of 24/24
Veja, no interior, os depoimentos de pessoas reais, que obtiveram a resposta para a sua vida! O meu casamento foi reconstruído iurd.pt "Estou de casamento marcado e, para além disso, tenho uma vida profissional bastante promissora" NUNO BARROS "O meu casamento também foi restaurado e, hoje, a minha vida é o reflexo da felicidade" ANABELA PINHO "hoje, posso contar uma história diferente, pois a minha vida mudou por completo! tenho um casamento feliz" NEUZA ROCHA "hoje, tenho paz, sou feliz no casamento e com as minhas duas filhas" ÁLVARO PINHO

Jornal 503

  • View
    253

  • Download
    17

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Jornal 503

  • Veja, no interior, os depoimentos de pessoas reais, que obtiveram a resposta para a sua vida!

    O meucasamento foireconstrudo

    iurd.pt

    Entrada e estacionamento gratuitos

    "Estou de casamento marcado e, para alm disso, tenho uma vida profissional bastante promissora" NUNO BARROS

    "O meu casamento tambm foi restaurado e, hoje,a minha vida o reflexo da felicidade" ANABELA PINHO

    "hoje, posso contar uma histria diferente, pois a minha vidamudou por completo! tenho um casamento feliz" NEUZA ROCHA

    "hoje, tenho paz, sou feliz no casamentoe com as minhas duas filhas" LVARO PINHO

    "Estou de casamento marcado e, para alm disso, tenho uma vida profissional bastante promissora"

    "O meu casamento tambm foi restaurado e, hoje,a minha vida o reflexo da felicidade"

    "hoje, posso contar uma histria diferente, pois a minha vidamudou por completo! tenho um casamento feliz"

    "O meu casamento tambm foi restaurado e, hoje,a minha vida o reflexo da felicidade"

    "hoje, posso contar uma histria diferente, pois a minha vidamudou por completo! tenho um casamento feliz"

  • Cruzar os braos e esperar impavi-damente que o seu objetivo se con-cretize... infelizmente, tem sido este o princpio que tem pautado a vida

    do ser humano em geral. Que o Governo mude, que os impostos desam, que as leis se alte-rem, que o emprego aumente, que os mercados desenvolvam, que a cura para o cancro seja en-contrada... Muitos aguardam por uma resposta humana para os seus problemas, sendo este o grande problema da ausncia de respostas na sua vida!

    A RESPOSTA NO SANTURIOEm Lucas 1.5, relatada a histria de Zacarias e Isabel. Esta passagem ressalta a importncia do compromisso (empenho) das pessoas, sendo esta caracterstica que leva conquista, tendo a RESPOSTA para o casal bblico chegado atravs de um anjo, no SANTURIO. neste SANTURIO DA RESPOSTA que todas as pessoas que no s esperam, como tambm desejam ardentemente e tm lutado pela resposta na sua vida, entraro no DOMINGO, DIA 18 DE AGOSTO.

    A Bblia aponta para o facto de que ambos, Za-carias e Isabel, eram irrepreensivelmente justos diante de Deus e que embora ainda no tives-sem obtido o seu maior desejo mantinham-se rmes, leais e ntegros ao Deus a quem serviam, de facto, um comportamento a observar.

    Eles viviam pela f e continuavam a sacri car a Deus, sem nunca abrirem mo do seu sonho, renegarem, desistirem ou blasfemarem. Nunca se esquea que Deus Justo e chega sempre no momento exato em que tem que agir!

    PROCURA POR UMA RESPOSTA?Analise as respostas que tem recebido!

    para a vida sentimental

    Santurioda resposta

    Santurioda resposta

  • Por isso, se est cansado das respostas humanas que tem recebido e pretende receber a RESPOSTA definitiva e sem precedentes para a sua vida!

    DOMINGO, DIA 18 DE AGOSTO I 7H30 I 9H30 I 15h

    O DIA DA SUA RESPOSTA!

    Santurioda resposta

    SanturioSantuSanturioriSanturioriSanturioSanturioSantuSanturioriSanturioSantuSanturiooSanturiooSanturioda respostada respostada respostada resposta

    "hoje, tenho paz, sou feliz no casamento"

    "Estou de casamento marcado"

    "a minha vida o reflexo da felicidade"

    "hoje, posso contaruma histria diferente"

    Sou o lvaro Pinho. Era um solitrio e o meu interior era pautado pelo desassossego. Penso que isso acabava por me afetar em todas as reas, pois tambm era uma pessoa instvel,

    tanto a nvel pro ssional como nanceiro. As conquistas? Essas mostram-me que estou no rumo certo, pois, hoje, tenho paz, sou feliz no casamento e com as minhas duas lhas. Vivo na moradia

    dos meus sonhos e conduzo o carro dos meus sonhos. Tudo porque a minha vida foi transformada no Centro de Ajuda.

    Sou o Nuno Barros. Era um jovem possessivo, ansioso, ciumento e muito controlador, a ponto de colocar em risco a minha vida sentimental. Mas,

    hoje, a minha personalidade mudou! Estou de casamento marcado e, para alm disso, tenho uma vida pro ssional bastante promissora, pois tenho um

    bom emprego onde tenho conquistado vrias promoes. Tudo porque a minha vida foi transformada no Centro de Ajuda!

    Sou a Anabela Pinho. O meu casamento era marcado pelas discusses, estava num estado verdadeiramente catico. Essa angstia e impotncia que eu sentia criaram

    em mim um intenso desejo de cometer suicdio. A mudana comeou pelo meu interior, sinto que ele foi reconstrudo. O meu casamento tambm foi restaurado e, hoje, a minha

    vida o re exo da felicidade. Sou uma pessoa realizada e genuinamente feliz. Tudo porque a minha vida foi transformada no Centro de Ajuda.

    Sou a Neuza Rocha. Era uma jovem extremamente nervosa, que discutia muito com a minha famlia, sem razo aparente. Para alm disso, sentia um

    vazio enorme, que no conseguia preencher com nada. Mas, hoje, posso contar uma histria diferente, pois a minha vida mudou por completo! Tenho um casamento

    feliz, estabilidade nanceira e, nalmente, sinto que o meu interior tem a alegria que sempre procurei. Tudo porque a minha vida foi transformada no Centro de Ajuda!

  • Veja, no interior, os depoimentos de pessoas reais, que obtiveram a resposta para a sua vida!

    iurd.pt

    DOMINGO, DIA 18DE AGOSTO, S 7H30*, 9H30 e 15H

    O DIA DASUA RESPOSTA!

    Entrada e estacionamento gratuitos

    * encontro realizado pelo Bispo Jlio Freitas

    Tem sido este o seu dia a dia? Viver em angstia constante devido s inmeras situaes que surgem e para as quais no consegue encontrar soluo? As opes que tm surgido, infelizmente, no tm sido as melhores e isso visvel no seu dia a dia, pois voc tem continuado a suspirar pela cura que no acontece... a estabilidade emocional que no chega... pelo emprego que no proposto e pela violncia, dentro e fora de casa, que no acaba. Sim, a rea econmica mui-to importante na vida de cada pessoa, tanto que dela acaba por depender o equilbrio e bem-estar de todas as outras.

    Por isso, se est cansado das respostas humanas que tem recebido e pre-tende receber a RESPOSTA definitiva e sem precedentes para a sua vida

    Assinale os problemas que tm afetado a sua vida sentimental, recorte e traga este pedao

    de papel no dia 18 de agosto, dia em que passar pelo Santurio da Resposta:

    Solido Divrcio Cimes doentios Traumas Discusses entre o casal

    Falta de amor Relacionamentos falhados Esfriamento conjugal Angstia Ansiedade

    SEDE INTERNACIONAL DA EUROPALISBOA: Rua Dr. Jos Esprito Santo,n 36 - Chelas (prximo da estao de metro)CENTRO DE AJUDA - PORTO:Rua Egas Moniz, n 485

    CENTRO DE AJUDA MAIS PRXIMO DE SI

    para a vida sentimental

  • EDIO N 503 Ano 10 De 11 a 17 de agosto de 2013 Edio Nacional e Ilhas Jornal de distribuio gratuita 56.000 exemplaresEDIO N 503 Ano 10

    f o l h a d e p o r t u g a l . p t

    Siga-nos no facebook!

    Diretor: Joo Filipe

    reportagem... PG. 12

    Nveis de radiao altos A descontaminao de Fukushima tem-se revelado insuficiente, e os nveis de radiao so idnticos aos de 2011

    economia... PG. 11

    1,14 mil milhes em remessas As remessas de emigrantes subiram nos primeiros cinco meses do ano. Frana e Sua so os pases de onde foi enviado mais dinheiro para Portugal

    TEMA CAPA... PGS. 06/07

    Localizados em pleno oceano Atlntico, os arquiplagos dos Aores e da Madeira so verdadeiras joias portuguesas. Para os amantes de natureza no seu estado mais puro, aliada s tradies e cultura, estes so dois destinos de frias que no vo querer perder

    portugal ... PG. 08/09

    O Governo reforou em quase 5% as verbas destinadas ao Dispositivo Especial de Combate a Incndios Florestais, numa altura em que os incndios consumiram menos 57% de rea ardida

    78,5 milhes de euros

    olhar feminino... PG. 15

    A sua realizao a nossa satisfao!

    ORAO ESPECIAL, A PARTIR DA O1H

    na iurdtv.eu e tambm na TV Record com o apresentador bp. Jlio Freitas

    A HORA DOMILAGREMILAGREMILAGRE

    MadeiraAore_s e

    PG. 15

    O valor da MULHER Ser que voc se valoriza? Quantas vezes j se comparou a algum que admira? J se sentiu anulada ou frustrada porque no tem as qualidades de quem admira?

    PUB

    NU

    NO

    AN

    DR

    FE

    RR

    EIR

    A/L

    US

    A

  • Tenha uma boa leitura!

    editorialJoo Filipe Diretor

    E

    O pas parece que nesta altura do ano, fecha para balano. At o mundo da poltica entra a meio gs.O que parece que no foi de frias foram as polmicas swaps que acabaram de fazer mais uma vtima, desta feita o secretrio de Estado e do Tesouro, Joaquim Pais Jorge, que se demitiu, depois de ver o seu nome colado aos produtos financeiros mais txicos apresentados no Governo Jos Scrates.

    Aqui discute-se se a ministra mentiu ou no, no que isto no seja importante, mas no se ouve nenhum comentador, nem deputado do PS dizer se as swaps foram um ato de boa ou m gesto, ou se quem as permitiu devia ou no ser punido, uma vez que, colocou em causa o futuro de um pas inteiro.

    A poltica em Portugal discute sempre apenas os aspetos superficiais, quase nunca vai raiz dos problemas. Desta forma, como vamos conseguir resolver os problemas que estamos a viver? Deduzo com isto que nenhum partido, nenhum lder partidrio conseguir levar o barco a bom porto.

    At hoje apenas vi uma pessoa apresentar um programa de governo em que se falava de algumas verdades acerca daquilo que tinha de ser feito, Manuela Ferreira Leite, mas que perdeu as eleies. At quando o povo portugus vai votar em quem promete mundos e fundos mas que no fim apenas nos deixa com os fundos?

    Agora que o Governo tem tido um conjunto de medidas bastante impopulares, logo aparecem os lderes da oposio a dizer que com eles ser tudo diferente. Mas quando analisamos as palavras desses mesmos lderes percebemos que, na verdade, no querem dizer absolutamente nada.

    Por exemplo, muitos dizem que o dfice se resolve com o crescimento da economia, que este s acontece com mais produtividade e com a criao de empregos, mas o que nenhum diz como que isso ser feito. Apelam ao investimento pblico, o que faz lembrar aquelas famlias que esto falidas mas continuam a fazer frias de parasos, no tendo dinheiro mas querendo manter o status. Resultado: uma bola de neve sem fim.

    Seria bom que cada poltico realmente pensasse em Portugal e nos portugueses, porque enquanto cada um olhar apenas para o seu quintal no temos um bom futuro pela frente.

    Poltica de frias, ou no...

