Click here to load reader

Laudo Exemplo

  • View
    33

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

5674

Text of Laudo Exemplo

  • ENGEGAP CONSTRUES LTDAENGEGAP CONSTRUES LTDAENGEGAP CONSTRUES LTDAENGEGAP CONSTRUES LTDA Rua Marqus de Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - Recife PE

    Celular: (0xx81) 9957.0262 Email : [email protected]

    LAUDO TCNICO DE INSPEO PREDIAL

    Conselho Regional de Psicologia da 2 Regio - CRP-02

    I. INTRODUO:

    O presente Laudo Tcnico de Inspeo Predial foi solicitado pelo Conselho Regional de Psicologia da 2 Regio CRP 02 e tem o seu contedo embasado na Norma de Inspeo Predial 2009 do IBAPE (Instituto Brasileiro de Avaliao e Percias de Engenharia Entidade Nacional) e da Norma de Manuteno de Edificaes NBR 5674, da ABNT (Associao Brasileira de Normas Tcnicas), que dispe sobre as regras gerais e especficas a serem obedecidas na manuteno e na conservao das edificaes.

    O Laudo Tcnico caracteriza-se pela inspeo predial, tendo como foco central o diagnstico geral sobre as patologias identificadas no imvel que abriga o CRP-02, sendo assim sero apontadas anomalias construtivas e falhas decorrentes da falta de manuteno, alm da realizao da anlise de riscos oferecidos aos usurios, ao meio ambiente e ao patrimnio, que prejudicam a utilizao do espao, frente ao desempenho dos sistemas construtivos no que tange os elementos estruturais, as alvenarias de vedaes, as instalaes eltricas, as hidrulicas e as de esgotamento sanitrio, alm das de Combate a Incndio, exceto as fundaes da construo.

    No contexto aqui apresentado a ANOMALIA representa a irregularidade relativa construo e suas instalaes, enquanto que a FALHA diz respeito manuteno, operao e uso da edificao.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    2

    II. CONSIDERAES INICIAIS:

    2.1. Identificao:

    Edificao: Conselho Regional de Psicologia da 2 Regio CRP-02.

    Endereo: Rua Afonso Pena, n 475, Santo Amaro, Recife PE.

    Foto 01: Vista de Satlite da Sede do CRP-02.

    2.2. Realizao do Laudo:

    Empresa Contratada: ENGEGAP Construes Eireli.

    Responsvel: Arquiteto e Urbanista ARTHUR FONSECA DE ANDRADE- Especialista em Gesto de Projetos e Obras, CAU-PE n A50143-3.

    RRT Registro de Responsabilidade Tcnica CAU-PE: n 3033922

    2.3. Data da Vistoria:

    A vistoria foi realizada na edificao que abriga a Sede do Conselho Regional de Psicologia nos dias 05.12.2014, no perodo da tarde e 06.12.2014 no perodo da manh.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    3

    2.4. Objeto da Inspeo:

    Trata-se de um imvel de uso inicialmente residencial, com idade aproximada de 46 anos, anteriormente composto por dois pavimentos, com oito quartos, trs salas, dois gabinetes, sanitrios, copa, cozinha, dependncia de empregados e garagem, edificada em terreno prprio com as dimenses de 20,00 m (vinte metros) de frente e fundo e por 36,00 m (trinta e seis metros) de comprimento de ambos os lados, que totalizam uma rea de 720,00 m (setecentos e vinte metros quadrados).

    Atualmente o imvel abriga a sede do Conselho Regional de Psicologia da 2 Regio, composto pela casa principal, que abriga os seguintes ambientes no pavimento trreo: terrao, recepo, secretaria, financeiro, ncleo tcnico, coordenao, diretoria, auditrio, copa, refeitrio, ncleo de cobranas, banheiros masculino e feminino. No pavimento superior abriga: sala de acervo, sala de comisso, assessoria jurdica, sala de comisso de tica, banheiro masculino e feminino. Ainda possui um anexo composto por: arquivo geral, arquivo permanente, almoxarifado e garagem.

