Click here to load reader

Jornal Vitrine Lageana Ed. 198

  • View
    215

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Jornal Vitrine Lageana Ed. 198

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015

    OpinioSadeSegurana Destaque CidadeEducaoEsporte Poltica

    Lages, segunda-feira, 21 de setembro de 2015

    Ano 05 - Edio 198

    Ingr

    idt S

    chul

    ze

    Governo de SC autoriza obras de restaurao da SC-114, de Painel a Lages. | Pg. (3)

    ORDEM DE SERVIO

    Unifacvest realiza investimentos na modernidade do ensino superior

    em Lages. | Pg. (7)

    EDUCAOSUPERIOR

    A importncia da Direo Consciente. | Pg. (11)

    SEMANA DO TRNSITO

    LAGES GARDEN SHOPPING

    lana campanha Amo Lages

    Aconteceu nesta segunda-feira, 21, s 8h30min com um coffe break para os integrantes da imprensa e convidados, o lanamento da campanha AMO LAGES. Foi apresentado nas dependncias do Cinemark um vdeo onde empresrios, autoridades e cidados lageanos declararam seu amor por Lages. Na oportunidade o superintendente do Lages Garden Shopping, Paulo Teixeira e a gerente de marketing Mara apresentaram a programao da campanha que se estender at o ms de outubro. a populao de Lages e regio serrana sendo prestigiada pelo Shopping que verdadeiramente Ama Lages. | Pg. (14)

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015OPINIO1202

    Um nome que pode modificar o destino de Lages

    Nossa OpinioComea o ir e vir dos

    postulantes a cargos eletivosAinda temos trs meses para findar o ano de 2015 e, oficialmente adentrarmos em 2016, um ano

    atpico, pois teremos eleies em todos os municpios brasileiros. A quantidade de candidatos sempre foi expressiva e, no prximo pleito eleitoral no ser diferente do que nos anos anteriores. O que pode ser diferente sero as anulaes de votos, j que a falta de credibilidade nos polticos nunca foi to acentuada como no atual momento. A populao est perplexa com a falta de honestidade dos polticos brasileiros. Os noticirios de jornais, revistas, e redes de TV esto, todos os dias anunciando novas descobertas de aes inescrupulosas, mesquinhas e rasteiras de polticos.

    O Congresso Nacional, com raras excees est repleto de parlamentares incompetentes, desonestos, corruptos. Considerado a Casa do Povo, hoje sentimos envergonhados de um dia termos colocado para exercer mandatos eletivos e bem representar a

    sociedade brasileira nos seus legtimos interesses. H tempo que ditos senadores e deputados federais j no exercem seus mandatos para defender os direitos de uma populao que, dia-a-dia sente-se envergonhada pelos seus representantes na to famosa Casa do Povo. Ou seja, ela, que servia de abrigo aos brasileiros, hoje tida como Casa de Bandidos. O que na verdade, so os parlamentares federais, com excees de alguns que conseguiram denegrir a verdadeira Casa do Povo. Muitos no participaram em atos de corrupes, uns so isentos, outros viram e se calaram. Como mudar essa situao? O melhor seria fechar o Congresso Nacional? Passar o Brasil a limpo? Parece-nos o melhor! Nossa Ptria est manchada, aqui e l fora. Precisamos comear a colocar a Casa em ordem. Pensando nisso, 2016 est chegando. Ano eleitoral. E os postulantes a cargos eletivos, como a prefeito e vereador, j comeam a dar os primeiros passos para suas candidaturas.

    Grimpa

    Estamos vivendo em todo o Pas a Semana do Trnsito, que vai de 17 a 25 de setembro. Tomara que, alguma coisa se incuta na cabea de muitos motoristas o que deve fazer para fazer jus sua Carteira de Habilitao. Aqui em Lages, a CDL, est movimentando a Semana do Trnsito com muita comemorao, no deixando, claro, de incentivar e conscientizar pela necessidade de termos um trnsito mais humano em nossas vias pblicas. louvvel a atitude da diretoria da CDL quando, optou por comemorar a passagem da semana procurando realizar boas aes, pois o trnsito brasileiro uma arma mortfera. Para se ter uma ideia, na ltima dcada mais de 100 mil vidas foram ceifadas nas ruas e estradas brasileiras. A maioria das vtimas eram ainda cidados jovens, com idade de 20 a 35 anos, inclusive muitas crianas. hora de pensar, refletir e tomarmos uma deciso, fazendo com que tenhamos um Trnsito mais humano.

    O Lages Garden Shopping entregou aos adeptos do esporte de quatro rodas, uma pista de Kart. A inaugurao aconteceu na quarta-feira, 16, com a presena de convidados e integrantes da imprensa serrana. O evento que marcou a inaugurao da moderna pista no estacionamento do shopping foi muito prestigiado, onde destacamos a presena da jovem mineira Maiara, coordenadora do Departamento de Marketing do estabelecimento comercial, a qual distribuiu simpatia e um cordial relacionamento com a imprensa serrana.

    Luta por um trnsito mais humano

    Entretenimento com responsabilidade

    Francisco Barbosa Mendes

    Dentro da atual situao poltica que atravessa, o eleitor brasileiro, no generalizando, claro, muitos chegam a preferir pagar multa por deixar de votar que exercer o direito de cidadania no prximo pleito eleitoral. O motivo, so unnimes: no existe um nome sequer que anime ir s urnas num pleito eleitoral. A desonestidade tomou conta dos poderes constitudos. A corrupo tornou-se uma epidemia. assim o que pensam muitos eleitores.

