Linda Christian Carrijo Carvalho Linda Christian Carrijo Carvalho

  • View
    224

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Linda Christian Carrijo Carvalho Linda Christian Carrijo Carvalho

Linda Christian Carrijo CarvalhoLinda Christian Carrijo CarvalhoLinda Christian Carrijo CarvalhoLinda Christian Carrijo Carvalho

LOPAP (LOPAP (LOPAP (LOPAP (Lonomia obliquaLonomia obliquaLonomia obliquaLonomia obliqua prothrombin activator prothrombin activator prothrombin activator prothrombin activator

proteaseproteaseproteaseprotease)))):::: clonagem e expresso em levedura clonagem e expresso em levedura clonagem e expresso em levedura clonagem e expresso em levedura Pichia Pichia Pichia Pichia

pastoris,pastoris,pastoris,pastoris, obteno de um peptdeo sinttico, anlise obteno de um peptdeo sinttico, anlise obteno de um peptdeo sinttico, anlise obteno de um peptdeo sinttico, anlise

estrutural e avaliao de suas potenciais aplicaesestrutural e avaliao de suas potenciais aplicaesestrutural e avaliao de suas potenciais aplicaesestrutural e avaliao de suas potenciais aplicaes

Tese apresentada ao Programa de Ps-Graduao Interunidades em Biotecnologia USP/Instituto Butantan/IPT, para obteno do Ttulo de Doutor em Biotecnologia.

So PauloSo PauloSo PauloSo Paulo

2002002002009999

Linda Christian Carrijo CarvalhoLinda Christian Carrijo CarvalhoLinda Christian Carrijo CarvalhoLinda Christian Carrijo Carvalho

LOPAP (LOPAP (LOPAP (LOPAP (Lonomia obliquaLonomia obliquaLonomia obliquaLonomia obliqua prothrombin activatprothrombin activatprothrombin activatprothrombin activator proteaseor proteaseor proteaseor protease): ): ): ):

clonagem e expresso em levedura clonagem e expresso em levedura clonagem e expresso em levedura clonagem e expresso em levedura Pichia pastoris,Pichia pastoris,Pichia pastoris,Pichia pastoris,

obteno de um peptdeo sinttico, anlise estrutural e obteno de um peptdeo sinttico, anlise estrutural e obteno de um peptdeo sinttico, anlise estrutural e obteno de um peptdeo sinttico, anlise estrutural e

avaliao de suas potenciais aplicaesavaliao de suas potenciais aplicaesavaliao de suas potenciais aplicaesavaliao de suas potenciais aplicaes

Tese apresentada ao Programa de Ps-Graduao Interunidades em Biotecnologia USP/Instituto Butantan/IPT, para obteno do Ttulo de Doutor em Biotecnologia. rea de concentrao: Bioqumica e Biologia Molecular Orientadora: Dra. Ana Marisa ChudzinskiDra. Ana Marisa ChudzinskiDra. Ana Marisa ChudzinskiDra. Ana Marisa Chudzinski----Tavassi Tavassi Tavassi Tavassi

So PauloSo PauloSo PauloSo Paulo

2009200920092009

DADOS DE CATALOGAO NA PUBLICAO (CIP) Servio de Biblioteca e Informao Biomdica do

Instituto de Cincias Biomdicas da Universidade de So Paulo

reproduo no autorizada pelo autor

Carrijo Carvalho, Linda Christian.

LOPAP (Lonomia obliqua prothrombin activator protease): clonagem e expresso em levedura Pichia pastoris, obteno de um peptdeo sinttico, anlise estrutural e avaliao de suas potenciais aplicaes / Linda Christian Carrijo Carvalho. -- So Paulo, 2009.

Orientador: Ana Marisa Chudzinski Tavassi. Tese (Doutorado) Universidade de So Paulo. Instituto de Cincias Biomdicas. Programa de Ps-Graduao Interunidades em Biotecnologia USP/IPT/Instituto Butantan. rea de concentrao: Biotecnologia. Linha de pesquisa: Bioqumica e biologia molecular. Verso do ttulo para o ingls: LOPAP (Lonomia obliqua prothrombin activator protease): cloning and expression in Pichia pastoris yeast, design of a synthetic peptide, structural analysis and evaluation of its potential applications. Descritores: 1. Bioqumica 2. Protenas recombinantes 3. Peptdeos 4. Hemostasia 5. Biologia celular 6. Matriz extracelular I. Chudzinski-Tavassi, Ana Marisa II. Universidade de So Paulo. Instituto de Cincias Biomdicas. Programa de Ps-Graduao em Biotecnologia III. Ttulo.

ICB/SBIB0200/2009

A Deus,

pelo amor e por todas as ddivas,

por me permitir errar e aprender,

pelo dom da vida!

Ao meu pai, Jose e minha me, Lucila, com

muito amor, pela sua dedicao imensurvel,

que so meu exemplo de fora e

perseverana. A minha irm Lanna e meus

irmos Paulo e Cleber, pela compreenso nos

momentos de ausncia, pelo constante apoio

e carinho.

Ao Fbio, meu marido, pelo amor,

cumplicidade, compreenso e cuidado. Por

estar ao meu lado em todos os momentos,

compartilhando as dificuldades e as

conquistas.

A meus avs, tios, primos e todos os meus

amigos, que sempre torceram por mim e me

ajudaram.

A todos os professores e mestres que

enriqueceram a minha vida com suas lies

profissionais e pessoais, pela amizade, apoio e

incentivo.

