of 14 /14
Juliana Pereira Rocha (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB/PPPGEL/UEFS)

(IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

  • Upload
    vuliem

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

Juliana Pereira Rocha

(IC/UEFS)

Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros

(UNEB/PPPGEL/UEFS)

Page 2: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

Eulálio de Miranda Motta (1907-1988)

nasceu em 15 de abril de 1907, numa vila do

município de Mundo Novo, no interior da Bahia,

chamada Alto Bonito. Deu início a sua

atividade literária no começo da década de

1920.

No decorrer de sua trajetória, de mais

de sessenta anos de dedicação a atividade

literária, Eulálio Motta publicou três livros de

poesias: Alma enferma... (1931), Ilusões que

passaram... (1933) e Canções do meu caminho

(em duas edições: 1948 e 1983?). Além disso,

publicou inúmeras poesias dispersas em

jornais, revistas e antologias; crônicas em

jornais; dentre outras obras inéditas

conservadas em manuscritos (BARREIROS,

2007).

Eulálio em Salvador, 1932.

(EF1.348.CV2.05.035)

Page 3: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

Durante o percurso de sua vida, Eulálio Motta arquivou um conjunto de documentos: anotações, fragmentos de obras, rascunho de cartas, cadernos, diários, fotografias, jornais, e outros materiais diversos. Esta junção de materiais configura-se em seu acervo literário.

a) 15 cadernos manuscritos;

b) 88 correspondências, incluindo cartas ativas e passivas, e telegramas;

c) 39 datiloscritos de textos literários;

d) 9 diplomas;

e) 11 documentos de identificação pessoal;

f) 870 fotografias identificadas e não identificadas;

g) 88 livros que integravam a biblioteca do escritor;

h) 6 folhetos de cordel;

i) 1129 exemplares de panfletos;

j) 49 exemplares de jornal;

k) 68 manuscritos dispersos;

l) Uma coleção de 32 cédulas de dinheiro antigo;

m) A máquina de escrever de Eulálio Motta;

(BARREIROS, 2012, p.97)

Page 4: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

COM TÍTULO 72%

SEM TÍTULO 28%

Quantidade de Trovas com e sem título

Page 5: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

Figura 01: Meu caderno de trovas, f. 20v.

Fonte: Elaborado pelo pesquisador.

Page 6: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

Figura 02: Meu caderno de Trovas f. 6v.

Fonte: Elaborado pelo pesquisador.

Fonte: Elaborado pelo pesquisador.

Figura 03: Meu Caderno de Trovas f. 12r.

Page 7: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

A edição semidiplomática busca conservar, na medida do

possível, os aspectos do texto. Segundo Borges et al. (2012), esse tipo de

edição situa-se entre a edição interpretativa e diplomática, sendo sua

prática marcada pela ação menos interventista que a interpretativa e mais

interventista que a diplomática. Comumente, a intervenção feita pelo

editor, limita-se ao desdobramento das abreviaturas.

Page 8: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

Para a edição dos textos, foi empregado o método filológico da Crítica Textual e serão seguidos os critérios de edição das obras de Eulálio Motta estabelecidos por Barreiros (2007) e reformulados pelo mesmo autor em 2012.

No caso dessa pesquisa são utilizados os seguintes critérios:

indica-se o número da folha e se é o reto ou o verso (ex. f. 20r. ou f. 20v.);

as linhas são numeradas de 5 em 5 à margem esquerda;

os textos são transcritos em fonte Times New Roman padrão Word; de

tamanho 11, justificados à margem esquerda;

transcreve-se o título como se encontra no original;

a rubrica do autor indica-se entre colchetes;

são mantidos as interpolações, os lapsos do autor, a ortografia, a

acentuação, a pontuação e registraram-se todas as correções, emendas,

rasuras e acréscimos, através da utilização de símbolos;

as rasuras, substituições, correções e acréscimos são mantidos na

sequência lógica do texto (não obedecendo a topografia do original);

quando ocorrer a alternância da cor da tinta, deve-se indicar em nota;

Page 9: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

Os símbolos utilizados nas transcrições e na edição crítica dos

textos são os seguintes:

{ } seguimento riscado;

{†} seguimento ilegível;

{†} / \ segmento ilegível substituído por outro legível na relação {ilegível}

/legível\;

{ } / \ substituição por sobreposição, na relação {substituído} /substituto\;

{ } [↑] riscado e substituído por outro na entrelinha superior;

{ } [↓] riscado e substituído por outro na entrelinha inferior;

{ } [→] riscado e substituído por outro na margem direita;

{ } [←] riscado e substituído por outro na margem esquerda;

[↑] acréscimo na entrelinha superior;

[↓] acréscimo na entrelinha inferior;

[→] acréscimo na margem direita;

[←] acréscimo na margem esquerda;

Page 10: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

8 PENSAMENTOS de um celiba[↑ta]rio...

1 Envelhecendo e solteiro!

Até que não se acredita!

Ficar solteiro no meio

5 de tanta moça bonita!

2 Vida fácil, vida leve

minha vida sem mulher...

mas tremo ao pensar no fim...

quando a velhice vier...

10 3 Eu que me ria dos noivos,

que os achava sem juiso,

já estou quase dizendo

{†}que o casamento é preciso...

4 Nas doenças, na velhice,

15 de uma vida sem troféu,

os cuidados de uma esposa

são um presente do céu!