    Entretanto, h, ainda, postulantes que no admitem participar de aes envolvidas em corrupes. Dias atrs, ouvi de algumas pessoas que

    participavam de um evento a seguinte conversao: sabe quem poder ser candidato a prefeito de Lages, o qual tem uma carreira ilibada dentro do Exrcito Brasileiro? Em primeiro plano todos j pensavam na volta da ditadura militar. Depois o informante disse: esse nome de um oficial. Chama-se Coronel Chrissthomo. Com uma carreira militar de 30 anos de caserna, onde a honestidade fator preponderante, bem que poderia dar a sua contribuio a Lages e nossa gente, disse um dos presentes.

    Mais tarde, por uma coincidncia, encontramos com o militar e comentei com ele

    sobre o que tinha ouvido. Ele foi categrico: se encontrar um partido que nunca tenha se envolvido com corrupes, e se for para ser til ao municpio de Lages e sua populao, e tambm convidado para dar meu nome para concorrer sucesso municipal da nossa cidade, no tenho dvidas que atenderei o convite observou o militar.No criticando os demais postulantes que podero aparecer para colocar seus nomes disposio de seus partidos, j hora de, termos uma opo saudvel para que um nome aparea e, sem medo de errarmos, devemos votar

    nesse cidado que, por mais de trs dcadas pertenceu s fileiras do Exrcito Brasileiro, onde honrou a instituio militar por onde passou como oficial. Experincia, disciplina, competncia e respeito coisa pblica tem at demais. E isso, bem isso, que necessitamos para estar frente Prefeitura Municipal de Lages, como prefeito, para o bem de toda a populao do municpio.Portanto, sem medo de errar, o nome do Coronel Crissthomo a melhor opo que teremos nas eleies de 2016.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201503DESTAQUE 03

    Nilt

    on W

    olff

    Milt

    on B

    aro

    Governo de SC autoriza obras de restaurao da SC-114 de Painel a Lages

    Novos investimentos na Unifacvest podem transform-la na maior instituio de ensino superior de Santa Catarina

    O governador Raimundo Colombo exibe o instrumento de assinatura da Ordem de Servio juntamente com o executivo da empresaque vai realizar a pavimentao do trecho Painel/Lages da SC-114

    O Reitor da Unifacvest, Geovani Broering informa aos integrantes da imprensa lageana sobre os investimentos j realizados e o que ainda sero investidos

    O governador Raimundo Colombo e o prefeito Flvio Tadeu Neto assinatura na manh desta sexta-feira, no Clube 1 de Junho a ordem de servio para restaurao da SC-114, no trecho de 24 quil-metros entre Painel e a BR-282, em Lages. As obras iniciam nos prximos dias e tero prazo de 24 meses para ser concluda.

    O presidente da Amures pre-feito de Correia Pinto, Vnio Forster disse que a restaurao daquele trecho vai fomentar o turismo e minimizar os custos de transporte, pois centenas de caminhes carregados de ma passam pelo trecho todo ano.

    Os prefeitos de Urupema Amarildo Gaio, Rio Rufino Ademar de Bona Sartor, Ponte Alta Carlos Luiz Morais, Campo Belo do Sul padre Edilson Jos de Souza e Lages Toni Duarte, tambm prestigiaram a soleni-dade. O prefeito Flvio Neto foi surpreendido pelo governador que confirmou a liberao de

    R$ 700 mil do Fundam, para construo de um ginsio de esportes em Painel. O ginsio de esportes um sonho dos nos-sos desportistas. Somos o nico municpio da regio que ainda no tem seu ginsio de esportes. Somos gratos ao governador por

    essa iniciativa, agradeceu o pre-feito Flvio Neto. Em sua mani-festao, o governador disse que semana que vm o prefeito Flvio j poder emitir a ordem de servio tambm do ginsio de esportes. Sobre a restaura-o da SC-114, as obras ficaro

    a cargo da empreiteira Dcio Pacheco Cia LTDA, de Unio da Vitria (PR) que tem condies de em seis meses concluir as obras. O dono da empreiteira disse que depender s da lib-erao dos recursos. Alm de uma nova base, a restaurao

    contemplar toda drenagem, retificao de algumas curvas, uma capa asfltica de cinco centmetros compactado e mel-horias de acostamento. O tra-ado da rodovia ser mantido. O investimento total da obra ser de R$ 14,4 milhes.

    Segundo fontes extraoficiais, a Unifacvest est com aproxim-adamente 7 mil universitrios. Desses, apenas 35% so lag-eanos, os restantes so oriundos de vrios estados do Brasil.

    Na quinta-feira, 17, a direo da Unifacvest recebeu a imp-rensa lageana para informar sobre os novos investimentos que esto sendo aplicados, inclu-sive com uma reforma total de todos os pavilhes que integram a universidade, assim como, as

    implantaes de inmeras mel-horias, tanto no espao fsico da unidade de ensino superior.

    O Reitor da Unifacvest, pro-fessor Geovani Broering, empol-gado com as novas realizaes, disse que: o montante que ser investido para a melhoria da Universidade, tanto no espao fsico, como no ensino, certa-mente teria condies de trazer para Lages uma das fbricas de avies que j prometeram, obs-ervou o reitor.

    Transformao

    dispensvel falar das transformaes, como biblioteca que pas-sou de 800 m para 3 mil m, laboratrios de robtica, hospital veter-inrio, duas piscinas aquecidas para hidroginstica e hidroterapia e a Cidade da Criana, para alunos do colgio, etc, etc, etc.

    Ranking MEC, Folha, Abril

    Entendemos que o fato mais importante na coletiva foi a garra, o desejo e a determinao da reitoria da instituio em dar uma verda-deira universidade para Lages. Uma universidade com nada menos que 30 cursos ranqueados pela Editora Abril, pela Folha de So Paulo e pelo MEC.

