Click here to load reader

Mais Notícias #545

  • View
    274

  • Download
    20

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição de 04 de outubro de 2012

Text of Mais Notícias #545

  • Em comcio, Maria Ins recebe apoio de Ministro da Justia

    Justia nega recurso de Ded contra SauloO juiz Jos Wellington Bezerra da Costa Neto declarou improcedente o pedi-do de impugnao impetrado pela coligao Unidos Para Seguir Avanan-do, liderada pelo candidato governista. Segundo o magistrado, Saulo no se utilizou de um peridico local para beneficio eleitoral. Agora a chapa liderada por Benevides segue na disputa sem quaisquer impedimentos.

    J o caso da ex-vice Lair da APRAESPI resultou em simples multa.

    QUINTA-FEIRA | 04 DE OUTUBRO DE 2012Ano IX | ED. 545

    Jornalista Responsvel:Danilo Meirawww.jornalmaisnoticias.com.br

    Diversas aes sero realizadas pelo Brasil

    nos prximos dias

    Estrutura para manu-teno causa dor de

    cabea a comerciante

    Presidente da FIESP e SESI anunciou investi-

    mento de R$ 20 milhes

    Outubro, ms do combate ao

    Cncer de Mama

    Buraco em chafariz vira passagem

    de bandidos

    Paulo Skaf visita Ribeiro e manifesta

    apoio a Saulo

    POLTICA

    CIDADE

    | PG.04

    | PG.08

    SEGUNDA-FEIRA EDIO EXTRAcom cobertura completa das Eleies. Veja tambm no site www.maisnoticias.inf.br

    MAIS SADE | PG.15

    POLTICA

    POLTICA

    | PG.07

    | PG.05

  • Ningum...!! Ningum dono da verdade, simples-mente porque no existe a verdade absoluta e inso-fismvel. Desde fevereiro, quando o Supremo Tribu-nal Federal (STF) aprovou por sete votos a quatro a retroatividade da Lei da Ficha Limpa, tenho dito rei-teradamente nesse espao (e os redatores do Mais Notcias em outras sees do jornal) que Ded estaria inelegvel. So sete meses de reportagens, artigos, matrias, deciso judicial em primeira e segunda instncia tomadas pelo Tribunal de Contas do Es-tado de So Paulo e pelos juizes eleitorais, havendo inclusive deciso, embora monocrtica, do juiz Marco Aurlio Mello do superior eleitoral, negando provi-

    mento ao recurso de Ded.Tera feira (02/10), a

    capa do portal Universo On Line, UOL, estampou a lista de todos os fichas sujas do

    Brasil, e na pgina de So Paulo no nmero 117, apa-rece o nome de Edinaldo de Menezes, o Ded. Che-ga ou quer mais? Tem gen-te que quer mais s porque o azulzinho jornal que

    torce mais os fatos que la-vadeira antiga publicou na capa que Ded era ficha limpa. Ou o povo da nossa cidade est com complexo de So Tom (o Santo que queria ver para crer), ou arrisco-me a dizer que no adianta fazer um jornal s-rio como o Mais Notcias, comprometido com a vera-cidade dos fatos, j que h leitores que acreditam em qualquer porcaria.

    Estamos ha quase dez anos lutando para fazer uma imprensa de credibi-lidade e sempre sou ques-tionado na rua se tal fato verdico. Tenho perdido um pouco de pacincia e revidado em tom de desa-fio: Deu no Mais Notcias? Se deu verdade, seno melhor perguntar a quem publicou.

    Perodo de Graa o prazo em que, independente de pag-amento, desde que oriundo de vnculo obrigatrio, o segurado do INSS mantm a condio de beneficirio, situao que contempla tanto os emprega-dos que perderam o emprego, como o contribuinte individual que por algum motivo deixou de recolher a contribuio mensal aos cofres da Previ-dncia Social. O prazo em que o beneficirio inadimplente mantm a condio de segu-rado est previsto no artigo 15 da Lei 8.213/91, a exemplo de desemprego voluntrio ou involuntrio. Tem direito ma-nuteno do Seguro Social por at 12 meses depois de ces-sadas as contribuies, o se-gurado que deixar de exercer atividade remunerada abrangi-da pela Previdncia Social ou estiver suspenso, preso ou li-cenciado, sem remunerao. O beneficirio que contribuiu por 120 meses ininterruptos,

    fica segurado por 24 meses, podendo estender-se por 36 meses se o mesmo comprovar a condio de desempregado no Ministrio do Trabalho e Emprego. No caso de quem re-cebeu o Seguro Desemprego esta prova dispensvel. A o Seguro Social concedido por 3 anos, observando-se que sero disponibilizados, caso necessrio, o auxlio-doena, o auxlio-acidente, o salrio-fam-lia ou o salrio-maternidade. Se a mulher desempregada tiver um filho natural ou adotivo du-rante o perodo de graa, ela ter direito a receber o salrio maternidade, independente de qualquer carncia, conforme entendimento dos tribunais. O Perodo de Graa s no conta como tempo de contribuio para efeito de carncia ou apos-entadoria, nem integra o salrio de contribuio, podendo, as-sim, o contribuinte dispor de um benefcio de menor valor monetrio. No entanto, tendo

    cumprido o perodo de carn-cia (artigo 24 da Lei 8.213/91), observando-se outras previses legais, pode o beneficirio aposentar-se sem precisar vol-tar a contribuir, como no caso do cidado requerer sua aposenta-doria por idade, aos 65 anos (60 anos para mulheres), depois de ter recolhido pelo menos 180 contribuies mensais e inin-terruptas. Finalmente, s haver a perda da qualidade de segu-rado do INSS no dia seguinte ao trmino do prazo para recolhi-mento da contribuio refer-ente ao ms de competncia imediatamente posterior, con-forme mencionado no Plano de Custeio da Seguridade Social (Lei 8.212/91). Desta forma, mesmo aps o transcurso do perodo de graa, o segurado mantm-se como tal por mais um ms e meio independente de contribuio, tendo asse-gurado para si e para os seus dependentes os benefcios pre-videncirios.

    Estamos a trs dias das eleies e iremos decidir, nas urnas, os futuros prefeitos e as futuras Cmaras de Ve-readores do Brasil. um momento de suma importncia e, por isso, devemos usar de toda a ateno para que nossa escolha no seja equi-vocada e comprome-ta nosso futuro e o das prximas geraes.

    Em todo pleito, a im-prensa tem papel fun-damental e decisivo, seja para apresentar os

    candidatos, mostrar o que acontece dentro e fora dos bastidores ou ainda mostrar o dia a dia das campanhas. O Jornal Mais Notcias, h mais de um ano, tem trabalhado na cobertu-ra das eleies, ante-cipando, por exemplo, que o PT teria Maria Ins como candidata e que Ded da Folha te-ria problemas jurdicos por conta da Lei Ficha Limpa. Ns tambm fomos o primeiro ve-culo de imprensa onde

    Saulo Benevides confir-mou a troca de sua vice e tambm a anunciar que Alberto Ticianelli era candidato, inclusive em entrevista onde ele apresentou suas pro-postas.

    Falando em entrevis-ta, boa parte dos candi-datos esteve presente tanto nas pginas deste jornal, quanto nas da re-

    vista Mais Contedo, outro produto de nossa empresa jornalstica, para se apresentar ao eleitor e mostrar seus planos, caso eleitos. No caso dos candidatos Prefeitura, a exceo foi Ded da Folha que, por conta de exign-cias que beiraram o ab-surdo por parte de sua assessoria, no apre-

    sentou suas propostas ao nosso leitor. Enfim, um trabalho duro e pra-zeroso.

    Agora, com voc, caro leitor, eleitor e amigo. Esperamos que nosso trabalho tenha auxiliado em sua esco-lha nas urnas mas, inde-pendente de qualquer coisa, temos certeza de fizemos nossa pe-quena parte para que Ribeiro Pires seja uma cidade melhor, que ir capitalizar os avanos construdos desde Ar-

    thur Gonalves rumo a um futuro promissor. Nosso trabalho, claro, no acaba no dia 8 de outubro, quando nossa edio especial estar nas ruas. Ir continuar, mostrando a chegada do novo mandatrio e da nova Cmara e tam-bm fiscalizando suas aes. De uma coisa, vocs podem ter cer-teza: o Mais Notcias e a Mais Contedo so parceiros da popula-o, da democracia e tambm da cidadania.

    Agora com vocs

    Quem est com a verdade?Perodo de Graa Voc Sabia?

    Esperamos que nosso trabalho tenha auxiliado em sua

    escolha nas urnas

    02

    PUBLICAO SEMANAL DE MAIS NOTCIAS EMPRESA JORNALSTICA LTDA.

    CNPJ: 05.531.420/0001-18email: [email protected]

    [email protected]

    EDITOR: ANTONIO CARLOS CARVALHO | JORNALISTA RESPONSVEL: DANILO MEIRA Mtb: 43.013

    REPORTAGEM: ISABELLA VEIGA Mtb: 63.034 / THIAGO QUIRINO Mtb: 61.451 | DIAGRAMAO E EDITORAO: GUSTAVO SANTINELLI

    DEPARTAMENTO COMERCIAL: SIDNEI MATOZO / CLAUDIO SANTANNA

    DEPARTAMENTO JURDICO: DR. GILMAR ANDRADE DE OLIVEIRA / DR. ERIC MARQUES REGADAS

    COLABORADORES: ELIANA MACIEL DE GES / RAUL CARLOS DE CARVALHO / ALA VOLOSHYN

    ADMINISTRAO: ELISETE HELENA PIMENTA | IMPRESSO: DIRIO LANCE

    DISTRIBUIO GRATUITA EM RIBEIRO PIRES, RIO GRANDE DA SERRA E REGIO DA REPRESA BILLINGS

    Rua Olmpia Catta Preta, 194 1 Andar, Sala 2 CEP 09424-100

    Centro Ribeiro Pires SP Fone: 4828-7570 Fax: 4828-1599

    OPINIES 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.br

    ARTIGO | Gazeta - Editor do Jornal Mais Notcias e da Revista Mais ContedoARTIGO | Josenito Barros Meira OAB/SP 281838 advogado ps-graduado Milita na rea Cvel, Trabalhista e Desportista.

    arrisco-me a dizer que no adianta fazer um jornal

    srio como o Mais Notcias, compro-metido com a ve-

    racidade dos fatos, j que h leitores que acreditam em

    qualquer porcaria

  • 03 RESUMO

    COMENTRIOS

    acesse www.jornalmaisnoticias.com.br e comente nossas matrias!

