Jan/Fev 2012 – Compartilhar Pastoral

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Compartilhar Pastoral Janeiro / Fevereiro de 2012

Transcript

  • Igreja Metodista - Regio Missionria do Nordeste - REMNE - Boletim Regional - XV - No 114 - Janeiro/Fevereiro 2012

    Palavra Episcopal

    Pag. 02 Pag. 06

    Encontros Peniel tm continuidade

    Um Porto Seguro...

    ...para o evangelho

    Pag. 05

    Vi Deus face a face e a minha vida foi salva (Gn 32.30). O texto que registra a experincia de Jac, no lugar chamado Peniel, inspirao para o chamado Peniel-Encontro com Deus.

    Ministrio PastoralTradicionalmente o ms de fevereiro marcado por celebraes de acolhida e posse de pastores/as nas igrejas para as quais foram designados/as. um tempo de renovao da vocao pastoral.

    "Estamos todos/as vivenciando o dia a dia, sem sequer pensar na Mulher. Quando menos se espera, l vem ele: o dia internacional "dela". E agora? Bem, h dois caminhos a se seguir: pensar em "alguma coisa pra no passar batido" ou realmente buscar o aprofundamento do tema", diz a bispa.

  • Janeiro/Fevereiro 2012 01

    EXPEDIENTESede da Regio Missionria do NordesteRua Desembargador Ges Cavalcante, 331, Parnamirim52060-140 - Recife PEFone: (81) 3202 3050sede.ne@metodistanordeste.org.brhttp://remne.metodista.org.br

    rgo oficial da Regio Missionria do Nordeste (REMNE) da Igreja Metodista, com edio bimestral.

    EpiscopisaMarisa de Freitas Ferreira

    Administrador da Sede RegionalMarcus Vinicius Brando Costa

    Editora e Jornalista responsvelPatrcia Monteiro C. MendesDRT 1097-SEcomunicacao@metodistanordeste.org.br

    Editorao EletrnicaLus Augusto C. MendesDRT 1956-PB

    EDITORIAL

    www.facebook.com/MetodistaNE

    twitter.com/MetodistaNE

    Um novo ano para novos/as leitores/as!

    Em 2012 o jornal oficial da Igreja Metodista no Nordeste, o Compartilhar Pastoral, comemora 15 anos. No cenrio nacional, a Igreja Metodista veicula o jornal evanglico mais antigo em circulao, o Expositor Cristo, com seus 125 anos. Do latim diurnalem, ou seja, do dia, um jornal tem a funo social de registrar os acontecimentos cotidianos. Ainda que a circulao no seja diria, a finalidade de atualizar o pblico com notcias recentes e contextualizar aquelas j vistas. Entre os veculos miditicos, o jornal foi o que mais sentiu a velocidade e o avano das tecnologias de comunicao. preciso adaptar um velho suporte miditico a novos/as leitores/as. Sobretudo por questes financeiras, o Compartilhar Pastoral no preservou o papel como suporte, sendo a internet o principal meio de veiculao. E nesse imperativo nos encontramos: um tradicional suporte de comunicao que precisa organizar o seu ciclo de produo, organizao e distribuio luz da convergncia dos meios que arrebata leitores/as altamente atrados/as pelo ambiente da web. por isso que o Compartilhar est evoluindo e se adaptando. Alm de enviado para o e-mail de mais de 2 mil endereos cadastrados, o jornal oficial da Remne publicado no portal da Regio e em formato de revista digital num site especializado. Basta escolher de que forma acessar o contedo. Letras maiores para facilitar a leitura, fotografias recheando o texto e uso de elementos grficos so recursos que dispem ao pblico um novo modo de ler o jornal.

    Muda a forma, a identidade visual, o processo de produo, no entanto, a essncia permanece: criar um vnculo entre os/as leitores/as e a Regio Missionria do Nordeste, por meio do tornar comum (significado da palavra comunicao) as notcias que marcam os avanos e desafios do metodismo com sotaque nordestino. Assim, tem-se um novo jornal para novos/as leitores/as, porque somente algum que desenvolve, cotidianamente, um novo olhar, capaz de absorver as mudanas que chegam, sem desprezar as origens: lugar de onde se v que as novas tecnologias no substituem as antigas, mas as aperfeioam. Portanto, para voc que no dispensa curtir contedos no Facebook, eis uma boa mensagem para compartilhar: a Igreja Metodista tem tradio no campo do jornalismo, lanando mo de estratgias antenadas aos novos tempos. Que sejamos novos leitores/as neste novo ano!

    www.metodista.org.br/remne

    comunicacao@metodistanordeste.org.br

    Fique conectado/a

    Queridos, Patrcia e Lus Augusto, um abrao saudoso e amorvel a vocs. Cumprimento pelo excelente trabalho que vocs realizam ao editar o "Compartilhar Pastoral ". Desejo que o Senhor os fortalea e conceda um Novo Ano com realizaes pleno da presena e da sabedoria de Cristo. Com o meu afeto e carinho amigo e pastoral,

    Prezados irmos, muito obrigado pela remessa do Compartilhar Pastoral on line. Peo-lhes transmitir minhas saudaes e parabns querida Bispa Marisa e demais obreiros e membros de nossa Igreja no Nordeste. Fraternalmente,

    Queridos irmos, que bonito o site, a comunicao e as notcias da Remne, agradeo a vida da bispa Marisa juntamente com a grande misso que Deus apresenta a vocs. Trabalhem para a causa do reino e ele vos dar as recompensas do cu. Um grande abrao,

    Bispo Nelson Luiz Campos Leite

    Victor Jos Ferreira, Igreja Metodista em Botafogo (RJ)

