Medicina Traducional Chinesa

  • View
    36

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Medicina Traducional Chinesa

TEXTO INTRODUTRIO PARA OS CURSOS DE MEDITAO E PRTICAS CORPORAIS DA ARA OS CURSOS DE MEDITAO E PRTICAS CORPORAIS DA TEXTO INTRODUTRIO PA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA MEDICINA TRADICIONAL CHINESAElaborao Mrio CabralOs textos apresentados na seqncia abordam temas introdutrios da viso de mundo chinesa e da medicina tradicional chinesa MTC, para iniciantes em prticas corporais da MTC. Seus contedos so simples. Entretanto, por abordarem conceitos com os quais no estamos familiarizados, pode ocorrer alguma dificuldade para o seu entendimento. Sua leitura pode ser realizada individualmente, entretanto o ideal realiz-la em grupo, discutindo, exemplificando e esclarecendo as idias contidas no texto. Para facilitar sua utilizao em grupos de estudo inclumos perguntas no incio (Enquete) e ao final de cada tema abordado (Avaliao da compreenso) que serviro de parmetros para a compreenso do que est sendo lido.

Primeira leituraEnquete inicial1- Antes da leitura, voc saberia definir alguns dos conceitos destacados abaixo: Yi (I)? Tao? Qi? 2- O que o grupo (ou voc) entende por vazio?

CONCEITOS BSICOS DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Do mundo silencioso e invisvel Para aquele que sabe ouvir, escuta o som do silencio. Para aquele que sabe olhar, observa a imagem do invisvel. Para aquele que sabe falar, expressa sem palavras. Somente na serenidade da quietude, no dispersando seus ouvidos, seus olhares e suas palavras podem reencontrar nosso ser, aumentar nossa sabedoria. Enxergar o que outros no vm, escutar o que outros no ouvem e falar o que outros no conseguem expressar em palavras a inteligncia intuitiva. Mestre HsinYun Antigos sbios chineses criaram e desenvolveram atravs da observao dos ciclos da natureza e suas mudanas, todo um sistema de compreenso do mundo que no mbito da sade se expressa na Medicina Tradicional Chinesa. A filosofia chinesa tradicional tem suas razes no Taosmo e baseia-se em alguns conceitos como: mutaes (Yi); opostos complementares (Yin e Yang); Cinco Movimentos (Wu Hsing); sopro ou energia (Qi). O Tao (cuja traduo literal caminho) descrito tambm como a fonte original da natureza. Preconiza um momento inicial da ausncia de forma, onde no havia corpo fsico ou energtico, e esse estado chamado de Vazio. O Vazio (um estado de possibilidade; no concreto, ou seja, quando no aconteceu) produziu a funo de criar e transformar, surgindo uma infinidade de fenmenos e coisas ou a existncia. A existncia mantm esta caracterstica de no concretude, do no ser e do estar permanente (transitoriedade). Este estado de permanente transformao base da concepo das mutaes (Yi). Os antigos sbios chineses observaram tambm que a natureza em transformao se manifesta como um constante fluxo e que o fluxo est presente em tudo. Esta noo de fluxo contnuo a base concepo do Qi. Tambm observaram que a natureza em fluxo obedece determinadas leis e que estas leis podem ser conhecidas atravs da identificao de padres (ou modelos). Da surgiram as descries dos padres e suas leis: Yin/Yang (opostos complementares), cinco movimentos (Wu Hsing), oito signos (Pa Kua), sessenta e quatro hexagramas (descritos no I Ching). Estas formulaes significaram para os chineses tambm um1

ganho para a vida prtica na medida em que ampliaram a capacidade de previso dos acontecimentos e a elaborao de cdigos de convivncia social. Possibilitaram tambm aos chineses a realizao de inmeras descobertas com desenvolvimento de importantes tecnologias. Duas teorias que expressam padres sero agora mais detalhadas. Avaliao da compreenso do texto:- O grupo (ou voc) conseguem indicar que compreenso referente natureza embasa a concepo do Qi? - O grupo (ou voc) conseguem definir o que Yi (I)? e Tao? - O grupo consegue exprimir como o termo vazio utilizado na clssica viso de mundo chinesa? - O grupo consegue perceber durante as prticas corporais e meditativas a presena do fluir contnuo (fluxo), das transformaes dos movimentos (mutaes), da necessidade de no pensar (vazio da mente) como fator importante para facilitar a execuo dos exerccios? Comentem ou exemplifiquem.

Segunda leituraEnquete1- Yin e Yang (opostos complementares), Wu Hsing (cinco movimentos) e o Pa Kua (oito signos) expressam ou so exemplos de _ _ _ _ _ _ _ _ das mutaes (Yi), de acordo com a concepo taosta (complete a linha pontilhada). 2- Voc, antes da leitura do texto j haviam escutado falar em Yin/Yang? possvel, antes da leitura do texto, alguns membros do grupo citarem 1 exemplo (cada um) da polaridade Yin/Yang (de fenmenos ou coisas)? 3- A teoria do Yin/Yang uma teoria das mudanas (descreve como ocorrem as mutaes) e foi resumida em 4 leis. Algum no grupo poderia citar alguma destas leis?