    Preservaram-se ao longo do tempo algumas caractersticas da edificao original, como as alvenarias em tijolo macio, as janelas e portas de madeira, as esquadrias de ferro e vidro denominadas de basculantes e a coberta em estrutura de madeira e telha francesa, porm algumas intervenes foram realizadas e descaracterizaram parte da construo inicial, como por exemplo, a substituio das telhas francesas pelas telhas em fibrocimento, a substituio do forro de estuque pelo forro em placas de gesso e a aplicao de cermica no piso de grande parte dos ambientes.

    Fotos 02 e 03: Vistas Frontais da Sede do Conselho Regional de Psicologia - RP-02.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    4

    2.5. Ficha Tcnica do CRP-02:

    Nome: Sede do Conselho Regional de Psicologia da 2 Regio.

    Endereo: Rua Afonso Pena, n 475, Santo Amaro, Recife PE.

    Nmero de Funcionrios: 25 pessoas.

    Proprietrio: Conselho Regional de Psicologia - 2 Regio.

    Manuteno: So contratadas diferentes empresas, de acordo com a realizao de tomada de preos para realizao de servios de manuteno.

    2.6. Registro Fotogrfico:

    Apresentamos o registro fotogrfico dos ambientes vistoriados que fazem parte da edificao, tais como: no pavimento trreo: terrao, recepo, secretaria, financeiro, ncleo tcnico, coordenao, diretoria, auditrio, copa, refeitrio, ncleo de cobranas, banheiros masculino e feminino. No pavimento superior: sala de acervo, sala de comisso, assessoria jurdica, sala de comisso de tica, banheiro masculino e feminino. No anexo: arquivo geral, arquivo permanente, almoxarifado e garagem.

    2.6.1. Casa Principal

    2.6.1.1. Trreo

    Terrao:

    Foto 04: Vista Terrao.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    5

    Recepo:

    Foto 05: Vista Recepo.

    Secretaria:

    Foto 06: Vista Secretaria.

    Financeiro:

    Foto 07: Vista Financeiro.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    6

    Ncleo tcnico:

    Foto 08: Vista Ncleo Tcnico.

    Coordenao:

    Foto 09: Vista Coordenao.

    Diretoria:

    Foto 10: Vista Diretoria.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    7

    Auditrio:

    Foto 11: Vista Auditrio.

    Copa:

    Foto 12: Vista da Copa.

    Refeitrio:

    Foto 13: Vista do Refeitrio.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    8

    Ncleo de Cobranas:

    Foto 14: Vista do Ncleo de Cobranas.

    Banheiro Masculino:

    Foto 15: Vista do Banheiro. Masculino.

    Banheiro Feminino:

    Foto 16: Vista do Banheiro Feminino.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    9

    Casa da Bomba:

    Foto 17: Vista Casa da Bomba.

    Escada:

    Foto 18: Vista da Escada.

    2.6.1.2. Pavimento Superior

    Sala de Acervo:

    Foto 19: Vista do Acervo.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    10

    Sala de Comisso:

    Foto 20: Vista da Sala de Comisso.

    Assessoria Jurdica:

    Foto 21: Vista da Assessoria Jurdica.

    Sala de Comisso de tica:

    Foto 22: Vista da Sala de Comisso tica.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    11

    Banheiro Masculino:

    Foto 23: Vista do Banheiro Masculino.

    Banheiro Feminino:

    Foto 24: Vista do Banheiro Feminino.

    2.6.2. ANEXO

    Fachada do Anexo:

    Foto 25: Vista do Anexo.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    12

    Arquivo Geral:

    Foto 26: Vista do Arquivo Geral.

    Arquivo Permanente:

    Foto 27: Vista do Arquivo Permanente.

    Almoxarifado:

    Foto 28: Vista do Almoxarifado.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    13

    III. METODOLOGIA:

    3.1. Critrio Utilizado:

    A inspeo predial est baseada na vistoria da edificao, que tem como resultado a anlise tcnica do fato ou da condio relativa utilizao, mediante a verificao in loco de cada sistema construtivo, no que tange a segurana e a manuteno predial, de acordo com as diretrizes da Norma de Inspeo Predial do IBAPE 2009 e da Norma de Manuteno em Edificaes - NBR 5674, da ABNT.