    FOTO MAIS

    FALOU E DISSE

    Quinta-Feira 30 19 80%80%

    0%0%

    27 20

    32 1732 18

    Sbado

    Domingo

    Sexta-Feira

    Mxima Mnima Prob. Chuva

    TAPAS E BEIJOS

    Moradores da Praa Sabar reclamam de esttuasGostaria de saber se essas porcarias esto na sala do

    Volpi, ou de qualquer vereador. Como fizeram com essas quadras nojentas, em frente s casas das pessoas, que por sinal foi ideia lgico dessa cambada que no fazem nada na Cmara, a no ser encher linguia. Estou indignada com tantas falcatruas e ningum para impedi-las e achar que tudo normal. Relgio do Paraguai, esculturas de lata com preos que nosso colega acima disse, que no sabemos, uma rodoviria podre. E 2 candidatos a prefeito sem moral e sem credito na cidade. Mas com vans e nibus, circulan-do e levando crianas, isso pode? Tomara que entre outro prefeito ou prefeita e tire a mordomia dessa gente escrota e sem valor moral, vai pegar trem de manh lotado e comer uma marmita requentada, para ver se essa turminha do sem

    Na ltima semana, nossa redao sofreu um des-falque, com a sada da jornalista, atriz, radialista e apresentadora Isabella Veiga que, apesar de sua curta estadia, nos brindou com seu profissionalismo, amizade e carisma. A equipe do Mais Notcias dese-ja boa sorte nos projetos presentes e futuros.

    Aos vndalos que depreda-ram a casa de

    mquinas do chafariz da praa central e consegui-ram assaltar duas vezes comrcio da regio.

    Aos eleitores que mais uma vez iro decidir

    o futuro da cidade votan-do em vereadores e pre-feito.

    Todos me olham como se eu fosse um medalhista de ouro. Psy, rapper sul-coreano que ficou conheci-do mundialmente aps o sucesso repentino do v-deo Gangnam Style.

    O prefeito fiscaliza e ele quem tem que respon-der, eu sou o vice-prefeito.

    Ded da Folha, tirando o corpo fora ao ser ques-tionado sobre o caos da Sade em Ribeiro Pires.

    www.jornalmaisnoticias.com.br

    fazer nada aguenta. O povo que sofre e eles numa boa usufruindo nosso dinheiro. VOTE NULO. SENO ESTAMOS LASCADOS. Lilian Martins (01/10/2012)

    Zeca Jacar afirma que algumas coisas precisam mudar

    Venho, por meio desta, mostrar que estou indignado com certos politiqueiros desta cidade, um dia destes estive na UPA que acabou de ser inaugurada e j deparei com um candidato fazendo planfetagem e usando o Pseudo poder poltico para fazer que uma eleitora sua passasse na frente, se ainda no ganhou o que ser que ele far, passar todos os seus eleitores na frente, ai no precisaria mais ter UPA Santa Luzia e sim Clinica do Vereador, impugnao nele

    Mildred Campari (28/09/2012)

    04 | outubro | 2012

    O que bom dura pouco...

    METEOROLOGIA

    Criatividade sem limites

    Alm da intensa briga judicial que marcou a cam-panha eleitoral 2012, a criatividade demonstrada por alguns candidatos merece destaque.

    A candidata Elzinha (PT), por exemplo, espalhou di-ferentes bonecas para destacar o foco de seu futuro tra-balho. As bocas destacam os seguintes perfis: professo-ra, criana, juventude, hip hop, feminista, afro, militante da Sade, do movimento negro petista, dentre outras.

    Em fim de campanha, Renato Foresto fez uma an-lise de seu trabalho, que percorreu toda a cidade de Ribeiro Pires nos ltimos trs meses. Em suas an-danas, conquistou apoio de diversas lideranas e as-sumiu compromisso de trabalhar pela cidade e pres-tar contas de seu mandato em todos os bairros, sem promessas. Se em trs meses um candidato pode percorrer toda a cidade pedindo votos, se eleito, em quatro anos tenho o compromisso de voltar a todos os bairros ouvindo a populao e trabalhando em prol de suas reais necessidades, afirmou Renato Foresto.

    Renato Foresto exalta campanha positiva

  • 04 POLTICA www.jornalmaisnoticias.com.br

    Recebeu? Paga! I

    Apesar da brevidade da Sesso da Cmara desta semana, as pro-las dos preciosos edis foram muitas. Assim que o primeiro secret-rio leu um telegrama do Ministrio da Sade li-berando pouco mais de R$ 300 mil para o mu-nicpio, um experiente vereador disparou: D pra pagar bastante con-ta com esse dinheiro. O comentrio oportuno do vereador aparece no momento em que o se-tor sofre com atrasos de pagamento diversos na cidade.

    Recebeu? Paga! II

    Empolgado com a fala do colega, outro vereador disparou em seguida: Agora d para acertar as contas com os funcionrios do hospital. O comentrio soou estranho j que foi proferido por uma figu-ra conhecida por exigir o respeito dos demais membros da bancada. Nosso agente da SIA (Servio de Informa-es Annimas) ques-tionou o nobre parla-mentar sobre sua crise de empolgao e a res-posta foi um simples: que me escapuliu!

    Voando alto

    As prolas no pa-raram por a. O mesmo vereador que pediu para a Prefeitura pagar suas contas, ao ouvir o questionamento de um colega sobre a preca-

    riedade do asfalto da Avenida Pedro Ripoli soltou aos quatro ven-tos: No se preocupa, ano que vem o Saulo vai instalar um aeroporto l no Barro Branco e no vamos mais precisar remendar os buracos dessa rua, s ir voan-do.

    E o Z?

    Talvez a confuso ge-rada pela mudana de partido, posio poltica ou mesmo de amizades, fez com que o vereador Z Nelson perdesse o rumo na hora de fazer suas placas. O vereador que era da situao e posteriormente apoiou a oposio e culminou nas fileiras do PT foi condenado a pagar R$ 100 por placa confec-cionada com seu nome e o de seu amigo Saulo Benevides. Z, de que lado voc est afinal?

    Dizem por a...

    Que o garoto prod-gio do PPS conquistou mais um recorde dig-no do Guinness Book. Ele conseguiu perder todos os processos abertos contra seus adversrios; perdeu os recursos no TRE e TSE; perdeu o prazo para enviar sua defesa; que nem no truco o meni-no ganha mais. Desse jeito, ele entra para his-tria como o maior p-frio que essa cidade j conheceu. E com um adendo: neste domingo a mar de azar parece que vai continuar...

    ALM DO MAIS

    04 | outubro | 2012

    Por Danilo Meira

    Maria Ins recebe apoio de Jos Eduardo Cardozo, Ministro da Justia e relator do Ficha Limpa

    No ltimo sbado, a candidata a prefeita de Ribeiro Pires pelo PT, Maria Ins, recebeu mais um integrante do primei-ro escalo do governo da Presidenta Dilma Rous-seff, o ministro da Justia Jos Eduardo Cardozo, que, em caf na Padaria Central, analisou o Pro-grama de Governo, em especial a parte de se-gurana, tirou fotos com eleitores, militantes e candidatos da legenda e, a seguir, protagonizou um mini-comcio no calado da Rua do Comrcio.

    Em sua fala, ressaltou a qualidade do documen-to, ressaltando as quali-dades, em especial da rea de Segurana. Isso a prova da qualidade do governo que Ribeiro Pi-res pode ter, disse, antes de ressaltar pontos como monitoramento por c-meras. A seguir, Cardozo ressaltou a experincia da candidata: se o Mano

    Menezes pudesse chamar os campees de outras Copas do Mundo, como Rivellino, Ronaldo, teria um timao. E a Maria Ins, nas suas primeiras ges-tes, ganhou uma Copa do Mundo para Ribeiro Pires. Ento, por que no escal-la para mais qua-tro anos? A seguir, mais elogios: assino embaixo da correo e da tica de Maria Ins. Ela uma candidata sria, correta, companheira e firme. Um bom prefeito tem que ter capacidade de articula-o poltica para trazer recursos federais e esta-duais para Ribeiro Pires e isso ela tem.

    Cardozo concluiu o discurso afirmando que tudo pode mudar na reta final: os ltimos dez dias de campanha so deci-sivos, pois quando as pessoas deixam para escolher ou at reava-liar em quem vo votar. Tenho absoluta certeza,

    pela margem grande de indecisos que h na ci-dade e pela situao das outras candidaturas, que muitos votos iro migrar para Maria Ins nesta reta final.

    Ficha Limpa Cardo-zo foi um dos relatores da Lei Ficha Limpa, projeto de iniciativa popular que entrou em vigor este ano e est sendo usado pela primeira vez nas Eleies 2012 que acabou por le-var pleitos em todo o pas a discusso no poder ju-dicirio. As leis subme-tem um campo maior de exame das candidaturas por parte da Justia e natural que faa com que as campanhas sejam mais judicializadas, no s em Ribeiro Pires, afirmou o ministro.

    Apesar do clima de que a deciso das elei-es ser nos tribunais, o ministro prefere acre-ditar que o eleitor far o maior julgamento: A

    Justia Eleitoral tem um papel muito importante nas eleies, mas a jus-tia mais eficaz a das urnas. Se uma pessoa usa de violncia ou mtodos ilegais para se eleger, imagine o que no far se eleito. Pessoas assim agiro de forma arbitr-ria e abusiva, afirmou o ministro antes de ressal-tar: o jugamento mais importante o das urnas. Pessoas que agem assim no merecem ser eleitas a nada.

    Para o futuro, Cardozo v que a lei pode ter ajus-tes: a Lei da Ficha Limpa um grande marco na poltica brasileira, que permitiu uma situao re-clamada pela populao h anos, que o controle efetivo nas urnas. J exis-tem estudos para que ela possa ser melhorada, mas sem perder esse esprito, de uma grande conquista democrtica para o povo brasileiro.

    Candidata do PT fez trajeto da Santa Luzia at o centro com eleitores e apoiadores

  • 05 POLTICA www.jornalmaisnoticias.com.br

    Presidente da FIESP aposta na parceria para promover o desenvolvimento econmico da cidade

    Parceiros comerciais agora tambm sero parceiros polticos

    04 | outubro | 2012

    Por Thiago Quirino

    Paulo Skaf apia campanha do PMDB de Ribeiro Pires

    Aps veto, vereadores sugerem novo aumento salarial para prefeitos e secretrios

    De Padeiro Padeiro um voto de confiana

    Em 2013, o novo pre-feito eleito de Ribeiro Pires ter o salrio de R$ 20.042,34. Pelo menos esse foi o valor aprovado nesta semana pelos vereadores. No ms passado, seguin-do a legislao vigente, a Cmara props um au-mento salarial ao Chefe do Executivo de 133%, tota-lizando mais de R$ 26 mil. Esse valor foi vetado pelo prefeito Clvis Volpi (PV),

    com a justificativa de que o aumento salarial causa-ria srio impacto no ora-mento municipal. A nova proposta sugere aumento de 100% nos vencimentos do Executivo, incluindo os salrios de vice-prefeito e secretrios.

