inf.· Web viewinf

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of inf.· Web viewinf

Fundamentos Tericos

MINISTRIO DA EDUCAO

SECRETARIA DE EDUCAO PROFISSIONAL E TECNOLGICA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAO CINCIA E TECNOLOGIA DO

RIO GRANDE DO SUL CMPUS IBIRUB

PROJETO PEDAGGICO DO CURSO

CINCIA DA COMPUTAO

IFRS - RS Cmpus Ibirub

2015

DADOS DE IDENTIFICAO

Dados gerais

Tipo: Bacharelado

Modalidade: Presencial

Denominao do Curso: Cincia da Computao

Habilitao: Bacharel em Cincia da Computao

Eixo tecnolgico: Cincias Exatas e da Terra

Local de oferta: IFRS Cmpus Ibirub. Rua Nelsi Ribas Fritsch N 1111, bairro Esperana Ibirub/RS, CEP: 98200-000 CP: 121, FONE: (54)3324-8100.

Turno de funcionamento: Noturno

N de vagas: 30

Periodicidade de oferta: oferta de matrcula anual; renovao de matrcula semestral.

Carga horria total: 3200 horas

Tempo de Integralizao: Mnimo: 4,5 anos

Mximo: 9 anos

Mantida: IFRS

Coordenador do Curso:

TIAGO RIOS DA ROCHA, tiago.rios@ibiruba.ifrs.edu.br, Professor da rea de Informtica

Corpo Dirigente do Cmpus:

Migacir Trindade Duarte Flres, migacir.flores@ibiruba.ifrs.edu.br, Diretora-Geral Pr-Tempore;

Sandra Rejane Zorzo Peringer, sandra.peringer@ibiruba.ifrs.edu.br, Diretora de Ensino;

JOVANI JOS ALBERTI, jovani.alberti@ibiruba.ifrs.edu.br, Direo;

BEN-HUR COSTA DE CAMPOS, ben-hur.campos@ibiruba.ifrs.edu.br, Coordenador de Pesquisa e Inovao;

MARCOS PAULO LUDWIG, marcos.ludwig@ibiruba.ifrs.edu.br, Coordenador de Extenso;

LUIS CLAUDIO GUBERT, luis.gubert@ibiruba.ifrs.edu.br, Coordenador de Desenvolvimento Institucional;

Comisso Responsvel pela Elaborao:

Presidente:

TIAGO RIOS DA ROCHA, tiago.rios@ibiruba.ifrs.edu.br, Professor da rea de Informtica

Comisso:

CLIA GALLERT, cleia.gallert@ibiruba.ifrs.edu.br, Professor da rea de Informtica;

LISIANE CZAR DE OLIVEIRA, lisiane.oliveira@ibiruba.ifrs.edu.br, Professor da rea de Informtica;

LUIS CLAUDIO GUBERT, luis.gubert@ibiruba.ifrs.edu.br, Coordenador de Desenvolvimento Institucional, Professor da rea de Informtica;

ROGER LUIS HOFF LAVARDA, roger.lavarda@ibiruba.ifrs.edu.br, Coordenador do curso Tcnico Integrado de Informtica, Professor da rea de Informtica;

EDIMAR MANICA, edimar.manica@ibiruba.ifrs.edu.br, Professor da rea de Informtica;

ADRIANA MARTINS DA SILVA, adriana.silva@ibiruba.ifrs.edu.br, Tcnica em assuntos educacionais;

MARCELE NEUTZLING RICKES, marcele.rickes@ibiruba.ifrs.edu.br, Tcnica em assuntos educacionais;

RODRIGO FARIAS GAMA, rodrigo.gama@ibiruba.ifrs.edu.br, Professor da rea de Matemtica.

Data: Maio de 2015

SUMRIO

1APRESENTAO6

2CARACTERIZAO DO CMPUS9

3JUSTIFICATIVA14

4Objetivos20

4.1Geral20

4.2Especficos20

5PERFIL DO PROFISSIONAL EGRESSO22

6PERFIL DO CURSO24

7representao grfica do perfil de formao25

8Requisitos de ACESSO26

9Frequncia Mnima obrigatria27

10Pressupostos da organizao curricular28

10.1Matriz Curricular33

11PROGRAMAS POR DISCIPLINAS36

11.1Ncleo Fundamentos da Computao36

11.2Ncleo Tecnologia da Computao46

11.3Ncleo Matemtica56

11.4Ncleo Cincias Bsicas61

11.5Ncleo Eletrnica61

11.6Ncleo Contexto Social e Profissional62

11.7Outros66

11.8Disciplinas Optativas67

11.8.1Disciplinas Optativas68

11.8.1.1.Disciplinas Optativas68

12Metodologia do programa do curso76

13Critrios de aproveitamento de estudos e certificao de conhecimentos anteriores78

13.1Aproveitamento de Estudos78

13.2Certificao de Conhecimentos Anteriores79

14avaliao da aprendizagem80

14.1Da aprovao da disciplina81

14.2Da recuperao da disciplina82

14.3Da reprovao da disciplina82

15Sistema de avaliao do projeto do curso83

15.1Avaliao Interna: Autoavaliao83

15.2Avaliao Externa83

16Atividades complementares85

17trabalho de concluso de curso87

17.1Trabalho de Concluso de Curso I87

17.2Trabalho de Concluso de Curso II88

18INSTALAES, EQUIPAMENTOS E BIBLIOTECA90

19pessoal docente e tcnico administrativo91

20certificados e diplomas94

21Instalaes do cmpus95

22Apoio psicopedaggico97

23ACESSIBILIDADE99

24casos omissos100

25REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS101

APRESENTAO

Os Institutos Federais de Educacao, Ciencia e Tecnologia, criados por meio da Lei 11.892/2008, constituem um novo modelo de instituicao de educacao profissional e tecnologica que visa responder as demandas crescentes por formacao profissional, por difusao de conhecimentos cientificos e tecnologicos e de fortalecimento aos arranjos produtivos locais.

