Historia de Parnamirim

  • View
    96

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Conta a historia da cidade de Parnamirm-RN.

Transcript

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:41

Page 1

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:41

Page 2

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 3

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 4

Coleo Parnamirim Volume II Editora Z Comunicao Coodenao Editorial: Osair Vasconcelos Capa e Projeto Grfico: Mariz Comunicao Integrada Designers: Marcelo Mariz / Rodrigo Galvo Consultoria Histrica: Nivaldo Xavier Reviso: Ednice Peixoto dos Santos Agradecimentos: Dirio de Natal, Tribuna do Norte, Parnamirim Notcias, Museu da Aviao e da Segunda Guerra, Base Area de Natal, Genilson Souto e Instituto Histrico e Geogrfico do RN.

Catalogao na fonte "Biblioteca Pblica Cmara Cascudo"- Natal/RN P379h Peixoto, Carlos A histria de Parnamirim / Carlos Peixoto. Natal (RN) : Z Comunicao, 2003. 222p. : il. I. Parnamirim (RN) - Histria. 2. Rio Grande do Norte - Histria. I. Ttulo.

2003/03

CDU 981.32 CDU 981 (813.2)

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 5

memria do meu pai, um homem que no se sabia poeta e, mesmo assim, fez da vida que lhe coube viver um verso simples e claro. Para minha me, que o entendeu. Para Ceia e Alexis, que me do mais do que mereo.

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 6

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 7

ndice

Dedicatria.....................................................................

5

Apresentao.................................................................. 11 Parnamirim, uma histria............................................. 13 CAPTULO I - Paran -mirim 1 - A denominao tupi-guarani. A mais antiga referncia histrica............................................................... 19 2 - As caractersticas geogrficas.................................... 21 3 - Os primeiros donos da terra e o uso que fizeram dela................................................................................. 25 CAPTULO II - O campo dos franceses 1 - Lanando pontes sobre as distncias......................... 2 - Os padrinhos do municpio....................................... 3 - A construo do campo............................................. 4 - O verdadeiro conquistador do Atlntico Sul............ CAPTULO III - O Trampolim da Vitria 1 - A aliana improvvel................................................ 2 - Parnamirim Field...................................................... 3 - A Base Area de Natal............................................... 4 - Novas e velhas denominaes..................................

7

35 37 43 50

57 61 72 76

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 8

5 - Como entramos na Corrida Espacial.................... 79 6 - O Aeroporto Augusto Severo................................... 85 CAPTULO IV - Vises da Cidade 1 - O transitrio como herana urbana......................... 93 2 - Os pioneiros.............................................................. 94 3 - Como uma torrente impetuosa................................ 102 4 - O inferno nos mocambos.......................................... 109 5 - A vida organizada..................................................... 115 CAPTULO V - Ritos de Formao 1 - O conflito nas terras do Jil.................................. 131 2 - A emancipao, sem o povo e sem a Base................. 134 3 - As eleies, a breve guerra do mercado, vitrias e derrotas...................................................................................... 145 4 - Quando Parnamirim foi Eduardo Gomes............. 157 5 - Outras campanha,outros prefeitos (1976-1984)........................ 161 6 - Quadro cronolgico dos prefeitos eleitos em Parnamirim 166 CAPTULO VI - Velhas vantagens, novos negcios 1 - Industrializao: um projeto longo demais.............. 171 2 - O progresso em Parnamirim.................................... 173 3 -Um pioneiro solitrio................................................ 179 4 - A Festa do Boi............................................................ 180 5 - Projetos agrcolas em Pium e Jiqui........................... 182 CAPTULO VII - Breve notcias da expanso urbana 1 - A marcha demogrfica e as desigualdades................ 189 2 - Os bairros.................................................................. 193 3 - Pirangi do Norte....................................................... 195

8

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 9

CAPTULO VIII - Documentos histricos e tabela do Censo 2000 1 - A escritura de Manoel Machado para Paul Vachet..... 203 2 - O contrato para limpar o campo de Parnamirim........ 206 3 - A primeira reportagem............................................. 208 4 - A Lei de criao e a Ata Solene de instalao do municpio...................................................................................... 211 5 - Sntese do Censo IBGE/2000 em Parnamirim......... 214 Fontes bibliogrficas...................................................... 217

