grelha pdi

  • View
    5.949

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of grelha pdi

Plano de Desenvolvimento Individual da CrianaNome: Drio Soares da Rocha Identificao dos colaboradores:A Educadora de Infncia: Marta Pinto A Auxiliar de Aco Educativa: Carla Lopes A Auxiliar de Aco Educativa: Dina Cunha RECURSOS A ENVOLVER TEMA RESULTADO DESEJVEL Explora o prprio corpo. ACES AIMPLEMENTAR

Idade: 8 meses

Perodo de vigncia: de 01/10/2008 a 31/07/2009 PDI n 1

CALENDARIZAO

RECURSOS HUMANOS A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia.

RECURSOS MATERIAIS Nenhuns

RECURSOS LOGSTICOS Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades.

ACOMPANHAMENTO

DO PDI

Auto-

A criana competente ao nvel pessoal e social

conhecimento

Responde com gestos ou sinais vocais quando dizem o seu nome.

Explorao de canes mimadas; Explorao de conversas e brincadeiras com as crianas sobre o prprio corpo. Realizao de dilogos informais com as crianas; Explorao das rotinas dirias. Explorao intencional dos objectos pessoais das crianas atravs de dilogos e/ou brincadeiras com as crianas. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias.

01/10/2008 a 31/07/2009

Nenhuns

01/10/2008 a 30/12/2008

Identifica objectos familiares.

01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008

Os objectos pessoais da criana. Os objectos pessoais da criana. Nenhuns

Demonstra preferncias por objectos ou pessoas. Autoconceito Demonstra as emoes adequadas perante determinada situao ou acontecimento. Procura no adulto que este lhe identifique qual o comportamento inadequado ou apropriado para cada situao, verificando com frequncia a presena do prestador de cuidados quando perante situaes que no lhe so familiares. Distingue os adultos familiares dos no familiares.

01/10/2008 a 30/12/2008

Nenhuns

01/10/2008 a 31/07/2009

Interaco com adultos

Usa gestos fsicos ou sons para obter ajuda dos adultos que lhe so familiares. Demonstra interesse por outras crianas. Brinca lado a lado com outra criana usando um brinquedo. Participa de forma espontnea em interaces com pares.

Interaco com pares

Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de actividades em pequeno grupo. Realizao de actividades em pequeno grupo que envolvam a partilha de brinquedos e espaos. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com as crianas.

01/10/2008 a 01/11/2008

01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. O grupo de crianas. O grupo de crianas. O grupo de crianas.

Nenhuns

Nenhuns

Nenhuns Os brinquedos existentes na sala. Os brinquedos existentes na sala.

Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Sala de actividades. Sala de actividades. Sala de actividades.

Expressa as suas necessidades tais como estar com fome ou que quer o seu objecto preferido. Autoregulao

Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias.

01/10/2008 a 31/07/2009

A criana, a equipa educativa e a famlia.

Antecipa ou participa nas actividades de rotina.

Explorao das rotinas dirias. 01/10/2008 a 31/07/2009

A criana, a equipa educativa e a famlia.

Vira a cabea em direco a um objecto quando se diz o seu nome.Compreenso

Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias.

01/10/2008 a 30/12/2008

A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia.

da Linguagem

Compreende pedidos ou ordens simples que impliquem uma tarefa ou instruo.

01/10/2008 a 31/07/2009

Utiliza os gestos ou outros sinais para identificar as suas necessidades ou sentimentos ao seu prestador de cuidados. Vocaliza muito, imitando sons ou gestos feitos pelo seu prestador de cuidados.

A criana um aprendiz efectivo

Expresso da Linguagem

Expressa duas ou trs palavras compreensveis. Faz gestos, sons, movimentos ou demonstra o que quer ou sente atravs de entoao ou expresses faciais. Participa com o prestador de cuidados em brincadeiras ou actividades de mmica ou de conversao. Dirige a sua ateno para a face ou som da voz do prestador de cuidados.

Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos; Explorao das rotinas dirias. Realizao de brincadeiras e jogos espontneos com os adultos. Realizao de dilogos informais com as crianas; Explorao das rotinas dirias. Manipulao de diversos objectos e brinquedos existentes na sala; Realizao de brincadeiras e jogos espontneos; Explorao das rotinas dirias. Manipulao de diversos objectos e brinquedos

01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 01/04/2009 01/10/2008 a 30/12/2008

01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008

Interesse em aprender

Manipula coisas no contexto de que a rodeia.

A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia.

Objectos pessoais da criana; Brinquedos da sala; Alimentos e utenslios de alimentao. Objectos pessoais da criana; Objectos utilizados nas rotinas dirias. Objectos pessoais das crianas; Brinquedos da sala. Objectos pessoais das crianas; Brinquedos da sala; Objectos utilizados nas rotinas dirias. Nenhuns

Berrio, fraldrio e sala de actividades.

Berrio, fraldrio e sala de actividades.

Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades.

Nenhuns

Nenhuns

Nenhuns

Nenhuns

Nenhuns

Os objectos pessoais da criana; Os brinquedos da sala. Objectos pessoais das

Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades.

Recorda a localizao dos objectos favoritos.

01/10/2008

A criana, a equipa

Berrio, fraldrio e

existentes na sala; Realizao de brincadeiras e jogos espontneos; Explorao das rotinas dirias.Competncias

a 01/04/2009

educativa e a famlia.

cognitivas

Demonstra uma conscincia bsica de causalidade ou de efeito imediato. Usa objectos ou uma pessoa como estratgia para conseguir algo.

Manipulao de diversos objectos e brinquedos existentes na sala. Manipulao de diversos objectos e brinquedos existentes na sala.

01/10/2008 a 01/04/2009 01/10/2008 a 01/04/2009

A criana e a equipa educativa. A criana, a equipa educativa e a famlia.

crianas; Brinquedos da sala; Objectos utilizados nas rotinas dirias. Brinquedos da sala. Objectos pessoais das crianas; Brinquedos da sala; Objectos utilizados nas rotinas dirias. Nenhuns

sala de actividades.

Sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades.

A criana um aprendiz efectivo

Conceito de nmero

Compreende o conceito de mais em relao comida ou brincadeira. Cria padres prprios de autoregulao para dormir, comer e brincar.

Realizao de brincadeiras e jogos espontneos; Explorao das rotinas dirias. Explorao das rotinas dirias.

01/10/2008 a 01/04/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

Medida, ordem e tempo Conceitos da matemtica

Usa brinquedos simples de empilhamento ou de encaixe. Explora reaces espaciais. Explora livros.

Manipulao de diversos objectos e brinquedos existentes na sala. Manipulao de diversos objectos e brinquedos existentes na sala. Explorao de livros com imagens do quotidiano. Explorao de livros com imagens do quotidiano. Explorao de livros com imagens do quotidiano. Realizao de desenhos com diversos materiais.

01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

Interesse em livros e outros materiais escritos

Gosta de tocar, andar e de olhar para livros. Leva livros para o seu prestador de cuidados lhe mostrar. Segura marcadores ou lpis e faz marcas ou riscos no papel.

A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa.

Sala de actividades. Berrio e sala de actividades. Sala de actividades. Sala de actividades. Sala de actividades. Sala de actividades. Sala de actividades. Sala de actividades.

Objectos utilizados nas rotinas dirias. Brinquedos da sala. Brinquedos da sala. Livros. Livros. Livros. Folhas brancas; Cartolinas; Lpis de cor, Lpis de cera; Marcadores; Giz. Nenhuns

Bate palmas

Explorao de partes do corpo. 01/10/2008 a 30/12/2008

A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa

D pontaps nos objectos Motricidade global Levanta os braos para que um casaco ou camisola possa ser despida Fica sentada

Explorao de brincadeiras e jogos que impliquem actividade motora. Explorao das rotinas dirias.

