDalazan, decano do Tri-bunal, dar posse ao sem-pre estimado Dr. AntonioJos de Barros Levenha-gen.Ministro Antnio Jos de Barros Levenhagen

  • Selecionados do projeto Unis Diversidadeparticiparam de primeiro encontro

    04 | GAZETA DE VARGINHA 26 DE FEVEREIRO DE 2014LOCAL

    O primeiro encon-tro do projeto Unis Di-versidade aconteceuna tarde da ltimaquarta-feira, dia 19 defevereiro, no Campus Ido Centro Universit-rio do Sul de Minas. Oobjetivo foi apresentaraos alunos o calendriodos cursos e tambmambient-los ao proje-to. Ao todo 16 pessoascom deficincia parti-ciparam das ativida-des.

    Portador de Reti-nose Pigmentar, doen-a degenerativa que li-mita a viso a menosde 5%, o jovem AdamBrando Papini minis-trou uma palestra so-bre sua histria de

    vida e trajetria pro-fissional. No existelimitao para quemtem fora de vontade eempenho em realizarseus sonhos. Se umapessoa considerada

    normal mata um leopor dia, a gente preci-sa matar dois, desta-cou Adam, que cola-borador do GrupoUnis h seis anos eporta voz do projeto.

    O encontro foi con-duzido pelas gestorasdos departamentos deRH, Carla de Oliveirae de ResponsabilidadeSocial, Caroline Nery.Limitaes todo mun-

    do tem, por que ficars olhando para as di-ficuldades? Ns quere-mos falar das compe-tncias de cada um, oque cada pessoa tem demelhor, ressaltou Car-la.

    ProjetoLanado em Janei-

    ro pelo Grupo Educa-cional Unis, o projetotem por objetivo capa-citar pessoas com de-ficincia para ingres-sar no mercado de tra-balho. A iniciativa visaformar um banco de ta-lentos para o munic-pio. De acordo comCarla de Oliveira, osalunos que se destaca-rem nas oficinas sero

    contratados pela Insti-tuio. Os demais par-ticipantes tambm se-ro beneficiados j queos que no forem ab-sorvidos pelo GrupoUnis sero indicadosaos nossos parceiros,afirma.

    As aulas tero in-cio no ms de maro eseguiro at o ms dedezembro. Ao todo se-ro oito mdulos: Au-toconhecimento e Ges-to de Carreira, Comu-nicao, Empreende-dorismo, FinanasCorporativas, Atendi-mento ao Pblico, Ges-to de Projetos, Traba-lho em Equipe e Cria-tividade, realizadosuma vez ao ms.

  • Shopping Centers impulsionam varejo

    GAZETA DE VARGINHA | 0526 DE FEVEREIRO DE 2014LOCAL

    Varginha receber o primeiro empreendimento desse porte no prximo ano, o Via Garden Caf

    Com o crescimentoda economia brasileira einflao controlada, ovarejo se mostra cadavez mais importante noatual cenrio nacional.Em geral, as capitaisapresentam comrciovarejista estruturado ediversificado e com issooferecem mais opes aosconsumidores. Muito dis-so se deve aos shoppin-gs centers, que alm reu-nir em um nico lugardiversos segmentos decompras, contribuem lar-gamente para geraode empregos. Segundolevantamento feito pelaABRASCE (AssociaoBrasileira de ShoppingCenters), o setor geracerca de 800 mil empre-gos ao ano no Brasil.

    As vendas nestes es-tabelecimentos j repre-sentam aproximada-mente 20% do varejobrasileiro, reforado pelocrescimento do consumointerno, aumento darenda mdia mensal e a

    entrada de novas pesso-as no mercado consumi-dor. Em 2013 o fatura-mento do setor chegou aR$ 130 bilhes e conta-bilizou um trfego de415 milhes de visitan-tes ao ms. Os nmeroscomprovam que nos l-timos anos o setor estem franco crescimento;conta com timo desem-penho, aumento dasvendas, baixa vacncia,e inadimplncia reduzi-da.

    Exemplo disso atendncia de interiori-zao de malls. Dos 41novos empreendimentosprevistos para 2014, se-gundo a ABRASCE, 30estaro em cidades queno so capitais, o queocasionalmente pode in-cluir suas regies metro-politanas. Se confirma-dos, at o fim do ano, oBrasil ter 260 empre-endimentos em capitaise 276 em cidades do in-terior.

    Cidades como Vargi-

    nha, que receber o pri-meiro empreendimentodesse porte, passam poruma avaliao do vare-jo local. Sabemos que aspessoas tm a mesmanecessidade de consumoem cidade do interior ouna capital. Nossa pro-posta que o Via Caf

    Garden Shopping sejaum centro de compras,lazer e entretenimentocompleto. Por isso estu-damos muito para defi-nir o mix de lojas, avali-amos as opes que a ci-dade oferece e as carn-cias do pblico, afirmaJlio Macedo, Diretor

    Comercial da Tenco Sho-pping Centers.

    A inaugurao doprimeiro mall em umacidade um aconteci-mento que cria umanova histria econmicae social. Para se ter di-menso disso, h muni-cpios em que o consumi-

    dor nunca teve acesso amarcas como Riachuelo,Renner, McDonalds,Americanas, Marisa,Ponto Frio, C&A e ou-tras. Pelo ineditismo,nessas localidades, hlojas de 1500 m2, porexemplo, que vendemmais de R$ 1 milho aoms.

    O consumidor estcada vez mais exigentee bem informado. Porisso necessrio que te-nhamos projetos moder-nos e agradveis, commix de lojas que seja ca-paz de oferecer ao fre-quentador o que ele pro-cura. Alm de possibili-tar um bom atendimen-to aos clientes, com esteequipamento vamoscontribuir para o desen-volvimento da regio.Estimamos que o nossoempreendimento pro-porcione a gerao decerca de 35 milhes dereais em impostos nastrs esferas, afirmaMacedo.

    Nesta quarta-feira,26/02,o Mutiro da Lim-peza vai passar pela VilaAndere e parte do bairroJardim Andere. Ser no26/02/2014, das 7h30 s13h,

    quando o setor decombate dengue e a vi-gilncia ambiental per-correro os bairros comseus Agentes de Comba-te Endemias, levandoorientao de prevenono sentido de eliminar os

    Mutiro de Limpeza vai at o Jardim Andere nesta quartafocos da dengue em nos-sa cidade.

    Alm de sua Equipede Agentes de Combate Dengue e Fiscalizao,o Mutiro da Denguemais uma vez contarcom o apoio da Secreta-ria de Obras atravs daLimpeza Urbana (commquinas, caminhes eservios de varrio), daSecretaria de Agricultu-ra (com mquinas e ca-minhes) e da Secretaria

    de Meio-Ambiente (como caminho coletor delixo).

    Sero percorridas to-das as ruas do Bairro VilaAndere e parte do Bair-ro Jardim Andere, com-preendendo as Ruas In-cio Alvarenga, Paris, Ber-lim, Japo, Vereador Pe-dro Jlio, Cenculo, 31de Maro, Nepomuceno,Belo Horizonte, Juiz deFora, Trs Coraes ePouso Alegre, neste tra-

    balho de eliminao depossveis focos do mosqui-to Aedes Aegypti - mos-quito transmissor dadengue e febre amarela.

    Os organizadores doMutiro pedem aos mo-radores para retiraremde suas casas, deixandonas caladas, todos osmateriais inservveis,como mveis velhos,pneus, objetos que detmgua, dentre outros, quesero recolhidos pelo Mu-

    tiro de Combate Den-gue que sero recolhidos.Para se ter uma ideianosMutires que vmsendo realizados tm sidoretirados uma mdia de12 15 caminhes demateriais inservveis.

    Cabe destacar, quequando a doena estinstalada, ela pode tercomo sintomas: febrealta, dor de cabea, do-res no corpo, manchasavermelhadas pelo cor-

    po. No sentido de propor-cionar uma conscientiza-o aos moradores dosBairros Vila Andere eJardim Andere, ser fei-ta uma panfletagem ori-entativa junto aos mes-mos pelos Agentes daDengue e os Agentes Co-munitrios de Sade quetrabalham nos Postos deSade da Famlia dos res-pectivos Bairros contem-plados pelo Mutiro daDengue desta semana.

  • 06 | GAZETA DE VARGINHA 26 DE FEVEREIRO DE 2014

    LOCAL

    Agentes da Polcia Federal de Varginharealizam paralisao por dois dias

    Agentes da Pol-cia Federal de Vargi-nha paralizaram asatividades nesta ter-a-feira (25). Durantea manh, os policiaiscruzaram os braosem frente delegaciaem apoio ao movi-mento nacional quereivindica mais inves-timentos e valoriza-o da classe. Cercade 20 agentes dos 30que trabalham nasede em Varginhapermanecem em gre-ve at esta quarta-fei-ra (26).

    "Existe um enfra-quecimento, existeum corte de verbas, eexiste uma desmoti-vao generalizadaprincipalmente nadesvalorizao da car-reira dos agentes fe-derais, disse um dosagentes da Polcia

    Federal, Josias Fer-nandes, que partici-pava do movimento.

    Com a paralisa-o, apenas os servi-os relacionados aopassaporte esto sen-

    OportunidadeVende- se uma Casa, contendo trs quartos sendouma sute, com sala, copa, cozinha, banheiro soci-al, garagem para um carro, quintal com jardim, la-vanderia com dois cmodos e banheiro e rea comchuscasqueira. Imvel localizado na Rua Noruega,280 Bairro: Vila Andere II Varginha MG

    Valor - R$ 280.000,00Trata com Ademir Gomes - CRECI/MG 018856

    Telefones : (35) 3212-6502 (oi) ou (35) 9956-1014Escritrio - Alameda dos Pintagoes, 195 Cidade Nova

    do feitos na cidade."Este servio est pra-ticamente terceiriza-do e prestado hojepor servidores con-tratados. Mas os de-mais servios, como

    registro de armas, fis-calizao de seguran-a privada e princi-palmente as investi-gaes esto paralisa-das hoje e amanh,explicou Fernandes.

    O Ministrio daJustia foi procuradopara falar sobre asreivindicaes dosagentes da PolciaFederal, mas no deuum retorno sobre oassunto.

    Paralisaes emfevereiro

    No dia 11 de feve-reiro, a manifestaoaconteceu na PraaMarechal Floriano, noCentro de Varginha.Os policiais vestirama esttua do ET, sm-bolo da praa, comuma camisa com osdizeres "S.O.S PolciaFederal". Fazendouma aluso de que aPF no Brasil estariadoente, os policiaistambm se enfaixa-ram e usaram umamaca.

    Os policiais j ha-

    viam feito uma para-lisao no dia 7 de fe-vereiro e um algema-o em frente sede daPF em Varginha, en-tre as 8h e 10h, parapedir mais reconheci-mento e valorizaodo trabalho. No pro-testo, os agentes pen-duraram os coturnose as algemas na portada sede da Polcia Fe-deral na cidade.