    CHEIAS: Vtimas das inundaes nas Filipinas tentam salvar alguns dos seus bens numa aldeia completamente inundada. As fortes chuvas afetaram meio milho de pessoassem

    flas

    h...

    PUB

    No se cospe no prato onde se comeu CRISTIANO RONALDO, DESPORTO.SAPO.PT

    O Jos Lus Gonalves precisa da nossa fora, alegria e energia

    CRISTINA FERREIRA, CARAS

    No tenho nada a dizer sobre o namoro da Marisa, no me compete a mim fazer comentrios

    JOO PINTO, CARAS

    Estou cheia de tristeza e cheia de saudadesRITA SALEMA (SOBRE O FECHO DO

    SEU COLGIO), FAMA.SAPO.PT

    Gosto muito deste visual. No me

    importava de cortar o cabelo assim!

    CLUDIA VIEIRA, ACTIVA.SAPO.PT

    Temos uma relao timaANDREIA RODRIGUES E DANIEL OLIVEIRA, CARAS

    FRA

    NC

    IS R

    . MA

    LAS

    I/EP

    A

    02

    folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 2013em foco /// GALO DE BARCELOS VOOU AT 33 MIL METROS DE ALTITUDE

    Diretor: Joo Filipe [email protected]: Cludia PereiraEditor: IURDRedao: Carla Vaz, Isabel Barbosa e Joana OliveiraCopydesk: Carla VazPaginao: Eliane Rosa, Brbara Domingos e Paulo Cabral Correio do Leitor / [email protected]

    A FOLHA DE PORTUGAL NO SE RESPONSABILIZA NEM PELAS INFORMAES CONTIDAS NAS CARTAS DOS LEITORES,

    POIS ELAS NO EMITEM NECESSARIAMENTE A OPINIO DO JORNAL, NEM PELA AUTENTICIDADE DOS ANNCIOS PUBLICADOS

    FOLHA DE PORTUGAL Ttulo registado no ERC com o n 125046 Propriedade: IURD Sede administrativa: Praceta Professor Francisco Gentil, n 3 - Pvoa de Santo Adrio - Lisboa

    NIPC: 592001679 Periodicidade: Semanal Impresso: Rafi k Comunicao e Imagem Unipessoal, Lda. - Stio da Bemposta, n 1, 1A e1B, Longo da Vila - Mafra Tiragem: 56.000 exemplares

    Depsito Legal: 322699/11 Distribuio: Gratuita Circulao: Portugal Continental e Ilhas FOLHA DE PORTUGAL ALAMEDA D. AFONSO HENRIQUES, N 35 (ANTIGO CINEMA IMPRIO) 1000-123 LISBOA TEL: 210 300 971 FAX: 210 300 999

    Todas as fotografias e imagens que no esto devidamente identificadas, reservam-se os direitos de autor

  • 03

    folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 2013sete dias /// MARIBOR, CAPITAL EUROPEIA DA JUVENTUDE 2013

    C elebrado a 12 de agosto, o Dia Internacional da Juventude foi institudo pela Assembleia- -Geral das Naes Unidas (ONU), em dezembro de 1999, como resultado da Conferncia Mundial dos Ministros Responsveis pelos Jovens, realizada em agosto de 1998, em Lisboa.

    A comemorao pretende dar mais visibilidade aos problemas enfrentados pela juventude, tais como a educao de baixa qualidade, ms condies de vida e desrespeito aos direitos do cidado. Alm disso, o Dia Internacional da Juventude visa instigar o compromisso de toda a sociedade com a causa.

    Neste dia vrias instituies pblicas oferecem acesso gratuito e descontos a todos os jovens em diversos bens e servios, como museus, galerias de arte e exposies, de forma a celebrar a data. Transportes pblicos, cinemas e lojas comerciais so outros servios que promovem campanhas promocionais neste dia.

    Poder de transformaoAtualmente, somando um grupo que ultrapassa a marca de um bilio, os

    A JUVENTUDE o futuro de uma naoO Dia Internacional da Juventude visa que toda a comunidade internacional continue a trabalhar, em conjunto, para reconhecer e valorizar a fora dos jovens

    jovens do Mundo representam o futuro da nossa sociedade. neste grupo que encontraremos os grandes lderes de amanh nos altos cargos do governo ou de grandes empresas. Entretanto, muitos desses jovens de todo o Mundo no tm a educao, a liberdade ou as oportunidades que merecem.

    A celebrao visa promover a

    juventude mundial, bem como, conscientiz-la sobre o seu poder de transformao. De acordo com o secretrio-geral da ONU, Ban Ki-moon, os jovens j se esto a mobilizar em prol

    da sociedade como um todo.Ao longo do ltimo ano,

    eles conquistaram resultados impressionantes, derrubando ditaduras e enviando ondas de esperana

    entre as regies e ao redor do mundo, declarou.

    Para Irina Bokova, diretora--geral da Unesco (Organizao

    das Naes Unidas para a Educao, a Cincia e a Cultura), os jovens so responsveis diretos pela consolidao das mudanas. Aliando juventude, esperana, boas ideias e inovao, possvel construir um mundo melhor.

    Fontes: Centro de InFormao das naes UnIdas e UnesCo

    Os jovens no Mundo ultrapassam a marca de um bilio

    A 13 de agosto comemorado o Dia Internacional do Canhoto. Ainda que j no sejam to estigmatizados pela sociedade quanto eram h alguns anos, os canhotos ainda sofrem com a discriminao. com o objetivo de chamar a ateno para essas atitudes que a data comemorativa foi

    instituda, mais uma inveno dos britnicos em prol da categoria. A mais conhecida delas foi estabelecer que os carros circulam do lado esquerdo da rua.

    AdaptaoComo cerca de 90 por cento da populao destra, os 10 restantes

    acabam por enfrentar dificuldades dirias ao viverem num mundo direito, contrrio daquele que o

    seu crebro considera natural. Mas a adaptao faz parte do vocabulrio do canhoto. No que essa adaptao seja sempre difcil, e mesmo entre os canhotos, a maioria talvez no se d conta do esforo.

    As causas e as consequncias associadas ao uso preferencial de uma das mos tm sido objeto de vrios estudos nos ltimos 20 anos. Contudo, at hoje no se sabe bem o que leva uma pessoa a ter mais habilidade com uma das mos. Acredita-se que haja influncia gentica, mas no se sabe qual ou quais genes estariam ligados a essa caracterstica.

    Mundo ao contrrioO Dia Internacional do Canhoto veio para celebrar as evolues em favor dessa pequena parcela da populao, como a produo de materiais especficos para o seu uso

    Angelina Jolie Tom Cruise Oprah Winfrey Bill Gates Albert Einstein Isabel II Paul McCartney Neil Armstrong Ayrton Senna Barack Obama Fidel Castro

    Aristteles Napoleo Bona-parte Adolf Hitler Leonardo Da Vinci Pablo Picasso Benjamin Franklin Maradona Pel Rafael Nadal

    ESQUERDINOS FAMOSOS

    A data uma inveno dos britnicos

  • nmeros

    *Com Lusa

    16,4% A taxa de desemprego vol-tou a descer em Portugal e situou-se nos 16,4% no se-gundo trimestre, abaixo dos 17,6 registados em maio. Por-tugal continua a ter a terceira taxa de desemprego mais elevada da Unio Europeia.

    18 KM A Autoestrada Transmonta-na abriu mais 18 quilmetros ao trfego, no distrito de Bragana. Com esta abertura fica totalmen-te concluda a via no territrio daquele distrito, prevendo-se a concluso em toda a extenso at ao final de agosto.

    9% O lucro da Jerni-mo Martins, dona dos supermercados Pingo Doce, aumentou 9% no primei-ro semestre deste ano, atingindo os 165 milhes de euros, graas solidez dos mercados portugus e polaco, anunciou a empresa.

    437 O ministrio da Sade abriu 437 va-gas para a contratao de mdicos, direcionadas para as zonas perifri-cas do pas, como o interior Norte e Centro, o Alentejo e o Algarve, e des-tinam-se a mdicos que concluram a sua formao em maio. *Com Lusa

    folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 2013sete dias /// 63 MIL J VIRAM "A GAIOLA DOURADA" NOS CINEMAS

    11/08/1675 inaugurado o Observatrio Astronmico de Greenwich, no Reino Unido.

    12/08/1981A IBM lana o primeiro computador pessoal.

    13/08/1926 Nasce Fidel Castro, em Mayari, Cuba.

    14/08/1890 inaugurado o Coliseu dos Re-creios, em Lisboa.

    15/08/2007 Um sismo de magnitude 8,0 na escala de Richter abala o Sul do Peru, provocando mais de 540 mortos.

    16/08/1900 Morre o escritor, jurista e diplomata portugus Jos Maria Ea de Queiroz, em Paris.

    17/08/1960 Primeiro concerto dos Beatles, no Indra Club em Hamburgo.

    do tempmarcas

    Cursos em saldos para atrair alunosDescontos em taxas de matrculas ou inscries e redues no valor das propinas so exemplos de campanhas que as universidades privadas esto a promover

    aconteceu

    Na Universidade Autnoma de Lisboa (UAL) decorrem campanhas para o prximo ano letivo diferenciadas consoante os tipos de alunos, na tentativa de captar novos alunos e manter os atuais.

    Para os maiores de 23 ou para alunos com cursos a meio e que pretendam conclu-los, a instituio oferece as taxas de matrcula e inscrio, que rondam os 400 euros que, a somar primeira propina do ano, podem gerar encargos adicionais muito pesados aos agregados familiares.

    Para os alunos vindos do ensino secundrio, e que vo frequentar a universidade pela primeira vez, a UAL oferece descontos de 50 por cento nas propinas, desde que os estudantes tenham uma nota mdia de candidatura ao ensino superior igual ou maior do que 13 valores, sendo que as propinas tm

    um valor mdio de 350 euros mensais e so pagas de setembro a julho, o que anualmente perfaz um total de quase quatro mil euros. A universidade j

    registou para o prximo ano letivo 80 matrculas no mbito desta oferta.

    Na Universidade Lusada de Lisboa tambm se oferecem aos novos alunos descontos nas inscries e matrculas, mas aqui h ainda uma campanha exclusivamente direcionada para antigos alunos e seus familiares, que podem obter, apenas pelo grau de parentesco,

    descontos que podem chegar aos 30 por cento nas propinas.

    As instituies pblicas esto legalmente impedidas de fazer

    campanhas com estes contornos, uma vez que a propina definida pelo ministrio da Educao e Cincia.

    Vrias universidades oferecem promoes para captar novos alunos

    autrquicas

    Recenseamento eleitoral suspenso at s eleies O recenseamento eleitoral est suspenso desde 31 de julho, tendo em conta a realizao de eleies autrquicas a 29 de setembro, de acordo com a lei eleitoral.

    A suspenso da atualizao do recenseamento eleitoral decorre, por lei, entre o 60. dia que antecede cada eleio e o dia de realizao do ato eleitoral.

    Assim, at realizao de eleies, j no

    possvel aos cidados recensearem-se para votar nas eleies autrquicas, nem alterar as respetivas moradas, com os cadernos a serem novamente atualizados apenas a partir de 29 de setembro.

    De 21 a 26 de agosto as listas eleitorais so expostas nas sedes das comisses recenseadoras, nas juntas de freguesia, para que possam ser consultadas e os interessados possam reclamar.

    Durante este perodo, qualquer eleitor ou partido poltico pode apresentar reclamao, por escrito, perante a comisso recenseadora relativamente s omisses ou inscries indevidas, que devem ser encaminhadas no mesmo dia para a Direo Geral da Administrao Interna, de forma que esta entidade possa avaliar as reclamaes em dois dias.

    *Com Lusa

    250 milhes O fundador e presidente da Ama-zon, Jeffrey Bezos, comprou o co-nhecido jornal americano Washing-ton Post por 250 milhes de dlares (189 milhes de euros). A notcia foi dada ao pblico pela prpria publica-o no seu site na Internet, causando surpresa.

    04

  • 500 Pelo menos 500 trabalhadores sa-ram dos cinco maiores bancos no primeiro semestre, um emagreci-mento dos recursos humanos que est para continuar, depois de, no total de 2012, as sadas terem ascen-dido a mais 1.500 pessoas.