    Ozas Bella

    Espao do/a leitor/a

  • Por Marisa FerreiraEpiscopisa da REMNE

    PALAVRA EPISCOPAL

    02Janeiro/Fevereiro 2012

    Separar um dia para celebrar seja c) Discu-que data for sempre semelhante a tir qual o relacio-

    deparar-se com uma bifurcao em uma namento cristo estrada: pode-se pender para um lado entre a Mulher e

    ou para outro. E, ao se fazer esta todas as vertentes escolha, depara-se com cinqenta da vida: com o por cento de chance de acerto e gnero cinqenta por cento de chance de masculino,

    erro. Voc j passou por isto? Estar famlia, trabalho, diante de uma bifurcao e ter dvida realizao

    sobre pra que lado ir? Difcil quem pessoal, nunca passou por isto. MISSO

    Como evitar este "aperreio" em CRIST, cidadania, economia, etc;uma viagem? Ora, a sada melhor a d) Junto com mulheres, crianas, homens,

    INFORMAO. necessrio buscar dados adolescentes, jovens e terceira idade, denunciar tudo que mais concretos, buscar pistas com quem j fez tenta destruir as vidas que Deus criou: violncia, sexismo,

    a viagem, ter um mapa em mos, buscar auxlio na abusos, fome, desemprego, morte por no ter acesso internet... Jesus j dissera que quem no planeja bem o que sade;vai construir acaba por ser motivo de zombaria dos/as e) Dessa forma, estar mostrando que realmente demais. entende o significado da Mulher luz do Evangelho de

    Comparando, assim que vejo a celebrao de Jesus Cristo. Jesus quer o melhor para as mulheres e para datas especiais, inclusive este Dia Internacional da toda a humanidade. Ele quer que a beno Dele se Mulher. Estamos todos/as vivenciando o dia a dia, sem derrame sobre toda a raa humana.sequer pensar na Mulher. Quando menos se espera, l vem Olha s que presento. O melhor presente para ele: o dia internacional "dela". E agora? Bem, h dois uma mulher saber que ela vista como Deus a v, que caminhos a se seguir: pensar em "alguma coisa pra no ela respeitada como sendo Igreja de Jesus Cristo, que ela passar batido" (que chamarei de Caminho A) ou realmente parceira missionria da humanidade e no uma raa buscar o aprofundamento do tema, a ponto de se entender inferior desprovida de dignidade; que ela beno de por que se dedica um dia internacional a esta causa (que Deus, que ela criada Imagem e Semelhana de Deus... chamarei de Caminho B). Por ser reconhecida como tal que este dia celebrado.

    Desse modo, dar-lhe flores ou presentes ser apenas uma reafirmao de que estamos todos/as na mesma misso: servir a Deus e ao prximo.

    Que Deus nos abenoe. E que tenhamos um bom Se voc escolher o Caminho A, ento procurar Dia Internacional da Mulher e de toda a humanidade. agradar as mulheres que so importantes na sua vida. isto que as mulheres desejam.Comprar-lhes- flores, um presente, um carto, a levar

    a passeios, a visitas a familiares (isto se voc for uma pessoa de sensibilidade mediana a boa). Na Igreja haver uma poesia, um cano, uma msica... E amanh j ningum se lembrar de nada.

    Se voc optar pelo Caminho B, ento este dia refletir o que j est sempre presente em sua vida: o respeito e a verdadeira preocupao com a vida, que inclui temas como o da Mulher. Ento celebrar este dia significar:

    a) Reafirmar, a partir das Escrituras, qual o projeto de Deus para a Mulher (Gn. 1 e 2);

    b) Buscar compartilhar dados que colaborem para que este mundo veja as mulheres com os Olhos de Deus;

    O melhor "presente"

    e para a humanidadeUm "presente" para a mulher...

  • AGENDA

    03Janeiro/Fevereiro 2012

    Agenda anual de reunies - COREAM E SDSFEVEREIRO JULHOVIRTUAL: VIRTUAL08 Bispa e Castro das 10hs s 12hs - 10 SD's, Coordenaes e Castro SD's das 15hs s 19hs 20hs s 21h30 Coordenaes Coordenaes regionais Marcus, Pr. Ccero, 21h45 s 23hs SD'sSueleide e Pr. Dilson das 20hs s 22hs

    AGOSTOMARO VIRTUALPRESENCIAL: 22 (quarta) SD's, Coordenaes e Castro02 a 04 - COREAM Incio: 24 s 18hs 20hs s 21h30 Coordenaes Encerramento: 26 s 13hs 21h45 s 23hs SD's09 a 11 SD's, Coordenaes e Castro (Plano Estratgico Fechamento de 2011, inicial de 2012). SETEMBRO Incio - dia 09 - 14hs - Trmino dia 11 - 13hs VIRTUALVIRTUAL 19 SD's, Coordenaes e Castro14 SD's, Coordenaes e Castro 20hs s 21h30 Coordenaes 20hs s 21h30 Coordenaes 21h45 s 23hs SD's 21h45 s 23hs SD's 29 COREAM 15hs24 Bispa e COREAM Incio: 15hs

    OUTUBROABRIL PRESENCIAL VIRTUAL 25 SD's - Incio: 14hs18 SD's, Coordenaes e Castro 26 a 27 SD's, Coordenaes, Castro e COREAM 20hs s 21h30 Coordenaes 28 COREAM - at s 18hs 21h45 s 23hs SD's28 - Bispa e COREAM Incio: 15hs NOVEMBRO

    VIRTUALMAIO 23 SD's, Coordenaes e CastroVIRTUAL 20hs s 21h30 Coordenaes16 SD's, Coordenaes e Castro 21h45 s 23hs SD's 20hs s 21h30 Coordenaes 21h45 s 23hs SD's DEZEMBRO

    VIRTUALJUNH