    A inspeo procede ao diagnstico das anomalias construtivas e falhas de manuteno que interferem e prejudicam o estado de utilizao do prdio e suas instalaes, tendo como objetivo verificar os aspectos de desempenho, vida til, utilizao e segurana que tenham interface direta com os usurios.

    Nota: No foram realizados testes, medies ou ensaios na ocasio das vistorias, conforme nvel de inspeo estabelecido no escopo para realizao deste trabalho.

    3.2. Nvel da Inspeo:

    Esta inspeo classificada como Inspeo de Nvel 01, representada por anlise expedida dos fatos e sistemas construtivos vistoriados, com a identificao de suas anomalias e de falhas que se apresentam de forma aparente.

    Caracteriza-se pela verificao isolada ou combinada das condies tcnicas de uso e de manuteno do sistema da edificao, de acordo com a Norma de Inspeo Predial do IBAPE, respeitado o nvel de inspeo adotado, com a classificao das deficincias encontradas quanto ao grau de risco que representa em relao segurana dos usurios, habitabilidade e conservao do patrimnio edificado.

    3.3. Grau de Risco:

    Conforme a referida Norma de Inspeo Predial do IBAPE, as anomalias e falhas so classificadas em trs diferentes graus de recuperao, considerando o impacto do risco oferecido aos usurios, ao meio ambiente e ao patrimnio.

    GRAU DE RISCO CRTICO IMPACTO IRRECUPERVEL aquele que provoca danos contra a sade e segurana das pessoas e meio ambiente, com perda excessiva de desempenho e funcionalidade, causando possveis paralisaes, aumento excessivo de custo, comprometimento sensvel de vida til e desvalorizao imobiliria acentuada.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    14

    GRAU DE RISCO REGULAR IMPACTO PARCIALMENTE RECUPERVEL aquele que provoca a perda parcial de desempenho e funcionalidade da edificao, sem prejuzo operao direta de sistemas, deteriorao precoce e desvalorizao em nveis aceitveis.

    GRAU DE RISCO MNIMO IMPACTO RECUPERVEL aquele causado por pequenas perdas de desempenho e funcionalidade, principalmente quanto esttica ou atividade programvel e planejada, sem incidncia ou sem a probabilidade de ocorrncia dos riscos relativos aos impactos irrecuperveis e parcialmente recuperveis, alm de baixo ou nenhum comprometimento do valor imobilirio.

    3.4. Documentao Analisada:

    Escritura do Imvel Registrado em Cartrio.

    Destacamos que no nos foi disponibilizada a documentao tcnica da Sede do CRP-02, como: levantamento fsico, projetos de arquitetura, de estrutura, de instalaes eltricas e hidrulicas, Memoriais Descritivos etc.

    IV. SISTEMAS CONSTRUTIVOS INSPECIONADOS

    Os seguintes sistemas construtivos da Sede do Conselho Regional de Psicologia foram inspecionados em seus elementos aparentes, considerando a documentao fornecida.

    Estruturas de Concreto Armado: Pilares, Lajes e Vigas;

    Vedao e Alvenarias Revestimentos e Fachadas;

    Cobertura, Teto e Impermeabilizao;

    Instalaes Eltricas Entrada de Energia, Quadros Eltricos, Pontos de Fora e Iluminao;

    Instalaes Hidrossanitrias Reservatrios, Sanitrios e Redes de Esgoto;

    Combate a Incndio PPCI Projeto de Proteo e Combate a Incndio.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    15

    Os sistemas so relatados genericamente, seguindo-se a descrio e localizao das anomalias e falhas detectadas, com a classificao do grau de risco atribudo a cada sistema: Grau Crtico (C), Grau Regular (R) ou Grau Mnimo (M).

