Medidas estratégicas para a redução da poluição oriunda do ...· Medidas estratégicas para a

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Medidas estratégicas para a redução da poluição oriunda do ...· Medidas estratégicas para a

Medidas estratgicas para a reduo da poluio oriunda do consumo de energia na indstria brasileira

ELISSANDRA RUBIM DE CARVALHOUniversidade Federal do Amazonaselissandrarubim@hotmail.com

MARIANA SARMANHO DE OLIVEIRA LIMAUniversidade Federal do Amazonasmarianasarmanho@hotmail.com

Medidas estratgicas para a reduo da poluio oriunda do consumo de energia na

indstria brasileira

Resumo: As mudanas climticas globais tm sido motivo de grande preocupao para todos

os governos e naes h muitos anos. Muitos cientistas apontam o incremento nas

concentraes de gases de efeito estufa (GEE) como responsvel por essas mudanas

climticas. Diante desta problemtica, este trabalho prope apresentar estratgias para a

mitigao dos impactos relacionados com a poluio da indstria brasileira. As estratgias

aqui apresentadas esto focadas em propostas para substituio de combustveis fsseis,

intensivos em carbono, por fontes renovveis. Para isso, buscou-se uma anlise da estrutura

de consumo de energia e do balano de emisso de CO2 de todo setor industrial brasileiro,

identificando os segmentos industriais com maior potencial para reduo de emisso e,

assim, propor medidas de mitigao eficazes. O mtodo de pesquisa utiliza, tambm, a

metodologia top-down do IPCC (Intergovernmental Panel on Climate Change) para

mensurar a emisso atual de CO2 e prever a emisso futura desse poluente com a

substituio de energticos. Como concluso, destacou-se a importncia de se trabalhar com

medidas de mitigao no setor industrial de Ferro-gusa e Ao, devido ao alto consumo de

combustveis fsseis, fontes de energia no-renovveis que contribuem com alta

concentrao de CO2 na atmosfera.

Palavras-chave: Mitigao. Emisso. Poluio. Indstria Brasileira.

Strategic measures to reduce pollution from energy consumption in the Brazilian

industry

Abstract: Global climate changes have been of great concern to all governments and nations for many years. Many scientists point to the increase in concentrations of greenhouse gases

(GHG) as responsible for these climate changes. Faced with this problem, this paper

proposes to present strategies for the mitigation of impacts related to the pollution of the

Brazilian industry. The strategies presented here they are focused on proposals to replace

fossil fuels, carbon intensive, for renewable sources. For this, we sought an analysis of the

energy consumption structure and the issue of balance of CO2 every Brazilian industrial

sector, identifying the industries with the greatest potential to reduce emissions and thus

identify effective mitigation measures. The research method also uses the top-down

methodology of the IPCC (Intergovernmental Panel on Climate Change) to measure the

current CO2 emissions and predict future emissions of this pollutant by replacing energy. In

conclusion, emphasized the importance of working with mitigation measures in the industrial

sector of Pig iron and steel, due to the high consumption of fossil fuels, non-renewable energy

sources that contribute to high concentration of CO2 in the atmosphere.

Key Words: Mitigation. Emission. Pollution. Brazilian industry.

1 Introduo

As mudanas climticas tm sido alvo de diversas discusses e pesquisas cientficas e as

previses de alterao no clima em um futuro prximo chamam cada vez mais a ateno de

estudiosos e de governantes, bem como de rgos e instituies internacionais, que em

conjunto, tentam propor medidas para amenizar e diminuir os impactos atuais e futuros.

Esse aumento da temperatura, fenmeno conhecido como aquecimento global, originado pelo

aumento da concentrao de gases de efeito estufa (GEEs), principalmente o dixido de

carbono (CO2), metano (CH4) e xido nitroso (N2O), provenientes das atividades industriais,

agrcolas e de transportes, podem ter consequncias srias para o planeta e para sua

populao. Segundo a contribuio do GT3 do IPCC ao Primeiro Relatrio da Avaliao

Nacional sobre Mudanas Climticas - RAN (2014), se as emisses de gases continuarem

aumentando de acordo com as tendncias atuais, estima-se que a temperatura da superfcie do

planeta cresa de 2C a 4,5C no final deste sculo.

Dentre os diferentes setores das atividades humanas que contribuem para as emisses de

GEE, os setores de energia e industrial so os mais significativos. O valor das emisses

globais atuais dos setores de energia e industrial de um nico ano atingiram as maiores

contribuies para o aquecimento global ao longo de uma escala de tempo de 100 anos, de

acordo com a Contribuio do Grupo de Trabalho I do IPCC (MYHRE et al., 2013).

