Mito e Filosofia 01 Mito e Filosofia

  • View
    71.490

  • Download
    30

Embed Size (px)

Text of Mito e Filosofia 01 Mito e Filosofia

Ensino Mdio

SumrioApresentao ............................................................................10

Contedo Estruturante: Mito e FilosoaIntroduo ..................................................................................12

1 Mito e Filosoa ............................................................................15 2 O Deserto do Real ......................................................................27 3 Ironia e Maiutica ........................................................................41 Contedo Estruturante: Teoria do ConhecimentoIntroduo ..................................................................................56

1 O problema do conhecimento .......................................................59 2 Filosoa e Mtodo ......................................................................73 3 Perspectivas do Conhecimento .......................................................87 Contedo Estruturante: ticaIntroduo ..................................................................................96

Filosoa

1 A Virtude em Aristteles e Sneca ..................................................99 2 Amizade .................................................................................115 3 Liberdade ...............................................................................129 4 Liberdade em Sartre ..................................................................145 Contedo Estruturante: Filosoa PolticaIntroduo ................................................................................158

1 Em busca da essncia do poltico .................................................161 3 A poltica em Maquiavel ..............................................................179 2 Poltica e violncia .....................................................................193 4 A democracia em questo ...........................................................207 Contedo Estruturante: Filosoa da CinciaIntroduo ................................................................................234

1 O Progresso da Cincia ..............................................................237 2 Pensar a Cincia .......................................................................247 3 Biotica ...................................................................................257 Contedo Estruturante: EstticaIntroduo ......................................................................... 268

1 Pensar a Beleza ........................................................ 271 2 A universalidade do gosto ...................................... 289 3 Necessidade ou m da Arte? ......................... 307 4 O Cinema e uma nova percepo .............321

Ensino Mdio

A p r e s e n t a o10 Introduo

Toda emancipao constitui uma restituio do mundo humano e das relaes humanas ao prprio homem. Karl Marx Caros estudantes e professores do Ensino Mdio. Este livro pretende apresentar-lhes a losoa como um conhecimento que possibilita o desenvolvimento de um estilo prprio de pensamento. A losoa pode ser considerada como contedo produzido pelos lsofos ao longo do tempo, mas tambm como o exerccio do pensamento que busca o entendimento das coisas, das pessoas e do meio em que vivem. Portanto, um pensar histrico, crtico e criativo, que discuta os problemas da vida a luz da Histria da Filosoa. O livro est organizado a partir de contedos, denominados contedos estruturantes, ou seja, contedos que se constituram historicamente e so basilares para o ensino de losoa - Mito e Filosoa, Teoria do Conhecimento, tica, Filosoa Poltica, Esttica e Filosoa da Cincia. Em cada Folhas se desenvolve um contedo especco, a partir do qual professores e estudantes podem levantar questes, identicar problemas e problematizar o contedo com o auxlio dos textos loscos. O texto losco, alm de ser objeto de estudo com suas estruturas lgicas, argumentativas e preciso dos enunciados, tambm fornece subsdios para entender o problema e o contedo que est sendo estudado. No interior de cada Folhas so desenvolvidas relaes interdisciplinares. a losoa buscando na cincia, na histria, na arte e na literatura, entre tantas outras possibilidades, apoio para analisar o problema estudado, entendendo-o na complexidade da sociedade contempornea. O livro prope o estudo da losoa por meio da leitura dos textos; de atividades investigativas; de pesquisas e debates, que orientam e organizam o estudo da losoa. As atividades tm por objetivo a leitura dos textos, a assimilao e entendimento dos conceitos da tradio losca. As pesquisas so importantes porque acrescentam informaes, xam e aprofundam o contedo estudado. Neste sentido o contedo