    HOSTEL O conceito de hostel, aloja-mento turstico econmico, familiar, confortvel e bem lo-calizado, chegou este ano a S. Miguel, havendo j trs na ilha aoriana e com elevadas taxas de ocupao.

    EX-SCUT O sistema easytoll, para paga-mento de portagens

    nas ex-Scut por viaturas de ma-trcula estrangeira, registou mais de 17.000 adeses no primeiro fim de semana de agosto .

    SURF O municpio de Aljezur quer di-namizar as potencialidades para a prtica do surf, com vista a atenuar a sazonalidade, tendo em conta a importncia desde desporto para a economia e promoo dos recur-sos locais. *COM LUSA

    post-it

    A

    05DOMINGO 11 de agosto de 2013sete dias

    a sua carreira

    pelo mundo

    VOC FAZ A NOTCIA

    Mande-nos a sua opinio sobre algo que leu no nosso jornal ou qualquer outro tema. Ou mande as suas fotos comentadas por si. Envie a sua foto ou comentrio para: [email protected]

    Rumo ao mar, Aljezur... Isabel Alves

    OS SEUS COMENTRIOS

    Maro foi o ms mais chuvoso Infelizmente, para quem apreciador de chuva o fenmeno foi fantstico, mas para quem no gosta muito de gua deve ter sofrido um bocadinho!MRCIA LIMA, IN FOLHADEPORTUGAL.PT

    l e i t o r @ f o l h a d e p o r t u g a l . p t

    Situada n o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina uma rea natural protegida que se estende na costa oeste do Algarve, Aljezur uma vila agrcola nas frteis plancies que delimitam o rio Aljezur

    Para muitos o fim do dia de domingo j motivo de depresso, j para no falar na segunda de manh que parece interminvel. Contudo, existem algumas dicas que o/a podero ajudar a fazer render o fim de semana e a combater o horror da vspera de segunda-feira. Evite deixar trabalho pendente: para evitar preocupaes com o trabalho durante o fim de semana, certifique-se de que tudo o que tinha para fazer est completo. No leve trabalho para casa: os fins de semana so para ser usufrudos e,

    como tal, no dever desperdi-los com tarefas laborais. importante fazer uma pausa do trabalho para manter os nveis de produtividade. Evite dormir demais: mantenha o mesmo horrio da semana, para

    alm de no quebrar a rotina de sono, conseguir aproveitar melhor os nicos dias que tem para dedicar a si prprio/a. Mantenha-se ativo/a: seja com atividades desportivas ou programas

    sociais importante no passar o fim de semana sem fazer nada, para no ter um choque com o ritmo acelerado da segunda-feira. Planeie o prximo fim de semana: mude de atitude e, em vez de aproveitar

    o domingo para planear a semana que vem, planeie os dias que vai ter descanso. Saia a meio da semana:

    por mais cansado/a que esteja, far--lhe- bem sair a meio da semana para espairecer e repor foras.

    FONTE: EMPREGO.SAPO.PT

    E agora? Mais uma semana de trabalho...

    a descoberta

    O fim de tarde de domingo pode ser um verdadeiro suplcio... O dia seguinte dia de trabalho

    Planeie os dias que vai ter descanso

    Um grupo de cientistas espanhis descobriu um tratamento precoce do mieloma de alto risco assintomtico, que origina um cancro designado mieloma mltiplo ou sintomtico, conseguindo retardar a progresso do tumor e aumentar a sobrevivncia dos doentes.

    Anemia, dor ssea, alteraes no clcio ou na funo renal so sintomas apresentados pelos doentes com mieloma mltiplo, que atualmente so tratados apenas quando so sintomticos.

    Tratamento retarda cancro de alto riscoAnemia, dor ssea, alteraes no clcio ou na funo renal so sintomas apresentados pelos doentes com mieloma mltiplo

    Anualmente aparecem quatro a cinco novos casos de mieloma sintomtico por cada 100 mil pessoas.

    O ensaio clnico, no qual participaram 21 hospitais espanhis e trs portugueses, envolveu 120 pacientes, metade dos quais no recebeu terapia at ao aparecimento dos sintomas, enquanto os restantes

    foram tratados com os medicamentos lenalidomida e dexametasona.

    Segundo os investigadores, os resultados so satisfatrios porque se demonstrou que o tratamento precoce adia o aparecimento

    dos sintomas da doena. O risco de progresso do mieloma para sintomtico foi 5,6 vezes mais baixo nos que receberam terapia. Cinco anos aps o diagnstico, esto vivos 94 por cento dos doentes que tiveram um tratamento precoce, contra 78 dos que s foram tratados quando desenvolveram sintomas do tumor. *COM LUSA

    Cientistas consegui-ram aumentar a sobre-vivncia dos doentes

    ALEMANHA

    Espionagem A ministra da Justia alem, Sabine Leutheusser-Scnar-renberger, defendeu novas medidas de proteo de da-dos na Unio Europeia para sancionar a espionagem ma-cia por servios secretos ou empresas estrangeiras.

    TIMOR-LESTE

    Cooperao trilateral O ministro dos Negcios Estrangeiros de Timor--Leste, Jos Lus Guterres, defendeu um modelo de cooperao trilateral com a Austrlia e Indonsia em todas as reas agricultura, sade e educao.

    CHINA

    Desemprego Quase 50% dos recm-licenciados na China, que anualmente somam cerca de sete milhes, no con-segue encontrar trabalho, segundo um relatrio do Ministrio dos Recursos Humanos e Segurana Social do pas, citado pela imprensa chinesa.

    REINO UNIDO

    Criado em laboratrio O primeiro hambrguer criado in vitro e fa-bricado a partir de clulas estaminais de vaca foi cozinhado e comido no dia 05 de agosto, em Londres. Pesava 142 gramas e custou 250.000 euros. *COM LUSA

  • 06

    folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 2013TEMA CAPA /// AS ILHAS SO DE ORIGEM VULCNICA

    O arquiplago dos Aores composto por nove ilhas, sendo todas elas bastante distintas entre si e nicas na sua beleza e caractersticas

    A densa e luxuriante vegetao, o relevo acidentado, a observao de baleias em alto mar e um ambiente que combina tradio e cultura, fazem com que os Aores sejam um fantstico destino de frias.

    O arquiplago dos Aores divide-se em trs grupos: Oriental (S. Miguel e Santa Maria), Central (Faial, Pico, S. Jorge, Terceira e Graciosa) e Ocidental (Flores e Corvo), sendo que todas as ilhas, com exceo de Santa Maria, so de origem vulcnica. O clima hmido e a sua localizao geogrfica fazem

    a natureza em estado bruto

    Aores:dos Aores uma joia em bruto para os amantes da natureza, que ali rainha em todas as ilhas.

    A magia em nove ilhasSanta Maria conhecida pelas bonitas cores das suas paisagens, onde o amarelo das culturas se funde com o ocre dos solos, e o verde dos campos contrasta com o azul do oceano. So Miguel, a maior das ilhas, caracterizada pela extenso das suas pastagens, assim como pelas suas lagoas que proporcionam panoramas de uma beleza nica, como o Vale das Furnas ou as crateras das Sete Cidades e do Fogo, com lagoas de

    gua cristalina.Na Terceira, encontrar tradies

    que se tm mantido vivas, aliadas s maravilhas naturais como o vulco da Serra do Cume, a Ponta dos Mistrios, a Lagoa do Negro ou as Furnas. Por sua vez, a ilha Graciosa a menos acidentada, no deixando por isso de ser dona de paisagens de grande beleza e de um patrimnio arquitetnico, humano e natural de grande valor. Destaca-se o casario branco espalhado nos tons escuros da herana vulcnica, as Furnas de Enxofre ou a lindssima Reserva Florestal Natural da Caldeira da Graciosa. Vrias empresas dedicam-se a levar os turistas para observarem baleias em alto mar

    JOANA OLIVEIRA [email protected]

    Planeie com tempoUma forma de gastar menos dinheiro nas viagens plane-las com antecedncia (pelo menos cinco meses). Aproveite para procurar informao sobre os locais a visitar, o que pode ajudar a poupar alguns dias de estadia e evitar desperdcios.

    Ateno s promoesAs reservas com antecipao so uma das principais formas de conseguir pacotes de frias a preos promocionais.

    Opte pela poca baixaSempre que possvel, faa frias na

    poca baixa. Viajar para alguns desti-nos na poca alta faz toda a diferena.

    Evite viajar sozinhoAs viagens em grupo so muito mais baratas, tanto no que respeita via-gem como em termos do alojamento e alimentao. Fazendo frias com a

    famlia ou com um grupo de amigos pode tornar as frias menos dispen-diosas e possivelmente tambm mais divertidas. Fonte: economico.sapo.pt

    POUPAR E OBTER DESCONTOS NAS FRIASViajar a preos baixos mais fcil do que parece. Fique a conhecer alguns passos para planear umas frias que no esgotem o oramento

  • 07DOMINGO 11 de agosto de 2013tema capa

    A ilha de So Jorge formou-se aps sucessivas erupes vulcnicas em linha reta e aqui, a indstria baleeira tem uma forte importncia, existindo, hoje em dia, diversas empresas que promovem a observao de baleias em pleno mar.

    O Faial oferece penhascos, pequenos montes, vales profundos e verdejantes e praias de areia escura, sendo tambm outro dos locais privilegiados para a observao de baleias. J na ilha do Pico encontramos o ponto mais alto do territrio portugus, o Piquinho, situado a 2.351 metros de altitude.

    A ilha das Flores o ponto mais ocidental do arquiplago dos Aores e possui um relevo acidentado, com basalto petrificado em rochedos, vastas reas de pastagens, vales profundos e picos elevados, o que lhe valeu o ttulo de Sua dos Aores. Aqui no deixe de visitar as guas Quentes, pequenas fontes termais de gua fervente sulfurosa, Picos de Sete Ps, Burrinha e Morro Alto, as Sete Lagoas um conjunto de sete lagoas integradas na caldeira de um antigo vulco que constituem uma magnfica paisagem e a Cascata da Ribeira Grande com vrias quedas de gua.

    Na ilha do Corvo, o Caldeiro situado na cratera do vulco que deu origem ilha, os moinhos de vento e os vrios miradouros, proporcionam cenrios de grande beleza e de pouca presena humana.

    Fontes: guiadacidade.pt e visitazores.com

    Os Aores so uma joia em bruto para os amantes da natureza

    O arquiplago da Madeira um dos maiores pontos tursticos portugueses. Com capital na cidade do Funchal, famoso pelo seu clima de excelentes temperaturas, onde parece ser primavera durante todo o ano. A gua com temperaturas amenas e a vegetao verdejante, juntamente com as paisagens de cortar a respirao, contribuem para atrair milhares de pessoas durante todo o ano.

    O arquiplago da Madeira oferece excelentes alternativas e propostas para a

    realizao de frias quer v sozinho, em famlia ou com um grupo de amigos.

    Ilha da MadeiraA Floresta Laurissilva, classificada pela UNESCO como Patrimnio Mundial Natural, oferece paisagens incomparveis, podendo-se embarcar na aventura das levadas, os antigos caminhos de gua

    que facilitavam a irrigao dos terrenos acidentados. Hoje em dia, esta uma das melhores formas de conhecer aquele patrimnio natural.

    Atualmente, a Ilha da Madeira est modernizada, com bons acessos e com a mais variada oferta hoteleira e turstica sem, no entanto, perder o seu estilo tradicional que se perpetua por entre o encanto verdejante, as montanhas e o mar.

    Recentemente, o Funchal foi considerado a segunda cidade portuguesa com maior qualidade de vida num estudo publicado pela DECO.

    Ilha de Porto SantoA Prola do Atlntico est situada a cerca de 50 quilmetros da Ilha da Madeira.

    As praias de areia fina, a vegetao e a cor dourada do solo que contrastam com as praias de pedra da vizinha Ilha da Madeira, fazem com que esta pequena rea de apenas 11 quilmetros de comprimento e seis de largura, seja ideal para momentos de pura calma e paz de esprito.