    O subsdio do vice-pre-feito fixado em 50% do que couber mensalmente ao prefeito, neste caso, ser de R$ 10.021,17. O salrio

    dos secretrios municipais ser o mesmo valor. As des-pesas com a execuo des-ta lei, correro conta das dotaes oramentrias es-pecficas, consignadas na Lei Oramentria Anual.

    O projeto foi aprovado pro unanimidade. O pre-sidente da Casa de Leis, Gerson Constantino (PSD), explicou que em Ribeiro Pires, ao contrrio de ou-tras cidades, o salrio dos

    integrantes do Executivo s so atualizados a cada quatro anos. Estamos cum-prindo o que est escrito na lei. No estamos fazendo o repasse inflacional anual, como acontece em outros lugares, destacou.

    Aps a aprovao, o projeto foi enviado Pre-feitura e aguarda sano do prefeito, que tem auto-nomia para vetar esse novo aumento. (T.Q.)

    Nos momentos finais que antecedem mais po-lmica disputa eleitoral da histria de Ribeiro Pires, algumas aes ilustram a qualidade e a simplici-dade que a campanha de algumas pessoas tem de-monstrado. Miguel Luis, o Miguel da Padaria (PSC), decidiu abrir mo de sua candidatura por proble-mas de sade, mesmo as-sim no est fora da Elei-o.

    Miguel da Padaria de-cidiu ceder seu apoio ao amigo de longa data, Jos Maria Adriano (PMDB), ex-vereador e um dos membros vivos e atuantes mais antigos de seu parti-do. Adriano, que tambm dono de padaria ficou lisonjeado com o apoio do amigo. Poltica de verda-de isso, o compromisso, companheirismo e a busca pelo bem da populao, frisou o candidato. (T.Q.)

    A fim de apoiar a candi-datura de Saulo Benevides (PMDB) prefeitura de Ri-beiro Pires, o presidente da FIESP (Federao das Indstrias do Estado de So Paulo), Paulo Skaf, esteve na cidade e se encontrou com militantes. Em discurso ar-rojado, Skaf frisou a impor-tncia do relacionamento com prefeitos para fomen-tar o desenvolvimento por meio de parcerias.

    A Saulo, o presidente da Federao disse que a vit-ria da gesto importante. O Saulo no precisa bater na minha porta porque j est aberta. Vou me esfor-ar pessoalmente para aju-dar o Saulo, uma vez que ele tem uma preocupao muito grande em gerar emprego e renda para os moradores de Ribeiro Pi-res, disse ao completar que ir ajudar o candidato a trazer empresas e inds-trias, principalmente no poluentes para Ribeiro

    Pires.Saulo Benevides disse

    que vai destinar o terreno para a construo do novo prdio do SESI- SENAI na cidade, que j tem a amplia-o liberada. O SENAI j destinou uma verba de R$ 20 milhes para a amplia-o das instalaes aqui na cidade, mas o atual prefeito no libera a contrapartida. Ns vamos priorizar a obra, pois so R$ 20 milhes gi-rando aqui na cidade e o SENAI uma excelente es-cola, formadora de mo de obra, afirmou Saulo.

    Saulo agradeceu a pre-sena de Paulo Skaf e dis-se que vai trabalhar muito para conseguir trazer mais emprego e renda para a populao. Vamos trazer a indstria de chocolate para a cidade. Vamos criar empregos. Com a ajuda do Skaf e do meu partido, o PMDB, vamos trazer desen-volvimento para Ribeiro Pires, afirmou Saulo.

  • Aps avaliao mdica positiva, Mercedes DOrto retoma campanha

    07 POLTICA www.jornalmaisnoticias.com.br 04 | outubro | 2012

    Por Thiago Quirino

    Justia eleitoral inocenta Saulo de processos

    Os julgamentos mais emblemticos para o grupo do candidato a prefeito Saulo Benevi-des (PMDB) aconteceram nesta semana. Ontem, o Juiz Eleitoral da Primeira Vara de Ribeiro Pires, Jos Wellington Bezerra da Costa Neto inocentou o peemedebista da acu-sao de abuso de poder econmico. O processo havia sido movido pela coligao liderada pelo candidato governista Ded da Folha (PPS) que usou de provas duvido-sas e fora de contexto em uma tentativa de ligar Saulo a um jornal local conhecido por publicar matrias favorveis ao candidato.

    Aps avaliar as am-plas provas da defesa, o juiz destacou que dois pontos eram mais delica-dos: primeiro a possvel vinculao de duas scias do jornal campanha do candidato representado e a distribuio por cor-religionrios deste dos exemplares de edio

    determinada.O magistrado desta-

    cou que embora tais cir-cunstncias causem uma primeira m impresso, quando cotejadas com o bom direito no vingam. Na verdade o ponto fun-damental que dirime esta lide a anlise do conte-do das matrias veicula-das, toma-se irrelevante a ligao remota de seus proprietrios com a cam-panha deste ou daquele candidato, assim como irrelevante se toma a dis-tribuio de exemplares por correligionrios.

    Outro destaque apon-tado pelo juiz foi o de que o peridico em questo ressalta aquilo que rende dividendos polticos ao candidato de sua prefe-rncia na mesmssima li-nha em que o faz o jornal Folha de Ribeiro Pires, o que se averigua pelo exame das cpias de sua edio que instruem a defesa.

    Caso Lair da APRA-ESPI

    O segundo proces-

    so aprecia o compareci-mento da ex-vice de Be-nevides, Lair Moura, em uma inaugurao pbli-ca ocorrida no dia 1 de setembro. Segundo a Lei Eleitoral, qualquer candi-dato que comparece em inaugurao no perodo eleitoral pode ter seu re-gistro cassado. No caso de Lair, no apenas ela corria o risco, mas Saulo Benevides tambm po-deria ficar fora da elei-o caso a sentena fosse desfavorvel defesa.

    Jos Wellington, aps ouvir o parecer do Minis-trio Pblico Eleitoral e de testemunhas decidiu, baseado em jurisprudn-cia, apenas multar Lair, li-berando Saulo Benevides para seguir em campa-nha. O valor aplicado foi de 5 mil UFIRs, que hoje totalizam R$ 11.350,00. Na espcie, o candidato compareceu inaugura-o de obra promovida pelo seu adversrio pol-tico, mas no auferiu van-tagem poltico-eleitoral com o evento. De outro

    lado, no se pode cerrar os olhos para a realidade de que efetiva infrao regra posta existiu, ava-liou o juiz antes de decre-tar a sentena.

    A deciso foi baseada, em parte, na avaliao do MP. O promotor de Justi-a responsvel pelo caso, Abner Castorino disse que a renncia da ento candidata era irrelevante porque no momento da representao Lair ain-da assumia a qualidade de candidata vice-pre-feita. Por outro lado, o que existe nos autos o comparecimento passivo de Lair Moura. Esta no assumiu posio ativa na inaugurao, porquanto no discursou ou distri-buiu material de campa-nha, alm de permanecer distante do palco em que figuravam as autorida-des, apontou o promotor antes de concluir: No vislumbro gravidade sufi-ciente a ensejar cassao do registro, inclusive, do candidato a prefeito da coligao representada.

    Com a sade em ordem, candidata buscar votos at o ltimo minuto antes da eleio

    Saulo vence processos e segue Ficha Limpa

    A candidata da Onda Rosa, Mercedes DOrto (PV), retoma hoje, com fora redobrada, sua cam-panha. Aps ficar afastada dos eleitores por questes mdicas, Mercedes refor-a as visitas em diferentes bairros nesta reta final da corrida eleitoral.

    H algum tempo, a can-didata sofria com dores abdominais, aps consultar um mdico e passar por uma bateria de exames, foi detectado um pequeno cis-to em seu ovrio esquerdo. Por no representar nada grave, a cirurgia para ex-trao do cisto foi marca-da para depois da eleio. Estou me recuperando de alguns probleminhas de sade, mas isso no me im-pede de voltar s ruas para ajudar a fortalecer o traba-lho maravilhoso da nossa equipe de colaboradores e apoiadores, disse a lder da Onda Rosa.

    Mercedes, que at o ano passado era uma figu-ra desconhecida na cidade, ganhou popularidade du-rante o perodo eleitoral a ponto de ser uma das mais cotadas para ocupar uma cadeira na Cmara. Segun-do ela, o segredo para o crescimento da sua campa-nha uma simples atitude:

    sorrir. Visitei casas, con-versei com pessoas, ouvi problemas, acompanhei uma srie de dificuldades. Ao encarar tudo com bom humor as pessoas adqui-riam mais esperana e por essas pessoas que estou me candidatando. Quero ajudar a populao a ter uma Cmara Munici-pal ativa, que defenda os interesses dos muncipes, revelou a postulante.

    No perodo em que Mer-cedes esteve ausente, rivais polticos mal intencionados espalharam boatos sobre seu estado de sade numa tentativa de fazer seus elei-tores desistirem de votar na Onda Rosa. Peo a todos que continuem me apoian-do e confiando nos nossos planos de melhorias para a cidade, pois lhes garanto que se eleita, no vou de-cepcion-los, garantiu.

    Nesta reta final das eleies, Mercedes DOrto apenas agradece aqueles que tm colaborado com sua campanha: Nesse mo-mento me faltam palavras para agradecer a Deus e todos que tem me recebido com carinho. Estou extre-mamente lisonjeada com toda essa demonstrao de amor e solidariedade, conclui. (T.Q.)

  • Demolays de Ribeiro Pires realizaro sesso pblica neste sbado

    O Captulo DeMolay Pi-lares de Ribeiro Pires re-alizar uma sesso pblica destinada a todos aqueles que tm interesse em co-nhecer a organizao. O evento ser realizado neste sbado, dia 06, s 16h nas dependncias do templo manico localizado na Rua Csper Libero 114, Vila Aurora.

    A Ordem DeMolay uma escola inicitica de princpios filosficos, fra-ternais e filantrpicos, pa-trocinada pela Maonaria e destinada jovens do sexo masculino com idade entre os 12 e os 21 anos. Funda-da nos Estados Unidos no dia 18 de maro de 1919, a organizao baseia-se em 7 virtudes cardeais: Amor Filial, Reverencia pelas coisas sagradas, Cortesia,

    Companheirismo, Fidelida-de, Pureza e Patriotismo.

    Segundo a tica da instituio, um demolay serve a Deus; honra todas as mulheres; ama e honra seus pais; honesto; leal a ideais e amigos; executa trabalhos honestos; cor-ts; sempre um cavalhei-ro; um patriota tanto em tempo de paz quanto em tempo de guerra; sempre permanece inabalvel a favor das escolas pblicas; o orgulho de sua Ptria, seus pais, sua famlia e seus amigos.

