Maré Cheia nº 87

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Abril de 2011

Text of Maré Cheia nº 87

  • MARCHEIAagenda de eventos no concelho da moita

    87

    AB

    RIL

    201

    1

    www.cm-moita.pt

  • CAIXA DE SUGESTES:Se tem informaes que queira partilhar, se pretende contribuir com su-gestes para a melhoria contnua da Mar Cheia ou receber mensalmen-te a edio impressa em sua casa, contacte-nos atravs dos endereosmarecheia@mail.cm-moita.pt ou Diviso de Informao e Relaes P-blicas - Cmara Municipal da Moita, Praa da Repblica, 2864-007 Moita.A Cmara Municipal da Moita reserva-se o direito de selecionar a infor-mao a divulgar, de acordo com os critrios editoriais.A programao divulgada pode ser alterada por motivos imprevistos.

    MARCHEIAagenda de eventos no concelho da moita

    87

    AB

    RIL

    2011

    www.cm-moita.pt

    MISSO: Divulgar a programaomunicipal e as potencialidades ldicas e culturais do concelho da Moita, contribuindo para aproximar os cidados do Municpio.

    VISO: Valorizar a identidade cultural do concelho da Moita, promover a participao e a cidadania e contribuir para a coeso social na comunidade.

    TTU

    LO:M

    ar

    Che

    ia-

    Age

    nda

    deEv

    ento

    sno

    Con

    celh

    oda

    Moi

    taED

    I

    O:C

    mar

    aM

    unic

    ipal

    daM

    oita

    CO

    OR

    DEN

    A

    O

    DA

    EDI

    O

    ,RED

    AC

    OE

    FOTO

    GR

    AFI

    A:D

    ivis

    ode

    Info

    rma

    oe

    Rel

    ae

    sP

    blic

    asC

    OLA

    BO

    RA

    O:D

    epar

    tam

    ento

    deA

    ssun

    tos

    Soci

    ais

    eC

    ultu

    ra;D

    epar

    tam

    ento

    deA

    mbi

    ente

    eSe

    rvi

    osU

    rban

    os;

    Div

    iso

    deA

    ctiv

    idad

    esEc

    onm

    icas

    eTu

    rism

    oAG

    RAD

    ECIM

    ENTO

    S:D

    ivis

    ode

    Cultu

    ra/C

    MM

    ;Jor

    gePa

    ulin

    o;D

    ivis

    ode

    Des

    port

    o/CM

    M;F

    anfa

    rra

    dos

    Bom

    beiro

    sVo

    lunt

    rio

    sda

    Moi

    ta;C

    hefe

    Inc

    io;E

    scol

    aPr

    ofis

    sion

    alda

    Moi

    ta;C

    asa

    das

    Flor

    es

    IMP

    RES

    SO

    :Esp

    rito

    Pap

    el

    Esta

    publ

    ica

    out

    iliza

    pape

    lrec

    icla

    do,

    prod

    uzid

    opo

    rem

    pres

    ace

    rtifi

    cada

    segu

    ndo

    asno

    rmas

    ISO

    9001

    eIS

    O14

    001.

    (Cer

    tific

    ae

    sde

    sist

    emas

    deG

    est

    ode

    Qua

    lidad

    ee

    sist

    emas

    deG

    est

    oA

    mbi

    enta

    l)

    CU

    IDE

    DO

    MEI

    OA

    MB

    IEN

    TE

    TIR

    AG

    EM:

    15.0

    00Ex

    .P

    ERIO

    DIC

    IDA

    DE:

    Men

    sal

    ISSN

    1647

    -185

    7VE

    RS

    OO

    N-L

    INE:

    ww

    w.c

    m-m

    oita

    .pt

    DIS

    TRIB

    UI

    O

    GR

    ATU

    ITA

    fich

    at

    cnic

    a

    A MAR CHEIA est disponvel nos equipamentos municipais, servios pblicose nos seguintes locais:

