Manual de Instru§£o Alisadora de Concreto ACV-36 ACV-46 .pisocom falhas de concretagem. 6.2 OPERA‡ƒO

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Manual de Instru§£o Alisadora de Concreto ACV-36 ACV-46 .pisocom falhas de concretagem....

  • 2

    INTRODUO:

    Obrigada por voc escolher o nosso equipamento. Ns temos tomado cuidado no design, fabricaoe testes do produto. Ele coberto por uma GARANTIAde 6 (seis) meses.

    1. OBJETIVO

    Este manual de operao e manuteno tem por finalidade:

    Informar quais os critrios de utilizao do equipamento, conforme limites tcnicos deprojeto; Evitar defeitos e prejuzos decorrentes do mau uso ou da falta das manutenespreventivas; Prevenir acidentes de trabalho observados as normas de segurana;

    AVibromak se reserva ao direito de alterar este manual sem aviso prvio.

    2. GENERALIDADES

    CUIDADOS E RECOMENDAES

    Recomendamos a leitura deste manual antes do incio da utilizao do equipamento, demaneira que esto contidas neste documento informaes relacionadas estrutura,funcionamento, condies de operao e manutenes.As instrues devero ser rigorosamente observadas pelos usurios visando manter o direitoa garantia do equipamento, conforme estipulado pela Vibromak. de extrema importncia armazenar este documento em local de fcil acesso, pois baseadonele que se executam manutenes eficientes conforme as instrues do fornecedor.Os planos de manuteno devero ser executados por tcnicos especializados devido responsabilidade envolvida durante a operao do equipamento. Quando realizada demaneira inadequada, os riscos de defeitos e quebras aumentam, comprometendo destamaneira a segurana e estabilidade durante a utilizao do equipamento.

    Ateno: Os servios de manuteno dentro do prazo de garantia devem ser executadossomente pela Assistncia Tcnica Autorizada Vibromak, conforme consta no site www.vibromak.com.br .

    3. PREFCIO

    O item DESCRIODAALISADORADE CONCRETO ajuda o operador a familiarizar-se comos controles do equipamento.

    O item DADOSTCNICOS ajuda o operador a ter em mos todos os dados necessriospara a utilizao da ALISADORADE CONCRETO.

    Os itens SEGURANAGERAL e SEGURANAE SADE explicam como utilizar aALISADORADE CONCRETOa fim de garantir a segurana, do operador de modo geral.

    O item TRANSPORTE mostra a posio correta para transportar a ALISADORADECONCRETO.

    O item GUIAPARARESOLUODE PROBLEMAS ajuda o operador caso tenha algumproblema com a ALISADORADE CONCRETO.

    O item ASSISTNCIATCNICA destina-se a ajudar na operao de manuteno geral eassistncia tcnica da ALISADORADE CONCRETO.

  • MODELO ACV-36 ACV-46

    Motor HondaGX160 HondaGX270

    PotnciaKW(HP) 4.0(5.5) 6.6(9.0)

    Pesokg 88kg 135kg

    LaminasdeAcabamento 4 4

    TamanhodaLaminas 6x14 6x18

    O item PEAS DE REPOSIO mostra os componentes da ALISADORADE CONCRETOe amanuteno das peas, para facilitar caso houver necessidade de substituio.

    O item GARANTIA define o tipo de cobertura e o procedimento para apresentao dereclamaes.

    4. ESPECIFICAES TCNICAS

    5. SEGURANA GERAL

    Para a sua prpria proteo pessoal e para a segurana daqueles sua volta, leia e certifique-se de que compreendeu perfeitamente as informaes de segurana deste manual. de responsabilidade do operador, certificar-se de que compreendeu perfeitamente comooperar o equipamento com toda segurana.A manuteno ou utilizao incorreta da ALISADORADE CONCRETOpode ser prejudicialpara seu funcionamento. Leia e compreenda este manual, antes de qualquer operao demanuteno, assistncia ou reparao.O proprietrio da ALISADORADE CONCRETOdever respeitar e cumprir a Legislao deProteo no Trabalho.Este equipamento pesado e no dever ser levantado por uma nica pessoa, obtenha ajudaou utilize equipamento de elevao adequado.Proceda a vedao da rea de trabalho, e mantenha o pessoal no autorizado a uma distnciasegura.O operador dever trabalhar com Equipamento de Proteo Individual (EPI) sempre que esteequipamento estiver sendo utilizado.Desligue sempre a ALISADORADE CONCRETOantes de proceder s operaes detransporte ou assistncia.Durante o funcionamento, o motor fica muito quente; deixe-o esfriar antes de toc-lo.Nunca deixe o motor funcionando sem vigilncia. Nunca retire, nem mexa nas protees da

    3

  • 4

    ALISADORADE CONCRETO, elas existem para sua proteo, certifique-se sempre de queesto em bom estado.AALISADORADE CONCRETOfoi feita com o menor ndice de risco possvel. No entantoexiste risco, e estes riscos residuais no so claramente reconhecveis, pelo que poderocausar ferimentos fsicos ou danos materiais. Se estes riscos imprevisveis e irreconhecveisse tornarem freqentes, a ALISADORADE CONCRETO dever ser parada imediatamente, e ooperador ou o seu supervisor dever tomar as medidas apropriadas para eliminar essesriscos. Por vezes necessrio que o fabricante seja informado dessas eventualidades, paratomar medidas preventivas.

    5.1 SEGURANA DO COMBUSTVEL

    ?