    4.1. Estrutura de Concreto Armado e Beirais em Argamassa Armada:

    A estrutura de concreto armado do imvel possui uma idade de utilizao de aproximadamente 46 anos e constituda principalmente por pilares e vigas de concreto armado.

    Entende-se que a concepo de uma construo durvel implica na adoo de um conjunto de decises e procedimentos que garantam estrutura e aos materiais que a compem um desempenho satisfatrio ao longo da vida til do concreto armado.

    De acordo com a NBR 6118/2004, o conceito de vida til aplica-se estrutura como um todo ou s suas partes. Dessa forma, a durabilidade da estrutura de concreto requer cooperao e esforos coordenados de todos os envolvidos nos processos de projeto, construo e utilizao.

    As falhas de manuteno da estrutura acarretam a reduo de sua vida til projetada. Nas vistorias efetuadas foram verificadas as seguintes anomalias e falhas de manuteno da estrutura de concreto armado:

    4.1.1. Falta de Verga de Concreto;

    Classificao do Problema: anomalia;

    Manifestaes: fissuras que podem contribuir com o destacamento de revestimentos e reboco;

    Causa: no execuo de verga de concreto acima da porta;

    Interveno: execuo de verga de concreto;

    Risco: M

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    16

    Copa:

    Foto 29: Fissura na Alvenaria da Copa.

    4.1.2. Fissuras em Beirais;

    Classificao do Problema: falha;

    Manifestaes: fissuras que podem contribuir com infiltrao de gua e destacamento de revestimentos e da argamassa armada, que podem provocar danos sade dos usurios e do patrimnio;

    Possvel Causa: infiltrao de gua nos beirais, que se agrava pelo fato de no serem de concreto armado e sim de argamassa armada, ou seja, trata-se de um sistema construtivo antigo, formado por uma tela de arame fixada no madeiramento do beiral, onde era montada uma frma de madeira que era preenchida por uma mistura de cimento, areia e gua, assim a tela de arame era envolvida e constitua-se uma argamassa armada.

    Interveno: demolio de todo o beiral existente para dar lugar a um novo, estruturado por perfis de ao galvanizado e fechados com placas cimentcias, onde devero ser aplicadas nas emendas entre placas fitas de junta especial em fibra de vidro, com massa cola a base de liga cimentcia, agregados minerais, aditivos qumicos e componentes de impermeabilizao. Como ltima etapa ainda dever ser realizada aplicao de massa acrlica com desempenadeira de ao, lixamento e pintura com tinta acrlica na cor a ser definida pelo cliente.

    Risco: C

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    17

    Sede 1 Pavimento:

    Foto 30: Identificao de Fissura em Beiral.

    Sede Pavimento Trreo:

    Foto 31: Identificao de Fissura em Beiral.

    Sede Pavimento Trreo:

    Foto 32: Destacamento do revestimento em Beiral.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    18

    Sede Pavimento Superior:

    Foto 33: Destacamento do revestimento em Beiral.

    4.2. Vedaes e Alvenarias:

    As elevaes de vedao e painis de fechamento so em alvenaria de tijolos macios revestidos em reboco com aplicao de pintura. Os revestimentos das elevaes dos sanitrios e copa so em azulejos.

    Nas vistorias efetuadas, foram verificadas as seguintes anomalias e falhas de manuteno das elevaes de alvenaria:

    4.2.1. Umidade nas Alvenarias;

    Classificao do Problema: anomalia;

    Manifestaes: degradao dos blocos cermicos e revestimentos pelo ataque de sais (cloretos, sulfatos e nitratos);

    Causa: execuo inadequada da impermeabilizao e a falta de execuo de sistema de barreira contra a umidade, que permite a percolao da gua do solo que sobe nas alvenarias por capilaridade;

    Interveno: remoo do reboco na rea afetada at atingir a alvenaria de bloco cermico, com posterior aplicao de reboco com aditivo impermeabilizante;

    Risco: R

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    19

    Sala da Diretoria:

    Foto 34: Umidade em alvenarias.

    Ncleo de Cobranas:

    Foto 35: Umidade em alvenarias.

