Click here to load reader

Michael apple

  • View
    1.076

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Michael apple

DOUTORAMENTO EM EDUCAOREA DE INOVAO PEDAGGICA

TEORIA DO CURRCULO

MICHAEL APPLEARNALDO FONSECAJAN 20131

O homemNascido a 20/8/1940 em New JerseyOriginrio de uma famlia de operrios da Europa de leste Participao ativa em aes e movimentos de esquerda Grupo de inteletuais da rea poltica da Nova EsquerdaO enquadramento concetualTEORIA CRTICAINFLUNCIA DOS TRABALHOS DE GRAMSCI (HEGEMONIA), DO PENSAMENTO DA ESCOLA DE FRANKFURT E DA CORRENTE PS-ESTRUTURALISTA3A teoria crticaAssumo que quando dizemos teoria crtica estamos, na realidade, a referir-nos quilo que prefiro denominar por estudos educacionais crticos (). Inclui o trabalho Marxista e Neo-Marxista e inclui tambm trabalhos que esto mais relacionados com o desenvolvido pela Escola de Frankfurt (). No entanto, inclui ainda muitos tipos de anlise feminista, estudos culturais crticos e muitas outras abordagens crticas.4A perspetiva relacionalIDEOLOGIAEDUCAOCURRCULOPODER5Conceito estruturanteO CONHECIMENTO TRANSMITIDO PELA ESCOLA NO NEUTRO

CONHECIMENTO6Conceito estruturanteEXAMINAR A POLTICA PBLICA DO CONHECIMENTO A MELHOR MANEIRA DE ENTENDER A LIGAO ENTRE EDUCAO E PODER

CONHECIMENTO7Conceito estruturanteCONHECIMENTO OFICIALQUAL O CONHECIMENTO MAIS VALIOSO OU DE QUEM O CONHECIMENTO MAIS VALIOSO?

CONHECIMENTO8Conceito estruturanteO CONHECIMENTO TRANSMITIDO PELA ESCOLA INFLUENCIA A MANUTENO DE DINMICAS DESIGUAIS DE PODER E CONTROLO

CONHECIMENTO9A crtica A UM CONTEXTO POLTICO/SOCIAL DOMINADO POR :NEOLIBERAISMODERNIZADORES ECONMICOS QUE PRETENDEM A POLTICA EDUCATIVA CENTRADA EM TORNO DA ECONOMIA.

NEOCONSERVADORESCOM UMA PREOCUPAO ASSENTE NA RESTAURAO CULTURAL10Alertas NEOLIBERAISMETFORA DOS MERCADOSINDICADORES DE PERFOMANCEMANAGERIALISMRANKINGS

NEOCONSERVADORES

REFORO DA SUPERVISO E REGULAOCONTROLO ATRAVS DOS CURRCULO CONHECIMENTO OFICIAL, CURRCULO CENTRALIZADOTESTESOS PLANOS VOUCHER SCHOOL E HOMESCHOLLING

11Considerao finalO ALERTA DE M. APPLE PARA :

A NECESSIDADE DE, CAMPO DA EDUCAO E DO CURRCULO, SE DISCUTIR O QUE DEVERIA SER EM VEZ DE SE DISCUTIR O QUE .12