of 13/13
KAMAQ - Máquinas e Implementos Agrícolas Via Industrial, 550 - Distrito Industrial - Cx.Postal 101 CEP. 13.602-030 - Araras - SP Tel. (19) 3541-3022 - FAX (19) 3541-5418 Guia do usuário REVISÃO MAI/2010 www.kamaq.com.br - [email protected] EXCLUSIVO PARA TRABALHOS DE ROÇADAS

Guia do usuário - kamaq.com.br · PDF fileEXCLUSIVO PARA TRABALHOS DE ROÇADAS . 2 3 ... (tabela de equivalencia de marcas). ... graxas, detergen-tes e outros, afeta diretamente a

  • View
    220

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of Guia do usuário - kamaq.com.br · PDF fileEXCLUSIVO PARA TRABALHOS DE ROÇADAS ....

  • KAMAQ - Mquinas e Implementos Agrcolas Via Industrial, 550 - Distrito Industrial - Cx.Postal 101CEP. 13.602-030 - Araras - SPTel. (19) 3541-3022 - FAX (19) 3541-5418

    Guia do usurio

    REVISO MAI/2010

    www.kamaq.com.br - [email protected]

    EXCLUSIVO PARA TRABALHOS DE ROADAS

  • 2 3

    TRIMMER 90 TRIMMER 90

    com grande satisfao que congratulamos mais um cliente KAMAQ que se prepara para usar um de nossos produtos.Acompanhe os passos deste manual e voc ter um apro--veitamento integral da potencialidade do equipamento.

    A KAMAQ produz e desenvolve implementos agrcolas desde 1972, conhecida pelo seu pioneirismo em diversos aperfeioamentos como giro livre, transmisso direta com embreagem para roadeiras duplas e simples, siste-ma de corte horrio e anti-horrio, tambm torre dupla entre outros mais, produzindo sempre equipamentos de alta tecnologia.

    Por estas e muitas outras razes acreditamos que voc ficar plenamente satisfeito com a aquisio de um equi-pamento KAMAQ.

    Alm das informaes contidas neste manual, voc pode contar sempre com a rede de apoio tcnico KAMAQ.

    O nosso muito obrigado.

    Via Industrial 550 - Distrito Industrial - Araras/SPCEP 13602-030

    www.kamaq.com.br - [email protected] 19 3541-3022fax 19 3541-5418

    MAR/2010

    O fabricante se reserva o direito de moficar as caractersticas tcnicas destes produtos sem aviso prvio.

    PARABNS

    IDENTIFICAO

    PRODUTO_________________________________________________

    SRIE/NMERO__________________________________________

    NOTA FISCAL N ______________________DATA______/_____/___

    EMPRESA/FAZENDA______________________________________

    PROPRIETRIO___________________________________________

    CIDADE_____________________________________UF___________

    REVENDA___________________________________________________

    ANOTAES_____________________________________________

    _____________________________________________________________

    ____________________________________________________________

    __________________________________________________________

    __________________________________________________________

    ____________________________________________________________

    ____________________________________________________________

    _____________________________________________________________

    _______________________________________________________________

    ____________________________________________________________

    _____________________________________________________________

    ____________________________________________________________

    _____________________________________________________________

    _____________________________________________________________

    ______________________________________________________________As peas ESQUERDA e DIREITA tem como referncia a vista traseira do equipamento.

    OBSERVAES:

  • 4 5

    TRIMMER 90 TRIMMER 90

    CARACTERSTICAS TCNICAS

    Deslocamento Peso MartelosLarg.Corte Modelo

    TRANSPORTE O transporte por longa distncia deve ser feito sobre caminho, carreta, etc;..

    ATENO Use rampas adequadas para carregar ou descarregar o equipamento. No utilize barrancos ou rampas im-provisadas, sob risco de graves acidentes. Em caso de levantamento atravs de guincho, utilize sempre os pontos adequados para iamento. Fique atento a redes eltricas durante a carga e descarga.

    Utilize cabos, amarras, cordas e etc..., em quantidade suficiente para imobilizar e manter a carga estvel sobre o caminho ou carreta. Calce sempre as rodas do equipamento e esteja sempre atento com relao a altura total da carga, principalmente sob rede eltrica, viadutos e outros. Caso neces-srio utilize bandeiras, luzes ou refletores para alertar outros motoristas, siga sempre a legislao vigente sobre altura e largura de cargas. Verifique as condies da carga (cabos frouxos, calos e outros) periodicamente durante a viagem.

    Evite trabalhar com este equipamento em marcha a r, sob riscos de acidentes devido ao uso incorreto. A regulagem da altura de corte do equipamento feita atravs do posicionamento do rolo traseiro. Faa a regulagem em solo plano.

    TRIMMER 90

    A B C

    12

    Evite a descida rpida dos braos hidrulicos (controle de descida), evitando-se assim o impacto excessivo do rolo contra o solo, aumentando sua vida til.

    Mais uma vez inovando, a Kamaq traz para a lavoura cafeeira o TRIMMER 90, um equi-pamento especialmente desenhado para auxiliar nos trabalhos de roadas sob a copa das plantas (trilhadeira) , fazendo o corte e a triturao do material, transformando-o em excelente adubo organico. O grande diferencial neste equipamento a exclusividade do seu desenho, que permite um trabalho totalmente seguro, equilibrado, com economia, pois no necessita de tratores de grande porte e o melhor, sem prejuizos para as folhas e frutos do cafeeiro. Possui tampa traseira removvel, permitindo regulagens do nvel de triturao em trabalhos de roada. O rotor dotado de martelos fabricados em ao especial de alta qua-lidade e todo o conjunto balanceado eletronicamente, permitindo um trabalho com total segurana operacional. Indicado para tratores cafeeiros, TRIMMER 90 mais um produto com a garantia e qualidade Kamaq.

