Global News

  • View
    226

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal de São paulo

Text of Global News

  • O jornal que d retorno ao seu investimento!

    Era B

    rasil

    A No

    va C

    omun

    ica

    o

    (11) 2

    978-

    8500

    www.

    erab

    rasil

    revis

    ta.co

    m. b

    r

    So Paulo, 29 de Janeiro 20 de Fevereiro de 2010 | Ano XII - N125 | www.globalnews.com.br | Diretor Responsvel: Cantulino Almeida | CORTESIA

    ..................Pg.9

    Copom mantm taxa bsica de juros em 8,75% ao ano pela 4 reunio consecutivaO Copom (Comit de Poltica Monetria) do Banco Central manteve a taxa bsi-ca de juros da economia brasileira em 8,75% ao ano pelo quarto encontro consecuti-vo. Os juros esto neste mesmo patamar desde 22 de julho do ano passado.

    A manuteno da taxa de juros neste ms j era esperada pelo mercado financeiro. A expec-tativa dos economistas dos bancos, segundo pesquisa realizada pelo BC, de que a taxa de juros suba a partir do ms de abril, chegando a at 11,25% ao ano no fim de 2010.

    Segundo nota divulgada pelo colegiado, ava-liando a conjuntura macroeconmica e as pers-pectivas para a inflao, o Copom definiu, por unanimidade, manter a taxa Selic em 8,75% ao ano, sem vis. O comit ir acompanhar a evo-luo do cenrio macroeconmico at sua pr-xima reunio, para ento definir os prximos passos na sua estratgia de poltica monetria.

    Wilson Dias/ABr

    Armando Perez Maria assume a presidncia do Clube Esperia

    O economista Armando Perez Maria assumiu a presidncia do Esperia no dia 19 de janeiro, em cerimnia reali-zada no Salo Social do Clube. Perez Maria foi eleito por unanimidade pelo Conselho Deliberativo, juntamen-te com os novos membros do Conselho de Justia e Sindicncia e Conselho Fiscal. Perez o 35 presidente eleito em 110 anos do Esperia. Ele substitui Arthur Moreira Ricca, que esteve a frente do Clube nos ltimos quatro anos. O mandato da nova gesto vai de 1 de janeiro de 2010 a 31 de dezembro de 2011.

    Divulgao Esperia

    ...........................Pg.14

    Investimento estrangeiro no Brasil cai 49,5% em 2009

    O fluxo de Investimento Direto Estrangeiro (IDE) para o Brasil caiu para R$ 22,8 bilhes em 2009, segundo um relatrio divulgado pela Agncia das Na-es Unidas para o Comrcio e o Desenvolvimento (Unctad). O fenmeno foi causado pela crise econmi-ca e tambm afetou outras naes

    Como cuidar da depresso, doena comum e silenciosa

    A depresso uma doena mais comum do que se imagina. Cerca de 5% da populao passa por um momento depressivo grave, ou seja, a ponto de exigir tratamento, em alguma fase da vida. A prevalncia na populao adulta , em geral, acima de 25%, sendo as mulheres as maiores vtimas........................Pg.10

    Produo de soja aumenta no Norte e Nordeste do Brasil

    As regies Norte e Nordeste devem registrar um aumento de rea para o cultivo da soja de 8,6% e incrementar a produo em 15,7% para 6,44 milhes de toneladas em 2010. O destaque fica para os Estados do Maranho, Tocantins e Piau, onde o crescimento ser acima de 18% ....................................Pg.11

    Crdito imobilirio prximo a R$ 50 bilhes para este ano

    A Abecip estima que o volume de financiamento para o mercado habitacional pode atingir R$ 50 milhes este ano, sendo R$ 30 milhes para o comprador final e o restante para a produo de unidades...............Pg.16

  • Janeiro / 2010 . 2www.globalnews.com.br

    Apoi

    o

    115 anos

    Distribuo: bancas, prdios, comrcios, nas lojas dos Shopping Center Norte e Lar Center, no Clube Esperia e Acre Clube. Remetido, tambm, a assinantes e ao Mailing List da Associao Comercial de So Paulo e tambm para assinantes em outros estados.

    Global News Editora Ltda. Rua Salete, 345 - Santana - So Paulo/ SP - CEP 02016-001 Telefone (11) 2978-8500 - Fax: (11) 2959-1784 Novo site: www.globalnews.com.br - email: globalnews@globalnews.com.brDiretor Responsvel: Cantulino Almeida (MTB 40.571) Jornalismo: Erlei GobiDiagramao e Criao: Luciana Marques / lumarquesdesigner@gmail.com Publicidade: Marina Crisostemo Circulao: Daniela Crisostemo Almeida. Produo e Acabamento: Global News EditoraPara anunciar ligue: (11) 2978-8500 Assessoria Jurdica: Dra Cassiana Crisostemo de Almeida e Dr. Rmulo Barreto de Souza.

    As matrias assinadas refletem o ponto de vista de seus autores, isentando a direo deste jornal de quaisquer responsabilidades provenientes das mesmas. A empresa esclarece que no mantm nenhum vnculo empregaticio com qualquer pessoa que conste neste expediente. So apenas colaboradores do jornal. vetada a reproduo parcial ou integral do contedo deste jornal sem autorizao expressa do Diretor Responsvel.