    ALHOS VEDROS | Ass. Amizade Arroteense | Ass. de Reform., Pens. e Idosos daFreguesia de Alhos Vedros | Ass. Desp. Nuticos Alhosvedrense Amigos do Mar |Caf Farinha | Caf Galeo | Caf caro | Caf Nova Gerao | Caf O Cantinho | CafParaso 1 | Caf Parque | Caf Pico do Caramulo | Caf Ensaio | Caf Moroas | CafSo Loureno | Centro Comun. Paragem | Cercimb | Clube Rec. Recreio e Instru-o CRI | Clube Rec. Sport Chinquilho Arroteense | Cooperativa de Consumo Plu-ricoop | Croassanteria Totozema | Grupo Desp. da Fonte da Prata | Grupo Rec. Fami-liar do Bairro Gouveia | MANUFRA | Mini-Mercado Osvaldo | Pastelaria A Fonte | Pas-telaria Sol Nascente | Pronto a Comer Assalto ao Tacho | Restaurante O Francs |Restaurante Os Arcos | Soc. Filarm. Recreio e Instruo Alhosvedrense A Velhinha |Sporting Clube Vinhense

    BAIXA DA BANHEIRA | Ass. de Dadores de Sangue | Ass. de Moradores da ZonaNorte | Ass. de Reform., Pens. e Idosos da Zona Norte da Baixa da Banheira ONorte | Banheirense Futebol Clube | Caf Santiago | Centro de Convvio dos Re-form. e Idosos da Vila da Baixa da Banheira | Clube do Rio | Clube Unio Ba-nheirense O Chinquilho | Ginsio Atltico Clube | Grupo Columbfilo Banheirense| Juventude Futebol Clube | Restaurante A Grelha Algarvia | Soc. Rec. da Baixa daSerra | Soc. Rec. e Cult. Unio Alentejana | Sporting Clube Banheirense | UnioDesp. e Cult. Banheirense

    GAIO-ROSRIO | Baa Caff | Caf Martimo | Caf/Marisqueira O Bom dia | BeiraMar Futebol Clube Gaiense | Caf O cantinho do Gato | Martimo Futebol ClubeRosarense

    MOITA I Adega de S. Martinho | Ass. de Moradores do Carvalhinho | Ass. de Reform.,Pens. e Idosos da Moita | Bar Chillout Winehouse | Caf A Caravela | Caf CasinhaAzul | Caf do Intermach | Caf Fragata | Centro Nutico Moitense | Cervejaria AMiragem | Clube Rec. do Palheiro | Clube Rec. do Penteado | Grupo Desp. Pop. doCho Duro | Lareira | Mau Maria | O Moinho | Papelaria Papel e Caneta | PastelariaMadrugada | QB | Restaurante O Messias | Restaurante Faena | Sabores e Conversas| Snack-bar Euro Amrica | Sociedade Filarmnica Capricho Moitense | SociedadeFilarmnica Estrela Moitense | Unio Futebol Clube Moitense | Velha Xica

    SARILHOS PEQUENOS | Restaurante Fragateiro | 1 de Maio Futebol Clube Sari-lhense | Caf O Farol

    VALE DA AMOREIRA | Centro de Reform. e Idosos do Vale da Amoreira | GrupoDesp. e Rec. Portugal | Papelaria Salito | Pastelaria ris Clara | Pastelaria Princesa

    Capa: Mural colectivo na Alameda do Povo - Baixa da Banheira

  • [3]

    As comemoraes da Revoluo dos Cravos assumem-se hoje mais do que nunca como jornadas cvicas de reafirmao

    dos princpios de Abril: Liberdade, Democracia, Paz, Justia Social.

    E se, por um lado, so muitos os retrocessos a que assistimos nestes 37anos, por outro, paradoxalmente, temos tido sempre nas nossas mos asarmas que a prpria Democracia nos faculta para lutar contra as suas in-suficincias. So essas armas o debate crtico, as eleies livres, a partici-pao, a aco cvica pela defesa dos direitos conquistados trabalho, sa-de, educao, justia.

