Kontakt Gravar Waves

Embed Size (px)

Text of Kontakt Gravar Waves

Veja algo bem interessante aqui: que tal gravar qualquer som, endere-lo s teclas e tocar no seu controlador como um timbre normal? Quem sabe gravar sua prpria voz ou uma frase e disparar a partir de uma tecla? Ou ainda, partir de amostras waves, criar o arquivo ".nki", aquele que faz o mapeamento nas teclas e abre no Kontakt como um instrumento virtual? Neste tutorial voc ver que muito simples de se fazer.

Vamos a algumas consideraes importantes primeiro...

1. Fonte dos samples:Ser preciso que se tenha amostras de som em formato wave (.wav), com a durao entre 4 a 9 segundos (em geral 8 segundos bom). Voc poder conseguir na internet, comprar no Mercado Livre ou ainda fazer sua prpria gravao no computador. Nesse caso ser preciso ter instalado um gravador que pode ser uma DAW de sua preferncia (Fl Studio, Cubase, Sonar, Mixcraft, etc), um gravador simples de udio (como o aTuber) ou at mesmo o gravador que vem do prprio Windows (Men Iniciar > Acessrios > Gravador de Som).

Gravador do Windows, sada de udio em WMA

2. Formato das waves:Todas as amostras devero ter a mesma durao, por exemplo, 8 segundos. Igualmente a qualidade dever ser de 44100 hz e 16 bits, que o padro de qualidade do udio em CDs. Essa configurao ajustada nos gravadores e normalmente j o padro automtico de sada nos programas, mas verifique antes para que se tenha uma boa qualidade final de udio. No caso de ser utilizado o gravador do prprio Windows o formato de sada de udio ser WMA e teremos que converter para WAV usando um programa de converso como o Format Factoryque tem no site Baixaki (Link do Baixaki: http://www.baixaki.com.br/download/formatfactory.htm).

Format Factory

4. Quantidade de amostras:Temos teclados de vrios tamanhos, variando em quantidade de teclas que podem ser de 25, 37, 49, 61, 76 e 88 teclas. O ideal que se faa o endereamento para as 88 notas, pois servir a todos os modelos. Existe ainda a questo da tessitura (extenso das notas que um instrumento pode produzir, da mais grave mais aguda), porm, se usar este critrio para amostrar e enderear, far com que muitas teclas fiquem sem som, mas uma questo de costume. Note que quanto maior a quantidade de amostras tanto melhor ser o resultado final, mas tambm o tamanho e o tempo de carregamento sero maiores. Por fim, diferente da quantidade de teclas que tero som a quantidade de amostras que iremos usar para o endereamento, que poder ser:

1. Uma amostra somente: nesse caso o Kontakt ir completar as demais notas. Exemplo: gravar a nota D3 (C3), ou seja a nota d da terceira oitava (d central).

2. Algumas notas: s as mais importantes sero amostradas e iremos copiar as ausentes partir dessas notas que temos. Podemos gravar somente as notas D de cada oitava (C0, C1, C2, C3, C4, C5, C6, C7), ou as notas C, C#, F# e A, em cada uma das oitavas do teclado. 3. Todas as notas: uma amostragem minunciosa das 88 notas, uma por uma; 4. Se haver "layers" (camadas ou variaes de intensidade do som): nesse caso, ser preciso que se tenha vrias amostras gravadas de cada nota, com diferentes intensidades como leve, mdia e forte e, no endereamento/mapeamento, cada tecla ter as suas variaes sobrepostas, respondendo assim fora que tocamos.

Observaes:

1. No importa quantas notas sero usadas no sampleamento, pois a transposio da altura das mesmas feita automaticamente pelo Kontakt. A diferena na qualidade que o comportamento das ondas do som grave, por exemplo, em relao ao agudo varia. Portanto, quando temos amostras de som de vrias oitavas, sero reproduzdas as gravaes como fizemos. J as demais notas, iremos copiar das que gravamos, ento sero editadas pelo programa, assim no to perfeitas, mas nem sempre ser perceptvel a diferena. Caso fique desejar, grave todas as notas. 2. Existem alguns timbres dos teclados que tem 'aftertouch' (um segundo som quando tocamos mais forte) ou aquelas que respondem com variaes como nos strings (staccato, destaque do arco, etc), assim nesses casos dever haver 'layer'.

5. Passos necessrios:Embora teoricamente haja muito que dizer, na prtica sero trs passos ou procedimentos: 1. Gravao ou obteno das amostras waves (.wav), feito em um gravador de sua preferncia. 2. Editar as amostras waves, acrescentado LOOP, ajustes de UDIO e Xfade, com o programa "Extreme Sample Converter 3.6"

3. Endereamento s teclas e criao do arquivo .nki, no prprio Kontakt, onde igualmente podemos acrescentar efeitos nos samples ou a edio.

Vamos prtica ento!

I. Gravao e obteno das amostras waves (.wav):1. Conectando um microfone ao Note/PC:Devemos abrir o gravador e conectar um microfone entrada da placa de udio. Se for on-board (a que vem no prprio Note/PC) ser a entrada com o cone de um microfone com plug pequeno. Caso seja uma placa externa geralmente ter a opo input em formato RCA. Nesse caso verifique se o cabo e as conexes so compatveis. Ser possvel captar o som sem precisar de microfones externos quando houver um conjunto de microfone integrado (que vem de fbrica no PC/Note), porm ele no unidirecional o que far com que grave tambm rudos em redor no sendo portanto o mais adequado.