01/10/2008 a 01/04/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

Brinquedos da sala. Vesturio da criana. Nenhuns

Berrio, fraldrio e sala de actividades. Sala de actividades. Fraldrio e rea de acolhimento. Berrio, fraldrio e

Realizao de actividades sensrio-motoras.

01/10/2008 a 30/12/2008

Rasteja ou gatinha

Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras.

01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 01/04/2009 01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 01/04/2009

Agarra-se s coisas para se puxar e manter de p Fica de p e anda volta de algo enquanto se agarra aos objectos ou moblia Consegue andar sozinho

Sobe a pequenas estruturas Motricidade global

Atira pequenos objectos

Carrega pequenos objectos

Empurra os objectos

Puxa os objectos

Anda de triciclo

Segue um movimento suave e lento de um objecto com os olhos Capacidades motoras finas Retira os objectos de dentro de uma caixa ou contentor Deita os objectos para dentro de uma caixa ou contentor Usa as mos para remexer e agarrar

Realizao de actividades sensrio-motoras.

01/10/2008 a 01/04/2009

educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia.

Nenhuns

Moblia e equipamento da sala. Moblia e equipamento da sala. Nenhuns

A criana demonstra competncias fsicas e motoras

Piscina.

sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Berrio, fraldrio e sala de actividades. Fraldrio e sala de actividades. Fraldrio e sala de actividades. Sala de actividades.

Objectos da sala. Objectos da sala. Objectos da sala. Objectos da sala. Triciclo.

Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades sensrio-motoras. Realizao de actividades

01/10/2008 a 30/12/2008 01/10/2008 a 30/12/2008

A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a

Objectos pessoais das crianas; Brinquedos da sala; Objectos utilizados nas rotinas dirias. Brinquedos da sala. Brinquedos da sala. Objectos

Berrio, fraldrio e sala de actividades.

Sala de actividades. Sala de actividades. Sala de

ou manipular objectos, comida, etc.

sensrio-motoras.

01/10/2008 a 30/12/2008

equipa educativa e a famlia.

Capacidades motoras finas

Usa o sistema de pina para agarrar pequenas coisas

Realizao de actividades sensrio-motoras.

01/10/2008 a 01/04/2009

A criana, a equipa educativa e a famlia.

Consegue beber de um copo sozinho

Explorao de rotinas dirias. 01/10/2008 a 01/04/2009

A criana, a equipa educativa e a famlia. RECURSOS HUMANOS A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana e a equipa educativa. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana, a equipa educativa e a famlia.

pessoais das crianas; Brinquedos da sala; Objectos utilizados nas rotinas dirias. Objectos pessoais das crianas; Brinquedos da sala; Objectos utilizados nas rotinas dirias. Objectos utilizados nas rotinas dirias (copo). RECURSOS MATERIAIS Plano de Actividades de Sala. Plano de Actividades de Sala.

actividades.

Berrio, fraldrio e sala de actividades.

Sala de actividades.

T EMA

OBJECTIVOS DE INTERVENO As crianas devem utilizar vesturio de proteco adequado (bibe). Os colaboradores devem proceder ao registo sempre que a criana evidenciar falta de higiene. Os colaboradores procuram tornar os momentos de higiene agradveis para as crianas (cantar canes enquanto se lava a cara ou se muda a fralda). Deve existir continuidade entre os cuidados prestados em casa e os prestados no estabelecimento. Na preparao da criana para comer, descansar ou entrega famlia, os colaboradores verificam o estado da fralda. A criana nunca deve ser deixada sozinha pelos colaboradores em cima do espao onde se muda a fralda. O perodo de muda de fralda deve ser utilizado como tempo de estabelecimento de laos afectivos e de aprendizagem e autonomia. Em situao de doena prolongada que implique a permanncia da criana em casa por mais de trs dias teis, esta s poder voltar a frequentar o estabelecimento aps apresentao de uma declarao mdica que ateste a sua situao de sade. Se a criana necessitar de cuidados mdicos urgentes, o responsvel entra