    Vindos de todos os cantos

    Falar de Unifacvest hoje saber que Lages tem uma instituio que traz anualmente 800 alunos, vindos de todos os cantos do pas. Escolheram vir morar em Lages no pela gua boa do Caveiras ou pela aparente sensao de segurana, mas por uma Universidade de Qualidade, com cursos de ponta.

    Fbrica de avio

    Para completar, basta dizer que os investimentos que esto sendo feitos pela Unifacvest dariam para trazer pelo menos uma daquelas fbricas de avies prometidas.

    certo que os anncios fei-tos pelo reitor entusiasmaram a todos os presentes na reunio. J que, alm da modernidade, o tema educao est sendo levado muito a srio pela direo da Unifacvest, um fato que anima a todos, pois o nome da univer-sidade desponta como um dos principais estabelecimentos de ensino superior do Pas.

    Professor Geovanni Broering: alguns milhes (o suficiente para trazer a Novaer)

    Quantos acadmicos tem a instituio hoje?

    Professor Geovanni: muitos (depois deixou escapar que so mais de 7 mil).

    Essas duas perguntas foram feitas na coletiva com a reitoria do Centro Universitrio Uni-facvest, quando por mais de duas horas o professor Geovanni falou dos investimentos programa-dos pelo PDI para o quinqunio 2015/2020, mas que j execu-tamos 80% e vamos investir muito mais.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015POLTICA04

    Ped

    ro L

    adei

    ra/F

    olha

    pres

    s

    STF probe doaes de empresas para campanhas eleitorais

    Carmen relatora da Pec que incrementa

    investimentos na Sade

    A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) foi designada relatora da proposta de emenda Constituio (PEC) 01/2015, que dispe sobre o valor mnimo a ser aplicado anualmente pela Unio em aes e servios pbli-cos de sade. Zanotto foi escol-hida, por unanimidade, pelos deputados que atuam nas fren-tes de sade da Casa para relatar a matria na comisso especial instalada na Cmara.

    Essa proposta importante para que possamos avanar na discusso sobre a responsabi-lidade constitucional do Estado em oferecer sade pblica de qualidade populao, princi-palmente aos brasileiros de baixa renda, afirmou a parlamentar.

    Por 8 votos a 3, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu na quinta-feira (17) que incon-stitucional o financiamento de empresas para campanhas eleitorais e partidos. A deciso tem potencial impacto nas dis-putas eleitorais, uma vez que as empresas so os maiores doad-ores de polticos e partidos, e j ter validade a partir das eleies municipais de 2016.

    O entendimento do Supremo deve ser usado pela presidente Dilma Rousseff para vetar a lei aprovada pelo Congresso na semana passada e que permite doaes de empresas para par-tidos polticos, no limite de at R$ 20 milhes. Em meio crise poltica, Dilma pressionada por aliados a dar aval ao texto. A petista tem at o dia 30 para avaliar o projeto. Um possvel veto pode complicar ainda mais a relao da presidente com o Con-

    Ministros do STF votaram sobre inconstitucionalidade de doao de empresas para campanhas polticas

    gresso. Se no vetar, a norma ser questionada no STF e ministros ouvidos pela Folha dizem que o texto do projeto da Cmara ser considerado inconstitucional

    Nas eleies de 2014, mais de 70% do dinheiro arrecadado pelos partidos e candidatos veio de empresas. A ao que questiona a legalidade das doa-es foi apresentada pela OAB

    (Ordem dos Advogados do Brasil) e comeou a ser jul-gada em 2013, sendo inter-rompida por duas vezes.A maioria dos ministros seguiu o voto do relator do caso, ministro Luiz Fux, defen-dendo que as contribuies de empresas desequilibram o jogo poltico, ferindo o prin-cipio da isonomia.

    O ministro Lus Roberto Barroso votou pela inconsti-tucionalidade da legislao atual, mas disse em seu voto que cabe ao Congresso definir se as empresas podem ou no participar do processo eleito-ral, impondo restries para inibir abusos e corrupo.

    Ficou decidido ainda que fica mantida a atual previso para que pessoas fsicas pos-sam fazer doaes para cam-panhas at o limite de 10% dos rendimentos.

    A proposta de emenda Con-stituio prope que os repasses dos recursos sejam feitos pelo governo federal, de forma escalo-nada em cinco exerccios: 15%, 16%, 17%, 18%, at chegar a 18,7% do Oramento da Unio no quinto exerccio financeiro subsequente ao da promulgao da emenda constitucional.

    Um dos pontos de destaque da PEC, que de autoria do deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), a incorporao do Sade+10, projeto de ini-ciativa popular que obriga o governo a destinar 10% da arrecadao bruta da Unio ao SUS. Esta proposta nos d mais legitimidade para lutar por mais recursos, disse.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015POLTICA 05

    VITRINE POLTICApor Chico Pael

    O deputado federal Fernando Coruja apresentou Projeto de Lei para reconhecer Urupema como a Capital Catarinense do Tropeirismo.

    COGNOME OFICIAL

    ALIANAS DE PARTIDOS

    JORNALISTA PROFERI PALESTRA

    Integrantes do PTB, PROS, PP, PSDB e PRB se reuniram na quarta-feira passada. Eles esto interessados na formao de um Frento objetivando a possibilidade de lanar um nome para disputar a Prefeitura Municipal de Lages.

    CANDIDATSSIMO?Numa entrevista a uma emissora de rdio local, o empresrio Antnio Ceron disse estar pronto para ser candidato, caso seu partido o indique para postular a sucesso ao cargo de prefeito no prximo pleito eleitoral que ser realizado em outubro de 2016.

    bom lembrar aos desa-visados que o evento a ser realizado na tera-feira, com a palestra do jornalista Marcos Castiel da RBS, uma promoo da ASSISC-Associao de Imprensa da Serra Catarinense. E ser realizado no Auditrio da Cmara de Dirigentes Lojistas (CDL), dia 22/09, na rua Coronel Crdova, em frente pracinha do Terminal Urbano. A entrada gratuita.