    Almoxarifado:

    Foto 36: Umidade em alvenarias.

    4.2.2. Infiltraes nas Alvenarias;

    Classificao do Problema: anomalia;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    20

    Manifestaes: degradao dos blocos cermicos e revestimentos atravs da ao da gua;

    Causa: vazamento em tubulaes hidrulicas, como tubos de gua fria e de drenos de ar condicionado;

    Interveno: identificao do ponto de vazamento, com posterior substituio da tubulao danificada. Aps sanar o vazamento o reboco da rea afetada dever ser removido at atingir a alvenaria de bloco cermico, com posterior aplicao de novo reboco;

    Risco: R

    Fachada Sul da Sede:

    Foto 37: Infiltrao em alvenaria;

    Sala de Coordenao:

    Foto 38: Infiltrao em alvenaria;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    21

    4.3. Cobertura, Teto e Impermeabilizaes;

    A cobertura possui estrutura em madeira com trelias, teras, caibros e ripas. Sobre ela encontram-se apoiadas telhas cermicas do tipo francesas e ainda pode ser observada a presena de telhas em fibrocimento ondulada, no Anexo e em parte do imvel da sede.

    Nas vistorias efetuadas, foram verificadas as seguintes anomalias e falhas de manuteno nas cobertas e tetos:

    4.3.1. Presena de Cupins;

    Classificao do Problema: falha;

    Manifestaes: degradao das peas estruturais da cobertura de madeira, com perda de seo e resistncia das peas, principalmente nas ripas;

    Causa: falta de manuteno e dedetizaes peridicas contra os cupins;

    Interveno: destelhamento da coberta, aplicao de veneno em todas as peas da cobertura e substituio das peas danificadas;

    Risco: C

    Banheiro Feminino Trreo:

    Foto 39: Presena de cupins;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    22

    Sala da Diretoria:

    Foto 40: Perda de seo das ripas pela Ao dos cupins;

    Ncleo de Cobranas:

    Foto 41: Perda de seo das ripas;

    Arquivo Geral:

    Foto 42: Perda de seo nas teras;

    4.3.2. Deslocamento de telhas;

    Classificao do Problema: falha;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    23

    Manifestaes: infiltrao da gua da chuva atravs da coberta, que ocasionam vazamentos, manchas nos forros de gesso e de estuque, umidade nas peas de madeira que contribuem para o processo de degradao das mesmas;

    Causa: falta de reposicionamento peridica de telhas e de substituio das peas danificadas, intervenes mal executadas;

    Interveno: substituio das peas danificadas e reposicionamento de todas as telhas existentes na coberta;

    Risco: C

    Sede (Circulao Trreo):

    Foto 43: Deslocamento de telhas;

    Sede (Casa de Bombas):

    Foto 44: Deslocamento de telhas;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    24

    Anexo Coberta:

    Foto 45: Deslocamento de telhas;

    4.3.3. Infiltraes de gua da chuva nos forros de gesso e de estuque;

    Classificao do Problema: anomalia e falha;

    Manifestaes: infiltrao da gua da chuva atravs da coberta, que ocasionam vazamentos e manchas, com a presena de bolor e fungos nos forros de gesso e de estuque, que contribuem para o processo de degradao do mesmo;

    Causa: falta de reposicionamento peridico das telhas e substituio das peas danificadas, intervenes mal executadas na cobertura;

    Interveno: nesse caso o problema advm da coberta, assim ser necessrio intervir na mesma para sanar o problema no forro de gesso;

    Risco: R

    Arquivo Permanente:

    Foto 46: Infiltrao de gua no teto;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    25

    Ncleo de Cobranas:

    Foto 47: Infiltrao de gua no teto;

    Casa da Bomba:

    Foto 48: Infiltrao de gua no teto;

    BWC Feminino Trreo:

    Foto 49: Infiltrao de gua no teto;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    26

    Circulao 1 Pavimento:

    Foto 50: Infiltrao de gua no teto;

    4.3.4. Fixao do Forro de Gesso nas Teras e Caibros;

    Classificao do Problema: anomalia;

    Manifestaes: fissuras e trincas nos caibros, nas teras e no forro de gesso, deformaes do conjunto do telhado e do gesso, que podem ocasionar o desabamento de parte dos elementos;

    Causa: falta de execuo de uma estrutura independente para fixao do forro de gesso, que proporciona esforos no previstos na estrutura da coberta.