AGRADECIMENTOS

Dra. Ana Marisa Chudzinski-Tavassi, pela orientao e confiana que

depositou em mim. A amizade construda ao longo deste tempo foi muito

positiva, me permitindo conhecer alm do lado profissional, a beleza do seu

lado humano. Obrigada pela acolhida, pelo constante estmulo, pelo

aprendizado e por todas as oportunidades que me fizeram crescer pessoal e

profissionalmente. Seu entusiasmo contagiante foi um fator diferencial para o

sucesso deste trabalho, que me levou a vivenciar uma nova face da pesquisa

cientfica, dedicada ao desenvolvimento de novas molculas e inovao.

A todos os pesquisadores, tcnicos e ps-graduandos do Laboratrio de

Bioqumica e Biofsica do Instituto Butantan, que estiveram sempre dispostos

a ajudar, apoiar, ensinar e dar suporte. Especialmente Durvanei A. Maria,

Adriana R. Lopes, Rafael Porto, Isabel Batista, Fernanda Faria, Miryam Paola

A. Flores, Simone Simons, Janaina Ventura, Luana Wlian, Paulo S, Sandra

Barreto, Daniella Oliveira, Karla Roedel, Daniel Furlin, Nicole Mambelli, Jfia

Lacerda e Erica Akagi. Aos colegas que no esto mais no Laboratrio pelos

ensinamentos, pela troca de experincias e pelo exemplo que deixaram:

Mrcio Fritzen, Agostinho Pereira, Oscar Ramos, Jeanne Claine Modesto,

Maria Esther R. Silva, Carla Seibert, e em especial ao Cleyson V. Reis, que

me ajudou na fase inicial deste trabalho.

Profa. Dra. Suely Gomes de Figueiredo, do Centro de Cincias

Biomdicas - UFES, por me apresentar ao mundo das protenas, me

ensinando as bases da Bioqumica, da Pesquisa Cientfica e, principalmente,

da tica profissional. Seus ensinamentos, conselhos e sua amizade, foram

muito importantes para que eu pudesse ir adiante.

Profa. Dra. Sandra Farsky e a Kaline Waismam, da Faculdade de

Cincias Farmacuticas - USP, pela colaborao proveitosa que mantivemos

neste perodo.

Aos que colaboraram nas vrias etapas deste trabalho: Dr. Cleyson V.

Reis, Dra. Carla Seibert, Dra. Paola Flores, Dra. Janaina Ventura, Luana

Wlian, Dr. Oscar Ramos, Dra. Isabel Batista e Dr. Durvanei Maria, do

Laboratrio de Bioqumica e Biofsica - Instituto Butantan; Dra. Mickie Takagi

e Dra. Viviane Maimoni Gonalves, do Laboratrio de Bioprocessos, Centro de

Biotecnologia - Instituto Butantan; Dr. Robson L. Melo, do CAT - Instituto

Butantan; Profa. Dra. Aparecida Sadae Tanaka, do Depto. de Bioqumica -

UNIFESP; Profa. Dra. Maria Filomena Rodrigues e Dra. Rosana Picoli, do

Laboratrio de Biotecnologia Industrial - IPT; Prof. Dr. Francisco Maffei, Dra.

Snia Andrade Chudzinski e Dra. Lilian Peceguini, do Instituto de Ensino e

Pesquisa - Hospital Srio Libans; Profa. Dra. Consuelo Junqueira Rodrigues,

da Faculdade de Medicina - USP.

Ao Programa de Ps-Graduao em Biotecnologia - USP, em especial

aos funcionrios da Secretaria Marcos, Eliane e Fbia, e presidente do

programa Profa. Dra. Ana Clara Schenberg pelo apoio.

Biblioteca do Instituto de Cincias Biomdicas, em especial a

bibliotecria Maria Jos de Jesus Carvalho, pela ajuda na reviso e

normalizao da tese.

Ao suporte oferecido pelos Funcionrios do Instituto Butantan e da

Universidade de So Paulo.

Enfim, a todos que contriburam para a realizao deste trabalho,

muitos que porventura no foram citados, mas que certamente foram

indispensveis em alguma etapa deste trabalho, doando um pouco de sua

ateno, talento, conhecimento e amizade.

Agradeo a vocs imensamente!

Este trabalho foi realizado no Laboratrio de Bioqumica e

Biofsica do Instituto Butantan, com suporte financeiro das

agncias:

Fundao de Amparo Pesquisa do Estado de So Paulo

Bolsa de Doutorado Direto PROCESSO 05/59739-9

Financiadora de Estudos e Projetos, Governo Federal

Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes

quando me assento e quando me levanto; de

longe penetras os meus pensamentos.

Esquadrinhas o meu andar e o meu deitar e

conheces todos os meus caminhos. Tu me

cercas por trs e por diante e sobre mim pes

a mo.

Salmo 139

A coisa mais indispensvel a um homem

reconhecer o uso que deve fazer do seu

prprio conhecimento.

Plato

RESUMO

Carrijo Carvalho LC. LOPAP (Lonomia obliqua prothrombin activator protease): clonagem e expresso em levedura Pichia pastoris, obteno de um peptdeo sinttico, anlise estrutural e avaliao de suas potenciais aplicaes [Tese]. So Paulo: Programa de Ps-Graduao Interunidades em Biotecnologia da Universidade de So Paulo/Instituto Butantan/ Instituto de Pesquisas Tecnolgicas; 2009.

O contato acidental