    Os acessos ilha fazem-se de avio, helicptero via Funchal ou de Ferry. j.o.

    Fonte: guiadacidade.pt

    MADEIRA

    Situado em pleno Oceano Atlntico, o arquiplago da Madeira composto pela Ilha da Madeira, Ilha de Porto Santo e ainda pelas inabitveis Ilhas Desertas e Ilhas Selvagens

    O arquiplago da Madeira oferece excelentes alternativas e propostas

    VIAJAR COM CRIANAS

    Bagagem inteligenteDesde que no v para um pas em vias de desenvolvimento, fraldas e leite em p existem em todo o lado. Leve mudas de roupa para apenas trs dias e v lavando o que j foi usado.

    Deixe as grandes coisas para trsSe for para fora do pas e tiver que alugar um carro, lembre-se que muitas das empresas que prestam esse servio tambm tm cadeirinhas para alugar.

    Vacinas em diaCertifique-se que o seu beb tem as vacinas em dia e, se ele tomar alguma medicao, leve-a consigo, tendo cuidado para a proteger do calor.

    Ajuste-se s necessidades do bebNas viagens de carro, pare de duas em duas horas e deixe os mais pequenos mexerem-se.

    Roupa prticaSobretudo, no dia da viagem, vista roupa o mais simples possvel por causa das mudas de fralda e da passagem pela segurana do aeroporto. Fonte: crescer.sapo.pt

    Se tem filhos pequenos, sabe que pensar bem numa viagem em famlia essencial

  • A poca mais crtica em incndios florestais comeou h um ms e este ano o dispositivo tem entre as novidades dez grupos de reforo de ataque ampliado, denominados GRUATA, a utilizao de mquinas de rastos para apoiarem s aes de combate a incndios florestais e a participao de cerca de mil reclusos em aes de preveno e vigilncia.

    Durante a fase Charlie de combate a incndios florestais, que se prolonga at 30 de setembro, vo estar operacionais 2.172 equipas de diferentes foras envolvidas, 1.976 viaturas e 9.337

    elementos, alm dos 237 postos de vigia da responsabilidade da GNR, segundo o Dispositivo Especial de Combate a Incndios Florestais (DECIF), avanou a Lusa.

    At ao final de setembro vo estar tambm disponveis 45 meios areos, a que se juntam o helicptero Allouete III e o avio C-295M da Fora Area Portuguesa, cooperao que este ano vai estar no terreno pela primeira vez.

    Contudo, segundo o jornal Pblico a preveno estrutural dos incndios florestais feitas pelo Instituto da Conservao da Natureza e das Florestas tem vindo a regredir de forma significativa nos ltimos cinco anos.

    Reforo de verbasO DECIF vai custar este ano 78,5 milhes de euros, o que reflete um aumento de quase cinco por cento em relao a 2012, revelou o ministro da Administrao Interna, Lusa.

    Miguel Macedo salientou o acrscimo de 4 milhes de euros no

    montante global para o combate a incndios e o reforo em 11 por cento das verbas destinadas s corporaes de bombeiros, que totalizar 2,3 milhes

    em 2013. Alm disso foram ainda despendidos 1,3 milhes de euros para a aquisio de rdios, a serem distribudos pelas corporaes de bombeiros de todo o pas.

    O responsvel realou ainda a inteno de se aprofundar a formao especializada do dispositivo e referiu a

    instalao de um sistema de apoio e monitorizao de incndios florestais, um projeto-piloto no Parque Natural da Peneda-Gers, com 13 sistemas com tecnologia

    nacional para a deteo de fumo. O ministro da Administrao

    Interna, afirmou que o dispositivo de combate a incndios est a responder de

    forma excelente e mostrou-se optimista no balano da poca de fogos. At ao momento, o dispositivo desta fase mais crtica de combate a incndios florestais tem dado boa conta do recado, disse Miguel Macedo.

    ISABEL BARBOSA [email protected]

    folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 2013

    08 portugal /// PJ J DETEVE ESTE ANO 23 SUSPEITOS DE ATEAREM FOGO

    78,5 milhes para combater incndiosGoverno reforou em quase cinco por cento as verbas destinadas ao Dispositivo Especial de Combate a Incndios Florestais. Alm disso, vrios reclusos foram chamados a participar em aes de preveno

    O DECIF teve um acrscimo de 4 milhes de euros

    A Fora Area Portuguesa vai estar no terreno pela primeira vezFRANCISCO PINTO/LUSA

    NUNO ANDR FERREIRA/LUSA

  • ISABEL BARBOSA [email protected]

    Folhaiurd.ptSuplemento jornal FOLHA DE PORTUGAL N 503 DOMINGO, 11 a 17 de agosto de 2013

    Centro de Ajuda Pgs. 2i/3i A HORA DO MILAGRE

    Pg. 4i REFLEXO

    Ainda no chegou. Porque ser? Modelo de filhoFolhaFolha

    Centro

    FolhaCentro

    FolhaFolhaCentro

    FolhaFolhaCentro

    FolhaFolhaCentro

    FolhaFolhaCentro

    FolhaCentro

    com muitas mulheres, julgam-se e formam a prpria opinio com base no que dizem ou pensam delas e com isso sentem-se inferiores. Ou, ento, pelo facto de ostentarem uma posio social, pensam que j suficiente, porm, vivem frustradas.

    O valor da mulherO valor da mulher independente da aprovao alheia, do que os outros falam ou pensam. No um valor artificial, mas sim absoluto e verdadeiro. Aquele quando Deus criou a mulher para ser o Seu toque especial, um presente inestimvel. Mas no basta acreditar em si apenas, pois quando a autoconfiana

    est associada F em Deus, o seu valor excede o das joias. E se diante da sociedade a mulher deve ter um padro, uma beleza, uma competncia, para Deus, a comunho com Ele o que a faz ser independente, capaz e livre.

    As mulheres que estiveram presentes na conferncia nunca mais sero as mesmas, porque encontraram o seu

    valor e para trs ficaram traumas, complexos, medos e fracassos. Saram dali dispostas a valorizarem-se e

    enfrentarem novos desafios, como foi o caso de Nieves Ortigoso. a primeira vez que participo numa conferncia para mulheres. No meu parecer foi estupenda e o que mais chamou a ateno foi quando falaram que somos especiais. Senti-me especial e, de verdade, vi-me especial. algo que antes no podia ver, j que venho de uma vida de traumas, fracassos e humilhaes. Na Famlia Unida, aprendi, levantei-me, tenho o meu trabalho, porm, ainda no me dava o valor. Entendi que Deus me criou assim, bonita. Entendi o meu valor, senti-me muito valorizada, uma

    rainha! Antes, podiam dizer-me que estava bem, estupenda, porm, no me conseguia ver assim. Depois deste dia,

    posso ver o meu valor. Aprendi ainda sobre o trato que dou ao meu cnjuge, sobre a submisso, porque quando me valorizo, dou-lhe valor a ele. Foi uma conferncia que mudou a minha forma de ver as coisas e me levou a entender o meu valor, afirmou.

    A palestra no foi uma simples reunio, mas uma tarde entre amigas, onde houve meditaes, anedotas, confisses, sorrisos, entretenimento e msica.

    N o era uma reunio comum mas sim uma palestra voltada para as mulheres e centenas fizeram-se presentes. No encontro, foram abordados temas to importantes, como o valor da mulher, j que, por diferentes situaes, circunstncias ou at mesmo pela sociedade atual, tinham perdido esse valor ou talvez nunca tomaram conhecimento do mesmo.

    Mas porque que em pleno sculo 21 ainda h mulheres que no acreditam no seu valor? O problema a falta de F em si mesmas e de acreditarem que o seu valor vem de dentro e no das circunstncias. E isso o que acontece

    1 Conferncia

    Em pleno centro de Madrid, mais, precisamente, na sede da Famlia Unida em Espanha, realizou--se a palestra da Mulher V

    O valor da mulher independente da aprovao alheia

    -Patrcia Barboza (D) e as suas convidadas mostraram para as presentes na conferncia o valor da mulher na sociedade

    CEDIDAS

    Espanha

    PUB

  • ISABEL BARBOSA [email protected]

    visite-nos em iurd.pt

    Ainda no chegou. Porque ser?

    DOMINGO 11 de agosto de 2013

    folha centro de ajuda / nacional2i

    folha centro de ajudafolha centro de ajudafolha centro de ajuda

    Sou a JUDITE ESTEVES. Era uma pessoa nervosa, muito perturbada e bastante depressiva. Mas, hoje, tudo est diferente! Fui curada da depresso, sinto-me realizada profi ssional e fi nanceiramente e sou feliz.

    CEDIDA CEDIDA

    COORDENADORA TCNICA

    Sou o JOO FERREIRA. Era um jovem rebelde e que vandalizava tudo o que podia! Hoje, a rebeldia pertence ao passado! Sou um bom aluno, bom fi lho e tenho uma loja de calado, vesturio e acessrios.

    EMPRESRIO

    U ma coisa voc ser fiel quando as coisas esto bem, mas provamos a nossa fidelidade quando as coisas esto mal. No temos que esperar que as coisas fiquem bem para ser fiel a Deus! Ns somos fiis a Deus e nos tornamos fiis a Ele para que as coisas fiquem bem, afirmou o pastor Rodrigo Silva no incio da reunio das

    9h30, na Sede Internacional da Europa do Centro de Ajuda, em Chelas, no passado domingo (dia 04), garantindo que Deus jamais deixar de abenoar o ser humano.

    Quem que j fez muitos pedidos a Deus que ainda no foram respondidos? Porque ser que a resposta ainda no veio? Porque ser que ainda no alcanou aquilo que quer alcanar? Sendo que da vontade de Deus e vai

    glorific-Lo, mas ainda no chegou. Porque ser?

    Voc dizimista, ofertante, j teve outras respostas, mas aquelas que voc est espera ainda no chegaram. Porqu? Possivelmente se soube a resposta a esta pergunta, j estaria resolvido o seu problema. Mas se fizer o que este homem da Bblia fez, tudo o que est h muito tempo espera, vai acontecer, afirmou o orador.

    Quem que j fez muitos pedidos a Deus que ainda no foram respondidos? E porque ser? O que est a faltar? Autoridade, libertao, revolta e entrega para Deus

    Sou a MARGARIDA NUNES. Era doente, depressiva, triste e rebelde. Agora, tudo isso mudou... Sou feliz, alegre e tenho paz.

    RECECIONISTA

    CEDIDA

    CEDIDA

    REN

    ATA

    AR

    A

    JO

    CEDIDA

  • LivramentoE muito se maravilhavam da sua doutrina, porque a sua palavra era com autoridade (Lucas 4.32). As pessoas maravilham-se da doutrina de Jesus no porque era uma palavra bonita, ou porque falava eloquentemente, ou explicava as coisas nos mnimos detalhes, mas porque a Sua palavra tinha autoridade. Quando falava, acontecia!

    Quando uma pessoa tem autoridade, o que diz ningum pode dizer o contrrio, essa a marca da sua autoridade. Venha o que vier aquela palavra tem que se tornar uma realidade. Se vem falando, pedindo, buscando e no tem acontecido, est a faltar em si essa autoridade. E no estou a compar--los com Jesus, o que quero dizer que, assim como Jesus tinha autoridade, ns tambm podemos ter. E quando se tem autoridade no precisamos dizer muito,

    dissemos e acontece! Por exemplo, quando a polcia manda parar um carro, precisa falar duas vezes? Se o mdico o mandar parar de comer determinados alimentos em prol da sua sade, vai respeitar? Se no respeitar quem perde voc! Contudo, se voc no tem essa autoridade, falta libertao. No houve ainda a libertao na sua vida, no houve livramento. Ainda existem coisas dentro de si que o/a impede de receber essa autoridade, conscientizou o orador a todos. E continuando afirmou: Se voc

    cr num Deus Grande, no pode aceitar uma vida pequena!.