    Interveno: demolio do forro de gesso existente e execuo de estrutura em metalon aparafusadas nas alvenarias no nvel entre o forro e as telhas para fixao dos tirantes de um novo forro a ser executado, preferencialmente em PVC.

    Risco: C

    Sede Coberta:

    Foto 51: Deformao da coberta;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    27

    Arquivo Permanente:

    Foto 52: Fissura em elementos da estrutura da coberta, que podem levar ao colapso dos elementos da coberta;

    BWC Feminino Trreo:

    Foto 53: Fixao de tirantes em caibros;

    Ncleo de Cobranas:

    Foto 54: Fissura e deformao do forro;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    28

    Refeitrio:

    Foto 55: Fissura no forro;

    4.3.5. Utilizao de dois sistemas incompatveis em uma mesma cobertura;

    Classificao do Problema: anomalia;

    Manifestaes: deslocamento de telhas e vazamentos e infiltraes de gua;

    Causa: execuo de dois sistemas de cobrimento de telhado incompatveis em uma mesma coberta.

    Interveno: separar os sistemas de cobertas de forma independentes um do outro, ou seja, caso seja mantida a utilizao de telha cermica francesa e telha em fibrocimento ondulada, que sejam utilizadas de forma independente uma da outra.

    Risco: C

    Sede Cobertura:

    Foto 56: Utilizao de Sistemas Incompatveis De recobrimento em uma mesma coberta;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    29

    4.3.6. Acumulo de sujeira nas calhas;

    Classificao do Problema: falha;

    Manifestaes: entupimento das tubulaes de drenagem das guas pluviais, que ocasionam vazamentos e infiltraes.

    Causa: falta de limpeza peridica nas calhas.

    Interveno: realizao de limpeza com recolhimento de lixo orgnico, como folhas e galhos de rvores e inorgnicos como sacos plsticos.

    Risco: M

    Sede Cobertura:

    Foto 57: Acumulo sujeira nas calhas;

    A coberta e o teto esto classificados quanto ao grau de risco como CRTICO, com impacto irrecupervel e com o comprometimento do desempenho e funcionalidade do sistema em geral, necessitando de interveno imediata para sanar as irregularidades verificadas, levando-se em considerao o risco segurana ao usurio e ao patrimnio. As reas mais crticas, que podem colapsar a qualquer momento esto no pavimento trreo e encontram-se nos seguintes ambientes: Sala da Diretoria, Ncleo de cobranas, BWC Feminino e Arquivo Geral, porm informamos que a situao crtica nos outros ambientes, mas com um grau de risco menor de colapso imediato, assim reafirmamos a importncia de uma interveno imediata em todo o sistema de cobertura do imvel.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    30

    4.4. Instalaes Eltricas:

    O sistema de instalaes eltricas inspecionado composto de entrada de energia, circuitos alimentadores de quadros gerais e de distribuio em baixa tenso e circuitos em geral, como refletores, iluminao, fora, telefonia e circuito de televiso. O sistema eltrico trifsico 380/ 220 v e existe um Quadro Medidor localizado na rea externa, um Quadro Geral e outro de distribuio localizado no Ncleo Financeiro e ainda um Quadro de Distribuio no Primeiro Pavimento e outro no Anexo. Conforme relatado por funcionrios no existe queda de energia frequente e desarme de disjuntores. Ainda existe um DG de telefonia e o sistema apesar de ser antigo no apresenta problemas de interferncias ou queda nas ligaes.