2. Gravador do Windows:Apenas para fins de que esse tutorial seja algo fcil queles que no conseguem utilizar uma software prprio utilizaremos o gravador do Windows, assim v ao Men Iniciar > Acessrios > Gravador do Windows.

3. Gravando uma amostra:

Quando estiver com o microfone e o instrumento a ser gravado pronto d o comando para iniciar a gravao produzindo o som simultaneamente por 8 segundos e interrompa a gravao. Ser salvo na rea de trabalho o arquivo gravado, porm em formato WMA.

4. Converter o formato WMA para WAV:Usando o gravador nativo do Windows h o inconveniente de termos que converter o formato de sada WMA para WAV, mas podemos usar o programa gratuito Format Factory que bom termos, pois nos permite converter entre vrios formatos de udio. Para tanto siga os procedimentos a seguir: 4.1. Abra o Format Factory; 4.2. Escolha na aba lateral esquerda udio > Todos para WAV; 4.3. Na nova aba, em Adicionar Arquivos e Ok. 4.4. Clique em Iniciar e dever ser convertido em WAV sendo salvo normalmente na rea de trabalho, veja no cone a palavra WAV ou em propriedades. Observao: se utilizar outro gravador certamente haver opo de sada de udio para o formato wave (.wav) diretamente sendo ento desnecessrio essa converso. Note ainda que o programa Format Factory permite que se carregue todas as amostras salvas em WMA e as converte de uma s vez para WAV.

1.udio; 2.Todos para Wav; 3.Adicionar amostra; 4.Amostras carregadas; 5. aps carregado dar Ok; 6. Inicia a converso e salva.

5. O que pode ser gravado e tocado no teclado

Voc poder gravar qualquer coisa, um timbre de teclado, violo, guitarra, instrumento percussivo, sua voz, uma batida em algum objeto, uma flauta, etc. Outra possibilidade recortar de uma faixa de udio algum som que voc achou interessante, nesse caso usando uma DAW ou editor de udio para escolher o trecho mais adequado. Aps concluir todas as amostras salve em uma pasta com o nome de samples, o mesmo deve ser feito para as waves adquiridas ou baixadas da net.

Amostras de Samples

II. Editar as amostras waves, acrescentado LOOP, ajustes de UDIO e Xfade, com o programa "Extreme Sample Converter 3.6"Ser necessrio ter o programa "Extreme Sample Converter" que tem muitas utilidades, entre elas ser fazermos algumas edies nos samples antes de criar o arquivo ".nki" que a ltima etapa. So elas:

1.Fazer o LOOPING: um recurso que far com que o som continue soando alm do tempo de sua gravao original, ou seja, se gravamos 8 segundos de samples, aps este tempo cessar o som. Isso normal nos pianos, violo, percusso sendo o que acontece nos instrumentos reais. Entretanto naqueles usados para fazer a base ou harmonia nas msicas como strings, pads, rgos, etc, eles precisaram manter-se pelo tempo que quisermos. Ento necessrio inserir um LOOP, que prolongar indefinidamente o som. Ser possvel inserir looping no prprio Kontakt, na aba Wave editor, mas ele bastante trabalhoso pelo sistema e caracterstica do programa, da minha sugesto em usar este timo software, o Extreme Sample Converter 3.6 (veja na guia tutoriais como samplear com esse programa). Siga as etapas:

a) Abra o Extreme Sample Convert e defina em Source Format e tambm em Detination Format, a opo "WAVE"

1. Source Format; 2. Destination Format; 3.Selecionar opo "WAVE".

b) Localize na aba lateral de navegao esquerda os samples gravados que recebero o loop. Ao selecion-lo iro aparecer todas as amostras na aba central do programa.

c) Clique no primeiro sample, aps no boto LOOP(abaixo direita na tela) e ainda no boto Autolooping. Voc ver na tela o destaque em amarelo o looping.

1. Samples amostrados; 2. Primeiro sample; 3.Dados gerais dos samples; 4.Boto LOOP; 5.Boto Auto-Looping; 6.Auto-looping aps inserido em amarelo.

d) Clique novamente no primeiro sample (agora com o loop j inserido), mas com o mouse no lado direito e escolha a opo Auto-loope ainda All samples e aguarde a insero em todas as amostras.

1. Clicar com lado direito do mouse no primeiro sample; 2. Autoloop; 3. All Sampler

2. Ajuste de UDIO:Visa padronizar os samples, ajustando o ponto preciso de incio at o fim exato do loop. Para isso, clique no primeiro sample novamente, com o lado direito do mouse, na opo Audio Process, aps em Trim to loop end'. Veja na tela que o sample reajustado ficando padronizado. Faa isso em todas as amostras, uma por uma.

1. Clique no primeiro sample no lado direito do mouse; 2. udio Process; 3 Trim to Loop End; 4. Loop redimensionado;

3. Ajuste de Xfade:

um ajuste de preciso que tem por objetivo evitar travamentos, saltos ou erros na execuo do loop. Assim, clique na seta da opo Xfade