    A diferenaAchava-se na sinagoga um homem possesso de um esprito de demnio imundo... (Lucas 4.33). aceitvel uma pessoa estar na igreja com um demnio? Este homem estava dentro da sinagoga, da igreja, mas o que o possua no era o Esprito de Deus, no era paz, equilbrio, fora. O que o possua era franqueza, tristeza, doena, desnimo. E o que tem possudo a sua vida, os seus pensamentos, o seu esprito?

    Quando uma pessoa est fora da i greja e tem um demnio, aconselhamos a vir ao Centro de Ajuda. Mas quando a pessoa j est na igreja e no se liberta, o que fazer? Essa a nossa revolta! inaceitvel que o diabo venha a possuir o seu casamento, a sua vida financeira, a sua cabea, qualquer que seja a rea da sua vida. Voc tem que ser um exemplo de vida para os outros, o mnimo que

    Deus espera de mim e de si. As pessoas que convivem consigo tm que ver, sem que precise dizer que, na sua vida existe uma diferena nas atitudes, no comportamento, na forma de falar, agir, pensar, na hora de tomar decises, na sua reao diante dos problemas. A sua voz tem que prevalecer e no a do diabo. Mas para isso acontecer tem que existir em si uma revolta contra o mal, tem que entregar de verdade a sua vida para Deus e viver uma vida com Ele, concluiu o orador.

    O que tem possudo a sua vida, os seus pensamentos, o seu esprito?

    DOMINGO 11 de agosto de 2013nacional3i

    Ser que o seu dia vai mesmo chegar?

    se algo est mal......mantenha-se bem!

    BISPO Jlio Freitas

    Deus contigo e eu tambm!bispo Jlio Freitas / bispojulio.com

    Existem diversas questes levantadas quando as muitas pessoas que creem em Deus no recebem o que pretendem, pois bem, eis a resposta para quem ainda se questiona aonde est o erro...

    Muitas pessoas, infelizmente, tm a tendncia de querer fazer com que as coisas aconteam sem fazerem por onde. Pensam que, simplesmente, por quererem, precisarem ou desejarem, iro alcanar os seus objetivos, cruzando os braos e ficando... espera. Elas dizem para si mesmas... no, vai acontecer, o meu dia vai chegar, vai dar tudo certo.... Mas e quando que esse dia chega? Quando que a sua vez chega? Nunca... e assim, o tempo vai passando.

    Zacarias foi uma destas pessoas... ele passou a vida inteira espera. Ele e Isabel eram justos, ntegros, fiis e retos, todavia, ficaram espera diante do Santurio, que Deus fizesse o Sobrenatural, o milagre, porque ela era estril. Quer dizer, ele falava de um Deus Grande, mas a sua vida no refletia este mesmo Deus; ele falava de um Deus Poderoso, mas a sua vida no refletia este Poder; ele falava de um

    Deus Realizador, mas a sua vida no transmitia ou revelava esta realizao. E porqu?

    Haveria algo de errado com a f de Zacarias ou a de Isabel? No, pois, caso contrrio eles no seriam considerados justos, ntegros e tementes a Deus. No,

    a sua f era a certa, mas, eles estavam a fazer o que muitas pessoas fazem, quando dizem... a minha inteno boa, eu sou honesto, ntegro, fiel a Deus, eu no posso ajudar, eu no atrapalho... por isso, o meu dia vai chegar! Por isso, eu vou esperar, pois Deus est a ver, Ele sabe de tudo... e dizem isto no meio de suspiros.

    E o que acontece? Nada, para alm do passar do tempo. 1, 2, 5, 10, 15, 17, 20, 30, 40 anos... e nada! Foi o mesmo erro que cometeu Zacarias, mas, quando ele entrou no Santurio, a Resposta estava l dentro, sua espera! Por outras palavras, como se Deus dissesse: Zacarias, se tivesses entrado aqui h 40, 30, 20, 10 anos atrs, a Resposta teria chegado... como agora chegou!, ou seja, se ele tivesse acionado ou ativado a sua f, se tivesse juntado sua esperana, confiana ou amor a uma ATITUDE DE SACRIFICAR (crucial para quem quisesse entrar no Santurio), A RESPOSTA J TERIA SIDO SUA!

    Caro leitor, no basta ser fiel, justo, temente e permanecer apenas diante do Santurio, assim como no basta entrar sem estar limpo, por isso, a

    Resposta vem quando existe uma juno de ambos. Eles tinham que juntar a esperana, o amor e a confiana, a uma atitude de entrar no Santurio, e nas mos com o seu melhor, voluntariamente.

    E, Zacarias e Isabel, mesmo no tendo o seu sonho realizado, nunca blasfemaram contra Deus, nunca O deixaram de amar ou de serem

    fiis a Ele! Por isso, entre no Santurio domingo, para alm de determinado, com o corao limpo, sem mgoa, seja contra um familiar, amigo, conhecido/desconhecido, ou at contra o prprio Deus, pois, s assim, voc sair com A RESPOSTA!

    Quando ele entrou no Santurio, a Resposta estava l dentro, sua espera!

    ...mantenha-se bem! Jlio Freitas

    CEDIDA

    Sou a IRACELMA SANTOS. Sentia uma tristeza muito grande, acompanhada de um medo de dormir e no acordar mais. Tive foras para lutar contra o medo e as inseguranas. Hoje, sou uma jovem cheia de vida, para mim e para dar aos outros!

    Sentia uma tristeza muito grande, acompanhada de um medo de dormir e no acordar mais. Tive foras

    Hoje, sou uma jovem cheia de vida, para

    PUB

    Sou o JOO FERREIRA. Era um jovem rebelde e que vandalizava tudo o que podia! Hoje, a rebeldia pertence ao passado! Sou um bom aluno, bom fi lho e tenho uma loja de calado, vesturio e acessrios.

    EMPRESRIO

    reunio /// A HORA DO MILAGRE ///9h30

    RIO DE MOURO

    PORTO

    CEDIDA

  • realizar casamentos realizar batizados (adultos) dar aconselhamento matrimonial aconselhar e acompanhar indivduos toxicodependentes aconselhamento pastoral participar na Santa Ceia a realizao da uno com leo visitas ao domiclio visitas a doentes no hospital visitas a presidirios distribuio de cestas bsicas s famlias carenciadas distribuio de bens (roupas, moblias, eletrodomsticos, etc.) a pessoas carenciadas acolher o Instituto Portugus do Sangue nas suas instalaes para a doao de sangue ajudar a manter o Lar de Idosos Universal a apresentao de crianas (no batiza crianas, somente adultos) participar no grupo de jovens "Fora Jovem" a realizao de oraes a entrada nas igrejas e participao nos cultos a participao em concentraes, em locais como: Coliseu dos Recreios, Pavilho Rosa Mota, estdios, Pavilho Atlntico, etc. ajudar a manter a Sociedade Pestallozi (presta assistncia aos portadores da sndrome de Down) manter a Fazenda Nova Cana

    a realizao de cursos informticos aconselhar e apoiar na escolha de uma carreira profissional atendimento telefnico 24 horas apoio a mulheres vtimas de abusos apoio e aconselhamento a indivduos dependentes alcolicos visitas a lares de terceira idade dar alimento aos sem-abrigo apoio em catstrofes a realizao de atividades ldicas e desportivas com os jovens aconselhamento e campanhas na preveno do HIV transporte de pessoas com dificuldades de locomoo estacionamento no parque da Igreja estudos Bblicos realizados entrada e participao no maior Congresso Financeiro do Pas realizao de funerais distribuio do leo Santo de Israel cursos de Teologia (IBURD) milagres que acontecem em todos os Centros de Ajuda espalhados pelo Mundo.

    S ensina s pessoas a VERDADE. O dzimo, como tambm as ofertas, so mandamentos bblicos.

    O C

    ENTR

    O D

    E A

    JUD

    A N

    O

    CO

    BR

    A P

    AR

    A D

    Sacrificando diariamente pelo seu ideal!

    GRANDE LISBOA

    Pvoa St. Adrio Rua General Alves Roadas, n 4

    BenficaAv. Gomes Pereira, n 39A

    Pontinha Estrada Militar, s/n

    Amadora Rua Heris da Aviao, n 2C

    Centro de Ajudano Imprio Alameda D. Afonso Henriques, n 35

    CacmPraceta da Fraternidade Universal, n 28 A

    Mercs Rua Dr. Joo de Barros, n 14

    S. Joo do EstorilRua Sacadura Cabral, n 102C

    Rio de MouroCalada da Rinchoa, lt. B1

    Torres VedrasEdifcio Choupal, bloco D, r/c

    Santarm Largo Comendador, n 01

    Alhandra Rua dos Combatentes, n 10B

    Caldas da RainhaRua Raul Proena, n 25/27

    AlmadaAv. 23 de Julho, n 14/16/18, Cova da Piedade

    Cruz de Pau Rua da Cordoaria, Qt. das Cordas, n 42, Vale dos Gatos

    Baixa da Banheira Estrada Nacional 11, n 243

    Montijo Rua da Indstria Corticeira, lt. 16E

    Setbal Avenida do Alentejo, n 30, Quatro Caminhos

    vora Av. So Sebastio, s/n NORTE

    Matosinhos Av. Villagarcia de Arosa, 1038

    Braga Av. Imaculada Conceio, 567

    Vila Nova de GaiaRua da Rasa, n 230

    S. J. da Madeira Rua General Norton de Matos, n 201

    Pvoa de VarzimAv. Mouzinho de Albuquerque, n 46

    Paredes Av. Comendador Ablio Seabra, entrada 7

    Rio Tinto Rua Ferno Magalhes, n 306CENTRO

    Coimbra Rua do Sota, n 20

    LeiriaRua Capito Mouzinho de Albuquerque, n 105

    AveiroAv. D. Loureno Peixinho, 181

    ViseuRua Vila Lusitana, n 15

    SUL

    Portimo Largo Gil Eanes, lt. A

    Faro Largo de So Sebastio, n 10

    ILHAS

    Madeira / Funchal Rua Dr. Brito Cmara, n 33

    Aores / Ponta DelgadaRua da Boa Nova, n 5

    Info: Aqui esto apenas apresentadas as nossas sedes regionais, mas existem mais de 110 Centros de Ajuda espalhados um pouco por todo o pas. Para saber qual o mais prximo de si v a iurd.pt ou, ento, ligue para a nossa linha amigo 24H.

    CENTROS deAJUDA em Portugal Continental e Ilhas

    Sede Internacional da EuropaRua Dr. Jos Esprito Santo, n 36 - Chelas(prximo da estao de metro)

    Centro de Ajuda no PortoRua Egas Moniz, n 485

    visite-nos em iurd.pt

    L iteralmente, todos os que se consideram batizados no Esprito Santo, filhos e herdeiros de Deus, obrigatoriamente, tm de estar enquadrados no texto:Eis aqui o meu servo, a quem sustenho; o meu

    escolhido, em quem a minha alma se compraz; pus sobre ele o meu Esprito, e ele promulgar o direito para os gentios (Isaas 42.1).

    Essa palavra saiu da boca do Deus-Pai diretamente para o Seu Filho Jesus.

    Jesus o Meu Servo;Jesus O escolhido em Quem a

    Minha alma se compraz;Jesus Aquele a Quem Eu enchi do Meu Esprito, eJesus tornar pblico o direito para os gentios (no judeus). impossvel para algum que no servo, que no escolhido

    de Deus, que no cheio do Esprito Santo e que no serve de testemunha da justia de Deus, neste mundo, ser filho de Deus.

    O modelo de servo de Deus, de escolhido de Deus, que agrada a Deus, que tem o Esprito de Deus e que serve de testemunha viva da ressurreio do Senhor Jesus no deixa qualquer dvida em relao aos que so daqueles que no so de DEUS.

    Algum duvida disso?

    DOMINGO 11 de agosto de 2013

    folha centro de ajuda / refl exo4i

    folha centro de ajudafolha centro de ajudafolha centro de ajuda

    Modelo de fi lho

    mensagem

    bispomacedo.com.br/blogyoutube.com/obispomacedo

    twitter.com/BispoMacedo

    facebook.com/BispoMacedo

    PELA RDIO DIARIAMENTE: 95.0 FM 23H Record FM 107.7 23h30 Liz FM 101.3 23H Gaia FM 95.5 23H IURDTV, diariamente, pelas 16H (hora de Lisboa)

    Acessos oficiais do bispo Macedo

    BISPO Edir Macedo

    Que Deus abenoe a todos.

