Material Aula 1 e 2

  • View
    10

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Material Aula 1 e 2

Text of Material Aula 1 e 2

  • Desenvolvimento dos Aspectos Afetivos na Aprendizagem

    Aula 1 e 2

  • EmentaA conscientizao sobre o papel dos aspectos afetivo-emocionais na aprendizagem humana. A relao entre inteligncia e afetividade.A apresentao sistemtica e comparativa das principais teorias e sua abrangncia no campo de atuao do psicopedagogo.

  • BibliografiaInteligncia Emocional Daniel GolemanPsicologias Ana BockDa pediatria Psicanlise WinnicottPsicologia na Educao Claudia DavisDiagnstico e Tratamento dos problemas de Aprendizagem Sara PainPsicologia e Educao Henri WallonPsicopedagogia Clnica Marcia Siqueira AndradeSeis Estudos de Psicologia Piaget

  • Desenvolvimento dos Aspectos Afetivos na AprendizagemPsicologia do Desenvolvimento

    TeoriasInatistasAmbientalistasInteracionistas

  • Teorias InatistasInatoBaseado no Idealismo Filosfico (Aristteles)A conscincia determina a vidaConscincia = Base da Atividade HumanaConscincia Produto da Atividade Humana

    PersonalidadeValoresComportamentosForma de PensarProntas ou PotencialmenteDefinidas

  • Teorias AmbientalistasBaseado na Filosofia EmpiristaA experincia a fonte do conhecimento

    O ambiente determina a vidaCaracteriza o IndivduoDetermina o comportamentoLegitima o conhecimentoProduz novos hbitos

    Preocupa-se com os comportamentos observveisD menor importncia s anlises subjetivas

  • Teorias InteracionistasInterao entre organismo e meio ambienteAmbos exercem uma relao recproca

    O ser humano est em um processo de construo contnua em relao ao meioAMBIENTEINDIVDUO

  • Escolas da PsicologiaPsicologia gregoPsych (alma) + Logos (estudo/razo/conhecimento)

    FilosofiaDigenes da Apolnia (430 a.C.) Estrutura Corporal-EspiritualScrates (469 a.C.)Psych (alma) Vida Interior, sede da Aret (virtude)

  • Escolas da PsicologiaPsicologia uma cincia novaFinal do sculo XIX, incio do sculo XXObjetivo: Estudar o Funcionamento da Mente e do Comportamento dos seres humanos

    Escolas:EstruturalismoFuncionalismoGestaltBehaviorismoPsicanlise

  • Escolas da PsicologiaEstruturalismo - 1879Wundt (pai da Psicologia)Laboratrio de Estudos Experimentais (Europa)Analisar a conscincia atravs da introspecoObservar possveis estruturas justapostas

    INDIVDUOAMBIENTESensaesImagensSentimentos

  • Escolas da PsicologiaFuncionalismo - 1872William James (EUA)MdicoFilsofoProfessor (Harvard)DepressivoInfluenciado por Charles Renouvier (livre arbtrio)Efeito dos elementos qumicos na alterao da mentexido Ntroso oxigenao do crebro

  • Escolas da PsicologiaFuncionalismoPragmatismo: Idias tem que ter implicaes prticasBuscava entender o porqu da experincia e do comportamento

    INDIVDUOAMBIENTEInteligncia: fruto da reflexoe do pensamento

  • Escolas da PsicologiaFuncionalismoInteligncia Instinto (resposta orgnica)Personalidade = Hbito + Inteligncia + resposta orgnicaEducar para formar bons hbitosRepetio constri trilhas no crebro

    Aprender ou Adestrar?Aprender ou Decorar?

  • Escolas da PsicologiaGestalt - 1893WertheimerPsicologia da FormaO que colocado diante dos olhosExposto ao OlharFenmenos Psicolgicos precisam ser compreendidos em sua totalidadeO todo maior que a soma de suas partesEstrutralistas:Mente dividida em partesFuncionalistas: Comportamento, Treino e Hbito

  • Escolas da PsicologiaGestalt - 1893Wertheimer

    O nosso crebro compreende as formas atravs da memria e da percepo sensorial

  • Escolas da Psicologia

  • Escolas da Psicologia

    VASO DE RUBIN

  • Escolas da Psicologia

  • Escolas da PsicologiaGestalt - 1893KohlerChimpanzs em situao de resoluo de problemas - LudicidadeInsight In (dentro) Sight (aspecto/viso/vista)O campo perceptivo se reorganiza frente ao novo conhecimentoCompreenso da relao entre as partes que, juntas, produzem nova realidadeA interpretao da realidade depende da forma como o observador observa

  • Escolas da PsicologiaGestaltIsomorfismo:Fenmeno Psquico = Processo CerebralA percepo depende das caractersticas do crebro em questo. Caractersticas Inatas do crebro determinam as diferenas individuais de percepo, aprendizagem e resoluo de problemas

    INDIVDUOAMBIENTESensaesImagensSentimentosOs estmulos no chegam ao crtex cerebral de modo isolado.

    O crebro os organizaem formas que se interrelacionam.

  • Escolas da PsicologiaBehaviorismoPavlov 1920John Watson 1925Estudam os aspectos observveis/objetivos/mensurveis da atividade psicolgicaO objeto de estudo no a mente. o comportamentoReflexo Condicionado

  • Escolas da PsicologiaBehaviorismoCondicionamento Clssico: S R

    INDIVDUOAMBIENTEComportamentoObservvelRESPOSTA

  • Escolas da PsicologiaBehaviorismoThorndike Gatos que escapavam da caixa problema1. Teoria da AprendizagemAssociacionismo: associao de idiasDo mais simples ao mais complexoLei do efeito: todo comportamento tende a se repetir se recompensado

  • Escolas da PsicologiaBehaviorismoSkinner (1904 1990)Evoluiu do Condicionamento Clssico para o Condicionamento Operante

    Condicionamento Clssico: S RRespostas Naturais por AssociaoCondicionamento Operante: Reforo Positivo ou Negativo

  • Escolas da PsicologiaBehaviorismoSkinner (1904 1990)

    Reforo: Tudo aquilo que aumenta a probabilidade de uma resposta associada anteriormente a um estmulo acontecer novamente

    Reforo Positivo: PremiaoReforo Negativo: Retirada de um estmulo aversivo