    De acordo com osagentes, a paralisaofaz parte de um calen-drio nacional duran-te o ms de fevereiropara reivindicar me-lhorias na categoria.De acordo com a as-sessoria de imprensada Polcia Federal, omovimento no des-carta uma greve geralantes da Copa doMundo, em junho des-te ano.

    Agentes da Polcia Federal de Varginha fazem paralisao em frente delegacia

    PM realiza operao antidrogas perto do Parque CentenrioA operao foi re-

    alizada na tarde des-sa segunda-feira, 24,nas proximidades doParque Centenrio,onde a PM abordou ocondutor de uma mo-tocicleta, 19, o qualpossui diversas pas-sagens pela polcia econfessou aos milita-res que guardava dro-gas em sua casa. Comele foi encontrada aquantia de R$ 183,00.Os policiais entodeslocaram para a re-

    sidncia do suspeito,situada Rua Argen-tino Bueno Silva,Bairro Parque Marie-la, onde tiveram a en-trada autorizada pela

    me do suspeito, sen-do apreendido um ta-blete de maconha den-tro de seu automvelque estava estaciona-do na garagem. O jo-

    vem foi preso em fla-grante.

    Em continuidades buscas os militaresdescobriram que nacasa havia um poro,o qual se encontravaalugado para um in-divduo com diversaspassagens pela pol-cia, conhecido comoRogerinho. No localfoi apreendido maisum tablete de maco-nha e diversos mate-riais de procednciaduvidosa, entre eles

    celulares e aparelhoseletroeletrnicos. APM realizou intenso

    rastreamento, masRogerinho no foiencontrado.

  • GAZETA DE VARGINHA | 0726 DE FEVEREIRO DE 2014

    REGIONAL

    Um abatedouroclandestino em BomJardim de Minas, naregio Sul do Estado,foi fechado pela Pol-cia Militar (PM) nes-ta segunda-feira (24).Foram encontrados54 porcos para abatee 800 kg de carne fo-ram apreendidos.

    De acordo com aPolcia Militar (PM),foi cumprido um man-dado de busca e apre-enso na fazenda San-ta Maria, junto comfiscais do InstitutoMineiro de Agropecu-ria (IMA), onde ha-via vrias irregulari-dades. Logo na entra-da do imvel, em umcmodo, foram encon-trados serra de corte,balana, restos mor-tais cados ao cho;em uma cmara fria

    Abatedouro fechado e 800 kg decarne so apreendidos no Sul de MG

    foram localizadas par-tes de sunos e bovi-nos pendurados, bemcomo cabeas de boisabatidos ao cho.

    Ainda, foram en-contrados 54 porcos,que provavelmenteseriam abatidos, sen-do que um destes ani-mais encontrava-se

    morto e enterrado naprpria fazenda.Alm disso, foi acha-do um carretilha queprovavelmente erautilizado para depen-durar os animais paraabate.

    Durante a visto-ria, os militares de-tectaram interveno

    ambiental em doispontos distintos den-tro da faixa dos 30metros ao longo deum curso dgua, reaconsiderada de pre-servao permanenteos quais foram depo-sitados restos mor-tais de bovinos, sendobarrigada, vsceras e

    ossos.Tambm foi obser-

    vado que na proprie-dade existe uma bar-ragem/represa. O pro-prietrio informouque era usada paracriao de peixes edessedentao de ani-mais e a captao degua para consumo

    humano e animal.No total, foram

    apreendidos 800 kgde carne, recolhidas edestinadas ao aterromunicipal para des-truio.

    Uma multa de R$4.811,21 foi geradapor danificao derea de preservaoambiental, com restosde animais, pela faltade licenciamento am-biental para criaode porcos, por utiliza-o barragem/represasem a devida libera-o e por utilizargua, sem o respecti-vo cadastro.

    O proprietrio dafazenda Joaquim Mi-guel Nunes, 53, foipreso e encaminhadopara a Delegacia dePolcia Civil de An-drelndia.

    Vrias irregularidades foram encontradas no abatedouro clandestino em Bom Jardim de Minas

  • 08 | GAZETA DE VARGINHA 26 DE FEVEREIRO DE 2014

    REGIONAL

    O ms de fevereiroregistra o incio da tem-porada 2014 de peixa-mentos no Sul de Minas.A soltura de peixes ale-vinos e juvenis promo-vida pela CompanhiaEnergtica de MinasGerais Cemig, atravsdo Programa PeixeVivo, criado para preser-var a ictiofauna nas ba-cias hidrogrficas ondea Empresa tem usinas.At meados de maio,ser realizada a solturade aproximadamente 2toneladas de peixes deespcies nativas da Ba-cia do Rio Grande, emrios de 14 municpios daregio.

    EventosO primeiro evento

    desta temporada acon-teceu nesta tera-feira,25 de fevereiro, com asoltura de 40 quilos dealevinos das espcies cu-rimba, piau, piracanju-ba e dourado no Rio Aiu-ruoca, em So Vicente deMinas.

    Todos os eventos es-to sendo realizados coma parceria das prefeitu-ras municipais e PolciaMilitar do Meio Ambien-

    Cemig inicia temporada de solturade peixes nos rios do Sul de MG

    te, e contam com a par-ticipao de escolas e dacomunidade local.

    Pesquisa e Desenvolvi-mento: parceriaCemig e UFSJ

    A Cemig conduz tra-balhos de pesquisa e de-senvolvimento paraaperfeioar o conheci-mento, as prticas e astecnologias de proteoambiental nas reas im-pactadas por suas ativi-dades, franqueando aopblico os resultados.

    Em parceria com aUniversidade Federalde So Joo Del Rei -UFSJ, a Cemig ampliao conhecimento atravs

    do projeto: Desenvolvi-mento de ferramentasmoleculares (DNA) paramonitoramento ambien-tal de peixes e plantisde piscicultura.

    Este projeto buscadesenvolver ferramen-tas moleculares basea-das em marcadores ge-nticos para espcies deinteresse nas atividadesde gerenciamento e ma-nejo da icitofauna emreservatrios de usinashidreltricas e estaesde piscicultura da Ce-mig, como piapara, pira-canjuba e dourado.

    IBI ndice de In-tegridade Bitica (Indexof Biotic Integrity)

    Estudos recentes so-bre a qualidade ambien-tal de lagos e rios vematribuindo maior impor-tncia s relaes que osfatores ambientais exer-cem sobre as comunida-des biolgicas.

    O IBI uma ferra-menta utilizada hojepara avaliar qualidadeambiental e diagnosti-car degradao ambien-tal em gradientes decondies, com base nasrespostas das comunida-des biolgicas aquticas,notadamente peixes emacroinvertebradosbentnicos (pequenosinvertebrados que vi-vem no fundo de ambi-entes aquticos) em re-lao s presses antr-picas.

    Essa abordagem,amplamente utilizadanos Estados Unidos e naUnio Europeia, atribuiuma "nota" relativa aograu de conservao doscursos d'agua, variandode muito ruim at omais preservado poss-vel (Macedo et al.,2012). Esta avaliaoconsidera, portanto, ce-nrios onde o uso e ocu-pao do solo, integrida-

    de de zonas riprias, di-versidade de hbitats f-sicos, condies limnol-gicas e estrutura/distri-buio de comunidadesbiolgicas bioindicado-ras de qualidade degua oferecem informa-es estratgicas degrande interesse para agesto de bacias hidro-grficas e conservaoda biodiversidade.

    Desenvolvimento detecnologia para avalia-o de caractersticasnatatrias da ictiofaunamigradora brasileira:parceria entre Cemig eUFMG

    O projeto Desenvol-vimento de tecnologiapara avaliao de carac-tersticas natatrias daictiofauna migradorabrasileira desenvolvi-do em parceria entreCemig e UFMG atravsdos seus departamentosde engenharia hidruli-ca e zoologia.

    Este projeto visaampliar o conhecimentosobre o comportamentode espcies migradorasno mdio rio Grande eno rio Paranaba pormeio da utilizao de bi-otelemetria (CTPeixes).

    No mdio rio Grande,esto sendo estudadasas espcies Prochiloduslineatus (curimba), Sal-minus brasiliensis (dou-rado) e Pimelodus ma-culatus (mandi). No rioParanaba as espciesalvo so Zungaro jahu(ja), Pesudoplatystomacorruscans (pintado) ePinirampus pirinampu(barbado). Tambm bus-ca medir a capacidadenatatria de oito espci-es migradoras das baci-as do Paran, So Fran-cisco e rio Doce (CPH),a saber : Brycon ortho-taenia, Salminus fran-ciscanus, Astyanax bi-maculatus, Leporinusconirostris, Prochilodusvimboides, Leporinusoctofasciatus, Leporinuselongatus, Pseudopla-tystoma corruscans.

    Em parceria com aUFMG, a Cemig tam-bm desenvolve o proje-to: Avaliao de risco emorte de peixes em usi-nas da Cemig, alm deoutros projetos voltados manuteno da varie-dade gentica e manu-teno ou incremento dadisponibilidade pesquei-ra.

    Cemig anuncia incio da temporada de soltura de peixes nos rios do Sul de Minas Gerais

    Cidades do interior de Minas recebem o programa Cemig na PraaA Companhia Ener-

    gtica de Minas Gerais(Cemig) est levando oprograma Cemig na Pra-a para diversas cidadesdo interior do Estado nosprximos dias. O progra-ma funciona atravs dainstalao de pontos deatendimento nas praascentrais dos municpios,onde os consumidores

    podem solicitar a realiza-o de servios e conhe-cer os cuidados que de-vem ser adotados comrelao rede eltricapara evitar acidentes,alm de esclarecer dvi-das sobre o trabalho re-alizado pela empresa.

    Embora esteja pre-sente com postos de aten-dimento nos 774 muni-

    cpios de sua rea de con-cesso, a Cemig, com oprograma, pretende in-tensificar seu relaciona-mento com a comunida-de do interior do Estado,levando as agncias deatendimento mais prxi-mo do consumidor des-sas cidades. Nesta sema-na, os municpios con-templados sero: Couto

    de Magalhes de Minase Alvinpolis, na RegioCentral, e Borda daMata (26), no Sul de Mi-nas.

    J foram contempla-dos, na semana passada,Serro e Santo Antnio doItamb, na Regio Cen-tral; Claraval, no Oeste;Crrego Novo, no RioDoce; Angelndia, no Je-

    quitinhonha e Mucuri;Raul Soares e So Pedrodos Ferros, na Zona daMata; Itacambira e Je-quita, no Norte de Mi-nas, e Inga, no Sul deMinas. E, aps o carna-val, ser a vez de Palm-polis, no Jequitinhonhae Mucuri, e Chcara, naZona da Mata, na sema-na de 10 a 14 de maro,

    receberem o programa.A recomendao

    para os clientes que tminteresse de participar doCemig na Praa quelevem, para o local deatendimento, uma contade luz atualizada, ondeconstam dados do consu-midor que podem facili-tar a prestao dos escla-recimentos.