Segundo a Lei 11.892/2008, Art. 7o, inciso VI, letra C, um dos objetivos da criao dos Istitutos Federais a criao de cursos de bacharelado e engenharia, visando formao de profissionais para os diferentes setores da economia e reas do conhecimento.

Ainda, conforme o Plano de Desenvolvimento Institucional do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, os cursos Superiores na rea Tecnolgica esto contemplados como parte da misso:

Promover a educao profissional, cientfica e tecnolgica, gratuita e de excelncia, em todos os nveis e modalidades, atravs da articulao entre ensino, pesquisa e extenso, em consonncia com as demandas dos arranjos produtivos locais, formando cidados capazes de impulsionar o desenvolvimento sustentvel.

A oferta do Curso est de acordo com as polticas definidas no Projeto Pedaggico Institucional (PPI), no que se refere a Verticalizao do ensino:

O IFRS estrutura a sua prtica atravs da verticalizao do ensino, de modo que todos os sujeitos envolvidos no processo educacional atuem nos diferentes nveis e modalidades, compartilhando os espaos pedaggicos, estabelecendo itinerrios formativos, por meio de aes integradas entre ensino, pesquisa e extenso.

..

A partir da verticalizao do ensino, a circulao e a interlocuo dos saberes entre os diferentes nveis pode ocorrer com maior nfase atravs de projetos integradores, eventos, flexibilizao das organizaes curriculares. A verticalizao do ensino tambm pode possibilitar que os educandos realizem seus estudos, progredindo na rea de formao inicial na mesma instituio, possibilitando desta forma a construo e reconstruo contnua de saberes.

No que se refere oferta de graduaes, est contemplado, de acordo com o Projeto Pedaggico Institucional:

Nessa perspectiva, o papel do ensino de graduao est estreitamente vinculado ao iderio da gesto democrtica, ao incremento tecnolgico e reflexo tica. O ensino de graduao est compromissado com a formao de cidados - trabalhadores, com a interculturalidade, com a democratizao do conhecimento cientfico, tecnolgico e pedaggico, com a promoo da cultura, tendo a pesquisa e extenso como princpios educativos.

Alm de oferecer uma estrutura com salas de aula, laboratrios, biblioteca e outros, o Cmpus apresenta um quadro de pessoal habilitado e ampliado conforme as demandas do curso at quase a totalidade de sua integralizao, o que se complementa com o PPI do IFRS:

A criao de novos cursos deve considerar a poltica de expanso a ser adotada pelo IFRS, devendo especificar as metas sociais e polticas que se pretende alcanar com a formao oferecida, a concepo curricular e sua respectiva proposta e a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extenso. Alm da adequao do projeto pedaggico s demandas locais e regionais, h que se considerar as potencialidades da instituio no que se refere s condies infra-estruturais, bem como no tocante ao corpo docente especializado.

O Projeto Pedaggico do Curso Bacharelado em Cincia da Computao tem como foco formar profissionais habilitados em participar de projetos de softwares e hardwares em todas suas fases (anlise, projeto, implementao, testes e implantao). Administrar, gerenciar e implantar redes de computadores. O bacharel em Cincia da Computao, por ter uma formao abrangente e aprofundada nos mais diversos tpicos que compem a rea da computao.

O Bacharel em Ciencia da Computacao atua em industrias de computadores; empresas de programas de computadores; setores de Tecnologia da Informacao de instituicoes publicas e privadas; em empresas e laboratorios de pesquisa cientifica e tecnologica. Tambem pode atuar de forma autonoma, em empresa propria ou prestando consultoria.

O curso tem durao de 4,5 anos; rea de conhecimento Cincias Exatas e da Terra; regime de oferta presencial; com matrculas anuais e renovaes de matrculas semestrais e oferta de 30 vagas, perfazendo uma carga horria total de 3200 horas, distribudas em 2739 horas de disciplinas obrigatrias, 230 horas destinadas para as Atividades Curriculares Complementares e 231 horas de disciplinas optativas.

O curso tem como misso educativa capacitar indivduos para exercer a cidadania, promovendo a conscincia social, formando profissionais competentes e atuantes na sociedade, colaborando assim para o desenvolvimento de novas tecnologias para a resoluo de problemas nas mais diversas reas do conhecimento.

Instituto Federal de Educao, Cincia e Tecnologia do Rio Grande do Sul Cmpus Ibirub

14

Projeto Pedaggico do Curso de Cincia da Computao

CARACTERIZAO DO CMPUS

A Escola Tecnica Alto Jacui (ETAJ), criada em 1989, teve sua origem na Escola Municipal Agricola de 5a a 8a series, com pre-qualificacao em Agropecuaria. Parte da infra- estrutura, equipamentos e mobiliarios sao do Projeto SEMPTEC/MEC e Prefeitura Municipal de Ibiruba.

Em 1995, foi implantado, pela Prefeitura Municipal de Ibiruba, o E