of 26 /26
MANUAL DE GESTÃO DE CONVÊNIOS CADASTRO DE CONVENENTES SUPORTE AO SIGA 0800-000-2001

MANUAL DE CADASTRAMENTO [Modo de Compatibilidade] · acesso ao sistema de convÊnios ... criando um login e senha o usuÁrio acessa a ... cadastro e emite ocertificado o usuÁrio

Embed Size (px)

Text of MANUAL DE CADASTRAMENTO [Modo de Compatibilidade] · acesso ao sistema de convÊnios ... criando um...

  • MANUAL DE GESTO DE CONVNIOS

    CADASTRO DE

    CONVENENTES

    SUPORTE AO SIGA

    0800-000-2001

  • INDICEAPRESENTAO

    A UTILIZAO DO SIGA

    ACESSO AO SISTEMA DE CONVNIOS

    REALIZANDO O CREDENCIAMENTO

    INCLUINDO REPRESENTANTES

    REALIZANDO O CADASTRAMENTO

    COMPLEMENTAO DO CADASTRO

    ANLISE DO CADASTRO

    EMISSO DO CRCC/ES

    ALTERAO DE CADASTRO

    RESUMO DE PROCEDIMENTOS

    SUPORTE AO SIGA

  • A UTILIZAO DO SIGA

    Define-se convnio como instrumento que disciplina o

    repasse e o recebimento de recursos pblicos e que tenha como

    partcipes rgos e entidades da Administrao Pblica, Direta e

    Indireta, de qualquer esfera do governo ou entidades privadas

    sem fins lucrativos, visando execuo de programa, projeto,

    atividade, plano de trabalho ou a realizao de evento de

    interesse recproco, em regime de mtua cooperao, sem

    objetivo de lucro e cuja verba repassada permanea com a

    natureza de dinheiro pblico.

    O Decreto 2.737-R prev que todos os procedimentos

    relativos proposio, celebrao, execuo e prestao de

    contas devero ser realizados no Sistema Integrado de Gesto

    Administrativa SIGA, cujo acesso se dar atravs do Portal de

    Convnios Estado do Esprito Santo.

  • ACESSO AO SISTEMA DE CONVNIOS

    Para que os rgos tenham acesso s informaes

    relativas aos Convnios e instrumentos congneres, e tambm ao

    SIGA, a Secretaria de Estado de Gesto e Recursos Humanos criou

    o Portal de Convnios (www.convenios.es.gov.br).

    Para celebrar Convnios com o

    Governo do Estado do Esprito SantoOs interessados em celebrar

    convnios com o Governo do

    Estado devero realizar seu

    cadastro para fins de obteno do

    CRCC/ES. O primeiro passo a ser

    adotado deve ser a realizao do

    credenciamento, uma ao que

    conceder ao ente a possibilidade

    de inserir seus representantes

    como usurios do sistema,

    preenchendo assim os requisitos

    necessrios para a concluso da

    etapa do cadastramento.

  • ACESSO AO SISTEMA DE CONVNIOSPRIMEIRO ACESSO

    NAVEGADORES

    Para acessar o Sistema Gesto de Convnios do Governo do Estado do Esprito Santo, necessrio a utilizao do Internet Explorer 7 ou verso acima, ou Mozilla Firefox.

    Para baixar o Internet Explorer, acesse o link http://windows.microsoft.com/pt-BR/internet-explorer/products/ie/home

    Para baixar o Mozilla Firefox, acesse o link http://br.mozdev.org/

  • ACESSO AO SISTEMA DE CONVNIOSPRIMEIRO ACESSO

    CERTIFICADO DE SEGURANA

    O servidor do Sistema Gesto de Convnios do Governo do Estado do Esprito Santo, possui certificado desegurana da PRODEMGE, que uma Autoridade Certificadora credenciada pelo ITI Instituto Nacional deTecnologia da Informao - para a emisso de certificados digitais padro ICP-Brasil.

    No primeiro acesso da mquina ao Sistema Gesto de Convnios, o Usurio dever instalar em seucomputador os certificados da cadeia da Autoridade Certificadora PRODEMGE, clicando no link que segue:https://wwws.prodemge.gov.br/certificacaodigital/index.php?option=com_content&task=view&id=223&Itemid=91

    O Usurio deve observar o navegador que est utilizando (Internet Explorer ou Firefox) e clicar em instalarcadeia agrupada e executar. Esta orientao dever ser seguida SOMENTE no primeiro acesso.

