Manual Agricultura Biologica

Embed Size (px)

Text of Manual Agricultura Biologica

Territrio vs. SustentabilidadeProjecto-piloto para a converso da agricultura tradicional em modo de produo biolgico

Manual de Terras de Bouro

Projecto-Piloto para a Converso da Agricultura Tradicional em Modo de Produo Biolgico

NOTA PRVIATerras de Bouro um municpio de montanha onde a ruralidade comea a dar lugar a um destino turstico preferido por muitos portugueses e alguns estrangeiros. O corao do Parque Nacinal da Peneda-Gers, as termas do Gers, o santurio de So Bento da Porta Aberta, as barragens de Vilarinho das Furnas e de Caniada, a pousada de Juventude de Vilarinho, a consagrao da Geira (via romana) como patrimnio nacional e a preparao da sua candidatura a patrimnio da UNESCO conferem a este concelho um potencial turstico nico na regio e, at, no pas. Virada a pgina da emigrao e o consequente abandono da agricultura de subsistncia, assistimos, hoje, a grandes investimentos em infra-estruturas e equipamentos de modo a criar um produto turstico de excelncia que promova a criao de emprego e xe a populao, nomeadamente os mais jovens. Alm da beleza da sua paisagem e do patrimnio, Terras de Bouro tem outros atractivos para oferecer, como o artesanato (bordados, cestaria, trabalhos em linho, madeira, etc.) e a gastronomia. Para aqueles que teimam em se manter arreigados terra, quer a tempo inteiro, quer em part time, a Cmara Municipal avanou com um projecto pioneiro denominado Territrio vs. Sustentabilidade: projecto-piloto para a converso da agricultura tradicional em modo de produo biolgico, com o objectivo de combater o crescente abandono das terras e criar uma mais-valia para aqueles que teimam em manter a sua ligao terra. Partindo da constatao que os mtodos de cultivo utilizados pelos nossos agricultores esto muito prximo dos da agricultura biolgica, avanmos com uma campanha de sensibilizao que teve resultados muito positivos, pois lanaram-nos um desao: se tivermos quem nos compre os produtos, ns produzimos! Perante esta realidade, implementmos este projecto cientes que a preocupao dos portugueses com os produtos que ingerem, e que os leva a estarem dispostos a pagar mais por um produto de melhor qualidade, levar, num futuro muito prximo, ao aumento da procura dos produtos de origem biolgica, alis, Portugal importa uma grande quantidade de produtos biolgicos. Para o municpio, esta iniciativa insere-se nos seus objectivos de valorizao dos recursos naturais e articula-se com outros projectos como a rede de trilhos pedestres na senda de Miguel Torga e a recuperao do patrimnio construdo ligado agricultura (espigueiros, moinhos, sequeiras, eiras, etc.) potenciador de um turismo rural em grande expanso.Alm disso, contribui para a conservao da paisagem evitando que o equilbrio do ecossistema seja posto em causa.

Manual de Agricultura Biolgica - Terras de Bouro

5

Territrio vs. Sustentabilidade

Por ltimo, convm referir o papel fundamental que a agricultura biolgica dever ter na rea da gastronomia que, como sabemos, um dos pilares de sustentao de um turismo de excelncia. Quantas pessoas no abririam os cordes bolsa para comer um cabrito das encostas de Brufe, do monte de Santa Isabel, da Ermida, ou para saborear o famoso mel da serra do Gers, j para no falar do famoso cozido de couves com feijo acompanhado de um naco de pernil de porco criado em plena liberdade campestre? Numa altura em que tanto se fala em preservao ambiental e em desenvolvimento sustentvel, Terras de Bouro passa das palavras aco e procura, vencendo todas as contrariedades inerentes a um municpio afastado dos grandes centros urbanos e muitas vezes esquecido pelo poder central, implementar um verdadeiro processo de desenvolvimento rural sustentado que coloque este municpio na rota dos destinos tursticos por excelncia.

O Presidente da Cmara Municipal de Terras de Bouro, (Antnio Jos Ferreira Afonso)

6

Manual de Agricultura Biolgica - Terras de Bouro

Projecto-Piloto para a Converso da Agricultura Tradicional em Modo de Produo Biolgico