    Vale lembrar que o jornalista tem muita experincia no segmento esportivo e, atualmente editor de Esportes do Dirio Catarinense e coordenador do DC Esportes online, mantendo ainda uma coluna na Edio Impressa do jornal, sendo tambm responsvel pelas matrias publicadas no Blog do Castiel, um dos mais acessados no sul do Brasil, com picos superiores a 100 mil acessos por ms.

    VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015

    GOVERNADOR ASSINA ORDEM DE SERVIOAs dependncias do Clube 3 de Junho de Painel ficou

    pequena para abrigar a todos os presentes que compareceram cerimnia de assinatura da Ordem de Servio, na sexta-feira, dia 18 que permitir a pavimentao da SC-114 no trecho Painel-Lages, numa extenso de 45 quilme-tros. Alm do staff do Governo do Estado, vrias outras autoridades compareceram ao local, como por exemplo, os secretrios das SDR de Lages e So Joaquim, Joo Alberto

    Duarte e Solange Pagani, respecti-vamente. A Assembleia Legislativa foi representada pela presena do deputado Gabriel Ribeiro. Os prefei-tos serranos, muito embora, estives-sem presentes quase todos, foram representados pelo presidente da Amures-Associao dos municpios da regio serrana, prefeito de Correia Pinto, Vnio Forster. Representando o MP/SC, esteve presente na ceri-mnia o Promotor de Justia, Neuri Rafel Krahl. O prefeito de Painel Flvio foi o anfitrio da cerimnia.

    Observo que:Se depender de muitos eleitores, o vereador Marcius Machado poder postular uma candidatura em 2016. Na enquete ficou em segundo lugar. E como o prefeito Elizeu Mattos no ser candidato, o edil passa a ser o preferido pelos eleitores lageanos.

    O prefeito de Otaclio Costa, o popular Tio Ligas filiou-se no PSD. Outras lideranas tambm seguiram o exemplo e filiaram-se ao partido do Governador Raimundo Colombo.Quem voltou militncia poltica foi a ex--secretria de Assistncia Social, Marli Nacif. Agora volta a fazer parte da cpula do PP.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015CIDADE06

    Fora Tarefa adiada pelas intempries

    Autoridades discutem implantao de escola militar

    Em comum acordo com os presidentes de associaes de moradores e gestores de esco-las, creches e Unidades Bsicas de Sade da regio do bairro Penha, a secretria-executiva de Assuntos Comunitrios e Voluntrios e coordenadora da Fora-Tarefa Lages Cidad, Mauren Santos, decidiu adiar a realizao da oitava edio, que estava programado para o dia 26 de setembro, um sbado.

    Face previso do tempo, com volumes excessivos de chuvas para os prximos dias

    25 e 26, o grupo tomou essa deciso. A nova data ainda ser definida. A chuva compro-mete o conjunto de servios e atendimentos populao, especialmente os trabalhos prvios programados pelas Secretarias de Infraestrutura e de Meio Ambiente e Servios Pblicos, justifica Mauren. Segundo o servio de meteo-rologia da Climatempo, para o dia 25 a previso de pre-cipitao de 38 milmetros de chuva e para 26 deve chegar a 51 milmetros.

    A convite do tenente-coronel Joo Valrio Borges, comandante do Corpo de Bombeiros Militar de Lages, o prefeito Toni Duarte esteve em reunio junto socie-dade manica para tratar sobre a inteno tanto do governo do Estado quanto do municpio em implantar uma escola militar na cidade. O encontro aconteceu

    segunda-feira (14). O projeto de criao da escola da Polcia Militar. Os representantes da cor-porao fizeram uma exposio das vantagens da implantao da instituio. Em Santa Catarina h apenas uma unidade, em Flo-rianpolis. Oportunizaria aos alunos um ambiente de formao diferenciada, entende o prefeito.

    Nilt

    on W

    olff

    Iran

    Ros

    a de

    Mor

    aes

    A administrao municipal ceder um local, mas um projeto de construo da sede definitiva estar em processo de elaborao

    A nova data ainda ser definida

    A escola segue o mesmo parmetro da Lei de Dir-etrizes e Bases da Educao Nacional (LDB), com disci-plinas voltadas aos valores morais e comportamentais. Aps ouvir pessoas da socie-dade manica e autoridades da Polcia Militar, alm de lideranas polticas, ficou a cargo da prefeitura oferecer um espao para que a escola comece a funcionar a par-tir de 2016. Enquanto isso o comando da Polcia Militar estrutura o corpo tcnico para as aulas, explica Toni.

    Para que a implantao da escola acontea de maneira rpida, a administrao municipal oferecer uma estrutura pronta, com tudo o que necessrio para pr a escola em funcionamento. Estamos procurando alter-nativa para que seja instalada, mas ao mesmo tempo um projeto de construo da sede definitiva estar em processo de elaborao, reitera.

    Servidores participam do segundo encontro com foco na humanizao na sade

    Div

    ulga

    o

    Este o segundo encontro promovido pela secretaria neste ano reunindo todos os servidores. No primeiro houve a participao de aproximadamente 600 pessoas

    Neste ano foi criada a poltica municipal de educao perma-nente e humanizao na sade de Lages. O segundo encontro do ncleo est sendo realizado nesta semana. A abertura oficial do evento aconteceu na manh de tera-feira (15). A programa-o seguir at sexta-feira (18). Sero quatro dias de muitas discusses, reflexes e debates acerca do trabalho desenvolvido na Secretaria de Sade.

