INDICADORES IBGE .BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA - IBGE Presidente do IBGE Eurico de Andrade

Embed Size (px)

Text of INDICADORES IBGE .BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA - IBGE Presidente do IBGE Eurico de Andrade

  • , ..

    INDICADORES IBGE

    NDICE DE PREOS AO CONSUMIDOR INPC- IPCA

    dezembro de 1992

    Coleo J__ IBEGEANA

  • Presidente da Repblica Itamar Franco

    Ministro-chefe da Secretaria de Planejamento, Oramento e Coordenao Paulo Roberto Haddad

    FUNDAO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA - IBGE

    Presidente do IBGE Eurico de Andrade Neves Borba

    Diretor de Planejamento e Coordenao Djalma Galvo Carneiro Pessoa

    0RGOS TCNICOS SETORIAIS

    Diretor de Pesquisa Tereza Cristina Nascimento Araujo

    Diretor de Geocincias Sergio de Almeida Brun i

    Diretor de Informtica Francisco Quental

    Centro de Documentao e Di sseminao Nelson de Castro Senra

    UNIDADE RESPONSVEL

    Diretoria de Pesquisas

    Departamento de ndices de Preos

    Mrcia Mar1a de Melo Quintslr

    GRUPO DE CONJUNTURA

    Analista Responsvel: Eulina Nunes dos Santos

    Colaborador(es): Ana Maria Schultz Cmara Lucia Maria Almeida dos Santos Maria Ins Teixeira Guerra Leal de Souza Regina Oliveira de Freitas Rita de cassia Moraes Sbano Srgio Monteiro'Marques

    Diagramador: Maria Lucia Pereira do Nascimento

    Editorao : Sandra Teixeira ~onores

  • SUMRIO

    Resuldatos do IPCA e INPC ... . . . ....... . ...... . ....... .. ........ . . . .... . . . .. .... ... 3

    ndice de Preos ao Consumidor Amplo - IPCA

    I- Descrio Sumria ..... . ..... . . . ...... . . . .. . . . ......... . . . ...... . ............... 4

    I I -Resultados Mensais . ... .. .. . .. .. ... . . . . . . . ...... . . . . .. .... .... . . .. ... .... . . .... . 4

    III -Resultados Acumulados ....... . ........ . . .. ..... ..... ....... . .. . . . . . .. . ....... . . 5

    ndice Nacional de Preos ao Consumidor - INPC

    I- Descrio Sumria ....... .. ....... .. .... . ...... . . . .. . ... .. .. . ..... . . . ....... ... . 5

    I I -Resu 1 t ados Mensais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6

    I I I -Resu 1 ta dos Acumu 1 a dos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6

    Tabelas Conjunturais ..... .. .............. . .. .. ......... .. . . ................... ... .. 6

  • RESULTADOS DO IPCA e INPC

    DEZEMBRO DE 1992

    O ndice Nacional de Preos ao Consumidor Amplo - IPCA apresentou no ms de

    dezembro variao de 25,24% e o ndice Nacional de Preos ao Consumidor - INPC variou

    25,58%. Desta forma , os resultados do IPCA e do INPC de dezembro foram:

    *********************************************************************** * NQ ndice * Acumulados (%)

    NDICES * ********************************************** * dez90=100 * 3 Meses * 6 Meses * No Ano * 12 Meses ***********************************************************************

    IPCA .... 6981 ' 79 92 ' 13 256,30 1119' 10 1119' 10

    INPC 7183 , 36 94 , 56 260,38 1149,06 1149,06

    ***********************************************************************

    3

  • ndice de Preos ao Consumidor Amplo - IPCA

    Dezembro de 1992

    I - Descrio Sumria

    O IPCA obtido a partir da agregao dos ndices r egiona i s (i ndividuais ). Para a agregao nacional utiliza-se a varivel "rendimento total urbano" da Pesquisa Nacional por Amostra de Domic li os- PNAD / 1987 .

    Para o clculo de cada ndice regional considerada como Populao Objetivo as famlias com rendimento mensal entre 1 ( hum) e 40(quarenta ) salrios mnimos .

    A abrangncia geogrfica compreende as reg1oes metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre , Belo Horizonte , Recife , So Paulo , Belm , Fortaleza, Salvador e Curitiba, alm de Braslia e do municpio de Goinia . O perodo de coleta compreende, regra geral , o ms civil de referncia .

    II - Resultado Mensais

    O ndice Nacional de Preos ao Consumidor Amplo - IPCA apresentou no ms de dezembro variao de 25 ,24% , superior , portanto , aos 22,49% registrados no ms de novembro em 2,75 pontos percentuais.

    O perodo de referncia do ndice estendeu-se de 01 de dezembro a 30 de dezembro e a base compreendeu o perodo de 30 de outubro a 30 de novembro .

    A maior variao foi registrada no grupo Vesturio (31, 86%), pouco inferior, entretanto , ao resultado de novembro (31,94%). Por outro lado, o menor resultado ficou com o grupo Sade e Cuidados Pessoais (21,98%), refletindo , principalmente , a queda de 6,05 pontos percentuais na taxa de crescimento dos produtos farmacuticos que variaram em novembro e dezembro 23,34% e 17,29% , respectivamente .

    Todos os demais grupos apresentaram resultados superiores aos registrados em novembro, com destaque para os grupos Despesas Pessoais e Alimentao e Bebidas, com 4 , 45 e 4,24 pontos percentuais de diferena .

    . Alimentao e Bebidas (27,42%) -os tens que mais contriburam para o incremento da tax~ do grupo em relao a novembro (23,18%) foram as carnes (34, 16%) e alimentao fora do domiclio (29,53%) .