ACES Aquisio de babeiro (opcional). Registo da condio de higiene da criana no Plano de Actividades de Sala. Explorao de canes durante os momentos de higiene. Realizao de dilogos informais com a famlia da criana, diariamente, sobre os cuidados pessoais prestados no Centro Infantil e em casa. Prestao de cuidados de higiene s crianas, nomeadamente mudana da fralda sempre que necessrio. Superviso e acompanhamento das crianas em todas as reas da sala, nomeadamente na banca de muda de fraldas. Explorao de jogos e brincadeiras durante os momentos de higiene. Realizao de dilogos formais e informais com a famlia.

CALENDARIZAO

01/03/2009 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

RECURSOS LOGSTICOS Sala de actividades Fraldrio

ACOMPANHAMENTO

Cuidados Pessoais

Cuidados de Higiene

Plano de Actividades de Sala. Plano de Actividades de Sala. Nenhuns

Berrio, fraldrio e sala de actividades. Centro Infantil e casa da criana. Sala de actividades e fraldrio. Fraldrio

01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

Nenhuns

Fraldrio

01/10/2008 a 31/07/2009

01/10/2008 a 31/07/2009

Cuidados de Sade

Plano de Actividades de Sala e Declarao Mdica. Plano de Actividades de

Servio de sade mais prximo.

Realizao de dilogos formais e informais com a famlia.

01/10/2008

A criana, a equipa

Servio de Sade mais

Cuidados Pessoais

Cuidados de Sade

em contacto com a famlia e dirige-se ao servio de sade respectivo. Se a criana no necessitar de cuidados mdicos urgentes, o estabelecimento entra em contacto com a famlia, para a entregar aos seus cuidados. No caso em que a criana tenha que permanecer em casa por motivos de sade, o estabelecimento entra em contacto com a famlia para tomar conhecimento da situao da sade da criana. No caso de doena contagiosa deve ser avaliada a situao de possvel contgio a outras crianas e serem tomadas as medidas necessrias, nomeadamente alertar as entidades responsveis. O estabelecimento s dever administrar medicamentos mediante a apresentao de prescrio ou declarao mdica pelas famlias. Na ausncia de declarao mdica, deve ser solicitado s famlias um termo de responsabilidade, identificando a forma e horrio de administrao do medicamento. O responsvel pela assistncia efectua os registos da assistncia medicamentosa e, no final do dia, deve ser transmitida famlia informao relativa ao estado de sade da criana e como decorreu a administrao de medicamentos criana. O responsvel deve estar atento a eventuais situaes de negligncia, abusos e maus-tratos e comunic-las Direco Tcnica. As famlias comprometem -se a informar os colaboradores da hora de entrada da criana at s 9:30, de forma a comunicar o nmero de refeies a confeccionar de acordo com a ementa e eventuais situaes de dieta. As crianas so incentivadas a lavar as mos antes de comer.

a 31/07/2009 Realizao de dilogos formais e informais com a famlia. 01/10/2008 a 31/07/2009 Realizao de dilogos formais e informais com a famlia. 01/10/2008 a 31/07/2009

educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa, a famlia e os servios de sade. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia.

Sala. Plano de Actividades de Sala. Plano de Actividades de Sala.

prximo. Centro Infantil

Casa da criana.

Realizao de dilogos formais e informais com a famlia e com o servio de sade mais prximo. Realizao de dilogos formais e informais com a famlia. Realizao de dilogos formais e informais com a famlia.

01/10/2008 a 31/07/2009

Plano de Actividades de Sala.

Centro Infantil; Centro de Sade.

01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

Plano de Actividades de Sala. Plano de Actividades de Sala e Termo de Responsabilidade. Plano de Actividades de Sala.

Sala de actividades. Sala de actividades.

Realizao de dilogos formais e informais com a famlia.

01/10/2008 a 31/07/2009

Sala de actividades.

