Icms Nf Revenda Legal AgRoss

Embed Size (px)

Text of Icms Nf Revenda Legal AgRoss

Guia PrticoCOMO ABRIR E TORNAR-SE UMA REVENDA LEGAL DE DEFENSIVOS AGRCOLAS

Realizao:

Apoio:

Material disponvel em nosso site:

www.agross.com.br

ObjetivoDesenvolvimento da conscincia legal dos proprietrios de revendas. Desenvolvimento da conscincia social e ambiental dos mesmos. Desenvolvimento de mercado latente incentivando as revendas veterinrias a comercializarem defensivos agrcolas.

NDICE APRESENTAO..................................................................................................................3 1. COMO TORNAR-SE UMA REVENDA DE DEFENSIVOS AGRCOLAS...........................4 1.1 Normas para Registro de Comrcio de Defensivos e Produtos Veterinrios no Estado de So Paulo....................................................................................................5 1.2 Normas para Registro de Comrcio de Defensivos e Produtos Veterinrios no Estado de Rio de Janeiro.............................................................................................6 1.3 Normas para Registro de Comrcio de Defensivos e Produtos Veterinrios no Estado de Minas Gerais...............................................................................................7 1.4 Normas para Registro de Comrcio de Defensivos e Produtos Veterinrios no Estado de Paran.........................................................................................................8 1.5 Normas para Registro de Comrcio de Defensivos e Produtos Veterinrios no Estado de Esprito Santo.............................................................................................11 1.6 Normas para Registro de Comrcio de Defensivos e Produtos Veterinrios no Estado de Pernambuco...............................................................................................11 2 LEGISLAO TRIBUTRIA - REGRAS DE TRIBUTAO DE ICMS, PIS, COFINS E SIMPLES...............................................................................................................................14 2.1 ICMS Para Defensivos E Veterinrios...................................................................15 2.2 PIS e COFINS para Defensivos e Veterinrios......................................................16 2.3 Simples Nacional....................................................................................................17 2.3.1 Definio.....................................................................................................17 2.3.2 Opo pelo Simples Nacional.....................................................................17 2.3.3 Indeferimento da Opo..............................................................................18 2.3.4 Clculo dos Tributos Devidos pela ME e pela EPP....................................18 2.3.5 Excesso de Limite.......................................................................................19 2.3.6 Receita em incio de atividade... ...............................................................20 2.3.7 Apurao de Excesso de Receita Bruta......................................................20 2.3.8 Receita Bruta...............................................................................................20 3 LEGISLAO TRABALHISTA............................................................................................21 3.1 Direitos e Deveres da Revenda..............................................................................22 3.2 Direitos e Deveres do Funcionrio.........................................................................22 4 PRODUTOS FITOSSANITRIOS......................................................................................241

4.1 Armazenamento de Produtos Fitossanitrios.........................................................25 4.2 Transporte de Produtos Fitossanitrios..................................................................26 4.3 Aquisio de Produtos Fitossanitrios....................................................................33 4.3.1 Cuidados no Manuseio e Durante as Aplicaes de defensivos...............34 4.4 Embalagens............................................................................................................34 4.4.1 Postos de Recolhimento..............................................................................36 4.5 Penalidades Legais.................................................................................................37 5 REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS....................................................................................38 6 TELEFNES TEIS............................................................................................................39

2

APRESENTAOO programa Revenda Legal AgRoss foi criado para orientar os empreendedores interessados em investir no mercado de insumos agropecurios e de informar suas responsabilidades pertinentes ao meio agrcola e social, para que de forma resumida nossos clientes entendam a importncia de seus atos. Vamos falar um pouco de alguns pontos das leis de armazenamento, segurana, transporte, compra de defensivos e descarte das embalagens, como tambm ser apresentado um pouco sobre as leis trabalhistas, tributrias e ambientais. Segue uma listagem de documentos necessrios para que a revenda esteja legalizada comercial e ambientalmente no seu Estado e Municpio para poder revender os produtos agropecurios. As informaes aqui apresentadas no devem ser entendidas como nico critrio para a documentao solicitada, elas podem sofrer alteraes conforme exigncia de cada rgo estadual, portanto, alm do programa Revenda Legal AgRoss necessrio que os interessados procurem os rgos responsveis do seu Estado entregando toda documentao exigida na poca de legalizao de seu empreendimento.