  • RODRIGO SILVA FERNANDES advogado e articulistapoltico do Jornal Gazeta de Varginha as quartas e

    sextas - e-mail: [email protected]

    Fazendo escola por Minas?Parece que Varginha tem exportado

    para alm das fronteiras da cidade muitomais que caf, mas tambm comportamen-tos. Vejam s a notcia do Jornal Hoje emDia, de 20/02, da semana passada. Verea-dor e motorista usam carro oficial para com-prar cocana e so presos em BH. Um vere-ador da cidade de Bom Sucesso, e um moto-rista da Prefeitura de Itana, foram presosaps usarem carro oficial da ltima cidadepara comprar cocana.

    O parlamentar Gledson Junio PaixoGonalves, de 32 anos, e o condutor MiltonHenrique de Magalhes e Carrico, de 43, fo-ram detidos no comeo da tarde de quarta-feira (19/02), no Morro das Pedras, ladoOeste da Capital mineira. De acordo com aPolcia Militar, os dois homens foram fla-grados em atitude suspeita na esquina en-tre as ruas Braz com Esperana, onde esta-cionaram o Vectra preto da Prefeitura deItana em local proibido. Segundo os mili-tares do 22 Batalho, ao notar a presenada polcia no aglomerado, a dupla desistiude entrar no carro oficial e tentou fugir an-dando rapidamente. Qualquer semelhan-a mera coincidncia. S faltou o verea-dor colocar a culpa no motorista e depoisdar uns sopapos nele!!

    Opinio de coragemO juiz de Direito Oilson Nunes Hoff-

    man Schmidt realmente destemido emsuas colocaes. O magistrado nunca dei-xou de defender a construo de um pres-dio em Varginha. Para o juiz, tal constru-o um mal necessrio na medida que ocrime esta ai, e crescendo, e sem um pres-dio, atualmente os presos esto enlatadosna cadeia pblica municipal superlotada oque um risco iminente.

    Outro ponto de vista defendido porOilson Hoffman que a construo de umpresdio em Varginha, nos moldes de segu-rana e estrutura que se exige para a cida-de, geraria diversos empregos permanen-tes, alm da maior segurana para a popu-lao.

    Afinal, a atual cadeia seria uma bom-ba relgio, com segurana precria, e pres-tes a explodir. Vale lembrar que s a cons-truo do presdio seria um investimentoem torno de R$ 15 milhes o que por si sgeraria um impulso na economia local. Bem,dito todos os prs, necessrio que se abraa conversa, pois existe muita gente contratal construo na cidade, e com robustos efundamentados argumentos, que vo de se-gurana a desvalorizao, passando pelamanuteno de tal estrutura e como no po-deria deixar de ser, a busca de outros in-vestimentos melhores para a cidade. Afi-nal, o mesmo esforo poltico que se tem

    para trazer um presdio, pode se trazer umauniversidade, ou um complexo hospitalar,ou mesmo o agora falado, aeroporto de car-gas. O juiz Oilson Nunes Hoffman Schmidt um profissional do Direito dos mais res-peitados, tem coragem para dizer o que pre-cisa ser dito, mesmo que espante a socieda-de e a classe poltica local com suas idias.Democracia isso, liberdade de idias e pen-samentos!

    Guarda Municipal e o MMA LegislativoO marasmo na Guarda Municipal de

    Varginha pode ser quebrado por um acon-tecimento polmico envolvendo, por en-quanto, s a Cmara Municipal. Uma fonteda coluna disse que a possvel agresso dovereador P de Chumbo a um motorista daCmara na semana passada, teria sido gra-vada por uma das cmeras de vdeo insta-ladas no centro da cidade, todas sob respon-sabilidade da Guarda. E que a instituiomunicipal de segurana estaria resistindoem entregar as filmagens.

    Certo mesmo que o envolvimento daGuarda Municipal no episdio seria a par-ticipao direta do Executivo num caso queat agora estava restrito ao Legislativo eseus integrantes. Parece que este caso doP ainda vai dar muito pano pra manga.

    Ningum sabe, ningum viu!!A Prefeitura de Varginha no poder

    alegar desconhecimento da gravidade ecomplexidade do problema para assumir ailuminao pblica a partir do ano que vm!O prazo para que o Executivo assumisse aresponsabilidade pela iluminao j foi pro-telado vrias vezes, as reclamaes quantoa deficincia e ineficincia da iluminaopblica de Varginha esto pipocando pelacidade, mas na prefeitura at agora, nadase fala ou planejam sobre o assunto! Issoesta com cara de que, na ltima hora, ale-gando motivos abstratos, o governo muni-cipal vai mesmo contratar a iniciativa pri-vada para executar o servio, a preo deouro, como no caso do Aterro Sanitrio! Otempo dir!

    Mesmo errosMesmo errosMesmo errosMesmo errosMesmo errosA coluna no deixou de criticar a lti-

    ma gesto petista por diversos erros degesto que poderiam ser evitados com maisplanejamento no governo. Um destes er-ros resultou no fechamento do Zoolgicomunicipal. O local est fechado desde 2009,e as obras que seguem a passo de tartaru-ga no mudaram de ritmo neste governodo PTB. A Prefeitura at j foi multada peloatraso e irregularidades na obra.

    Casas Bahia! Quer pagar quanto?O trabalho do Codema de Varginha

    de muita importncia, principalmente parao futuro e a qualidade de vida na cidade.Talvez por isso sejam perigosas as transa-es e compensaes ambientais feitas pelorgo com as muitas empresas e entes quese relacionam com o Codema. Recentemen-

    te, em ateno a um pedido do Codema, aempresa Construtora Dharma Ltda fez adoao de uma podadeira da marca STIHL,como compensao ambiental, para uso daSecretaria Municipal de Meio Ambiente, quepossui centenas de pedidos de podas paracumprir na cidade.

    A empresa construtora tambm infor-mou em correspondncia inserida nos pro-cessos o cumprimento do plantio de 991mudas, como compensao ambiental de re-cuperao de rea de preservao perma-nente - APP e rea verde do empreendimen-to construdo na cidade pela empresa. A co-luna no questiona a funcionalidade e pra-ticidade destas negociaes com diversasempresas, muitas delas que at j foram au-tuadas pelo rgo por descumprimento dasleis. Estas transaes, inclusive, so pre-vistas em lei.

    O que a coluna coloca em cheque que,em algum momento, j houve por parte doCodema a banalizao de infraes ambien-tais cometidas por empresas privadas, quecompensavam suas mazelas com migalhasambientais propostas pelo Codema. Taiscompensaes e transaes entre o Code-ma e empresas particulares precisam serregulamentadas e normatizadas, para queno fiquem a cargo do imaginrio de quemesta no poder naquele momento!.

    Presente de grego TucanoCom a renncia do deputado federal

    Eduardo Azeredo (PSDB), acusado de co-mandar o chamado mensalo mineiro Tu-cano, quem volta ao Congresso como de-putado federal o empresrio Edmar Mo-reira, o famoso deputado do castelo. O de-putado federal Edmar Moreira passou o cas-telo para o nome do filho, Leonardo Morei-ra, que deputado estadual. O imvel loca-lizado em So Joo Nepomuceno esta ven-da, a propriedade foi avaliada em R$ 25milhes em 2009.

    Na poca, o agora deputado EdmarMoreira, ficou conhecido como deputado docastelo por no declarar a propriedade Justia Eleitoral em sua prestao de con-tas na campanha eleitoral de 2006. O caste-lo tem 7.500 metros quadrados de reaconstruda, e foi erguido entre 1982 e 1990.So 36 sutes e uma rea de 192 hectares.

    O piso do castelo revestido em mr-more e o local conta com um heliporto. difcil dizer, pois Eduardo Azeredo no vaifazer falta no Congresso, mas conseguiu ar-rumar um substituto to polmico e noci-vo que bem possvel que Azeredo deixesaudades na Cmara. Azeredo j obteve1500 votos em Varginha, e foi o federal tu-cano majoritrio na cidade, embora tenhacriado a Lei Robin Hood que praticamen-te quebrou Varginha com a reduo do VAFda cidade!

    FATOS E VERSESGAZETA DE VARGINHA | 0926 DE FEVEREIRO DE 2014

  • OAB/MG 81424Rua Argentina, 535

    Vila Pinto CEP:37.010-640 Tel: 3222-4801

    [email protected]

    Dr. Gustavo Chalfun

    Mande sua pergunta para [email protected]

    OAB/MG 106.276Rua Dona Margarida, n 48,

    Bairro Vila Pinto, CEP 37.010-580. Tel: (35) 3222-1049

    Dr. GustavoPinto Biscaro

    [email protected]

    OAB/MG 65099Av Salum Assad. David,

    70 - Santa LuizaTel: ( 35) 3214-5051

    Dr. PatrciaBregalda Lima

    [email protected]

    OAB/ MG 84.17620 Sb-Seo

    Rua Maria Benedita,63 -sala 106- Vila Pinto

    3223-5362/Cel :9988-3485

    Dr. VicenteLima Lordo

    [email protected]

    OAB/MG 81667Delfim Moreira, 258,

    sala 201- Centro-Varginha -MGTel: 3222 2851

    Dr. Daniel Piva

    [email protected]

    10 | GAZETA DE VARGINHA

    SAIBA SEUS DIREITOS

    'No deve ser legal, mas vou me acostumar',prev Roberto Jefferson sobre pena na priso

    Ainda em casa,escovando os dentespara entrar no carroda Polcia Federal eseguir preso comdestino ao presdioem Niteri, o ex-de-putado federal Ro-berto Jefferson(PTB-RJ) disse quepretende trabalhardurante o dia ao lon-go do cumprimento

    da pena de sete anose 14 dias em regimesemiaberto a qualfoi condenado porparticipao no pro-cesso do mensalo.Em entrevista exclu-siva ao GLOBO natarde de segunda-feira, Jefferson feztambm a previsode que, com o tempo,se acostumar com a

    nova rotina de presi-dirio. - No deve serlegal, mas, com otempo, eu vou meacostumar. Vou pro-curar ficar serenoneste primeiro mo-mento - disse o dela-tor do mensalo.

    Na noite de do-mingo, a expectativado prprio Jeffersonera de ficar no pres-

    dio da Papuda, noDistrito Federal. Em15 de novembro doano passado, todos osprimeiros presos noprocesso do mensa-lo se apresentaram Policia Federal emseus respectivos es-tados e, em seguida,levados Papuda.Ele criticou o presi-dente do Supremo

    Tribunal Federal, Jo-aquim Barbosa:

    - a minha sen-tena de morte. Se isso que ele (JoaquimBarbosa) quer, noprecisa pedir paraningum que execu-te minha pena capi-tal. Meu prognsticode vida foi de 10anos. S me restamoito anos. Ele est

    Advocacia Pblica ser tema de encontro em VarginhaNos dias 12 e 13 de

    maro, a partir das 19h,ser realizado no audi-trio da OAB em Vargi-nha o II Encontro SulMineiro de AdvocaciaPblica. sO evento tempor objetivo marcar oDia Nacional da Advo-cacia Pblica e promo-ver a reflexo sobre opapel dos Advogados P-blicos e sobre os benef-cios que uma AdvocaciaPblica fortalecida podetrazer para o Pas e paraa sociedade.

