of 53 /53
1 GRUPO I DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITOS HUMANOS, INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO PROCESSUAL DO TRABALHO, CIVIL, COMERCIAL E REGIME JURÍDICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DIREITO CONSTITUCIONAL QUESTÃO Nº 01 Assinale a alternativa INCORRETA: Lei Complementar disporá sobre: ( ) a) as condições para integração de regiões em desenvolvimento; ( ) b) elaboração, redação, alteração e consolidação das leis; ( ) c) o regime jurídico dos militares das forças armadas; ( ) d) o estatuto da magistratura; ( ) e) não respondida. QUESTÃO Nº 02 Assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) cada Senador será eleito segundo o princípio majoritário com dois suplentes; ( ) b) é de competência exclusiva do Congresso Nacional apreciar os atos de concessão e renovação de concessão de emissoras de rádio e televisão; ( ) c) compete privativamente à Câmara dos Deputados proceder à tomada de contas do Presidente da República, quando não apresentadas ao Congresso Nacional dentro de sessenta dias após a abertura da sessão legislativa; ( ) d) a incorporação de Deputados e Senadores às Forças Armadas dependerá de prévia licença da Casa respectiva, ainda que em tempo de guerra, exceto os militares; ( ) e) não respondida.

GRUPO I DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITOS HUMANOS ... · 1 grupo i direito constitucional, direitos humanos, individual e coletivo do trabalho processual do trabalho, civil, comercial

Embed Size (px)

Text of GRUPO I DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITOS HUMANOS ... · 1 grupo i direito constitucional, direitos...

  • 1

    GRUPO I

    DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITOS HUMANOS, INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

    PROCESSUAL DO TRABALHO, CIVIL, COMERCIAL E REGIME JURDICO DO MINISTRIO PBLICO

    DIREITO CONSTITUCIONAL

    QUESTO N 01 Assinale a alternativa INCORRETA: Lei Complementar dispor sobre: ( ) a) as condies para integrao de regies em desenvolvimento; ( ) b) elaborao, redao, alterao e consolidao das leis; ( ) c) o regime jurdico dos militares das foras armadas; ( ) d) o estatuto da magistratura; ( ) e) no respondida. QUESTO N 02 Assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) cada Senador ser eleito segundo o princpio majoritrio com dois suplentes; ( ) b) de competncia exclusiva do Congresso Nacional apreciar os atos de concesso e renovao de concesso de emissoras de rdio e televiso; ( ) c) compete privativamente Cmara dos Deputados proceder tomada de contas do Presidente da Repblica, quando no apresentadas ao Congresso Nacional dentro de sessenta dias aps a abertura da sesso legislativa; ( ) d) a incorporao de Deputados e Senadores s Foras Armadas depender de prvia licena da Casa respectiva, ainda que em tempo de guerra, exceto os militares; ( ) e) no respondida.

  • 2

    QUESTO N 03 Leia com ateno: I Uma Comisso Parlamentar de Inqurito no mbito do Congresso Nacional sujeita-se ao controle judicial, por meio de mandado de segurana ou habeas corpus, diretamente pelo Supremo Tribunal Federal. II As Comisses Parlamentares de Inqurito podem anular atos sob sua investigao, desde que lesivos ao patrimnio pblico. III As Comisses Parlamentares de Inqurito podem decretar a quebra do sigilo bancrio e proibir o afastamento do Pas de pessoas investigadas. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas a assertiva I est correta; ( ) b) apenas a assertiva III est correta; ( ) c) todas as assertivas esto corretas; ( ) d) as assertivas I e III esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 04 Assinale a alterna tiva INCORRETA: ( ) a) considerando-se o direito ampla defesa e ao contraditrio, previsto na Constituio Federal, a jurisprudncia do Supremo Tribunal Federal firmou-se majoritariamente no sentido de que nula a sentena penal condenatria fundada exclusivamente em elementos colhidos em inquritos policiais; ( ) b) em caso de anulao de ato administrativo, cuja formalizao haja repercutido no mbito de interesses individuais, necessria a oitiva daqueles cuja situao ser modificada, em homenagem ao princpio da ampla defesa e do contraditrio; ( ) c) segundo a jurisprudncia do Supremo Tribunal Federal, o conceito constitucional de domicilio se restringe habitao do individuo; ( ) d) a Constituio assegura ao preso o direito de identificao dos responsveis pela sua priso e por seu interrogatrio policial; ( ) e) no respondida.

  • 3

    QUESTO N 05 Leia com ateno: I Como regra geral, o controle de constitucionalidade no se mostra adequado para obstar a tramitao de projeto de lei ou de proposta de emenda constitucional. II Mesmo havendo pronunciamento do Supremo Tribunal Federal, afirmando a inconstitucionalidade de lei ou de ato normativo, em sede de controle incidental, necessrio que o Plenrio de Tribunal Regional ou seu rgo Especial se manifeste sobre argio de inconstitucionalidade da mesma lei ou ato normativo. III O controle incidental de constitucionalidade pode se realizar inclusive tomando por parmetro norma constitucional que j no est mais em vigor. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas as assertivas I e III esto corretas; ( ) b) apenas a assertiva III est correta; ( ) c) todas as assertivas esto corretas; ( ) d) as assertivas I e II esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 06 No pode ser objeto de ao direta de inconstitucionalidade perante o Supremo Tribunal Federal: ( ) a) o decreto legislativo aprovado pelo Congresso Nacional com o escopo de sustar os atos normativos do Poder Executi vo que exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegao legislativa; ( ) b) a lei ou ato normativo j revogado; ( ) c) as medidas provisrias; ( ) d) as leis formais; ( ) e) no respondida. QUESTO N 07 Julgue as assertivas abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I As medidas provisrias so fontes do direito com previso constitucional, havendo restries to somente no aspecto material, no tocante urgncia e

  • 4

    relevncia da situao nela disciplinada, alm de algumas matrias que esto fora de seu mbito, mas no no aspecto formal; sendo assim, elas podem substituir qualquer modalidade de lei, produzindo desde logo seus efeitos sujeitos condio resolutiva, uma vez respeitadas as restries materiais. II Compete privativamente ao Presidente da Repblica dispor mediante decreto sobre a organizao e funcionamento da administrao federal, quando no implicar aumento de despesas nem criao ou extino de rgos pblicos, assim como sobre extino de funes ou cargos pblicos quando vagos. III Cabe ao Presidente da Repblica nomear os procuradores gerais dos ramos do Ministrio Pblico da Unio, aps aprovao de seus nomes pelo Senado Federal. IV Os atos do Presidente da Repblica que atentem contra a Constituio Federal, no que se refere ao livre exerccio do Ministrio Pblico e do exerccio dos direitos polticos, individuais e sociais, constituem crimes de responsabilidade, conforme definio em lei especial, que estabelecer as normas de processo e julgamento. ( ) a) apenas as assertivas I e III so corretas; ( ) b) apenas as assertivas I e II so corretas; ( ) c) apenas as assertivas II e IV so corretas; ( ) d) apenas a assertiva II correta; ( ) e) no respondida. QUESTO N 08 Analise os itens abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I As decises administrativas dos tribunais do Poder Judicirio devem ser motivadas e, aps a Emenda Constitucional 45/2004, tambm ser tomadas em sesso pblica. II O interesse pblico informao, que justifica a publicidade de todos os julgamentos dos rgos do Poder Judicirio, assegurado por norma de carter absoluto, e, como tal, no d espaos para a incidncia do princpio da intimidade das partes no processo. III Os rgos do Poder Judicirio brasileiro, inclusive fracionrios, podem declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato normativo do Poder Pblico, independentemente da observncia de qualquer formalidade, uma vez que detm o controle difuso de constitucionalidade. IV Os crditos de natureza alimentcia, ressalvados os decorrentes de obrigaes definidas em lei como de pequeno valor, no dispensam a expedio de precatrios, estando isentos da observncia da ordem cronolgica dos precatrios resultantes de condenaes de outra natureza.

  • 5

    ( ) a) apenas os itens II e III so corretos; ( ) b) apenas os itens I e III so corretos; ( ) c) apenas os itens III e IV so corretos; ( ) d) apenas os itens I e IV so corretos; ( ) e) no respondida. QUESTO N 09 Analise os itens abaixo e assinale a letra CORRETA: I Compete ao Supremo Tribunal Federal julgar conflito de competncia entre o Tribunal Superior do Trabalho e um Tribunal Regional Federal. II Compete ao Supremo Tribunal Federal julgar eventual recurso ordinrio contra deciso de nica instncia em mandado de segurana impetrado no Tribunal Superior do Trabalho, se denegatria a deciso. III As decises definitivas de mrito, proferidas pelo Supremo Tribunal Federal, nas aes diretas de inconstitucionalidade e nas aes declaratrias de constitucionalidade, produziro eficcia contra todos e efeito vinculante, relativamente aos demais rgos do Poder Judicirio e administrao pblica direta e indireta, nas esferas federal, estadual e municipal. IV Compete originariamente ao Supremo Tribunal Federal processar e julgar as aes contra o Conselho Nacional do Ministrio Pblico. ( ) a) todos so corretos; ( ) b) apenas os itens I e III so corretos; ( ) c) apenas os itens II e IV so corretos; ( ) d) apenas os itens II e III so corretos; ( ) e) no respondida. QUESTO N 10 Examine as proposies abaixo e assinale a alternativa CORRETA. I A Justia do Trabalho detm competncia para o processamento e julgamento dos mandados de segurana, apenas quando o ato questionado for praticado por seus membros. II A legitimao constitucional para promover a ao civil pblica para a proteo de interesses difusos e coletivos exclusiva do Ministrio Pblico.

  • 6

    III Com a criao do Conselho Nacional do Ministrio Pblico, a independncia funcional no Ministrio Pblico foi relativizada, considerando que cabe ao Conselho rever, de ofcio ou mediante provocao, os atos praticados pelos membros da Instituio. ( ) a) apenas o item I correto; ( ) b) apenas o item II correto; ( ) c) apenas o item III correto; ( ) d) nenhum est correto; ( ) e) no respondida. QUESTO N 11 Analise as assertivas abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I No estado de defesa para preservar ou restabelecer a ordem pblica ou a paz social ameaadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas por calamidades de grandes propores na natureza, possvel a restrio temporria aos direitos de reunio, sigilo de correspondncia e de comunicao telegrfica e telefnica. II Na vigncia do estado de stio, no se admitem restries liberdade de ir e vir nem inviolabilidade de correspondncia. III Aos militares asseguram-se, entre outros direitos, o gozo de frias anuais remuneradas, com acrscimo de 1/3, e licena-gestante de 120 dias. IV As funes de polcia judiciria da Unio so exercidas, com exclusividade, pela polcia federal. ( ) a) apenas os itens I e II so corretos; ( ) b) apenas os itens II e IV so corretos; ( ) c) apenas os itens I, III e IV so corretos; ( ) d) apenas os itens III e IV so corretos; ( ) e) no respondida.