O sculo XXI traz um comprometimento real com a sustentabilidade ambiental por parte do

setor industrial, que comea a reprojetar seus processos. A indstria passa a tratar o tema no

mais como custo, que onera o produto final, mas como investimento que cria um diferencial

no mercado competitivo. Assim, a indstria vem procurando ao longo dos anos desenvolver

tecnologias e medidas de controle e mitigao destas emisses, seja de forma voluntria, ou

de forma obrigatria, atravs de leis e regulamentos (Henriques Jr., 2010).

As primeiras abordagens sobre mitigao de problemas ambientais foram propostas em

carter emergencial e apresentaram solues pontuais e locais. Tratava-se de medidas para

neutralizar o efeito indesejvel das atividades humanas sem atuar em suas causas medidas

de fim-de-tubo. Progressivamente, o foco dessas intervenes, foi sendo modificado para

outras formas de enfrentar o problema, buscando-se atacar suas causas (MANZINI;

VEZZOLI, 2005, p.76). O modo como o setor produtivo vem lidando com a poluio

industrial acompanhou as discusses internacionais e a ampliao do foco das intervenes.

No setor industrial, diversas so as possibilidades de mitigao de GEEs, o que torna

conveniente categorizar os conjuntos de medidas quanto a seus respectivos potenciais de

reduo total de emisses. Para realizar esse mapeamento, a abordagem parte da estimativa

dos usos finais energticos na indstria brasileira, identificando aqueles onde residem as

maiores possibilidades de eficincia energtica e de substituio de combustveis (RAN

2014).

A relevncia do setor industrial brasileiro nas emisses nacionais de gases de efeito estufa

pode ser compreendida, ento, por seu porte tanto na economia quanto no consumo energtico

brasileiro. Segundo o Balano Energtico Nacional 2015, publicado pela Empresa de Pesquisa

Energtica (EPE), o setor industrial foi o maior consumidor de energia, consumindo 87.502 x

103 tep/ano, equivalente a 32,9% do consumo total do pas, e o segundo maior emissor de

GEE, sendo responsvel pela emisso de 36,1% do total emitido pelo Brasil.

Diante da problemtica relacionada com a emisso de CO2 (principal gs de efeito estufa) pelo

setor industrial brasileiro, o trabalho ir focar em medidas de mitigao que podem ser

adotadas para amenizar os impactos relacionados com a poluio oriunda da emisso de

dixido de carbono pelo setor industrial brasileiro.

As medidas para mitigao da poluio industrial esto focadas em propostas para

substituio de combustveis fsseis, intensivos em carbono, por fontes renovveis. Para que

os objetivos pudessem ser alcanados, buscou-se uma anlise da estrutura de consumo de

energia e do balano de emisso de CO2 de todo setor industrial brasileiro, identificando os

segmentos da atividade industrial com maior potencial para reduo de emisso e propor

medidas de mitigao.

Para tanto foi realizado uma pesquisa bibliogrfica utilizando como fonte de dados o Balano

Energtico Nacional (BEN 2015), uma vez que fornece uma retrospectiva da dinmica e das

transformaes sofridas pela matriz energtica nacional, o que permite anlises que

direcionam propostas para o desenvolvimento sustentvel. Alm dessa importante fonte de

pesquisa, sero utilizados relatrios do IPCC (Intergovernmental Panel on Climate Change)

para aplicao da metodologia top-down, a fim de mensurar a emisso atual de CO2 e prever a

emisso futura desse poluente com a substituio de energticos.

Este artigo organizado em seis sees: introduo apresentando uma contextualizao do

tema do artigo, a problemtica, justificativas e objetivos; reviso de literatura que descreve o

cenrio atual do consumo de energia no Brasil e, em particular, do setor industrial; a

metodologia da pesquisa; os resultados da pesquisa que so apresentados e discutidos,

respectivamente; as concluses e recomendaes para investigaes futuras.

2 Reviso Bibliogrfica

Na atualidade, uma das maiores preocupaes com o nvel de emisso de gases poluentes

que ocasionam o efeito estufa. Dentre os gases de efeito estufa (GEE), o principal deles o

dixido de carbono (CO2), pois apresenta uma maior concentrao na atmosfera. Portanto, o

foco desta pesquisa est no nvel de emisso de CO2 pelo setor industrial brasileiro.

Para que haja reduo do nvel de emisso desses poluentes na atmosfera, so propostas

medidas de mitigao nas empresas do setor industrial brasileiro por meio da execuo de

projetos de eficincia energtica e substituio de energticos para ampliao do uso de fontes

renovveis nos processos produtivos. Para tanto,