    O combustvel inflamvel. O mesmo poder causar ferimentos ou danos materiais. Desliguea ALISADORADE CONCRETO, e no fume enquanto estiver abastecendo o tanque decombustvel. Limpe sempre qualquer combustvel derramado. Antes de reabastecer, desligue o motor e deixe-o esfriar;

    ? Quando tiver que reabastecer, NO fume e nem permita a existncia de chamas acesasna rea;

    ? Quando combustvel for derramado, dever ser imediatamente coberto com areia. Se tiverderramado combustvel sobre seu vesturio, troque imediatamente;

    ? Armazene o combustvel em recipientes apropriados, adequados para armazenamento,longe de fontes de calor e de ignio; Ao reabastecer, use um funil adequado e evite derramamento sobre o motor.

    5.2 SEGURANA E SADE

    5.2.1 VIBRAOAlguma vibrao resultante da operao da ALISADORADE CONCRETO transmitidaatravs do punho para as mos do operador. AALISADORADE CONCRETOfoi projetadapara reduzir os nveis de vibrao nas mos e nos braos.

    5.2.2 EPI (EQUIPAMENTODE PROTEOINDIVIDUAL)EPI adequado dever ser sempre usado quando trabalhar com este equipamento. culos deproteo, luvas, protetores auriculares, mscara de p e calado com biqueira de ao. Utilizevesturio apropriado para o trabalho que esta realizando. Prenda o cabelo comprido e removaqualquer bijuteria que possa ficar presa nas partes mveis da ALISADORADE CONCRETO.

    5.2.3 COMBUSTVEL

    ?

    O leo e combustvel usado nesta mquina podero causar os seguintes perigos: Envenenamento em caso de inalao de vapores de combustvel ou de leo; Alergias em caso de derrame do combustvel ou de leo sobre a pele; Fogo ou exploso em caso de manuseamento de combustvel ou de leo prximo decigarros aceso ou de chamas desprotegidas.

    No ingira combustvel nem inale vapores de combustvel, evite contato com a pele. Se algumcombustvel entrar em contato com os seus olhos, lave abundantemente com gua corrente eprocure assistncia mdica logo que possvel.O dixido de carbono do escapamento produzido pela ALISADORADE CONCRETOaltamente txico. No opere a ALISADORADE CONCRETOem interiores ou em espaosconfinados, certifique-se de que a rea de trabalho adequadamente ventilada.

  • 5

    6. VERIFICAES PRVIAS AO ARRANQUE

    A inspeo prvia ao arranque deve ser executada antes do incio de cada sesso de trabalhoou aps cada perodo de utilizao de quatro horas, de acordo com o que ocorrer primeiro.Por favor, consulte a seo de assistncia para orientao detalhada. Caso se verifiquequalquer falha, a ALISADORADE CONCRETOno dever ser utilizada at a mesma serretificada.1. Inspecione minuciosamente a ALISADORADE CONCRETO em busca de danos.Certifique-se de que todos os componentes esto presentes e seguros;2. Verifique o nvel de leo do motor;3. Verifique o nvel de combustvel do tanque;4. Procure vazamento de combustvel e de leo.

    6.1 PREPARAO DA SUPERFCIE DE CONCRETO

    A utilizao de uma mquina com vibrao mecnica para preparar a superfcie a serconcretada, permite uma boa compactao e produz uma superfcie ideal para acabamento.Convm recordar que as mquinas de flotao/acabamento no reparam, nem corrigem umpiso com falhas de concretagem.

    6.2 OPERAO DE FLOTAO

    AALISADORADE CONCRETOestar pronta para trabalhar quando a marca de seus sapatosno piso atingirem de 2 a 3 mm. O tempo de operao depende das condies climticas.Aps terminar cada operao, o motor dever ser desligado. Nunca pare a mquina com omotor trabalhando, especialmente durante a operao de flotao, quando o concreto estiverrelativamente mole. Considerando que a mquina pesada, se for deixada em funcionamentono concreto mole, no mesmo ponto, poder causar danos nas tolerncias do piso acabado.

    6.3 OPERAO DEACABAMENTO

    Aps a operao de flotao, a primeira coisa a fazer remover o disco de flotao das psde acabamento, limpar a placa de comando e a saia de proteo da pasta de cimento /concreto recolhidos durante a operao de flotao. Aumente a inclinao das laminas emat 5 graus para a primeira operao de acabamento e depois continue a aumentar o grau nasoperaes de acabamento seguintes. Continue a passagem da lmina at obter o acabamentodesejado da superfcie dos pisos. O tempo necessrio entre cada passagem de acabamentodepende das condies climticas e do teor de cimento e gua presentes no concreto. Sealgumas reas do concreto endurecem demasiadamente, poder aplicar uma pequenaquantidade de gua com uma brocha para ajudar a concluir o acabamento. Tenha cuidado emutilizar a ALISADORADE CONCRETO em reas que tenha sido aplicado gua, porque amquina tem tendncia a deslizar. Certifique-se de que mantm a mquina sempre sobcontrole.

    7. AJUSTE DA INCLINAO

    A alavanca de controle de inclinao das lminas esta ao alcance do operador. O grau podeser controlado por pequenos aumentos, e isto poder ser realizado sempre que necessrio.Durante o acabamento, o assentamento / endurecimento pode variar de rea para rea aolongo do piso, portanto o ajuste do grau pode ser alterado para se adaptar de forma precisa,quando necessrio, enquanto a mquina estiver em funcionamento.

  • 6

    8. LIMPEZA DA MQUINA

    Limpe a mquina aps a sua utilizao para evitar o acumulo de cimento / concretoendurecidos. Apasta de cimento/concreto seca muito difcil de re