    O prefeito Toni Duarte, pre-sente na solenidade de aber-

    tura, destacou a importncia da capacitao. Passamos por um momento delicado em nosso pas, por isso precisamos con-hecer como os setores funcionam e buscar alternativas no dia a dia. Hoje o quadro e o oramento da Secretaria de Sade so maiores que de muitas prefeituras da nossa regio. Precisamos estar atentos para prestar um bom atendimento, pois o maior pat-rimnio do ser humano a vida, e todos os dias nossos servidores ajudam a salv-las, diz.

    O objetivo dos encontros pro-mover a troca de conhecimentos e a integrao entre os servidores, considerando que um setor est interligado ao outro e todos dependem uns dos outros para o bom atendimento populao. Sade no feita somente com mdicos e enfermeiros, precisa-mos dos mais diversos profission-ais, desde a manuteno, motor-istas, advogados, engenheiros, enfim, todos os profissionais so

    de fundamental importncia para o sucesso da secretaria. Ento nada melhor que valorizar o con-hecimento, a troca de saberes, reconhecer falhas, discutir estra-tgias e planejamento. So dias como este que fazem a luta valer a pena, comenta a secretria de Sade, Rose Possato.

    Este o segundo encontro pro-movido pela secretaria neste ano reunindo todos os servidores. No primeiro houve a participao de aproximadamente 600 pessoas. Os colaboradores foram dividi-dos em quatro grandes grupos, subdivididos em salas, onde esto sendo realizadas dinmi-cas e palestras motivacionais. Resolvemos tirar um pouco o foco do gestor. Quem est apre-sentando so os prprios colab-oradores da Secretaria de Sade, falando sobre a importncia do seu trabalho e como eles depen-dem do sucesso do servio do outro para ter xito tambm no seu, destaca Rose.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201507PUBLICIDADE VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201508 SADEPesquisa desvenda segredo

    do caf contra o sonoCientistas mostraram que

    uma dose noturna de cafena atrasou o relgio interno do corpo em 40 minutos. Tomar um copo de caf noite pode te deixar acordado por mais motivos do que voc pen-sava, apontam cientistas. Um estudo publicado na revista Science Translation Medicine diz que a cafena mais do que um estimulante, atuando na verdade de modo a desacelerar o relgio interno do corpo.

    Um expresso duplo trs horas antes de dormir atrasou a produo de melatonina, o hor-mnio do sono, em cerca de 40 minutos, dificultando o processo de adormecimento. Como parte do estudo, clulas cultivadas em laboratrio foram expostas cafena para verificar como alteravam seu ritmo. Compro-vou-se na ocasio que a droga

    foi capaz de alterar os relgios qumicos que atuam em toda clula do corpo humano.

    Um dos pesquisadores, John ONeill, do Laboratrio de Bio-logia Molecular de Cambridge, na Inglaterra, afirmou BBC: Se voc estiver cansado e tomar um caf noite para ficar acor-dado, uma m ideia, voc ter dificuldades para adormecer e dormir o tempo suficiente.

    Experimentos meia luz

    Em outra frente de pesquisa, cinco pessoas na Universidade de Colorado Boulder, nos EUA, foram trancadas num labo-ratrio do sono por 50 dias. E enquanto a exposio luz o nosso modo padro de controle do relgio interno, eles pas-saram a maior parte do tempo sob uma luz muito suave. Numa

    srie de experimentos ao longo de um ms e meio, os cientis-tas mostraram que uma dose noturna de cafena atrasou o relgio interno do corpo em 40 minutos. Foi quase o impacto de trs horas de luz forte na hora de dormir.

    Segundo ONeill, diz nunca beber caf depois das 17h. O pesquisador afirma que os resultados podem ajudar no tratamento de distrbios do sono e de pessoas que acordam naturalmente muito cedo, para que mantenham a sincronia com o resto do mundo.

    Esse e outros dados indicam claramente que podemos em alguma medida modificar esses ritmos e que parte das razes pelas quais dormimos to tarde se relaciona a fatores como ingesto de cafena e exposio luz artificial durante a noite.

    Entre em [email protected]

    Tel.: 49 3222-1188 Cel.: 49 9948-1146

    Rua Afonso Ribeiro, n 30, CentroLages - Santa Catarina

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201509EDUCAO

    Div

    ulga

    o

    As carreiras mais promissoras para os prximos dez anos

    Profisses em alta: Mdicos, enfermeiros, auxiliares e tcnicos de enfermagem, tcnicos em prteses, imobilizaes ortopdicas, odontologia, ptica e esttica, entre outras

    Ministro da Educao, Renato Janine

    As profisses mais promisso-ras para os prximos dez anos fazem parte de quatro grandes reas da economia que apresen-tam boas perspectivas de cres-cimento. So elas: sade, edu-cao, tecnologia da informao e comunicao (TIC) e engen-haria. A criao de vagas nessas reas ser, claro, influenciada pelo desempenho da economia - cujo ritmo, alis, est longe do desejado. Ainda assim, para as quatro reas citadas, o prog-nstico positivo. Na contramo da indstria, o setor de servios - no qual esto inseridas sade e educao - apresenta boas per-spectivas e est menos exposto

    a oscilaes econmicas. A rea industrial muito vulnervel demanda externa: cerca de 20% de tudo o que produzimos destinado ao exterior, diz Bru-lio Borges, economista-chefe da LCA Consultoria.

    Educao e sade devem col-her ainda frutos da ascenso da chamada classe C - que, na definio da FGV, formada por famlias com renda entre 1.734 e 7.475 reais. Estudo da institu-io mostra que 40 milhes de pessoas entraram nesse grupo entre 2003 e 2011, fazendo-o saltar de 65,9 milhes para 105,5 milhes de brasileiros. mais gente, com mais dinheiro.