  • 7

    QUESTO N 12 Analise as assertivas abaixo: I vedado Unio, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municpios instituir impostos sobre o patrimnio, a renda e os servios das entidades sindicais dos trabalhadores, apenas quando relacionados com suas finalidades essenciais. II A explorao direta de atividade econmica pelo Estado , em todo caso, permitida, exigindo-se apenas que as empresas pblicas ou sociedades de economia mista que a realizem se sujeitem ao regime prprio das empresas privadas. III A prestao de servios pblicos cabe, na forma da lei, diretamente ao poder pblico ou sob regime de concesso ou permisso, neste caso sempre atravs de licitao. IV possvel dispensar s micro-empresas e s empresas de pequeno porte, assim definidas em lei, tratamento diferenciado quanto s obrigaes trabalhistas, ou pela eliminao ou reduo destas por meio de lei. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas os itens I e III so corretos; ( ) b) apenas os itens III e IV so corretos; ( ) c) apenas os itens I e IV so corretos; ( ) d) apenas os itens II e III so corretos; ( ) e) no respondida.

    DIREITOS HUMANOS QUESTO N 13 No estudo dos direitos humanos fundamentais, existe ciznia doutrinria em torno da utilizao da expresso gerao, para indicar o processo de consolidao desses direitos, sendo que alguns preferem utilizar dimenso. Examine as assertivas a seguir e selecione o argumento que, efetivamente, d suporte doutrina que defende a necessidade de substituio de uma expresso por outra.

  • 8

    ( ) a) os direitos humanos fundamentais so direitos naturais e, como tais, imutveis, de maneira que o vocbulo gerao faz aluso a uma historicidade inexistente nessa modalidade de direitos, enquanto dimenso refere-se a aspectos relevantes de um todo, que simplesmente se destacam de acordo com o grau de desenvolvimento da sociedade; ( ) b) o termo gerao conduz idia equivocada de que os direitos humanos fundamentais se substituem ao longo do tempo, enquanto dimenso melhor reflete o processo gradativo de complementaridade, pelo qual no h alternncia, mas sim expanso, cumulao e fortalecimento; ( ) c) a idia de gerao leva ao entendimento de que o processo de afirmao dos direitos humanos fundamentais linear e no comporta retrocessos, enquanto a de dimenso melhor expressa o caminho tortuoso desse processo, de acordo com as relaes de foras existentes nas sociedades; ( ) d) O termo gerao sugere uma eficcia restrita dos direitos humanos fundamentais, meramente vertical, ao passo que dimenso indica eficcia mais ampla, tambm horizontal; ( ) e)no respondida. QUESTO N 14 Sobre o sistema de promoo e proteo dos direitos humanos, assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) apesar de a Declarao Universal de Direitos Humanos da ONU prever em seu texto direitos civis e polticos ao lado dos direitos sociais, econmicos e culturais, foram aprovados dois pactos internacionais distintos, o que acabou criando embaraos para os defensores da indivisibilidade dos direitos humanos, especialmente num contexto de guerra fria; ( ) b) a Declarao Universal de Direitos Humanos de 1948 da ONU no constitui, sob o ponto de vista formal, instrumento jurdico vinculante, em termos gerais, embora, no aspecto material, venha sendo utilizada como importante elemento de interpretao dos tratados e convenes internacionais e como fonte de inspirao para a aprovao e interpretao das normas internas dos Estados; ( ) c) a separao dos direitos civis e polticos, de um lado, e dos direitos sociais, econmicos e culturais, de outro, levou a doutrina a abandonar a tese da interdependncia entre essas duas categorias de direitos; ( ) d) o Pacto de Direitos Civis e Polticos da ONU consagra alguns valores alusivos dignidade da pessoa do trabalhador como a proibio de escravido, de servido e de trabalhos forados, alm de garantir o direito de fundar sindicatos. ( ) e) no respondida

  • 9

    QUESTO N 15 Quanto ao sistema interamericano de proteo dos direitos humanos, analise as assertivas abaixo: I No mbito da Organizao dos Estados Americanos, ao contrrio do que ocorre no da ONU, s h um Pacto de Direitos Humanos, que trata dos Direitos Civis e Polticos, o Pacto de So Jos da Costa Rica, no havendo um pacto de direitos sociais, econmicos e culturais. II O Pacto de So Jos da Costa Rica restringe a priso civil por dvidas ao devedor de alimentos. III O Pacto de So Jos da Costa Rica probe todo tipo de trabalho forado ou obrigatrio, inclusive ao presidirio. IV O Pacto de So Jos da Costa Rica consagra o duplo grau de jurisdio ao garantir o direito de recorrer de sentena a juiz ou tribunal. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas os itens III e IV so corretos; ( ) b) apenas os itens I e II so corretos; ( ) c) apenas os itens I e IV so corretos; ( ) d) apenas os itens II e IV so corretos; ( ) e) no respondida. QUESTO N 16 De acordo com a jurisprudncia do Supremo Tribunal Federal referente incorporao dos tratados internacionais sobre direitos humanos no ordenamento jurdico brasileiro, analise as assertivas abaixo: I Prevalece a tese da constitucionalizao dos tratados ratificados aps a promulgao da Constituio de 1988, por fora da abertura do rol dos direitos e garantias fundamentais a outros direitos previstos nos tratados internacionais em que a Repblica do Brasil seja parte. II H decises do STF que aceitam a tese da constitucionalizao dos tratados sobre direitos humanos incorporados ao nosso ordenamento jurdico antes da Constituio de 1988. III Aps a Emenda Constitucional n 45, de 2004, a constitucionalizao dos tratados internacionais sobre direitos humanos depende, no aspecto formal, da observncia do procedimento previsto para aprovao de emenda Constituio.

  • 10

    Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas o item II incorreto; ( ) b) apenas o item I incorreto; ( ) c) apenas o item III incorreto; ( ) d) todas so incorretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 17 Em relao a atuao do Ministrio Pblico na defesa dos Direitos Humanos Fundamentais, assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) tratando-se de violao a direitos individuais homogneos, admite a jurisprudncia do Supremo Tribunal Federal a tutela por meio de ao civil pblica; ( ) b) a tutela coletiva de interesse dos grupos e da sociedade em geral pelo Ministrio Pblico afasta a possibilidade de os lesados requererem em juzo reparaes individualizadas; ( ) c) a atuao do Ministrio Pblico na defesa dos direitos humanos depende da materializao do fato e, portanto, de carter repressiva com efeitos futuros, e no preventiva; ( ) d) tratando-se de leses individualizadas a direitos humanos fundamentais, a atuao do Ministrio Pblico depende do consentimento das pessoas lesadas. ( ) e) no respondida.

    DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO

    QUESTO N 18 Assinale a alternativa CORRETA: I Ser nulo o contrato de trabalho ou de locao de servios realizados com ndios que vivem em grupos desconhecidos. II O contrato de aprendizagem contrato de trabalho especial, por prazo determinado de dois anos, prorrogveis somente para os aprendizes portadores de deficincia, cuja idade mxima de 24 anos no se aplica. III - A anotao na Carteira de Trabalho e Previdncia constitui o nico pressuposto para a validade do contrato de aprendizagem.

  • 11

    IV O aprendiz ter direito ao depsito do FGTS, com alquota reduzida de 2%(dois por cento) da sua remunerao paga ou devida. ( ) a) somente as assertivas I, II e III esto corretas; ( ) b) somente as assertivas I, III e IV esto corretas; ( ) c) somente as assertivas I e IV esto corretas; ( ) d) somente as assertivas II e IV esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 19 Assinale a alternativa CORRETA: I O Direito do Trabalho estende sua esfera normativa ao empregado a domiclio, no fazendo distino entre o trabalho realizado no estabelecimento do empregador e o executado no domiclio do empregado, desde que presentes os elementos caracterizadores da relao de emprego. II O fato de o empregador ter permitido que o empregado execute as atividades em seu domiclio significa que renunciou ao poder diretivo. III A situao jurdica da me-social est disciplinada por lei que estabelece os direitos trabalhistas a que faz jus, dentre eles, anotao na CTPS, repouso semanal remunerado de 24 horas consecutivas, frias anuais de 30 dias, 13 salrio e FGTS. IV So assegurados aos aeronautas frias anuais em dois perodos de 20 dias. ( ) a) apenas uma das assertivas est incorreta; ( ) b) apenas duas das assertivas esto incorretas; ( ) c) apenas trs das assertivas esto incorretas; ( ) d) todas as assertivas esto incorretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 20 Assinale a alternativa CORRETA: I - As cooperativas no se igualam s demais empresas em relao aos seus empregados para fins de legislao trabalhista e previdenciria. II O contrato de prestao de servios firmado entre a empresa constituda pelo ex-empregado da tomadora como condio para permanecer laborando e a sua ex-

  • 12

    empregadora, para o Direito do Trabalho anulvel, mesmo que presentes os requisitos caracterizadores da relao de emprego. III A empresa de trabalho temporrio necessariamente urbana, conseqentemente, vedada a contratao de rurcola nessas condies. IV - O contrato entre a empresa de trabalho temporrio e a empresa tomadora de servio ou cliente dever ser obrigatoriamente escrito e dele dever constar expressamente o motivo justificador da demanda de trabalho temporrio, assim como a modalidade de remunerao da prestao de servio. ( ) a) somente as assertivas I, II e III esto corretas; ( ) b) somente as assertivas I, III e IV esto corretas; ( ) c) somente as assertivas I, II, e IV esto corretas; ( ) d) somente as assertivas III e IV esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 21 Segundo a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, so fatores que indicam a existncia de fraude trabalhista, ou seja, de mera intermediao de mo-de-obra: I - determinao pela tomadora do modo, tempo e forma que o trabalho deve ser realizado; II indicao pela tomadora da quantidade de trabalhadores e quais funes devero ser preenchidas pela empresa prestadora; III - saber-fazer especfico (Know-how) da empresa prestadora de servios, com utilizao de meios materiais prprios para a execuo do contrato; IV repasse da atividade central da empresa tomadora prestadora de servios. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) somente as assertivas I, II e III esto corretas; ( ) b) somente as assertivas I, III e IV esto corretas; ( ) c) somente as assertivas I, II, e IV esto corretas; ( ) d) somente as assertivas II, III e IV esto corretas; ( ) e) no respondida.