    Caso o Usurio no deseje instalar os certificados da cadeia da Autoridade Certificadora PRODEMGE, aoclicar no link para cadastrar-se, a tela a seguir ser aberta, devendo o Usurio selecionar a opo Continuarneste site (no recomendado). Esses passos sero exigidos em todo acesso do fornecedor ao SistemaGesto de Convnios.

  • ACESSO AO SISTEMA DE CONVNIOSICONES DO SISTEMA

    Nesse manual sero utilizados alguns cones, para identificar as diferentes funes, geradasno Sistema, dependendo do papel executado naquele momento ou da Atividade que seencontra o documento.

    CONES FUNES DETALHAMENTO DAS FUNES

    Editar

    Tem a funo de deixar editvel o documento,para fazer as alteraes necessrias naquelemomento, dependendo da atividade que est eo papel que desempenha no Sistema.

    VisualizarTem a funo de acessar o documento somentecomo visualizao, sem poder fazer algum tipode alterao.

    ExcluirTem a funo de excluir definitivamente odocumento .

    ImprimirTem a funo de preparar o documento paraimpresso do mesmo, aparecendo o documentode configurao da impressora padro.

    Baixar ArquivoTem a funo de fazer download (Baixar) dosarquivos que se encontram anexados noSistema.

  • CREDENCIAMENTO

    O credenciamento ser realizado pelo interessado diretamente no SIGA. Caber

    ao ente informar:

    a) nome, endereo da sede, endereo eletrnico e nmero de inscrio no

    Cadastro Nacional de Pessoas Jurdicas - CNPJ, bem como endereo residencial do

    responsvel que assinar o instrumento, quando se tratar de entidades pblicas;

    ou

    b) razo social, endereo, endereo eletrnico, nmero de inscrio no Cadastro

    Nacional de Pessoas Jurdicas - CNPJ, transcrio do objeto social da entidade

    atualizado, relao nominal atualizada dos dirigentes da entidade, com endereo,

    nmero e rgo expedidor da carteira de identidade e CPF de cada um deles,

    quando se tratar das entidades privadas sem fins lucrativos.

    Ressalta-se que todas as informaes devem ser atualizadas pelo convenente at

    que sejam exauridas todas as obrigaes referentes ao convnio.

    Para tanto, devero ser obedecidas as seguintes etapas:

    1 ETAPA Dever ser informada a Natureza Jurdica da entidadeproponente. Somente podero celebrar convnios com os rgosestaduais, os entes pblicos das esferas federal, estadual e municipale entes privados sem fins lucrativos.

  • REALIZANDO O CREDENCIAMENTO

    2 ETAPA Preenchimento dos dados requeridos pelo sistemarelativos Instituio que pretende se cadastrar.

    3 ETAPA Preenchimento dos dados requeridos pelo sistemarelativos ao usurio responsvel pelo credenciamento do ente. Cabefrisar que para as entidades privadas no obrigatrio opreenchimento da matrcula funcional do usurio que est secredenciando.

  • REALIZANDO O CREDENCIAMENTO

    4 ETAPA Preenchimento dos dados requeridos pelo sistemarelativos autoridade do municpio que detm competncia parafirmar convnios.

    Concludas as etapas do credenciamento, haver a exibioda confirmao do trmino desta atividade. Fica sob incumbncia dousurio verificar na conta de email informada o recebimento de seu logine senha para utilizao do sistema.

  • INCLUINDO REPRESENTANTES

    Uma vez credenciado o proponente pelo usurioresponsvel, no necessrio um novo credenciamento para que se criemais de um usurio representante da mesma entidade. Hdisponibilidade no sistema para que o responsvel pelo credenciamentohabilite tantos representantes quantos forem necessrios ao rgo ouentidade.

    No Portal de Convnios, jcredenciado, o usurio do sistemadever ingressar na rea doProponente/Convenente,conforme ilustrao ao lado.

    Para dar continuidade aoprocedimento de incluso denovos representantes, deverser feito o login no sistema,utilizando os mesmos dadosde usurio e senhaconfirmados no ato docredenciamento.

  • INCLUINDO REPRESENTANTES

    O menu principal da rea do proponente possui, dentre outrasfuncionalidades, a de Representantes. nessa atividade que podero sercadastrados os demais usurios para a entidade.

