Maré cheia junho 13

  • View
    217

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Agenda de Eventos no Concelho da Moita

Text of Maré cheia junho 13

  • 111

    JUN

    HO

    201

    3

    www.cm-moita.pt

    MARCHEIAagenda de eventos no concelho da moita

  • CAIXA DE SUGESTES:Se tem informaes que queira partilhar, se pretende contribuir com su-gestes para a melhoria contnua da Mar Cheia ou receber mensalmen-te a edio impressa em sua casa, contacte-nos atravs dos endereosmarecheia@mail.cm-moita.pt ou Diviso de Informao e Relaes P-blicas - Cmara Municipal da Moita, Praa da Repblica, 2864-007 Moita.A Cmara Municipal da Moita reserva-se o direito de selecionar a infor-mao a divulgar, de acordo com os critrios editoriais.A programao divulgada pode ser alterada por motivos imprevistos.

    111

    JUN

    HO

    2013

    www.cm-moita.pt

    MARCHEIAagenda de eventos no concelho da moita

    MISSO: Divulgar a programaomunicipal e as potencialidades ldicas e culturais do concelho da Moita, contribuindo para aproximar os cidados do Municpio.

    VISO: Valorizar a identidade cultural do concelho da Moita, promover a participao e a cidadania e contribuir para a coeso social na comunidade.

    TTU

    LO:M

    ar

    Che

    ia-

    Age

    nda

    deEv

    ento

    sno

    Con

    celh

    oda

    Moi

    taED

    I

    O:C

    mar

    aM

    unic

    ipal

    daM

    oita

    CO

    OR

    DEN

    A

    O

    DA

    EDI

    O

    ,RED

    A

    O

    EFO

    TOG

    RA

    FIA

    :Div

    iso

    deIn

    form

    ao

    eR

    ela

    es

    Pb

    licas

    CO

    LAB

    OR

    A

    O

    :Dep

    arta

    men

    tode

    Ass

    unto

    sSo

    ciai

    se

    Cul

    tura

    ;Dep

    arta

    men

    tode

    Am

    bien

    tee

    Serv

    ios

    Urb

    anos

    ;D

    ivis

    ode

    Ativ

    idad

    esEc

    onm

    icas

    eTu

    rism

    oe

    Dep

    arta

    men

    tode

    Rec

    urso

    sH

    uman

    os

    IMP

    RES

    SO

    :Im

    agem

    Fres

    ca

    Esta

    publ

    ica

    out

    iliza

    pape

    lrec

    icla

    do,

    prod

    uzid

    opo

    rem

    pres

    ace

    rtifi

    cada

    segu

    ndo

    asno

    rmas

    ISO

    9001

    eIS

    O14

    001.

    (Cer

    tific

    ae

    sde

    sist

    emas

    deG

    est

    ode

    Qua

    lidad

    ee

    sist

    emas

    deG

    est

    oA

    mbi

    enta

    l)

    CU

    IDE

    DO

    MEI

    OA

    MB

    IEN

    TE

    TIR

    AG

    EM:

    12.0

    00Ex

    .P

    ERIO

    DIC

    IDA

    DE:

    Men

    sal

    ISSN

    1647

    -185

    7VE

    RS

    OO

    N-L

    INE:

    ww

    w.c

    m-m

    oita

    .pt

    DIS

    TRIB

    UI

    O

    GR

    ATU

    ITA

    fich

    at

    cnic

    a

    A MAR CHEIA est disponvel nos equipamentos municipais, servios pblicose nos seguintes locais:

    ALHOS VEDROS | Ass. Amizade Arroteense | Associao de Desportos NuticosAlhosvedrense Amigos do Mar | Caf Farinha | Caf Ensaio | Caf O Cantinho | Ca-f So Loureno | Clube Rec. Sport Chinquilho Arroteense | Grupo Desp. da Fonteda Prata | Grupo Rec. Familiar do Bairro Gouveia | Mini-mercado Osvaldo | Pas-telaria Sol Nascente | Soc. Filarm. Recreio e Instruo Alhosvedrense "A Velhinha"| Sporting Clube Vinhense

