Informativo Mensal Abril 2015

  • View
    3

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informativo do Mês de Abril do STF

Text of Informativo Mensal Abril 2015

  • 1

    Informativo STF Mensal

    Braslia, abril de 2015 - n 48

    Compilao dos Informativos ns 780 a 783

    O Informativo STF Mensal apresenta todos os resumos de julgamentos divulgados pelo Informativo STF concludos no ms a que se refere e organizado por ramos do Direito e por assuntos.

    SUMRIO

    Direito Administrativo

    Agentes Pblicos

    Cesso de servidor e nus remuneratrio

    Aposentadorias e Penses

    EC 20/1998 e acumulao de proventos civis e militares

    Concurso Pblico

    PSV: provimento de cargo pblico e exigncia de concurso pblico (Enunciado 43 da Smula Vinculante)

    PSV: exame psicotcnico e concurso pblico (Enunciado 44 da Smula Vinculante)

    Questes de concurso pblico e controle jurisdicional

    Princpios da Administrao Pblica

    Servidor pblico e divulgao de vencimentos

    Sistema Remuneratrio

    Teto constitucional e base de clculo para incidncia de imposto e contribuio - 1

    Teto constitucional e base de clculo para incidncia de imposto e contribuio - 2

    Teto constitucional e base de clculo para incidncia de imposto e contribuio - 3

    Direito Constitucional

    Competncia Originria da STF

    Porte de arma de magistrado e competncia - 3

    Conselho Nacional do Ministrio Pblico

    Controle de constitucionalidade e rgo administrativo - 2

    Controle de constitucionalidade e rgo administrativo - 3

    Controle de Constitucionalidade

    Policiais temporrios e princpio do concurso pblico - 5

    Policiais temporrios e princpio do concurso pblico - 6

    Policiais temporrios e princpio do concurso pblico - 7

    Art. 27 da Lei 9.868/1999 e suspenso de julgamento - 4

    ADI e softwares abertos - 3 ADI e softwares abertos - 4 ADI e submisso de membros da Administrao Pblica ao Poder Legislativo - 2

    Subsdio vitalcio a ex-governador - 3

    Organizaes sociais e contrato de gesto - 7

    Organizaes sociais e contrato de gesto - 8

    Organizaes sociais e contrato de gesto - 9

    Organizaes sociais e contrato de gesto - 10

    Policiais civis e militares do sexo feminino e aposentadoria - 1

    Policiais civis e militares do sexo feminino e aposentadoria - 2

    Publicidade de bebidas alcolicas e omisso legislativa - 1

    Publicidade de bebidas alcolicas e omisso legislativa - 2

    Extradio

    Extradio e prescrio da pretenso punitiva

  • 2

    Repartio de Competncia

    PSV: crimes de responsabilidade e competncia legislativa (Enunciado 46 da Smula Vinculante)

    Sistema Financeiro Nacional

    Plano Real: contrato de locao comercial - 3

    Plano Real: contrato de locao comercial - 4

    Plano Real: contrato de locao comercial - 5

    Tribunal de Contas

    TCU: anulao de acordo extrajudicial e tomada de contas especial

    Direito Civil

    Direitos Reais

    Usucapio de imvel urbano e norma municipal de parcelamento do solo - 4

    Usucapio de imvel urbano e norma municipal de parcelamento do solo - 5

    Direito do Trabalho

    Princpios e Garantias Trabalhistas

    Plano de dispensa incentivada e validade da quitao ampla de parcelas contratuais

    Direito Penal

    Tipicidade

    Desobedincia eleitoral e absolvio sumria

    Direito Processual Civil

    Ao Rescisria

    Ao rescisria e reviso geral anual de vencimentos

    Desistncia da Ao

    Provimento de serventias extrajudiciais e desistncia de mandado de segurana

    Direito Processual Penal

    Ao Penal

    Ao penal e princpio da durao razovel do processo

    Competncia

    Criao de nova vara e perpetuatio jurisdictionis - 4 Execuo da Pena

    Inadimplemento de pena de multa e progresso de regime - 1

    Inadimplemento de pena de multa e progresso de regime - 2

    Inadimplemento de pena de multa e progresso de regime - 3

    Investigao Preliminar

    Arquivamento de inqurito e requerimento do PGR

    Priso Processual

    Priso cautelar: requisitos e medidas alternativas - 1

    Priso cautelar: requisitos e medidas alternativas - 2

    Priso cautelar: requisitos e medidas alternativas - 3

    Priso cautelar: requisitos e medidas alternativas - 4

    Priso cautelar: requisitos e medidas alternativas - 5

    Tribunal do Jri

    PSV: tribunal do jri e foro por prerrogativa de funo (Enunciado 45 da Smula Vinculante)

    Direito Tributrio

    Imunidade Tributria

    PSV: imunidade tributria e instituies de assistncia social

  • 3

    DIREITO ADMINISTRATIVO

    Agentes Pblicos

    Cesso de servidor e nus remuneratrio O Plenrio julgou procedente pedido formulado em ao civil originria na qual se pleiteava a

    condenao da Unio ao ressarcimento dos valores dispendidos no pagamento da remunerao e demais

    encargos sociais decorrentes da cesso de servidora de rgo distrital para rgo da Unio. No caso, a

    cesso fora realizada com a condio de que o rgo cessionrio assumisse todos os encargos decorrentes

    da cesso, mas a Unio deixara de proceder os repasses e pleiteara a devoluo dos valores j pagos.