    O encontro contarcom a participao de Ad-vogados Pblicos fede-rais, estaduais e munici-pais, Advogados Priva-dos, autoridades locais eestudantes de Direito.

    O Procurador Secci-onal Federal da AGU emVarginha, Galdino Dias,destaca a relevncia doencontro: O evento serimportante no s paracomemorar o Dia Nacio-

    nal da Advocacia Pbli-ca, mas, tambm, parapromover a integraodos Advogados Pblicos eo aperfeioamento dasinstituies do sul de Mi-nas. Aprimorando a Ad-vocacia Pblica, estare-mos ajudando a cons-truir um pas melhorpara todos.

    Para a presidente daComisso de AdvocaciaPblica da OAB-Vargi-nha, Maria ElisaBar-quette, esse segundo en-contro da Advocacia P-blica sul mineira sermuito especial. Estamospreparando um eventomais robusto do que o doano passado.

    Selecionamos temasde grande interesse econvidamos palestrantesconceituados de outrasregies do estado. Espe-rarmos brindara comuni-dade jurdica de Vargi-nha e regio com umevento altura da data.

    26 DE FEVEREIRO DE 2014

    As inscries para oencontro podem ser rea-lizadas pelo e-mail advo-c a c i a p u b l i c a [email protected] Asvagas so limitadas.

    O evento conta como patrocnio da Unio dosAdvogados Pblicos Fe-derais do Brasil (UNA-FE), da Associao dosProcuradores do Estadode Minas Gerais (APE-MINAS) e do SindicatoNacional dos Procurado-res da Fazenda Nacional(SINPROFAZ).Para mais informae-senvie mensagem paraoe-mail [email protected]

    SERSERSERSERSERVIOVIOVIOVIOVIOEvento: II Encontro SulMineiro da AdvocaciaPblicaLocal: auditrio OABVarginhaData: 12 e 13 de marode 2014Horrio: a partir das 19h

    Programao:Programao:Programao:Programao:Programao:

    Dia 12 de maro- 19h Solenidade de Abertura- 19h30min PalestraTema: Ativismo judicial e o direito fundamental a umaprevidncia equilibrada e sustentvelPalestrante: Dr. Marcelo Barroso Lima de B. Cam-pos Procurador do Estado de Minas Gerais- 20h50min Painel 1Tema: O papel da Advocacia Pblica na preveno ecombate corrupoPainelistas:Dr. Jaime Villela Procurador do Estado de MinasGeraisDr. Omar Serva Maciel Advogado da Unio Dia 13 de maro- 19h Painel 2Tema: Ampla defesa, conciliao e justia: possibili-dades, limites e perspectivasPainelistas:Dr. Galdino Jos Dias Filho Procurador FederalDr. Tiago da Silva Fonseca Procurador da Fazen-da Nacional- 20h50min Painel 3Tema: A autonomia da Advocacia Pblica e seus be-nefcios para a sociedadePainelistas:Dr. Rogrio Salom - Procurador do Estado de MinasGeraisDep. Diego Andrade Deputado Federal

    colocando um fimnessa agonia - reve-lou Jefferson aoGLOBO, no domin-go, antes de ser ex-pedido o mandado depriso contra ele.

    Em 2012, o pete-bista foi diagnostica-do com um tumor nopncreas. A defesa deJefferson tentou fa-zer com que o ex-de-putado cumprissepena domiciliar, masJoaquim Barbosa ne-gou. O ex-deputadotenta autorizaopara levar para a pri-so cerca de 20 me-dicamentos que fa-zem parte de seu tra-tamento.

    Na ltima sex-ta-feira, como reve-lou O GLOBO, Ro-berto Jefferson ini-ciou a campanha dearrecadao de di-nheiro dentro doPTB para pagar amulta de R$ 720 mildeterminada peloSupremo TribunalFederal. A filha dele,Cristiane Brasil, se-cretria municipalde Envelhecimento eQualidade de Vidano governo EduardoPaes (PMDB), foi aprimeira pessoa adoar, mas no soubedizer quanto.

  • Carne frita ou assada aumenta risco de demncia, diz estudo

    O acetaminofeno(paracetamol), anal-gsico de uso comumconsiderado seguropara mulheres grvi-das, foi vinculado pelaprimeira vez ao riscode desenvolvimento dotranstorno de dficitde ateno com hipe-ratividade (THDA) emcrianas, segundo es-tudo publicado nestasegunda-feira (25) nosEstados Unidos.

    Sero necessriosmais pesquisas paraconfirmar as descober-tas.

    No entanto, espe-cialistas da Universi-dade da Califrnia eda Universidade deAharus (Dinamarca)descobriram que asmulheres grvidasque tomaram acetami-nofeno tiveram umrisco 37% maior de terfilhos que poderiamter transtorno hiper-quintico, uma forma

    particularmente seve-ra de transtorno de hi-peratividade com dfi-cit de ateno(THDA).

    A origem desta con-dio, que afeta 5%das crianas america-nas, ainda desconhe-cida.

    Segundo a investi-gao, publicado narevista da AssociaoMdica Americana,em comparao com asmulheres grvidas

    que no tomaram oanalgsico, as que ofizeram tinham 29%mais probabilidadesde ter filhos aos quaisforam prescritos rem-dios para o THDA e13% mais chances deter filhos com condutasparecidas s do THDApor volta dos sete anos.

    Pesquisas anterio-res tinham sugeridoque o acetaminofenopode interferir no fun-cionamento normal

    A presena de umprofissional de sadedurante o parto poderiaevitar 950 mil mortes debebs por ano, segundorelatrio da fundaoSave The Children. Oestudo identificou que2,2 milhes de mortesocorreram em 2012 du-rante o nascimento ouno primeiro dia de vidada criana.

    A presena de ummdico, enfermeiro ouparteira preveniria 45%dos bitos durante o par-to e 43% daqueles entrerecm-nascidos.

    O relatrio destacaque 40 milhes de mu-lheres no receberamnenhum tipo de assis-tncia profissional aodar luz, das quais 2milhes estavam com-pletamente sozinhas. Amaioria delas so po-bres, fazem parte deminorias tnicas, tmpoucos anos de estudo

    SADE

    ou vivem em reas ru-rais.

    A Save The Chil-dren estima em 7,2 mi-lhes a carncia de m-dicos, enfermeiros e par-teiros no mundo. Almde prover os cuidadosnecessrios durante eaps o nascimento, essesprofissionais so essen-ciais para os 10% dosrecm-nascidos que pre-cisam de ajuda at pararespirar.

    Dentre os 75 pasesanalisados no relatrio,a Somlia onde essetipo de atendimento omais precrio: apenas9,4% dos partos tm apresena de um profis-sional de sade. Depoisvm a Etipia, com 10%,e a Repblica do Cha-de, com 16,6%.

    Os melhores ndicesesto no Uzbequisto,com 99,6%, no Turcome-nisto, com 99,5%, eBotsuana, com 99,1%.

    GAZETA DE VARGINHA | 11

    Falta de ajuda no parto

    mata quase 1 milho de

    bebs por ano, diz estudo

    Uso de analgsico na gravidez teriaelo com risco de THDA em crianas

    dos hormnios e pode-ria afetar o desenvol-vimento cerebral dofeto. A pesquisa se ba-seou em dados de maisde 64 mil mulheres di-namarquesas entre1996 e 2002. Mais dametade delas disse tertomado acetaminofenopelo menos uma vezdurante a gravidez.

    Especialistas ad-vertiram que os resul-tados da pesquisa noprovam que o medica-mento seja a causa doTDAH nas crianas,mas apenas um vncu-lo preliminar entre osdois fatores. "Os resul-tados deste estudo de-veriam ser interpreta-dos com cautela e nodeveriam mudar asprticas habituais",afirmou, em um edito-rial da revista, umgrupo de especialistasda Escola de Medicinada Universidade deCardiff.

    26 DE FEVEREIRO DE 2014

    O cozimento decarne no forno, na gre-lha ou em frigideiralibera substncias qu-micas que podem au-mentar o risco de de-senvolver demncia,sugerem pesquisado-res norte-americanos.

    Os chamados Pro-dutos de GlicaoAvanada (os AGE, dasigla inglesa AdvancedGlycation Endpro-ducts) tm sido asso-ciados a doenas comoa diabetes tipo 2.

    Ratos alimentadoscom uma dieta rica emAGEs apresentaramacmulo de protenasperigosas no crebro etiveram a funo cog-nitiva prejudicada.

    Especialistas afir-maram que os resulta-dos so 'convincentes',embora no forneam'respostas definitivas'.

    AGEs so forma-das quando protenas

    ou gorduras reagemcom acar. Isso podeacontecer natural-mente ou durante oprocesso de cozimen-to. Pesquisadores daIcahn School of Medi-cine at Mount Sinai,em Nova York, testa-ram o efeito da AGEs

    em camundongos epessoas.

    A experincia comanimais, divulgada napublicao Proceedin-gs of the National Aca-demy of Sciences,mostrou que uma die-ta rica em AGEs afetaa qumica do crebro.

    Isso leva a um ac-mulo de protena de-feituosa beta-amilide- uma caractersticada doena de Alzhei-mer. Os ratos que co-meram uma dieta bai-xa em AGEs foram ca-pazes de impedir aproduo da protena.

    Por outro lado, osratos realizaram bemmenos tarefas fsicas ementais depois de di-etas ricas em AGEs.

    Uma anlise decurto prazo de pesso-as com mais de 60anos sugere uma liga-o entre altos nveisde AGEs no sangue eo declnio cognitivo.

    O estudo concluiu:'Relatamos que a de-mncia relacionada idade pode ser causal-mente associada a al-tos nveis de alimentoscom Produtos de Gli-cao Avanada .

    'O mais importan-

    te, a reduo da AGEsderivados de alimen-tos, vivel e pode seruma estratgia de tra-tamento eficaz.'

    Derek Hill, profes-sor da University Co-llege London, comen-tou: 'Os resultados soconvincentes.'

    'Como a cura paraa doena de Alzheimercontinua a ser uma es-perana distante, osesforos para evit-laso extremamente im-portantes, mas esteestudo deve ser vistocomo incentivador continuidade dos tra-balhos de pesquisa,mesmo sem fornecerrespostas definitivas.'

    'Mas isso motivopara otimismo - o es-tudo acrescenta evi-dncias e sugere que ouso de estratgias depreveno pode redu-zir a incidncia da do-ena de Alzheimer e

    outros tipos de de-mncia na sociedade,o que poderia ter umimpacto muito positi-vo em todos ns.'

    Simon Ridley, dao r g a n i z a oAlzheimer's ResearchUK, disse: 'Diabeteshavia sido previamen-te associada a um ris-co maior de demncia,e este pequeno estudofornece uma nova vi-so sobre alguns dospossveis processosmoleculares que po-dem ligar as duas con-dies.'