    CARACTERSTICAS OPERACIONAIS

    0.90 m 230 Kg

    Max (m)

    1.38 1780740770

    Ponto de iamento

    Regulagem

    A

    B

    C

    EXCLUSIVO PARA TRABALHOS DE ROADAS Lubrificar

    Faa a lubrificao do rolo de apoio traseiro no mnimo duas vezez a cada periodo de trabalho.

  • 6 7

    TRIMMER 90 TRIMMER 90

    PROCEDIMENTOS DE SEGURANA

    Facas Rotativas

    Preserve o MeioAmbiente

    AVISO DE ALERTA

    Leia Sempre oManual de Instrues

    CARACTERSTICAS TCNICAS

    PROCEDIMENTOS DE SEGURANA

    INTRODUO / ACOPLAMENTO

    MANUTENO BSICA

    PROBLEMAS, CAUSAS E POSSVEIS SOLUES

    NDICE

    MANUAL DO USURIO PAG.

    IDENTIFICAO

    CARACTERSTICAS OPERACIONAIS

    02

    04

    05

    07

    08-09

    09-10-11

    12

    Como qualquer equipamento, o triturador tambm exige cuidados em

    relao segurana.

    No trabalhe com pessoas ao redor da m-quina

    Jamais acione as facas (martelos) com o equipamento levantado, sob risco de acidente

    Certifique-se anteriormente da presena de elementos como pedras, ferragens, vidro e outros materiais que possam por em risco sua segurana e a de outros.

    Ao trocar as facas, desligue o trator e cal-ce a mquina. Isto evita que a mquina caia sobre o operador;

    No transporte pessoas no trator ou ento sobre a mquina

    No fique proximo a mquina quando o equipamento estiver ligado;

    Confira periodicamente as facas e pinos de facas;

    Use somente peas originais;

    Nunca deixe pessoas no habilitadas

    efetuarem trabalhos com o equipamento;

    Jamais retire as protees de segurana dos orgo ativos da mquina;

    No faa regulagens ou mantenes com o equipamento em funcionamento.

    Faa o engate ao trator de forma correta, tendo o cuidado de conferir se os parafusos (fixao) esto bem atarraxados

    No se aproximedo equipamento

    em funcionamento

  • 8 9

    TRIMMER 90 TRIMMER 90

    INTRODUOCHECANDO O EQUIPAMENTO

    Antes de comear a trabalhar.Verifique o nvel de leo da caixa de transmis-so e os pontos de graxa.O triturador vem com eixos cardans e pinos de engate do hidrulico.O equipamento sai da fbrica com leo, durante o transporte e na estocagem, pode ocorrer perda pelo respiro da caixa de transmisso. Utilize leo SAE 90, (tabela de equivalencia de marcas).

    PREPARANDO ADEQUADAMENTE O CARDANA potncia do trator transmitida para o equipamento atravs do eixo cardan, este deve trabalhar com uma folga aproximada de 15 cm, caso necessrio corte o tubo e a barra. Aps o corte, rebar-bar com uma lima os cantos do tubo e da barra. Faa uma limpeza criteriosa e depois lubrifique. Rebarbas e limalhas provocam um desgaste prematuro nas paredes do tubo.Verificar se o macho e a fmea esto deslizando livremente.Ao fixar os terminais ao eixo estriado, certifique-se do perfeito travamento entre as peas.

    VERIFIQUE O NVEL DE ANTES DE CADA PERODO

    DE TRABALHO

    ACOPLAMENTO DO TRIMMER AO TRATOR E REGULAGENS

    A operao de acoplamento e regulagem simples, porm requer algum cuidado.Ao engatar os braos do hidrulico NO fique entre o trator e o equipamento. Um eventual desequilbrio poder ocasionar acidente, fique ao lado, durante o engate. Faa os ajustes finais com o trator desli-gado.

    Ao fazer engate dos braos do hidrulico utilize sempre as travas (pino-argola) que acompanham o equipamento.

    Continue o acoplamento montando o cardan frontal. Faa a fixao da proteo atravs das correntes que acompanham o cardan.

    SOMENTE LIGUE O EQUIPAMENTO QUANDO ELE ESTIVER TOTALMENTE ABAIXADO, EM SUA POSIO NORMAL DE TRABALHO.

    A regulagem da altura de corte poder ser efetuada atravs do braos hidrulicos do trator e tambm atravs da regulagem do rolo traseiro. Lembre-se sempre usar as travas e pinos de se-gurana, durante o trabalho e transporte. Faa os ajustes preliminares sempre de preferencia em terrenos planos deixando para o campo somente os ajustes finais.

    ATENO !

    VERIFICAR O REAPERTO GERAL GERAL DE PORCAS E PARAFUSOS A CADA PERODO DE TRABALHO

    LIMPAR SEMPRE O BICO GRAXEIRO ANTES DA LUBRIFICAO COM GRAXA, ISSO EVITA A ENTRADA DE IMPUREZAS.

    CUIDADOS BSICOS

    PRESERVE O MEIO AMBIENTE ! Derramar no solo leo, combustveis, filtros, baterias, graxas, detergen-tes e outros, afeta diretamente a ecologia, levando estes lixos at camadas subterrneas. Informe-se sobre a forma correta de entregar estes elemen-tos contaminantes a quem possa reciclar ou reu