Gen©tica do sexo:

  • View
    46

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Genética do sexo:. SISTEMA XY. - PowerPoint PPT Presentation

Text of Gen©tica do sexo:

Gentica do sexo:

Gentica do sexo:

SISTEMA XYNos organismos cuja diferenciao obedece ao sistema XY, o macho possui, em suas clulas, dois lotes de cromossomos autossomos (representados por 2A) e mais um par de cromossomos sexuais XY. As fmeas possuem os mesmos dois lotes de autossomos e um par de cromossomos sexuais XX.O sistema XY de determinao cromossmica do sexo verificado em mamferos, em muitos artrpodes e nos vegetais superiores.Machos: 2A + XY gametas produzidos { A+X e A+YFmeas: 2A + XX gametas produzidos {A + XComo os machos geram dois tipos de gametas (A + X e A + Y), o sexo masculino heterogamtico. O sexo feminino homogamtico, pois origina apenas um tipo de gameta (A + X). A determinao do sexo dos descendentes sempre dependente do ancestral heterogamtico. Portanto, o gameta paterno que determina o sexo do filho.Sistema XO

Sistema X0O sistema de determinao cromossmica do sexo em muitos artrpodes, como besouros e gafanhotos, conhecido como X0, e o nmero 0 indica a ausncia de um cromossomo. Os machos possuem dois lotes de cromossomos autossomos e mais um cromossomo X, apenas. As fmeas tm os mesmos dois lotes de autossomos e um par de cromossomos sexuais X.Machos: 2A + X0 gametas produzidos {A+X e AFmeas: 2A + XX gametas produzidos {A + XOs machos geram dois tipos de gametas (A + X e A). Logo, o sexo masculino heterogamtico. O sexo feminino homogamtico, porque as fmeas produzem apenas um tipo de gameta (A + X). O sexo dos descendentes determinado pelo ancestral heterogamtico. O gameta masculino que determina o sexo do descendente.Sistema ZW

Sistema ZW:

Sistema ZWNesse sistema, encontrado em insetos, peixes,anfbiose aves, h uma inverso em relao aos sistemas anteriormente estudados, pois o sexo masculino homogamticoe o feminino heterogamtico.Machos: 2A + ZZ gametas produzidos {A + ZFmeas: 2A + ZW gametas produzidos { A+Z e A+W o gameta feminino o responsvel pela determinao do sexo do filhoteA determinao cromossmica do sexo em abelhasNas abelhas, a determinao no segue os padres habitualmente conhecidos. Os machos resultam do desenvolvimento de vulos no fecundados, o que se chamapartenognese. Portanto, todas as suas clulas so haplides (n), e eles geram espermatozides por mitose, e no por meiose. As fmeas so resultantes de fecundao, e so diplides (2n).A diferenciao dos zigotos diplides em operrias (estreis) e rainhas (frteis) ambiental, e determinada pelo tipo de alimento fornecido para as larvas em desenvolvimento. As larvas que recebem adietabsica originam as operrias, responsveis pela proteo e pelalimpezada colmia, pela procura de alimentos e pela preparao dos favos que iro receber as novas abelhas. As larvas que recebemuma dietaespecial, mais rica gelia real, se transformam em fmeas frteis, as rainhas.

Temperatura e determinao do sexo:

A temperatura atua naproduodeenzimasresponsveis pela diferenciao das gnadas, por isso ela to importante no dimorfismo sexual desses animais. Variaes de 2oC a 4oC podem determinar se as gnadas do embrio se diferenciaro em gnadas masculinas ou gnadas femininas.Temperatura mais alta favorece o desenvolvimento de machos.

A ST ocorre em apenas 1 mulher entre 3.000 nascimentos, devido ao grande nmero de abortos que chega ao ndice de 90-97,5%).

Sndrome de Klinefelter: 47, XXY OU 48, XXXY OU 49, XXXXY

Caractersticas da sndrome de Klinefelter:1. Homens altos e magros, com membros superiores e inferiores alongados;2. Hipogonadismo (evidente aps puberdade);3. Caracteres sexuais secundrios subdesenvolvidos; subfrteis;4.Desenvolvimentode seios;5. Problemas comportamentais, incluindo irritabilidade, agitao e hiperatividade.-Ocorrncia:1 em500nascimentos do sexo masculino.

Cromatina sexual, tambm chamado de corpsculo de Barr, o nome dado ao cromossomo X inativo e condensado dasclulasque constituem as fmeas de mamferos.Nos seres humanos, cada clula feminina possui dois cromossomos X (um de origem materna e outropaterna) acontecendo condensao ao acaso de um destes cromossomos. No gneromasculino, exceto a ocorrncia desndromede Klinefelter, os organismos no apresentam cromatina sexual.

44 A + XX inativoCromatina sexual ou Corpsculo de BarrCorpsculo de Barr

Herana restrita ao sexo ou ligada ao cromossomo Y: refere-se aos genes holndricos , genes localizados no segmento do cromossomo Y, sem homologia com o cromossomo X-Desenvolvimento das gnadas masculinas

Herana com efeito limitado ao sexo: manifesta-se apenas no sexo masculino. Passada de pai para filho. Ex Hipertricose auricular

23Daltonismo:

Hemofilia:

Hemofilia uma doena gentico-hereditria que se caracteriza por desordem no mecanismo de coagulao do sangue e manifesta-se quase exclusivamente no sexo masculino.Existem dois tipos de hemofilia: A e B. A hemofilia A ocorre por deficincia do fator VIII de coagulao do sangue e a hemofilia B, por deficincia do fator IX.

Herana influenciada pelo sexo:Calvcie uma forma dealopciacaracterizada por uma gradual e progressiva perda decabelosdevido a fatores hereditrios. O tipo mais comum de calvcie masculina aalopecia androgentica, (AAG) ou calvcie de padro masculino. Ocorre em aproximadamente 50% dos homens.

CCHomem e mulher calvoCcHomem calvo e mulher normalccHomem e mulher normaisExerccios:1- Uma mulher de viso normal, filha de pai daltnico e de me normal, filha de pai daltnico e de me normal, casou-se com um homem de viso tambm normal. A probabilidade de o menino que nasceu desse casamento ser daltnico : a) 1/4 b) 1/2 c) 1/3 d) 1/8 e) 1/16.

2- O daltonismo um carter ligado ao sexo. 0 cromossomo X transporta um gene recessivo para o daltonismo, no havendo alelo correspondente no cromossomo Y. Isto explica porque: Existem muito mais homens daltnicos que mulheres daltnicas. b) Existem muito mais mulheres daltnicas que homens daltnicos. c) O nmero de homens e mulheres daltnicas o mesmo. d) O daltonismo depende do fentipo racial. e) O daltonismo, embora de carter gentico, influenciado pelo meio ambiente

3-A hemofilia carter ligado ao sexo. Um homem hemoflico casado com uma mulher normal, cujo pai era hemoflico. Qual a probabilidade do primeiro filho do casal ser menino e hemoflico? a) 1/2 d) 1/16 b) 1/4 e) 1/32 c) 1/8