    ' importante no-tar que as pessoas en-volvidas neste estudono sofrem de demn-cia. Como o tema ain-da no foi suficiente-mente estudado, nsainda no sabemoscomo a quantidade deAGEs em nossa dietapode afetar o nossorisco de demncia.'

    Uma anlise de curto prazo de pessoas com mais de60 anos sugere uma ligao entre altos nveis de AGEs

    A origem desta condio, que afeta 5% dascrianas americanas

  • Props-lhes outra parbola, dizendo: OReino dos cus semelhante ao homem que

    semeia boa semente no seu campo;(Matheus 13:24)

    Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei

    12 | GAZETA DE VARGINHA

    EVANGLICA

    Uma coisa pedi aoSenhor, e a buscarei:que possa morar nacasa do Senhor, todosos dias da minhavida, para contemplara formosura do Se-nhor, e aprender noSeu templo, Sl 27:4.

    Muitas so as coi-sas de que necessita-mos. Umas de grandenecessidade como ocaso de comer, beber,vestir, da cura de en-fermidades, de segu-rana, do trabalho, doamor, entre outras.Outras, porm, noto necessrias vidae que este mundo nosassedia tornando-nosconsumidores de coi-sas. O encontro deDeus com o homemsuscita neste umamudana radical nodesejo do seu corao.

    Quando Jesus es-colheu os Seus disc-pulos e diante deles semanifestou, como aPalavra e maravilhas,nem todos sabiamquem Ele era. Por esta

    razo que Filipe, nosuportando mais, nosaber quem Jesus eralhe pediu que lhe mos-trasse o Pai. Ento Je-sus lhe respondeu queh muito que com elesandava e como queele ainda no o conhe-cia, porque quem Ovia, via o Pai.

    A dificuldade deFilipe em admitir queJesus era a expressoexacta do Pai, Eu Sou,era porque era homeme foi tambm por esta

    razo que os judeusrejeitaram o Messias,porque sendo homemse dizia Deus.

    Quando o rei Davipediu e buscou ao Se-nhor, para poder con-templar a Sua formo-sura, semelhana doque Moiss tambmdesejou conhecer oRosto de Yaw, por-que o encontro do ho-mem com Deus des-perta uma grande cu-riosidade em sabercomo Ele . Lemos no

    Os evanglicos daregio de San Cristobalde las Casas, no esta-do mexicano de Chia-pas, esto sendo perse-guidos pela maioriacatlica por no aceita-rem contribuir finan-ceiramente com os cus-tos de festivais catli-cos. De acordo com orepresentante das 25famlias evanglicas dacidade, suas casas tive-ram o fornecimento deenergia eltrica e guacortado pelas autorida-des municipais. A cida-

    de fica prxima fron-teira do Mxico com aGuatemala, e a comu-nidade catlica estariainfluenciando as auto-ridades a chantagea-rem os evanglicos coma interrupo dos ser-vios pblicos. De acor-do com o jornal La Jor-nada, o representantedos evanglicos LuisAntonio Herrera, afir-mou que a falta de guae luz comeou no dia 11de fevereiro. Aaron L-pez Espinosa, um dosmoradores afetados,

    Abominao e contentamento

    O Senhor Deus nosavisa que pode reagirs nossas aes em SeuReino de duas manei-ras extremas. Ele podeficar contente conoscoou sentir um desprezoenorme. O que leva oPai a agir assim omodo como lidamoscom o que as Escritu-ras dizem. Se nossosatos forem de impieda-de, nossas oraes seroabominveis aos Seussantos olhos. Porm, seformos santos em todaa nossa forma de ser,Ele ir contentar-Seconosco.

    Ao desprezar asantidade, o cristo dis-tancia-se do Senhor epassa a ser guiado peloesprito que o conduziano passado. Esse de-mnio traz outros setecompanheiros seuspara habitar na casaonde era sua morada(Mt 12.43-45). A partirde ento, uma sucessode coisas erradas pas-sam a acontecer a esteque j foi uma estre-la nas mos divinas,mas que, agora, umtio apagado, umagente do mal. Miseri-crdia, Senhor! Queisso no ocorra com estemeu leitor!

    De servo de Deusele continua em umatrajetria descendenteem direo ao abismo,por ter preferido o ca-minho do erro e despre-zado os conselhos deDeus, apesar de conti-nuar na igreja e, emalguns casos, esforar-se em orao para nocair. Nada conseguemudar seus atuais pro-cedimentos. Essa pes-soa est precisando dealgum que a ame e seenvolva na orao deintercesso por ela.Que o Senhor a levan-te e a ajude!

    Quando o mpio sev em aperto, ora, su-plica e, aos olhos huma-nos, at se sobressai aosque so fiis, pois ca-paz de se esforar tre-mendamente para queo Senhor lhe atenda.

    No entanto, como Deusv o corao (1 Sm16.7) e avalia os moti-vos do clamor, no lhed ouvidos. Dentrodele, h algo que no odeixa desistir de orar.Por outro lado, suamente fraca no vnada demais em suamaneira errada de pro-ceder; por isso, ele achaque, caso se sacrifique,ser ouvido pelo Alts-simo.

    Entretanto, o Se-nhor avisa que tal sa-crifcio abominvel algo asqueroso paraEle. Para que o Todo-Poderoso aceite nossaorao, ela tem de serinspirada pelo EspritoSanto. Em Joo 5, ver-sculos 34 e 41, Jesusdeclarou que no rece-be testemunho nemglria que venham dohomem. At a nossaadorao tem de vir doSenhor, ou no seraceita (1 Cr 29.14). preciso estar em plenacomunho com o Pai, afim de que a sua ora-o seja agradvel aEle. Quando os retosoram, executam a jus-tia divina, a qual opropsito da orao.Orar com outras inten-es brincar com esseinstituto abenoado eprodutivo. Clamamospara mudar situaesem ns, no prximo ena natureza. Ao inter-ceder de modo correto assim como Jesus faziaem Seu ministrio ter-reno , o filho de Deusse assume como tal eleva o Pai a operar Suavontade no meio dele.

    Faa o Senhor ale-grar-Se com suasaes; desse modo,nada lhe ser negado.Verifique seus objetivosna vida, pois, se vocno honra a divina Pa-lavra, se no tem comometa a expanso doReino de Deus entrens, seus motivos socarnais. Ora, Deus nohonrar aquilo que ircolaborar com a obra doinimigo na Terra oufortalec-la.

    Famlias evanglicas tem servio de gua e energiaeltrica cortado por se recusarem a contribuir com festas

    Livro de J que ele co-nhecia a Deus de s Oouvir mas depois osseus olhos O viram, J42:5. certo que nun-ca nenhum homemviu a Deus porque impossvel ver a glriade Deus porque Ele maravilhoso. Pode-mos, no entanto, co-nhecer a Deus pelosSeus feitos gloriosos,porque quem h seme-lhante a Ele? Encon-tramos no Livro da Re-velao, o Cristo res-surrecto e glorificadoAp 1:13-16. Agora co-nhecmo-Lo pela Pa-lavra, mas tambm overemos com os nossosprprios olhos, comoest escrito: Porqueeu sei que o meu Re-dentor vive, e que porfim se levantar sobrea terra.

    E depois de consu-mida a minha pele,ainda em minha carneverei a Deus. V-lo-eipor mim mesmo, e osmeus olhos, e no ou-tros, o vero,

    26 DE FEVEREIRO DE 2014

    solicitou s autorida-des que o servio fosserestabelecido e teve opedido negado, almde ser convocado paracomparecer a uma reu-nio onde o assunto se-ria discutido. O relatocolhido pela imprensamexicana diz ainda quefoi estipulada uma mul-ta aos evanglicos casoeles no compareces-sem reunio, e no diamarcado, guardas fo-ram s casas dos repre-sentantes e os impedi-ram de sair, para que a

    multa fosse aplicada.As famlias, que so

    membros da IgrejaEvanglica Monte Ta-bor, tambm teriam so-frido interrupo dosbenefcios de progra-mas sociais do governo.Numa das tentativasde fazer o servio degua e energia ser re-tomado, Espinosa esta-va acompanhado de fis-cais da Justia, e termi-nou detido pelos guar-das juntamente com osfiscais por mais de 24horas.

  • GAZETA DE VARGINHA | 1326 DE FEVEREIRO DE 2014

    BRASIL

    Os 63 aeroportosadministrados pelaEmpresa Brasileirade Infraestrutura Ae-roporturia (Infrae-ro) devem alcanarmovimentao de 3,1milhes de passagei-ros durante o perodode carnaval: entresexta-feira, 28, e aQuarta-Feira de Cin-zas, 6 de maro. Essaestimativa, que envol-ve embarques e de-sembarques, repre-senta um crescimentode 10,3% em relaoao carnaval de 2013 (8a 14 de fevereiro),quando 2,8 milhes depessoas utilizaram osterminais da Infrae-ro. Tanto em relaoa 2014 como ao anopassado, os nmeros

    no envolvem os ter-minais de Guarulhos(SP), Viracopos (SP) eBraslia (DF), que fo-ram concedidos ini-ciativa privada.

    Para o carnavalser acionado um pla-no de ao especfico,de forma a garantir a

    agilidade nos aero-portos. Haver refor-o nas equipes de se-gurana e de opera-es, por meio de re-manejamento das es-calas de trabalho,alm do acompanha-mento constante deequipamentos essen-

    As tentativas defraude contra o consu-midor aumentaram8,2% em janeiro des-te ano, na compara-o com o mesmo msde 2013, de acordocom o indicador daempresa de consulto-ria Serasa Experian.Foram registradas, noms, 186.549 tentati-

    vas de fraude, o querepresenta uma ten-tativa a cada 14,4 se-gundos no pas. Emrelao a dezembro,houve queda de 2%.

    A Serasa conside-ra tentativa de frau-de contra o consumi-dor o roubo de identi-dade, em que dadospessoais so usados

    Aeroportos brasileiros devem receber3,1 milhes de passageiros no carnaval

    ciais, como esteiras epontes de embarque.O atendimento aosusurios tambm serintensificado. Nos sa-gues, funcionriosvestidos com os cole-tes amarelos da cam-panha "Posso Aju-dar?/May I Help You?"

    estaro a postos paraesclarecer dvidas eorientar passageiros.

    GuiaA Infraero destaca

    que j est disponvela nova verso impres-sa do "Guia do Passa-geiro", reunindo in-formaes sobre via-gens, direitos e res-ponsabilidades dospassageiros e da com-panhia area. Em suaquinta edio, o mate-rial ganhou um novoformato (mini) e capailustrada. O material- que gratuito - trazdesde dicas na horade comprar uma pas-sagem area, docu-mentao necessriapara viagem, trans-porte de animais, cui-

    dados com a sade,devoluo de baga-gem, transporte deprodutos de origemanimal e vegetal,alm dos direitos dopassageiro em casosde atraso, cancela-mento ou no embar-que. As orientaesso voltadas tantopara as viagens do-msticas quanto in-ternacionais.

