Missao Integral - Analise Historica

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Missao Integral - Analise Historica

  • 7/31/2019 Missao Integral - Analise Historica

    1/26

    3

    A TEOLOGIA DA MISSO INTEGRAL: ANLISE HISTRICA

    Mestrando Rafael Rodrigues

    1 INTRODUO

    A Teologia da Misso Integral (TMI) vem sendo gerada no seio do

    evangelicalismo latino-americano, desde a dcada de 1970 at os dias de hoje. Ela

    se apresenta como uma alternativa evanglica, em meio a tantos desvios e

    deturpaes da f, presentes na realidade atual da Igreja de Jesus Cristo. Vale

    ressaltar que neste trabalho compreende-se evangelicalismo latino-americano, como

    uma ala do movimento evanglico mundial, que consciente de suas razes

    histricas, porm, com um rosto e caractersticas prprias do contexto latino-

    americano.

    Esta pesquisa se prope, atravs de uma reviso bibliogrfica, demonstrar o

    desenvolvimento histrico da TMI, desde o Primeiro Congresso Latino-Americano de

    Evangelizao, e discutir a sua vigncia teolgica para o sculo 21, com a pretenso

    de fornecer subsdios para futuras reflexes sobre a relevncia do evangelicalismo,

    em meio pluralidade teolgica da Amrica Latina.

    Para tanto, na primeira parte ser abordado o Primeiro Congresso Latino-

    Americano (CLADE I), aonde se iniciou as discusses para a fundao da

    Fraternidade Teolgica Latino-Americana (FTL). Depois ser apresentado em

    maiores detalhes o surgimento da FTL, e sua importncia para reflexo teolgica. O

    Pacto de Lausanne, documento referencial para o evangelicalismo histrico; e o

    Segundo Congresso de Evangelizao, tambm sero discutidos nesta parte.

    Posteriormente, do Terceiro Congresso Latino-Americano de Evangelizao(CLADE III), devido a sua importncia para a formulao da TMI, sero tematizadas

    quatro palestras, para exemplificar o fazer teolgico, em uma perspectiva

    evanglica, a partir da Amrica Latina.

    Finalmente, na ltima parte, a pesquisa demonstrar a vigncia teolgica da

    TMI no sculo 21, dissertando sobre o Quarto Congresso Latino-Americano de

    Evangelizao (CLADE IV), o Segundo Congresso Brasileiro de Evangelizao

    (CBE2), e os princpios metodolgicos da TMI, tendo como base as reflexes dateloga brasileira Regina Sanches.

  • 7/31/2019 Missao Integral - Analise Historica

    2/26

    4

    2. OS PRIMEIROS ESFOROS PARA UMA TEOLOGIA EVANGLICA

    AUTCTONE

    As articulaes em solo latino-americano para a elaborao de uma teologia

    evanglica autctone, e comprometida com a Misso Integral da igreja, foram

    iniciadas nas discusses dos Congressos Latino Americano de Evangelizao

    (CLADE).

    De acordo com Samuel Escobar, entre os evanglicos, o incio de uma

    teologia nacional est ligado a um congresso de evangelizao que foi o bero da

    Fraternidade Teolgica Latino-Americana.1

    2.1 O Primeiro Congresso Latino-Americano de Evangelizao

    O Primeiro Congresso de Evangelizao Latino-Americano (CLADE I),

    realizado em novembro de 1969 em Bogot, foi patrocinado, convocado e liderado

    pela Associao Evangelstica Billy Graham (AEBG), com objetivo de ser uma

    representao continental do Congresso Mundial de Evangelizao, realizado em

    Berlim em 1966, tambm com a organizao da AEBG.2

    Segundo Longuini, uma das resolues do Congresso Mundial de

    Evangelizao era a implementao de congressos continentais na frica, sia e

    Amrica Latina, e, portanto, considera o CLADE I, como filho deste evento.3

    Mesmo tendo a participao de representantes do fundamentalismo

    evanglico norte-americano, atuantes no movimento de crescimento de igrejas, o

    CLADE I contou com a presena de diversos telogos latino-americanos que

    procuravam alinhar as temticas de evangelizao e os problemas sociais daAmrica Latina.4

    Na perspectiva de Carlos Caldas, o CLADE I no obteve sucesso no plano de

    lanar uma estratgia evangelstica para todo o continente, uma vez que:

    A literatura sobre o evento em portugus escassa, resumindo-se a umpequeno fascculo que contm a palestra ministrada por Samuel Escobar e

    1 ESCOBAR, Samuel. Desafios da Igreja na Amrica Latina. Viosa: Ultimato, 1997, p.22.2 SANCHES, Regina Fernandes. Teologia da Misso Integral. So Paulo: Editora Reflexo, 2009,p.96.3 LONGUINI, Luis. O Novo Rosto da Misso. Viosa: Ultimato, 2002, p.154.4 SANCHES, 2009, p. 97.

  • 7/31/2019 Missao Integral - Analise Historica

    3/26

    5

    uma pequena descrio do congresso por C. Peter Wagner, ambas de1970.5

    Pode-se considerar outro fator de entrave para o CLADE I a polmica

    causada pela distribuio de uma publicao do missionrio norte-americano C.