    Cantulino AlmeidaDiretor Responsvel

    EDITORIAL SESCON-SP E AESCON-SP empossam diretorias para o prximo trinio No dia 04 de janeiro, as novas diretorias do Sin-dicato e da Associao para a gesto 2010-2012 foram em-possadas em ato administrati-vo realizado na sede das enti-dades, na capital paulista.Ao ser reconduzido presidn-cia tanto do SESCON-SP como da AESCON-SP, o empresrio contbil Jos Maria Chapina Alcazar destacou o trabalho realizado pelas diretorias da gesto anterior e se compro-meteu, juntamente com a nova composio, a continuar em busca da valorizao das cate-gorias representadas e por um melhor ambiente para o empre-endedorismo brasileiro. Com a crescente sofisticao da inte-ligncia dos fiscos, o papel do profissional da contabilidade torna-se a cada dia mais impor-tante, enfatizou o lder seto-rial, lembrando ainda da neces-sidade de dedicao e educao para quem exerce a atividade.Participaram da mesa solene do evento os ex-presidentes das entidades, Carlos Jos de Lima Castro, Jos Serafim Abrantes, Terezinha Falco e Francisco Antonio Feij, que conduziu a cerimnia.

    ANUNCIE NO

    O JORNAL QUE D RETORNO AO SEU INVESTIMENTO!

    O JORNAL QUE D RETORNO AO SEU INVESTIMENTO!

    E-mail: globalnews@uol.com.brTel.: 2978-8500

    www.golbalnews.com.br

    Ano XII - N 125 - www.globalnews.com.br

    O comrcio mundial reagiu a crise e voltou a crescer nos principais mercados. A retomada foi puxada pela China e ganhou flego no terceiro trimestre, de-pois que os pases desenvolvidos comearam a sair da recesso. Isso pode ajudar a indstria que iniciar 2010 embalada como no se via h muito tempo no pas. Empresrios e economistas pro-jetam dois dgitos de crescimento da produo industrial no primei-ro trimestre, perodo tradicional-mente fraco, marcado por frias coletivas e depresso de tempo-rrios. O crescimento previsto para o Brasil um dos maiores do mundo, comparvel somente com a ndia, que tem perspectiva positiva de 21%. O perodo mais crtico da atual crise financeira parece ter ficado no retrovisor, o fundo do poo para o comrcio j passou. A China foi um fator de-terminante para o comrcio. Os recursos gastos significaram mais demanda para o minrio de ferro, cobre e outros produtos. A Am-rica Latina, com destaque para o Brasil, foi uma das regies mais

    beneficiadas. Graas ao apetite chins, o comrcio internacional dos pases latino-americanos su-biu 3,2% no trimestre terminado em agosto, a primeira alta do ano. O comrcio Global comeou a dar sinais de reao em maio, mas s ganhou mpeto a partir do tercei-ro trimestre quando as economias dos Estados Unidos e dos princi-pais pases da Europa voltaram a crescer de forma sincronizada. A retomada do comrcio global no est livre de risco, a China, que tirou o comrcio do buraco, pode se transformar em vil do planeta, e ser a maior potncia do mundo da globalizao. O Brasil preci-sa melhorar sua tecnologia para competir com o avano em novo nicho de mercado, com cresci-mento na poro industrial, para deter a demanda interna e externa. Hoje o grande consumidor de ma-tria prima a China, e foi o prin-cipal parceiro em 2009, comprou mais de que em 2008. Em 2010 poder alavancar o Brasil.

    Comrcio global pode ajudar o Brasil em 2010

    AESCON-SP: Associao das Empresas de Servios Contbeis do Estado de So Paulo.

    SESCON-SP: Sindicato das Empresas de Servios Contbeis, Asses-soramento, Percias, Informaes e Pesquisas no Estado de So Paulo.

  • Janeiro / 2010 . 3www.globalnews.com.br

    EM BREVE

    Disputa para ocupar o mercado mundial deve ser acirrada este ano entre Brasil, Argentina e EUA

    Produo global de soja deve crescer 20% em 2010

    Com a produo de soja global crescendo 20% na safra 2009/10 e a demanda es-timada para aumentar bem menos, algo em torno de 6 por cento em relao a 2008/09, a disputa para ocupar o mercado mundial deve ser acirrada neste ano, disseram analistas e corretores. Esse acirramento na competio, que pode resultar em preos mais frouxos, ser intensificado aps a confirmao de grandes safras do Brasil e Argentina, segun-do e terceiro produtores globais, que sero somadas a uma colheita tambm recorde dos Estados Unidos, o principal player mundial. Enquanto a safra norte-americana j est co-lhida, resultando em mais de 90 milhes de toneladas, o Brasil apenas comeou os traba-lhos de colheita no Centro-Oeste, e a safra da Argentina dever chegar ao mercado apenas ao final de maro.Isso far com que os estoques mundiais voltem aos nveis de anos anteriores... dever segurar reaes de preos, afirmou o analis-ta Luclio Alves, do Cepea, referindo-se s previses para a oferta e demanda global em 09/10. Os preos em Chicago j refletem a expectativa de uma oferta maior, com que-da de cerca de 10% no acumulado do ms. Nesta situao (de oferta), sem dvida, a concorrncia aumentar, acrescentou o analista do Centro de Estudos Avanados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

    O analista de soja da corretora Cerealpar, Steve Cachia, com escritrio em Malta, dis-se que a fora da Argentina no pode ser subestimada, embora o clima ainda preci-

    se continuar favorvel para a confirmao da safra, recm-semeada. A disputa tende a ser bastante acirrada, ressaltou Cachia, lembrando que a Argentina deve retomar boa parte do mercado de soja em gro per