Click here to load reader

Litoral sul 02 10-11

  • View
    1.510

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Litoral sul 02 10-11

  • Por Ktia Pinheiro 8773.4321

    [email protected] Sul

    B8 Paraba Domingo, 02 de outubro de 2011 Cidades

    Prefeito de Caapor, Dr. Joo Batista Soares

    As dificuldades so grandes, no adianta ficar dando

    desculpas, pois ningum est 100% satisfeito com o nosso trabalho, mas, luto sempre pelo melhor para nossa cidade.

    MuSaa bela Isabela almeida estudante do curso de tecnologia da hotelaria e adora curtir as praias do litoral sul

    Luciana anglica recebeu seus amigos e familiares em sua residncia onde comemorou a passagem do seu aniversrio. Na foto ela com o esposo ailton, as filhas alice e Clara e com o pai Josemar Bernardo

    O garoto Miguel comemorou seus 2 aninhos, com uma super festa feita pelos pais Caroline e Ronaldo Soares

    Niver

    Em Sampa O radialista Luiz

    Cludio se ausentou do programa Show da Ma-nh da 98.5 Caapor FM, atendendo a um convite de industririos da regio para fazer a cobertura da 6 Exposu-cata 201, realizada em So Paulo de 27 a 29 de setembro. A Exposucata um evento internacio-nal de negcios destina-do aos profissionais que trabalham com materiais reciclveis em escala industrial. Em seguida o radialista ser subme-tido a uma cirurgia de desobstruo arterial na perna e em breve voltar aos microfones da Rdio Caapor FM.

    Punio para telefonia mvel

    A BordoO produtor e o fot-

    grafo responsveis pela edio da Revista de Bordo esto na Paraba. Joo Francisco Pillon e Luiz Prado vieram conhecer os principais atrativos tursticos do Estado a fim de produzi-rem reportagens espe-ciais para as edies de outubro e novembro. No roteiro da visita, os jornalistas passaram pela Capital, curtiram as praias do litoral norte e suas praias e fica-ram encantados com as belezas naturais do litoral sul. Pillon e Prado tambm conheceram o Lajedo do Pai Mateus, em Cabaceiras, que foi cenrio da novela global Aquele Beijo.

    CapacitaoProdutores rurais

    dos assentamentos de Rick Charles, Gurugi II e Dona Antnia, no municpio de Conde, participaram do Semin-rio de Polticas Pblicas para a Reforma Agrria. O evento foi promovido pela Consultoria e Pla-nejamento de Projetos Agropecurios, entidade que presta assistncia tcnica a 14 assen-tamentos paraibanos atravs de contrato com o Instituto Nacional de Colonizao e Reforma Agrria. O seminrio contou com a participa-o de representantes da Prefeitura de Conde, do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentvel da Paraba e Emater.

    Volta pra CasaO deputado estadu-

    al Branco Mendes, ainda se recuperando da cirur-gia que fez h menos de 15 dias para colocao de stent em trs artrias coronarianas, informou que no deixar de par-ticipar da Festa de So Francisco de sua cidade natal. Na tera 4, ele es-tar presente na procis-so e missa em homena-gem ao Santo padroeiro de Aguiar; quarta-feira, dia 5, Branco retorna ao plenrio da Assem-bleia Legislativa para participar da Sesso Ordinria, que tem uma extensa pauta de vota-o de projetos que so do interesse das regies do Serto e litoral sul paraibano.

    Ao de improbidadeA Promotoria do Patrimnio Pblico de Caapor

    ingressou com uma ao de improbidade administrativa contra a ex-prefeita de Caapor, Jeane Nazrio dos San-tos, a Empresa Armando Rodrigues de Oliveira e contra o prprio Armando Rodrigues. A ex-prefeita dispensou a re-alizao de licitao, alegando inexigibilidade, e contratou a 1001 ideias Promoes de Eventos por R$ 298 mil, responsvel pela produo e apresentao de 15 bandas nas festividades juninas de 2005. Documentos encami-nhados pelo Tribunal de Contas do Estado apontaram irregularidades na licitao, a exemplo de uma nota fiscal emitida um dia antes da assinatura do contrato.

    Ao de improbida 2A promotora Cassiana Mendes ressalta que a ex-

    prefeita Jeane Nazrio liberou verba no montante de mais de R$ 900 mil, no ano de 2005, para contratao de servios artsticos, sendo mais R$ 817 mil somente para a empresa de Armando Rodrigues, enquanto para merenda escolar foi destinado apenas R$ 414 mil. Outro ponto destacado foi o valor gasto nos festejos juninos de Caapor, tambm em 2005. Enquanto Campina Grande com o Maior So Joo do Mundo gastou R$ 235 mil, o So de Caapor chegou ao custo de R$ 298 mil.

    Festival de RepentistasNo domingo 25, o Distrito de Mata Redonda do

    municpio de Alhandra foi palco do II Festival de Poetas e Repentistas. Seis duplas se apresentaram e as trs primeiras colocadas foram: Otacilio Soares e Jos Gal-dino; Antnio Batista e Tindara; Manoel Miguel e Biu Abreu. O Festival teve a organizao de Otaclio Soa-res, com apoio do prefeito Renato Mendes e o presiden-te da Cmara Manoel do Posto. A Secretria de Ao social, Gorete Pedrosa, prestigiou o evento tambm representando seu esposo, o deputado Branco Mendes.

    Ao socialO Governo da Paraba

    comprou seis toneladas de macaxeira, inhame, frutas e verduras de 35 agri-cultores do assentamen-to Capim de Cheiro, do municpio de Caapor. Os alimentos sero doados a 20 entidades, que desen-volvem aes em parceria com o Ministrio do De-senvolvimento Social para Erradicao do Trabalho Infantil e manuteno do Centro de Referncia de Assistncia Social, ProJo-vem Adolescente, Caps e hospitais da cidade.

    Briga internaOs secretrios do

    municpio de Pedras de Fogo, Rivaldo Melo (Infra-estrutura) e Olmpiades Ovdio (Educao), pre-tendem disputar o cargo de prefeito nas prximas eleies. Alm de participa-rem da atual gesto mu-nicipal, eles pertencem ao mesmo partido, o PMDB. O impasse agora saber qual dos dois ser o nome indicado pelo partido e que ter o apoio o da prefeita Clarice Ribeiro e tambm do deputado federal Ma-noel Jnior.

    A alta tarifa e a pssima qualidade do servio no sistema de telefonia celular foram os pontos mais ressal-tados durante o debate realizado na quarta-fei-ra, 28, entre parlamen-tares, representantes de empresas do setor e a sociedade civil organizadas, durante sesso especial rea-lizada na Assembleia Legislativa da Paraba. O deputado Janduhy

    Carneiro (PPS) sugeriu ao Ministrio Pblico a instaurao de uma ao civil pblica onde seja pedida a suspen-so temporria da co-mercializao de chips pelas operadoras de telefonia mvel.

    Na audincia pbli-ca, o deputado Janduhy Carneiro, ao justificar o pleito dirigido ao Mi-nistrio Pblico, disse que o Brasil terminou o ano de 2010 com 202

    milhes de telefones celulares em ativida-de, o que representa um crescimento de 16,66%, o que rompe a barreia de mais de um aparelho por habitan-te. E essa realidade tambm ocorre na Pa-raba, segundo infor-mou o deputado. Alm disso, o Brasil tem a quarta mais alta tarifa do mundo e o servio de pssima qualidade, acrescentou.