    Para participar do even-to o jovem interessado de-ver, obrigatoriamente, estar acompanhado pelos pais ou responsvel. Outras informaes pelo e-mail: [email protected] (T.Q.)

    Por Carla Legner

    Comrcio no Centro assaltado duas vezes em 15 dias

    Em menos de 15 dias, o comrcio de Ricardo Ri-beiro, que fica no Centro de Ribeiro Pires, foi assal-tado duas vezes. Segundo o proprietrio do estabe-lecimento, a falta de manu-teno no chafariz da praa central da cidade, que fica ao lado de sua loja, favore-ce a ao dos assaltantes. Existe uma porta que d acesso ao interior do mo-

    numento, s que a mesma est totalmente danificada, facilitando a entrada dos meliantes.

    Alm da porta aberta, a estrutura que sustenta o chafariz uma tima esca-da para os assaltantes, que utilizam a mesma para su-bir at a minha janela la-menta Ricardo. De acordo com o Boletim de Ocorrn-cia 4707/2012, o prejuzo

    com os objetos roubados relatados somam quase trs mil reais, fora os gas-tos que o comerciante ter com grades e sistema de alarme.

    Mesmo tomando todas as providencias, Ricardo se preocupa com a pocibi-lidade de novos atentados. H alguns dias, colocaram fogo um restaurante aqui prximo, meu medo que

    Grupo age como escola filosfica para rapazes de 12 a 21 anos

    Porta danificada foi usada como passagem por meliantes

    nesse perodo de transi-o onde estou colocan-do as grades, ele faam o mesmo com a minha loja, estou pensando at em fa-zer um seguro, lamenta.

    O proprietrio do es-tabelecimento informou que entrou em contato com a Prefeitura para pro-videnciar a manuteno da porta, mas recebeu a informao que a autar-quia est procurando um serralheiro para resolver a situao.

    Procurada pela reda-o do Mais Notcias a assessoria de imprensa da Prefeitura informou que a responsvel pela manuten-o da fonte em questo a Secretaria de Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo (SEJEL). A mes-ma j esteve no local para averiguao e a manuten-o da porta j est sendo executada. O comerciante confirmou que os traba-lhos de conserto j foram iniciados.

    08 CIDADE www.jornalmaisnoticias.com.br 04 | outubro | 2012

  • Por Danilo Meira

    Moradores do Barro Branco pedem mudana em linha de nibus

    Na ltima tera, mora-dores da Vila Itapevi, no Barro Branco procuraram a reportagem do Jornal Mais Notcias para reclamar de um velho problema no bairro: o trajeto do nibus que serve regio.

    Segundo o lder co-munitrio Dirceu Carlos Minuccio, em petio pro-tocolada na ltima quin-ta-feira na Secretaria de

    Transporte e Trnsito, os muncipes pedem que a linha Barro Branco, da Ri-gras, tenha seu percurso alterado para que tambm atenda as ruas Capivari, Engenheiro Lorenzetti, das Camlias, Arari e Lisboa. Desta feita, ela serviria tambm Creche-Escola Ccera Benevides dos San-tos, que fica na ltima rua citada, facilitando s mes

    e pais levarem e buscarem seus filhos.

    Este requerimento ampara-se na necessidade de locomoo de aproxi-madamente 400 pessoas idosas que necessitam deste transporte para suas necessidades mais bsicas (...), 2200 pessoas todos os dias que precisam ir e vol-tar de seus empregos e 400 jovens que necessitam de

    Escola ser a maior beneficiada com a mudana da linha

    transporte para estudar e lazer, explica Dirceu, em outro documento por ele assinado e protocolado na empresa transportadora em 25/04 e no trnsito em 11/04 deste ano.

    Este foi apenas um ca-ptulo da luta que j tem quase uma dcada e passa por um episdio inusitado. No dia 29/05/2004, em ple-na campanha eleitoral, o atual prefeito, Clvis Volpi, assinou um termo se com-prometendo a verificar, junto a empresa respons-vel pela linha, a possibili-dade de alterar o itiner-rio e atender justamente a esta solicitao que at hoje no foi realizada.

    A Prefeitura respondeu que a Secretaria de Trans-porte e Trnsito recebeu a solicitao, encaminhou para a Empresa Rigras, responsvel pelo trans-porte de nibus municipal, e aguarda parecer sobre avaliao em mudana do itinerrio.

    09 CIDADE www.jornalmaisnoticias.com.br 04 | outubro | 2012

    Agncia Nacional de Sade Suplementar (ANS) suspendeu por trs meses a venda de 301 planos de sade. Para o governo essa atitude uma forma de pu-nir as 38 operadoras que administram os servios, proibindo a comerciali-zao de planos por no cumprirem prazos esta-belecidos para consultas, exames e cirurgias.

    No caso de consultas simples, o prazo mximo para atendimento de sete dias. Se for para ou-tras especialidades m-dicas o tempo de espera aumenta para 14 dias. Para exames simples de labo-ratrio o prazo de trs dias e procedimentos mais complexos, 21 dias teis. Nos ltimos trs meses o nmero de reclamaes

    cresceu bastante. Entre 19 de junho e 18 de setembro, foram mais de 10 mil quei-xas, a maioria relacionada demora no agendamento de consultas, exames e in-ternaes.

    As empresas tiveram reclamaes 75% acima da mdia da ANS. Na pri-meira vez em que aplicou essa punio, em junho, a agncia suspendeu a ven-da de 268 planos de sade. Duzentos e vinte e um fo-ram reincidentes e perma-necem proibidos de serem comercializados. Dentre os planos suspensos pelo ANS, os principais comer-cializados em Ribeiro Pires so: Santa Helena, Greenline, Transmontano, Present Snior, Sade Me-dicol, Unimed Paulistana e Ceisa. (C.L.)

    ANS suspendeu por trs meses a venda de 301 planos de sade

    UniHosp uma das operadoras que no foram atingidas pela medida e continuam operando normalmente

  • De forma humilde, Donata mostra sua receita de sucesso

    Falta viso empresarial na Administrao Pblica, diz Samuel do TrnsitoPor Danilo Meira

    Donata um nome bas-tante conhecido pela sua profisso, que h 35 anos mexe com a cabea dos moradores da cidade, pois passou a maior parte de sua vida cortando cabelo em Ri-beiro Pires. Hoje, dono do seu prprio estabelecimen-to emprega 18 funcionrios que juntos so responsveis por quase nove mil cortes de cabelo todo ms.

    Sempre acreditou e desenvolveu trabalhos so-ciais ligados a oportunida-de profissional. Sua maior conquista de vida foi gerar oportunidade de emprego para os recm formados. Consegui dar oportunida-de para mais de 400 pes-soas, e hoje muitos j pos-suem seu prprio negocio, destaca.

    A sua histria poltica

    comeou desde a poca em que ou se pertencia ao PMDB ou Arena. Este ano candidato do PR e est em sua terceira candidatu-ra como vereador. Em 2004 e em 2008 conquistou uma quantidade expressiva de votos e se tornou suplente em ambos os pleitos.

    Avaliando sua campa-nha, esta bastante otimista e acredita no resultado posi-

    tivo. Estamos em uma fase crescente com lideranas fortes, em especial os gru-pos religiosos de catlicos e evanglicos, ressalta. Um de seus maiores apoia-dores o pastor presidente da Assemblia de Deus da Vila Alzira de Santo Andr, Antnio Campasse. Donata acredita que esse ano esse ser o grande diferencial. (C.L.)

    Candidato a vereador quer levar experincia na indstria para a Cmara

    Pastor Antnio Campasse um dos apoiadores de Donata

    Um dos setores mais delicados em qualquer cidade o Trnsito. E, em Ribeiro Pires, um agente marcou poca nas ruas: Samuel Nunes, o Samuel do Trnsito. Morador da cidade h 39 anos, quan-do veio de Cubato, dedi-cou os ltimos 11 a orien-tao dos motoristas.

    Antes disso, porm ele teve uma slida carreira na rea industrial, atuan-do na rea administrativa. Atuei em diversas em-presas, como a Cosipa e tambm outras da rea metalrgica e de autope-as. Me aposentei e, mes-mo depois disso, ainda trabalhei por seis anos na Bonatto, explicou.

    Com isso, ele adquiriu um slido conhecimento

    em gesto empresarial, o que o ajudaria em sua prxima atividade: agen-te de trnsito. Em 2000, resolvi prestar concur-so pblico e me inscrevi para o cargo de agente, visando atuar na parte tcnica, em obras e cons-truo civil e assim cola-borar de alguma maneira com a sociedade. Depois que fui chamado, acabei destacado para o Trnsi-to. No posso dizer que no me surpreendi, j que no era a inteno inicial, mas aceitei o desafio, explicou.

    De cara, identificou uma grande dificuldade: h um dficit de infor-maes para o motorista e, fazendo uso de seus conhecimentos como

    professor ( formado em matemtica), passou a fa-zer um trabalho educativo que lhe rendeu destaque. Passou ento a educador e tcnico e, inclusive, re-cebeu o ttulo de Cidado Ribeiropirense.

    Agora, candidato a vereador pelo DEM e planeja usar o conheci-mento adquirido na ini-ciativa privada para atuar em prol de melhorias na cidade, em especial as reas da Sade, Cultura e Educao: falta viso empresarial na Adminis-trao Pblica, ressalta. No basta s fazer con-creto. preciso um olhar diferenciado para fazer com que a cidade cresa melhor e harmonicamen-te, concluiu.

  • POLTICA REGIONAL11 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

    Leci Brando faz passeata com candidato de Ribeiro

    Novaes: Recurso tem, falta vontade polticaPor Carla Legner

    Hoje, a cantora e Depu-tada Estadual Leci Bran-do do PCdo B, estar em Ribeiro Pires a partir das 14H no Pao Munici-pal realizando passeata para prestigiar e apoiar o candidato a vereador do mesmo partido Prof. Joo

    Moreira, o mestre Pel. Uma cidade me-

    lhor e mais humana s possvel quando temos uma Cmara Municipal composta por vereado-res comprometidos com o povo. Por isso apoio o Mestre Pel, tenho cer-

    teza de que a defesa da igualdade racial, inclu-so social, melhorias no esporte e na educao sero prioridades em seu mandato, ressalta a de-putada.

    Leci tem desenvolvi-do um papel importante

    dentro da Assemblia Legislativa como lder de partido agregando di-versos valores sociais no qual o Mestre Pel tem seguido como exemplo trazendo e implantando na cidade de Ribeiro Pi-res. (C.L.)

