MEMBF Economia Bancária Economia Bancária - UNIDADE 9 Modelizar a problemática do crédito I Assimetrias de informação

  • View
    218

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of MEMBF Economia Bancária Economia Bancária - UNIDADE 9 Modelizar a problemática do crédito I...

  • Economia Bancria - UNIDADE 9Modelizar a problemtica do crdito IAssimetrias de informao

    MEMBF Economia Bancria

  • Relao Banco-ClientesA relao entre os bancos e os cientes uma relao complexa..

    Os clientes dos bancos encontram-se ora como depositantes ora como procuradores de crdito.

    Como depositantes, os clientes procuram os bancos que lhes ofeream uma taxa mais favorvel.

    Como procuradores de crdito, procuram os bancos que lhes ofeream a taxa mais baixa

    Por outro lado, a relao vai alm da procura de produtos de intermediao: servios bancrios, interveno nos mercados financeiros e outras operaes.

    MEMBF Economia Bancria

  • Relao Banco-ClientesEm termos de informao e comunicao bancria a relao entre bancos e clientes desenvolve-se num contexto de informao imperfeita e incompleta.

    Os bancos no possuem toda a informao dos seus clientes.

    Os clientes no conhecem a estratgia dos bancos no que respeita sua poltica de crdito.

    MEMBF Economia Bancria

  • Relao Banco-ClientesDois tipos de questes se colocam aos bancos:

    O cliente honrar os seus compromissos de reembolso?

    O cliente executar o plano de financiamento proposto?

    MEMBF Economia Bancria

  • Relao Banco-ClientesTrs tipos de questes se colocam ao cliente bancrio:O banco apoiar o projecto? Em caso de dificuldades de reembolso o que far o banco? O banco informar totalmente sobre todas as condies de crdito?

    MEMBF Economia Bancria

  • Assimetrias de informao nos mercados financeirosAs assimetrias de informao nos mercados financeiros foram estudados por Ross (1977), Leland e Pyle (1977), Battacharya (1979), Vermaelen (1981).

    Estes autores utilizam a sinalizao como forma de resoluo dos problemas de assimetria de informao entre os intervenientes. Neste contexto, os sinais considerados so a estrutura financeira da empresa (Ross), a compra de aces pela empresa (Vermaelen), A poro de fundos prprios detidos pelos gestores considerados por ele como riscofbos (Leland et Pyle) e a distribuio de dividendos (Battacharya).

    MEMBF Economia Bancria

  • Assimetrias de informao nos mercados financeirosOutros estudos referem a informao privilegiada detida por alguns participantes no mercado, tais como os estudos de Grossman et Stiglitz (1976 et 1980).

    Estes autores analisaram as condies de equilbrio em funo do tipo de informao detido pelos participantes no mercado. Uma das suas concluses que a informao tem um custo (de obteno) e, como tal, dever ser incorporada na remunerao dos agentes informados.

    Em equilbrio cada agente se encontrar entre uma situao de indiferena entre encontrar-se informado (com maior custo e melhor remunerao esperada) e no informado (sem custo e com menor remunerao esperada).

    MEMBF Economia Bancria

  • Assimetrias de informao no mercado de crdito

    - Problema de risco moral

    - Problema de anti-seleco

    MEMBF Economia Bancria

  • Assimetrias de informao no mercado de crditoModelo de agncia : Modelos de Principal Agente na explicao das relaes entre bancos e empresas (Jensen et Meckling, 1976)

    Uma empresa devedora encontra-se vinculado a uma contrato que permite o banco observar, de forma limitada, as suas aces.

    Os bancos observam as aces das empresas e utilizam as garantias com o fim de contornar a falta de informao sobre a actividade da empresa.

    Contudo, algumas aces da empresa no so observveis, para alm de terem um custo.

    MEMBF Economia Bancria

  • Assimetrias de informao no mercado de crditoNo mercado de crdito apresentam-se empresas em que o seu financiamento interno superior ao financiamento por crdito.

    O interesse do banco por estas empresas pode residir mais em produtos de depsitos e servios do que em produtos de crdito.

    Existem numerosos produtos que so combinaes entre produtos de crdito e de depsitos.

    MEMBF Economia Bancria

  • Assimetrias de informao no mercado de crditoA consequncia desta multiplicidade de relaes que o risco da relao de clientela se encontra acrescido.

    Ao risco de crdito adicionam-se problemas de risco de iliquidez e de mercado.