    Peter Wagner, na qual o autor critica os esforos de uma formulao teolgica

    tipicamente latino-americana, acusando telogos como Jose Miguez Bonino, Justo

    L. Gonzales, Rubem Alves, entre outros, de esquerdismo e radicalismo e

    caracterizando a proposta missiolgica destes telogos como anti-evanglica.6

    Um grupo de telogos latino-americanos, encabeados por Ren Padilla,

    reagiu negativamente ao livro de Peter Wagner, enxergando mais uma tentativa de

    imposio do pensamento fundamentalista norte-americano. 7

    Porm, foi no CLADE I, que Ren Padilla, Samuel Escobar, Orlando Costas,

    entre outros, articularam a criao de uma fraternidade de telogos8, que servisse

    como uma plataforma de discusso e reflexo teolgica a partir da Amrica Latina,

    livre de qualquer dominao estrangeira, tendo a contextualizao como premissa

    bsica no fazer teolgico.

    O documento final do CLADE I, denominado de Declarao Evanglica de

    Bogot, assinado pelos seus novecentos participantes, considerado um marcohistrico para o pensamento teolgico de misso dentro do evangelicalismo na

    Amrica Latina. Seguem-se alguns pontos importantes deste documento:

    Os aqui reunidos, crentes em Cristo, membros das diferentes comunidadesdenominacionais que trabalham em nosso continente entre o povo latino-americano, congregamo-nos neste Primeiro Congresso Latino-Americanode Evangelizao no nome do Deus Pai, Deus Filho, Deus Esprito Santo[...] Como conseqncia esta declarao que apresentamos ao povoevanglico latino-americano expresso de um consenso no qual existeacordo no fundamental; porm existe tambm lugar para a diversidade queprovm da multiforme graa de Deus ao dar seus dons ao seu povo [...]Assim declaramos: a presena evanglica na Amrica Latina fruto daao de Deus por meio de um imenso caudal de amor cristo, visomissionria, esprito de sacrifcio , trabalho e esforo, tempo e dinheiroinvestido aqui pelas misses estrangeiras [...] ao mesmo tempo, aoobservar at o futuro, estamos conscientes das novas responsabilidades,novas tarefas e novas estruturas que so um verdadeiro desafio aos crenteslatino-americanos [...] A evangelizao no algo optativo: a essnciamesma do ser da igreja, sua tarefa suprema. A dinmica da tarefa

    5 CALDAS, Carlos. Orlando Costas: Sua contribuio na histria da teologia latino-americana. So

    Paulo: Editora Vida, 2007, p.43.6 LONGUINI, 2002, p.158-159.7 LONGUINI, 2002, p.159.8 LONGUINI, 2002, p.164

  • 7/31/2019 Missao Integral - Analise Historica

    4/26

  • 7/31/2019 Missao Integral - Analise Historica

    5/26

    7

    2.2 A Fraternidade Teolgica Latino-Americana

    A Fraternidade Teolgica Latino-Americana (FTL) foi fundada em dezembro

    de 1970, na cidade de Cochabamba, Bolvia. Estava presente um grupo de vinte e

    cinco evanglicos, dentre eles, C. Ren Padilha (Equador), Samuel Escobar (Peru),

    Emlio Antonio Nunez (Guatemala) e Robinson Cavalcanti (Brasil); alm de

    missionrios estrangeiros, em atividade na Amrica Latina, como C. Peter Wagner

    (norte-americano) e Andrew Kirk (ingls).12

    Segundo Longuini, a reunio, sob a coordenao de Pedro Savage, tinha o

    objetivo de buscar um consenso entre os evanglicos, lanando bases para um

    futuro esforo comuns, com a representatividade de nove denominaes, e tinhacomo tema central A Palavra de Deus.13

    Para Regina Sanches, o perfil caracterstico dos telogos latino-americanos

    participantes da fundao da FTL era de pessoas envolvidas:

    Com as igrejas latino-americanas e com os movimentos evanglicos dejuventude como a CIEE- Comunidade Internacional de EstudantesEvanglicos, bem como com a educao teolgica e organizaesmissionrias.14

    Vale ressaltar a controvrsia gerada na fundao da FTL devido ao fato de

    no terem sido convidados os evangelicais de Porto Rico, inclusive Orlando Costas.

    Regina Sanches justifica que:

    Nesta mesma poca, as instituies evanglicas de Porto Rico nas quaisCostas atuava, passavam por um momento de nacionalizao, dandoorigem a instituies autctones. Isto parece ter gerado um mal estar comas foras do movimento de misso externas a Amrica Latina.15

    Quanto s foras externas, leia-se o grupo encabeado por Peter Wagner,

    que tinha como aliado Pedro Savage. Ren Padilla e Samuel Escobar protestaram a

    ausncia do grupo de Porto Rico, e insistiram na abertura para a participao do

    12 CALDAS, 2007, p.44.13 LONGUINI, 2002, p.69.14 SANCHES, 2009, p.98.15 SANCHES, 2009, p.98

  • 7/31/2019 Missao Integral - Analise Historica

    6/26

    8

    mesmo. E de fato na consulta seguinte, realizada em 1972, em Lima (Peru),

    Orlando Costas j estava presente.16

    Nos artigos dois e trs, dos Estatutos da FTL, esto contidos,

    respectivamente, os objetivos e preocupaes desta organizao:

    Promover a reflexo acerca do Evangelho e o seu significado para o homeme sociedade na Amrica Latina [...] Constituir-se em plataforma de dilogoentre pensadores que confessem a Jesus Cristo como Senhor e Deus, eque estejam dispostos a refletir luz da Bblia, a fim de construir uma ponteentre evangelho e a cultura latino-americana. Contribuir para a vida emisso