    Uma das novida-des o item que es-clarece dvidas sobrecmbio e moeda. Hdados, por exemplo,sobre onde comprarmoeda estrangeira noBrasil e se h limitede operaes commoeda em espcie oucheques de viagem.

    Os aeroportos administrados pela Infraero devem alcanar 3,1 milhes de passageiros

    Tentativas de fraude contra o consumidor cresceram 8,2%por criminosos parafirmar negcios sobfalsidade ideolgica,ou obter crdito coma inteno de no hon-rar os pagamentos.

    Entre os segmen-tos, a telefonia res-pondeu por quasemetade das tentati-vas de fraude. Foram,em janeiro, 84.310 re-

    gistros, o que repre-senta 45,2% do total.O setor de servios,que inclui construto-ras, imobilirias e se-guradoras, teve51.517 registros, oequivalente a 27,6%do total.

    Os bancos ficaramem terceiro lugar noranking de registros.

    Em janeiro, foram33.734 tentativas defraude, o que repre-senta 18,1% do total.O segmento varejistateve 13.531 mil tenta-tivas, ou seja, 7,3% domontante.

    Segundo a SerasaExperian, os golpis-tas tm agido de dife-rentes formas. A mais

    comum a compra deum telefone para usara conta como compro-vante de endereo.Assim, os golpistasabrem contas em ban-cos para pegar talesde cheque, pedir car-tes de crdito e fazeremprstimos bancri-os em nome de outraspessoas.

    Confiana da construo civil registra leve melhoraO ndice de Confi-

    ana da ConstruoCivil avanou no tri-mestre encerradoeste ms, na compara-o com o mesmo pe-rodo de 2013. Medidopela Fundao Getu-lio Vargas, o ndice fi-cou em -3,1%, sendoque, no trimestre en-cerrado em janeiro,havia sido -3,9%. O n-dice medido no tri-mestre que terminouem dezembro tambmhavia registrado -3,9% e o encerrado em

    novembro ficou em -3,7%.

    Na comparaomensal, tambm hou-ve melhora este ms.O ndice passou de -3% em janeiro para -1,3% em fevereiro.Em dezembro, a con-fiana da construotinha registrado -5%.

    O ndice de expec-tativas ficou em -3,5%no trimestre encerra-do em fevereiro. Emjaneiro, o percentualhavia ficado em -3,4%.Na comparao men-

    sal, as expectativaspassaram de -3,5% emjaneiro para -2% emfevereiro.

    Entre os 11 seg-mentos pesquisados,sete registraram evo-luo favorvel da con-fiana, considerando-se comparaes inte-ranuais trimestrais.O destaque positivofoi o aluguel de equi-pamentos de constru-o e demolio, cujavariao passou de -6,3% em janeiro para-1,5% em fevereiro.

    O grau de otimis-mo em relao ten-dncia dos negciosnos prximos seis me-ses exerceu influnciasobre o ndice de con-fiana. A variao in-teranual trimestralpassou de -4,7% em ja-neiro para -4,8% emfevereiro.

    A proporo deempresas que acredi-tam na melhora da si-tuao no trimestreencerrado em feverei-ro deste ano foi 37,5%,contra 41,7% no mes-

    mo ms de 2013. Aparcela das que estoprevendo piora foi

    5,8%, contra 3,4% emfevereiro do ano ante-rior.

    Medido pela Fundao Getulio Vargas, ndice ficou em -3,1%

  • O ministro egpcioda Habitao IbrahimMahlab, que deixaria ocargo aps a rennciado governo interino,anunciada na segun-da-feira (24), falou quefoi convocado para for-mar o novo governo dopas. A informao foidivulgada pelo jornalestatal Al-Ahram emseu site na internet nes-ta tera-feira (25), con-forme a agncia Reu-ters.

    Mahlab deu entre-vista aps um encontrocom o presidente inte-rino, Adly Mansour. Se-gundo o site, ele foi ofi-cialmente convocadoformar um novo gabi-nete at as eleies.Mahlab afirmou queiria imediatamente co-mear as consultas paradecidir nomes para acomposio do governo,segundo o site.

    O governo interinodo Egito renunciou nes-ta segunda-feira (24)em anncio feito peloento premi, Hazem

    Ex-ministro egpcio convocadopara formar novo governo

    Estudantes antigoverno convocamnovas manifestaes na Venezuela

    Estudantes opo-sitores convocaramuma passeata paraesta tera-feira (25)contra o governo dopresidente da Vene-zuela, Nicols Madu-ro, ao mesmo tempoque o governo dos Es-tados Unidos pediuum dilogo genunoentre as partes do con-flito, que provocoupelo menos 14 mortesem quase trs sema-nas. Espero todos napraa Alfredo Sadel(zona leste de Cara-cas). s 10 AM cami-nharemos at a em-baixada de Cuba, es-creveu a lder estu-dantil da Universida-de dos Andes, Gaby

    Arellano, no Twitter.Na segunda-fei-

    ra foram registradosprotestos nas cida-des de San Cristobal,perto da fronteiracom a Colmbia, e na

    zona leste de Caracas,onde os manifestan-tes queimaram pneuse formaram barrica-das para impedir otrnsito em algumasavenidas. Na praa

    Altamira de Caracas,um grupo de manifes-tantes que bloqueavaalgumas avenidas en-frentou a militariza-da Guarda NacionalBolivariana (GNB),

    que usou gs lacrimo-gneo e balas de bor-racha para dispersaro protesto. A procura-dora-geral, Luisa Or-tega, admitiu que 12denncias de viola-es aos direitos fun-damentais nas trssemanas de protestosesto sendo investi-gadas. A violncia dei-xou 14 mortos, maisde de 140 feridos e 45detidos. Os manifes-tantes protestam con-tra a insegurana, ainflao, a escassezde produtos bsicos econtra a deteno devrios companheiros.

    Maduro, herdei-ro poltico do falecidopresidente Hugo

    14 | GAZETA DE VARGINHA

    INTERNACIONAL

    EUA pedem calma e dilogo

    na Venezuela

    O governo dos Es-tados Unidos est em-penhado - junto comos aliados regionais -em promover a calmae um dilogo genunona Venezuela entretodos os atores polti-cos do pas, garantiunesta segunda-feira(24) o porta-voz presi-dencial Jay Carney.

    Estamos preocu-pados e j deixamosclaro que com nossosaliados regionais e aOEA trabalhamospara pedir calma e fa-vorecer um dilogo ge-nuno entre todos osvenezuelanos, disseCarney durante a en-trevista coletiva diriana Casa Branca.

    Na viso de Car-ney, os esforos do pre-sidente venezuelano,Nicols Maduro, de-vem se concentrar nacriao de um canal dedilogo para acabarcom as tenses queabalaram o pas nasltimas semanas e

    que j deixaram maisde 10 mortos.

    Enquanto o presi-dente Maduro propeo dilogo com os Esta-dos Unidos e a troca deembaixadores, deveriase concentrar na mu-dana do dilogo comos venezuelanos, por-que isto que est emjogo no momento, eno tem nada a vercom os Estados Uni-dos. Para Carney, asautoridades venezue-lanas deveriam liber-tar imediatamente osmanifestantes detidose tambm suspenderas restries ao traba-lho da imprensa inde-pendente e a divulga-o de informaes.

    A liberdade de ex-presso e de reuniopacfica so direitoshumanos universais,essenciais para o fun-cionamento da demo-cracia, e o governo daVenezuela tem a obri-gao de proteger es-tas liberdades.

    26 DE FEVEREIRO DE 2014

    el-Beblawi, na TV. Eleno esclareceu as ra-zes da renncia.

    O governo atualhavia assumido aps aderrubada, em 3 de ju-lho de 2013, do presi-dente islamita Moha-med Morsi pelos milita-res, que prometeramdevolver o pas demo-cracia.

    O golpe jogou o pasem uma violenta crisepoltica, com a represso

    dos islamitas aliados deMorsi em confrontos derua que deixaram cen-tenas de mortos.

    O anncio da re-nncia foi feito no mo-mento em que devemser convocadas eleiespresidenciais, no maistardar para meados deabril.

    O comandante doexrcito, o marechalAbdel Fatah al-Sisi, mi-nistro da Defensa e

    vice-premi do governode Beblawi, no escon-de a inteno de sercandidato, mas paraque possa ser eleito pre-cisa renunciar ao go-verno e deixar o exrci-to ou passar reserva.O marechal Sisi, muitopopular entre os egpci-os, tem boas chances devencer a disputa.

    O nico candidatodeclarado at o momen-to, o lder a esquerdaHamdeen Sabbahi,afirmou France Pres-se que teme um retornoa um poder autoritrio,enquanto a repressoque j fez mais de 1.400mortos, segundo a Anis-tia Internacional, e mi-lhares de prises entreos islmicos, tambmtem atingido os jovensmilitantes progressis-tas.

    O porta-voz do go-verno Hani Salah disse AFP que a rennciafoi motivada pelo sen-tido da necessidade desangue novo no gover-no.

    Chvez, participou nasegunda-feira em umareunio com prefeitose governadores parapreparar um dilogonacional de paz, pre-visto para quarta-fei-ra, mas o principalopositor venezuelano,Henrique Capriles,no compareceu aoencontro. Capriles,governador do estadode Miranda e da alamoderada da oposito-ra Mesa de UnidadeDemocrtica (MUD),se negou a participarno encontro, segundoele, como protestopela situao de vio-lao dos direitos hu-manos e represso dopas.

    Os manifestantes protestam contra a insegurana, ainflao, a escassez de produtos bsicos

    O golpe jogou o pas em uma violenta crisepoltica, com a represso dos islamitas

  • GAZETA DE VARGINHA |15

    ESPORTE

    Mayweather volta ao ringue diante deargentino em luta de R$ 480 milhes

    Depois de muitoespecular, FloydMayweather, poucosdias depois de com-pletar 37 anos, final-mente anunciou ofi-cialmente seu prxi-mo oponente. De-pois de flertar com obritnico Amir Khane inclusive pedirque os torcedoresescolhessem atra-vs de uma enqueteo seu prximo rival,o boxeador invicto(45-0) na carreira,optou pelo argenti-no Marcos Maidanacomo oponente. Osdois sobem ao rin-gue, possivelmenteem Las Vegas, nosEstados Unidos, noprximo dia 3 demaio, em combateque deve bater o re-corde de arrecada-o em patrocnios,bolsas para os luta-dores e vendas de

    pay per view, che-gando na casa dosUS$ 200 milhes (R$480 milhes), segun-do a mdia america-na. Contra Saul Ca-nelo Alvarez, no anopassado, o combate

    organizado pela Gol-den Boy Promotionsj havia batido o re-corde de US$ 150milhes (R$ 360 mi-lhes).