    PUB

    Jesus tornar pblico o direito para os gentios

    Visite: bispomacedo.com.br

  • *Com Lusa

    O mtodo inovador, denominando mulching consiste na distribuio pelos solos consumidos pelo fogo de uma camada de restos f lorestais triturados, que a equipa cientfica cr poder reduzir, em mais de 40 por cento, a escorrncia de guas nos terrenos ardidos.

    H terrenos que chegam a perder vrias dezenas de toneladas de solo por hectare, durante o primeiro ano, depois de um incndio, explicou Srgio Alegre, investigador do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar da UA, Lusa.

    O investigador salienta que matrias- -primas para triturar e aplicar no faltam em Portugal, como por exemplo as cascas

    da madeira utilizada pelas fbricas de pasta de papel. um material muito bom pois tem fibras longas que se adaptam ao

    solo formando uma espcie de rede que retm gua e sedimentos.

    O mulching pode igualmente fazer uso do que sobra das podas e de restos derivados das limpezas dos matos, dos jardins ou das bermas das estradas que, na maioria dos casos, so enviados para lixeiras. i.b.

    DOMINGO 11 de agosto de 2013

    09portugal

    Menos rea ardida

    Factos Seis bombeiros sofreram ferimentos ao combater as chamas em Cicouro, Miranda do Douro. Um acabou por falecer devido as queimaduras em 90 por cento do corpo e o outro, com 70 a 80 por cento da superfcie corporal afetada, mantm uma situao clnica grave e um prognstico muito reservado.

    Os bombeiros foram surpreendidos numa mudana brusca de vento e ficaram encurralados no meio do fogo, entre Cicouro e So Martinho de Angeira, junto fronteira com Espanha.

    Em Boticas, num acidente similar, outros cinco bombeiros sofreram ferimentos ligeiros.

    Nas duas situaes, os carros em que seguiam arderam.

    A Fora Area Portuguesa vai estar no terreno pela primeira vez

    Incndios provocaram 15.957 hectares de rea ardida, menos 13.179 hectares do que em 2012. A chuva e a primavera mais fria desde 1993 tm ajudado

    Este ano os incndios florestais consumiram uma rea de 15.957 hectares, menos 57 por cento do que em igual perodo de 2012, revela o Instituto da Conservao da Natureza e das Florestas (ICNF).

    O maior incndio, registado at data, comeou a 09 de julho no concelho de Alfndega da F (Bragana) e estima-se que ter consumido uma rea aproximada de 13.176 hectares, dos quais cerca de 8.936 so espaos florestais, indica o ltimo relatrio provisrio de incndios florestais do ICNF, a que a Lusa teve acesso.

    Segundo o documento, entre 01 de janeiro e 15 de julho registaram-se 5.489 ocorrncias de fogo, metade do que no mesmo perodo de 2012, quando j tinham deflagrado 11.167.

    O relatrio provisrio destaca igualmente que mensalmente at junho os valores, quer do nmero de ocorrncias quer da rea ardida, foram substancialmente inferiores s mdias mensais dos ltimos dez anos devido chuva e primavera mais fria desde 1993. Porm, os primeiros 15 dias de julho contrariam essa tendncia, com valores superiores mdia.

    Segundo o ICNF, o ms de julho foi o que registou o maior nmero de

    ocorrncias (1.940) e de rea ardida (11.846 hectares) este ano. Alm do incndio do distrito de Bragana, este ano registaram-se ainda 11 grandes incndios, os quais consumiram mais de 100 hectares.

    De acordo com o Jornal de Notcias e dados das ocorrncias disponibilizados pela Autoridade Nacional de Proteo Civil, do total de ocorrncias em julho, 1.214 (35,4 por cento) registaram-se durante a noite. i.b.

    Combate eroso aps incndiosEquipa de investigadores da universidade de Aveiro (UA) est a estudar a aplicao de uma tcnica para reduzir a eroso dos solos florestais onde ocorreram incndios

    Mais de um tero dos fogos surgem durante a noite

    O mtodo pode reduzir em mais de 40% a escorrncia de guas nos terrenos ardidos

    -Os incndios florestais consumiram em 2013 uma rea de 15.957 hectares

    investigao

    PUB

    NUNO ANDR FERREIRA/LUSA

    PAULO CUNHA/LUSA

  • folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 2013

    10

    CABELEIREIRA, em Santana, faa marcaes atravs do: 918 808 671

    MODA, Pronto moda em Mirandela, contacto 914 459 130

    DOCES TRADICIONAIS, fao doces tradicionais na regio da Grande Lisboa, contacte-me atravs de: 961 466 731

    DOCES, fao brigadeiros e gomas na regio de Faro, faa a sua encomenda atravs de: [email protected] / 969 320 843

    REMODELAES, fao remodelaes gerais na margem Sul, contacte-me atravs de: [email protected] / 963 297 634

    PASTELARIA,,fao todo o tipo de salgados, na regio de Faro, faa encomendas atravs de: [email protected] / 920 035 827

    COSTURA, fao servio de costura na regio de Aveiro, contacte-me atravs de: [email protected] / 963 105 622

    DOCES E SALGADOS, fao na regio da Amadora, aceito encomendas atravs de: 968 368 174

    COMERCIALIZO, frutas na regio de Bragana, contacte-me atravs de: [email protected] / 914 185 053

    CANALIZADOR, fao servios de canalizador, assistncia 24 horas, contacte-me atravs de: 919 357 398

    PASTELARIA, venha conhecer as nossas especialidades na regio de Faro, contacte-nos atravs de: 918 535 037 / [email protected]

    PINTURA DE AUTOMVEIS, na regio de Bragana, contacte-me atravs de: 917 057 748

    LIMPEZAS, fao servio de limpezas nas Paivas e na Amora, contacte-me atravs de: [email protected] / 969 108 242

    CONSTRUO CIVIL, fao pinturas na regio de Setbal, contacte-me atravs de: 965 736 517

    ELETRICISTA, fao servio de eletricista na margem Sul, contacte-me atravs de: [email protected] / 967 730 709

    COSTURA E BIJUTERIAS, fao arranjos de costura e bijuterias no concelho do Seixal, contacte-me atravs de: [email protected] / 966 431 744

    IMPORTAES E EXPORTAES, trabalho na regio da Amadora, contacte-me atravs de: [email protected] / 967 865 900

    LIMPEZAS, fao limpezas em estabelecimentos comerciais e residncias na regio de Bragana, contacte-me atravs de: 934 652 501

    ABERTURA DE PORTAS, CHAVES E FECHADURAS, fao reparaes, na regio da Grande Lisboa, contacte-me atravs de: [email protected] / 968 271 412 / 910 259 838

    BOLOS AFRICANOS, fao bolos africanos na regio de Odivelas, contacte-me atravs de: [email protected] / 964 618 780

    JARDINAGEM, fao servio de jardinagem na regio de Bragana, contacte-me atravs de: 935 069 051

    PORTAS DE SEGURANA na Amora e nas Paivas, contacte-me atravs de: [email protected] / 938 895 875

    COSMTICA, fao recrutamento e venda de perfumaria e cosmtica, contacte-me atravs de: [email protected] / 962 003 329

    AGNCIA IMOBILIRIA, para compra e vendas de imveis contacte-me atravs de: [email protected] / 966 617 020

    SALGADOS, fao salgados na regio da Amadora, contacte-me atravs de: [email protected] / 967 121 533

    PINTURA, fao servios de pintura na margem Sul, contacte-me atravs de: 969 144 563

    CLASSIFICADOSCLASSIFICADOS fao doces tradicionais na regio

    da Grande Lisboa, contacte-me atravs de: 961 466 731DIVERSOS

    DOCES E SALGADOS, fao para venda na regio de Sines: [email protected] / 933 353 070

    CABELEIREIRA, no Largo de Santa Maria, marcaes atravs de: [email protected] / 960 273 890

    DIVERSOS, fao salgados, tissagem e tranas na regio da Amadora, contacte-me atravs de: [email protected] / 963 431 029

    VENDO, produtos de beleza, na regio de Setbal, contacte-me: 912 380 330

    VENDO, plantas medicinais em Vila Real, aceito encomendas, contacte-me atravs de: [email protected] / 961 165 733

    VENDO, roupas e lingerie em Vila Real, contacte-me atravs de: 919 703 076

    CARPINTARIA, fao trabalhos de carpintaria de construo civil na regio da Grande Lisboa contacte-me atravs de: [email protected] / 968 956 798

    COSTURA, fao trabalhos de costura na regio de Odivelas, contacte-me atravs: 963 962 533

    MANICURE E PEDICURE, fao manicure e pedicure na Ramada, contacte-me atravs de: [email protected] / 967 994 080

    CABELEIREIRA, fao servio de cabeleireira em Odivelas, contacte-me atravs de: 917 176 375

    COSMTICA NATURAL E DECORAES, em Odivelas, contacte-me atravs de: 964 856 260

    SALGADOS, fao salgados na regio de Aveiro, contacte-me atravs de: [email protected]/ 966 222 923

    CHURRASQUEIRA AMBULANTE, vendo frangos assados, churrasqueira ambulante em Bragana, contacte-me atravs de: [email protected] / 968 184 060

    CANALIZADOR E PEDREIRO, fao servios na margem Sul, contacte-me atravs de: 960 475 583

    ELETRICIDADE GERAL, fao servios de eletricidade geral na margem Sul, contacte-me atravs de: [email protected] / 962 236 137

    VENDAS, produtos da Herbalife na rea da Baixa da Banheira. Contacte-me atravs de: 919 567 633/ 963 128 912

    VESTURIO, vendo roupas e sapatos, contacte-me atravs de: 967 851 420 / [email protected]: Cruz de Pau

    INSTALAES INDUSTRIAIS, para usufruir dos nossos servios, contacte-nos atravs de: 912 349 787Zona: Amora

    COMPUTADORES, presto servios na rea de informtica. Contacte-me atravs de: 912 891 968/ [email protected]

    SERVIOS, presto servios de pedreiro, na regio de Olho. Contacte-me atravs de: 913 241 695/ [email protected]

    MARKETING & EVENTOS, presto servios na grande rea do Algarve. Contacte-nos atravs de: 913 375 502/ 919 247 835 / [email protected]

    AUXILIAR DE INFNCIA, ofereo os meus servios na regio de Olho. Contacte-me atravs de: 912 573 585/ Irina_sofi [email protected]

    COMIDA, vendo po na regio de Tavira. Faa j a sua encomenda atravs de: 920 047 272/ [email protected]

    PNEUS, a empresa Auto Pneu Cacelence presta os seus servios na regio de Cacelas. Para mais informaes contacte-nos atravs de: 281 952 784/ [email protected]

    ESTTICA, fao servio de massagista e esteticista na regio do Algarve. Contacte-me atravs de: 914 286 900/ 924 272 634/ [email protected]

    SUPERMERCADO, localizado na Luz de Tavira. Com os melhores produtos sua disposio. Contacte-nos atravs de: 910 378 850

    CONSTRUO CIVIL, presto servio na rea de construes/remodelaes na regio de Tavira. Contacte-me atravs de: 969 108 509/ [email protected]

    ENERGIA, somos uma empresa de energias renovveis, situada em Ponta Delgada. Contacte-nos atravs de: 912 940 466 / [email protected]

    RESTAURANTE E ALOJAMENTO, venha conhecer as nossas especialidades e servios. Contacte-nos atravs de: 969 672 480/ [email protected] Zona: Ponta Delgada/Aores

    OFICINA, fazemos reparaes de automveis na Ponte de Frielas, em Loures. Contacte-nos atravs de: 914 706 495/ [email protected]

    CABELEIREIRO UNISEXO, na regio da Flamenga/Loures. Faa j a sua marcao para os seguintes contactos: 965 028 716/219 881 878/ [email protected] (NOVO VISUAL), presto servios

    de esteticista em Odivelas/Loures. Faa j a sua marcao para os seguintes contactos: 964 486 221/ [email protected]

    VENDAS, produtos de beleza para africanos na Baixa da Banheira. Faa j a sua encomenda. Contacte-nos atravs de: 968 508 605/ [email protected]

    VENDAS, quintal no bairro Mouro da Luz Luanda, na Baixa da Banheira. Para mais informaes, contacte-me atravs de: 968 831 641/ [email protected]

    VENDAS, produtos africanos e produtos da Avon Cosmetics, na regio da Baixa da Banheira. Para mais informaes, contacte-me atravs do: 969 224 691/ [email protected]

    SERVIOS, prestamos servio de remodelao de construo civil, na regio da Baixa da Banheira. Contacte-me atravs do: 964 369 300/ [email protected]

    SERVIOS, fazemos trabalhos de Artes Decorativas e Artesanato, estando localizados na Baixa da Banheira. Contacte-nos atravs de: 968 777 469 / [email protected]

    VENDAS, txteis e cosmticos na regio da Baixa da Banheira. Para mais informaes contacte-nos atravs de:961 888 064 / [email protected]

    LAR DE IDOSOS, oferecemos os nossos servios na Baixa da Banheira. Faa-nos uma visita. Contacte-nos atravs de: 963 161 019 / [email protected]

    MUDANAS, fao mudanas na margem Sul. Contacte-me atravs de: 925 966 741/ [email protected]

    TELECOMUNICAES, presto servio no Barreiro. Para mais informaes, contacte-me atravs de: 963 440 727/ [email protected]

    SALGADOS, e respetiva distribuio na regio de Setbal. Contacte-me atravs de: 967 525 003 COMIDA, Churrasquinho Brasileiro, uma delcia sua porta!