    Nas vistorias efetuadas, foram verificadas as seguintes anomalias e falhas de manuteno das instalaes eltricas nos ambientes:

    4.4.1. No cumprimento de Normas Tcnicas;

    Classificao do Problema: anomalia;

    Manifestaes: redes eltricas aparentes, com emendas sem isolamento e extenses precrias; total desateno s normas tcnicas quanto aos aspectos de dimensionamento e segurana das instalaes ao choque e ao curto-circuito eltrico.

    Causa: falta de comprometimento com a execuo das instalaes eltricas de acordo com os parmetros das normas tcnicas.

    Interveno: execuo de um novo sistema eltrico, desde a entrada de energia, at o encaminhamento e isolamento dos cabos alimentadores de fora e iluminao com substituio dos elementos de tomadas, conforme novo padro estabelecido pela norma brasileira 2P + T e substituio de eletrodutos corrugveis por perfilados ou eletroduto rgdos fixados em estrutura independente da coberta. Verificao do dimensionamento dos disjuntores existentes e avaliar real necessidade de substituio dos mesmos, assim como verificar necessidade de novo arranjo dos circuitos eltricos.

    Risco: C

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    31

    Medidor de Energia (Fachada Sul):

    Foto 58: Medidor fora de norma, pois, est Localizado dentro da edificao, quando deveria estar do lado de fora.

    Quadro de Energia (1 Pavimento):

    Foto 59: Necessidade de medio dos disjuntores para averiguar sobre o atendimento das normas tcnicas. Cabo de alimentao (Fachada Sul):

    Foto 60: Cabeamento solto na fachada de Alimentao das unidades condensadoras;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    32

    Cabo de alimentao (Terrao do Anexo):

    Foto 61: Cabeamento na estrutura da coberta com parte sem capeamento, que pode ocasionar curto circuito;

    Cabo de alimentao (1 Pavimento):

    Foto 62: Cabeamento solto, sem proteo;

    Cabo de Alimentao (Ncleo de Cobrana):

    Foto 63: Cabeamento solto, sem proteo;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    33

    Cabo de alimentao (BWC FEM. Trreo):

    Foto 64: Cabeamento solto, parte protegida por eletroduto flexvel corrugado e parte desprotegida;

    Cabo de alimentao (Circulao do Trreo):

    Foto 65: Cabeamento protegido, porm mal fixado e organizado;

    Cabo de alimentao (Secretaria):

    Foto 66: Cabeamento mal fixado, com parte protegido e parte desprotegido;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    34

    Tomada e Alimentao (Circulao do Trreo):

    Foto 67: Cabeamento desprotegido e tomada fora de norma;

    Iluminao Externa e Alimentao (Fachadas):

    Foto 68: Cabeamento desprotegido e solto pela fachada e luminria inadequada para iluminao externa, sendo recomendado utilizao de refletores;

    Classificado quanto ao grau de risco como CRTICO, com impacto irrecupervel e com o comprometimento do desempenho e funcionalidade do sistema eltrico em geral, necessitando de interveno imediata para sanar as irregularidades verificadas, levando-se em considerao o risco segurana do usurio e ao patrimnio.

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    35

    4.5. Instalaes Hidrossanitrias:

    O sistema das instalaes hidrossanitrias vistoriado constitudo pelas redes hidrulicas, sanitrias, de esgoto pluvial, de drenos de ar condicionado e reservatrios. A rede de gua atualmente utilizada da prpria rede da concessionria local, que abastece os banheiros, a copa e o reservatrio inferior e superior, este ltimo alimentado atravs de um sistema de bombeamento que interliga o inferior ao superior. O sistema sanitrio coletado nos pontos de esgotamento e levados at uma fossa que interligada ao sistema pblico, pois, a rea onde se encontra a edificao saneada.

    Nas vistorias efetuadas, foram verificadas as seguintes anomalias e falhas nas instalaes hidrossanitrias:

    4.5.1. Vazamento de gua Fria e de Dreno de Ar Condicionado;

    Classificao do Problema: anomalia;

    Manifestaes: infiltraes de gua proveniente das tubulaes de drenos de ar condicionado em paredes, assim como em parte do forro de estuque do Primeiro Pavimento, advindas do reservatrio superior.