    Ministro Alexandre Padilha, Novaes, Maria Ins e Gerson Constantino

    Candidato a vereador, Mestre Pel tem apoio da Dep. Leci Brando

    Novaes mora em Ribei-ro h quatro anos, co-merciante e se considera o candidato do povo. Mes-mo em sua primeira can-didatura como vereador acredita no seu potencial e no sucesso como pol-tico. Sua participao no meio comeou cedo, des-de 1978 vem participando de campanhas para outros candidatos ou em funes dentro do seu partido, o PDT.

    Se eleito, pretende trabalhar principalmen-te pela Sade. Para ele a ineficincia no setor no se d apenas por falta de

    hospitais e mdicos, e sim pelo seu mau gerencia-mento. Para imprensa local abordou diversas vezes sobre as questes da sa-de pblica. Ressalta a im-plantao de mais ambu-lncias na cidade e nibus de acesso ao hospital pelo menos a cada 30 minutos. Alm disso, Novaes um nome forte para a Cultura da cidade. Pretende lutar pela construo da Casa de Artesanato Ribeiro Pires, mas sem nunca es-quecer de questes im-portantes como educao e segurana.

    Um dos grandes mar-

    cos da sua campanha foi o trabalho de contestao da lei Cidade Limpa que a seu ver no resol-ve o problema da polui-o visual. Essa lei tem prejudicado demais os comerciantes da cidade. No fcil construir ao longo dos anos um nome com credibilidade e de uma hora pra outra vem algum e lhe tira isso, contesta Novaes. Segundo ele existem muitos comer-ciantes pagando a taxa de publicidade, mas no pode ter o nome do seu comrcio na fachada. injusto!, completa.

    As vsperas da elei-o, Novaes est tranqi-lo e acredita no resultado positivo. Agora s me resta aguardar e agrade-cer ao apoio de todos e a recepo calorosa da populao. Tenho certe-za que estou fechando a campanha com chave de ouro, com sensao de de-ver cumprido por ter tra-zido questes relevantes para crescimento da ci-dade, principalmente ter influenciado na verba de R$11,1 milhes destinada pelo Ministro Alexandre Padilha para a Sade de Ribeiro, finaliza.

  • POLTICA REGIONAL12 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

    Por Danilo Meira

    Cezar de Carvalho cobra Ficha Limpa Municipal

    Czar de Carvalho tem propostas ousadas

    Uma das personalida-des mais importantes e reconhecidas de Ribei-ro Pires, o advogado Cezar de Carvalho tem histria intimamente li-gada a da cidade. Des-de quando chegou, com apenas seis meses de vida, tendo mudado de

    Minas Gerais junto com sua famlia, para o bairro Roncon em 1961, saiu de l apenas quando se ca-sou, h 26 anos.

    Neste perodo, cons-truiu uma longa histria de trabalho duro: em 1971, fui Guarda Mirim. Depois disso, fui moto-

    rista de Kombi, caminho e perua escolar, con-ta. Esse ltimo trabalho, alis, pavimentou seu caminho para o Direito, profisso em que cons-truiu slida carreira: eu levava estudantes para o Objetivo e fazia cursi-nho ao mesmo tempo. E,

    em 1981, entrei na UMC para cursar a faculda-de, contou, relembran-do a juventude repleta de dificuldades. Ainda na faculdade, teve dois momentos marcantes: participou no Diretrio Acadmico, onde teve contato com a poltica estudantil e tambm fez parte de um jri simu-lado: foi a primeira vez em que falei para um p-blico grande, havia cerca de 1000 alunos acompa-nhando, lembra.

    Em 1989, sua vida co-meou a mudar. Primeiro, por ter integrado, como um dos fundadores, o PSDB, o nico partido de minha vida, lembrou. E depois, no ano seguin-te, por conta do Plano Collor: fui o primeiro ad-vogado do Grande ABC a entrar com aes para desbloqueio de valores retidos na Caderneta de Poupana, lembra. As vrias aes vindas de todos os cantos do esta-do o fizeram se solidifi-car como advogado.

    Cezar tem um largo histrico de lutas em prol da populao. Em 1998, por exemplo, entrou para a histria quando, por sua iniciativa, foi apro-vado o primeiro (e nico at aqui) projeto de lei de iniciativa popular da cidade: foi para revogar o aumento de 600% no IPTU que estava sendo proposto pela Prefeitu-ra poca. Em trs dias, colhi 8030 assinaturas. importante lembrar que so poucos os projetos desta natureza apresen-tados. O mais notrio de-les o Ficha Limpa.

    Na poltica, atuou nas secretarias de assuntos jurdicos de Ribeiro Pi-res e Rio Grande e, mais recentemente, entre ja-neiro de 2011 e julho deste ano foi Assessor Especial do governador Geraldo Alckmin. foi uma experincia muito marcante, que me deu conhecimento da mqui-na do Estado, aproximou-me dos secretrios e do prprio governador e

    tambm abriu portas. Isso, independente de quem seja o prefeito ou prefeita, s ajuda Ribei-ro Pires, explicou.

    Candidato pelo PSDB, prope uma postura dife-rente na Cmara. Quero fiscalizar os atos do Exe-cutivo, sendo um verea-dor atuante em defesa da cidade, explica. Dentre suas propostas, destaca-se a Atividade Delegada para melhorar a segu-rana em especial no Centro Alto, Quarta Divi-so e Ouro Fino, treina-mento para os 17 eleitos sem nus para os cofres pblicos e tambm ou-tra idia para um projeto que deve revolucionar a Administrao: o pri-meiro projeto que quero apresentar, na primeira sesso ordinria o do Ficha Limpa Municipal e com efeito retroativo a janeiro para secretrios, comissionados e novos concursados. Se o pol-tico tem que ter, porque o secretrio no?, con-cluiu.

  • PUBLICIDADE13 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

  • PUBLICIDADE14 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

  • Outubro o ms cor de rosa de combate ao Cncer de Mama

    SUPLEMENTo ADICIoNAL DA EDIo 545 - N 60

    SAIBA MAIS SOBRE MAU HLITO

    PG 16

    Segundo tipo mais frequen-te no mundo, o cncer de mama responde por 22% dos casos novos a cada ano, perdendo apenas para o cncer de pele. No Brasil, as taxas de mortali-dade continuam elevadas, mui-to provavelmente porque a do-ena ainda diagnosticada em estdios avanados. Estimativas do Inca (Instituto Nacional de Cncer) apontam que a doena ser responsvel por 52.680 no-vos casos at o fim de 2012.

    Com o intuito de alertar so-bre os riscos e conscientizar a populao sobre a necessida-de de diagnstico rpido nes-ses casos, acontece durante todo o ms de outubro a 20 Campanha Mundial Contra o Cncer de Mama. Conhecida como Outubro Rosa, o projeto idealizado pela agncia Lumi-nas e patrocinada pela marca Clinique escolheu em 2012 o MASP (Museu de Arte de So Paulo) para ser o espao oficial iluminado com a cor e marca da campanha.

    O cncer de mama uma doena causada por alteraes genticas que podem ser esti-muladas por fatores ambien-tais como: tabagismo, uso de hormnios (TRH Terapia de Reposio Hormonal), inicio da menstruao em idade muito jovem, menopausa em idade mais tardia, menor numero de

    gravidez ou gestao em idade cada vez mais tardia, excesso de peso e ingesto de bebida alcolica ou tambm por fato-res genticos.

    O sintoma mais comum o aparecimento de um caroo no seio. Ndulos que so indo-lores, duros e irregulares tm mais chances de ser malignos, mas h tumores que so macios e arredondados. A preveno a principal ferramenta para ajudar a reverter esses ndices, por isso importante sempre ir ao mdico.

    As principais formas de preveno do cncer de mama esto relacionadas mudana no habito de vida como: contro-le do peso, prtica de atividade fsica, evitar ingesto de bebi-das alcolicas e tabagismo. A mamografia o exame mais importante para o diagnstico precoce do cncer de mama. No entanto, ela no previne o seu aparecimento, apenas pro-porciona a possibilidade de um diagnstico em fase inicial, ressalta diretora de Mastologia do Hospital A.C.Camargo, Ma-ria do Socorro Maciel.

    Outros sinais desse tipo de cncer incluem o inchao em parte do seio, irritao ou apa-recimento de irregularidades na pele, dor,vermelhido ou descamao do mamilo, sada de secreo (que no leite) e

    caroo nas axilas.Exame preventivoSegundo balano divulgado

    nesta segunda-feira (1) pelo Ministrio da Sade o nmero de mamografias feitas no pas no primeiro semestre de 2012 aumentou 16% frente ao mes-mo perodo do ano passado. Mais de 2,139 milhes de mu-lheres fizeram o exame pre-ventivo do cncer de mama na rede do SUS (Sistema nico de Sade) nos primeiros seis me-ses deste ano, contra 1,839 mi-lhes de mulheres examinadas na primeira metade de 2011.

    Para auxiliar ainda mais so-bre o exame de preveno, o ministro da Sade, Alexandre Padilha, assinou uma portaria para normatizar o programa de mamografia mvel, que preten-de levar unidades oncolgicas a cidades do Brasil que tm bai-xo ndice de atendimento e de diagnstico. O programa deve ser implantado at o fim do ano em 58 municpios espalhados nas cinco regies do Brasil.

    Esses exames preventivos sero enviados via satlite para um centro de sade de refern-cia para que um especialista faa uma avaliao do teste e apresente o resultado em at 24 horas. A estimativa que as unidades mveis tenham capa-cidade de fazer 800 mamogra-fias por ms.

    Por Carla Legner

  • Por Carla Legner

    Cerca de 30% dos brasileiros tm mau hlito

    De acordo com Asso-ciao Brasileira de Ha-litose (ABHA), cerca de 30% da populao brasi-leira, aproximadamente 50 milhes de pessoas tm Halitose, o popular mau hlito.

    Trata-se da liberao de odores desagradveis pela boca ou pela res-pirao. Apesar de ser considerado uma doena pode mostrar que h algo de errado no organismo.

    A Halitose crnica geralmente causada pela doena periodontal, resultado da m higieni-zao bucal. A falta de higiene pode acumular placas bacterianas nos dentes, amgdalas, gengi-vas e na lngua, causando

    sangramento, gengivite e periodontite.

    Para evitar proble-ma bucal, o ideal ter uma boa escovao nos dentes, gengiva e lngua pelo menos trs vezes ao dia, alm de utilizar o fio dental. A visita regular ao dentista tambm fun-damental nesses casos, principalmente se o pa-ciente tiver problemas com caries, explica o Dr Edson Takashi Ohmori, cirurgio dentista.

    Muitas pessoas no sabem, mas entre outras causas da halitose, esto a TPM e a priso de ven-tre. A tenso emocional causada no perodo pr-menstrual pode provocar diminuio da salivao

    e aumentar a saburra lin-gual ocasionando o mau hlito.