  • 13

    QUESTO N 22 Analise as assertivas seguintes sobre o trabalho porturio avulso: I em havendo vagas disponveis, a passagem do trabalhador porturio avulso cadastrado para o registro no rgo gestor de mo-de-obra deve ser regulamentada por contrato, acordo ou conveno coletiva, que estipular a forma de seleo, sendo requisito obrigatrio a antiguidade no cadastro, por fora de lei; II - o pagamento dos salrios deve ser feito pelo rgo gestor de mo-de-obra diretamente aos trabalhadores, salvo os valores relativos a frias e 13 salrio, cujos valores percentuais devem ser repassados aos respectivos sindicatos, a quem compete o gerenciamento do respectivo fundo e o pagamento aos trabalhadores porturios avulsos quando do gozo de frias (remunerao das frias) e at o vigsimo dia do ms de novembro (13 salrio); III - assegurado ao trabalhador porturio avulso registrado no rgo gestor de mo-de-obra o direito de concorrer escala diria complementando a equipe de trabalho do quadro de cadastrados; IV - o intervalo interjornadas mnimo de 11 horas aplicvel aos trabalhadores porturios avulsos, ainda que a jornada de trabalho seja de seis horas, salvo situaes excepcionais. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas uma alternativa est correta; ( ) b) duas alternativas esto corretas; ( ) c) trs alternativas esto corretas; ( ) d) todas as alternativas esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 23 Assinale a alternativa CORRETA: I Conforme entendimento uniforme do Tribunal Superior do Trabalho, o fornecimento do aparelho de proteo pelo empregador o exime do pagamento do adicional de insalubridade. II Ao empregador vedado exigir a remoo individual pelo empregado de peso superior a cinqenta quilos, como tambm, a empregar mulher em servio que demande emprego de fora muscular superior a vinte quilos para o trabalho contnuo, ou vinte e cinco, para o trabalho ocasional.

  • 14

    III Segundo entendimento uniforme do Tribunal Superior do Trabalho, o trabalho executado, em condies insalubres, em carter intermitente, no afasta, s por essa circunstncia, o direito percepo do respectivo adicional. IV Constitui ato faltoso do empregado a recusa injustificada observncia das instrues recebidas nos treinamentos oferecidos pelo Programa de Preveno de Riscos Ambientais. ( ) a) somente as assertivas I e II esto corretas; ( ) b) somente as assertivas I, III e IV esto corretas; ( ) c) somente as assertivas II, III e IV esto corretas; ( ) d) somente as assertivas III e IV esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 24 Trabalhadores foram atrados por falsas promessas para laborarem em outro estado da federao. Durante o perodo (alguns por 5 meses, outros por 14 meses) em que permaneceram no local da prestao de servios, cerceados da liberdade de ir e vir, os trabalhadores operaram em condies degradantes, sem pagamento dos salrios. Diante desses fatos, podemos afirmar que: I trata-se de hiptese de resciso indireta e, por essa razo, o empregado resgatado com mais de um ano de servio dever receber, a ttulo de verbas rescisrias: salrios de todo perodo; aviso prvio; gratificaes natalinas; frias vencidas e proporcionais, acrescidas do tero constitucional; FGTS de todo o perodo, acrescido da indenizao de 40%; II por caracterizar justa causa cometida pelo empregador, o empregado libertado com menos de um ano de servio ter direito apenas a receber a ttulo de verbas rescisrias: salrios de todo perodo; aviso prvio; 13 salrio proporcional; FGTS de todo o perodo, acrescido da indenizao de 40%; III alguns trabalhadores afirmaram que, no ato da contratao, consentiram com o deslocamento at o local da prestao de servios. Para esses, no esto presentes os elementos caracterizadores do trabalho em condio anloga de escravo; IV o trabalhador identificado como submetido a regime de trabalho em condies anlogas de escravo, em decorrncia de ao de fiscalizao do grupo mvel, ser dessa situao resgatado e ter direito a seis parcelas de seguro-desemprego no valor de um salrio mnimo cada. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas uma das assertivas est correta; ( ) b) apenas duas das assertivas esto corretas;

  • 15

    ( ) c) apenas trs das assertivas esto corretas; ( ) d) todas as assertivas esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 25 O fenmeno da relao de emprego somente se completa do ponto de vista de seus plenos efeitos jurdicos, se reunidos, na mesma relao os elementos fticos e jurdicos. Assim considerando, podemos afirmar que: I a lei que disciplina o trabalho do atleta profissional de futebol probe a contratao de adolescentes de 16 anos. Entre 16 e 20 anos, a contratao necessita de consentimento expresso do responsvel legal. II para a jurisprudncia dominante, o trabalho realizado pelo menor de 16 anos proibido, salvo na condio de aprendiz, a partir dos 14 anos. Assim, o contrato firmado nestas circunstncias nulo, mas produz todos os efeitos trabalhistas, a fim de impedir o enriquecimento ilcito do empregador. III segundo Orientao Jurisprudencial do Tribunal Superior do Trabalho, o contrato de trabalho celebrado entre o bicheiro e o apontador do jogo do bicho nulo, porque o objeto ilcito, por traduzir contraveno penal. IV o entendimento do Tribunal Superior do Trabalho no sentido de que a contratao de servidor pblico, aps a Constituio da Repblica de 1988, sem prvia aprovao em concurso pblico e para atender necessidade temporria de excepcional interesse pblico nula, razo pela qual, o trabalhador s ter direito ao pagamento da contraprestao pactuada em relao ao nmero de horas trabalhadas e dos valores referentes aos depsitos do FGTS. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas uma das assertivas est correta; ( ) b) apenas duas das assertivas esto corretas; ( ) c) apenas trs das assertivas esto corretas; ( ) d) todas as assertivas esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 26 A Encclica Divini redemptoris, que trouxe orientaes sobre trabalho, foi escrita pelo papa:

  • 16

    ( ) a) Paulo VI; ( ) b) Joo XXIII; ( ) c) Leo XIII; ( ) d) Pio XI; ( ) e) no respondida. QUESTO N 27 Complete com a opo CORRETA. A Constituio do Mxico, de ________, tratou de regras de Direito do Trabalho no seu artigo 123. ( ) a) 1915; ( ) b) 1917; ( ) c) 1919; ( ) d) 1921; ( ) e) no respondida. QUESTO N 28 Complete com a opo CORRETA. Na hiptese de resciso do contrato de trabalho sem que tenha havido a compensao integral da jornada extraordinria, far o trabalhador jus ao pagamento das horas extras no compensadas, calculadas sobre o valor _______ na data da resciso. ( ) a) da hora normal; ( ) b) do salrio; ( ) c) da remunerao; ( ) d) da globalidade salarial: ( ) e) no respondida. QUESTO N 29 Complete com a opo CORRETA.

  • 17

    Poder a durao normal do trabalho do jornalista ser elevada a ______ horas, mediante acordo escrito, em que se estipule aumento de ordenado, correspondente ao excesso de tempo de trabalho, em que se fixe um intervalo destinado a repouso ou a refeio. ( ) a) 7 horas ( ) b) 8 horas; ( ) c) 10 horas; ( ) d) 12 horas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 30 Complete com a opo CORRETA. Em relao ao trabalho em minas no subsolo, em cada perodo de ______ consecutivas de trabalho, ser obrigatria uma pausa de _____ minutos para repouso, a qual ser computada na durao normal de trabalho efetivo. ( ) a) 1hora e 40minutos; 20; ( ) b) 2 horas; 20; ( ) c) 3 horas; 15; ( ) d) 3 horas; 20; ( ) e) no respondida. QUESTO N 31 Complete com a opo CORRETA. Os operadores cinematogrficos esto sujeitos a ____ horas consecutivas de trabalho em cabina, durante o funcionamento cinematogrfico. ( ) a) 4; ( ) b) 5; ( ) c) 6; ( ) d) 7; ( ) e) no respondida.

  • 18

    QUESTO N 32 O horrio noturno do advogado das: ( ) a) 20 s 4 horas; ( ) b) 20 s 5 horas; ( ) c) 21 s 5 horas; ( ) d) 22 s 5 horas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 33 Complete com a opo CORRETA. O contrato de trabalho do jogador de futebol de prazo determinado, com vigncia nunca inferior a ______ meses e nem superior a ______ anos. ( ) a) 3; 2; ( ) b) 3; 5; ( ) c) 6; 3; ( ) d) 12; 5; ( ) e) no respondida. QUESTO N 34 Julgue as assertivas abaixo: I Os atos praticados pelo superior hierrquico para punir o subordinado, longe da presena de terceiros, no podem ser enquadrados como assdio moral, uma vez que traduzem as prerrogativas decorrentes do poder disciplinar para o melhor andamento da atividade empreendida. II O assedio sexual mais amplo no mbito dos efeitos trabalhistas do que em sua tipificao no Direito Penal brasileiro, pois este prev o assdio sexual por chantagem, no incluindo o assdio por intimidao, alm de no abranger o assdio ascendente, praticado pelo inferior hierrquico. III combate discriminao no ato da contratao dos trabalhadores situa -se margem das atribuies do Ministrio Pblico do Trabalho, considerando inexistir, at ento, contrato de trabalho formalizado. IV De acordo com as normas incorporadas ao nosso ordenamento jurdico, no constituem discriminaes as distines, excluses ou preferncias baseadas nas

  • 19

    qualificaes exigidas para um emprego determinado, as que se possam justificar em funo da segurana do Estado e, finalmente, as que tenham o carter de medidas de proteo ou assistncia especial reconhecida como necessria por motivos como o sexo, a invalidez, os encargos de famlia ou o nvel social ou cultural. ( ) a) apenas os itens I e IV so corretos; ( ) b) apenas os itens I e III so corretos; ( ) c) apenas os itens II e IV so corretos; ( ) d) todos os itens so incorretos; ( ) e) no respondida.

    DIREITO COLETIVO DO TRABALHO

    QUESTO N 35 Assinale a alternativa INCORRETA. ( ) a) a negociao coletiva pode ter por finalidade fixar condies individuais de trabalho e estabelecer as condies para o relacionamento entre aqueles que se engajam nas relaes coletivas de trabalho; ( ) b) a negociao coletiva no se confunde com a conveno e o acordo coletivo de trabalho; ( ) c) os princpios da razoabilidade, do dever de informao e do respeito finalidade da negociao so princpios da negociao coletiva; ( ) d) segundo a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, no possvel a realizao de acordo coletivo de trabalho ou conveno coletiva de trabalho sem a participao do sindicato; ( ) e) no respondida. QUESTO N 36 Assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) a negociao coletiva pode ocorrer por empresa ou por categoria; ( ) b) parte da doutrina nacional sustenta que a natureza jurdica da conveno coletiva de trabalho mista, ou seja, contratual na celebrao e regulamentar quanto aos seus efeitos;

  • 20

    ( ) c) apesar de previsto expressamente na legislao brasileira, o contrato coletivo de trabalho no foi implementado; ( ) d) dentre os elementos extrnsecos da conveno coletiva de trabalho podemos arrolar o consenso; ( ) e) no respondida. QUESTO N 37 Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) o piquete pacfico no admitido pela legislao brasileira; ( ) b) a greve de rendimento no permitida pela legislao brasileira; ( ) c) as greves que no impliquem a cessao do trabalho esto amparadas pela legislao brasileira pertinente; ( ) d) a mera adeso greve pode constituir falta grave se o movimento for considerado abusivo pelas Cortes Trabalhistas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 38 Leia com ateno: I Dentre os servios ou atividades essenciais esto includos o transporte coletivo, servios funerrios, servios de bancos, controle de trfego areo, telecomunicaes, captao e tratamento de esgoto e lixo; II Dentre as correntes que procuram elucidar a titularidade da greve esto aquelas que a consideram como um direito do sindicato ou um direito coletivo dos trabalhadores. III Segundo a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, os interesses que podem ser defendidos com o exerccio do direito de greve so os profissionais. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) todas as assertivas esto corretas; ( ) b) apenas as assertivas I e II esto corretas; ( ) c) apenas as assertivas II e III esto corretas; ( ) d) apenas as assertivas I e III esto corretas; ( ) e) no respondida.