    BAIXA DA BANHEIRA | Ass. de Reform. Pens. e Idosos da Zona Norte da Baixa daBanheira O Norte | Clube do Rio | Clube Unio Banheirense "O Chinquilho" | Gi-nsio Atltico Clube | Soc. Rec. da Baixa da Serra | Soc. Rec. e Cult. Unio Alen-tejana | Sporting Clube Banheirense | Unio Desp. e Cultural Banheirense

    GAIO-ROSRIO | Baa Caff | Beira Mar Futebol Clube Gaiense | Martimo FutebolClube Rosarense

    MOITA I Associao de Reformados, Pensionistas e Idosos da Moita | Caf A Carave-la | Caf Fragata | Clube Rec. do Palheiro | Clube Rec. do Penteado | PastelariaMadrugada | QB | Restaurante Faena | Restaurante "O Messias" | Santos PaladaresCafetaria/restaurante | Sociedade Filarmnica Capricho Moitense

    VALE DA AMOREIRA | Grupo Desportivo e Recreativo Portugal | Pastelaria Prin-cesa

    Capa: Varino "O Boa Viagem" (embarcao municipal)

    [ MAR CHEIA + ACESSVEL ]verso on-line e verso de voz em www.cm-moita.pt

  • [3]

    Os dias mais longos e mais quentes convidam ao convvio e fruio dos espaos pblicos, facto que, no nosso concelho, desde

    h muito, se traduz na realizao de um vasto programa de ativida-des ao ar livre, pblicas e gratuitas.

    O ms comea em plena Feira Medieval de Alhos Vedros, este ano j nasua 6 edio, ao mesmo tempo que o Dia da Criana comemorado coma comunidade educativa. As razes culturais de uma parte da nossa popu-lao so celebradas na tradicional Semana Alentejana, assim como nasFestas Multiculturais do Vale da Amoreira. O livro quem mais ordenaem mais uma edio da Feira do Livro de Alhos Vedros, cujo passado re-monta ao ano de 1972. Tambm o BB Blues Fest j um caso nico emPortugal. Em sete dias, a segunda edio deste festival rene, na Baixa daBanheira, msicos americanos, britnicos, espanhis e portugueses, numasucesso de concertos, intervalados com um debate e uma mostra docu-mental, distribudos entre os vrios espaos do Frum Cultural Jos Ma-nuel Figueiredo e o Parque Jos Afonso. E as bibliotecas municipais insta-lam-se na praia fluvial do Rosrio e no Parque Jos Afonso, enquanto astradies e o patrimnio ribeirinho estaro em destaque no II Encontro deCulturas Ribeirinhas.Mas o ms de Junho tambm indelevelmente marcado pelo Dia Mundialdo Ambiente. Esta comemorao, instituda em 1972 pela Assembleia Ge-ral das Naes Unidas, procura sensibilizar a populao escala mundialpara a proteo do ambiente e para aquilo que, mais tarde, se veio a cha-mar Desenvolvimento Sustentvel. O lema para este ano "Pensar - Comer- Conservar", chamando a ateno para um sistema de produo e distri-buio de alimentos de matriz capitalista que, segundo a Organizao dasNaes Unidas para Agricultura e Alimentao (FAO, do ingls Food andAgriculture Organization), permite que 1,3 mil milhes de toneladas de co-mida sejam desperdiados anualmente, ao mesmo tempo que, no mundo,uma em cada sete pessoas passem fome e que mais de 20 000 crianas ataos 5 anos morram todos os anos, vtimas da fome.Lazer, convvio, cultura, mas tambm reflexo e debate so assim as propos-tas do Municpio para este incio de vero beira-Tejo, no concelho da Moita.