    Alguns alimentos tam-bm podem ser os vi-les da chamada halitose transitria, aquela que se manifesta de repente e desaparece pouco tempo depois, como cebola e alho. Mas por outro lado outros alimentos, aliados a aes saudveis, po-dem ajudar a combater a halitose. Os principais, que diminuem e evitam a halitose, so os que aju-dam o sistema digestivo e que tm poder adstrin-gente.

    No podemos esque-cer que existem outros problemas que causam o mau hlito, ento se voc

    costuma cuidar bem da sua higiene bucal, visitar regularmente o dentista e mesmo assim o problema persiste pode ser algo ligado a alimentao ou estomago, nesses casos deve-se procurar imedia-tamente a orientao de outro especialista, res-salta Ohmori.

    Avisar algum que est com mau hlito uma das situaes mais constrangedoras que existe. Para ajudar nes-ta tarefa meio ingrata, a ABHA criou o servio SOS Mau Hlito, que avisa, por meio de e-mail ou carta, quem possivel-mente est com o pro-blema sem revelar quem mandou a informao.

    MAIS SADE16 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

  • Por Sandra Regina Bento Moreira / CREF 007185-G/SPCoordenadora Academia Nova Aguazul

    Aulas de Power Jump

    Power Jump um pro-grama desenvolvido pela Body Systems Les Mills, onde as academias de-vidamente credenciadas podem oferec-lo. Em Ribeiro Pires, podemos encontra-lo na Academia Nova Aguazul, nos hor-rios manh (prof. Aman-da), tarde (prof. Ariel) e noite (prof. Vanessa).

    DEFINIo: Consi-derado uma excelente drenagem linftica, pode trazer melhores resul-tados do que as tradi-cionais massagens cor-porais. Isso porque a massagem no provoca a contrao voluntria dos msculos , ao con-trrio do exerccio fsico que realiza um a contra-o gerada pelo prprio

    msculo em atividade. Durante os movimentos do Power Jump , os saltos no mini trampolim geram uma grande contrao dos msculos dos mem-bros inferiores, gerando ao redor dos vasos lin-fticos uma compresso capaz de provocar uma curva ascendente muito maior no direcionamen-to da linfa para a bexiga. Isso explica o desejo de urinar logo aps a aula. Cada aula tem durao de sessenta minutos e cerca de 600 a 900 calo-rias so eliminadas, de-pendendo da execuo fsica de cada um.

    BENEFCIoS: Desobstruo da

    corrente sangunea

    Eliminao do cido ltico

    Desintoxicao dos tecidos

    Eliminao da gor-dura localizada

    Potencializao e oxigenao da muscula-tura (favorecendo a hi-pertrofia)

    Melhora na Postura Absoro no impac-

    to de at 80% (aula de-senvolvida sobre mini trampolim)

    Auxlio no combate a celulite

    Melhora da condio cardiovascular

    Melhora das habili-dades motoras

    Aumento da concen-trao

    Melhora no equil-brio corporal

    Evita e auxilia no tra-tamento da depresso

    Transmite alegria e sociabilizao

    EXECUO DA AULA:

    As aulas desenvolvi-das pela Body Systems, objetivam qualidade de vida e alegria na prti-ca esportiva. Alm do re-curso fsico (mini trampo-lim), recorrem a msicas e coreografias altamente motivantes e contagian-tes , mas de fcil execu-o. Tudo isso misturado a um ambiente saudvel e acolhedor com um tem-pero de profissionalismo dos professores. Vale a pena conhecer!!!!

    LEMA DA AULA: PERCA CALoRIA E GA-NHE DIVERSo!!!

    MAIS SADE17 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

  • EVENTOS18 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

    Bodas de Ouro em grande estilo

    Noite da Paella e Flamenco no R.P.F.C.

    II Churrasco da ACIARP

    Iraci Rocha e seu esposo Jos Aparecido Rocha, ao comemorar seus 50 anos de unio decidiram renovar os votos. O evento aconteceu no stio Realidade em Ouro Fino neste ltimo domingo.

    Evento reuniu associados e empresrios em uma celebrao da Associao Comercial de Ribeiro Pires.

    Foto 1: O casal Rocha e o proprietrio do stio, Humberto DOrto. Foto 2: Iraci e seu esposo acompanhada da filha Roseli e o genro Antnio Carlos.

    Foto 1: Os organizadores: Willian (Canoa), Edvaldo (RPFC), Cezar (Canoa) e Daniel (chefe). Foto 2: Vivi, Victor e Letcia. Foto 3: Hlio, Acedir, Jussara e Fatinha.

    Foto 1: Gerardo Sauter (ao centro) com a diretoria da Associao Comercial. Foto 2: Gazeta, com os casais Alex e Deborah Perrone e Gildete e Tio Pedro.

  • PUBLICIDADE19 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

  • ELEIES 201220 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

    LoCAIS VoTAo 183 Z.E / RIBEIRo PIRESE.E.Dr. FELICIo LAURITo - Rua dos Estudantes, 100 - Jardim PastorilSees: 09 19, 111, 114, 115, 119, 120, 121, 136, 158, 180, 900

    E.E.FoRTUNATo PANDoLFI ARNoNI - Rua Boa Sorte, 162 - Jardim Boa SorteSees: 20 23, 138, 187, 700

    E.T.E.C. ESCoLA TECNoLGICA - Rua Blgica, 88 - Jardim AlvoradaSees: 24 31, 701

    E.E. Prof LEICo AKAISHI - Rua Paulo de Cndido, 200 - Bosque SantanaSees: 35 43, 702

    E.E. Prof JUDITH FERREIRA PIVA - Av. Miro Atlio Reduzzi, 140 - Chcara RosalinaSees: 44 47, 118, 140, 181,208, 703

    E.E. Prof RUTH N. SANTANNA - Rua Dr. Jorge Tibiri, 2 - Ncleo ColonialSees: 48 56, 704

    E.E. SENADoR CASEMIRo DA RoCHA - Rodovia ndio Tibiri, Km 53 - Jd. Bandeirantes - Sees: 58 64, 1 13, 135, 163, 173, 175, 17 7, (215 DF), 901

    E.E. Prof Ma PASTANA MENATo - Rua Prof. Antnio Nunes, 249 - Jd. Santa LuziaSees: 126, 131, 151, 182, 191, 194, 200, 206, 228, 232, 240, 246, 256, (262 DF), 286, 294, 705

    E.E. JoAo GAUDENCIo MAININE - Rua Vereador Aroldo Alves Neves, 115 - Vila Luzitano - Sees: 227, 238, 244, 253, 259, 268, 290, 298, 706

    CEM. ENG. CARLoS RoHM - Rua 1 de Maio, 170 - Jardim ItacolomySees: 125, 127, 129, 132, 133, (196 DF), 214, 243, 902

    E.E. ALVARo DE SoUZA VIEIRA - Av. Princesa Isabel, 484 - Vila GomesSees: 142, 179, 203, 233,_242, 264, 287, 301, 707

    E.E. Prof MARIo LEANDRo - Rua Joo Dicieri, 100 - Parque AlianaSees: 141, 150, 154, 171, 188, 199, 213, 237, 252, 271, 288, 708

    E.E. Pref. FRANCISCo ARNoNI - Rua Mal. Humberto de A. C. Branco, 190 - Vila SueliSees: 146, 183, 219, 247, (273 DF), 709

    E.E. Prof. CASEMIRo PoFFo - Rua Adlia Renzette, s/n. - Jardim EsperanaSees: 189. 202, 235, 254, (274 DF), 285, 302, 710

    E.E. FRANCISCo PRISCo - Rua Diadema, 135 - Parque das FontesSees: 269, 277, 293, 300, 711

    CoLGIo So JoS - Rua Felipe Sabbag, 23 - CentroSees: 32 34, 209, 225, 236, 245, 251, 712

    CENTRo EDUCACIoNAL SESI - 80 - Rua Agda Tori Sortino, 115 - Jardim PanoramaSees: 224, 239, 248, 261, 276, 713

    E.E. Prof MARISA AFoNSo SALERo - Rua Gralia, 90 - Jardim de VeroSees: 230, 241, 258, 270, 278, 292, 297, 714

    E.M. ANGELINA DENADAI BERToLDo - Rua Anchieta, 240 - Jardim ColonialSees: 210, 255, 279, (304 agreg. a 255), 715

    E.E.Joo RoNCoN - Rua Guilhermino Roncon, 26 - Jardim LuzoSees: 249, 260, 282, (305 agreg. a 282), 716

    E.E. Prof MARLI RAIA REIS - Av. Santa Clara, 140 - Jardim Santa RosaSees: 250, 275, 295, 717

    E.M. ENG CARLoS RoHM - Rua Formosa, s/n - Jardim ItacolomySees: 257, 289, 296, 718

    E.E. VILA MARQUESA DE SANToS - Rua Adib Eid, 600 - Vila Marquesa de SantosSees: 263, 719

    E.M. SEBASTIo VAYEGo DE CARVALHo - Estrada do Taquaral, 100 - Stio SantanaSees: (266 DF), 272, 299, 720

    E.E. LVARo TRINDADE DE oLIVEIRA - Rua Adelina Gameiro, 70 - Planalto Bela Vista - Sees: (267 DF), 281, 721

    EE Prof0 ANTNIo DE PDUA P. DE GoDoY - Estrada do Soma, 2950 - Estncia Alto da Serra - Sees: 265, 280, 722

    E.M. CCERA BENEVIDES DoS SANToS SILVA - Rua Lisboa, 279 - Vila Erica Yara (Barro Branco) - Sees: 284, (303 agreg. na 284), 723

    E.M. MARIA SIQUEIRA DE PAULA - Avenida Santa Clara, 1889 - Jardim Santa RosaSees: 283, 724

    EE DoNA ANNA LACIVITTA Do AMARAL - Rua Orlando Schurachio, 277 - Vila SuelySees: 291, 725

  • ELEIES 201221 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

    LoCAIS VoTAo 382 Z.E / RIBEIRo PIRES

    LoCAIS VoTAo 382 Z.E / RIo GRANDE DA SERRA

    Vote nos candidatos Ficha Limpa

    E.E.. DoM JoSE GASPAR - Rua Isidoro Fontes, s/n - Vila AuroraSees: 01 a 14

    E.E. CoMENDADoR EMILIo SoRTINo - Rua Papa Joo XXIII, 35Vila So Jos - Sees: 15 a 21, 120, 124, 134, 156

    EXTERNATo NERINA ADELFA UGLIENGo - Rua Dr. Jorge Tibiri, 137Ncleo Colonial - Sees: 22 a 38, 139