  • 21

    QUESTO N 39 Sobre o direito de liberdade sindical previsto na Constituio brasileira de 1988, julgue as assertivas abaixo, levando em conta a doutrina do constitucionalismo. I O direito de liberdade sindical enquadra-se como princpio constitucional na medida em que rene todas as condies para, de maneira prvia, estabelecer sua delimitao nos casos concretos, mediante um modelo de aplicao absoluta de seu contedo. II A eficcia vertical imediata do direito de liberdade sindical em relao ao poder pblico assegura aos sindicatos imunidade contra qualquer tipo de interveno por parte do Ministrio Pblico do Trabalho, no que se refere organizao e s aes sindicais. III O direito de liberdade sindical, como garante de liberdades, possui um contedo estritamente negativo, de no interveno, que o coloca na primeira dimenso dos direitos, e, como tal, dirige-se ao trabalhador como indivduo abstrato; sua natureza difere da dos demais direitos trabalhistas, que surgem como de segunda dimenso, pois levam em conta os trabalhadores inseridos em seus contextos de vida e possuem um contedo positivo prestacional. IV - A Constituio Brasileira prev reserva legal para a prtica de qualquer ato resultante do direito de liberdade sindical dos servidores pblicos estatutrios. ( ) a) Apenas a I correta; ( ) b) apenas a III correta; ( ) c) apenas as II e IV so corretas; ( ) d) todas so incorretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 40 Uma associao de trabalhadores formula pedido de registro sindical, com os documentos indispensveis para a prtica do ato, protocolado na Delegacia Regional do Trabalho onde se localiza a sede da entidade. Verificada a regularidade dos documentos pelo setor competente, o pedido de registro foi publicado no Dirio Oficial da Unio. Houve impugnao por entidade sindical de mesmo grau, representatividade e base territorial coincidentes com as da requerente, acompanhada dos documentos necessrios ao seu conhecimento, entre os quais o comprovante do registro sindical expedido pelo Ministrio do Trabalho e Emprego. De acordo com a situao descrita, analise as seguintes asseres, baseando-se em entendimento do Supremo Tribunal Federal.

  • 22

    I A autoridade do Ministrio do Trabalho e Emprego conceder autorizao entidade que reunir as melhores condies para representar os integrantes da categoria, podendo, caso seja necessrio, desconstituir registro anteriormente concedido outra entidade sindical. II Prevalecer na hiptese a anterioridade, ou seja, a entidade que anteriormente detiver o registro sindical. III O registro da associao requerente deve ser concedido, sem prejuzo do registro j concedido anteriormente, sob pena de interveno do Estado nos sindicatos; as eventuais disputas intersindicais decorrentes da duplicidade devem ser resolvidas em juzo. IV O registro das entidades sindicais no Ministrio do Trabalho e Emprego compatvel com a Constituio brasileira de 1988. Assinale a opo CORRETA: ( ) a) correta apenas a de nmero I; ( ) b) so corretas as de nmeros II e IV; ( ) c) correta apenas a de nmero III; ( ) d) correta apenas a de nmero IV; ( ) e) no respondida. QUESTO N 41 Analise as assertivas e marque a opo CORRETA: I O Brasil no ratificou a Conveno n. 87 da Organizao Internacional do Trabalho sobre liberdade sindical; isso no impede, porm, que o Comit de Liberdade Sindical do Conselho de Administrao da OIT possa dar seguimento ao exame de eventual queixa baseada na violao em nosso pas dos direitos previstos naquela conveno internacional. II A Conveno n. 87 da OIT prev expressamente o direito fundamental de greve como contedo essencial do direito de liberdade sindical. III A Conveno n. 98 da OIT consagra o modelo do foro sindical, de maneira exclusiva, no sentido de que estabelece proteo contra a prtica de alguns atos anti-sindicais por parte dos empregadores ou seus representantes, sendo indiferente a eventuais prticas desleais por parte dos sindicatos dos empregados. IV A Conveno n. 98 da OIT probe a sindicalizao e a negociao coletiva dos funcionrios pblicos dos Estados-membros.

  • 23

    ( ) a) apenas a de nmero I correta; ( ) b) apenas as de nmeros II e IV so corretas; ( ) c) apenas a de nmero III correta; ( ) d) todas so incorretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 42 Analise as assertivas abaixo sobre a garantia de emprego do dirigente sindical, tendo em conta a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho: I O registro da candidatura a cargo de dirigente sindical no curso de eventual aviso prvio concedido pelo empregador implica a suspenso do trmino do contrato de trabalho inicialmente previsto. II O reconhecimento da estabilidade do dirigente de sindicato de categoria diferenciada depende, entre outras exigncias, das atividades que o empregado exerce na empresa. III A comunicao pela entidade sindical do registro da candidatura a cargo sindical, no prazo de 24 horas, assim como da eventual eleio e posse, no mesmo prazo, dispensvel, pois sua ausncia no prejudica a estabilidade do empregado, caso ele preencha os demais requisitos para o exerccio do direito. IV Caso o empregado seja detentor de estabilidade sindical, a sua dispensa pelo empregador em razo de falta cometida durante o perodo de garantia do emprego, depende de apurao em inqurito judicial. Assinale a opo CORRETA: ( ) a) apenas os itens I e II so corretos; ( ) b) apenas os itens II e IV so corretos; ( ) c) apenas os itens I e IV so corretos; ( ) d) todos os itens so incorretos; ( ) e) no respondida.

  • 24

    DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

    QUESTO N 43 Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) No Brasil, a autonomia jurisdicional do processo do trabalho est bem caracterizada desde 1934, quando a Constituio incluiu a Justia do Trabalho como rgo integrante do Poder Judicirio. ( ) b) O Direito Processual Comum ser fonte subsidiria do processo do trabalho na omisso da Consolidao das Leis do Trabalho (CLT). Havendo omisso da CLT quanto execuo trabalhista, aplica-se o Cdigo de Processo Civil. ( ) c) Cabem embargos, no Tribunal Superior do Trabalho, das decises das Turmas contrrias letra de lei federal, ou que divergirem entre si, ou da deciso proferida pelo Tribunal Pleno, salvo se a deciso recorrida estiver em consonncia com smula de jurisprudncia uniforme do Tribunal Superior do Trabalho. ( ) d) Pode uma questo processual ser objeto de resciso desde que consista em pressuposto de validade de uma sentena de mrito. ( ) e) No respondida. QUESTO N 44 Assinale a alternativa INCORRETA, quanto execuo no processo do trabalho: ( ) a) Na execuo por carta precatria, os embargos de terceiro sero oferecidos no juzo deprecante ou no juzo deprecado, mas a competncia para julg-los do juzo deprecante, salvo se versarem, unicamente, sobre vcios ou irregularidades da penhora, avaliao ou alienao dos bens, praticados pelo juzo deprecado, em que a competncia ser deste ltimo. ( ) b) Sero executadas ex officio as contribuies sociais devidas em decorrncia de deciso proferida pelos Juzes e Tribunais do Trabalho, resultantes de condenao ou homologao de acordo, inclusive sobre os salrios pagos durante o perodo contratual reconhecido. ( ) c) Tratando-se de reclamaes trabalhistas plrimas, a aferio do que vem a ser obrigao de pequeno valor, para efeito de dispensa de formao de precatrio e aplicao do disposto no 3 do art. 100 da Constituio Federal, deve ser realizada considerando-se a soma total dos crditos dos reclamantes. ( ) d) vlida a penhora em bens de pessoa jurdica de direito privado, realizada anteriormente sucesso pela Unio ou por Estado-membro, no podendo a execuo prosseguir mediante precatrio. ( ) e) No respondida.

  • 25

    QUESTO N 45 Assinale a alternativa INCORRETA, relativamente ao civil pblica no processo do trabalho: ( ) a) Segundo a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, o Ministrio Pblico do Trabalho tem legitimidade ativa para ajuizar ao civil pblica em defesa de interesses individuais homogneos, inclusive para denunciar situao fraudulenta envolvendo sociedade cooperativa, utilizada para intermediar mo-de-obra. ( ) b) Poder ingressar com ao civil pblica perante a Justia do Trabalho a associao civil constituda h dois meses, desde que inclua entre seus fins institucionais e defesa dos interesses transindividuais, em situao considerada pelo magistrado de manifesto interesse social, evidenciado pela relevncia do bem jurdico a ser protegido. ( ) c) Na Justia do Trabalho, a ao civil pblica tem natureza condenatria, visando criao de novas condies de trabalho e ao adimplemento de obrigaes de dar (pagamento de multa), de fazer ou no fazer. ( ) d) Segundo a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, se a extenso do dano abranger os Estados do Rio Grande do Norte e da Paraba, o ajuizamento da correspondente ao civil pblica trabalhista dever ocorrer na Justia do Trabalho do Distrito Federal. ( ) e) No respondida. QUESTO N 46 Assinale a alternativa CORRETA, concernente ao dissdio coletivo na Justia do Trabalho. ( ) a) A sentena normativa fonte de direito, pois irradia efeitos jurdicos gerais e abstratos, com campo de incidncia objetivo-subjetiva limitado, entretanto, s categorias profissionais e econmicas que se tenham envolvido no processo do dissdio coletivo. ( ) b) Recusando-se qualquer das partes negociao ou arbitragem, facultado aos respectivos sindicatos ajuizar dissdio coletivo, podendo a Justia do Trabalho estabelecer normas e condies, respeitadas as disposies convencionais e mnimas de proteo ao trabalho. ( ) c) A instncia pode ser concorrentemente instaurada por sindicato representativo da categoria econmica ou profissional, pelas federaes ou confederaes respectivas. ( ) d) Pela ao de cumprimento, os empregados, individualmente ou de maneira plrima ou por seus sindicatos, objetivam o cumprimento de sentena normativa transitada em julgado, acordo ou conveno coletiva de trabalho, perante a Vara do Trabalho ou o Juiz de Direito investido na funo trabalhista .

