Homenagem a Itália

  • View
    565

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Homenagem a Itália

1. O elo Brasil-Itlia Por Renato Senis Cardoso Tem algo mais que sentimental que une brasileiros a italianos. H um lao muito estreito, provocado pelas idnticas paixes, tais como a msica, o futebol, a arte enfim. 2. Mas h tambm uma identificao de estilos, de personalidade. Os dois povos so apaixonados, sentimentais ao extremo e at por isso se vm prximos, pois tm o mesmo gosto musical e curtem os mesmo dolos. Os nossos irmos italianos, que j so brasileiros, pois radicados h anos no Brasil, so de nossa casa, so de tomar caf na cozinha. 3. Muitos dos dolos italianos tambm foram ou so dolos aqui no Brasil, como o caso de Pavarotti, mais recentemente, Caruso l atrs e os mais populares que motivaram nossas paixes, como Pepino Di Capri, Domnico Modugno, Srgio Endrigo, e tantos outros que nos deram Roberta, El mondo, Champagne e tantas canes que embalaram nossos romances e fizeram nossas paixes mais ardentes. Agora mesmo temos Ucho Dalla, Laura Pauzinni e outra leva de timos cantores a encantar nossos olhos e nossos ouvidos, chegando a nossos coraes como um santo remdio que mata nossa saudade e purifica nossa alma. 4. E Pavarotti que nos deixou perdidos com sua partida, mas que tambm deixou um repertrio de interpretaes que so nossos musicais de cabeceira. Pavarotti, o italiano que popularizou a msica clssica, fazendo com que todos tivessem acesso a esse gnero at ento compreendido apenas por uma elite.Acontece que a Itlia ressurge com seus cantores, assim, num piscar de olhos, mesmo porque ela vive a msica e parece ter uma indstria de talentos, como o caso deAndra Bocelli , que nos encanta nesta apresentao de vrios locais maravilhosos de nossa querida ITLIA. Vamos a elas: 9. Por essas belezas arquitetnicas, podemos sentir a sensibilidade dos artistas italianos. Sua linha de projeto, o esmero no acabamento de suas obras, tudo faz com que admiremos as belezas que a Itlia nos d assim, de presente. 14. Itlia isso, diferente de tudo. Para cada lado que olhamos, uma beleza nos espera. E uma beleza que, na verdade, se resume numa mescla de natureza com a obra quase divina dos homens que se propuseram constru-la. 19. Essa viagem de poucos minutos um primeiro passo para uma deciso quase que definitiva: conhecer a Itlia, ou mesmo rever os locais maravilhosos que esto l, esperando a ns todos, como num gesto de boas vindasao belo, ao passado distante que se mistura ao hoje, ao moderno, ou ao clssico (o que se pretender buscar). 24. Luzes, obras gigantescas, sutileza nos detalhes, acabamentos esmerados, o verde junto ao concreto, que se faz suave com a presena da gua a escorrer por seus espaos criados especialmente. O sentimentalismo italiano, a religiosidade com sua proximidade ao Sumo Pontfice, as constantes e ferrenhas oraes, etc., parece que contribuem para que artistas italianos tenham um pouco da mo de Deus quando se pem a construir suas obras. 25. La lontananza 36. Mas a Itlia no s isso. A Itlia amor, entrega no af de receber bem aqueles que visitam aquela pequena bota, estratgicamente localizada na regio mais valorizada da Europa. A Itlia o gesto exagerado, mas sincero dos italianos, que se colocam a postos no receptivo de povos de todo o mundo, que a procuram para um banho de cultura, modernidade com momentos, espaos e monumentos que esto l pra reafirmar que a Itlia tem histrica pra contar. 46. Claro que nem tudo to prximo, to mos dadas assim. Apens num momento Brasil e Itlia se confrontam como os bravos guerreiros nas arenas da antiga Roma: em decises de copa do mundo. E como os dois pases irmos tm tambm a mesma paixo pelo futebol, decidem assim, com a fria de uma luta em ao. Mas s passar a deciso e pronto, l esto nossos brasileiros a completar os timos times do futebol italiano. 51. No foi legal essa viagem virtual pela Itlia? Tomara voc tenha curtido tanto quanto eu. E fica nas fotos, nas msicas de fundo e em nossas modestas palavras, a homenagem de quem tem um p na Itlia (Senise). Um talo-brasileiro assim, com muito orgulho. 52. Fotos recebidas via internet Texto e apresentao por Renato Cardoso www.vivendobauru.com.br