TEORIA DO YIN E YANG Yin e Yang so a lei do Cu e da Terra, o esboo de tudo, A origem do nascimento e da destruio, a origem das mudanas . SUWEN Fcil e difcil criam um ao outro; fraco e forte sustentam um ao outro; longo e o curto medem um ao outro; frente e atrs localizam um ao outro. A Teoria do Yin e Yang preconiza que todo fenmeno consiste em dois aspectos opostos, Yin e Yang, os quais so definidos distintamente. Os movimentos e as mudanas do Yin e do Yang do o impulso para o desenvolvimento de todas as coisas. Geralmente, qualquer coisa que esteja em movimento, ascendncia, externalidade, seja brilhante, esteja em progresso, hiperatividade, incluindo adoecimento do organismo com tais caractersticas, pertencem ao Yang. As caractersticas da paralisao, descendncia, internalidade, escurido, regresso, hipoatividade, incluindo adoecimento do organismo com tais caractersticas, pertencem ao Yin. Nas prticas Corporais e meditativas estes conceitos esto muito presentes. Por exemplo: Cu (Yang) e Terra (Yin). O ser humano um intermedirio entre a terra e o cu (Yin e Yang) e particularmente nas prticas corporais e meditativas esta condio no pode ser ignorada. Precisamos alinhar o corpo atravs do eixo da coluna para favorecer esta relao. Tambm precisamos estar atento aos outros aspectos como o enraizamento (dos ps, durante os exerccios), a descida do ar inspirado em vrios exerccios (at o Dan Tian Inferior) os movimentos de ascendncia na expirao (contrao de esfncteres), etc. Outros aspectos onde o Yin e Yang esto presentes so a respirao (cheio e vazio), a transferncia de peso nos movimentos das pernas (cheio e vazio), movimentos de avano e recuo, subida e descida, utilizao de inteno mental para dirigir o Qi, etc.

A definio detalhada do Dan Tian est presente mais frente no texto da apostila. 2

As 4 leis: Um resumo da teoria Yin/YangOposio Yin e Yang Todos os fenmenos da natureza se expressam em polaridades ou opostos que, entretanto so complementares, necessitando um do outro para existir. Ao mesmo tempo em que interagem e so dependentes um do outro estas polaridades (que denominamos Yin e Yang) se restringem mutuamente. Interdependncia Yin e Yang Yin e Yang so conceitos relativos. Para voc identificar algo como Yang deve ser em relao a outro algo Yin. A gua Yin quando comparada com o vapor. Mas Yang quando comparada com o gelo. A gua sozinha, sem um parmetro de comparao no Yin nem Yang. Crescimento e decrscimo paulatino Na natureza, as mudanas que implicam em alternncia de Yin e Yang so paulatinas. UM exemplo: Depois de um bom repouso voc se encontra descansado, com disposio e energia (Yang potencial). Para esgotar esta energia e voltar a ter cansao (chegar a um estado Yin) voc precisa esperar determinado tempo executando atividades. Progressivamente voc passar de um estado a outro. Intertransformao As mudanas pequenas vo se acumulando e resultam em uma mudana de qualidade:Yin se transforma em Yang e Yang se transforma em Yin. (Um exemplo: Estamos acordados (Yang) e mais na frente precisamos dormir (Yin) e depois acordamos e assim sucessivamente). Avaliao da compreenso do texto:1 - Ao final da leitura desta segunda parte, identifique nestes exemplos o que Yin e o que Yang: Casca de um fruto/Caroo de um fruto; Folhas/ Raiz (de uma arvore); Jogo de Xadrez/Futebol; Azul/Vermelho? 2- Os membros do grupo devem caracterizar exemplos da polaridade Yin/Yang com relao s prticas corporais e meditativas (o que Yin e o que Yang?). Por exemplo Inspirao/Expirao; Esfncteres relaxados/ esfncteres contrados; Etc. 3- Citem tambm as 4 leis das mudanas, que resumem a teoria do Yin/Yang?

Terceira leituraEnqute1- Com a teoria do Yin/Yang explicando as mudanas, qual seria a necessidade de utilizao de outras teorias como a teoria (padres) dos cinco movimentos para o entendimento de aspectos da natureza? 2- Os cinco movimentos (tambm conhecidos como cinco elementos) so razoavelmente conhecidos no ocidente. Algum do grupo sabe nome-los (Quais so)?

TEORIA DOS CINCO MOVIMENTOS (WU HSING) Ao observar os sistemas mais complexos da natureza e procurar explic-los os chineses desenvolveram outros sistemas de padres das transformaes. Os cinco movimentos so utilizados para explicar os comportamento da vida na natureza. Decorrem da observao de mutaes presentes na natureza que so muito explcitas nos ciclos vitais. Estas mutaes so: A Expanso; A Ascenso (instabilidade); A Estabilidade; A Concentrao; A Adaptabilidade (transformaes profundas, finais ou iniciais). Estas mutaes foram nomeadas por analogia com fenmenos similares da natureza: Madeira para expanso; Fogo para ascenso; Terra para estabilidade; Metal para concentrao; gua para adaptabilidade e descendncia. Na China construram uma analogia com sua sociedade onde o Imperador era associado ao fogo, os Sbios (especialistas, muito capacitados em sua rea) eram associados terra, os Conselheiros ou ministros3

(que trazem a sabedoria da experincia) eram associados ao metal, o Povo e soldados (trabalhadores, que executam as tarefas) eram associados gua e os Generais (organizadores) eram associados madeira. Os ciclos da natureza que determinam mais diretamente aos ciclos da vida so as estaes. Assim, a primavera, perodo dos ventos corresp