    - Est fechado.Vou lutar contra o

    Marcos Maidana nodia 3 de maio. A lti-ma performance doMaidana me impres-sionou e me chamoua ateno para essaluta. Acho essa lutainteressante para

    mim e quero ver seo Maidana tem pos-sibilidade de fazer oque outros 45 tenta-ram e falharam: "Mevencer" - disse omulticampeo ame-ricano, de 37 anos.

    A luta ser trans-mitida para todo omundo atravs devendas de pay perview, que trazemgrandes dividendosao lutador, excelen-te "vendedor". Almdisso, a prpria bol-sa de luta deMayweather bate acasa dos R$ 101 mi-lhes, como no lti-mo duelo contraSaul Canelo Alvarez.Em Las Vegas, naMGM Grand Gar-den. Desta vez, po-rm, o local aindano est confirmado. possvel que o bo-xeador tente levar oduelo para Nova

    Novo pagamento transforma Neymar

    na contratao mais cara da histriaNove meses de-

    pois de ser contrata-do pelo Barcelona,em maio do ano pas-sado, Neymar se tor-nou a contrataomais cara da hist-ria do futebol. Aopagar nesta segun-da-feira receita es-panhola mais 13,5milhes (R$ 43,4 mi-lhes), em correopreventiva ao valordo craque, o clubecatalo elevou o pre-o do camisa 11 de 86,2 milhes (R$276,6 milhes) para 99,7 milhes (R$320 milhes) - acimados 94 milhes (R$301,7 milhes) pagospelo Real Madridpor Cristiano Ronal-do, em 2009.

    Quando Ney-mar assinou seu con-trato, o Bara anun-ciou que seu custofoi de 57,1 milhes(R$ 183,2 milhes), oque fazia do brasilei-ro o 10 mais caro dahistria, poucoatrs de FernandoTorres. Quando setornou pblica a de-

    nncia de que o clu-be estaria omitindovalores, a diretoriablaugrana revelouque, somados outrositens - como bnuspor assinatura, di-reitos de marketinge acordo de priorida-de por promessassantistas -, o preodo jogador alcanava

    26 DE FEVEREIRO DE 2014

    Dirigente do Vitria confirmainteresse do Atltico-MG

    pelo lateral Mansur

    O prximo reforodo Atltico-MG podeestar vindo de Salva-dor. Epifnio Carnei-ro, vice-presidente doVitria, confirmou queo Galo fez uma sonda-gem para adquirir50% do passe do late-ral Mansur. O clubebaiano j passou umacontraproposta aosdirigentes alvinegros.O Vitria no tem in-teresse em emprestaro atleta, s em ven-der. A negocio entreos dois clubes est emandamento e podeenvolver o emprsti-mo do atacante NetoBerola, que retorna-ria equipe que de-fendeu entre 2009 e2010. A assessoria decomunicao do Atl-tico-MG no confirma

    a transao que, ini-cialmente, giraria emtorno de R$ 2 milhes.

    - Houve uma son-dagem do Atltico-MGpelo jogador. Eles nosprocuraram para sa-ber se temos interes-se em negociar o atle-ta. A depender da pro-posta, ns temos inte-resse. Mansur, de 20anos, cria das divi-ses de base doBahia. Em 2012, elefoi contratado peloVitria assinandovnculo de quatroanos com o time ru-bro-negro. No mesmoano, ele foi um dosdestaques da con-quista do ttulo daCopa do Brasil Sub-20, derrotando o pr-prio Atltico-MG nafinal.

    York, por exemplo.Maidana tem um

    cartel de 35 vitriase trs derrotas. Emdezembro, venceubem Adrien Boner eganhou o ttulo mun-dial meio-mdio daAssociao Mundialde Boxe (WBA). Elegarante que podevencer Floyd, o queningum ainda fez.

    - Estou muito fe-liz de ter essa chan-ce de encarar oMayweather e eleme d a oportunida-de de mostrar mi-nhas qualidadespara o mundo, pro-vando que sou o me-lhor meio-mdio.No me preocupo seele est invicto. Seique tenho um estilode luta e me defen-do bem e acabei devencer um invictotambm - frisou o ar-gentino.

    86,2 milhes (R$276,6 milhes).

    Apesar da reve-lao da diretoria eda renncia do ex-presidente SandroRosell, investigadopela Justia espa-nhola pelo caso, oclube foi indiciadopela suspeita defraude fiscal. Casoseja considerado cul-pado, o Barcelonapode receber multaentre 5,5 milhes(R$ 17,6 milhes) e 54,6 milhes (R$175,2 milhes). En-to, para tentar fu-gir de uma puniosevera, o clube fez opagamento desta se-gunda-feira - emboratenha negado come-ter crime.

    A luta ser transmitida para todo o mundo atravs de vendas de pay per view

    Caso seja considerado culpado, o Barcelonapode receber multa

  • 16 | GAZETA DE VARGINHA 26 DE FEVEREIRO DE 2014

    ESPORTE

    Derrota no abala jogadores do Boa EsporteA derrota para o

    Cruzeiro sbado (22)no deve abalar os jo-gadores nem a comis-so tcnica do Boa Es-porte Clube. At a s-tima rodada, o timesoma 13 pontos, ven-ceu quatro vezes, em-patou um e perdeuapenas um jogo, resul-tados que garante avice-liderana. A pro-gramao hoje aca-demia pela manh etreino tarde, j empreparao para ojogo de sbado, emVarginha, contra oGuarani.

    Como se viu, o Boajogou seis partidas en-quanto muitos dosseus adversrios atu-aram sete vezes. A par-

    tida atrasada, contra oAmrica Mineiro, noEstdio Independn-cia, e que seria dispu-tada nesta semana, foinovamente adiada,desta vez para 12 demaro.

    Contra o Cruzeiroo time pode ter cansa-do no segundo tempo,como previu o tcnicoMarcelo Oliveira. Ementrevista a uma r-dio de BH entes dojogo, ele disse que pro-

    vavelmente os bovetasdeveriam estar cansa-dos. Isto porque o timeenfrentou no meio dasemana o Bombense,na cidade de Tombos,distante 606 quilme-tros de Varginha, por

    rodovias.

    Fora do jogo- O zagueiro Thia-

    go Carvalho, hoje noBoa, no pde jogar.Como foi emprestadopelo Cruzeiro, uma cl-usula do contrato im-pede que ele atue con-tra seu time de ori-gem.

    - O jovem atacantedo Cruzeiro, Marlone,elogiou muito o Boa,em entrevista a umardio de BH. Disse queno por acaso que otime de Varginha ocu-pa a segunda coloca-o na tabela de clas-sificao do Campeo-nato Mineiro. Confes-sou que os celestes re-ceberam dicas do vo-

    O Minas OlmpicaJogos Escolares deMinas Gerais o mai-or e mais importanteprograma esportivo-social do Estado

    Reta final de ins-cries para o MinasOlmpica Jogos Esco-lares de Minas Gerais(Jemg). Na prximasexta-feira (28), en-cerra-se o prazo paraos municpios inte-ressados poderem secadastrar para parti-cipar do Jemg nesteano. O procedimentodeve ser feito pelojogosescolares.esportes.mg.gov.br.Em 2013, 742 cidadesse inscreveram, re-corde de participaonos Jogos.

    At a manh desta se-gunda-feira (24), 622municpios j haviamse garantido na com-petio.

    Jogos Escolares 2014O Minas Olmpica

    Jogos Escolares deMinas Gerais (Jemg) o maior e o mais im-

    ltimos dias para municpios mineiros se inscreverem no Jemgportante programaesportivo-social doEstado. Participam doJemg alunos-atletasdo ensino fundamen-tal e mdio das esco-las pblicas e privadasde Minas Gerais.

    As modalidadesque sero disputadasno Jemg/2014 so atle-tismo, badminton, bas-quete, ciclismo, futsal,ginstica artstica, gi-nstica rtmica, gins-tica de trampolim,handebol, jud, lutaolmpica, natao, pe-teca, tnis de mesa,vlei, vlei de praia(modalidade apresen-tao) e xadrez, nosnaipes masculino e fe-minino, em dois m-dulos: mdulo I, com

    alunos de 12 a 14anos, e mdulo II, de15 a 17 anos.

    Nos campeonatosparalmpicos partici-pam os alunos de 12 a20 anos, nas modali-dades de atletismoPCD, bocha, futebolde 5, futebol de 7, go-alball, jud PCD, na-tao PCD, tnis de

    mesa PCD, tnis emcadeira de rodas e v-lei sentado. O MinasOlmpica Jogos Esco-lares de Minas Geraisindica os represen-tantes do Estado paraos Jogos Escolares daJuventude e para asParalimpadas Esco-lares, torneios de m-bito nacional.

    lante Rodrigo Souza,atleta do Boa ano pas-sado.

    - Narradores e re-prteres de campo daRdio CBN gostaramdo gramado do Melo.Comentaram que estmuito melhor que noano passado. A bola ro-lou, sem dvida.

    - Por outro lado, naRdio Itatiaia as coisasparecem no ter idoto bem. Desde o anopassado, o narrador re-clama do servio ofere-cido. Receberam men-sagem de ouvinte re-clamando da ilumina-o e do estado do gra-mado. O reprter decampo disse que o gra-mado estava bom. Nocomentaram das luzes.

    Reta final de inscries para o Minas Olmpica Jogos Escolares de Minas Gerais

  • AC CORRETOR DE IMVEISAC CORRETOR DE IMVEISAC CORRETOR DE IMVEISAC CORRETOR DE IMVEISAC CORRETOR DE IMVEIS

    304 REZENDE - Im-vel de alto padro e finoacabamento, garagempara 04 carros, portoeletrnico, frente ava-randada, sala social, salade jantar com piso emporcelanato, 03 quartos(sendo um sute comclosed e armrio embu-tido e dois com armri-os), sala de tv com es-tante, cozinha amplacom armrios modula-dos, rea de servios,quintal amplo com lindavista panormica, reade lazer, escritrio em 02pavimentos: trreo comamplo salo, churras-queira, primeiro pavi-mento com ampla salacom estante, podendoser usada com escritrioou atividade recreativa.Canil.R$ 750.000,00

    371 - N. S. DAS GRAAS Casa em tima localiza-o, com garagem para 2carros e escritrio. Pavi-mento superior com frenteavarandada, 3 quartos (su-te), WC social, sala soci-al, copa, cozinha, quintalcom rea de servios, de-pendncias de empregada,rea coberta com churras-queira. R$ 280.000,00

    372 BELA VISTA Im-vel novo, em timo estadode conservao, com por-to eletrnico, sala, copa/cozinha, 3 quartos, WCsocial, varanda. rea deservios e rea de lazer comchurrasqueira e fogo alenha. Garagem para 2 car-ros. R$ 250.000,00

    334 VILA PINTO II Casa nova, primeira mo-rada, alto padro e finoacabamento. Garagempara 4 carros, sala socialem trs ambientes, 3 quar-tos amplos (sute), WCsocial, sala de jantar, sslade TV, copa, cozinha am-pla. rea externa com am-plo salo coberto e WC.Quintal tambm amplo,com linda vista para a ci-dade. Localizao privile-giada. Piso frio em porce-lanato; quartos e corredo-res em taco. Energia so-lar. R$ 750.000,00

