Click here to load reader

MöndoBrutal #01

  • View
    215

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Webzine dedicada ao rock, punk e metal underground, com enfoque nas propostas mais interessantes, e na forma como o underground nacional tem vindo e vai evoluindo.

Text of MöndoBrutal #01

  • Edit#01

    ndice02 - Editorial

    03 - Notcias

    04 - Fora do Arquivo: W.C. Noise

    06 - Bellenden Ker

    08 - Tetanus

    10 - Cabea de Martelo

    14 - Junkywax

    16 - Us & Them

    18 - Anlises a discos

    20 - Videoclube

    MndoBrutal #01

    Info e coisas..:

    MNDOBRUTAL [email protected]

    A Seita:

    KaapaSessentainove (coisas variadas/ entrevistas)Malts (design)Rui LX (tmbm design)Ctia Panda (recolha de info/ an.discos)Girh (reviso textos/ entrevistas)Lagartixa (an.discos)Hugo Cebolo (for.darquivo)

    Ol a ti que ests desse lado. Sim, s tu mesmo. Em primei-ro lugar queria agradecer-te por te teres dado ao trabalho de perder alguns minutos a clickar neste link, ou a fazer down-load webzine; isso mostra que tens interesse. Tambm te queria agradecer em nome das bandas que aqui so referi-das neste nmero. Todas elas lutam contra a adversidade de fazer arte atravs do som sem que uma fatia significativa de gente lhes ligue o que quer que seja, e fazem-no na mesma apenas por duas razes: porque gostam genunamente do que fazem, e porque acreditam que vale a pena.

    A histria dos W.C. Noise, o exemplo dos Cabea de Martelo, o esprito de banda dos Us & Them, a garra das Bellenden Ker, a insistncia dos Tetanus e a transformao dos Junky-wax so merecedores de registo, e certamente tm potencial para aguar a tua curiosidade, a par com os outros artigos.

    Esta uma Webzine que pretende tratar principalmente de trs gneros musicais, que no esto assim to afastados como se possa pensar: o Rock, o Punk e o Metal. E a questo aqui focarmo-nos no que existe e est mesmo ao nosso lado. Porqu? Porque essa msica merece. Mas aqui o in-tuito no fazer festas na barriga de quem est sobra da bananeira, ou ir atrs de modas ou padres s porque um qualquer nicho diz que assim que tem de ser. Aqui pre-tende-se resgatar o Metal que vai contra as convenes da maioria, o Punk que acredita em continuar mesmo quando os outros baixam os braos, e o Rock que teima em no se deixar domesticar!

    S benvind/a a esta viajem.

    S benvindo MndoBrutal.

    pag.102

  • Ultrasound Studios Music Contest

    Os estdios de Braga, encabeados pelo msico e produtor Daniel Cardoso, agora tambm com sede na Moita, esto a promover um concurso de bandas que se ir realizar no Live Caffe(Moita) entre 9 de Dezembro e 11 de Fevereiro que visa a gravao de um EP para a banda vencedora e tambm a partici-pao num concerto organizado pela HellXis.Aos interessados, seguir o link: http://www.facebook.com/event.php?eid=164268010331421

    Lonears cessam funes

    A banda de rock alternativo de Linda-a-velha, aps uma incurso pela msica electrnica, decidiu por vrias razes(segundo os mesmos) terminar o projecto no passado ms de Junho. O ano passado a banda havia lanado Electrophosis, uma verso elec-trnica da sua sonoridade inicial. No nos deixaram sem primeiro prometer que os membros da banda vo fazer novos projectos.

    II Festival de Msica Modernade Alccer do Sal

    a 4 e 5 de Novembro que ir decorrer no Teatro Pedro Nunes, em Alccer do Sal, a segunda edio do Festival de Msica Moderna que enverga o nome

    da terra que o acolhe. Ao palco iro subir nomes como O Rijo e Suprah. O primeiro dia est reser-vado para os documentrios Meio Metro de Pedra de Eduardo Morais e Significado - se a msica portu-guesa gostasse dela prpria de Tiago Pereira.

    Blind Charge preparam segunda edio do seu segundo lbum

    Lamia, o segundo longa durao dos portuenses j esgotou a sua primeira edio fsica. Neste momento a banda encontra-se a tratar de um segunda edio. A par com isso os Blind Charge tm vindo a dar alguns concertos em locais escolhidos a dedo para a promoo do seu trabalho. Espera-se que anunciem novas datas para breve. Entretanto, disponibilizaram o lbum digitalmente para download gratuto em www.blindcharge.com/download.H tambm um espao virtual dedicado ao conceito por detrs do novo conjunto de msicas:http://pt-br.facebook.com/pages/LAMIA/212704082115127?sk=wall

    The9thCell - a segunda cara do meta-morfo

    J est disponvel para download gratuito o 8 lbum de The9thCell, de nome Metamorphic - Vol II. Um tra-balho de 9 verses de artistas que influenciaram a vida e msica do mentor do projecto, David Pais (Ashes, No Tribe), e que conta ainda com a partici-pao especial de

    Samuel Lus e Rodrigo Santos (Hands of Guilt) no tema Clenched Fist. Para fazerem download:http://www.mediafire.com/?3by5?4880lr8xtf4

    .....................Not]cias

    3

  • W.C. Noise

    Em meados de 1990, enquanto o Hard Rock fechava os olhos por entre convulses e o Grunge tomava conta das ondas de rdio um pouco por todo o mundo, na zona do Porto qua-tro jovens msicos davam incio s actividades de uma banda que se tornaria um marco no que ao thrash metal portugus diz respeito.

