IHANA THAS GUERRA DE OLIVEIRA GONDIM - .ihana thas guerra de oliveira gondim efeitos da orienta‡ƒo

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of IHANA THAS GUERRA DE OLIVEIRA GONDIM - .ihana thas guerra de oliveira gondim efeitos da...

IHANA THAS GUERRA DE OLIVEIRA GONDIM

EFEITOS DA ORIENTAO INDIVIDUALIZADA E DO MONITORAMENTO

SEMANAL POR TELEFONE EM UM PROGRAMA DE EXERCCIOS

TERAPUTICOS DOMICILIARES AUTOSSUPERVISIONADOS EM PESSOAS

COM DOENA DE PARKINSON: um ensaio clnico randomizado

Recife

2016

IHANA THAS GUERRA DE OLIVEIRA GONDIM

EFEITOS DA ORIENTAO INDIVIDUALIZADA E DO MONITORAMENTO

SEMANAL POR TELEFONE EM UM PROGRAMA DE EXERCCIOS

TERAPUTICOS DOMICILIARES AUTOSSUPERVISIONADOS EM PESSOAS

COM DOENA DE PARKINSON: um ensaio clnico randomizado

Dissertao apresentada ao Programa de

Ps-Graduao em Gerontologia do

Centro de Cincias da Sade da

Universidade Federal de Pernambuco,

para obteno do ttulo de mestre em

Gerontologia.

Orientadora:

Prof. Dr. Maria das Graas Wanderley de Sales Coriolano

Coorientadora:

Prof. Dr. Carla Cabral dos Santos Accioly Lins

Recife

2016

Ficha catalogrfica elaborada pela

Bibliotecria: Mnica Ucha, CRB4-1010

G637e Gondim, Ihana Thas Guerra de Oliveira.

Efeitos da orientao individualizada e do monitoramento semanal por

telefone em um programa de exerccios teraputicos domiciliares

autossupervisionados em pessoas com doena de Parkinson: um ensaio

clnico randomizado / Ihana Thas Guerra de Oliveira Gondim. 2016.

73 f.: il.; 30 cm.

Orientadora: Maria das Graas Wanderley de Sales Coriolano.

Dissertao (Mestrado) Universidade Federal de Pernambuco,

CCS. Programa de Ps-Graduao em Gerontologia. Recife, 2016.

Inclui referncias, apndices e anexos.

1. Autocuidado. 2. Doena de Parkinson. 3. Fisioterapia. 4. Qualidade

de vida. 5. Terapia por exerccio. I. Coriolano, Maria das Graas

Wanderley de Sales (Orientadora). II. Ttulo.

610 CDD (23.ed.) UFPE (CCS2016-091)

IHANA THAS GUERRA DE OLIVEIRA GONDIM

EFEITOS DA ORIENTAO INDIVIDUALIZADA E DO MONITORAMENTO

SEMANAL POR TELEFONE EM UM PROGRAMA DE EXERCCIOS

TERAPUTICOS DOMICILIARES AUTOSSUPERVISIONADOS EM PESSOAS

COM DOENA DE PARKINSON: um ensaio clnico randomizado

Dissertao apresentada ao Programa de Ps-

Graduao em Gerontologia da Universidade

Federal de Pernambuco, como requisito parcial

para a obteno do ttulo de mestre em

Gerontologia.

Dissertao aprovada em: 24/02/2016.

BANCA EXAMINADORA

___________________________________________________________

Profa. Dra. Maria das Graas Wanderley de Sales Coriolano (Orientadora)

Universidade Federal de Pernambuco

___________________________________________________________

Profa. Dra. Vanessa de Lima Silva (Examinador Interno)

Universidade Federal de Pernambuco

___________________________________________________________

Profa. Dra. Nadja Maria Jorge Asano (Examinador Externo)

Universidade Federal de Pernambuco

Recife

2016

AGRADECIMENTOS

A Deus e Santa Rita de Cssia que recorri buscando calma e sabedoria para enfrentar os

desafios;

Aos voluntrios pela gentileza e comprometimento que tiveram comigo durante o perodo de

estudo e pela disponibilidade despendida;

A minha orientadora Maria das Graas Coriolano pelo conhecimento compartilhado e pelas

conversas de apoio e incentivo, mostrando-se sempre presente, segura e empolgada com a

pesquisa;

A minha coorientadora Carla Lins que sempre esteve atenta no decorrer da pesquisa,

auxiliando-me com sugestes para a melhoria desta;

Ao Programa Pr-Parkinson onde encontrei no apenas estrutura e apoio tcnico-cientfico

adequados para o que pretendia pesquisar, mas tambm pessoas amigas;

A Dra. Nadja Asano pela sua solicitude para comigo em todas as etapas da coleta, ao Dr.