Page 11: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

A edição semidiplomática de textos manuscritos em processo

de escrita é um desafio e exige tempo, atenção, dedicação e,

sobretudo, responsabilidade, pois se trata de um trabalho de

recuperação do acervo literário. Nos textos editados estão presentes a

marcas da gênese do texto e marcas da identidade do escritor e de

suas memórias que merecem ser estudas e preservadas.

A pesquisa possibilitou editar 168 quadras. Na continuidade da

pesquisa, buscar-se-á empreender a edição crítica das quadras, tendo

em vistas a publicação do livro inédito Meu caderno de trovas do

escritor mundonovense Eulálio de Miranda Motta.

Mesmo diante das dificuldades para decifrar trechos dos

manuscritos e de todo o rigor que o trabalho de edição impõe, o

trabalho é compensador pela oportunidade de poder contribuir para a

conservação do patrimônio cultural-literário baiano e também por

contribuir para a preservação da memória individual e coletiva do

escritor Eulálio Motta.

Page 12: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

ARTIÈRES, Philippe. 1994. Arquivar a própria vida. In Estudos Históricos: Arquivos Pessoais, Rio de Janeiro, vol. 11, n.21, 1997. Disponível em: <http://www.marilia.unesp.br/Home/Pesquisa/cultgen/arquivar_a_propria_vida.pdf>. Acesso em: 26 de jul. de 2014.

BARREIROS, Patrício Nunes. 2012. Sonetos de Eulálio Motta. Feira de Santana: UEFS Editora.

BARREIROS, Patrício Nunes. 2009. A oficina do escritor e os projetos editoriais de Eulálio de Miranda Motta. In: XIII Congresso Nacional de Lingüística e Filologia. Atas do XIII Congresso Nacional de Lingüística e Filologia, Rio de Janeiro: Editora da UERJ. v. XIII, n. 4. p. 1465-1480.

BARREIROS, Patrício Nunes. 2007a. Cantos tristes, no cemitério da ilusão: edição dos sonetos de Eulálio de Miranda Motta. 2007. 346f. Dissertação (Mestrado em Literatura e Diversidade Cultural) - Departamento de Letras, Universidade Estadual de Feira de Santana, Feira de Santana.

BARREIROS, Patrício Nunes. 2005. Da organização do espólio à edição crítica da obra de Eulálio de Miranda Mota. In: IX Congresso Nacional de Lingüística e Filologia. Atas do IX Congresso Nacional de Lingüística e Filologia, Rio de Janeiro: Editora da UERJ. v. 3. p. 117-128.

Page 13: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

BARREIROS, Patrício Nunes. 2005. Da organização do espólio à edição crítica da obra de

Eulálio de Miranda Mota. In: IX Congresso Nacional de Lingüística e Filologia. Atas do IX

Congresso Nacional de Lingüística e Filologia, Rio de Janeiro: Editora da UERJ. v. 3. p.

117-128.

CAMBRAIA, Césa Nardelli. 2005. Introdução à crítica textual. São Paulo: Martins Fontes.

MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário como Figura Epistemológica. Matraga, Rio de

Janeiro, v.14, n.21, p.13-p.23, jul./dez. 2007 – UFMG. Disponível em:

<http://www.pgletras.uerj.br/matraga/matraga21/arqs/matraga21a01.pdf>. Acesso em: 25 de

jul. 2014.

QUEIROZ, Rita de Cássia R. de. 2008. Da necessidade de edições críticas de autores

baianos. Cadernos de Letras da UFF – Dossiê: Patrimônio cultural e latinidade, no 35, p. 83-

95. Disponível em: <www.uff.br/cadernosdeletrasuff/35/artigo5.pdf>. Acesso em: 20 de jul.

2014.

RETTENMAIER, Miguel. 2008. Pesquisa literária e acervo: a maldição dos manuscritos.

Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo - v.

4 - n. 2 - 137-145 - jul./dez. 2008. Disponível em:

<http://www.upf.br/seer/index.php/rd/article/download/701/459>. Acesso em: 26 de jul. de

2014.

Page 14: (IC/UEFS) Profº. Drº. Patrício Nunes Barreiros (UNEB ... · PDF fileMotta estabelecidos por Barreiros ... São Paulo: Martins Fontes. MARQUES, Reinaldo. 2014. O Arquivo Literário

RETTENMAIER, Miguel. 2008. Pesquisa literária e acervo: a maldição dos manuscritos.

Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo -

v. 4 - n. 2 - 137-145 - jul./dez. 2008. Disponível em:

<http://www.upf.br/seer/index.php/rd/article/download/701/459>. Acesso em: 26 de jul. de

2014.

SILVA, José Pereira da. 2012. A Crítica Textual Através da Edição Crítica da Lírica De

Camões de Leodegário A. de Azevedo Filho. Cadernos do CNLF, Vol. XVI, Nº 03 – Livro de

Minicursos e Oficinas. XVI CONGRESSO NACIONAL DE LINGUÍSTICA E FILOLOGIA-

UERJ 2012. Disponível em:

<ttp://www.filologia.org.br/xvi_cnlf/min_ofic/Livro_de_minicursos_e_oficinas.pdf>. Acesso

em: 02 de ago. 2014.

SPINA, Segismundo. 1994. Introdução à edótica: crítica textual. 2. ed. rev. e atual. São

Paulo: Ars Poética/EDUSP.

BORGES, Rosa. - SOUZA, Arivaldo Sacramento de, - MATOS, Eduardo Silva Dantas de. –

ALMEIDA, Isabela Santos de. Edição de Texto e Crítica Filológica. Editora Quarteto,

Salvador, 2012.