    Rodolfo Cardoso(guitarra, na altura tambm mem-bro dos Dove), Paulo(guitarra), Berto(baixo) e Miguel(bateria) formavam assim o primeiro alinha-mento dos W.C. Noise. Aps alguns meses, com a sada de Berto, por razes pessoais, Paulo forado a abandonar o papel de segundo guitarrista em fun-o de colmatar a falha na posio de baixista, mais ou menos na mesma altura em que integram aquele que ser o vocalista da banda: Nando.A 1 de Novembro de 1990 a banda estreia-se a convite dos Hardness, num concerto dado na Asso-ciao dos Restauradores do Brs-Oleiro, na cidade do Porto.Quando acreditavam ter encontrado uma formao suficientemente slida para comear a desbravar o trilho com concertos, as complicaes ainda con-tinuaram a surgir, e a banda viu-se sem baterista

    quando Miguel foi incorporado pelo SMO - Servio Militar Obrigatrio. A banda ento recrutou Pedro Martins para o lugar deixado vago, e foi com ele que registaram a sua primeira gravao: uma demo tape gravada em apenas dois dias. Infelizmente, o som da mesma gravao ficou muito mau, ao ponto de a banda se recusar a assumir o registo como algo v-lido em termos da sua promoo, acabando por no o comercializar.Menos de um ms depois, na passagem de ano de 90/91 a banda d um concerto na Senhora da Hora, ao lado dos Hardness, Operao contgio e Genocide, e ao longo do ano de 1991 a banda vai marcando presena em vrios palcos da zona do Porto, ganhando experincia e comeando a definir uma postura na cena local. Em 1992 registam a demo tape Youd better shut up! nos estdios RecnRoll com uma produo poderosa de Lus Barros, dos Tarntula, com a qual afirmam claramente a sua dedicao ao thrash metal mais agressivo, com referncias claras sonoridade de uns Slayer - muito sublinhada pela rispidez com que Nando debitava as letras - e Metallica na sua fase inicial de carreira. Com a crueza do registo quase que se adivinha que os W.C. Noise pretendiam transpr a rudeza do metal banhado a cerveja dos anos 80 para a dcada de 90. Malhas bem incisivas e sempre directas, com aceleraes que relembram a linha tnue que separa o thrash do punk, como em alguns momentos de Diarrhea, mas tambm alguns momentos que transparecem um pouco de influncia de algum thrash europeu na forma de uns Kreator, por exemplo, no groove carregado de ritmo de uma parte quase no final de My life. No entanto a inteno maior da banda, apesar de ser notria-mente agressiva, no os inibiu de abrir o registo com o instrumental de guitarra acstica The emptiness numa melodia de rendilhados quase clssicos que nos transportam para o universo dos four horsemen da Bay Area, na sua era dourada. Boas referncias dentro do gnero, portanto, no lhes faltavam. Com esta demo tape os W.C. Noise veriam novas portas a abrir-se perante o resultado do seu esforo e a mais significativa des-sas oportunidades seria mesmo o contrato com a independente MTM, aps uma actuao em Abril do mesmo ano, no Pavilho Infante de Sa-gres, ao lado dos Ramp e Censurados.J sob o selo desta editora a banda partiu para a gravao do seu primeiro lbum, Loud &

    F#ra do Arquivo

    4

  • Mad, tambm gravado nos es-tdios RecnRoll em Valadares, que s seria editado em Dezembro do mesmo ano.Para alm da

    regravao dos temas da demo tape, devidamente actualizados, o registo conta com Each one in its place(uma malha que para alm de lembrar o mais marcante thrash de 1983, inclui solos bastante inspira-dos), Godless(Msica com uma letra bem interessante sobre o tema da religio que entre outras chapadas de

    luva branca, se sai com um Dont say I dont have faith, how could o live without it?/ i have faith in me, i have faith in you..), Memories(a msica mais experimental de todo o lbum, com a insistncia em riffs monocromticos com a inteno de provocar algum tipo de transe, at ao momento da libertao, um pouco imagem de algumas exploraes de Megadeth) e Eternal gap(Um desfecho com um instrumental thrash experimentalista e vocalizaes com uma atitude bastante punk que quase faz ver este tema mais como um crossover de thrash metal com hardcore).O ano de 1993 foi principalmente preenchido por concertos de uma longa digresso na qual incorre-ram de forma a promover o lbum. Ainda no mesmo ano voltam a ter alteraes no line-up e integram Vtor(ex-Overhead) na banda, com quem ainda antes do ano acabar iniciam uma mini-tour de 10 concertos em Espanha, como forma de estender o raio de alcance da sua msica; pela mesma altura o seu primeiro disco chega mesmo a ser editado pela editora espanhola Treboada.Em 1994 lanam novo lbum: Reality Asylum. Com uma sonoridade declaradamente mais alternativa, mas sem fechar os olhos s suas razes e influncias iniciais tal como evoluo das mesmas(como se pode notar no refro muito Megadeth de Lost, ou at alguns detalhes de Wasted time que no fu-giriam muito a algumas experincias que os Metallica estariam a fazer pela mesma altura, ou at pela intro de Better days) os W.C. Noise entregam-nos aqui uma proposta banhada q/b na experimentao de uns Pantera(estrutura base de Lost, Secrecy, ou at o groove de Man-hunting como p

Search related