  • 26

    ( ) e) No respondida. QUESTO N 47 Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) Se o recorrente provar justo impedimento, tem o juiz de relevar a pena de desero, dispensando o preparo. ( ) b) No caso de inverso do nus da sucumbncia em segundo grau, sem acrscimo ou atualizao do valor das custas e se estas j foram devidamente recolhidas, descabe um novo pagamento pela parte vencida, ao recorrer. ( ) c) nus da parte recorrente efetuar o depsito recursal legal, integralmente, em relao a cada novo recurso interposto, sem que haja limite, sob pena de desero. ( ) d) s sociedades de economia mista assegurada a iseno do recolhimento de custas processuais, conforme o Decreto-Lei n 779/69. ( ) e) No respondida. QUESTO N 48 Em relao aos honorrios advocatcios na Justia do Trabalho: I Na Justia do Trabalho, em lides oriundas de relaes de trabalho no-empregatcias, os honorrios advocatcios so devidos pela mera sucumbncia. II Atendidos os requisitos da Lei n 5.584/70, para a concesso de assistncia judiciria, basta a afirmao do declarante ou de seu advogado, na petio inicial, para se considerar configurada a sua situao econmica. III O benefcio da justia gratuita pode ser requerido em qualquer tempo ou grau de jurisdio, desde que, na fase recursal, seja o requerimento formulado no prazo alusivo ao recurso. IV Na Justia do Trabalho, em demandas relacionadas a vnculos empregatcios, o deferimento de honorrios advocatcios sujeita-se constatao da ocorrncia alternativa de dois requisitos: o benefcio da Justia Gratuita ou a assistncia por sindicato. De acordo com as assertivas acima, pode-se afirmar que: ( ) a) todas a alternativas esto corretas; ( ) b) apenas as alternativas III e IV esto erradas; ( ) c) apenas as alternativas I, II e IV esto erradas;

  • 27

    ( ) d) apenas a alternativa IV est errada; ( ) e) no respondida. QUESTO N 49 No que diz respeito organizao da Justia do Trabalho: I Na composio do Tribunal Superior do Trabalho (TST), devem constar Ministros que tenham sido Juzes de Tribunais Regionais do Trabalho, livremente indicados em lista trplice elaborada pelo prprio Tribunal Superior e nomeados pelo Presidente da Repblica, aps aprovao pela maioria absoluta do Senado Federal. II Um quinto dos Ministros do TST devem ser escolhidos dentre advogados com mais de dez anos de efetiva atividade profissional, notrio saber jurdico e reputao ilibada, indicados em lista sxtupla pelo rgo de representao de sua classe. III Ao Conselho Superior da Justia do Trabalho cabe exercer, na forma da lei, a superviso administrativa, oramentria, financeira e patrimonial da Justia do Trabalho de primeiro e segundo graus. IV Os Tribunais Regionais do Trabalho instalaro a Justia Itinerante, com a realizao de audincias e demais funes de atividade jurisdicional, nos limites territoriais da respectiva jurisdio, servindo-se de equipamentos pb licos e comunitrios. De acordo com as assertivas acima, pode-se afirmar que: ( ) a) apenas as alternativas I e IV esto corretas; ( ) b) apenas a alternativa II est errada; ( ) c) apenas as alternativas III e IV esto corretas; ( ) d) apenas as alternativas II e IV esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 50 Segundo a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, no que diz respeito ao nus da prova na Justia do Trabalho: I Quando prevista em instrumento normativo, a p resuno de veracidade da jornada de trabalho absoluta, em face do princpio da autonomia privada coletiva. II A no-apresentao injustificada dos controles de freqncia pelo empregador que conta com mais de 10 (dez) empregados gera presuno relati va de veracidade da jornada de trabalho, a qual pode ser elidida por prova em contrrio.

  • 28

    III O nus de provar o trmino do contrato de trabalho, quando negados a prestao de servio e o despedimento, do empregador, pois o princpio da continuidade da relao de emprego constitui presuno favorvel ao empregado. IV do empregado o nus de comprovar que satisfaz os requisitos indispensveis obteno do vale-transporte. De acordo com as assertivas acima, pode-se afirmar que: ( ) a) apenas as alternativas I, II e III esto corretas; ( ) b) apenas as alternativas II, III e IV esto corretas; ( ) c) apenas as alternativas I e IV esto incorretas; ( ) d) todas as alternativas esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 51 Assinale a alternativa ERRADA: ( ) a) Julgar-se-o na mesma sentena os embargos e as impugnaes liquidao apresentadas pelos credores trabalhista e previdencirio. ( ) b) Se a deciso rescindenda homologatria de acordo, no h parte vencedora ou vencida, razo pela qual no possvel a sua desconstituio calcada no inciso II do art. 485 do CPC, pois constitui fundamento de rescindibilidade que supe soluo jurisdicional para a lide. ( ) c) No processo do trabalho, a legitimidade ad causam do Ministrio Pblico para propor ao rescisria, quando no tenha sido parte no processo que deu origem deciso rescindenda, est restrita s seguintes hipteses: que no tenha sido ouvido no processo em que seria obrigatria a sua interveno; e quando a sentena seja o efeito de coluso entre as partes, a fim de fraudar a lei. ( ) d) Considera-se prequestionada a matria jurdica invocada no recurso principal sobre a qual se omite o Tribunal de pronunciar tese, no obstante opostos embargos de declarao. ( ) e) No respondida. QUESTO N 52 Quanto temtica da competncia da Justia do Trabalho, assinale a alternativa ERRADA: ( ) a) da Justia do Trabalho a competncia para julgar os danos materiais e morais provenientes de doena ocupacional, ficando privada, todavia, de apreciar pedidos de benefcios previdencirios decorrentes.

  • 29

    ( ) b) No se configura conflito de competncia entre Tribunal Regional do Trabalho e Vara do Trabalho a ele vinculada. ( ) c) A partir da promulgao da Emenda Constitucional n 45, compete Justia do Trabalho processar e julgar as aes penais exclusivamente e diretamente decorrentes das relaes de trabalho. ( ) d) Compete ao Tribunal Regional do Trabalho o julgamento dos conflitos de competncia entre juzes do trabalho e juzes de direito investidos de jurisdio trabalhista, na respectiva Regio. ( ) e) No respondida. QUESTO N 53 Tratando-se de nulidades no processo do trabalho, luz dos seus respectivos princpios e da jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) nula, em virtude do seu carter extra petita, a deciso da Justia do Trabalho que defere salrios ao reclamante que pleiteia em juzo, to-somente, sua reintegrao ao emprego. ( ) b) Ainda que tenha ocorrido o trnsito em julgado da deciso, poder o interessado alegar, na fase de execuo, falta ou nulidade da citao. ( ) c) Pelo princpio da eventualidade, no havendo reao da parte, o ato nulo no argido no tempo oportuno vem a se convalidar, permanecendo vlido. ( ) d) D-se a precluso consumativa quando um ato no pode mais ser praticado, pelo fato de j se ter praticado outro ato que seja tido juridicamente como incompatvel com o j realizado. ( ) e) No respondida.

    QUESTO N 54 Tratando-se de prazos processuais trabalhistas, assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) Os prazos processuais so contnuos e irrelevveis, correndo ininterruptamente, podendo, entretanto, ser prorrogados pelo tempo estritamente necessrio pelo juiz ou Tribunal, ou em virtude de fora maior, devidamente comprovada. ( ) b) Intimada ou notificada a parte no sbado, a contagem do prazo se dar no primeiro dia til imediato.

  • 30

    ( ) c) O depsito recursal deve ser feito e comprovado no prazo alusivo ao recurso. A interposio antecipada deste no prejudica a dilao legal. ( ) d) em dobro o prazo para interposio de embargos declaratrios por pessoa jurdica de direito pblico. ( ) e) No respondida. QUESTO N 55 Segundo a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, no que diz respeito aos recursos no processo do trabalho: I Na Justia do Trabalho, as decises interlocutrias no ensejam recurso imediato, salvo nas hipteses de deciso: de Tribunal Regional do Trabalho contrria Smula ou Orientao Jurisprudencial do Tribunal Superior do Trabalho; suscetvel de impugnao mediante recurso para o mesmo Tribunal; ou que acolhe exceo de incompetncia territorial, com a remessa dos autos para Tribunal Regional distinto daquele a que se vincula o juzo excepcionado. II O juzo de admissibilidade feito tanto no juzo a quo, como no juzo ad quem. A posio do primeiro no vincula o segundo, pois se o juzo de primeiro grau entender que no cabe recurso por determinado fundamento, nada impede que o Tribunal examine a mesma questo por motivo, inclusive, de hierarquia. III Em nenhuma hiptese serve ao conhecimento de recurso de revista aresto divergente oriundo de mesmo Tribunal Regional do Trabalho. IV O efeito devolutivo do recurso ordinrio transfere automaticamente ao Tribunal a apreciao de fundamento da defesa no examinado pela sentena, salvo se no renovado em contra-razes. De acordo com as proposies acima, pode-se afirmar que: ( ) a) todas as alternativas so corretas; ( ) b) apenas a alternativa IV est errada; ( ) c) apenas as alternativas I, III e IV esto erradas; ( ) d) apenas as alternativas I e II esto corretas; ( ) e) no respondida.

    QUESTO N 56 Quanto ao rescisria no processo do trabalho:

  • 31

    I A ao rescisria ser admitida na Justia do Trabalho, desde que sujeita ao depsito prvio de 20% (vinte por cento) do valor da causa, salvo prova da miserabilidade jurdica do autor. II Sempre que no houver o conhecimento de recurso de revista ou de embargos, a competncia para julgar ao que vise a rescindir a deciso de mrito do Tribunal Regional do Trabalho. III Cabe ao rescisria por violao ao art. 896, a, da CLT, contra deciso que no conhece do recurso de revista, com base em divergncia jurisprudencial. IV A deciso que conclui estar preclusa a oportunidade de impugnao da sentena de liquidao, por ensejar to-somente a formao de coisa julgada formal, no suscetvel de rescindibilidade. De acordo com as proposies acima, pode-se afirmar que: ( ) a) apenas as proposies I, II e III esto corretas; ( ) b) todas as proposies esto corretas; ( ) c) apenas as alternativas II e III esto erradas; ( ) d) apenas as alternativas I e II esto erradas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 57 Assinale a proposio INCORRETA: ( ) a) com a apresentao de reconveno, a audincia adiada, pois o reconvindo citado pessoalmente ou na pessoa do seu procurador para apresentar a contestao; ( ) b) deciso desfavorvel a ente pblico, em sede de precatrio, est sujeita remessa necessria; ( ) c) esgotadas as vias recursais existentes, no cabe mandado de segurana; ( ) d) segundo a jurisprudncia do Tribunal Superior do Trabalho, no se conhece de argio de nulidade do contrato de trabalho em favor de ente pblico, suscitada pelo Ministrio Pblico do Trabalho, mediante parecer, quando a parte no a suscitou em defesa; ( ) e) no respondida. QUESTO N 58 Assinale a alternativa CORRETA:

  • 32

    ( ) a) no fere direito lquido e certo do impetrante o ato judicial que determina penhora em dinheiro do executado, em execuo definitiva, para garantir crdito exeqendo; ( ) b) so vlidos os atos praticados pelo substabelecido somente se houver, no mandato, poderes expressos para substabelecer; ( ) c) no ofende a coisa julgada a limitao data-base da categoria, na fase executria, de condenao ao pagamento de diferenas salariais decorrentes de planos econmicos, mesmo quando a sentena exeqenda houver expressamente afastado a limitao data-base; ( ) d) no procedimento sumarssimo, as testemunhas, at o mximo de trs para cada parte, comparecero audincia de instruo e julgamento independentemente de notificao; ( ) e) no respondida. QUESTO N 59 Examine as proposies abaixo: I No julgamento do agravo de instrumento, ao afastar o bice apontado pelo TRT para o processamento do recurso de revista, pode o juzo ad quem prosseguir no exame dos demais pressupostos extrnsecos e intrnsecos do recurso de revista, mesmo que no apreciados pelo TRT. II - Salvo nos casos de manifesto equvoco no exame dos pressupostos extrnsecos do recurso, no se admite efeito modificativo da deciso em embargos declaratrios. III Se no houver licitante, e no havendo requerido o exeqente a adjudicao dos bens penhorados, podero ser vendidos por leiloeiro nomeado pelo juiz. IV No torna suspeita a testemunha o simples fato de estar litigando ou ter litigado contra o mesmo empregador. Agora responda, de acordo com o contedo das proposies: ( ) a) apenas as alternativas I, II e IV esto corretas; ( ) b) Todas as proposies esto corretas; ( ) c) Apenas as a lternativas II e III esto erradas; ( ) d) Apenas a alternativa II est errada ( ) e) no respondida.