    E.E. FARID EID - Rua Fagundes Varela, 25 Jd. CaulaSees: 39 a 44

    E.E. VALENTINo REDIVo - Rua Anna Lacevita Amaral, 28 - Jd. ValentinaSees: 45 a 47, 128, 146, 169, 180

    E.E. SANTINHo CARNAVALE - Rua Regente Feijo, 670 -Vila MaraSees: 48 a 50, 129, 153**, 167 - (** seo 153 agregada a seo 167)

    CoLGIo So LUCAS - oBJETIVo - Rua Ciriaco Grisanti, 240 -Jd. GaribaldiSees: 51, 125, 144, 164**, 166, 184 - (**seo 164 agregada a seo 184)

    E.E. Dl CAVALCANTI - Estrada do Caula, 100 - Jd. CaulaSees: 117, 140, 148, 158**,165, 177 - (**seo 158 agregada a seo 177)

    CENTRo EDUCACIoNAL BANDEIRAS S/C LTDA -ME - Rua Oswaldo Cruz, 02Vila Tavolaro - Sees: 142, 143, 183

    E.E. CASSIANo RICARDo - R. Agostinho Cardoso, s/n - V. FigueiredoSees: 52 a 64, 119, 121, 135, 155

    E.E. EDMUNDo LUIZ DE NoBREGA TEIXEIRA - Av. Jean Lieutaud, s/nJardim Santa Tereza - Sees: 65 a 79

    E.E. PADRE GIUSEPPE PISoNI - R. Joaquim Lopes, 222 - Vila LopesSees: 80 a 88

    E.E. PRoF. FRANCISCo LoURENo DE MELo - Rua Sol Nascente, 38V. Tsuzuki - Sees: 89 a 96

    E.M.E.I. RAQUEL SILVEIRA MoNTEIRo - Rua Jos Maria de Figueiredo, 435Vila Figueiredo - Sees: 97 a 101, 116, 132, 151

    E.E. PRoF. SEBASTIo VAYEGo DE CARVALHo - Rua Mau, 184 - V. Conde Siciliano - Sees: 102 a 106, 122, 131, 154, 172

    E.E. PRoF. SHIZUKo IoSHLDA NIWA - Rua Jos Bello, 3034 - PedreiraSees: 107 a 109, 126, 174

    E.E. PoETISA CoRA CoRALINA - Estrada do Rio Pequeno, 1147Parque Amrica - Sees: 110 a 112, 118,130,147, 161, 170, 178

    CRECHE EMEI PADRE GIUSEPPE PISoNI - Rua Duque de Caxias, 54Vila Lopes - Sees: 114, 127, 141, 149, 157, 168, 179

    E.M.E.I. DAVID BARBoSA DA SILVA - Rua Ferraz de Vasconcelos, 01- Recanto das Flores - Sees: 115, 159, 171, 181

    E.E. ANToNIo LUCAS - Rua Benedito Cordeiro, 225- Jardim Novo HorizonteSees: 137, 160, 173

    E.E. CARLoS RoBERTo GUARIENTo - Rua dos Colibris, 27 Vila NiwaSees: 138, 150, 185

    E.M.E.I. JoSE oLMPIo DA SILVA - Avenida So Paulo, 02 Jardim Santa TerezaSees: 136, 145, 152, 162, 182

    E.E. ALZIRo BARBoSA - Rua Bahia, 01 - Vila So JooSees: 175

    E.M.E.B. PINGUINHo DE GENTE - Rua dos Autonomistas, 278 Vila Figueiredo. Sees: 176, 186

  • POLTICA REGIONAL22 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

    Situao de Ded da Folha segue indefinidaDesde ltimo dia 24

    de setembro, quando o ministro relator Marco Au-rlio Mello negou segui-mento do recurso referen-te a impugnao de Ded da Folha (PPS) nas esfe-

    ras municipal e estadual, a situao do governista permanece indeferida. Apesar disso, o candidato segue sua campanha pro-curando levantar os ni-mos tanto de sua base de

    eleitores quanto de seus candidatos a vereador.

    E recusa em seguir com recurso deu-se por-que a defesa de Ded no conseguiu enviar os docu-mentos originais dentro

    do prazo estabelecido por lei. O site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) mostra que o candidato no jun-tou os documentos ao fax enviado anteriormente.

    Aps a negativa, o gru-

    po de advogados entrou com pedido de agravo re-gimental, numa tentativa de interpor o revs. A so-licitao foi protocolada apenas dia 01 de outubro pela Coordenaria de Pro-

    cessamento e atualmente tramita na Coordenadoria de Registros Partidrios, Autuao e Distribuio sem prazo para voltar ao gabinete ministerial. (T.Q.)

  • POLTICA23 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br

    Rogrio do Aougue quer Guarda Mirim de volta para jovens mais comprometidos

    Carlo do Bosque: por mais participao popular

    Rogrio Paulo Luiz, o Rogrio do Aougue, uma figura conhecida que h 32 anos mora em Ribeiro Pires, tendo che-gado a cidade apenas um ano depois de comear a trabalhar no ramo que lhe deu o famoso apelido.

    Conhecido por ser uma figura afvel e pres-tativa, Rogrio iniciou a vida profissional cedo, aos 9 anos: vi uma placa procurando ajudante e de l para c nunca deixei

    de trabalhar. Penso que o trabalho afasta as pes-soas de coisas erradas, afirma. E justamente pensando nesse mote que apresenta um de seus sonhos: gostaria de ver a Guarda Mirim de volta, mas no formato do pro-grama Jovem Aprendiz, como rege a lei, afirma. Desta maneira, pensa que vrios jovens poderiam ter no programa o seu primeiro emprego. Nos-sos jovens poderiam ser

    educados de uma forma mais culta e objetiva, pois eles precisariam obter boas notas na escola para ficar na Guarda, explica.

    Outra preocupao de Rogrio do Aougue com a Sade. A cidade precisa urgentemente de mais UBSs e planto m-dico nos bairros, alm de servios como hemodili-se e mamografia, explica. Para brigar por tudo isso, candidato a vereador pelo PMN: um partido

    de histria, que foi fun-dado sob a ideologia de liberdade que Tiradentes pregava, explicou. E assim, pregando tambm a responsabilidade com o dinheiro pblico e com o bem-estar social, que Ro-grio planeja ajudar Ri-beiro Pires. Estou aqui pela renovao e para uma cidade melhor. Se-rei um parceiro da popu-lao, afinal ningum faz sucesso sozinho, conclui. (D.M.)

    Ribeiro Pires precisa urgentemente de mais in-vestimentos. com essa frase que Carlos Augusto Magalhes, o Carlo do Bosque, define a situao da cidade.

    Morador do Bosque San-tana h 27 anos, casado com Silvania e pai de trs filhas, Carlo conhece toda a cida-de e v que alm da Sade h outro setor que est em situao ruim: a cidade turstica e o setor carece de investimentos urgentes,

    explica. Minha idia que seja erguido um telefrico que ligue o Morro Santo An-tnio ao Morro So Jose e o Parque Prola da Serra, com uma torre e elevador pano-rmico para possibilitar o embarque de portadores de deficincias fsicas, gestan-tes e idosos, explica. Para isso, fundamental buscar recursos junto ao Governo Federal.

    Carlo trabalhou por 11 anos na Rede Ferroviria Fe-deral como Chefe de Equi-

    pe, sendo vice-presidente da CIPA por quatro deles. Por isso, quer usar a ex-perincia adquirida neste perodo, em que ouviu su-gestes dos trabalhadores para melhoria da qualidade de trabalho a fim de fazer um trabalho consistente na Cmara Municipal, j que candidato pelo PDT. a ideia deixar caixas de suges-tes nos bairros, em pontos estratgicos, para coletar as sugestes, reclamaes e pedidos e lev-las Admi-

    nistrao Municipal, expli-cou.

    Ouvir as pessoas, alis, o que pautar seu traba-lho: tenho muitas amizades na cidade e conheo bem os problemas. Se tivermos conscincia da nossa reali-dade, nossa atitude passa a ser diferente. necessrio ento um trabalho de cons-cientizao. Foi por isso que me candidatei, por uma ci-dade mais igual e com mais qualidade de vida, con-cluiu Carlo do Bosque.

    Candidato se apresenta como opo para renovao

    Candidato cobra mais investimentos no Turismo

  • Eliana Maciel de Ges / Mdica Veterinria / CRMV 4534

    Crianas e animais saudveis no transmitem doenas

    Segundo um artigo pu-blicado em uma revista sobre pediatria, 70% das residncias possuem ani-mais, os quais circulam por todos os cmodos e at comem/dormem com os humanos colocando em risco a sade das pessoas com quem convivem.

    No entanto, em outro es-tudo do Ministrio da Sa-de o Programa da sade da Famlia (PSF), do qual o m-dico Veterinrio faz parte, teve impacto significativo na queda da mortalidade infantil no Brasil nesta lti-ma dcada. Isto porque a sade das pessoas, dos ani-mais e do meio ambiente esto interligadas e so in-terdependentes. Se a sade ambiental melhora com sa-neamento bsico, melhora a sade das pessoas e dos animais, e assim por dian-

    te. Por isso a participao do mdico veterinrio to importante para prover sade s pessoas, aos ani-mais e ao meio ambiente.

    Alm disto, animais de companhia tem um papel fundamental como sentine-las da sade humana quan-do circulam por todos os cmodos de nossa casa. Ces e gatos, por exem-plo, tm sido reconhecidos como potenciais sentinelas para vrias doenas que acometem as pessoas, pois compartilham o mesmo ambiente de seus donos. Segundo artigo de 2009 no contato ntimo dos mem-bros da sua famlia humana, animais de companhia fre-qentemente tomam a mes-ma gua e comem comida semelhante, compartilham a mesma cama e acompa-nham as mesmas viagens,

    estando sujeitos aos mes-mos riscos de doenas que seus donos. Portanto, conclui o estudo, a sade dos animais de companhia um espelho da sade e cuidado de seus donos, e apontam os riscos sade das pessoas que convivem no mesmo lar.

    Sendo assim, do mesmo modo que cabe ao pediatra zelar pela sade das crian-as, cabe ao mdico vete-rinrio garantir a sade de seus entes familiares no humanos que lhe servem de companhia. Portanto, animais saudveis so im-portantes para comparti-lhar aprendizados como respeito e cuidados com toda forma de vida, no ha-vendo necessidade nenhu-ma de serem separados dos humanos a fim de evi-tar doenas ou alergias.

    Co para adoo no CCZ: 4824-3748

    RAPUNZEL Fmea castrada e vacinada, dcil.