    E essas pessoas certamente demandaro servios de sade e educao. Exemplo disso so os jovens que bus-cam qualificao tcnica ou universitria, embora seus pais possuam pouca ou nen-huma formao acadmica, diz Eduardo Zylberstajn, pro-fessor da FGV.

    Tecnologia da informao e comunicao (TIC) e engen-haria tm outras razes para colher bons resultados nos prximos anos. No primeiro caso, especialistas apontam a crescente demanda por tec-nologia em todos os setores da economia - de indstrias a hospitais, de escolas ao comrcio. No caso de engen-haria, o impulso deve vir de investimentos em setores como o petrolfero e logstica.

    Especialistas so unnimes em afirmar que as carreiras da rea da sade devem reg-istrar aumento significativo do nmero de vagas nos prx-imos anos. A principal razo disso a melhoria do padro de vida da parcela mais pobre da populao brasileira, que agora deve investir mais em produtos e servios ligados ao bem-estar.

    Div

    ulga

    o

    As dificuldades para o avano na Educao no Brasil so polticas

    Para melhorar a educao brasileira, o principal entrave a ser superado so os obstculos polticos, de acordo com Bar-bara Bruns, economista-chefe do Banco Mundial na rea de edu-cao para a Amrica Latina e o Caribe. Em palestra no EXAME Frum Educao 2015, Bruns ressaltou que o Brasil no valo-riza os bons professores e que existem diversas solues locais com bons resultados - basta reconhec-las e replic-las.

    As barreiras para o avano da educao do pas so polticas, no tcnicas. H excelentes exem-plos de boas escolas e profission-ais, mas, para que se tornem a maioria, preciso que o Minist-rio da Educao se comprometa a recompensar os melhores educa-

    dores, punir os ruins e estabelecer avaliaes rigorosas e treinamen-tos eficazes, disse Bruns.

    No Brasil, entretanto, alm da baixa remunerao e da falta de recompensas por um servio de qualidade, os professores so mal treinados para gerenciar o tempo em sala de aula. Isso leva ao baixo

    foco dos alunos nos contedos (apenas 24% do tempo de aula, enquanto o ideal que seja por volta de 80%) e ao pouco aprendizado.

    O momento de encon-trar alternativas de muito impacto, com poucos recur-sos, de acordo com o ministro da educao Renato Janine Ribeiro. O ministro afirmou que a crise econmica um momento para comear a tirar do papel as metas da educao, aprendendo com os erros alheios e fazendo testes. Quando passar a crise, que afeta a toda a sociedade, vamos ter condies de cumprir as metas do Plano Nacional da Educao (PNE), com exper-tise. afirmou Renato.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015CULTURA

    Vitrine CulturalVITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201510

    Foto

    s D

    ivul

    ga

    o

    Fazenda Pedras Brancas a primeira Pousada Rural do Brasil

    Fundada em 1894, mais de um sculo comtempla a existncia de uma bela pousada implantada m 1985 em territrio catarinense na regio serrana. A Fazenda, cujas terras eram de propriedade do italiano Vicente Gamborgi, alm de ser famosas pelas belezas naturais, tambm conhecida pela existncia de um importante stio arqueolgico.

    O casal Celso Gerber e Sonia Gamborgi, so os responsveis pela manuteno da memria dos antepassados que, num tempo que j se vai ao longe viveram felizes naquela estncia rural. Como por exemplo, a me de Snia Gamborgi, Dalma Barroso Gamborgi, que faleceu aos 80 anos de idade.

    A Pousada Rural Pedras Brancas, alm de oferecer excelente acomodaes e reas de lazer aos visitantes, tambm coloca disposio dos turistas uma mini fazenda, onde, principalmente as crianas podem ter uma noo das lides numa estncia de verdade.

    A gastronomia, muito conhecida pela abundncia de saborosos pratos, no deixa de ser um motivo a mais para atrair visitantes de todos as direes do territrio brasileiro.

    Difcil enumerar todos os motivos que levam qualquer turista Fazenda Pedras Brancas: farta alimentao, convvio com o meio rural, entretenimentos, cultura, conhecimentos arqueolgicos e muitos mais. Basta ir at Fazenda Pedras Brancas, e passar por momentos agradveis e inesquecveis.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201509GERAL 11

    Semana do Trnsito aborda a importncia da Direo Consciente

    De 18 a 25 de setembro comemorado nacionalmente a Semana do Trnsito. Para alertar a populao da importncia da direo consciente, a CDL Jovem e a Prefeitura Municipal realizam uma srie de atividades durante o perodo. As aes contam com o apoio tambm da Polcia Militar, Polcia Civil, Corpo de Bombeiros, Diretran, Secretaria de Educao, Gered e Sesc. Uma das atividades comeou na segunda-feira (14), na Praa Joca Neves, a escolinha de Trnsito do Diretran.

    A Semana tem como objetivo conscientizar a populao de Lages sobre a importncia da direo responsvel, para que tenham ateno redobrada no trnsito e evitem colocar em risco a prpria vida e a do outro. Busca tambm integrar a CDL Jovem, Prefeitura Municipal, rgos estaduais e fed-erais, e empresrios de Lages para contribuir com realizao de pro-

    jetos em prol de uma sociedade mais consciente e humana.