    Faa j o seu pedido! Contacte-nos atravs de: 914 606 107 Zona: Setbal

    APARTAMENTOS, arrendamos apartamentos na regio de Setbal. Para mais esclarecimentos contacte-nos atravs de: 968 614 699

    VENDAS: bijuteria e quadros africanos na Baixa da Banheira. Contacte-me atravs de: 963 173 628/ 217 917 833

    BOLOS E SALGADOS, confeciono bolos e salgados a rea da Baixa da Banheira. Contacte-me atravs de: 969 655 584

    CES DE RAA, fao criao de ces de raa pequena em Mafra. Para mais informaes, contacte-me atravs de: 935 706 101 / lulaval[email protected]

    SALGADOS, fao salgados por encomenda na rea da Fonte da Prata. Contacte-me atravs de: 211 815 050

    ARTESANATO, vendo artigos em trapilhos e artesanato na rea da Marinha Grande. Contacte-me atravs de: 912 312 848

    MASSAGENS, fao massagens ao domiclio e vendo produtos cosmticos na rea da Moita.Para mais informaes, contacte-me atravs de: 919 109 536

    DIVERSOS,, fao salgados e doces. Aplico extenses e tranas africanas na zona da Moita.Contacte-me atravs de: 961 123 622/ [email protected]

    O Centro de Ajuda e a Folha de Portugal no se responsabilizam pela qualidade do servio oferecido nos classifi cados, nem pelo facto de algum tentar usufruir de um servio ou material sem querer pagar, por se intitular membro do CdA

    OBRAS, executamos remodelaes na regio de Almada. Para mais informaes, contacte-nos atravs de: 964 954 384 / [email protected]

    BAR, Hula-Hula Bar Faa-nos uma visita na Costa da Caparica. Contacte-nos atravs de: 919 095 557 / [email protected]

    PASTELARIA, fabrico bolos caseiros na rea da Costa da Caparica. Faa j a sua encomenda atravs de: 960 124 887

    BOLOS, bolos caseiros na rea da Costa da Caparica. Experimente! Contacte-me atravs de: 917 387 191SALO, cabeleireira presta servios em Linda-a-Velha. Para

    mais informaes, contacte-me atravs de: 968 910 871

    VENDAS, vendo salgados e produtos cosmticos para todos os locais, principalmente na rea de Carnaxide. Contacte-me atravs de:926 030 926 / [email protected]

    SERVIOS, presto servios na rea de gestor comercial da Zon TVCabo em Lisboa e restantes reas. Contacte-me atravs de: 927 976 034 / [email protected]

    TABOR SUPERMERCADO, comrcio retalhista no Pragal em Almada. Contacte-nos atravs de: 969 543 437

    IMOBILIRIO, servios de angariador imobilirio na zona de Almada. Assertividade e profi ssionalismo. Contacte-me atravs de: 927 413 934 / [email protected]

    DISTRIBUIDORA DE PRODUTOS COSMTICOS, Group FM. Para mais informaes, contacte-nos atravs de: 924 063 505 / [email protected]

    RESTAURANTE, faa uma visita ao restaurante Artes e Sabores, na zona de Queijas . Contacte-nos atravs de: 214 100 757

    MOTORODRI, comrcio de motos Unipessoal, Lda. Compra e venda de motos. Contacte-nos atravs de: 917 589 195 / [email protected] Zona: Estoril

    BORDADOS, fao bordados na zona de Queijas. Contacte-me atravs de: 965 793 275

    COMIDA, empresa de salgados presta servio na Zona de Linda-a-Velha. Contacte-nos atravs de: 910 811 598 / [email protected]

    SALGADOS, vendo salgadinhos, na Baixa da Banheira. Contacte-me atravs de: 964 516 763

    A LOJINHA DA TITI, na Baixa da Banheira: venda de artigos em 2 mo. Contate-nos atravs de: 926 184 256/ [email protected]

    ARTESANATO, fao quadros e pratos decorativos c/ versculos bblicos (passo recibo), na rea da Baixa da Banheira. Contacte-me atravs de: 963 173 628/ 217 917 833/ [email protected]

    AGNCIA IMOBILIRIA, situada na Baixa da Banheira. Venda e arrendamentos. Contacte-nos atravs de: 926 184 256/ [email protected]

    DESIGN GRFICO, presto servios de design grfi co na rea de Rio Tinto. Contacte-me atravs de: 919 763 475/ [email protected]

    XAROPE CASEIRO, fao xarope caseiro na rea de Rio Tinto. Faa j a sua encomenda atravs de: 916 473 011

    CAF SNACK BAR, na zona da Boavista, no Porto. Contacte--nos atravs de: 965 403 806 / [email protected]

    GLOBALIMPA, empresa de Limpezas Industriais, situada em Gondomar. Contacte-nos atravs de: 934 362 762/ [email protected]

    FABRICO DE PALETES E RECOLHA DE FERRO VELHO, na Castanheira Alcobaa. Contacte-nos atravs de: 916 154 744/ [email protected]

    DOCES E BOLOS, fabricamos doces e bolos no Casal da Areia, em Alcobaa. Contacte-nos atravs de: 914 191 835 / [email protected]

    ARTESANATO, efetuamos trabalhos de artesanato em Alcobaa. Para mais informaes, contacte-nos atravs de: 914 105 389 / [email protected]

    MVEIS, fabricamos mveis em ferro, camas de ferro e candeeiros em Paio do Meio. Contacte-nos atravs de: 917 210 245 / [email protected]

    INFORMTICA, presto servios de informtica na regio de Leiria. Contacte-me atravs de: 914 853 701/ [email protected]

    SERVIOS, presto servio de cuidados a idosos na Marinha Grande. Contacte-me atravs de: 913 763 815

    VENDO ARTIGOS DIVERSOS, para mais informaes contacte-me atravs de: 914 488 515, Zona: Marinha Grande

    VENDO ROUPA, na zona do Barreiro. Contacte-me atravs de: 212 060 386

    TALHO, as melhores peas de carne, aos melhores preos, no Vale da Amoreira. Contacte--nos atravs de: 967 828 733/ [email protected]

    TRABALHOS DOMSTICOS, fao todo o tipo de trabalhos domsticos na rea da Moita. Contacte-me atravs de: 967 781 694

    LIMPEZA, fao limpeza a prdios e casas, como tambm passo ferro ao domiclio. Contacte-me atravs de: 917 405 697/ 935 440 236. Zona Moita

    SOALHOS FLUTUANTES, presto servios de fornecimento e aplicaes de soalhos fl utuantes. Polir e envernizar, em Correlh. Contacte-me atravs de: 933 510 181

    ELETRODOMSTICOS, vendo eletrodomsticos em Ponte de Lima. Contacte-me atravs de: 258 941 664 / [email protected]

    SALO PATY CABELEIREIROS, presto servio de cabeleireiro, esttica e unhas de gel e gelinho em Almeirim. Contacte-me atravs de: 913 522 752

    DOMSTICA, limpo e passo a ferro. Contacte-me atravs de: 913 414 099

    CABELEIREIRA, presto servio de cabeleireira no Trofa Shopping. Contacte-me atravs de: 252 415 438

    COSTURA, fao trabalhos de costura e arranjos em Oliveira S. Mateus. Contacte-me atravs de: 914 190 408

    TAKE AWAY, restaurante take away Alfa, no centro de V. N. de Famalico. Faa j a sua encomenda atravs de: 913 977 112

    LAVANDARIA, engomadoria e costura ao seu dispor em Mafra. Contacte-nos atravs de: 919 404 670 / [email protected]

    MODISTA, ofereo os meus servios de modista na rea de Mafra. Contacte-me atravs de: 912 148 841 / [email protected]

    LAVANDARIA E ENGOMADORIA, em Mafra, Ericeira. Contacte-nos atravs de: 916 045 202/ [email protected]

    CABELEIREIRA, presto servio de cabeleireira na zona da Malveira. Contacte-me atravs de: 913 677 423 / [email protected]

    PUB

  • economia /// 1,14 MIL MILHES DE EUROS EM REMESSAS folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 201311

    P ortugal foi, durante muitos anos, um pas que exportava muita mo de obra para o estrangeiro, muito pela falta de oportunidades que se verificava por c, uma vez que, imperava um regime de ditadura que no abria muitas portas para quem necessitasse de trabalho. As pessoas que sentiam mais dificuldades eram, principalmente, as que viviam nas regies do interior visto que, se nas cidades as coisas iam correndo menos mal, no interior a misria era muito mais sentida.

    A grande leva de emigrantes dessa poca fez com que os portugueses voltassem s viagens de outros tempos e se espalhassem por vrios

    pases, pelo que comum dizer-se que existe um portugus em todos os cantos do Mundo. Desde a Austrlia, China, frica, Amricas e Europa, em todos os lugares existem grandes

    fazem entrar mais dinheiro em PortugalA situao tem paralelo com os finais da dcada de oitenta e meados da de noventa, o que atesta que os nmeros da emigrao so semelhantes aos daquela poca

    comunidades de portugueses.Nos Estados Unidos, por

    exemplo, h luso descendentes que ocupam cargos no Governo, e em Frana existem alguns que lideram autarquias.

    Desde de sempre o objetivo dos portugueses que saam do pas era alcanar um nvel de vida melhor, poder construir uma boa casa na terra natal, ou abrir um negcio prprio.

    Tornou-se normal no ms de agosto ver os emigrantes regressarem ao seu pas de origem para matar saudades da famlia e amigos, assim como participar nas romarias e levar consigo os produtos da terra, ajudando economia local.

    Os novos emigrantesOs novos emigrantes portugueses so muito mais qualificados do que os

    das dcadas de 60 e 70, o que pode hipotecar o futuro do nosso pas, pois a capacidade produtiva pode vir a ser bastante afetada no futuro e, consequentemente, a situao

    econmica no ver melhoras.Durante os primeiro cinco meses

    de 2013 os emigrantes portugueses mandaram mais 9,12 por cento de remessas para Portugal, um aumento que representa 1,14 mil milhes de euros. Os pases de onde foram enviadas mais remessas foram a Frana e a Sua, correspondendo a 76,8 e 53 milhes de euros, respetivamente.

    EMIGRANTES

    Balana comercial de remessasSe de uma forma geral a balana comercial portuguesa est sempre ou quase sempre desequilibrada, este Governo conseguiu obter algum lucro, em parte por via da diminuio do consumo interno, que originou uma diminuio das importaes, existindo assim mais exportaes que importaes.

