Instrumento Europeu para Democracia e Direitos .das liberdades fundamentais de forma lógica com

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Instrumento Europeu para Democracia e Direitos .das liberdades fundamentais de forma lógica com

Delegao da Comisso Europeia em Moambique

Instrumento Europeu para Democracia e Direitos Humanos

Orientaes destinadas aos requerentes de subvenes

Convite a apresentao de propostas

Concurso restrito 2007

(Oramento 2007 e 2008)

Rubrica oramental 19.04.01

Referncia: EIDHR/ 126-710

Prazo para apresentao dos pedidos (documento de sntese):

14 de Abril de 2008

ADVERTNCIA

Este um convite restrito a apresentao de propostas. Na primeira solicitao, devem ser apresentados para avaliao apenas documentos de sntese que tenham sido pr-seleccionados sero convidados a submeter a proposta completa de acordo com o formulrio de candidatura. Durante a avaliao das propostas completas, ser efectuada uma verificao da elegibilidade no caso dos que tenham sido provisoriamente seleccionados. Esta verificao ser efectuada com base nos documentos solicitados pela administrao contratante e assinados "declarao pelo requerente" enviados conjuntamente com o documento de sntese e a segunda declarao enviada com a proposta completa.

Todos os endereos de Internet constantes neste documento so validos no perodo de publicao deste convite a apresentao de propostas. Contudo podero estar sujeito a alteraes num estgio subsequente.

Resultante da deciso final da autoridade oramentria, um montante adicional igual poder ser disponibilizado este convite a apresentao de propostas com o oramento de 2008.

ndice

1.1 ANTECEDENTES..............................................................................................................................................4

1.2 OBJECTIVOS DO PROGRAMA E QUESTES PRIORITRIAS ............................................................4

1.3 DOTAO FINANCEIRA DISPONIBILIZADA PELA ADMINISTRAO CONTRATANTE ...........5

2. REGRAS APLICVEIS AO PRESENTE CONVITE APRESENTAO DE PROPOSTAS ........................................................... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED.

2.1 CRITRIOS DE ELEGIBILIDADE ................................................................................................................7 2.1.1 Elegibilidade dos requerentes: quem pode apresentar pedidos .......................................................................7 2.1.2 Parcerias e elegibilidade dos parceiros............................................................................................................8 2.1.3 Aces elegveis: aces para as quais pode ser apresentado um pedido de subveno .................................8 2.1.4 Elegibilidade dos custos: custos que podem ser tidos em conta efeitos da subveno..................................10

2.2. MODO DE APRESENTAO DE UM PEDIDO DE SUBVENO E PROCEDIMENTO A SEGUIR ...........................................................................................................................................................................11

2.2.1 Objecto do documento de sntese ..................................................................................................................11 2.2.2 Para onde e como enviar os documentos de sntese ......................................................................................12 2.2.3 Prazo para apresentao dos documentos de sntese .....................................................................................13 2.2.4. Informaes adicionais sobre o documento de sntese ..................................................................................13 2.2.5 Formulrio de apresentao do pedido de subveno completo....................................................................13 2.2.6 Para onde e como enviar o formulrio de apresentao do pedido de subveno completo .........................14 2.2.7 Prazo para apresentao do formulrio de apresentao do pedido de subveno completo ........................15 2.2.8 Informaes adicionais sobre o formulrio de apresentao do pedido de subveno completo ..................15

2.3 AVALIAO E SELECO DOS PEDIDOS .............................................................................................15

2.4 ENTREGA DOS DOCUMENTOS COMPROVATIVOS PARA AS PROPOSTAS PROVISORIAMENTE SELECCIONADAS ...............................................................................................................19

2.5 NOTIFICAO DA DECISO DA Administrao Contratante ...............................................................20 2.5.1 Teor da deciso....................................................................................................................................................20 2.5.2 Calendrio indicativo ..........................................................................................................................................21

2.6 CONDIES APLICVEIS EXECUO DA ACO NA SEQUNCIA DA DECISO DE ATRIBUIO DE UMA SUBVENO PELA ADMINISTRAO CONTRATANTE ......................................22

3. LISTA DE ANEXOS ...................................................................................................25

INSTRUMENTO EUROPEU PARA DEMOCRACIA E DIREITOS HUMANOS (IEDDH)

