Click here to load reader

Material didático de apoio para as aulas de Ciências ... Pós... · PDF fileMaterial didático de apoio para as aulas de ciências ... pequeno aluno construa o seu conhecimento

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Material didático de apoio para as aulas de Ciências ... Pós... ·...

  • 1

    Material didtico de apoio para as

    aulas de Cincias Naturais na Educao

    Infantil

  • 2

    Material didtico de apoio para as aulas de cincias naturais na Educao infantil/Anglica Rangel do Nascimento; Orientadora: Denise Leal de Castro, 2016. 25 p.

    Dissertao (Mestrado em Ensino de Cincias) Programa de Ps-

    graduao

    1. Cincias Naturais na infncia. 2. Experimentos Sala de aula. 3. Aspectos ldicos. I. Nascimento, Anglica Rangel. II. Castro, Denise Leal de. III. Ttulo.

  • 3

    Sumrio

    Apresentao ................................................................................................. 4

    Agradecimentos ............................................................................................. 5

    Aos professores ............................................................................................. 6

    Experincia 1 - Fazendo uma geada .......................................................... 8

    Experincia 2 - Fazendo chuva .................................................................. 9

    Experincia 3 - Fazendo um vulco ......................................................... 10

    Experincia 4 - Queimando com o calor do sol ....................................... 11

    Experincia 5 - Fazendo um arco- ris de CD. ......................................... 12

    Experincia 6- A ao do ar ..................................................................... 13

    Experincia 7- Papel grudento ................................................................. 14

    Experincia 8 - Tenso superficial da gua ............................................. 16

    Experincia 9- Discos de pizza que voam ............................................... 17

    Experincia 10 - Materiais cotidianos que absorvem gua...................... 18

    Experincia 11 - Observando a gravidade com bolas de aniversrio ...... 19

    Experincia12- Bola de plstico e borracha (direo e sentido dos

    objetos) ..................................................................................................... 20

    Experincia 13 - Resistncia / atrito com bolas ....................................... 21

    Experincia 14 - Vinagre e o ar ............................................................... 22

    Experincia 15 - Colorindo com papel crepom ....................................... 23

    Experincia 16 - Crescimento das plantas ............................................... 25

    Experincia 17 - Microscpio reciclado .................................................. 26

    Experincia 18 - Conduo da clorofila ................................................... 27

    Encontrando materiais para as experincias ......................................... 28

    REFERNCIAS .................................................................................... 36

  • 4

    Apresentao

    As experincias apresentadas neste material didtico surgiram das

    observaes dos projetos pedaggicos voltados para a infncia, em que pouco

    se tratava sobre Cincias de fato e quando a referncia era feita, sempre se

    fazia de modo superficial e mecnico, no se pensava na busca pela

    descoberta e a forma ldica que a criana tem de se relacionar com o mundo e

    com os objetos a sua volta.

    As atividades propostas aqui foram elaboradas de acordo com o

    Referencial Curricular Nacional para a Educao Infantil (RCNEI), documento

    amplamente utilizado nas escolas da infncia no Brasil e que tem um espao

    dedicado ao Ensino de Cincias na Infncia.

    Assim, surgiu o Material didtico de apoio para as aulas de Cincias

    Naturais na Educao Infantil, onde a ideia no falar de teorias e sim colocar

    a Cincia a prova, tudo na prtica, para que as crianas descubram por si

    mesmas que as Cincias esto em todo lugar e pode ser descoberta por elas

    mesmas.

  • 5

    Agradecimentos

    Agradeo a oportunidade que me foi dada, para trabalhar com crianas

    bem pequenas, com elas que aprendemos valores importantes como carinho

    e amor incondicional, independente da classe social ou qualquer outra seriao

    dada pelos adultos.

    com eles tambm, que recordamos a curiosidade passada e do senso

    de investigao e busca que se perde quando adentramos no mundo dos

    adultos, a falta de gosto pela descoberta e o desencantamento pelo mundo que

    nos consome. Esquecemos que fomos crianas um dia e que a escola e a

    sociedade contriburam para matar a nossa sede de conhecer o mundo a

    nossa volta.

    Adultos que conseguem manter o esprito infantil tm grandes chances

    de conseguir, que seus pequenos alunos aprendam Cincias Naturais e

    nessa busca, e com esse objetivo principal que oferecemos essas experincias

    para eles.

    Acreditamos que possvel Ensinar Cincias de forma que o prprio

    pequeno aluno construa o seu conhecimento sobre o que Cincias e como

    ela pode ser divertida e importante para sua vida futura.