    Entraram mais remessas do que as que saram de Portugal

    Este saldo positivo tambm foi registado nas remessas, ou seja, entraram mais remessas do que as que saram de Portugal. Estes valores mostram que Portugal deixou de ser um pas que recebe muitos imigrantes, passando a ser um pas que exporta muitos emigrantes que, como h algumas dcadas atrs, continuam em busca de melhores condies de vida longe do seu pas.

    Os pases de onde foram enviadas mais remessas foram a Frana e a Sua

    JOO FILIPE [email protected]

  • 12

    reportagem /// 40,2 MIL ME PARA A DESCONTAMINAO DOMINGO 11 de agosto de 2013folhadeportugal.pt

    O acidente nuclear de Fukushima, no Japo, ocorreu a 11 de maro de 2011, na sequncia de um sismo seguido de um maremoto. Depois do tsunami que desencadeou a pior crise nuclear desde Chernobyl, o Governo deu incio s operaes de limpeza e determinou uma zona de excluso de 20 quilmetros em torno da central, por causa dos nveis elevados de radiao, o que faz com que, ainda hoje, dezenas de milhares de pessoas continuem deslocadas.

    O projeto, para alm de se encontrar atrasado, tem recebido vrias crticas, sobretudo pelo facto de no estar a ser eficaz, visto que mesmo depois da

    crise nuclear

    Descontaminao na zona de Fukushima insuficienteO projeto de descontaminao tem recebido vrias crticas, sobretudo por causa da sua ineficcia, visto que os nveis de radiao se mantm elevados

    descontaminao, os nveis de radiao se mantm muito elevados em algumas zonas. Organizaes ambientalistas como o Greenpeace, consideraram j que os trabalhos de descontaminao so irregulares, mal geridos e insuficientes.

    Custos mais elevadosOs trabalhos de descontaminao na rea de Fukushima, o epicentro da crise nuclear do Japo, vo custar 5,13 bilies de ienes (cerca de 40,2 mil milhes de euros), um valor que chega a ser quatro vezes superior quele que foi oramentado pelo Governo.

    Na estimativa do grupo de trabalho do Instituto Nacional de Cincias e Tecnologias Avanadas do Japo (AIST), o custo da limpeza alcanar

    os dois bilies de ienes (15,1 mil milhes de euros) na zona de excluso e mais de 3 bilies (22,7 mil milhes de euros) na restante rea afetada. At agora, o

    Governo apenas destinou um bilio de ienes (7,6 mil milhes de euros) para os trabalhos de limpeza e descontaminao.

    A estimativa apresentada pelo

    grupo de especialistas baseia-se nos gastos incorridos pelo Governo e nos dados facultados pelas administraes locais, que incluem o custo da transferncia e armazenamento de resduos radioativos e ainda da terra contaminada. Junko Nakanishi, uma das autoras do estudo, criticou o facto de o Governo estar a avanar com os trabalhos

    sem saber quanto custar atingir os nveis de limpeza que satisfaam as expetativas dos residentes.

    De acordo com a Lusa, um estudo publicado em 2012 indicou que mais de 75 por cento dos 40 postos de medio que o Governo japons tinha na cidade de Fukushima

    mostravam nveis de radiao at seis vezes menores do que aqueles que eram detetados com os medidores da Greenpeace.

    O projeto de descontaminao tem recebido vrias crticas

    JOANA OLIVEIRA [email protected]

    O nvel de radioatividade da gua de Fukushima ainda igual ao de 2011

    A catstrofe nuclear deu-se na sequncia de um sismo se-guido de um tsunami

    18 meses depois, o peixe capturado na costa leste do Ja-po continuava contaminado

    Recentemente foi detetada pela primeira vez uma fuga de gua radioativa do poro da central para o mar

    Os nveis de radiao ainda se mantm muito elevados em algumas zonas

    SABIA QUE...EPA

  • PUB

  • folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 2013

    14

    bem-estar /// OS SUMOS NATURAIS AJUDAM NA DESINTOXICAO

    Preparao: Parta o chocolate em pedaos pequenos e derreta num tacho juntamente com a margarina. Retire do lume por instantes e adi-cione os quatro ovos inteiros. Mexa bem at os ovos estarem envolvidos na mistura. Coloque novamente ao lume e junte o sal, a baunilha, o acar, a farinha e o fermento pela ordem indicada. Mexa at criar uma mistura homognea.Adicione as nozes e envolva no preparado ante-rior. Retire do lume.Forre uma forma retangular com papel de alu-mnio e adicione o preparado. Leve ao forno previamente aquecido a 180 du-rante 25 minutos.Quando estiver pronto, corte em pequenos re-tngulos e sirva.

    BROWNIE DE CHOCOLATE

    Ingredientes: 4 ovos inteiros 375g de margarina 350g de chocolate de culinria 250g de acar 224g de farinha sem glten 200g de nozes descascadas 1 colher de ch de sal 1 colher de ch de baunilha 1 colher de caf de fermento em p

    F CULINRIA

    1 - Melo e MaIngredientes: 2 mas, 500g de polpa de melo, meio (1/2) limo.Preparao: Lave as mas e remova o caroo. Corte em pedaos as mas e a polpa de melo. Junte o sumo de limo e misture tudo (na mquina de fazer sumos ou com a batedeira eltrica).

    5 sumos naturais e refrescantes

    Todos ns sabemos que os sumos naturais so muito saborosos, saciantes e que ajudam na desintoxicao e emagreci-mento

    5 - Multi-vitaminasIngredientes: 1 laranja, 1 pera, 1 cenoura, meia beterraba, 1 aipo pequeno.Preparao: Lave todos os ingredientes e descasque-os. De seguida, corte-os e junte tudo. Por fim, misture-os muito bem.

    3 - Laranja, Cenoura e BeterrabaIngredientes: 2 laranjas, 1 cenoura e 1 beterraba.Preparao: Descasque as laranjas, a cenoura e a beterraba, corte em pedaos e misture tudo.

    C om o calor que parece, finalmente, ter chegado em fora, nada mais prtico de fazer e apetecvel do que um bom sumo natural. Deixamos-lhe cinco receitas saudveis e refrescantes.

    2 - Laranja e MorangoIngredientes: 2 laranjas, 10 morangos.Preparao: Descasque as laranjas e corte em pedaos. Lave os morangos e junte-os em pedaos s laranjas; de seguida misture tudo.

    4 - Cenoura e AbacaxiIngredientes: 2 laranjas, 1 cenoura, 100g de polpa de abacaxi.Preparao: Descasque as laranjas e a cenoura e corte em pedaos. Junte a polpa de abacaxi e misture tudo novamente na mquina de fazer sumos ou com a batedeira eltrica.

    Os sumos naturais so saudveis e refrescantes

    DICA: Consuma os sumos logo depois de os fazer, porque os alimen-tos perdem nutrientes quando esto muito tempo expostos ao ar.Com tantos sumos fceis de fazer e to saborosos, s meter mos obra!

    1

    2

    3

    4

    5

    JOANA OLIVEIRA [email protected]

    PUB

  • ISABEL BARBOSA [email protected]

    folhadeportugal.ptDOMINGO 11 de agosto de 2013

    15

    olhar feminino /// NO FAA COMPARAES. VALORIZE-SE!

    Dar-se a conhecer

    Vivi FreitasCRNICA

    A transparncia uma virtude que impede qualquer ocultao, seja de vantagens ou desvantagens pessoais. Atra-vs da transparncia, a pessoa mostra-se na sua real condio, sem exageros, seja para o melhor ou para o pior. Atravs da mesma, passamos a conhecer-nos e policiar-nos.Nem todo o que me diz: Senhor, Se-

    nhor! Entrar no reino dos cus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que est nos cus. Muitos, naquele dia, ho de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, no temos ns profetiza-do em teu nome, e em teu nome no expelimos demnios, e em teu nome no fizemos muitos milagres? Ento, lhes direi explicita mente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade (Mateus 7.21-23).

    Estes versculos referem-se a algo muito srio: Mostram que as obras no significam que nos demos a conhecer a Deus. E o trecho mais forte, resume-se nestas palavras: NUN-CA VOS CONHECI. Temos como exemplo, os que servem ao diabo: Eles tambm tm obras, operam supostos milagres... Mas isso no significa que conhecem a Deus. Muitos esto enganados, achando que O co-nhecem, baseando-se nas suas obras. Mas o prprio Deus diz: Nunca vos conheci. E aqui reside, justamente, a gravidade da situao.

    Mas porque que Deus fala assim? Por-que a prpria pessoa no se d a conhecer a Ele! A sua falta de transparncia , na re-alidade, um orgulho que alimenta, porque prefere esconder o seu real estado. Pensa que, falando somente com Deus conseguir su-perar, mas esquece-se que, para a entrega do Filho de Deus ser completa, Ele teve que ficar N frente de todos! Ele, sim, um exemplo de transparncia.

    Amiga leitora, Deus transparente! Ele d-se a conhecer a todos. E, para que ns pos-samos chegar at Ele, tambm temos que nos dar a conhecer... Se prefere ficar no seu canto, achando que, excluindo-se, escon-dendo-se atrs do trabalho e fazendo tudo direitinho, no ser confrontada... Saiba que voc uma forte candidata a ouvir da boca de Deus: Nunca vos conheci!

    E como pode dar-se a conhecer? Primeiro, tem que saber quem voc : Andar em auto vigilncia constante, aprender a enxergar--se... Ver nas crticas negativas a seu respei-to, uma oportunidade para uma anlise interior, e descobrir mais sobre si.

    Pondere a sua real situao, exponha-a diante de Deus, busque nEle, e, se preciso for, procure a ajuda de algum que j venceu o seu eu. Essa sim, poder ajud-la!

    visite: vivifreitas.me

    PUB

    Ser que voc se valoriza? Quantas vezes j se comparou a

    algum que admira? J se sentiu anu-lada ou frustrada porque no tem as

    qualidades de quem admira?

    O valor da mulherSe cedemos ou no s presses sociais uma escolha que cada um ter que tomar. Mas ser que podemos aprender a gostar de ns prprias?

    Ento este programa para si! Pre-cisa descobrir o que vai mudar todo o seu conceito quanto s suas imperfeies. Vai detet-las e resolv-las se colocar em prtica

    o que o programa lhe vai dizer!

    Assista, dia 15 de agosto, na

    F otografias de modelos extremamente magras ou plus size publicadas em revistas condicionam a forma como as mulheres se olham. o que mostra um estudo liderado por Dirk Smeesters, da universidade Erasmus, na Holanda.

    O estudo partiu de observaes que mostraram que as mulheres com peso normal podiam aumentar ou diminuir a sua autoestima, dependendo das imagens apresentadas: ao se depararem com fotos de modelos relativamente magras, nas quais se projetavam, de alguma forma, ou muito acima do peso, com as quais no se comparavam de maneira alguma, a autoestima tendia a aumentar.

    No caso de verem fotos de mulheres muito magras, a sua autoestima diminui, pois consideram que nunca iriam conseguir chegar a esse nvel. Se as imagens forem de modelos plus size, consideram-se parecidas, ainda que, na realidade, sejam mais magras.

    Da mesma fora as mulheres acima do peso sentem-se muito mal em qualquer uma das situaes apresentadas, referem os autores. E acrescentam: O interessante que, fora do contexto das experincias

    com as imagens, todas as mulheres entrevistadas tinham um nvel de autoestima muito similar.

    A exposio destas imagens nunca deixa as mulheres indiferentes. Contudo, se a deciso passa por tentarem fazerem exerccio fsico e uma alimentao mais saudvel, tudo bem, mas se

    for para andarem deprimidas, os pesquisadores aconselham a no folhearem essas revistas.

    Lembre-se que no existem pessoas iguais. Pode at existir algum parecido fisicamente consigo, mas o carter e os gostos so diferentes. Ento, se somos nicas e especiais, devemo-nos tratar como tal. No acha?

    Se somos nicas e especiais, devemo-nos tratar como tal