    Um dos destaques da Semana fica por conta do Concurso Cul-tural com as Escolas da cidade, onde participam alunos de todas

    as idades, nas respectivas cat-egorias: desenho, frase, poesia e opinio. A premiao acontece no encerramento da Semana, no dia 24, no CDL, com entrega de tablets aos trs vencedores de

    cada categoria. Salientamos que este trabalho de conscientizao comas crianas e jovens muito importante. Acreditamos que este projeto pode fazer muita diferena e agradecemos aos patrocinadores

    que pensam como ns. So eles: Ipiranga, Myat, Estao Lages, NDD Digital, Planalto Seguros, Mgtek, CDL, AutoBrasil e Guinchos Bernardi, comenta o coordenador da CDL Jovem, Celio Bueno Junior.

    Atraes

    18 a 25/9 - Vitrine educativa: car-ros sinistrados expostos na cidade

    18/9 Blitz noturna em alguns bares da cidade: a ao de consci-entizao. Realizadores da Semana procuraro motoristas da rodada e realizaro a distribuio de brindes;

    19/9 - Dia D no Calado: haver apresentao de Banda e Grupo de Dana, Escolinha Diretran, Carro Bombeiros, Viatura PM e Brinquedo Sesc.

    21 e 22/9 Blitz educativa: Dis-tribuio de panfletos e lixeirinhos.

    21/9 Das 11h30min s 12 horas Coral

    22/9 Das 11h30min s 12 horas Centro22/9 - Sesso na Cmara de

    Vereadores: no dia 22 de setembro, s 20 horas, para abordar a importn-cia da conscientizao do perigo da combinao lcool e direo.

    24/9 Entrega da Premiao do Concurso Cultural, com apresenta-o da Orquestra da Allan, e encer-ramento da Semana do Trnsito, s 19 horas no CDL.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015REGIONAL12

    homem do Campopor Cesar Missioneiro

    Div

    ulga

    o

    Coruja pede que Urupema seja reconhecida como a capital catarinense do tropeirismo

    Deputado estadual Fernando Coruja, PMDB apresentou Projeto de Lei

    Na Sesso Plenria de quarta-feira 16, o deputado Fernando Coruja apresentou Projeto de Lei (PL/0398.3/2015) para recon-hecer Urupema como a Capital Catarinense do Tropeirismo. Pouco antes, graas iniciativa de Coruja que conseguiu autorizao para uma apresentao no Hall da Assembleia, os componentes

    dos Projetos Culturais Invernada Artstica, Grupo de Canto e Coral, Grupo de Flauta e Violinos de Urupema, mostraram sua arte e foram aplaudidos pelos parla-mentares e funcionrios da casa. Presentes, alm de vrios parla-mentares, o prefeito de Urupema, Amarildo Luiz Gaio e represent-antes da comunidade local.

    Vai chover barbaridade

    A moa da previso do tempo do jornal da noite explica que a chuvarada motivada por um sistema de alta presso quente, que vem de baixo pr cima se encontra com o ar frio fazendo um rebolio danado, as nuvens se acumulam e ficam mais roxas que variz de mulher velha, uma trovoada s, de derrubar cabea de taipa e chispas de raio que de clarear toca de tatu. Na boca da gentarada do campo Santa Brbara protetora contra troves e So Gernimo contra raios. Dia 29 de setembro o dia nacional sul-brasileiro de So Miguel, o santo das guas, pois era dessa enchente, at dois teros do sculo XX, que extrativistas da madeira e vilas inteiras dependiam. Das costeiras dos rios Uruguai, Iguau e Paran, quinzenalmente desciam oficializadas ou contrabandeadas, majestosas jangadas de mil a trs mil peas, vigas e toras de vrias toneladas que iam parar nas praias da Argentina.

    Lua nova trovejada, trinta dias de molhada. Este adgio popular refere-se a lua nova de setembro. Existe um relato oral que o saudoso bispo Dom Daniel Henrique Hostin, em uma de suas viagens s parquias do oeste catarinense (em lombo de cavalo e um burrico no cargueiro), saiu de Lages com a nova de setembro trovejada e passou trinta dias rezando abaixo de chuva.

    Depois do Salto Grande, o ltimo obstculo, o rio Uruguai se torna lento e suave, as margens se aplainam nas campanhas de ambos os lados. As guas correm to mansas que na altura de Santo Izidro preciso evitar o Remanso de Santa Maria, que faz a madeira e embarcaes voltarem 14 Km rio acima.

    Festejos, procisses e lendas por mais de um sculo fizeram parte das oraes ao arcanjo So Miguel. Quando o inverno era seco o rio ficava baixo no permitia soltar as balsas, ento o povo da madeira recorria aos apelos celestiais com oraes, promessas e, se at o dia dedicado ao santo no chovesse, aps a missa, uma procisso levava a imagem de So Miguel at o rio onde uma menina criana, virgem e imaculada de qualquer pecado, lavava os ps do Santo. Tambm acreditavam que se algum morresse afogado nas guas, traria as lgrimas do cu pr encher o rio.

    Os grandes fenmenos climticos embora cclicos, existem a sculos e milnios antes da moderna psicose ambiental. Maiores enchentes (registradas) em setembro: 1823-1833-1847-1873-1926-1928-1941-1965-1967-1973-1983-2001

    A cidade, que cultiva as tradies do tropeirismo, desenvolve nesta semana uma programao alusiva Semana Farroupilha, que teve incio com a chegada da Chama Crioula, na Praa Central Manoel Pinto de Arruda. Tambm foi assinado simbolicamente, na oca-sio, o Tratado de Poncho Verde, denominao dada ao acordo que ps fim Revoluo Farroupilha, que aconteceu na Provncia do Rio Grande do Sul, se alargando at Santa Catarina, entre 20 de setem-bro de 1935 at 1 maro de 1945.

    As principais causas da Rev-oluo Farroupilha ou Guerra dos Farrapos foram o descon-tentamento poltico com o gov-erno imperial brasileiro, a revolta com os altos impostos cobrados no comrcio do couro, charque, gado, sal, entre outros, produ-tos estes muito importantes na economia do Rio Grande do Sul, naquela poca.