Realizao de dilogos formais e informais com a Direco Tcnica. Realizao de dilogos formais e informais com a famlia.

01/10/2008 a 31/07/2009

01/10/2008 a 31/07/2009

A criana, a equipa educativa de centro e a famlia. A criana, a equipa educativa e a famlia. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa.

Plano de Actividades de Sala. Plano de Actividades de Sala.

Sala de actividades; Centro Infantil. Centro Infantil.

Apoio na alimentao

Os perodos das refeies devem ser ocasies agradveis para todos os envolvidos (os colaboradores so pacientes com as crianas que comem devagar e com a desordem que estas fazem mesa). Os colaboradores incentivam as crianas a sentar-se numa cadeira mesa.

Promoo de hbitos de higiene atravs da lavagem das mos. Explorao de canes, jogos e brincadeiras durante o momento da alimentao.

01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

gua; Sabo lquido; Toalhetes. Objectos utilizados durante as refeies. Cadeiras.

Fraldrio. Sala de actividades.

Promoo de actividades que estimulem o desenvolvimento da autonomia das crianas.

01/10/2008 a 31/07/2009

A criana e a equipa educativa.

Sala de actividades.

Apoio na alimentao

Os colaboradores no devem obrigar as crianas a comer se estas no manifestarem vontade de o fazer. Depois de comer deve proceder-se higiene pessoal da criana. As crianas no vo para a cama com comida.

Promoo de actividades que estimulem o desenvolvimento da autonomia das crianas. Promoo de hbitos de higiene.

01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa.

Nenhuns. Fraldas; toalhitas hmidas; pomada; soro fisiolgico; gua; toalhetes. Nenhuns. Aparelhagem; cds de msica. Beros; lenis; mantas. Beros.

Sala de actividades. Fraldrio.

Cuidados Pessoais

Momentos de descanso

A comida ou bebida nunca utilizada como estratgia de recompensa ou de punio do comportamento da criana. Os colaboradores devem promover momentos de descanso confortveis e relaxantes para as crianas, nomeadamente recorrendo audio de msica. As crianas so colocadas em beros individuais, j preparados com lenis e manta. Os colaboradores devem colocar as crianas a dormir numa posio adequada tendo em conta, a posio de dormir preferida da criana. No so colocados objectos no bero para alm da chupeta e do seu brinquedo preferido, especialmente junto ao seu nariz ou boca. Os colaboradores retiram as crianas do bero medida que vo acordando e devidamente arranjadas e levadas para um espao de transio, onde permanecero a realizar actividades. Os colaboradores registam no Plano de Actividades de sala, as ocorrncias mais significativas durante o perodo de descanso.

Promoo de actividades que estimulem o desenvolvimento da autonomia das crianas. Promoo de actividades que estimulem o desenvolvimento da autonomia das crianas. Promoo de actividades que estimulem o desenvolvimento da autonomia das crianas. Preparao das rotinas dirias das crianas e do respectivo espao, tendo em conta as especificidades de cada uma e em segurana. Preparao das rotinas dirias das crianas e do respectivo espao, tendo em conta as especificidades e o ritmo de cada uma e em segurana. Preparao das rotinas dirias das crianas e do respectivo espao, tendo em conta as especificidades e o ritmo de cada uma e em segurana. Realizao de registos relativos ao perodo de descanso da criana no Plano de Actividades de Sala.

01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009 01/10/2008 a 31/07/2009

A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa. A criana e a equipa educativa.

Sala de actividades. Berrio; Sala de actividades. Berrio. Berrio.

01/10/2008 a 31/07/2009

01/10/2008 a 31/07/2009

A criana e a equipa educativa. A equipa educativa.

Chupeta; Fralda de pano; Brinquedo preferido; cobertor. Objectos da sala; Brinquedos. Plano de Actividades de Sala.

Berrio.

Berrio; Sala de actividades. Fraldrio.

01/10/2008 a 31/07/2009