INTRODUONas ltimas dcadas, a agricultura intensiva introduziu elevadas quantidades de pesticidas, adubos, hormonas e outros produtos qumicos de sntese, alterou os ecossistemas, prejudicou a fertilidade dos solos e a qualidade da cadeia alimentar. Abandonaram-se prticas como a fertilizao orgnica dos solos com estrumes, o cultivo de variedades agrcolas e hortcolas tradicionais, a utilizao das raas autctones e o maneio animal ao ar livre, reconhecendo-se, actualmente, que as prticas agrcolas que se utilizam no so sustentveis. A sustentabilidade da agricultura requer a salvaguarda do ambiente e da paisagem e, por isso, deve ser remunerada tambm por esse servio. A Agricultura Biolgica uma das formas de actuar de forma construtiva e equilibrada nos sistemas agrcolas, inseridos nos sistemas naturais, melhorando a fertilidade dos solos, promovendo o correcto uso da gua e preservando a biodiversidade, para alm de produzir alimentos de elevada qualidade. Em 1972 foi fundada a Federao Internacional de Movimentos de Agricultura Biolgica (IFOAM), actualmente com sede na Alemanha. Em Portugal, a Associao Portuguesa de Agricultura Biolgica (AGROBIO) surgiu em 1985 e em 1991 a Comunidade Europeia publicou o regulamento (CE) n 2092/91, denindo as normas do modo de produo biolgico, incluindo o controlo e a rotulagem dos produtos vegetais. Em 1999, o modo de produo biolgico animal foi contemplado no regulamento CE n 1804/99. Segundo a IFOAM, a agricultura biolgica engloba todos os sistemas que promovem a produo de alimentos e bras sos sob um ponto de vista ambiental, social e econmico. Estes sistemas baseiam-se na fertilidade do solo a nvel local como chave para uma produo de sucesso.Ao respeitar a capacidade natural das plantas, animais e paisagem, visa optimizar a qualidade em todos os aspectos da agricultura e do ambiente. A agricultura biolgica reduz substancialmente a utilizao de factores de produo externos explorao, atravs da no utilizao de fertilizantes e pesticidas qumicos de sntese e de produtos farmacuticos. A Cmara Municipal de Terras de Bouro deseja incentivar a agricultura no modo de produo biolgico, de modo a preservar os ecossistemas e a beleza paisagstica do seu territrio, atravs de vrias aces, entre as quais a publicao do presente Manual de Agricultura Biolgica, que pretende colaborar para a tomada de deciso das culturas agrcolas e das espcies animais que podem ser produzidas em Terras de Bouro. As culturas aqui abordadas como a batata, a couve, a cebola e o milho ao ar livre e ainda o feijo verde, como exemplo de uma cultura protegida, so conhecidas dos agricultores locais. Estas culturas permitem desenvolver diferentes rotaes culturais, para diferentes condies locais, que possibilitam as melhores solues em termos de utilizao dos nutrientes dos resduos orgnicos restitudos ao solo, de menores riscos de incidncia de pragas e doenas e das oportunidades de mercado. As raas de bovinos e de pequenosManual de Agricultura Biolgica - Terras de Bouro

7

Territrio vs. Sustentabilidade

ruminantes, de sunos e de aves de capoeira produzidas no modo de produo biolgico e referidas neste manual, so adaptadas ao meio ambiente de Terras de Bouro, podendo ser produzidas em diferentes locais do seu territrio. A apicultura outra actividade que pode contribuir para a proteco ambiental e assumir importncia, perante um mercado alimentar cada vez mais exigente em produtos naturais ou produzidos no modo de produo biolgico. A fertilidade orgnica do solo, que bsica para a sustentabilidade do modo de produo biolgico, referida neste manual com destaque para o processo de compostagem, a qualidade do composto e a sua aplicao ao solo agrcola. Os editores

8

Manual de Agricultura Biolgica - Terras de Bouro

Projecto-Piloto para a Converso da Agricultura Tradicional em Modo de Produo Biolgico

NDICENOTA PRVIA ------------------------------------------------------------------------------ 5 INTRODUO ------------------------------------------------------------------------------- 7 I -PRODUO VEGETAL --------------------------------------------------------------------- 111 .Batata --------------------------------------------------------------------------------13 2 .Cebola -------------------------------------------------------------------------------23 3 .Couve repolho ---------------------------------------------------------------------33 4 .Culturas protegidas - Feijo verde ----------------------------------------------43 5 .Milho ---------------------------------------------------------------------------------51

ANEXO (Lista de fertilizantes orgnicos) ------------------------------------------------------ 59 II -PRODUO ANIMAL -------------------------------------------------------------------- 631 .Bovinos ------------------------------------------------------------------------------65 2 .Pequenos ruminantes -------------------------------------------------------------75 3 .Aves de capoeira -------------------------------------------------------------------83 4 .Sunos --------------------------------------------------------------------------------93 5 .Apicultura ------------------------------------------------------------------------- 101

ANEXO

(Matrias-primas e aditivos para alimentao animal e produtos para limpeza e desinfeco) -------------------------------------------------------------------------------------- 109

BIBLIOGRAFIA E LEGISLAO --------------------------------------------------------115 III - COMPOSTAGEM PARA A AGRICULTURA BIOLGICA ----------------------------------------1191 .Introduo ------------------------------------------------------------------------ 121 2 .O processo de compostagem ------------------------------------------------- 126 3 .Caractersticas do composto -------------------------------------------------- 130 4 .Utilizao do composto ---