    [tem a palavra]CARLOS SANTOS VEREADOR DO AMBIENTE, SERVIOS URBANOS E PROTEO CIVIL

  • [4]

    Colquio Patrimnio Flvio-Martimo do Esturio do Tejo: Perspetivas de SustentabilidadeDas 9:30h s 18:00h Moinho de Mar Alhos VedrosA Cmara Municipal, em parceria com o Instituto de Dinmica do Espao da Univer-sidade Nova de Lisboa e com a colaborao do movimento associativo nutico do con-celho, promove este colquio com trs painis: Desafios Valorizao do PatrimnioFlvio-Martimo, Patrimnio Fluvio-Martimo: Desafios do Contexto e O Papel dosAgentes Locais na Preservao e Valorizao do Patrimnio Flvio-Martimo.

    [ lupa]

    ENCONTRO DE CULTURASRIBEIRINHAS

    ENCONTRO DE CULTURAS RIBEIRINHAS21 E 22 DE JUNHO

    CULTURA, IDENTIDADE E TRADIES NO CONCELHO DA MOITA SO INDISSOCIVEIS DO RIO TEJO E DA SUA VIVNCIA PELA POPULAO DURANTESCULOS. AO LONGO DE UMA FRENTE RIBEIRINHA DE CERCA DE 20KM, O RIO TEM ACOMPANHADO O CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DOS NCLEOS URBANOS MAIS ANTIGOS. HOJE, O RIO TEJO APRESENTA UMA VERTENTE DE LAZER MUITO ACENTUADA, EM RESULTADO DA APOSTA DO MUNICPIO NA RECUPERAO E VALORIZAO DA ZONA RIBEIRINHA E DAS ATIVIDADES TRADICIONAIS.O ENCONTRO DE CULTURAS RIBEIRINHAS PROMOVE, NOS DIAS 21 E 22 DE JUNHO, O ENCONTRO DE SABERES EM TORNO DO PATRIMNIO CULTURAL E MARTIMO DA BEIRA-TEJO.

    21 DE JUNHO

  • [5]

    Apresentao do livro Embarcao Tradicional O Boa Viagem: Memria de uma Recuperao21:30h Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraa MoitaEsta edio da Cmara Municipal retrata a histria do varino O Boa Viagem, patri-mnio vivo do concelho da Moita. O seu importante papel no transporte de mercado-rias no passado, a aquisio pela autarquia, em 1981, com o objetivo de a devolver aorio e s populaes, a sua mais recente recuperao, em 2011; em suma, toda a he-rana histrica que ainda transporta e que permanece na memria das geraes maisvelhas esto registadas nestas pginas. A iniciativa vai contar com a presena do mu-selogo e historiador Antnio Nabais que assina tambm o prefcio da obra.

    Projeo de DocumentrioEmbarcao Tradicional O Boa Viagem: Memria de uma Recuperao22:30h Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraa MoitaNo dia 18 de junho de 2011, o varino O Boa Viagem realizou um passeio inaugural,aps um ano de profunda recuperao, no Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos.Neste documentrio, podemos assistir aos trabalhos realizados no estaleiro, de acor-do com os saberes, materiais e tcnicas ancestrais da carpintaria naval, preservando-se a originalidade e especificidade do varino O Boa Viagem.

    Apresentao do livro Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos11:30h Estaleiro Naval de Sarilhos PequenosEm cinco captulos, a segunda edio municipal a ser apresentada neste Encontro deCulturas Ribeirinhas revisita a histria do Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos no Es-turio do Tejo, a sua importncia para o concelho, bem como as tcnicas de construonaval usadas pelos mestres carpinteiros, calafates e pintores. O prefcio assinado peloProfessor Carvalho Rodrigues, conhecido defensor das embarcaes tpicas Tejo.

    Desfile de Embarcaes Tradicionais14:30h - Partida de Sarilhos Pequenos (chegada ao Cais da Moita) Nesta tarde, o Tejo ganha um colorido diferente, trazido pelas embarcaes tradicionais,tambm conhecidas pelas suas pinturas tpicas de cores vivas, a desfilarem entre Sari-lhos Peq