    Torna-se complicado determinar a totalidade do risco em que se encontram expostos os bancos.

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoHart e Moore analisam a eficincia dos contratos financeiros e consideram o problema de risco moral ex.post.

    A empresa tem interesse em liquidar o projecto no final de to e, deste modo, forar o banco a renegociar o reembolso para o perodo t1.

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoEstes autores consideram que a empresa tem um projecto a financiar e que o banco pode oferecer esse financiamento. O banco considerado neste modelo neutra ao risco.

    Em to a empresa assina um contrato de crdito (D) com o banco,para financiamento de um projecto.

    Os termos do contrato estipulam o reembolso de uma parte da dvida no final de to e de uma segunda poro no final de t1.

    A empresa realizar um rendimento xo no final de to que no observvel pelo banco.

    No final, a empresa dever tomar a deciso de continuar o contrato em t1 ou de liquidar o projecto na sua totalidade ou parte do projecto.

    O montante da liquidao (L) observvel pelo banco.

    Se a empresa continuar o projecto, obter um rendimento x1 no final de t1.

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoSe a empresa continuar o projecto , ela realizar um rendimento x1 no final de t1 (1)

    Se considerarmos R0 o valor do reembolso da dvida, estabelecido no contrato no final de to, a empresa proceder liquidao ou renegociao do contrato dependente de (2):

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoO valor a pagar ao banco ser, no final de to : (3)

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoO modelo considera dois periodos. No final de t0, a empresa analisa os resultados obtidos em t0 e os resultados previstos para t1. Considerando a hipotese definida em (1), a empresa ter interesse em reembolsar a dvida com o rendimento obtido (x0) ou a liquidar uma parte (1- f) do projecto.

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoA empresa liquida uma parte do projecto se:

    (4)

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoEm que w o valor (riqueza) inicial da empresaO reembolso (Ro) ser ento igual a :

    (5)

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoResolvendo em ordem a f e tendo em conta (4), obtem-se a fraco liquidada no final do projecto (t1): (6)

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoPara o Banco necessrio que o valor da liquidao do projecto lhe permita recuperar o valor do emprstimo.

    D e R so escolhidos tal que:(7)

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoNuma situao com certeza, observando (3) e e sem ter em conta os diversos estados da natureza possiveis, a condio mnima para que a empresa aceite o contrato que o produto de liquidao seja maior que a riqueza inicial da empresa :(8)

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoSe, no final de to, o rendimento no observvel , x0, for maior que R0 e que L, a empresa ter sempre interesse em liquidar a totalidade do projecto e em reembolsar o banco no valor L. A deciso no optima para o banco na medida em que o banco poderia receber R se o projecto continuasse at t1. Por outro lado, a soluo tambm no optima em termos de condies de primeira ordem, assim que a empresa seja obrigada a liquidar uma fraco do projecto para reembolsar Ro, logo que o rendimento total do projecto lhe permita reembolsar R0 no final de t1.

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crdito(9)

    Mas

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de risco moral no mercado de crditoO banco obrigar a empresa a liquidar uma fraco do projecto se as condies em (5) forem verificadas. Um problema de falta de credibilidade emerge porque o banco no tem a certeza que a empresa reembolsar o valor R0 (e no o valor L) no final de t1.

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de seleco adversa no mercado de crditoO problema de antiseleco assume grande importncia na relao entre bancos e empresas.

    Enquanto que o problema de risco moral reside no facto que as aces das empresas no so controladas pelos bancos, o problema de antiseleco resulta directamente de um problema de assimetria de informao ex ante.

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de seleco adversa no mercado de crditoAs assimetrias de informao complicam as tarefas do banco na anlise do risco de crdito. Os bancos no conseguem diferenciar correctamente as empresas pelo seu risco de incumprimento.

    No obstante os bancos utilizarem indicadores quantitativos e qualitativos na anlise do risco de crdito, os indicadores qualitativos so imperfeitamente percepcionados pelos bancos.

    MEMBF Economia Bancria

  • Problema de seleco adversa no mercado de crditoO modelo fundamenta-se no facto de que as empresas tm um conhecimento maior sobre elas prprias que os bancos e que podero ter essa situao em conta no estabelecimento dos termos do contrato.

    Os bancos dispem de uma informao estatstica sobre a qualidade dos clientes e que lhes permite considerar uma proporo de empresas em cada classe de risco. Este conhecimento permite aos bancos atribuir uma probabili