Filosoa

proposto um ponto de partida, podendo surgir sempre novos problemas e novas questes a serem pesquisadas. no debate, na gora, que podemos expor nossas idias e ouvindo os outros nos tornamos capazes de avaliar nossos argumentos. Mas, para que isso ocorra, preciso garantir a participao de todos. Na tentativa de assegurar a tica e a qualidade do debate, os participantes devem atender as seguintes normas: 1- Aceitar a lgica da confrontao de posies, ou seja, existem pensamentos divergentes; 2- Estar dispostos e abertos a ultrapassar os limites das suas posies pessoais; 3- Explicitar racionalmente os conceitos e valores que fundamentam a sua posio; 4- Admitir o carter, por vezes contraditrio, da sua argumentao; 5- Buscar, na medida do possvel, por meio do debate, da persuaso e da superao de posies particulares, uma posio de unidade, ou uma maior aproximao possvel entre as posies dos participantes; 6- Registrar, por escrito, as idias surgidas no debate. Desejamos que cada Folhas desse livro seja o incio de um estudo. Para alimentar a continuidade desse estudo propomos a leitura dos textos clssicos da losoa. Eles podero ajudar estudantes e professores a realimentarem as discusses surgidas nas aulas. Vale lembrar que muitas dessas obras esto disponveis gratuitamente na Internet. Ao estudar um determinado Folhas, importante que haja a preocupao em demorar o tempo necessrio para realizao de todo o processo proposto, desde a sensibilizao com o problema, passando pelo estudo dos textos loscos, das relaes interdisciplinares, at a realizao das atividades, das pesquisas e dos debates. A todos bom estudo.

F I L O S O F I A11

Ensino Mdio

z Mito e Filosoa

I n t r o d u o12 Introduo

O homem pode ser identicado e caracterizado como um ser que pensa e cria explicaes. Criando explicaes, cria pensamentos. Na criao do pensamento, esto presentes tanto o mito como a racionalidade, ou seja, a base mitolgica, enquanto pensamento por guras, e a base racional, enquanto pensamento por conceitos. Esses elementos so constituintes do processo de formao do conhecimento losco. Este fato no pode deixar de ser considerado, pois a partir dele que o homem desenvolve suas idias, cria sistemas, elabora leis, cdigos, prticas. Compreender que o surgimento do pensamento racional, conceitual, entre os gregos, foi decisivo no desenvolvimento da cultura da civilizao ocidental condio para que se entenda a conquista da autonomia da racionalidade (Logos) diante do mito. Isso marca o advento de uma etapa fundamental na histria do pensamento e do desenvolvimento de todas as concepes cientcas produzidas ao longo da histria humana. O conhecimento de como isso se deu e quais foram as condies que permitiram a passagem do mito losoa elucidam uma das questes fundamentais para a compreenso das grandes linhas de pensamento que dominam todas as nossas tradies culturais. Deste modo, de fundamental importncia que o estudante do Ensino Mdio conhea o contexto histrico e poltico do surgimento da losoa e o que ela signicou para a cultura. Esta passagem do pensamento mtico ao pensamento racional no contexto grego importante para que o estudante perceba que os mesmos conitos entre mito e razo, vividos pelos gregos, so problemas presentes, ainda hoje, em nossa sociedade, onde a prpria cincia depara-se com o elemento da crena mitolgica ao apresentar-se como neutra, escondendo interesses polticos ou econmicos em sua roupagem sistemtica, por exemplo. Ao escrever sobre o contedo estruturante Mito e Filosoa, os autores preocupam-se em desenvolver textos que permitam aos estudantes de losoa fazerem a experincia losca a partir de trs recortes, que so: Mito e Filosoa; O Deserto do Real; Ironia e Maiutica. Alm destes, muitos outros recortes so possveis dentro deste Contedo Estruturante. Mito e Filosoa: trata do problema da ordem e da desordem no mundo. O homem, ao procurar a ordem no mundo, cria tanto o mito como a losoa. Muitos povos da antigidade experimentaram o mito, que um pensamento por imagens. Os gregos tambm zeram a experincia de ordenar o mundo por meio do Mito. Estes perceberam que o Mito era um jeito de ordenar o mundo. Sentiram a necessidade de ordenlo pela via do pensamento racional, zeram isso por meio de sua ex-

Filosoa perincia poltica. A vida na polis imps exigncias que o mito j no satisfazia. Mas ser que com a losoa o mito desaparece? Ser que em nossa sociedade ainda nos orientamos pelo pensamento mtico? Alm dessas e outras questes, esse contedo procurar as conexes sociolgicas e histricas para entender mito e losoa. O Deserto do Real: trata do problema da distino entre pensamento crtico e no crtico. O que real, o que parece ser real? Neste Folhas proposto que se pense na realidade virtual, to presente em nosso cotidiano. Quais as conseqncias disso para a constituio do nosso pensamento? Alm disso, trata-se da condio histrica do surgimento da Filosoa, o que nos permite perceber a importncia da Filosoa para a constituio da democracia e do pensamento poltico. O texto prope interdisciplinaridade com a Sociologia e a Histria. Ironia e Maiutica: prope a ironia como experincia do mtodo losco. Basta olhar para nosso dia-