    Div

    ulga

    o

    Abrigos de espera de nibus estilizados comeam a ser

    construdos em So Joaquim

    Novos pontos de nibus que esto sendo implantados em So Joaquim

    A Prefeitura de So Joaquim caprichou no visual dos novos pontos de espera de nibus que esto sendo instalados em So Joaquim. Confeccionados com tijolos vista e com uma arquite-tura chamativa e caracterstica para uma cidade turstica.

    De acordo com o Departa-mento de Trnsito de So Joa-quim, no ltimo levantamento, se evidenciou que a cidade necessita em torno de 29 abrigos de espera de nibus, sendo que os 10 primeiros j comearam a ser instalados em So Joaquim e dever englobar os Bairros Santa Paulina, Jardim Bandeira, Nossa Senhora Aparecida, Marita Cam-pos e Boava j no primeiro est-gio. O custo total do investimento foi de R$ 54.000 utilizando recur-sos prprios para a melhoria de infraestrutura e viso turstica para So Joaquim.

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015ECONOMIA 13

    Mquina administrativa de Painel uma das mais enxutas Na verdade, a Prefeitura

    Municipal de Painel, j demon-strou que est levando muito a srio a contabilidade da atual administrao, cujo prefeito, Flvio Antnio Neto da Silva, tem como prioridade do seu mandato, todos os segmentos que beneficiam a comunidade, como por exemplo, a Educao, Sade e Obras.

    Na rea da Educao no dia 02 de setembro de 2015 foram inauguradas duas salas de aula na Escola de Educao Bsica de Casa de Pedra. Cada sala pode comportar at 20 alunos. Para o prefeito Flvio, a construo de mais duas salas de aula se fazia necessrio para atender a comunidade estudante daquela localidade, observou o chefe do Executivo Municipal. Por outro lado, convm ressaltar que a Prefeitura Municipal est ente as poucas da regio serrana que j pagaram as parcelas do 13 Salrio. Um segmento que o pre-

    feito Flvio Antnio no abre mo de acompanhar bem de perto os investimentos na rea da Sade. Tanto que, em breve vai inaugura mais uma Unidade de Atendi-mento no centro de Painel. Por outro lado, de bom alvitre lem-brar que a Prefeitura Municipal de Painel, tambm so uma das

    poucas que possui um Parque de Transportes completo e com via-turas novas, a partido os nibus que realizam o Transporte Esco-lar e as viaturas e mquinas para realizaes de obras em todas as vias pblicas municipais, a partir dos mais de 800 quilmetros de estradas vicinais.

    Foto

    s C

    hico

    Pae

    l

    Prefeito Flvio Antnio optou por uma administrao tcnica e menas aes polticas

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015ESPECIALVITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201514

    Lages Garden Shopping lana campanha Amo Lages

    Speed Garden Kart Indoor

    Com as presenas de integrantes da imprensa lageana e convidados, foi oficialmente lanada na segunda-feira, s 08:30hs o lanamento da Campanha Amo Lages. O evento aconteceu nas dependncias do Cinemark, onde foi apresentado as declaraes de empresrios, autoridades e cidados o seu amor por Lages.

    Na oportunidade o superintendente do Lages Garden Shopping, Paulo Teixeira e a gerente de Marketing Mara, apresentaram a programao da campanha que teve incio nesta segunda-feira 21, e prosseguir praticamente durante toda a primeira quinzena do ms de outubro, quando muitas atividades sero levadas a efeito, quando acontecero as participaes de alunos de estabelecimentos escolares de Lages, assim como um concurso, cujo vencedor ter gratuitamente um passeio com acompanhante Capital do Estado, hospedando em estabelecimento hoteleiro j previamente definido, assim como a visita ao Parque Temtico Beto Carreiro World, com transporte de ida e volta sem nus para o vencedor do concurso. o Lages Garden Shopping demonstrando seu amor por Lages.

    Inaugurado o Speed Garden Kart Indoor de Lages, no Lages Garden Shopping. A imprensa e convidados foram recepcionados com um coquetel na noite de tera-feira (15). So 1800 m de rea fechada, exclusiva da pista, com um traado de cinco curvas de baixa, mdia e alta velocidade, com vrios pontos de ultrapassagem e capacidade para oito competidores por corrida.

    So 15 karts disponveis. Entre eles trs karts kids, feitos especialmente para os pequenos amantes de carros de corrida. Os karts maiores podem alcanar uma velocidade mxima de 50 quilmetros por hora. Cinco profissionais fazem o monitoramento da pista, que rodeada por pneus para garantir a segurana.

    O espao montado no estacionamento vai funcionar de segunda a sexta das 17h s 22h e sbados, domingos e feriados conforme horrio de abertura do shopping.

    Foto

    s In

    grid

    t Sch

    ulze

    Cris

    Men

    egon

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201515

    Vitrine do Pakinhapor Marcelo Vieira Muniz

    3225-1648 | 3223-6610

    VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015

    1 - Casal simpatia da semana Rodrigo e Alycenha. 2 - Os campees do torneio de tranca promovido pelo PSD no bairro Vila Marisa juntamente com o presidente do Inter de Lages, Cristofer. 3 - Os vice-

    campees de Tranca promovido pelo PSD no bairro Vila Marisa. 4 - Jssica Quinato. 5 - Parabns ao Alvinho por mais uma meta alcanada. 6 - Dr. Neuri Krahl juntamente com o governador de

    SC Raimundo Colombo em evento oficial em Painel. 7 - Natlia Ozol modelo VModels.

    4

    5

    1 2 3

    6 7

  • VITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 201516 CONTRACAPAVITRINE LAGEANA - LAGES, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015