  • 33

    DIREITO CIVIL QUESTO N 60 Complete com a opo CORRETA. Prescreve em _____ a pretenso relativa a aluguis de prdios urbanos ou rsticos. ( ) a) um ano; ( ) b) dois anos; ( ) c) trs anos; ( ) d) cinco anos; ( ) e) no respondida. QUESTO N 61 Complete com a opo CORRETA. Sero os da lei anterior os prazos, quando reduzidos pelo Cdigo Civil de 2002, e se, na data de sua entrada em vigor, j houver transcorrido mais _______ do tempo estabelecido na lei revogada. ( ) a) da metade; ( ) b) de um tero; ( ) c) de dois teros; ( ) d) de trs quintos; ( ) e) no respondida. QUESTO N 62 Complete com a opo CORRETA. Nos Estados estrangeiros, a obrigatoriedade da lei brasileira, quando admitida, se inicia ____________ depois de oficialmente publicada. ( ) a) 2 meses; ( ) b) 3 meses; ( ) c) 4 meses; ( ) d) 5 meses; ( ) e) no respondida.

  • 34

    QUESTO N 63 Complete com a opo CORRETA. Em relao empreitada, o que se mediu presume-se verificado se, em _______ dias, a contar da medio, no forem denunciados os vcios ou defeitos pelo dono da obra ou por quem estiver incumbido da sua fiscalizao. ( ) a) 10; ( ) b) 15; ( ) c) 20; ( ) d) 30; ( ) e) no respondida. QUESTO N 64 Consideram-se bens mveis para os efeitos legais: ( ) a) os materiais provisoriamente separados de um prdio, para nele se reempregarem; ( ) b) as energias que tenham valor econmico; ( ) c) o direito sucesso aberta; ( ) d) as edificaes que, separadas do solo, mas conservando a sua unidade, forem removidas para outro local; ( ) e) no respondida. QUESTO N 65 Assinale a alternativa correta. ( ) a) os bens pblicos esto sujeitos a usucapio; ( ) b) os bens pblicos dominicais no podem ser alienados, em hiptese alguma: ( ) c) os bens pblicos de uso comum do povo e os de uso especial podem ser alienados em qualquer hiptese; ( ) d) consideram-se dominicais os bens pertencentes s pessoas jurdicas de direito pblico a que se tenha dado estrutura de direito privado, no dispondo a lei em contrrio; ( ) e) no respondida.

  • 35

    PROVA DE DIREITO COMERCIAL QUESTO N 66 So sociedades no personificadas: ( ) a) simples e cooperativa; ( ) b) comandita simples e em conta de participao; ( ) c) em comum e em conta de participao; ( ) d) capital e indstria e cooperativa; ( ) e) no respondida. QUESTO N 67 A sociedade em nome coletivo uma sociedade de: ( ) a) capital; ( ) b) pessoas e de capital; ( ) c) de pessoas; ( ) d) mista; ( ) e) no respondida. QUESTO N 68 Complete com a opo CORRETA. O Conselho de Administrao das Sociedades Annimas ser composto por, no mnimo, ________ membros. ( ) a) 2; ( ) b) 3; ( ) c) 5; ( ) d) 7; ( ) e) no respondida.

  • 36

    REGIME JURDICO DO MINISTRIO PBLICO QUESTO N 69 Assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) o Conselho de Assessoramento Superior do Ministrio Pblico da Unio composto apenas pelo Procurador-Geral da Repblica, que o preside, pelo Procurador-Geral do Trabalho, pelo Procurador-Geral da Justia Militar e pelo Procurador-Geral de Justia do Distrito Federal e Territrios; ( ) b) qualquer dos membros do Conselho de Assessoramento Superior do Ministrio Pblico da Unio poder solicitar reunies; ( ) c) o Conselho de Assessoramento Superior do Ministrio Pblico da Unio dever opinar, dentre outras matrias, sobre a organizao e o funcionamento da Diretoria-Geral e dos Servios da Secretaria do Ministrio Pblico da Unio; ( ) d) o Conselho de Assessoramento Superior do Ministrio Pblico da Unio poder propor aos Conselhos Superiores dos diferentes ramos do Ministrio Pblico da Unio medidas para uniformizar os atos decorrentes de seu poder normativo; ( ) e) no respondida QUESTO N 70 Leia com ateno as assertivas abaixo: I A ao penal pblica contra o Procurador-Geral da Repblica, quando no exerccio do cargo, caber ao Subprocurador-Geral da Repblica mais antigo na carreira; II O Procurador-Geral da Repblica poder delegar a Coordenador de Cmara de Coordenao e Reviso a atribuio de coordenao das atividades do Ministrio Pblico Federal; III O Conselho Superior do Ministrio Pblico Militar formado pelo Procurador-Geral da Justia Militar, pelo Vice-Procurador-Geral da Justia Militar, por quatro Subprocuradores-Gerais da Justia Militar eleitos pelo Colgio de Procuradores da Justia Militar e por quatro Subprocuradores-Gerais da Justia Militar eleitos por seus pares; Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) todas as assertivas esto corretas; ( ) b) todas as assertivas esto incorretas; ( ) c) apenas as assertivas I e III esto corretas;

  • 37

    ( ) d) apenas a assertiva II est correta; ( ) e) no respondida. QUESTO N 71 Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) para entrar no exerccio do cargo de Procurador do Trabalho, o candidato empossado ter o prazo de 30 dias, improrrogveis; ( ) b) as promoes dos membros integrantes dos quatro ramos do Ministrio Pblico da Unio devero ser realizadas at trinta dias da ocorrncia da vaga; ( ) c) a pena de advertncia ser aplicada ao membro do Ministrio Pblico do Trabalho de forma pblica e por escrito; ( ) d) equipara-se ao abandono do cargo de Procurador do Trabalho a ausncia do membro ao exerccio de suas funes, sem causa justificada, por mais de quarenta e cinco dias intercalados, no perodo de doze meses; ( ) e) no respondida QUESTO N 72 Assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) alm de um dos membros da Cmara de Coordenao e Reviso do Ministrio Pblico do Trabalho, o Procurador-Geral do Trabalho tem por atribuio designar o respectivo Coordenador; ( ) b) atribuio do Procurador-Geral do Trabalho decidir, em grau recursal, os conflitos de atribuio entre os rgos do Ministrio Pblico do Trabalho; ( ) c) atribuio do Procurador-Geral do Trabalho determinar o afastamento do exerccio de suas funes, de membro do Ministrio Pblico do Trabalho indiciado ou acusado em processo disciplinar, e o seu retorno; ( ) d) atribuio do Procurador-Geral do Trabalho dar posse aos membros do Ministrio Pblico do Trabalho; ( ) e) no respondida. QUESTO N 73 Leia com ateno as assertivas abaixo: I A sindicncia o procedimento que tem por objetivo a coleta sumria de dados para instaurao, se necessrio, de inqurito administrativo.

  • 38

    II O Conselho Superior do Ministrio Pblico do Trabalho poder, caso no acolha a proposta de arquivamento do inqurito administrativo formulada pela Comisso, encaminh-la ao Corregedor-Geral para formular a smula de acusao. III Havendo prova da infrao e indcios suficientes de sua autoria, o Conselho Superior poder determinar, fundamentadamente, o afastamento preventivo do indiciado em Processo Administrativo, enquanto sua permanncia for inconveniente ao servio ou prejudicial apurao dos fatos. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) todas as assertivas esto corretas; ( ) b) apenas a assertiva I est correta; ( ) c) apenas as assertivas I e III esto corretas; ( ) d) apenas as assertivas II e III esto corretas. ( ) e) no respondida. QUESTO N 74 Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) cabe aos Subprocuradores-Gerais do Trabalho, privativamente, apenas o exerccio das funes de membros do Conselho Superior do Ministrio Pblico do Trabalho, Corregedor-Geral do Ministrio Pblico do Trabalho e Coordenador da Cmara de Coordenao e Reviso do Ministrio Pblico do Trabalho; ( ) b) atribuio do Procurador-Geral do Trabalho decidir processo disciplinar contra membro da carreira, aplicando as sanes que sejam de sua competncia; ( ) c) atribuio do Conselho Superior do Ministrio Pblico do Trabalho elaborar a proposta oramentria do Ministrio Pblico do Trabalho; ( ) d) atribuio do Procurador-Geral do Trabalho elaborar a lista trplice destinada promoo por merecimento. ( ) e) no respondida.

  • 39

    GRUPO II

    DIREITO PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO

    DIREITO PROCESSUAL CIVIL QUESTO N 75 Analise as seguintes assertivas: I A lei processual civil conceitua sentena como o ato pelo qual o juiz pe termo ao processo, decidindo ou no o mrito da causa. II A sentena condenatria valer como ttulo constitutivo de hipoteca judiciria, exceto quando a condenao for genrica. III O juiz, de ofcio, no poder modificar o valor ou periodicidade da multa diria imposta para a efetivao da tutela especfica, caso verifique que se tornou insuficiente. IV Publicada a sentena, o juiz s poder alter-la para lhe corrigir, de ofcio ou a requerimento da parte, inexatides materiais, ou lhe retificar erros de clculo; por embargos de declarao. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas uma das assertivas est correta; ( ) b) apenas duas das assertivas esto corretas; ( ) c) apenas trs das assertivas esto corretas; ( ) d) todas as assertivas esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 76 Analise as seguintes assertivas: I - Na liquidao por arbitramento e na liquidao por artigos, a citao do ru far-se- na pessoa de seu advogado constitudo nos autos. II - Quando a indenizao por ato ilcito incluir prestao de alimentos, o juiz, quanto a esta parte, poder ordenar ao devedor a constituio de capital, representado por imveis, ttulos da dvida pblica ou aplicaes financeiras em banco oficial, capital esse inalienvel e impenhorvel durante a vida da vtima.