    Devero ser informados os campos obrigatrios, inclusiveos campos de login e senha do novo usurio. Cabe ressaltar que taisinformaes so de uso exclusivo do funcionrio que foi includocomo representante.

    Os usurios que eventualmente deixarem de participardas atividades relativas a convnios da entidadeproponente/convenente, e que por esta razo deixarem de utilizar osistema podero ser inativados como representantes . Para tanto,basta que seja acionada a ao Inativar na lista de representantesexibida.

  • REALIZANDO O CADASTRAMENTO

    Segundo o Decreto 2.737-R obrigatria a apresentao do

    Certificado de Registro Cadastral de Convnios CRCC/ES, vlido e

    atualizado, para a formalizao de convnios com os rgos e entidades

    estaduais.

    Para a obteno do certificado de registro cadastral de

    convnios ser observado o procedimento estabelecido na Portaria 04-R,

    de 9 de fevereiro de 2010, sendo que todas as informaes prestadas

    devem ser permanentemente atualizadas at que se encerrem todas

    as obrigaes referentes ao convnio. Entidades Pblicas e Privadas

    devem apresentar documentaes distintas junto ao setor de

    cadastro, cada uma delas de acordo com o que exige a legislao

    mencionada.

    Para dar prosseguimento a atividade do cadastramento, o

    usurio representante da entidade deve acessar o sistema por meio

    da rea do proponente e acionar a opo Cadastro do

    Proponente.

  • REALIZANDO O CADASTRAMENTO

    1 PROCEDIMENTO PARA ENTIDADES PBLICAS

    Os rgos e entidades pblicas que almejam obteno do

    CRCC/ES devero registrar em meio eletrnico dados relativos

    instituio, aos seus representantes legais, regularidade fiscal e ao

    cumprimento de exigncias legais e de responsabilidade.

    Por esta razo, antes do encaminhamento do processo

    eletrnico, o usurio representante da entidade responsvel pelo

    cadastro dever certificar-se do preenchimento das abas Dados,

    Membros, Certides e Declaraes. A tramitao eletrnica da

    anlise do cadastro no exime o proponente do envio de tais

    documentos ao setor de cadastro, que aps seu recebimento ter o prazo

    de 5 (cinco) dias teis para analis-los.

    vlido ressaltar que as informaes prestadas nas abas

    Dados e Membros so aquelas mesmas preenchidas na atividade de

    credenciamento e que, portanto, vm preenchidas na etapa de cadastro.

    Em caso de atualizaes de dados ou de incluso de novo responsvel

    pela entidade, dever proceder-se o novo registro no sistema e o

    encaminhamento da documentao correspondente ao setor de cadastro

    da SEGER.

  • COMPLEMENTAO DO CADASTRO

    1.1 DADOS

    1.2 MEMBROS

  • COMPLEMENTAO DO CADASTRO

    1.3 CERTIDES

    1.4 DECLARAES

    Para os casos de certides em que o ente pblico estiver isento deapresentao da comprovao de recolhimento, o usurio deveapenas informar no campo Isento a opo Sim, havendo entoa inabilitao dos campos de preenchimento.

  • COMPLEMENTAO DO CADASTRO

    2 PROCEDIMENTO PARA ENTIDADES PRIVADAS SEM FINS

    LUCRATIVOS

    Os rgos e entidades privadas que almejam obteno do

    CRCC/ES devero registrar em meio eletrnico dados relativos

    instituio, aos seus representantes legais, regularidade fiscal e ao

    cumprimento de exigncias legais e de responsabilidade.

    Antes do encaminhamento do processo eletrnico, o usurio

    representante da entidade responsvel pelo cadastro dever certificar-se

    do preenchimento das abas Dados, Membros, Certides,

    Estatuto, Dirigentes e Declaraes. A tramitao eletrnica da

    anlise do cadastro no exime o proponente do envio de tais

    documentos ao setor de cadastro, que aps seu recebimento ter o prazo

    de 5 (cinco) dias teis para analis-los.

    vlido ressaltar que as informaes prestadas nas abas

    Dados e Membros so aquelas mesmas preenchidas na atividade de

    credenciamento e que, portanto, vm preenchidas na etapa de cadastro.

    Em caso de atualizaes de dados ou de incluso de novo responsvel

    dever proceder-se o novo registro no sistema e o encaminhamento da

    documentao correspondente ao setor de cadastro da SEGER.