Amdore Asano pela disponibilidade em me mostrar e treinar o exame clnico na doena de

Parkinson, aos alunos extensionistas e equipe de apoio (bolsistas do BIA) do Programa Pr-

Parkinson que fizeram parte do meu convvio em dias de coleta e me acolheram to bem;

Ao professor Etenildo Dantas pelas contribuies no clculo amostral e na reviso do artigo

original desta pesquisa;

A todos que contriburam com a reviso do artigo de reviso integrativa e do artigo original;

Aos professores e alunos do Programa de Ps-Graduao em Gerontologia pela construo de

novos saberes ao longo das disciplinas e crticas construtivas durante os seminrios de

acompanhamento da pesquisa;

A equipe da secretaria e de apoio do Programa de Ps-Graduao em Gerontologia que

sempre me auxiliaram de maneira atenciosa;

A professora Mrcia Pedrosa por me possibilitar experincias no mundo acadmico que foram

fundamentais para saberes cientficos necessrios para esta pesquisa;

A minha me Ana Clia Gondim, ao meu pai Abel Gondim e irmo Antnio Augusto Gondim

pelo apoio, incentivo e por me inspirarem a sempre dar o meu melhor naquilo que me

proponho a fazer;

Ao meu namorado Davi Curi que sempre me incentivou e me ajudou a acreditar que tudo

daria certo, sendo paciente e firme quando preciso ao dar suporte afetivo e, tambm, cientfico

necessrios para a concretizao do produto final;

Aos meus familiares e amigos que acreditaram e torceram por mais esta conquista.

RESUMO

Exerccios teraputicos domiciliares autossupervisionados so aqueles cuja prtica

supervisionada pelo prprio paciente. A forma como o fisioterapeuta orienta e monitora estes

exerccios pode impactar no sucesso da teraputica. Esta dissertao teve como objetivo

avaliar os efeitos da orientao individualizada e do monitoramento semanal por telefone em

um programa de exerccios teraputicos domiciliares autossupervisionados em pessoas com

doena de Parkinson. O ensaio clnico randomizado simples-cego com 28 pacientes do

Programa Pr-Parkinson do Hospital das Clnicas da Universidade Federal de Pernambuco,

Ambulatrio de Neurologia, foi realizado no perodo de janeiro a agosto de 2015. O projeto

foi aprovado pelo Comit de tica em Pesquisa com Seres Humanos do Centro de Cincias da

Sade da Universidade Federal de Pernambuco e registrado no ClinicalTrials.gov. Os

pacientes foram recrutados no Programa Pr-Parkinson, sendo selecionados de forma

sistemtica de acordo com a agenda do dia durante sua consulta de rotina ao servio. Em

seguida, foram randomizados por sorteio em dois grupos: experimental e controle. Foram

critrios de incluso: pacientes com idade entre 50 e 80 anos, no institucionalizados e com

diagnstico clnico de doena de Parkinson idioptica nos estgios 1 a 3 da escala Hoehn e

Yahr original. Os seguintes desfechos foram avaliados antes e aps doze semanas de

interveno (no perodo on da medicao): 1- sinais e sintomas da doena atravs das sees

atividades da vida diria e exame motor da Escala Unificada de Avaliao da Doena de

Parkinson; 2- qualidade de vida mediante Questionrio da Doena de Parkinson 39. Os

pacientes do grupo experimental tiveram um encontro com orientao individualizada sobre

os exerccios do captulo de fisioterapia do manual do Programa Pr-Parkinson, receberam o

manual para orientar suas atividades em domiclio, obtiveram posterior monitoramento

semanal por telefone e puderam assistir s palestras (orientao em grupo) sobre os exerccios

do manual em dias de consulta mdica. Pacientes do grupo controle puderam assistir s

palestras (orientao em grupo) sobre os exerccios do manual em dias de consulta mdica e

dispor do manual, sem orientao individualizada e monitoramento semanal por telefone.

Ambos os grupos foram orientados a realizar os exerccios trs vezes por semana durante

doze semanas. A comparao dos dados intergrupos foi realizada atravs do teste Mann-

Whitney e intragrupos atravs do teste Wilcoxon, sendo o nvel de significncia de 0.05. Na

comparao entre os grupos, o grupo experimental apresentou uma melhora significativa para

atividades da vida diria (p=0,001) e exame motor (p=0,0008), bem como para qualidade de

vida total (p=0,027) e suas dimenses mobilidade (p=0,027), bem-estar emocional (p=0,021)

e desconforto corporal (p=0,027) aps a interveno. Concluiu-se que a orientao

individualizada e o monitoramento semanal por telefone em um programa de exerccios

teraputicos domiciliares autossupervisionados contriburam para uma melhor prtica dos

exerccios, apresentando efeitos positivos sobre atividades da vida diria, exame motor e

qualidade de vida em pessoas nos estgios iniciais da doena de Parkinson.

Palavras-chave: Autocuidado. Doena de Parkinson. Fisioterapia. Qualidade de vida. Terapia

por Exerccio.

ABSTRACT

Self-supervised home-based therapeutic exercises are those whose practice is supervised by

the patient. The way the physical therapist guides and monitors these exercises can impact the

success of therapy. This work aimed to evaluate effects of individualized guidance and

telephone monitoring in a self-supervised home-based therapeutic exercise program for

people with Parkinson's disease. The single-blind randomized clinical tr