  • 40

    III So ttulos executivos judiciais, dentre outros: a sentena no processo civil que reconhea a existncia de obrigao de fazer, no fazer; a sentena arbitral e o acordo extrajudicial, de qualquer natureza, homologado judicialmente. IV Na hiptese de o devedor, condenado ao pagamento de quantia certa, no o efetue no prazo de quinze dias, o montante da condenao ser acrescido de multa no percentual de dez por cento. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) somente as assertivas I e II esto corretas; ( ) b) somente as assertivas I, III e IV esto corretas; ( ) c) somente as assertivas II, III e IV esto corretas; ( ) d) somente as assertivas III e IV esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 77 Analise as seguintes assertivas: I - no sendo requerida a execuo por quantia certa no prazo de seis meses, o juiz mandar arquivar os autos, sem prejuzo de seu desarquivamento a pedido da parte. II do auto de penhora e de avaliao ser de imediato intimado o executado, na pessoa de seu advogado, podendo oferecer impugnao, no prazo de dez dias. III O recebimento da impugnao suspende os atos executivos. IV - a deciso que acolhe totalmente a impugnao recorrvel por meio da apelao. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) somente as assertivas I e II esto corretas; ( ) b) somente as assertivas II e III esto corretas; ( ) c) somente as assertivas I e IV esto corretas; ( ) d) somente as assertivas III e IV esto corretas; ( ) e) no respondida.

  • 41

    QUESTO N 78 Quanto execuo provisria, INCORRETO afirmar: ( ) a) na hiptese de acrdo superveniente alterar a sentena exeqenda, eventuais prejuzos experimentados pelo executado sero liquidados por artigos; ( ) b) a prtica de atos que importem alienao de propriedade ou dos quais possa resultar grave dano ao executado dependem de cauo suficiente e idnea, a ser arbitrada de plano pelo juiz e prestada nos prprios autos; ( ) c) a dispensa da cauo dar-se- em situao de necessidade, quando o crdito tiver natureza alimentar ou for decorrente de ato ilcito, observando-se, ainda, o limite de 60 (sessenta) salrios mnimos; ( ) d) dispensada a cauo quando tiver incio (ou prosseguimento) a execuo provisria enquanto pender agravo de instrumento perante o Supremo Tribunal Federal ou perante o Superior Tribunal de Justia, excetuada expressamente a hiptese de a execuo, neste ltimo estgio recursal, possa resultar risco de grave dano, de difcil ou incerta reparao ao executado; ( ) e) no respondida. QUESTO N 79 Analise as seguintes assertivas: I o arresto tem lugar quando o devedor, que tem domiclio, caindo em insolvncia pe ou tenta pr os seus bens em nome de terceiros ou comete outro qualquer artifcio fraudulento, a fim de frustrar a execuo ou lesar credores. II o bem litigioso (mvel, imvel ou semovente) pode ser seqestrado quando houver fundado receio de rixas ou danificaes. III a produo antecipada da prova pode consistir em interrogatrio da parte, inquirio de testemunhas e exame pericial. No se lhe aplica o prazo de eficcia das medidas cautelares, de maneira que mesmo que a ao principal seja proposta, alm de trinta dias da realizao da medida preparatria, ainda assim, a vistoria ou a inquirio continuar til e eficaz para servir ao processo de mrito. IV a ao de exibio est regulada entre as medidas cautelares, como procedimento preparatrio e compreende a pretenso de exigir a exibio em juzo de documento prprio ou comum, em poder de scio ou condmino ou devedor; da escriturao comercial por inteiro, balanos e documentos de arquivo, nos casos expressos em lei. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas uma das assertivas est correta; ( ) b) apenas duas das assertivas esto corretas;

  • 42

    ( ) c) apenas trs das assertivas esto corretas; ( ) d) todas as assertivas esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 80 Com relao s provas INCORRETO afirmar: ( ) a) A prova emprestada constitui uma modalidade de prova atpica ou inominada, por no estar expressamente regulada no sistema processual brasileiro. Est, porm, inserida no contexto do princpio da economia processual; ( ) b) Com relao s mximas de experincia, pode-se dizer que o juiz, existindo ou no prova nos autos, estar autorizado a decidir com fundamento na sua observao acerca daquilo que ordinariamente acontece; ( ) c) A lei processual civil no autoriza ao juiz ouvir as testemunhas impedidas, mesmo que os depoimentos sejam prestados sem compromisso. J as testemunhas suspeitas, sendo estritamente necessrio, sero inquiridas independentemente de compromisso e o juiz lhes atribuir o valor que possam merecer; ( ) d) nula a conveno que distribui de maneira diversa o nus da prova quando tornar excessivamente difcil a uma parte o exerccio do direito; ( ) e) No respondida QUESTO N 81 Analise as seguintes assertivas: I O assistente atua como mero coadjuvante das partes e, independentemente da sua qualidade (simples ou litisconsorcial), no poder agir de maneira contrria aos interesses do assistido. II suspeito o juiz quando o rgo do Ministrio Pblico for amigo ntimo; cnjuge, parente, consangneo ou afim, em linha reta ou, na colateral, at o terceiro grau. III Quando a petio eletrnica for enviada para atender prazo processual, sero consideradas tempestivas as transmitidas at s 20 (vinte) horas do seu ltimo dia. IV Esto sujeitas ao reexame necessrio, as sentenas proferidas contra a administrao pblica direta (Unio, Estado, Distrito Federal e Municpio), as respectivas autarquias, fundaes de direito pblico, as empresas pblicas e sociedades de economia mista. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas uma das assertivas est incorreta;

  • 43

    ( ) b) apenas duas das assertivas esto incorretas; ( ) c) apenas trs das assertivas esto incorretas; ( ) d) todas as assertivas esto incorretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 82 Analise as seguintes assertivas: I O juiz pode decretar a busca e apreenso de pessoas ou de coisas II O indcio o fato conhecido que indica o fato desconhecido. No precisa ser, necessariamente, um fato provado, o que imprescindvel ser um fato conhecido. III A lei processual civil permite ao autor formular mais de um pedido em ordem sucessiva, a fim de que o juiz conhea do posterior em no podendo acolher o anterior. Para que os pedidos possam ser deduzidos de maneira sucessiva prescindvel que haja identidade de causa de pedir e que sejam compatveis entre si. IV S cabe a uniformizao da jurisprudncia quando o julgamento se processar perante turma, cmara ou grupo de cmaras. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas uma das assertivas est incorreta; ( ) b) apenas duas das assertivas esto incorretas; ( ) c) apenas trs das assertivas esto incorretas; ( ) d) todas as assertivas esto incorretas; ( ) e) no respondida.

    DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTO N 83 Leia com ateno as assertivas abaixo: I obrigatria a presena de advogado em todas as fases do processo administrativo disciplinar.

  • 44

    II A pena de suspenso, aplicada ao servidor pblico, poder ser convertida em multa, desde que haja interesse da administrao pblica, quando ento o servidor permanecer em servio com o desconto de 50% nos seus vencimentos, pelos dias correspondentes ao cumprimento da pena originariamente imposta. III A responsabilidade administrativa do servidor ser afastada no caso de absolvio criminal que negue a existncia do fato ou sua autoria. Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) apenas as assertivas I e a III esto corretas; ( ) b) apenas as assertivas I, II e III esto corretas; ( ) c) apenas a assertiva I est correta; ( ) d) apenas as assertivas II e III esto corretas. ( ) e) no respondida. QUESTO N 84 Assinale a a lternativa incorreta, a respeito do processo de licitao e contratao de parceria pblico-privada no mbito da administrao pblica: ( ) a) vedada a celebrao de contrato de parceria pblico-privada cujo perodo de prestao do servio seja inferior a 5 anos; ( ) b) a contraprestao da Administrao pblica ser obrigatoriamente precedida da disponibilizao do servio objeto do contrato de parceria pblico-privada; ( ) c) a contratao de parceria pblico-privada ser precedida de licitao na modalidade de concorrncia; ( ) d) permitida a celebrao de contrato de parceria pblico-privada que tenha como objeto nico a execuo de obra pblica. ( ) e) no respondida. QUESTO N 85 Assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) o contrato administrativo pode ser alterado unilateralmente pela administrao pblica, justificadamente, quando houver modificao do projeto ou das especificaes, para melhor adequao tcnica aos seus objetivos; ( ) b) havendo alterao unilateral do contrato, que aumente os encargos do contratado, a Administrao dever restabelecer, por aditamento, o equilbrio econmico-financeiro inicial do contrato;

  • 45

    ( ) c) as clusulas econmico-financeiras e monetrias dos contratos administrativos no podero ser alteradas sem prvia concordncia do contratado; ( ) d) a declarao de nulidade do contrato administrativo opera retroativamente impedindo os efeitos jurdicos que ele, ordinariamente, deveria produzir, mantendo intactos os efeitos j produzidos; ( ) e) no respondida. QUESTO N 86 Assinale a alternativa incorreta, a respeito dos servidores pblicos civis regidos pela Lei n. 8.112/90: ( ) a) os servidores que trabalhem com habitualidade em locais insalubres ou em contato permanente com substncias txicas, radioativas ou com risco de vida, fazem jus a um adicional sobre o vencimento do cargo efetivo; ( ) b) em caso de dano causado a terceiros, o servidor responder perante a fazenda pblica, em ao regressiva; ( ) c) a Administrao poder instituir prmios por inventos que favoream o aumento de produtividade ou a reduo dos custos operacionais; ( ) d) o servidor poder eximir-se do cumprimento de seus deveres quando motivado por crena religiosa; ( ) e) no respondida. QUESTO N 87 Quanto aos poderes e princpios da Administrao Pblica. I O poder disciplinar da Administrao Pblica autoriza a aplicao de sanes a particulares no sujeitos disciplina interna da Administrao. II O princpio da continuidade do servio pblico jamais cede em razo de seu carter absoluto, no comporta a aplicao do princpio da proporcionalidade e constitui um verdadeiro superprincpio que orienta todo o ordenamento jurdico administrativo. III O princpio da motivao dos atos administrativos, embora recomendvel em todos os atos que envolvam o exerccio de poderes, ao contrrio dos atos praticados pelo Judicirio e Ministrio Pblico, no possui previso nas normas jurdicas de direito administrativo brasileiro. IV O princpio da segurana jurdica no se aplica Administrao Pblica brasileira, uma vez que ela possui poderes para desconstituir situaes jurdicas e