  • 6

    Aos professores

    O mundo das Cincias sempre nos traz curiosidade, encanto e tambm

    espanto. Sempre quando pensamos em Cincias, nos lembramos da imagem

    caricatural de Albert Einstein com a lngua de fora e cabelos em p, claro as

    Cincias na escola nos deixam assim... um conhecimento que est acima de

    todos.Ser?

    A ideia de produzir um material que reuni experincias para trabalhar

    com Cincias na infncia (idades entre 2 e 4 anos completos), na mais tenra

    idade estimular desde cedo o gosto pelas cincias utilizando a curiosidade

    nata das crianas e assim, mostrar que todos podem fazer Cincias, inclusive

    elas, e que as Cincias est mais prxima deles do que se imagina.

    Para realizar esse trabalho com crianas muito pequenas, a segurana

    primordial. E por isso, que o acompanhamento do professor regente de turma

    na montagem das experincias, e o material utilizado precisa ser de fcil

    aquisio; mas necessrio sempre o cuidado com as crianas pequenas, o

    armazenamento antes, durante e depois das experincias deve ser feito com

    cautela e longe do alcance deles; pois sempre existe o risco de ingesto de

    objetos, por maiores que sejam.

  • 7

    Fenmenos Naturais

  • 8

    Experincia 1 - Fazendo uma geada

    Materiais: um copo de alumnio; gelo quebrado;

    Realizando a atividade: quebre o gelo e coloque no copo. Ento ver que cria

    uma camada de gelo externa (como em um congelador) e pode pedir para que

    o aluno desenhe com o dedo no copo, eles vo perceber como o copo est

    molhado.

    Resultados: Explicando que o gelo pode atravessar vrias superfcies e ser

    sentido por nossa mo.

    Flexibilizao: Essa atividade pode ser realizada, com o auxlio de um

    ventilador,onde o gelo posto em uma bacia ou balde,e o ventilador inclinado

    na direo do gelo.Quando ligamos o ventilador,sai um ar gelado ,simulando

    um ar-condicionado.

  • 9

    Experincia 2 - Fazendo chuva

    Materiais: uma caixa de vidro (aqurio), terra, pequenas plantas (opcional) e

    papel filme.

    Realizando a atividade: colocar a terra em uma quantidade suficiente para

    plantar as plantas, depois molar a terra e vedar a parte superior com papel

    filme.

    Resultados: Observar que a gua ficar depositada no papel filme e gotejar

    sobre a terra, simulando o que ocorre quando chove.

    Flexibilizao: O professor pode colocar no sol,para forar que o ciclo da gua

    ocorra mais rpido e que o aluno perceba que as plantas morrem quando so

    expostas as altas temperaturas.

  • 10

    Experincia 3 - Fazendo um vulco

    Materiais: Argila, bicarbonato de sdio (ou mentos) e coca-cola.

    Realizando a atividade: com a argila forme ao vulco; abra garrafa de

    refrigerante a base de coca (coca cola) e coloque o bicarbonato (ou mentos)

    dentro e espere.

    Resultados: A mistura formada pelo composto qumico (bicarbonato de sdio)

    e a ao do gs carbnico da coca-cola reage sobre o lquido elevando-o e

    fazendo com que derrame para fora da argila.

  • 11

    Flexibilizao: O professor pode tambm colocar a bala mentos dentro da

    garrafa de refrigerante,agitar e soltar.Quando soltar a tampa subir como um

    foguete.

    Experincia 4 - Queimando com o calor do sol

    Materiais: lupa, papel pode ser jornal ou outro de cor escura que ideal para

    sofrer a combusto, mais rpido.

    Realizando a atividade: Em um dia de vero, coloque o papel no cho ao ar

    livre e direcione a luz solar at que voc veja um ponto luminoso, ai s

    aguardar.

    Resultados: O calor do sol retido pela lente de aumento consegue produzir

    uma combusto similar ao fogo do fsforo e queima o papel.

    Flexibilizao: Podemos aproveitar o sol intenso para queimar gramas e

    plantas;tentar fritar um ovo na frigideira.Mostrar os efeitos nocivos e benefcos

    do sol.

  • 12

    Experincia 5 - Fazendo um arco- ris de CD.

    Materiais: lanterna, um CD, parede branca e pouca luminosidade.

    Realizando a atividade: Em uma parede branca e com pouca luminosidade,

    direcione a luz da lanterna na parte posterior do CD, virando para a parede.

    Resultados: Quando a luz penetra na parte posterior do CD onde se encontra

    um material furta-cor brilhoso, essas cores assim como a da luz que branca

    se dissipa, podendo assim observar cores bsicas: azul, anil, amarelo, verde e

    vermelho.

    Flexibilizao: Cole na parede vrios CDs, um mnimo de 10 unidades e que

    fique

Search related