1.1 ANTECEDENTES

O Instrumento Europeu para Democracia e Direitos Humanos (IEDDH)1 foi adoptado pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho em Dezembro de 2006. Este novo instrumento substitui a antiga Linha Oramental "Iniciativa Europeia para a Democracia e Direitos Humanos", criada na iniciativa do Parlamento Europeu em 1994. Este instrumento especfico entrou em vigor no dia 1 de Janeiro 2007 para financiar actividades de promoo da democracia e dos direitos humanos no mundo com as perspectivas financeiras 2007-2013. O documento de estratgia do Instrumento Europeu para Democracia e Direitos Humanos (2007-2010) identificou para Moambique o objectivo 2 "Fortalecimento do papel da Sociedade Civil na promoo dos Direitos Humanos e Reforma Democrtica, apoiar a conciliao pacfica de interesses de grupos, e a consolidar a participao e representao politica". A poltica da Comisso Europeia em Moambique baseada no pressuposto que as organizaes locais tm um papel essencial em promover capital social e o desenvolvimento democrtico nas suas sociedades, como crticos de, ou em sinergia com as instituies pblicas. Este programa desenhado para fortalecer as iniciativas locais da sociedade civil na participao democrtica e apoiar a contribuio deles Democracia.

1.2 OBJECTIVOS DO PROGRAMA E QUESTES PRIORITRIAS

Os objectivos gerais deste novo instrumento devero contribuir para o desenvolvimento e consolidao da Democracia e do Estado de direito, assim como ao respeito dos direitos humanos e das liberdades fundamentais de forma lgica com a poltica externa da Unio Europeia. Este instrumento desenhado para ajudar a sociedade civil a converter-se em uma fora efectiva da reforma politica e da defesa dos Direitos Humanos. Portanto, completa a nova gerao de programas geogrficos, que se concentram principalmente no fortalecimento das instituies pblicas. O IEDDH dever oferecer uma independncia de aco, aspecto essencial da cooperao com as organizaes da sociedade civil ao nvel nacional, em particular no mbito to sensvel da Democracia e Direitos Humanos. Alguma particularidade do novo instrumento a sua grande flexibilidade, a maior capacidade de responder em circunstncias novas, para apoiar inovao, e tambm uma grande independncia de aco, sem que a aprovao dos governos dos pais escolhidos seja necessria para o financiamento. O novo instrumento tem uma dimenso mundial. Aplica-se a nvel nacional, regional e internacional, e financia as aces implementadas nos pases teros, no qualquer stio do mundo, incluindo os Estados Membros se as aces foram necessrias. Para implementar o novo instrumento, a Comisso Europeia adoptou uns documentos de estratgia plurianuais, dos quais descrevem com detalhas as prioridades temticas, e em alguns casos, geogrficos. Neste contexto, os objectivos especficos do IEEDH, definidos na estratgia 2007-2010, so cinco:

1 Regulao (EC) N1889/2006 do Parlamento Europeu e do Conselho, 20-12-2006, Jornal Oficial L386, 29.12.2006, p.1

(http://ec.europa.eu/europeaid/where/worldwide/eidhr/working-documents_en.htm)

1- Reforar o respeito dos direitos Humanos e das liberdades fundamentais nos pases e regio onde so ameaados. 2- Reforar o papel da sociedade civil na promoo dos direitos humanos e das reformas democrticas, apoiar a conciliao pacfica dos interesses de grupos diferentes, e o fortalecimento da participao e representao politica. 3- Apoiar as aces a favor dos direitos humanos e da democracia nas zonas cobertas pelas orientaes comunitrias, particularmente os dilogos sobre direitos humanos, os defensores dos direitos humanos, a pena de morto, a tortura e a participao dos menores nos conflitos armados. 4- Apoiar e consolidar os quadros internacionais e regionais para a proteco dos direitos humanos, a Justia, o Estado de Direito e a promoo da Democracia. 5- Consolidar a confiana e aumentar a fiabilidade e a transparncia dos processos eleitorais democrticos, em particular com as misses de observao eleitoral. O documento de estratgia actual, que abrange o perodo 2007-2010, pode consultar-se no stio seguinte da Internet: http://ec.europa.eu/europeaid/where/worldwide/eidhr/documents/eidhr-strategy-paper-2007_en.pdf

O presente convite a apresentao de proposta est publicado com o objectivo n 2 do documento de estratgia e prope-se reforar o papel da sociedade civil na promoo dos direitos humanos e da reforma democrtica, apoiar a conciliao pacfica dos interesses de grupos diferentes, e o fortalecimento da participao e representao politica. Este documento foi elaborado a partir da experincia passada e dos ensinamentos recebidos com os micro pr