  • 2.1 DADOS

    2.2 MEMBROS

    COMPLEMENTAO DO CADASTRO

  • COMPLEMENTAO DO CADASTRO

    Nas abas Certides, Estatuto, Dirigentes eDeclaraes, devero ser informados respectivamente ascomprovaes de regularidade fiscal e previdenciria, informaesrelativas aos gestores e dirigentes da entidade, transcrio do objetosocial e suas alteraes.

    2.3 CERTIDES

    Para os casos de certides em que o ente pblico estiverisento de apresentao da comprovao de recolhimento, o usuriodeve apenas informar no campo Isento a opo Sim, havendoento a inabilitao dos campos de preenchimento.

  • 2.4 ESTATUTO

    COMPLEMENTAO DO CADASTRO

    2.5 DIRIGENTES

  • 2.6 DECLARAES

    COMPLEMENTAO DO CADASTRO

  • ENVIANDO O CADASTRO PARA ANLISE

    Registrados os dados do cadastramento, entidades pblicas e privadas que visam emisso do CRCC/ES devero envi-los para anlise do Ncleo de Cadastro da SEGER.

    To logo for possvel devero ser encaminhada tambm osdocumentos correspondentes queles informados no SIGA. Desta forma, aequipe responsvel far a validao dos registros e proceder a emisso doCertificado de Registro Cadastral de Convnios CRCC/ES.

    Poder ainda ser solicitada a complementao dos dados e/oudocumentos enviados, dependendo da avaliao feita ou at mesmo seuindeferimento. Em ambos os casos ser emitida justificativa para asolicitao ou recusa por parte da SEGER.

    A parte interessada deve acompanhar pelo sistema oandamento da situao cadastral , observar se h recomendaes e emcaso afirmativo, complementar o que for solicitado e remeter novamente equipe responsvel.

  • EMITINDO O CRCC

    Ao receber a confirmao do deferimento do pedido decertificao, a situao de acompanhamento do processo no sistema serdenominada Cadastro.

    De posse dessa informao ser possvel a celebrao deconvnios com o Governo Estadual, uma vez que o mesmo requisitoobrigatrio para o recebimento dos recursos.

    Para fins de controle e eventual apresentao, existe a opode gerar o Certificado de Registro Cadastral de Convnios CRCC/ES pelosistema.

    O usurio dever acessar Cadastro do Proponente, e na abaDados a opo Imprimir Certificado de Registro Cadastral deConvnios, conforme figura abaixo:

  • O USURIOREALIZA OCREDENCIAMENTOCRIANDO UMLOGIN ESENHA

    O USURIOACESSA AREA DOPROPONENTEE REALIZA OSEUCADASTRO

    O PROPONENTEENTREGA ADOCUMENTAONECESSRIA,PREVISTA NAPORTARIA/SEGERN 04-R

    A EQUIPERESPONSVEL PELOCADASTRO, ANALISAA DOCUMENTAO,E SE ESTIVER TUDOOK, APROVA OCADASTRO E EMITEO CERTIFICADO

    O USURIO PODER AGORAENCAMINHAR VIA SIGA SUAPROPOSTA E CELEBRAR O SEUCONVNIO.Obs. SE O USURIO FOR DO TIPOENTIDADES PBLICAS,BASTAR O CREDENCIAMENTOPARA ENCAMINHAR A PROPOSTA

    O CERTIFICADOFICARDISPONVELONLINE PARA QUEO USURIOACESSE O PORTALE O IMPRIMA.

    RESUMO DE PROCEDIMENTOS

  • ALTERANDO O CRCC/ES

    Aps a emisso do CRCC/ES, rgo e entidadespblicos ou privados devero efetuar alteraes e incluses denovos documentos por meio de procedimento similar ao deobteno do certificado.

    Ser exibida uma tela semelhante do cadastroinicialmente realizado. Dessa maneira, o usurio proceder aincluso das informaes que entender necessrias. Ao finalizar oregistro, dever ser executado o mesmo procedimento de enviode dados e documentaes, permanecendo a situao sob anlisedo ncleo de cadastro enquanto a validao dos documentos nofor concluda.

    O usurio representante do entecadastrado dever acessar osistema na rea doProponente e acionar a opoAlterar Cadastro.

  • SUPORTE AO SIGA

    [email protected]

    3636-5257

    [email protected]

    0800-000-2001