    . Habitao (23,09%)- o resultado do grupo superou o do ms anterior (20,85%) em 2,24 pontos percentuais, devido, principalmente, aos produtos administrados , que em novembro ajudaram a conter a taxa do grupo, tendo em vista a sistemtica adotada pelo governo. No ms , o gs de bujo variou 25,51% e a energia eltrica 22,79% , enquanto em novembro os resultados foram 5,50% e 11,07%, respectivamente .

    . Artigos de Residncia (28,66%)- com 3,56 pontos percentuais acima da taxa de novembro (25,10%), o grupo foi pressionado pelo crescimento de preos dos utenslios e enfeites (27,89%) e eletrodomsticos (31,54%), que variaram em novembro 21,88% e 26 , 32%, respectivamente .

    . Transporte e Comunicao (23,70%)- em relao ao ms de novembro (19,77%) verificou-se acelerao na taxa de variao do grupo , justificada, principalmente, pelo resultado da gasolina (30,30%) e do lcool (31,02%). No ms de novembro, a gasolina e o alc6ol variaram 6,19% e 6,45%, respectivamente .

    . Despesas Pessoais (23,88%)- no resultado do grupo, acima do verificado no ms anterior (19,43%), destacaram-se , principalmente, os seguintes itens: recreao (25,74%) e fumo (29,46%).

    A regio metropolitana de Belm (27,16%) apresentou o maior resultado do ms, tendo o menor sido constatado em Recife (23,68%).

    4

    :

  • III-Resultados Acumulados

    No ano de 1992, com o resultado de 25,24% do ms de dezembro . o IPCA atingiu

    11 19,10% , taxa bem superior verificada em 1991 , 472,70%.

    A nvel de grupo , as variaes acumuladas no ano foram as seguintes

    Alimentao e Bebidas , .. .

    Habi t ao . .. ..... . .. .. . .

    Artigos de Residncia ....

    Vesturio ... . ......... .. .

    Transporte e Comunicao.

    Sade e Cuidados Pessoais

    Despesas Pessoais .... . . .

    no ano

    1152.22%

    1022,79%

    1205,30%

    1099 , 37%

    1100, 11%

    1259,89%

    1067 , 64%

    O maior ndice regional ficou com Belm (1178, 17%) e o menor com Recife (1045,61%). No mesmo perodo , os resultados das outras regies foram: Goinia (1081,34%), Porto Alegre (1085,94%), Braslia (1087,60%), Salvador (1105,56%), So Paulo (1107,95%), Belo Horizonte (1148,12%), Rio de Janeiro (1154,62%), Curitiba (1155,23%) e Fortaleza (1169,55%).

    ndice Nacional de Preos ao Consumidor -INPC

    Dezembro de 1992

    - Descrio Sumria

    O INPC obtido a partir da agregao dos ndices regionais (individuais). Para a agregao nacional utiliza-se a varivel populao residente urbana (projeo para 1985).

    Para o clculo de cada ndice regional considerada como Populao Objetivo as famlias com chefes assalariados e rendimento mensal entre 1 (hum) e 8 (oito) salrios mnimos.

    A abrangncia geogrfica compreende as reg1oes metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, So Paulo, Belm, Fortaleza, Salvador e Curitiba, alm de Braslia e do municpio de Goinia. O perodo de coleta compreende, regra geral, o ms civil de referncia .

    5

  • li-Resultados Mensais

    A variao do ndice Nacional de Preos ao Consumidor dezembro situou-se em 25 ,58% , acima. portanto , da taxa de novembro

    O ndice foi calculado a partir da comparao dos preos perodo de 01 de dezembro a 30 de dezembro (referncia ) com constatados no perodo de 30 de outubro a 30 de novembro ( base ).

    INPC do ms de ( 22.89%). mdios vigentes no os preos mdios

    A maior alta foi registrada no grupo Vesturio(32, 17%), enquanto a menor taxa de variao ficou com o grupo Sade e Cuidados Pessoais (21,22%)

    A nvel regional . o maior ndice foi o de Belm (28, 19% ) e o menor o de Recife (22,86%).

    III- Resultados Acumulados

    O ndice Nacional de Preos ao Consumidor - INPC registrou no ano de 1992 variao de 1149,06%, bem superior variao acumulada do ano de 1991, 475,10%

    No INPC anual . o maior resultado a nvel de grupo ficou com Sade e Cuidados Pessoais (1372, 28%) e o menor foi constatado no grupo Habitao (999.00%).

    As demais variaes acumuladas po~ grupo foram: Alimentao e Bebidas (1 181 , 10%). Artigos de Residncia (1206,73% ), Vesturio (11 08,38%) , Transporte e Comunicao (1134.06%) e Despesas Pessoais (1106,73%).

    Os resultados do INPC do ano de 1992 indicam que a reg1ao metropol it ana de Belm (1207,20%) foi a que registrou a maior taxa de variao, sendo que a menor foi constatada em Braslia (1059,67%) .As demais taxas regionais do perodo foram: Recife (1077,01%), Goinia (1105,99%), Porto Alegre ( 1125,50%), Salvador (1135,75%), So Paulo (1143,85%), Curitiba (1165,19%), Fortaleza (1170,46%). Belo Horizonte (1181,12%) e Rio de Janeiro (1189,84%).

    1 - PRINCIPAIS CONTRIBUIES MENSAIS

    Indice Nacional de Preos ao Consumidor- IPCA

    Dezembro de 1992

    ****************************