    Alegava-se que, em virtude do contido no art. 93, I e 1, da Lei 8.112/1990, o nus remuneratrio

    derivado de cesso de servidores pblicos deveria ser suportado pelo rgo cessionrio, uma vez que seria

    esse o beneficirio do trabalho desempenhado pelo agente. Ademais, afirmava que a prpria Unio

    reconhecera ser dela o nus financeiro pelos servidores por ela requisitados quando da edio da Medida

    Provisria 1.573-9/1997, que acrescentou o 5 ao art. 93 da Lei 8.112/1990. O Plenrio asseverou que o

    rgo cedente deixara claro ser encargo do rgo cessionrio arcar com todos os proventos da servidora.

    ACO 555/DF, rel. Min. Dias Toffoli, 23.4.2015. (ACO-555)

    (Informativo 782, Plenrio)

    Aposentadorias e Penses

    EC 20/1998 e acumulao de proventos civis e militares O Plenrio, por deciso majoritria, negou provimento a embargos de divergncia opostos em face de

    deciso proferida pela Primeira Turma, na qual decidido que a acumulao de aposentadorias civil e militar

    admissvel se o reingresso no servio pblico se der antes da publicao da EC 20/1998, ainda que a

    aposentadoria tenha ocorrido j sob a vigncia da emenda. No caso, o embargado fora transferido para a

    reserva remunerada do Exrcito em 1980 e, naquele mesmo ano, fora transferido para a Secretaria de Assuntos

    Estratgicos da Presidncia da Repblica, para ser posteriormente lotado no Comando do Exrcito. Sua

    aposentadoria compulsria se dera no cargo civil de analista de informaes, em 2004. O Colegiado constatou

    haver precedentes da Primeira Turma no mesmo sentido do acrdo embargado. Por outro lado, em sentido

    contrrio, a Segunda Turma teria julgado a afirmar a impossibilidade de acumulao de proventos civis e

    militares quando a aposentadoria ocorresse sob a gide da EC 20/1998. Explicou que o 10 do art. 37 da CF,

    inserido com a referida emenda, vedaria a percepo simultnea de proventos. No entanto, haveria ressalva

    quanto situao dos inativos, servidores e militares, que, at a data da publicao da EC 20/1998, tivessem

    ingressado novamente no servio pblico (EC 20/1998, art. 11). Com base nesse dispositivo, a jurisprudncia

    da Corte assentara-se no sentido da possibilidade de acumulao de proventos civis e militares quando a

    reforma se dera sob a gide da CF/1967 e a aposentadoria ocorrera antes da vigncia da EC 20/1998. Nesses

    casos, no se aplicaria a proibio do art. 11 da emenda, pois no se trataria de percepo de mais de uma

    aposentadoria pelo regime previdencirio do art. 40 da CF, mas sim da percepo de proventos civis e

    militares. Assim, seria irrelevante que a aposentadoria civil tivesse se dado na vigncia da EC 20/1998,

    bastando que o reingresso no servio pblico ocorresse antes do advento da alterao constitucional, de forma a

    ensejar a incidncia da ressalva do art. 11 da emenda, cuja aplicao incidiria aos membros de poder e aos

    inativos, servidores e militares, que, at a publicao da emenda, tivessem ingressado novamente no servio

    pblico. Assim, no caso em exame, seria plenamente possvel a acumulao de proventos civis e militares, uma

    vez que a reforma do embargado ocorrera sob a gide da CF/1967, e seu reingresso no servio pblico, antes da

    publicao da EC 20/1998. Vencido o Ministro Marco Aurlio, que provia os embargos. Entendia no ser

    relevante distinguir a poca em que o recorrido alcanara o que percebido antes da reforma, mas perquirir se,

    sob a vigncia da Constituio atual, ele teria direito a dupla aposentadoria.

    AI 801096 AgR-EDv/DF, rel. Min. Teori Zavascki, 22.4.2015. (AI-801096)

    (Informativo 782, Plenrio)

    Concurso Pblico

    PSV: provimento de cargo pblico e exigncia de concurso pblico (Enunciado 43 da Smula Vinculante) O Plenrio, por maioria, acolheu proposta de edio de enunciado de smula vinculante com o

    seguinte teor: inconstitucional toda modalidade de provimento que propicie ao servidor investir-se, sem prvia aprovao em concurso pblico destinado ao seu provimento, em cargo que no integra a carreira na

    qual anteriormente investido. Assim, tornou vinculante o contedo do Verbete 685 da Smula do STF. Vencidos os Ministros Marco Aurlio e Crmen Lcia, apenas no que tange redao do enunciado.

    PSV 102/DF, 8.4.2015. (PSV-102)

  • 4

    (Informativo 780, Plenrio)

    PSV: exame psicotcnico e concurso pblico (Enunciado 44 da Smula Vinculante) O Plenrio acolheu proposta de edio de enunciado de smula vinculante com o seguinte teor: S

    por lei se pode sujeitar a exame psicotcnico a habilitao de candidato a cargo pblico. Assim, tornou vinculan