  • 46

    aplicar retroativamente nova interpretao da norma administrativa para garantir o atendimento do fim pblico a que se dirige. Assinale a opo CORRETA: ( ) a) apenas as de nmeros I e III so corretas; ( ) b) apenas as de nmeros II e IV so corretas; ( ) c) apenas a de nmero IV correta; ( ) d) todas so incorretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 88 Observe as assertivas abaixo e indique a alternativa CORRETA. I No descaracteriza a autonomia administrativa das unidades da federao brasileira a aplicao de normas comuns e de normas gerais editadas pela Unio, desde que se observem os limites previstos na Constituio. II A idia de administrao pblica direta e indireta equivale aos conceitos de administrao pblica concentrada e desconcentrada. III A transferncia de atribuies no mbito da administrao pb lica do centro para setores perifricos dentro da mesma pessoa jurdica elimina a vinculao hierrquica. IV A um sindicato pode ser outorgada a qualificao de organizao da sociedade civil de interesse pblico para, por exemplo, promover o desenvolvimento econmico e social e combate pobreza. ( ) a) apenas a de nmero I correta; ( ) b) apenas as de nmeros II e III so corretas; ( ) c) apenas a de nmero IV correta; ( ) d) todas so incorretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 89 Quanto aos atos administrativos: I O princpio da legalidade da administrao pblica eliminou as discusses em relao ao mrito do ato administrativo e a ausncia de controle da discricionariedade do administrador. Isto porque faz desaparecer qualquer

  • 47

    possibilidade de atuao de acordo com juzos subjetivos de convenincia e oportunidade no especificados e estabelecidos previamente pela legislao. II A competncia para a prtica do ato administrativo decorre da lei, inderrogvel, mas pode ser objeto de delegao, inclusive no que se refere deciso de recursos administrativos. III Pela teoria dos motivos determinantes, mesmo quando a lei no exija a motivao do ato, a sua indicao pelo administrador produz o efeito de vincular a validade do ato aos motivos indicados. IV A nomeao do Procurador-Geral da Repblica mediante aprovao prvia pelo Senado constitui o que a doutrina denomina de ato complexo. ( ) a) apenas as de nmeros I e III so corretas; ( ) b) apenas as de nmeros II e IV so corretas; ( ) c) apenas a de nmero III correta; ( ) d) todas so incorretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 90 Ainda quantos aos atos administrativos: I O ato administrativo viciado por incompetncia do sujeito insuscetvel de convalidao. II A revogao do ato administrativo vinculado produz efeitos ex tunc. III Os atos praticados por funcionrio de fato, mesmo sob aparncia de legalidade, enquadram-se como usurpao de funo e, como tal, no produzem quaisquer efeitos. IV A anulao do ato administrativo consiste no seu desfazimento por motivo de ilegalidade e cabe somente ao Poder Judicirio. Assinale a opo CORRETA: ( ) a) apenas a de nmero I correta; ( ) b) apenas as de nmeros II e III so corretas; ( ) c) apenas a de nmero IV correta; ( ) d) todas so incorretas; ( ) e) no respondida.

  • 48

    GRUPO III DIREITO PREVIDENCIRIO, PENAL, INTERNACIONAL E COMUNITRIO

    DIREITO PREVIDENCIRIO QUESTO N 91 So contribuies que tm porcentuais destinados ao custeio da Seguridade Social: ( ) a) CPMF, concurso de prognstico especfico sobre o resultado de sorteio de nmeros ou smbolos; ( ) b) SENAR, receita de concursos de prognsticos; ( ) c) COFINS, salrio-educao; ( ) d) sobre o lucro, SESCOOP; ( ) e) no respondida. QUESTO N 92 O Supremo Tribunal Federal, em vrios julgados recentes, j entendeu que o prazo de prescrio da contribuio previdenciria de: ( ) a) 5 anos; ( ) b) 10 anos; ( ) c) 20 anos; ( ) d) 30 anos; ( ) e) no respondida. QUESTO N 93 O auxlio-acidente atualmente tem natureza: ( ) a) complementar; ( ) b) suplementar;

  • 49

    ( ) c) indenizatria; ( ) d) salarial; ( ) e) no respondida.

    DIREITO PENAL QUESTO N 94 Observe as assertivas abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I Para a tipificao do crime de falso testemunho ou falsa percia irrelevante que o falso tenha infludo na deciso da causa. II No crime de falso testemunho h extino da punibilidade se, antes da sentena no processo em que ocorreu o ilcito, o agente se retrata ou relata a verdade. III Trair, na qualidade de advogado ou procurador, o dever profissional, prejudicando interesse, cujo patrocnio, em juzo, lhe confiado tipifica o crime de tergiversao. IV Um amigo do proprietrio da empresa X, r em ao trabalhista, promete dinheiro testemunha para fazer afirmao falsa em favor da empresa perante juiz do trabalho. A conduta do amigo do proprietrio da r no configura o crime de corrupo ativa de testemunha, porque o amigo no parte no processo. ( ) a) apenas uma das assertivas est correta; ( ) b) apenas duas das assertivas esto corretas; ( ) c) apenas trs das assertivas esto corretas; ( ) d) todas as assertivas esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 95 Com relao ao crime de reduo condio anloga a de escravo, assinale a alternativa CORRETA: I - O bem jurdico tutelado a liberdade individual. II - Trata-se de um crime instantneo de efeitos permanentes, cuja consumao ocorre em determinado instante, mas seus efeitos so irreversveis. III - O consentimento do ofendido irrelevante.

  • 50

    IV - a pena acrescida de metade, se o crime cometido: contra criana ou adolescente ou maior de 60 (sessenta) anos; por motivo de preconceito de raa, cor, etnia, religio ou origem. ( ) a) apenas uma das assertivas est correta; ( ) b) apenas duas das assertivas esto corretas; ( ) c) apenas trs das assertivas esto corretas; ( ) d) todas as assertivas esto corretas; ( ) e) no respondida. QUESTO N 96 Assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) Omitir, nos documentos destinados a fazer prova perante a previdncia social, o nome do segurado e seus dados pessoais, a remunerao, a vigncia do contrato de trabalho ou de prestao de servios, caracteriza o crime de falsificao de documento pblico. ( ) b) O crime de falsidade de atestado mdico consuma-se com a entrega pelo mdico do atestado falso ao paciente para justificar a sua ausncia ao trabalho, independentemente de qualquer outro resultado ou conseqncia. ( ) c) Tipifica o crime de falsidade ideolgica a conduta de quem insere ou faz inserir declarao falsa ou diversa da que devia ser escrita em cartes-ponto e recibos de salrios, com o fim de prejudicar direitos dos trabalhadores. ( ) d) O crime de difamao admite exceo da verdade, exceto se o ofendido funcionrio pblico e a ofensa relativa ao exerccio das suas funes. ( ) e) no respondida. QUESTO N 97 Observe as seguintes assertivas: I A frustrao, por meio de falsa cooperativa, de direito assegurado pela legislao trabalhista constitui crime contra a organizao do trabalho, cuja pena aumentada de um sexto a um tero se a vtima portadora de deficincia fsica. II - O crime de aliciamento de trabalhadores consuma-se apenas com o efetivo xodo dos trabalhadores. III - A embriaguez, voluntria ou culposa, pelo lcool ou substncia de efeitos anlogos no exclui a imputabilidade penal nos termos do Cdigo Penal.

  • 51

    IV O agente que tendo realizado todos os atos de execuo, mas antes da consumao, pratica uma nova ao, que evita a produo do resultado, s responde pelos atos j praticados, caracterizando o arrependimento posterior . Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) somente as assertivas I e II esto corretas; ( ) b) somente as assertivas I e III esto corretas; ( ) c) somente as assertivas II e IV esto corretas; ( ) d) somente as assertivas III e IV esto corretas; ( ) e) no respondida.

    DIREITO INTERNACIONAL

    QUESTO N 98 Assinale a alternativa CORRETA: ( ) a) No Brasil a ratificao da conveno internacional de trabalho se d por ato do Poder Executivo, cumprindo ao Poder Legislativo requerer junto ao Conselho Administrativo da Organizao Internacional do Trabalho o seu respectivo depsito, para que haja, nos doze meses seguintes, a sua promulgao. ( ) b) As convenes internacionais de trabalho ratificadas ficam sujeitas ao chamado controle permanente, pelo qual o Estado infrator pode responder representaes formais em duas modalidades distintas: a reclamao, de iniciativa de associao profissional ou econmica; e a queixa, de iniciativa de outro Estado-membro da OIT. ( ) c) So sujeitos das Convenes internacionais de trabalho as organizaes sindicais de trabalhadores e de empregadores dos pases-membros da OIT, presentes Conferncia Internacional do Trabalho, que as aprova. ( ) d) No Brasil, de acordo com a sua Constituio, h uma interdependncia das ordens jurdicas nacional e internacional, o que implica a incorporao automtica do texto das convenes internacionais ratificadas ao ordenamento jurdico ptrio. ( ) e) No respondida.

  • 52

    QUESTO N 99 No que concerne Conveno n 182 da OIT, que trata das piores formas de trabalho infantil, assinale a alternativa INCORRETA: ( ) a) Dentre as piores formas de trabalho infantil, a Conveno enumera trabalhos que, por sua natureza ou pelas circunstncias em que so executados, so susceptveis de prejudicar a sade, a segurana e a moral da criana. ( ) b) Os Estados-membros devero, tendo em vista a importncia da educao para a eliminao do trabalho infantil, adotar medidas efetivas para, num determinado prazo, levar em considerao a situao especial das meninas. ( ) c) A instituio de sanes penais depende de prvia consulta a organizaes de trabalhadores e empregadores, em cada Estado-membro. ( ) d) Para os efeitos da Conveno n 182 da OIT, o termo criana aplica-se a toda pessoa menor de 18 (dezoito) anos. ( ) e) No respondida.

    DIREITO COMUNITRIO QUESTO N 100 Em relao Conveno n 138 da OIT, que trata da idade mnima para admisso no emprego, aprecie as seguintes asseres: I No ser inferior a 16 (dezesseis) anos a idade mnima para admisso a qualquer tipo de emprego ou trabalho que, por sua natureza ou circunstncia em que executado, possa prejudicar a sade, a segurana ou a moral do jovem. II O Estado-membro que ratifica a Conveno e cuja economia e condies de ensino no estiverem suficientemente desenvolvidas poder aps consulta com organizaes de trabalhadores e empregadores interessadas, se as houver, definir, inicialmente, uma idade mnima de 14 (catorze) anos para admisso a emprego ou trabalho em seu territrio e em meios de transporte registrados em seu territrio. III Uma vez ratificada a Conveno, o Estado-membro fica impedido de promover qualquer tipo de excluso de aplicao dos seus termos a determinadas categorias de trabalho. IV A autoridade competente do Estado-membro, aps consultas com as organizaes de trabalhadores e de empregadores interessadas, se as houver, poder, mediante licenas concedidas em casos individuais, permitir excees proibio de emprego ou trabalho para fins de participao em representaes artsticas.

  • 53

    De acordo com as proposies acima, pode-se afirmar que: ( ) a) todas a alternativas esto corretas; ( ) b) apenas as alternativas II e IV esto corretas; ( ) c) apenas as alternativas I, II e IV esto corretas; ( ) d) todas as alternativas esto erradas; ( ) e) no respondida.