    Causa: falta de manuteno no reservatrio superior e execuo fora de norma do sistema de drenagem dos aparelhos de ar do tipo split.

    Interveno: substituio do reservatrio superior em fibrocimento por outro de mesma capacidade de armazenamento de gua, porm em pvc, com posterior reviso do sistema de alimentao e boia, assim como do barrilete. Execuo dos drenos de ar condicionado com tubulaes de 32 mm envelopadas com isodutos e encaminhadas dentro da parede e piso, com ponto de entrega em caixas de infiltrao localizadas no jardim.

    Risco: R

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    36

    Reservatrio Superior:

    Foto 66: Identificao de vazamento pelo Reservatrio superior;

    Reservatrio Superior:

    Foto 67: Identificao dreno aparente sem previso de caixa de infiltrao;

    Reservatrio Superior:

    Foto 68: Identificao de dreno aparente sem previso de caixa de infiltrao;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    37

    4.6. Sistemas de Combate a Incndio:

    O Decreto Estadual n 19.644 e a Lei Complementar Municipal n 11.186 de 1994, regulamenta e estabelece critrios que definem os sistemas de segurana contra incndio e pnico para edificaes no Estado de Pernambuco, o qual passa a ser denominado de Cdigo de Segurana Contra incndio e Pnico para o Estado de Pernambuco - COSCIP, que trata assim dos sistemas a serem utilizados na Sede do CRP-02.

    Diante do exposto acima dever ser previsto um Projeto de Proteo e Combate a Incndio que defina a utilizao de extintores de incndio, iluminao e sinalizao de emergncia.

    Verificamos apenas o uso de alguns extintores, sendo 03 (trs) de p-qumico e 02 (dois) de gua pressurizada, sem a existncia de um plano de preveno de incndio, assim no atendendo ao cdigo em face aos critrios estabelecidos. Alm do mais importante frisar que a rede eltrica encontra-se em situao de risco, aliado a inexistncia de elementos, como placas de rota de fuga e iluminao de emergncia, que agravam ainda mais a situao no local.

    Classificado quanto ao grau de risco como CRTICO, considerando a inexistncia da aprovao de um Projeto de Combate a Incndio, recomenda-se a elaborao de um projeto a ser aprovado junto ao Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, com posterior execuo dos elementos e equipamentos previstos em projeto.

    Escada:

    Foto 68: Ausncia de corrimo em uma das laterais da escada, conforme exigncia do CBMPE;

  • ENGEGAP CONSTRUES EIRELI Rua Marqus Amorim, 09, sala 04 Boa Vista - CEP: 50.070-330 - RecifePE

    CNPJ: 15.096.280/000150 Contato: (0xx81) 9957.0262/ 8662.6556 Email : [email protected]

    Fone/Fax: (0**81) 3423.7744/1973 [email protected]

    38

    V. CONCLUSO

    Diante das inconformidades tcnicas construtivas e da falta de desempenho nos sistemas verificados no imvel vistoriado, assim como pela falta de manuteno peridica, classificamos a edificao do Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco da 2 Regional, de uma maneira global, como de GRAU DE RISCO CRTICO, principalmente no que diz respeito s condies encontradas na coberta e teto da edificao, que possuem em vista o impacto de desempenho tecnicamente irrecupervel, sendo necessria a interveno imediata para sanar os problemas apontados no laudo de inspeo.

    VI. ENCERRAMENTO

    Este Laudo Tcnico de Inspeo Predial do Conselho Regional de Psicologia CRP 02 composto por trinta e oito folhas impressas e numeradas, foi elaborado pelo Arquiteto e Urbanista Arthur Fonseca de Andrade Especialista em Gerenciamento de Projetos e Obras, que o subscreve.

    Recife, 12 de dezembro de 2014.

    ENGEGAP CONSTRUES EIRELI

    Arthur Fonseca de Andrade Arquiteto e Urbanista - CAU n A50143-3

    Gerente de Projetos - Especialista em Gesto de Projetos e Obras