3

1. COMO TORNAR-SE UMA REVENDA LEGAL DE DEFENSIVOS AGRCOLAS Em funo da legislao vigente, as empresas que atuam no setor devem obter registro junto as Secretarias e/ou Coordenadorias conforme normas de cada Estado, assim como devem verificar os produtos cadastrados disponibilizados para o comrcio estadual. Os registros das empresas e cadastros dos produtos constituem instrumentos para fiscalizao do segmento com ateno especial aos canais de distribuio, prestadores de servios, qualidade dos produtos, uso correto e seguro bem como a destinao final das embalagens vazias, reduzindo os impactos sade e meio ambiente.

4

1.1 NORMAS PARA REGISTRO DE COMRCIO DE DEFENSIVOS E PRODUTOS VETERINRIOS NO ESTADO DE SO PAULO. Para o Estado de So Paulo no caso de comrcio exclusivo de agrotxicos basta procurar o Escritrio de Defesa Agropecuria da Regio (CATI) onde ser aberto a revenda. Os documentos necessrios so: Requerimento Dirigido Ao Diretor Do Grupo De Defesa Sanitria Vegetal, da Coordenadoria de Defesa Agropecuria, conforme Anexo V do Decreto Federal n 4.074 de 04/01/2002; Cpia do Contrato Social da Empresa. Dever constar do objeto Social da empresa de maneira clara e explcita a atividade para o qual est sendo solicitado o registro. Termo de Assistncia e Responsabilidade Tcnica, assinado por Engenheiro Agrnomo com registro no CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) com assinatura original. Esse servio no h cobrana de taxas. A documentao solicitada tem como base legal: Decreto - 4.074; Decreto 44.038 de 15 de junho de 1999, que aprova regulamento fixando os procedimentos relativos ao cadastramento e fiscalizao do uso, da aplicao, da distribuio e comercializao de produtos agrotxicos, seus componentes e afins no territrio do Estado de So Paulo e d providncias correlatas. A distribuio de produtos veterinrios tem como base legal a Resoluo SAA 10 (Secretaria de Agricultura e Abastecimento) de 19 de abril de 2002. A atividade desenvolvida pela revenda considerada comrcio varejista e dispensada de Licenciamento Ambiental, para isso preciso enviar a seguinte documentao para a CETESB: Formulrio solicitando o Certificado de Dispensa de Licena: o instrumento utilizado para formalizar a dispensa de licenas para empreendimentos no passveis de licenciamento pela CETESB ou regularmente existentes na data de edio do regulamento da Lei Estadual n 997/76. Os documentos necessrios para formalizar o pedido desse Certificado: Impresso denominado Solicitao de Certificado de Dispensa de Licena; encontrado no site: www.cetesb.sp.gov.br/licenciamentoo/cetesb/5502.doc Documentos que comprovem que o empreendimento foi regularmente implantado antes de 08/09/76, data de publicao do regulamento da Lei n 997/76, ou que a atividade exercida no local em questo no se caracteriza como passvel de licenciamento; Procurao quando for o caso; Preo: 35 UFESP para grandes empreendimentos, para microempresa ou empresa de pequeno porte: 7 UFESP.

5

Ao protocolar o pedido, a Agncia Ambiental emitir a Ficha de Compensao com o preo da solicitao, que poder ser recolhido em qualquer banco, at o vencimento. Aps o vencimento, somente poder ser recolhido no Banco Nossa Caixa, num prazo de 10 dias. Decorrido este prazo, nova Ficha de Compensao dever ser obtida junto Agncia Ambiental da CETESB. A definio tem como base legal o artigo 74 do regulamento da Lei n 997/76 aprovado pelo Decreto n 8.468/76 e alterado pelo Decreto n 47.397/02. A CETESB se reserva o direito de exigir complementao de informaes a qualquer momento da anlise do processo. Contrato social da empresa; Descrio das atividades que sero desenvolvidas na empresa; Registro de comerciante na Secretaria da Agricultura; Planta baixa do empreendimento; Layout do prdio e as atividades desenvolvidas em cada ambiente. Essas informaes foram passadas pelo Engenheiro Responsvel na CETESB de Campinas/SP, portanto estando sujeita a alteraes conforme caso. Em alguns Estados, para produtos veterinrios necessrio procurar se informar no Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento e o Conselho Regional de Medicina Veterinria. 1.2 NORMAS PARA REGISTRO DE COMRCIO DE DEFENSIVOS E PRODUTOS