  • 27 LAZER 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.br

    PIADAS

    PASSATEMPO HORSCOPO | Ala VoloshynO TAR

    Este conhecimento teve sua origem em tempo bastante remoto, inicialmente como um conjunto de smbolos, que transmitiam conhecimentos da natureza e do ser humano. Muito tempo depois, na Idade Mdia, recebeu no nome de Tar e o baralho foi introduzido na Europa no sc. XIII. O Tar, Torah, Rotah ou Lei compe-se de 78 cartas, onde 22 repre-sentam os Arcanos Maiores e 56 os Arcanos Meno-res. O Tar um veculo de sabedoria, por isso, tudo o que estiver escrito aqui deve passar pela anlise do leitor. Aquilo que ressoar em seu corao poder ser aproveitado, caso isto no acontea o contedo dever ser descartado. importante, assim, a sua deciso, pois sua vida est em suas mos!

    PENSAMENTO DO DIA

    Creio que a melhor definio que possa dar do homem a de que se trata de um ser que se habitua a tudo

    Fidor Dostoivski

    QueimaduraO baiano deitado na

    varanda:- minha, a gente

    tem a pomada pra quei-madura de taturana?

    - Porque, meu dengo? Uma taturana encostou em ti, foi?

    - Foi no, mas ela t cada vez mais perto...

    Baiano no exrcitoDois baianos que

    eram primos vo servir o exrcito. Chegando l, so entrevistados pelo sargento:

    -Qual o seu nome? pergunta ao primeiro.

    - Tonho, meu rei.- Negativo. De ago-

    ra em diante voc ser Antnio. E o que voc

    est fazendo aqui?- T dando um tempo.- Negativo. Voc est

    servindo Ptria.- E o que aquilo?

    Pergunta apontando para a Bandeira do Bra-sil.

    - a bandeira.- Negativo. De ago-

    ra em diante ela a sua Me.

    Vira-se para o segun-do e pergunta:

    - Qual o seu nome?- Pedro.- E o que voc est fa-

    zendo aqui?- Servindo Ptria.- E o que aquilo

    (apontando para a ban-deira)?

    - minha tia. Me de Tonho...

    ARIES (21/03 a 20/04)Mesmo que a vontade seja de agir com imposio e agressividade melhor no faz-lo. Com pacincia e graa nas atitudes a tempestade pode passar logo.

    CNCER (21/06 a 20/07)Para que o equilbrio interno seja resguardado bom manter-se centrado e cultivar uma atitude de calma. A intuio ser uma ferramenta poderosa neste momento.

    ESCORPIO (23/10 a 21/11)Sonhar com um futuro promissor permitido a todos, mas apenas queles que conseguem construir seu sonho possvel viv-lo.

    TOURO (21/04 a 20/05) importante agora no gastar energia mais do que o necessrio. Os pensamentos e atitudes de outras pessoas podem perturb-lo e por isso o melhor no se manifestar.

    LEO (21/07 A 22/08)Diante de oposies ser muito benfico controlar o mpeto de devolver na mesma moeda. Tudo passageiro e quando a calma se estabelecer ser possvel se colocar.

    SAGITRIO (22/11 A 21/12)Preocupaes de ordem financeira podem ser desgastantes, mas no ser necessrio se desgastar em demasia. Confie de que a soluo est numa mudana de atitude.

    GMEOS (21/05 a 20/06)Tudo pode mudar repentinamente e por isso seja necessrio promover mudanas que no se esperava. Muita pacincia nesta hora para que os desafios sejam mais leves.

    VIRGEM (23/08 a 22/09)Lanar-se como um cavaleiro corajoso pode ser a soluo para o que precisa ser feito, no entanto, todo poder deve ser usado com sabedoria para no causar prejuzos.

    CAPRICRNIO (22/12 a 20/01)O bem-estar interno conquistado atravs de um esforo dirio. Acreditar que negligenciar com a prpria evoluo no causa danos quere enganar a si prprio.

    LIBRA (23/09 a 22/10)Ser necessrio se adaptar a novas possibilidades e para isso uma abordagem diferente exige aprendizagem. Buscar refern-cias de pessoas mais experientes ser bom.

    AQURIO (21/01 a 19/02)Quando dvidas comeam a incomodar a rotina diria, ser necessrio parar um pouco com as obrigaes e refletir sobre questes internas. melhor no se enganar.

    PEIXES (20/02 a 20/03) Toda beleza e harmonia nos gestos tm imenso poder de atuao. Pensa-se erroneamente que a fora agressiva mais poderosa, mas isto um engano. A fora interna.

  • Motorista Atento para na Faixa e Respeita o Pedestre

    Deixar de dar preferncia ao pedestre, resulta em cinco pontos na carteira e multa de R$ 127,69

    Ateno:Quando houver semforo, certifique se est verde para vocQuando no houver semforo, acene para o motorista parar

    Cuidado com o veculo que trafega na outra faixa, ele pode no parar e atropel-loTenha pacincia, nossos motoristas ainda esto se adaptando campanha do Mais Notcias

    Pedestre educado e consciente s atravessa na faixa

  • 29 IMVEIS www.jornalmaisnoticias.com.br 04 | outubro | 2012

    CLASSI MAISBARRETOS AGITANDO SUA FESTA

    DJ, Som, Iluminao, Teloe Retrospectivas preo especial

    Para eventos escolares Fones:4827-7358-7110-0199-7192-9939

    ALUGA-SE SOBRADONa Praia Grande p/ temporada

    E finais de semana Tr: 4828-3097/ 4823-6204

    Cel. 7249-8058

    PROF. DE INGLS COM EXP.p/ escola de idiomas em Rib. Pires

    salrio R$ 2.400,00 / vale alimentaoconv. Mdico/vale transporte enviar C.V

    p/ [email protected]

    MONTAGEM DE MVEISVivi- 97137-2461 Tim -6061-5624Claro 6301-5064 Oi- 6101-3582

    Tr. C/ Valdo

    SECADORA BRASTEMP A GSModelo grande a compacta

    Vendas, consertos, reformas ePeas Tr. 4997-2048

    Cel. 8159-3003www.ativasecadoras.com.br

    COMPRO E VENDO FUSCAPago vista- F. 4823-9074

    Cel. 7131- 8028

    ALUGA-SE CHALSem Caraguatatuba

    F.: 8988-7848- 4823-5955

    OPORTUNIDADEVD. PALIO WEEKEND STILE -97

    Vermelho - R$ 8.900,00F. 4825-7312 - 9.9582-0541

    VD CASA PQ. ALIANA2 qts., sala, coz, banh., + 2Cmodos e gar. 250mF.: 4828-4304- 4825-1385

    ALUGA-SE CHALp/ temporada em

    Garaguatatuba - SPFone: 4828-1243

    VD. 2 FREEZER VERTICAL

    E 1 carrinho de sorveteValor R$ 350,00

    Tr. c/ Delson F. 4824-7081Cel.9. 9918-1317- VIVO

    VD. CASA PLANALTO BELA VISTA2qts., sala, coz.,banh, garagem

    150m - R$ 110 .000,00Fone: 4825-4304 4825-1385

    VENDO SOBRADO RESIDENCIALE comercial R$ 300 mil na Av.Francisco Tometich Rib. Pires

    Aceito imvel at 70% comoParte de pag. - F. 9.9525-9231

    VD. CORSA SEDAM- MAXX-20081.0 - AR/DH R$ 16.700,00F.: 4825-7312- 9.9582-0541

    ALUGO SALO 10X12M Centro Alto R$ 500,00

    F.: 4825-8750 9.7484-1915

    PRECISA-SE DE SCIO P/ SALOde cabeleireiro no Centro de Rib. Pires Cel. 9.7355-8283

    VD. MOTO HONDA 1984CB 400 ORIGINAL

    F.: 4825-4304 -4825-1385

    PRECISA-SE DE CABELEIREIRO (A)E manicure, esteticista, depiladora,

    p/ salo no Centro de Rib. PiresFone: 9.7355-8283

  • Rua Boa Vista, n 109, Centro - Ribeiro PiresShopping Popular

    (Em frente a Praa Central)

    Centro Comercial

    A PRAA

  • Futsal Feminino FAFUSA/RPFC vence duas seguidas em Mau

    ESPORTE www.jornalmaisnoticias.com.br 04 | outubro | 201231

    EC Briso e Vila Suissa fazem final da 2 divisoNo ltimo domingo

    (30) foram definidos os finalistas do Campeonato Municipal da 2 Diviso de Ribeiro Pires. Em dois jo-gos sem muitos gols, mas com muita emoo, leva-ram vantagens EC Briso e GE Vila Suissa, que vo decidir a final no prximo

    dia 14 de outubro.Com o placar de 1x1

    contra o EC Unio, o Briso garantiu sua classificao por ter a melhor campa-nha na primeira fase do campeonato. Apesar d leve vantagem o time no jogou na retranca e partiu com tudo para conquistar

    a vitria. O resultado posi-tivo no veio, mas o empate foi o suficiente para colo-car o time na to sonhada final e de volta na primeira diviso do campeonato.

    J o GE Vila Suissa ga-rantiu a vitria com o pla-car apertado de 1x0 con-tra GE Valentina. O time,

    que sempre acreditou na conquista do campeonato, proporcionou um jogo ele-trizante e cheio de emo-o. Agora s aguardar pela final e esperar por um novo espetculo. O jogo ser no estdio Vila Gomes, a partir das 10 ho-ras. (C.L.)

    Por Carla Legner

    Equipe de Futsal Feminino FAFUSA/RPFC segue colecionando vitrias

    Aps a conquista do t-tulo da Liga ABCD 2012 no ms passado, a equipe de Futsal Feminino FAFUSA/RPFC continua mostrando que dar bastante trabalho s adversrias da regio. A equipe de Ribeiro Pires est conquistando vitria atrs de vitria, o que de-monstra que o trabalho fei-to pela Prof Camila Ferrei-

    ra que vm colhendo bons frutos e trazendo grandes resultados para equipe.

    Na Liga Mauaense, no dia 23 de setembro, as me-ninas estrearam com vit-ria. O jogo foi no Ginsio do Vila Vitria contra a equipe do USCS. Em uma partida tranquila o time do R.P.F.C. venceu pelo placar de 07X01 com gols de Lidiane

    (03), F (02), D e Pitty. No ltimo domingo, o

    time feminino estive em quadra novamente en-frentando a equipe Unio Mau. Em um jogo acirra-do e com muitas emoes as meninas venceram pelo placar apertado de 04X03 com gols de F (02), Laikes e da goleira Jhenny. O pr-ximo jogo do Futsal Femi-

    nino ser no domingo (14) as 17h00 no Ginsio do Vila Vitria contra a equipe do Enigma Futsal.

    Apesar de tantas con-quistas o time de Ribeiro est em busca de patroc-nio. Quem quiser colaborar com a equipe, favor entrar em contato com a Prof Ca-mila Ferreira pelo telefone 97210-3165.

  • PUBLICIDADE32 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.brwww.jornalmaisnoticias.com.br