9

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 10

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 11

Apresentao

Uma cidade no se faz e tampouco pode ser avaliada apenas pelo nmero de seus edifcios e/ou pelas suas ruas e avenidas. Sequer apenas pela sua populao. Uma cidade se faz ao longo do tempo, com sua histria registrando seus fatos, atos e pessoas. No caso de Parnamirim h ainda uma singularidade. A cidade nasceu em meio ao desenvolvimento da aviao comercial, e cresceu e teve a sua primeira fase de progresso motivada pela aviao de guerra. A genialidade do brasileiro Santos Dumont, inventor do avio, foi seguida pela coragem de quantos homens e mulheres se lanaram no arrojo de transpor mares e oceanos para, no pioneirismo da aviao comercial, aproximar pessoas, possibilitar negcios, estabelecer uma nova era para o mundo. Parnamirim nasceu naquela poca algo mgica, porque indita. De coragem, porque arriscada. De sonho, porque preciso sonhar com o novo, o diferente, o melhor. Forte e decisiva tambm, porque o que viria a ser a futura cidade estava estrategicamente situada na ponta mais avanada do continente, base indispensvel que se transformaria no Trampolim da Vitria. Foi como base area para os aliados que Parnamirim agasalhou homens, mulheres, americanos principalmente; brasileiros de todas as partes do Brasil, e tambm ingleses,

11

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 12

franceses, aliados pelo mesmo objetivo, determinados em favor da mesma causa: o restabelecimento da paz no mundo e a prevalncia da democracia como ordem poltica para os povos. Este livro de pesquisa sobre o nascimento e vida de Parnamirim para estabelecer a sua histria no decorrer desde praticamente a primeira marca at o seu desenvolvimento industrial. Uma cidade rentvel para se investir e amorvel para se viver. Um trabalho competente, criterioso, didtico tambm, do jornalista e escritor Carlos Peixoto com a coordenao editorial do tambm jornalista Osair Vasconcelos, sob a gide da Prefeitura Municipal de Parnamirim, para agora e para sempre. Entrego, portanto, a Parnamirim a sua histria, como entrego ao Rio Grande do Norte a histria de Parnamirim.12

AGNELO ALVES Prefeito Ano da Graa de 2003

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 13

Parnamirim, uma histria.

Ao ser convidado por Osair Vasconcelos e pelo prefeito Agnelo Alves para escrever este livro, lembrei-me que Lus da Cmara Cascudo abre a apresentao da sua Histria da Cidade do Natal citando um outro historiador, o francs Pierre Lavedan, para quem a cidade um ser vivo. A lembrana me foi til, principalmente para relegar ao esquecimento algumas das observaes ouvidas durante a pesquisa empreendida ao longo de um ano em busca de informaes para o texto, que pretendiam no ter Parnamirim uma histria, devido influncia que recebia de Natal e ao pouco tempo de existncia como municpio. Como todos os seres vivos, todas as cidades tm uma existncia - seja ela curta ou longa - consubstanciada em fatos, experincias, festas, vitrias e sonhos que formam no apenas uma, mas vrias histrias. E todas essas histrias merecem ser contadas, valem a pena ser ouvidas. Esta, que vocs podero ler nas prximas pginas, no tem a pretenso de ser a HISTRIA de Parnamirim. apenas aquela que me coube conhecer e contar. De meu, poderia dizer que s o texto, porque todos os fatos por ele narrados so coletivos. Assim como a pesquisa feita. Ela no teria sido possvel sem a ajuda inestimvel do senhor Nivaldo Xavier Gomes, que todos em Parnamirim conhecem como uma extraordinria figura

13

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 14

humana - ele mesmo autor de uma outra histria, mais pessoal, da cidade, Nos Tempos das Bocas de Ferro, espera de um editor consciente - e de vrios outros personagens/autores da cidade que me foram apresentados pelo jornalista e amigo Cludio Gomes, filho de Parnamirim e meu paciente cicerone nesta jornada. Trabalhar com eles, pesquisar, ler e escrever sobre Parnamirim me deu muita satisfao. E se vocs, ao final da leitura, se sentirem como filhos legtimos da cidade no importa onde tenham nascido - nossa recompensa estar completa.Carlos Peixoto Dia de Natal do ano de 2002

14

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 15

#Historia de Parnamirim.qxd

22/10/2003

12:42

Page 16

1 - A denominao tupi-guarani. A mais antiga referncia histrica 2 - As caractersticas geogrficas 3 - Os p