    355 PARK URUPS Casa nova, primeira morada,com 4 quartos(sute comclosed), WC social, salaampla, cozinha americana,quintal com rea de servi-os, lavanderia, churras-queira. Piso interno e exter-no em porcelanato. Aqueci-mento solar. tima localiza-o. R$ 400.000,00

    CASASVendas

    326 REZENDE - Casade alto padro, em lotede 720,00m, com frenteavarandada, sala social,sala de jantar, sala de tv.,03 sutes(sute principal

    400 REZENDE - Im-vel de alto padro e finoacabamento, primeira mo-rada, estrutura de quali-dade, com cmodos am-plos, ambientes reala-dos com decorao mo-derna e excelente rea delazer. Subsolo com amplosalo, rea gourmet, sau-na e rea de servios. Te-lhado colonial, aqueci-mento com energia solar.Porto eletrnico. Entra-da principal avarandadapara sala social em 3 am-bientes, 3 quartos amplos(sute com closed, hidro ,box de blindex e varan-da), wc social com box deblindex. Cozinha em doisambientes distintos, for-matao moderna comilha de granito no centro,rea de ventilao na la-teral, varanda nos fundoscom pequena rea de ser-vios emergencial. R$ 430. 000, 00

    393 - REZENDE - Casanova, de alto padro efino acabamento, comlinda fachada, em timolocal no bairro Rezende -Frente ajardinada e ava-randada, com garagempara at 4 carros, portoeletrnico, cerca eltricae alarme. Sala social esala de jantar amplas, 3quartos (Suite), armriosembutidos. Cozinha am-pla, estilo moderno, comarmrios modulados,coifa, cook top, fornoeltrico e microondas emao inox. rea de lazercom cozinha gourmet,armrios modulados,churrasqueira, cook tope balco de servir. Quin-tal amplo com spa, du-cha e quarto de despejoavarandado, rea de ser-vios. rea construdade 200,00 m2 em lote de360,00 m2. R$ 550.000,00

    A-016 - CENTRO Im-vel comercial ou residen-cial com 3 quartos, banhei-ro,2 salas, cozinha, rea deservio R$ 1,200,00

    A-004 PARK URUPS Casa com 3 quartos (su-te), WC social, sala,copa, cozinha, rea de ser-vios e garagem para 1carro.R$ 750,00

    CASAS

    A-004 VILA PINTO: Apartamento com 03quartos (sute), 2 quar-tos com armrios embu-tidos, WC social, sala em02 ambientes, cozinha,despensa, rea de servi-os com dependncia deempregadae garagempara 01 carro. R$ 1. 400,00

    com closed e hidro), to-dos com armrios embu-tidos, cozinha amplacom armrios. despensa.quintal amplo com am-biente de churrasqueirae fogo lenha, depen-dncia de empregada.rea de lazer com sauna,piscina com cascata, emquintal amplo. canil. ga-ragem para 4 carrosR$ 780. 000 ,00

    311- REZENDE- Imvelde altissimo padro efino acabamento, situa-do em rea nobre do Re-zende, em lote de 570,00m2 e com rea constru-da de 370,00m2.Arquitetura moder-na, ambientes amplos,com visibilidade inigua-lvel da cidade e arredo-res; excelente rea de la-zer com piscina e salode festas com churras-queira, fogo a lenha.Suite master totalmenteavarandada, ampla, comclosed e sala de banho.Aquecimento com ener-gia solar.R$ 850.000,00

    366 VILA PINTO Apartamento de timopadro, em local nobre,com vista panormicapara a cidade, no alto VilaPinto, com 3 quartos (su-te), todos os quartoscom armrios embutidos,WC social, sala socialem 3 ambientes, avaran-dada, cozinha com arm-rios modulados,

    360 VILA PAIVA Im-vel residencial em local pri-vilegiado, lote de 689,00m2,

    APARTAMENTO

    325 BOM PASTOR Casa em tima localizaoe excelente acabamentono alto Bom Pastor, com220,00m2 de rea constru-da; sala ampla, sala dejantar ampla, sute comarmrios embutidos deexcelente qualidade, doisquartos, WC social;WCs com box de blindex,lavatrios e vasos de es-tilo moderno; cozinhaampla, todos os quartoscom armrios embutidosembutidos de ampla. To-dos os quartos com arm-rios embutidos de exce-lente qualidade. Cobertu-ra ampla com vista mara-vilhosa da cidade, obri-gando mais um quarto,rea gourmet com chur-rasqueira e bar, WC soci-al. Garagem.R$ 250. 000,00

    327 CENTRO - Apar-tamento de alto padro efino acabamento, comsala social em tbua cor-rida, avarandada comsanka nos seus 03 ambi-entes, sala de jantar, la-vabo, wc. social, 04quartos(sendo 02 su-tes). todos os quartoscom armrios moduladose estantes, copa, cozinhacom bancadas em grani-to, armrios. rea de ser-vios, garagem. um apar-tamento por andar.R$ 700.000,00

    361 VILA PINTO Apartamento novo, comuma vaga de garagem,sala social, sala de jantar,3 quartos(suite), todosos quartos com armriosembutidos, WC social,cozinha com armriosmodulados avarandada.rea externa com WC elavanderia e quarto dedespensa.R$ 350.000,00

    APARTAMENTOS

    A-010 VILA PINTO: Apartamento com 03quartos (sute), 2 quartoscom armrios embutidos,WC social, sala em 02 am-bientes, cozinha, despen-sa, rea de servios comdependncia de empre-gada e garagem para 01carro. MobiliadoR$ 1.400,00

    A-014 SANTA LUIZA- Apartamento com 3quartos (suite), wc soci-al, sala ,em 2 ambientes,cozinha, rea de servi-os com wc da emprega-da e garagem para 2 car-ros.R$ 800,00

    CLASSIFICADOS www.jornalgazetadevarginha.com VARGINHA, FEVEREIRO DE 2014

    Aluguel

    rea de servios com depen-dncias de empregada e ga-ragem para 1 carro. Saloamplo para festas com cozi-nha, churrasqueira, WC fe-minino e masculino, saunae portaria 18 horas. R$500.000,00

    rea construda de 385,00 m2,frente ajardinada e avaranda-da. Garagem para 4 carros,sala social em 3 ambientes,sute de hospedes. Sala deTV 3 quartos amplos comarmrios (sute), WC so-cial, todos os quartosavarandados. Copa e co-zinha amplas com armri-os modulado despensa.rea de servios com de-pendncias de empregada,quintal amplo com pisci-na, salo com churras-queira, fogo a lenha eWC social. Telhado colo-nial e aquecimento solar. R$ 990.000,00

  • GAZETA DE VARGINHA 26 DE FEVEREIRO DE 2014

    REGIONAL

    A percia da PolciaCivil identificou os cor-pos dos suspeitos mortosdurante operao emItamonte, no sbado(22), quando a polciarendeu uma quadrilhaque explodiu um caixaeletrnico na cidade. Dosnove mortos na opera-o, trs eram de Mogidas Cruzes (SP), quatrode So Paulo (SP), umde Campinas (SP), e oprofessor de Itanhandu,feito refm durante afuga dos criminosos eque morreu baleado.

    At esta segunda-fei-ra (24), cinco corpos con-tinuavam no IML de SoLoureno condidos naregio, e o policiamentofoi reforado. Pedimosapoio da PM de So Lou-reno, Pouso Alegre eBelo Horizonte ", disse.

    Seis pessoas detidasdurante a operao nosbado (22) continuampresas, uma no Presdiode So Loureno, quatrona Penitenciria NelsonHungria, em Contagem,e o sexto suspeito em SoJos dos Campos (SP).

    Professor erainocente

    O delegado Ruy Fer-raz Fontes, do Departa-mento de Investigaessobre Crime Organizado(Deic), afirmou em en-trevista nesta segunda-feira (24) que o profes-sor Silmar Madeira, de31 anos, morto em Ita-monte, foi usado comoescudo por um dos crimi-nosos e morreu baleadodurante tiroteio entre apolcia e a quadrilha con-fundido como um dos

    Polcia Civil identifica suspeitosmortos em tiroteio no Sul de MG

    suspeitos."Silmar era refm da

    situao", disse o delega-do em etrevista ao G1.Ruy Ferraz, que res-ponsvel pela Diviso deCrimes Contra o Patri-mnio do Deic, ressaltouque o tiroteio ocorreu noite, s margens deuma estrada e em umarea de matagal. "Foium tiroteio intenso, quedurou 25 minutos, umasituao de guerra. Parans, todos eram crimino-sos naquele momento",disse o delegado.

    Ruy disse acreditarque o tiro que matou oprofessor foi dado por umcriminoso, porque o bu-raco do ferimento estavanas costas do professor.Entretanto, ele ressaltouque apenas a percia vaidefinir quem foi o res-ponsvel pelo disparo.

    Quadrilha agia em cidades pequenas

    Ainda segundo o de-legado Ruy Ferraz Fon-tes em entrevista ao G1So Paulo, desde o come-o do ano, a quadrilhaexplodiu caixas eletrni-

    cos em ao menos seis ci-dades do interior paulis-ta. A estratgia do gru-po, composto por at 25homens, chamou a aten-o da polcia: ele opta-va por municpios combaixos ndices de crimi-nalidade e com poucospoliciais.

    Sempre em diversosveculos, encapuzados,com comunicadores, co-letes prova de balas efuzis, os criminosos cer-cavam a cidade escolhi-da durante a madruga-da. Parte deles seguiapara a base da PM e dis-parava em sua direo,impossibilitando os poli-ciais de reagirem.

    Sem a polcia paraintervir, outra parte doscriminosos seguia paraagncias bancrias. Ne-las, eles instalavam di-namite roubada de pe-dreiras e explodiam oscaixas eletrnicos. Com odinheiro em mos, fugi-am sem ser perseguidos."Eles apresentavam t-tica militar e estratgiapreviamente planejada",disse o delegado.

    Na ltima quinta-

    feira (20), o setor de in-teligncia da polcia des-cobriu, por meio de escu-tas aplicadas em um dosintegrantes do grupo,que o prximo alvo seriaItamonte ou Itanhandu,em Minas Gerais. "Fo-mos em 45 policiais paraa regio e nos unimos polcia de l."

    Os agentes fizeramuma barreira na BR-354, que passa por Ita-monte, e se concentra-ram em pontos estrat-gicos. Quando a quadri-lha entrou na cidade, en-controu os policiais ehouve o confronto, queresultou na morte de oitosuspeitos, um refm e apriso de outros seis cri-minosos.

    Priso emCambuquira

    Um suspeito de terenvolvimento com a qua-drilha de assaltantes

    que trocou tiros com apolcia em Itamonte foipreso em Cambuquirano domingo (23). Se-gundo a Polcia Civil, aJustia deter