    O concelho da Moita, pelas suas razes histricas e com o seu patrimniode participao popular, tem assumido, ao longo dos tempos, um papelactivo na construo da Democracia, do qual muito nos orgulhamos e que preciso reforar continuamente. Esse contributo manifesta-se tambmnum Movimento Associativo forte e dinmico, na relao de proximidadeentre as autarquias e a populao, na interveno cvica e responsvel doscidados nos momentos mais importantes da vida local.

    Neste ms de Abril, tempo de revisitar memrias e retomar o debate p-blico sobre o presente, reconquistar a rua, numa demonstrao colectivade unio em torno dos princpios fundadores do Portugal Democrtico, ecomemorar com os jovens a histria do nosso Pas, para que saibam quevale sempre a pena lutar por amanhs mais risonhos.

    [tem a palavra...]JOO MANUEL DE JESUS LOBOPRESIDENTE DA CMARA MUNICIPAL

  • [ ms de...]COMEMORAES DO 25 DE ABRIL

    [4]

    DEBATES

    Porque com o 25 de Abril chegou a liberdade de expresso e apossibilidade de discutir abertamente qualquer assunto, nestascomemoraes do 25 de Abril, a Cmara Municipal vai promoveruma srie de debates para todas as idades.No dia 7 de Abril, para os alunos das Escolas Bsicas de 1 ciclo,vai decorrer, no Frum Cultural Jos Manuel Figueiredo, um de-bate com o tema AS PORTAS QUE ABRIL ABRIU! VAMOS CON-VERSAR SOBRE O 25 DE ABRIL?, com incio s 10:30h. Inscries atravs do telefone: 21 0888900

    Para os alunos das Escolas Bsicas de 2 Ciclo, as conversassubordinadas ao tema da Liberdade e do 25 de Abril tambm tmlocal e hora marcada: 29 de Abril, s 11:00h e s 14:30h, na Bi-blioteca Municipal Bento de Jesus Caraa, na Moita. Nesta con-versa, vai participar o escritor Fernando Miguel Fernandes, autorda obra O 25 DE ABRIL CONTADO S CRIANAS.

    O TRABALHO LIBERTA o tema de mais Uma Conversa e UmCaf, no Caf-Concerto do Frum Cultural Jos Manuel Figuei-redo. Marcado para o dia 30 de Abril, pelas 16:00h, este frumest aberto ao pblico em geral.

    LIBERDADE!

  • [5]

    MSICA, TEATRO, ASSOCIATIVISMO

    A Cultura para todos foi tambm uma das grandes vitrias do25 de Abril. Teatro e msica passaram a estar acessveis a to-dos os grupos sociais, assim como a possibilidade da livre as-sociao para debate de ideias, tendo em vista o desenvolvi-mento integral dos cidados.Nos dias 6, 7 e 8, pelas 10:30h, na Biblioteca Municipal Plodo Vale da Amoreira, vai decorrer um TEATRO DE FANTOCHESbaseado no conto O TESOURO de Manuel Antnio Pina ededicado aos alunos das Escolas Bsicas de 1 Ciclo. Temascomo a liberdade de expresso e a liberdade individual vo serabordados de forma divertida para os mais pequenos.

    O ponto alto destas comemoraes o ESPECTCULO COME-MORATIVO DO 25 DE ABRIL que, este ano, decorre na Praa daRepblica, na Moita. O convidado um dos maiores fadistas daactualidade: CAMAN trar ao concelho o espectculo Do Amore dos Dias, no dia 24, pelas 22:00h.

    Tal como acontece todos os anos, no dia 25 de Abril, associa-es, grupos desportivos e culturais, assim como dezenas depopulares juntam-se para assinalar esta data numa manifesta-o de alegria. pelas 10:30h que o DESFILE DA LIBERDADEarranca do Largo do Mercado, na Rua Dr. Alexandre Serqueira,na Moita, passando por vrias ruas da freguesia e terminandocom uma concentrao na Praa da Repblica.

    DESPORTO

    Tambm o desporto marca presena no programa comemorativo. Fu